Mud Vein

Mud Vein Tarryn Fisher




Resenhas - Mud Vein


7 encontrados | exibindo 1 a 7


Caroline 15/04/2014

Não, não e não...
A sinopse é boa, a capa é boa e a autora é famosa. Sucesso, certo? Não. Não pra mim. Tem leitor amando? Tem. No GR está chovendo tantas 'cinco estrelas' quanto 'uma'. Do jeito que tem gente gostando, tem detestando. Infelizmente me encaixo na última opção.

A estória começou boa, me prendeu, fluiu bem até que an?! Que isso? Por que isso? você começa a não entender mais nada daquele sequestro e isso vai cansando e tirando sua paciência. Suspense é uma coisa, deixar o leitor totalmente no escuro é outra. Mas insisti e lá pra frente começamos a conhecer um pouco mais da personagem - estranhíssima, devo salientar. É muita tragédia pra minha cabecinha, muito deprimente e surreal. Minha, minha, opinião.

Vou copiar - traduzindo tal e qual - o que uma leitora polonesa chamada Patrycja escreveu no GR e entenderão com facilidade porque essa história não agrada a todos.

Contém SPOILER! Todos os spoilers! Muitos! Cuidado!

- Isaac tem uma esposa e ela está esperando um bebê, mas continua dormindo com Sienna (Eu sei, horrível, mas nada que não tenhamos visto antes, certo?)
- Senna foi estuprada alguns anos antes do seu sequestro, e ela descobriu que tinha cancer de mama (quase no mesmo dia)
- Senna ficou um pouco louca
- O cativeiro foi um experimento psicológico que seu psiquiatra organizou
- O cancer de Senna se espalha enquanto ela é mantida em cativeiro por meses
- Senna morreu (eu cheguei a essa conclusão quando o livro termina com uma carta de adeus)
- Oh, e sim, Isaac declarou seu amor eterno.


Sem mais...


Joyce Oliveira 24/10/2016minha estante
nuss depois dessa nem leio kkkkkkkkkkk


Vavis 02/04/2017minha estante
Kkkkkkkkk eu estava de saco cheio, vim aqui pra ver se eu conseguia um spoiler e não ter que passar pela tortura de ler com atenção... Seu comentário salvou o meu dia e o meu psicológico.


Bia 01/07/2017minha estante
Depois dessa, vou passar kkkkk




Raquel 11/04/2014

“A vida não é aleatória.”
“É doloroso olhar para dentro de si mesmo e ver os por que e como você funciona. Você é muito mais feio do que pensa; muito mais egoísta do que gostaria de admitir. Então, você ignora o que está dentro de você, pensando que se você não fizer um reconhecimento, não existe realmente.”

“Isto é um jogo, e se eu quero escapar, eu preciso descobrir a verdade.”

WOW!

Não acredito ser possível explicar, em uma simples resenha, o que esse livro fez comigo. Este é um dos poucos livros que eu mergulhei de cabeça sem ler a sinopse ou qualquer resenha. A única coisa que eu sabia, era que a Colleen Hoover, uma de minhas escritoras favoritas, recomendou esse livro dizendo que era sensacional.

Sinopse: Quando a isolada romancista Senna Richards acorda em trigésimo terceiro aniversário, tudo está diferente. Presa atrás de uma cerca elétrica, trancada em uma casa no meio da neve, Senna é deixada para decodificar pistas que a farão descobrir o porquê de ter sido raptada. Se ela quer sua liberdade, ela deve olhar para seu passado com atenção. Mas seu passado tem um pulso... e seu raptor não está em lugar algum. Com sua sobrevivência na corda bamba, Senna logo percebe que isso é um jogo. Um jogo perigoso. Apenas a verdade poderá libertá-la.

Um aviso: NÃO JULGUE ESTE LIVRO PELA CAPA.

Este é um livro que vai te deixar confuso, exasperado. Você vai sentir como se estivesse sendo torturado por muito tempo. Você não vai achar as respostas de nada, mas quando você menos esperar, a resposta irá aparecer bem na sua frente e você não irá se conformar com o significado de tudo isso.

Entenda, este é um tipo de livro que não é um romance, não é erótico, não é um thriller, não é terror... enfim, NÃO SE ENCAIXA EM NENHUM GÊNERO CONHECIDO, apenas no EU-NUNCA-LI-ALGO-PARECIDO-COM-ISSO-EM-TODA-MINHA-VIDA.

Tarryn Fisher irá mexer com as suas emoções de um jeito completamente novo. Mas não pense que só porque a história contém um pouco de elementos obscuros, que será perturbadora. LONGE DISSO! A escrita de Fisher é simplesmente eletrizante, viciante, inacreditável. Enquanto eu lia, eu senti TUDO! Passei por todas as experiências, como se eu fosse a personagem principal.

Para mim, esta não é uma história onde o que importa é o final, que na verdade, não é nem um pouquinho convencional. O importante aqui é a jornada. Apenas a verdade pode libertar nossos personagens. Mas, para chegar a essa verdade, muita coisa deve acontecer com os personagens.

Batalhas internas na mente e no coração, viagens a um passado sombrio. Memórias e sentimentos enterrados nos cantos mais escuros da alma. Mud Vein despertará sentimentos que você nunca experimentou antes. É uma viagem para dentro de si mesmo. É se olhar no espelho e enxergar que mesmo após ser ferido, é possível viver. É possível encontrar o verdadeiro amor, mesmo quando você está lutando para mantê-lo afastado.

P.S. Se você quiser uma experiência maior, escute as músicas Landscape e Cosmic Love de Florence and The Machine. É a trilha sonora oficial do livro.

“A natureza do amor é conquistar. Ódio. Até amargura. Principalmente, auto-aversão.”

site: http://livrosentregarotas.blogspot.com.br/2014/04/resenha-17-mud-vein.html
comentários(0)comente



joana 16/12/2015

Não sei...
... como avaliar esse livro.
Gostei? Não sei.
Não gostei? Não
Foi bom? Foi
Foi mau? Foi
A autora foi genial? Foi
A autora errou? Sim

Aconselho? Não sei.
Amanda Mendes 16/12/2015minha estante
Uauu..que resenha mais confusa! Hahaa


joana 16/12/2015minha estante
Vou precisar pensar. Esse livro é assim mesmo confuso.


Bruna 30/10/2019minha estante
Tô assim! Kkkk




GeL 16/01/2016

Mud Vein
“A vida não é aleatória.”

“É doloroso olhar para dentro de si mesmo e ver os por quês e como você funciona. Você é muito mais feio do que pensa; muito mais egoísta do que gostaria de admitir. Então, você ignora o que está dentro de você, pensando que se você não fizer um reconhecimento, não existe realmente.”

“Isto é um jogo, e se eu quero escapar, preciso descobrir a verdade.”


WOW!

Não acredito ser possível explicar, em uma simples resenha, o que esse livro fez comigo. Este é um dos poucos livros que eu mergulhei de cabeça sem ler a sinopse ou qualquer resenha. A única coisa que eu sabia, era que a Colleen Hoover, uma de minhas escritoras favoritas, recomendou esse livro dizendo que era sensacional.


“Este livro é completamente diferente de tudo que eu já li. É um romance? Um drama? Um suspense? Eu não faço ideia. Eu sinto como se não existisse uma categoria ou gênero onde este livro possa se encaixar, porque ele engloba tudo. Parece que a Tarryn derramou tanto de seu coração e sua alma neste livro, que a única categoria onde ele se encaixa, é a categoria ‘Mud Vein’.” – Colleen Hoover

“Mud Vein não é um conto de fadas e, sinceramente, também não é um romance (não do modo tradicional, pelo menos) ainda que apresente vários elementos fortes de amor durante a história. [...] A história me prendeu desde a primeira página. Ao final do primeiro capítulo, minha mente estava girando. Ao final do segundo, eu tinha tremores no corpo e estava desesperada para descobrir o que estava acontecendo. Minha mente estava cheia de perguntas e, quanto mais eu descobria, mais perguntas surgiam.” – Aestas Book Blog


Um aviso: NÃO JULGUE ESTE LIVRO PELA CAPA.

Este é um livro que vai te deixar confuso, exasperado. Você vai sentir como se estivesse sendo torturado por muito tempo. Você não vai achar as respostas de nada, mas quando você menos esperar, a resposta irá aparecer bem na sua frente e você não irá se conformar com o significado de tudo isso.

Entenda, este é um tipo de livro que não é um romance, não é erótico, não é um thriller, não é terror... enfim, NÃO SE ENCAIXA EM NENHUM GÊNERO CONHECIDO, apenas no EU-NUNCA-LI-ALGO-PARECIDO-COM-ISSO-EM-TODA-MINHA-VIDA.

Tarryn Fisher irá mexer com as suas emoções de um jeito completamente novo. Mas não pense que só porque a história contém um pouco de elementos obscuros, que será perturbadora. LONGE DISSO! A escrita de Fisher é simplesmente eletrizante, viciante, inacreditável. Enquanto eu lia, eu senti TUDO! Passei por todas as experiências, como se eu fosse a personagem principal.

Para mim, esta não é uma história onde o que importa é o final, que na verdade, não é nem um pouquinho convencional. O importante aqui é a jornada. Apenas a verdade pode libertar nossos personagens. Mas, para chegar a essa verdade, muita coisa deve acontecer com eles.

Batalhas internas na mente e no coração, viagens a um passado sombrio. Memórias e sentimentos enterrados nos cantos mais escuros da alma. Mud Vein despertará sentimentos que você nunca experimentou antes. É uma viagem para dentro de si mesmo. É se olhar no espelho e enxergar que mesmo após ser ferido, é possível viver. É possível encontrar o verdadeiro amor, mesmo quando você está lutando para mantê-lo afastado.

P.S. Se você quiser uma experiência maior, escute as músicas Landscape e Cosmic Love de Florence and The Machine. É a trilha sonora oficial do livro.

“A natureza do amor é conquistar. Ódio. Até amargura.
Principalmente, auto-aversão.”

~Ra

site: http://livrosentregarotas.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Jan 31/01/2016

WHAT THE FUCK ?!?!!!?!!?!?!?

5 stars are not enough.

Next morning

Right, there are no 6 stars rating here.
So, I have to create my own 6 stars shelf which is the cream-on-top-of-the-cup-cake.
A book deserves a place in my 6 stars shelf when:

1) I can't sleep before finishing it. It doesn't matter that I have to wake up 3:30am to work next day.

2) The book leaves me at the end speechless and shocked, crying and with breath problems due to my agony, suffering and pain.

3) I wake up next morning and the first thing to come to my mind is this powerful book.
And there it will stay for a few days.

An extremely gifted author!
Clelma 01/02/2016minha estante
qro muito ler... pena q não sei ler em inglês.... :(


Jan 01/02/2016minha estante
Pena mesmo Clelma :(
Ja fazem quase 2 anos que o li e ainda o tenho fresh na memoria. E ela eh pessima lol nao eh um romance, no entanto.
Favor nao pensar que sou maluca por escrever aki em ingles :) Me registrei a pouco tempo tentando encontrar uma maneira de indicar livros pra minha irma, que como vc, nao le em ingles. Eu uso um website em ingles e tenho pilhas de livros registrados lah. Tenho tentado todos os dias colocar alguns aqui, mas toma muito tempo. Entao, tenho feito um copy and paste do que eu tenho lah pq se eu for traduzir to ferrada...
Os livros que lerei a partir de agora vou tentar registrar alguma coisa aki.


Clelma 01/02/2016minha estante
Ah entendi, sua irmã comentou mesmo sobre vc, que lê mais livros em ingles...
Muito bom pra vc pq tem muita mais opção de livros, no meu caso tenho que esperar uma alma bondosa que traduza para ler (assim tenho que esperar mais pra ler, ou as vezes ngm traduz e fico sem ler :(
Essa outra plataforma eu conheço o goodreads muito bom, lá tem tudo... Nessa plataforma de skoob as vezes não tem alguns livros...
Mas faz isso melhor vc ir add os livros agora que vc for lendo ou pelo menos o que for seu favorito! Assim me ajuda tbm na hora que eu procurar um livro rsrsrs




Carol Santana 17/12/2016

Qual a diferença entre o amor da sua vida e a sua alma gêmea?
Puta que pariu!!
Essa é a frase que define o meu sentimento sobre esse livro, cada nova frase, cada novo dialogo, cada novo momento na vida de Senna, me levava a proferir essa frase.
Tarry Fisher é uma deusa, eu já a amava antes de Mud Vein e depois desse livro eu só posso reverencia-la por essa mente incrível que ela tem, eu a amo e ao mesmo tempo tenho uma inveja dela, pois eu gostaria de conseguir escrever algo assim, tão feio, tão tocante e tão belo.

Esse livro não foi uma leitura fácil pra mim que costumo ler livros super rápido, esse eu demorei, não por não querer devora-lo, mas porque foi uma leitura tensa, pesada, e que precisava ser feita analisando as nuances da estória. Das poucas coisas que sei pós Mud Vein é que essa estoria me envolveu, que eu sofri com Senna o medo e o desespero, que meu coração esta ate agora apertado, pesado parece que eu passei por uma grande perda na minha vida, e a verdade é que depois de ler esse livro é como se eu estivesse na pele de Senna, e eu perdi junto com ela a vida, perdi o amor, perdi a alegria, e de certa maneira a sanidade também, porque depois de ler esse livro e depois de sentir Senna eu fiquei um pouco louca.
Eu não posso dizer pra você que esse livro é um romance ou um thriller ou um drama, ele se encontra em um limbo literário que te trás uma loucura de sentimentos. Como li em algum lugar uma vez, pode-se dizer que de todas as estórias feias, Mud Vein é a mais bonita.

"É doloroso olhar para dentro de si mesmo e ver os por quês e como você funciona. Você é muito mais feio do que pensa, muito mais egoísta do que gostaria de admitir. Então você ignora o que esta dentro de você, pensando que se você não fizer um reconhecimento, não existe realmente"

"O amor não deixa. Suporta todas as coisas"

"A verdade é pra mente, as mentiras são para o coração. Então vamos continuar mentindo"

"O amor vem lento, mas deus ele vai mais rápido. Ele era lindo, então ele era feio. Eu o fiz. Então eu não fiz"

Eu não sei se recomendo esse livro, na verdade acho que não recomendaria porque é uma obra linda e as pessoas tendem não apreciar a estória por causa de certos elementos.

Mas se você estiver disposto a olhar pra obra com um olhar realista sobre a vida e o amor, e você estiver disposto a encarar um pouco de insanidade, este livro é pra você!
Jan 17/12/2016minha estante
Livrinho dificel... e briliante. Me deixou com uma ressaca dias! rsrsrs
Li fazem 2 anos e ainda o tenho na minha memoria (que normalmente eh horrivel).
5 Estrelas nao bastam ,mas apesar disto tenho que concoradar com vc, Carol, tambem nunca o recomendaria. Por toda a sua complexidade.
Acho que nao ha meio termo pra esta estoria: Ou as pessoas a detestam ou a amam, como nos :))
Tua resenha foi perfeita! :)


Carol Santana 17/12/2016minha estante
Pois é Jan, depois de ler esse livro fiquei um tempão pensando sobre ele e remoendo uma tristeza sabe, é engraçado como a gente se envolve com algumas estórias ne? Você tem toda razão 5 estrelas não bastam pra classificar esse livro, depois que li eu nem queria escrever sobre ele, mas fiquei tão mexida que tinha que botar pra fora


Jan 17/12/2016minha estante
Te entendo perfeitamente. Tb tenho isso de as vezes querer tirar do meu peito o que leio, quase como se fosse um desabafo pra gente obter encerramento e poder partir pra outra ;-)


Carol Santana 17/12/2016minha estante
É isso mesmo




Jane.Hale 02/05/2017

Não sei
Não sei se Mud Vein é obra maravilhosa ou não.
Uma história estranha. Gostei, amei e detestei.
Tarryn Fisher mexe com o psicologico isso é certo.
Bruna 30/10/2019minha estante
Exatamente o q senti!!!!




7 encontrados | exibindo 1 a 7