A preguiça

A preguiça Francisco Faus




Resenhas - A preguiça


10 encontrados | exibindo 1 a 10


Franklyn 30/04/2022

PREGUIÇA - O PECADO DESPREZADO!
Escrito pelo padre Francisco Faus, sacerdote romano piedoso e com muita sensibilidade para tratar de assuntos da vida interior.
ao analisar o pecado da preguiça, ele não fica na superfície, não o disseca apenas como uma "má disposição" para realizar tarefas do cotidiano, mas o trata como um pecado capital (latim capita - cabeça), ou seja, ela é um ramo de onde surgem outros galhos dos pecados e vícios humanos.
após esclarecer o conceito de preguiça (e acreditem, é muito diferente do que pensamos), ele nos mostra as 'máscaras" por trás das quais a preguiça se esconde, algumas aparentam serem piedosas e válidas, depois nos mostra os remédios contra essa doença da alma, e conclui com algumas questões para considerarmos, oferecendo-nos um pequeno exame de consciência diário.
comentários(0)comente



Tati 21/01/2022

Leiam!!
É um livro curtinho que vai te dar vários tapas na cara.

"A preguiça detesta o que o amor abraça, entristece-se com o que alegra o amor"
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Mari Guaita 27/12/2021

Ótimo livro
Um dos melhores livros que já li do Padre Francisco Faus.
O livro começa a nós fazer pensar o porque que muitas vezes não tratamos a Preguiça como um pecado, igual tratamos os outros pecados capitais.
O livro vai trazer diversas meditações, além de explanar a virtude contrária ao pecado da preguiça, que é a diligência.
Só uma dica... leia ?
comentários(0)comente



Arielly 26/11/2021

Livro curtinho mas extremamente essencial para lembrar que a preguiça pode parecer um pecado pequeno ou simples mas na verdade é um desencadeador de problemas, erros e de outros pecados, o que nos torna medíocres e distantes de Deus.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Alessandra Barcelos 22/09/2020

"Para tudo há um tempo"
"Quando acordamos para a única coisa necessária (Lc 10, 42), voltando-nos decididamente
para Deus, haverá uma reviravolta. Tudo, até os menores detalhes do cotidiano, mudará de sentido. Onde antes víamos muros - muralhas de deveres apertando como paredes de um cárcere - passaremos a ver janelas abertas para o infinito. E onde antes a rotina nos fechava num beco, agora se rasgará uma estrada.
Não se trata de simples imagens. O amor de Deus - o impulso da graça divina - muda tudo, como o sol transforma as sombras noturnas em paisagem colorida. Guiado pela fé e o amor, o coração cristão aprende a descobrir, em cada pequeno dever, em cada um dos
esforços necessários para a execução das tarefas cotidianas, uma oportunidade - cada dia renovada - de se dar mais, de servir melhor, de alcançar um novo grau de perfeição, de expressar uma generosidade mais alegre... E isto porque aprendeu a captar, nos pequenos pormenores do dia-a-dia, o convite de Deus. Aquele que me segue não andará nas trevas, porque terá a luz da vida (Jo 8, 12).
Aquelas mesmas realidades cansadas que a preguiça fazia murchar, a diligência cristã vem revigorar com viço inesgotável. Quem ama, ensina São João, é transladado da morte para a vida (1 Jo 3, 14). Depende de nós. Não é poupando-nos que encontraremos vida e felicidade, mas dando-nos mais e mais. Quanto mais generoso for o sacrifício e mais profunda a entrega, mais impetuosamente brotará a alegria, como um sinal da plenitude da vida.
Afinal, não é esta uma das mais límpidas e preciosas lições que Cristo nos deixou? Quem quiser guardar a sua vida, perdê-la-á; mas quem perder a sua vida por amor de Mim, a encontrará (Mt 16, 25)"


Padre Faus, como sempre, escreveu um livro maravilhoso e de linguagem fácil. Tenho comprado seus livros sem nem pensar muito, pois sei que vou gostar.
Nesse, nos mostra as várias faces da preguiça de forma sucinta e direta, tirando a ideia clichê que sempre nos apresentam dela.
comentários(0)comente



Mari Monteiro 16/06/2019

Altamente recomendável
Assim como tantas outras do patrimônio que o Padre Faus elabora para a nossa santificação, esse livro é um excelente instrumento para nos propormos um verdadeiro exame de consciência!!
comentários(0)comente



lucas.pinheiro.5815 23/06/2015

Muito bom!
Aborda aspectos e formas de manifestação da preguiça, aquele pecado tão "simpático" e que tanto no impede de alcançar a perfeição. Trata de identificar as "máscaras" que envolvem esse pecado e nos mostra a virtude necessária para combate-lo. Explica o que é ser diligente e nos mostra o quão essencial é fazer as coisas com amor para que a preguiça passe a largo.
comentários(0)comente



10 encontrados | exibindo 1 a 10


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR