Casei. E Agora? (E-book)

Casei. E Agora? (E-book) Tatiana Amaral
Tatiana Amaral




Resenhas - Casei. E agora?


88 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6


Meu Paraizo Literário 03/11/2019

Casei. E agora? : As aventuras do meu descasamento
Cléo é colunista em um jornal, onde escreve sobre a vida e sentimentos. Uma moça cheia de sonhos e que leva uma vida certinha. Ela está noiva e sua vida encontra-se com tudo em seu devido lugar. O maior sonho de Cléo é oficializar a sua relação com John, pois já estão juntos há 10 anos.
ㅤ ㅤ
John propõe a Cléo de ficarem 30 dias solteiros e assim experimentarem novas experiências e logo após esse tempo retornariam para casa e se casariam.
ㅤ ㅤ
Ela aceita a proposta de seu noivo, e mesmo contrariada vai para Las Vegas com suas amigas, que logo apelidaram a viagem de “Despedida de Solteiro Estendida”. Cléo só queria que os dias passassem rápido e assim voltar para os braços de John.
ㅤ ㅤ
Ela não contava que sua vida fosse mudar totalmente ao conhecer Douglas, o homem mais bonito e sedutor que já vira.
ㅤ ㅤ
Após uma noite de curtição, Cléo acorda e descobre-se casada com Douglas. Só que ela não lembra como isso foi acontecer e agora precisa correr contra o tempo para conseguir o divórcio e voltar para o seu relacionamento com John.

site: https://www.instagram.com/p/B2hiD3KDVHj/?utm_source=ig_web_copy_link
comentários(0)comente



Mayhara 11/10/2019

Sei lá, ainda estou processando. Gostei da história até ela chegar nas últimas 20 páginas. Achei um tanto confuso, de repente pareceu que a autora arrancou uma página do livro e fez suspense sobre algo que ao meu ver, não foi legal. Me senti uma idiota enquanto lia a página final do livro. Tinha tudo para ser um livro bem gostoso de se ler, mas me decepcionei com o final. Dei três estrelas pelos bons personagens e o bom desenvolvimento da história.
comentários(0)comente



caah 22/08/2019

Cléo e Douglas seria o casal perfeito!?
Cléo e Douglas ??

Cléo e uma moça que namora a 10 anos com o mesmo cara, ela quer casar mais ele quer viver experiência novas então ele propõe ficarem um mês separados para ambos adquirir novas experiências, Cléo acaba aceitando mais sem imaginar que ela pode conhecer o verdadeiro amor e ter em um mês a melhor experiência da sua vida
?????
??Cléo e uma boa moça e Douglas um homem apaixonado, o livro e repletos de confusões e super leve e gostoso. Me surpreendi com o final mesmo já suspeitando.
comentários(0)comente



Elida Malheiros 14/08/2019

Estou "in love" até hoje!
Confesso que já tinha a obra a um tempinhho na estante, mas só recentemente tirei a poeira, e li nunca sentada só. Estava precisando de uma história assim!

Cléo deixou de tomar as próprias decisões desde o dia em que Jonh, seu namorado de muitos anos, decidiu se mudar para os EUA. Hoje, noiva, Cléo decide que mesmo morando juntos a anos, não custa nada oficializar as coisas com um bela cerimônia de casamento. Qual não é a surpresa quando Jonh sugere que antes da experiência do casamento, eles precisam conhecer novas pessoas?

É ai que as amigas de Cléo, cansadas de todo o sofrimento, decidem que uma viagem a Vegas, é o melhor remédio! A única coisa que não estava nos planos de Cléo, era conhecer Douglas e seus melhores amigos. Principalmente depois de uma noite regada a muita bebida, acordar CASADA!

O livro é muito gostosinho, e eu fiz a leitura completa em apenas um dia. O Douglas virou meu Crush dos ultimos tempos, e o romance desses dois, é daqueles que fazem a gente suspirar e querer um igualzinho.

Quando os novos sentimentos começam a aflorar, e Cléo fica entre o certo e o incerto, entre o costume e os novos sentimentos, a gente fica com os nervos a flor da pele, torcendo pra que as coisas se resolvam da melhor forma.
Um livro muito divertido, engraçado, e rápido de ler; mais um trabalho incrível da Tatiana Amaral. Sei que a obra foi feita pra ser livro único, mas a autora já anunciou, que ao menos um conto vem por aí, e que com certeza, teremos um gostinho do casal Douglas e Cléo (eu to adorando isso!).
Uma leitura recomendadíssima!


site: https://www.instagram.com/falandodoqueli/
comentários(0)comente



Gabi 08/08/2019

Delícia de leitura
Esse livro me fez assinar o kindle unlimited, e foi meu primeiro ebook lido. Recomendo demais, li em dois dias de tão bom e fluido que é. Você torce e sofre junto com o casal.
comentários(0)comente



Edcleide 25/05/2019

Inesperado
Pessoal quando estava lendo esse livro pensei: MDS! E agora?
Em mais de um ocasião.
Quando li a sinopse fiquei com uma pulga atrás da orelha, e disse como assim "a história do meu descasamento"? Mas até ai tudo bem.
Aí no primeiro capitulo a Cléo tá contando a história da vida dela e o porque ela tá naquela bad, mas a pessoa nem imagina o porque do "descasamento" só vai ter ideia lá pelo meio do livro.
Mas porque esse desepero? Você pode estar se perguntando.
A nossa mocinha ela está noiva, faz uma viagem a Las Vegas só com as amigas, e é nessa viagem que conhecemos o nosso mocinho.
Douglas é um personagem para você soltar suspiros e muitos.
Cléo e Douglas se CASAM. É isso mesmo, e a Cléo fica desesperada, quer anular o casamento.
E é nesse cenário que vemos o crescimento da mocinha e é incrível.
Aqui temos um romance cão e rato.
Cheio de risadas, saudade, choro...
E com desdobramentos no final que vai deixar você com o queixo caído, ao ponto de ficar com raiva de personagens amados, chocado com as escolhas, mas feliz com o resultado.
E uma constante no livro é que você sempre vai odiar o John, o noivo da Cléo.
E se você não sabe se vai ler ou pensa em não ler a minha dica é: leia vai valer a pena. E como diz o filósofo Immanuel Kant "Escutai o saber!"
comentários(0)comente



Nick 19/01/2019

Apaixonante
O que você faria se o seu namorado pusesse uma condição para que finalmente pudessem se casar depois de dez anos de relacionamento? E se a condição fosse ficarem separados por um mês, curtindo como solteiros todas as experiências que não tiveram? Cleo não vê outra alternativa a não ser aceitar esse arranjo nada convencional, afinal casar com o John sempre foi seu sonho. Porém suas amigas não irão deixar que ela se traque em casa e se afogue em suas próprias lágrimas. O que Cleo precisa é ter suas próprias experiências e nada provoca mais lembranças que a boa e velha Las Vegas.
Contando os dias para voltar para os braços do homem que ama, Cleo não vê graça em estar na cidade do pecado imaginando o que seu futuro marido está fazendo longe dela, mas tudo muda quando ela encontra Douglas, o homem mais lindo que já e que carrega em seu olhar a mesma tristeza que ela vê todos os dias no espelho.
O que era pra ser apenas uma noite de diversão e bebedeira se transforma em algo completamente inesperado. Ou nem tanto, afinal eles estão em Vegas. Depois de acordar nua ao lado do homem que a fez sentir coisas inexplicáveis, Cleo descobre que não só dormiram juntos como acabaram casados.
E agora? Como ela vai se casar com John se já está casada? E esses sentimentos que a levam para cada vez mais perto de Douglas? Ela não cometeria a estupidez se apaixonar pelo seu marido. Certo?!
Las Vegas virou um sinônimo para livros que falam de casamentos inesperados, mas existem aqueles clichês que nos fazem amá-lo de qualquer jeito. Uma história encantadora, divertida e recheada de romance que leva o leitor a sonhar em ter um casamento louco nessas capelinhas da famosa Strip. Cleo e Douglas fazem o estilo 8 ou 80. Ou estão se pegando no tapa ou na cama e esses altos e baixos é o que faz esse livro tão divertido. A escrita leve e despretensiosa faz com que a leitura flua de maneira gostosa e quando percebemos já chegamos no felizes para sempre. E para fechar com chave de ouro, a Tatiana ainda deixou um segredinho no final que fez com que a história se encaixasse de maneira perfeita.
Para conhecer mais resenhas acessem o instagram Estante da Nick

site: https://www.instagram.com/estantedanick07
comentários(0)comente



Sabrina @pelaspaginas 11/12/2018

Sabe aquela história gostosa de ler, então o livro Casei e agora? É um exemplo de leitura leve e engraçada de ler. ?

Imagina receber uma proposta do seu noivo de ficar 30 dias separados, sem nenhum contato melhor dizendo, "solteiros" isso para conseguir novas experiências antes do casamento.

Cleo é uma mulher de 25 anos, que sonha em casar com John, com quem sempre namorou desde os seus 15 anos, sempre disposta em ficar ao seu lado mesmo quando ele resolve se mudar para São Francisco.

Então como nada na vida e perfeito, seu noivo decide que queria ter um mês de vida de solteiro, para adquirir novas experiências.

Cléo não queria aceitar no início, pois achava isso errado, mas decide aceitar para não perder seu noivo.

Aí que começa a linda e engraça história do livro, pois suas amigas não deixam isso passar em branco, elas arrastam Cléo para uma viagem, como tudo acontece em Las vegas, nesse livro não poderia ser diferente. Kkk

Ela conhece Douglas um rapaz charmoso, educado e que se importa com o verdadeiro amor.

Nota: 5/5 ? ? ? ? ? ?? .
.
Aonde será que essa história vai chegar ????

Eu recomendo muito esse livro.

O final ninguém imagina o que acontece, ?? é olha que eu imaginei foi coisa. Kkkk

O que falar desse livro.... Eu amei tudo, primeiro livro que leio da autora e já posso falar que estou louca para ler outros. ?
comentários(0)comente



Silvestre 07/09/2018

Maravilhoso
Sabe aquele livro que vc não dá nada pra ele ?
Então foi o meu caso ,lendo eu percebi que poderia ser um filme de comédia romântica da sessão da tarde kkkk acho que foi pôr isso que me encantou tanto , adorei leve romântico do jeito que? eu gosto ?
comentários(0)comente



Van Siqueira 13/08/2018

Resenha: Casei. E Agora? – Tatiana Amaral
Primeiramente, preciso cumprimentar a autora Tatiana Amaral. Gente, livros nacionais também são bons, e no caso desse é EXCELENTE! Parabéns a autora, adorei a escrita, bem leve, descontraída. Dei risada, fiquei apreensiva, chateada, feliz, senti cada emoção que o livro quis passar. Um livro de romance com uma pitada de sensualidade na medida. Quem não gosta de hot pode ficar tranquilo, não tem nada de hot.

A história gira em torno de Cléo, uma brasileira de 25 anos, jornalista, colunista num jornal de alcance nacional onde escreve sobre sentimentos e relacionamentos. Ela vive nos USA com o noivo, John, economista e também brasileiro. Eles estão juntos há 10 anos, estão noivos há três, e ela não vê a hora de se casar. Muito certinha, tem tudo planejado em sua mente, a vida perfeita ao lado do noivo, futuro marido. Só não esperava que o tal noivo quisesse fazer um acordo um tanto quanto absurdo. Ele impôs a seguinte condição, 1 mês antes de se casarem eles deveriam ficar separados. Sim, é isso mesmo, este absurdo. Ele propôs ficarem 1 mês completamente separados para que eles possam viver experiências novas, viver coisas diferentes, beijar ou até fazer outras coisas sem culpa, pois estarão separados. E então, depois de 1 mês, eles voltam e tudo volta ao normal como se nada tivesse acontecido. AHAM!

Cléo aceita o acordo, desesperada, com medo de perder o noivo, resolveu aceitar e engolir o medo e as inseguranças. Embora soubesse que era um extremo desrespeito e falta de consideração, não queria admitir e se submeteu a esta situação humilhante.

– Se meu marido me propõe um acordo desse, eu boto ele pra correr! Tá louco, bicho?! Risos.-

Continuando, ela aceita o acordo, e então ele junta as coisinhas dele e some, cai no mundão. E ela fica em casa, sozinha, remoendo a situação, sofrendo, torcendo para os dias passarem logo para finalmente ele voltar e eles casarem. Muito inocente, né?

Mas ela tem amigas maravilhosas, que ficaram revoltadas com este acordo horroroso e indignadas por Cléo ter aceitado isto, pois era completamente injusto o John sair por aí curtindo a vida de solteiro enquanto Cléo estava toda tristonha dentro de casa, e então com muito esforço conseguem convencer Cléo de ir numa viagem para Las Vegas.

Aí começa a aventura na vida da Cléo. As 4 amigas caem na curtição em Las Vegas, a cidade da perdição, com cassinos, muita luz e badalação. Elas estão dispostas a curtir, menos Cléo que continua na dela, respeitando o noivo, que agora era ex-noivo, mas em 1 mês voltaria a ser noivo (confuso, eu sei!). Mas, embora contrariada, Cléo parte para os passeios e noitadas com as amigas. E então, elas conhecem um grupo de amigos num karaokê, e surge um interesse de um deles em Cléo, Douglas. Douglas que está numa fase ruim também, se interessa por Cléo pois compartilham da mesma fossa. Moreno, alto, corpo definido, lindo de morrer, Douglas era um deus grego, e Cléo se interessa mas não assume, não admite. Aquele famoso Deus me livre, mas quem me dera. Risos. Até que em uma noite eles todos se encontram num cassino, e ela está sozinha no bar, já um pouco alterada, e Douglas se junta a ela, ambos bebem bastante, ela já cheia de cachaça na cabeça, digo coragem, manda umas indiretas para o Douglas, e os dois bêbados decidem se casar. Isso mesmo Brasil, CASAR! Risos.

Eles partem então para aquelas capelas típicas de Las Vegas, onde alguém fantasiado faz seu casamento, e se casam. E aí meus amigos, aí começam os jogos! Risos!!!

No dia seguinte, ambos acordam com uma ressaca violenta, ele se lembra de alguns fragmentos da noite anterior, porém ela não lembra de nada! Um completo apagão, somente uma certeza: ela estava casada, e não era com seu noivo John, e sim com Douglas, um completo desconhecido!

Para seu desespero ela estava casada com o cara errado e precisava urgentemente conseguir a anulação do casamento. Sua cabeça girava, como ela iria explicar esta bagunça ao John? Como casar com o John se ela já tinha se casado com outro? Ela e Douglas foram tentar a anulação na capela, mas informaram que o processo de anulação poderia demorar mais que o divórcio. Sendo assim, teriam que esperar para se divorciarem. Cléo ficou louca, desesperada para voltar para casa para resolver esse problema, mas Douglas disse que precisava ficar uns dias na casa dos pais antes de voltar. Cléo, transtornada como estava, não queria perder o Douglas de vista, portanto quando ele disse que precisava passar uns dias na casa dos pais, ela cismou que precisava ir junto pra ficar de olho nele e garantir que ele não fosse sumir e tornar o divórcio um processo mais longo e demorado.

Mas ela não contava com os sentimentos conflitantes que assolariam seu coração. De alguma forma eles começam a se entender, e sentimentos que ela considerava impróprios começam a aparecer. Cederem a paixão que os controla é praticamente impossível.

Não vou dizer mais nada, se não vou acabar dando algum spoiler, meus dedos estão coçando para escrever tudo para vocês, mas quero que leiam e se surpreendam comigo. Eu disse surpreendam? Aham, isso mesmo. Me surpreendi muito com o final, não estava esperando o desfecho que teve. Você deve estar pensando… dããã… parece meio óbvio o final. Gente, sério, me surpreendi demais com todo o desfecho, foi incrível o que a autora fez pois eu não estava esperando nada assim.

O livro nos passa que ás vezes, estamos tão acostumados com a rotina, muitas vezes você se pega habituado a algo ou alguém, que mudanças podem se tornar difíceis e dolorosas. É difícil quebrar este muro, derrubar estas paredes e enxergar o mundo lá fora. Muitas vezes, estamos tão focados em um objetivo, queremos tanto alcançá-lo que esquecemos de nos perguntar se estamos felizes. Focamos tanto no destino que esquecemos de curtir a viagem. Qualquer coisa que mude sua rotina, te tire um pouco do foco, já incomoda. Com o livro aprendi que nem tudo que queremos é o melhor para nós. Vamos aproveitar os momentos, não sejamos acomodados, e nem nos contentemos com pouco ou qualquer coisa.

Cléo tinha um objetivo na vida que era casar com o noivo de longa data e ser feliz para sempre, mas ela não percebia certas coisas ao redor dela que todos já haviam notado menos ela. Ela havia perdido sua identidade ao longo do relacionamento, havia deixado de lado suas vontades colocando como prioridade as vontades de John. Ela achava que era feliz, se contentava com tão pouco. Bastou ela abrir os olhos, derrubar as paredes que a impediam de ver ao redor e vislumbrar um mundo de possibilidades a sua frente.

Super recomendo a leitura para pessoas que gostam de romances clichês, foi muito lindinho e repleto de surpresas, uma história bem estruturada. Com certeza, lerei mais livros da autora. AMEI!

site: https://leituraseriada.wordpress.com/2018/07/17/resenha-casei-e-agora-tatiana-amaral/
comentários(0)comente



Mari 11/08/2018

Esperava mais!
Amo as obras da Tatiana Amaral...mas essa, fiquei muito decepcionada, li o livro em dois dias, ávida pra que a história seguisse outro rumo, a base do livro é muito boa, mas a construção(rumo) da história deixou muito a desejar, personagens sem consistência NENHUMA, alguns vácuos na mesma sem explicação, história corrida demais em alguns pontos, erros ortográficos consideráveis, detalhes muito grosseiros pra uma autora tão conceituada como ela, enfim, minha opinião, leiam e tirem suas próprias conclusões!!
comentários(0)comente



Erika.Santos @literandofotos 06/08/2018

Cleo é linda, divertida e inteligente, trabalha fazendo postagens sobre sentimentos. Ela é brasileira e mora em São Francisco com seu primeiro e único namorado da vida toda. Após dez anos de relacionamento eles decidem se casar, mas antes disso John o noivo de Cleo propõe um acordo, para ambos viverem outras experiências, ou seja, passarem trinta dias solteiros para terem certeza que não deixaram de viver outras aventuras após se casarem. ( já deu para sentir o embuste que é o John).

*Ele acreditava que, apesar da certeza do amor que sentia por mim, não tínhamos vivido outras experiências. Sempre tinha sido apenas nós dois, o tempo inteiro, e isso, de acordo com os pensamentos dele, não era saudável em um relacionamento.*

Cleo tem as melhores amigas que uma garota precisa, e juntas elas partem de férias par Las Vegas. ( para tudo! Já imagina quatro amigas solteiras em Vegas). Cleo só queria que o mês terminasse logo para ela voltar e casar com John. E tudo muda quando em uma noitada de curtida elas conhecem um grupo de rapazes, Douglas e seus amigos. juntos caem na bebedeira onde Cleo no dia seguinte só lembra de ter dito ?Sim? Douglas e Cleo casaram-se bebados. Cleo e suas amigas, Douglas e seus amigos, partem em uma aventura para anular o casamento.

Eu achei esse livro incrível, um final espetacular, eu me apaixonei por todos os personagens, queria mais livros das histórias de cada um hahaha. seria pedir demais ?
Casei e agora é muito engraçado e fofinho.
Tatiana Amaral escreve de uma forma leve, simples que prende o leitor. Já quero todos os livros dela.
comentários(0)comente



@injoyce_ 16/07/2018

Casei e agora?
Dei risada do começo ao fim.
Muito divertido!
O noivo repugnante de Cleo pede passe livre de um mês antes de casar .
No começo Cleo acha o pedido de seu noivo um absurdo, mas acaba sedendo, suas amigas para nao verem ela triste a convida para passarem uma semana em Vegas e o que se faz em vegas fica em Vegas, ou acaba mudando sua vida para sempre.
Um romance bem divertido e gostoso de se ler. Leitura de apenas um dia. Tatiana sabe trazer um romance quente e cheio de humor.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Cah. 07/07/2018

Eu me surpreendi com o final, as notas dos personagens no final do livro que tudo não passou de um plano elaborado.
Eu nunca poderia imaginar que o encontro do Douglas e da Cléo no karaokê não foi espontâneo, e sim uma armação da amiga dela Jessy e do Douglas, que se interessou por ela antes mesmo da viagem a Las Vegas, e o casamento deles foi de mentirinha, tudo armação também, até a Michele encenou todas aquelas cenas ...

Achei legal o livro, me surpreendeu.
comentários(0)comente



88 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6