Não me Faça Contar até Três!

Não me Faça Contar até Três! Ginger Plowman




Resenhas - Não me Faça Contar até Três!


1 encontrados | exibindo 1 a 1


Ritinha 19/11/2013

Orientações de mãe para mãe
Tendo boas influências como Ted Tripp, Lou Priolo, dentre outros grandes homens, Ginger Plowman procura mostrar onde realmente está o problema.
Partindo do coração do filho ao da mãe, sempre considerando a visão bíblica sobre o assunto, a autora busca revelar princípios tão básicos que levamos para a vida, para a sociedade, porém os perdemos de vista ao lidarmos com os filhos.
Com uma linguagem jovem e divertida e com muitas ilustrações, sendo estas, em grande parte, vindas de experiências com seus próprios filhos, a Ginger nos faz lembrar que é uma pessoa, como eu e você que está a escrever. Muito que vi nela, vi em mim e espero um dia ser uma grande mãe usando estes santos princípios bíblicos.
Ao terminar a leitura percebi que muitas mães precisam estar a parte destas verdades, para o bem delas, dos filhos e para a glória de Deus.
comentários(0)comente



1 encontrados | exibindo 1 a 1