O Último Homem do Mundo

O Último Homem do Mundo Tais Cortez




Resenhas - O último homem do mundo


153 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Ana 24/05/2018

Aqueceu meu coração
Esse livro me supreendeu! Quando comecei a ler, achei que seria mais desses romances água com açúcar. Mas aprendi muito nesta leitura. As mensagens passadas aqueceram meu coração e o romance foi crível. Só tenho uma ressalva: o final foi corrido. Muitas pontas foram fechadas de forma rasa. Acho que dava pra incluir mais algumas páginas neste livro. Tirando isso, com certeza esse livro é uma agradável surpresa e merece uma boa avaliação.
comentários(0)comente



Bia 27/09/2017

Legal, porém... parece muito fanfic
Devo dizer que é enredo atrai muito, no entanto que a personagem principal se tornava meio estereotipada demais. Não que eu tenho problemas com histórias clichês, pois o livro é realmente isso.

Uma Rebelde Sem Causa que vive em Pé de Guerra com a mãe. Até que para se vingar patricinha na escola ela pega namorado dela de alguma forma. Provavelmente esse não é realmente o foco da história mas é isso que vemos.

Eu acho que a história não foi tão massante, por causa da personagem principal afirmar que essa fase Rebelde dela é uma forma de se rebelar contra mãe.

Algum motivo eu me senti irritada e não via a hora de acabar, mas devo admitir que é uma história legal de ler no finalzinho do dia, tipo sessão da tarde.

Recomendo para quem gosta de história bem clichês, acredito que isso me recorda Fanfics. Tanto que pulei algumas páginas e não sentir que Perdi algo importante.

Só para deixar claro, quando digo que parece Fanfic eu não estou falando da escrita da autora ou é algo relacionado a isso. Mas sim o enredo da história, para quem ler Fanfic/FIC sabe que as histórias têm sempre o mesmo enredo, só muda as perspectivas dos personagens, os nomes e visual. Só uma coisa, eu NÃO estou falando em plágio. Okay.

No entanto, aquela coisa de colégio interno garotinha rica e o badboy, metade das Fanfics tem isso.

Talvez eu esteja saturada desse tema.

Agora se você gosta Vai fundo que a leitura você irá gostar.
comentários(0)comente



sentilivros 26/09/2016

resenha de O Último Homem do Mundo
"Os livros tinham sido seus melhores amigos por muito tempo. Eles me permitiram fugir da realidade, viver a vida dos outras pessoas e esquecer as frustrações com minha própria vida."

Esse é outro livro que chegou até a mim através de Book Tour. O livro é um romance Cristão que trata entre outros assuntos, do bulling na adolescência.
"Fingir estar bem era cansativo e minha armadura começava a ficar pesada demais."
Amanda é uma moça "revoltada" por ter uma mãe ausente. A mãe de Amanda , segundo ela, trata do futuro desta como qualquer outra coisa a se resolver sem ao menos conversar com a filha sobre seus planos.
" Minha mãe era muito jovem quando nasci, mas eu não conseguia perdoá-la por não ter sido a mãe que eu precisava."
Assim, através de travessuras, "puxões de orelhas" e a mudança para uma nova escola ela começa a descobrir sentimentos antes inexistentes ou escondidos.
"O amor é um risco e, se você não está disposta a se arriscar, então não é digna desse amor. A questão é: o amor de vocês vale esse risco?"
Amanda vai se descobrindo e se tornando, após uma conversa com o diretor, em uma menina mais centrada. Mesmo passando por dificuldades, ou mesmo por isso, vai crescendo, amadurecendo até se "transformar".
"No entanto, tinha algo nele que me incomodava profundamente: ele prestava atenção em mim."
Entretanto, ela não muda sua essência, apenas se aperfeiçoa e descobre que pode se tornar uma boa amiga.
"Fazer amizades e ajudar uma amiga não estava em meus planos."
Por causa das constantes mudanças de escola devido ao seu comportamento, Amanda nunca se abriu com ninguém, pelo contrário, se fechava em si mesma,. Inclusive, tentava se vestir diferente para afastar as pessoas.
E foi nesse caminho, nessa nova escola que ela conhece o "queridinho" da escola, Ricardo. O último homem do mundo para ela. Mas, ela vai descobrindo que as aparências enganam. *-*
"...Pela primeira vez, eu deixava alguém me conhecer de verdade, por trás da armadura indestrutível que usava todos os dias."
Um livro divertido que nos leva a questionar alguns padrões e a refletir sobre essa fase tão intensa e inconstante de nossa vida.
Taís tem uma habilidade incrível para nos fazer sentir e nos emocionar com suas personagens.
"Pessoas comuns falam sobre pessoas. Pessoas extraordinárias discutem ideias. Pessoas comuns pensam em si mesmas. Pessoas extraordinárias querem mudar o mundo."

Adorei e recomendo!!!

site: http://sentimentonoslivros.blogspot.com.br/2016/09/o-ultimo-homem-do-mundo-tais-cortez.html
comentários(0)comente



Nathy 13/09/2016

O último homem do mundo – Tais Cortez – #Resenha
Não estava tendo muita sorte com as minhas leituras nos últimos dias, então fui sem nenhuma expectativa fazer a leitura desses. E logo nas primeiras páginas tinha a impressão de já ter visto essa história em algum outro lugar. Uma mistura de rebelde com menina mimada. Eu gosto quando os livros falam do amor entre os adolescentes e que nem sempre é amor a primeira vista. Tiveram muitas cenas engraçadas. No entanto, não consegui me envolver completamente com os personagens. Tudo parecia ocorrer de uma forma muito rápida, mesmo que se prolongasse por alguns capítulos. As cenas também não são inovadoras, tudo apresentado de algum jeito já havia visto antes.

O livro conta a história de Amanda filha de uma atriz muito famosa. Sua relação com a mãe não é boa. Tudo o que sua mãe faz não agrada a menina que queria apenas ser deixada em paz. Uma vez que sua mãe é muito ocupada a menina está sempre em algum colégio interno. Mas, acaba sendo expulsa de todos eles. Até que começa a estudar no "Educação de Elite" um colégio muito renomado que somente os filhos das pessoas mais importantes estudam. Na visão de Amanda não passam de um bando de meninos mimados. Com sua atitude rebelde faz de tudo para ser expulsa de mais esse colégio. Apenas não contava estar rodeada de pessoas das quais acabasse gostando.

A leitura flui de uma forma muito leve e rápida. O tipo de livro que em menos de duas horas consegue finalizar a leitura de tão gostosa. Mesmo tendo alguns problemas com a história gostei da dinâmica. O livro é narrado em primeira pessoa na visão de Amanda e por isso o leitor fica apenas sabendo as impressões da menina. Eu fiquei me questionando se tudo era mesmo daquela forma ou apenas ela estava sendo implicante.

Eu estava tão irritada, que mal podia me controlar.

Tive alguns problemas para me identificar com a Amanda. Estava esperando que ela fosse ser mesmo uma rebelde e causar todo o tipo de confusão para ser expulsa. Mas, as suas atitudes não foram tão ousadas. Conseguiu criar algumas inimizades, mas também várias pessoas ficando ao seu lado. No fundo era somente uma menina que estava querendo chamar a atenção de sua mãe. Não agindo através das palavras, mas mantendo uma pose de que não estava ligando para nada. Quando tudo o que queria era que sua mãe lhe desse um pouco do seu tempo. Fiquei um pouco decepcionada nesse sentido porque estava esperando mesmo que fosse alguém que não ligava para o que acontecia ao seu redor. Que era diferente das meninas de sua escola.

Continue lendo a resenha no link abaixo:

site: http://www.oblogdamari.com/2015/02/o-ultimo-homem-do-mundo-tais-cortez-resenha.html
comentários(0)comente



keh 26/05/2016

O último homem do mundo
Amanda é uma garota rebelde e problemática. Filha de Patrícia Oliveira, uma atriz mundialmente famosa, ela se ressente do comportamento da mãe, que trabalha demais e dedica seu pouco tempo livre para namorar. Depois de ser expulsa dos três últimos colégios, Amanda é matriculada contra sua vontade no Educação de Elite, o colégio interno mais renomado do país, onde apenas os filhos da elite nacional estudam. Determinada a conseguir mais uma expulsão, ela é capaz das maiores loucuras, mas seus planos acabam sendo frustrados por suas colegas de quarto, por uma inspetora intrometida e um diretor paciente. Lá ela também conhece Ricardo, o garoto mais popular e mulherengo do colégio. A atração entre eles é imediata, mas isso não impede que se odeiem ferozmente e que façam de tudo para prejudicar um ao outro. No entanto, o destino os forçará a unirem forças por um bem maior, e Amanda perceberá que, às vezes, o último homem do mundo de sua consciência pode ser justamente aquele que seu coração decide escolher"

O livro conta a história de Amanda, uma jovem rebelde filha de uma atriz mundialmente famosa, sua mãe Patricia Oliveira não tem muito tempo para a filha já que na maior parte do tempo está trabalhando e em seu tempo livre namorando.

Após ser expulsa de mais um colégio, Amanda é obrigada a ir estudar no colégio mais renomado do país o Educação de Elite. Nos primeiros dias de aula Amanda faz de tudo para ser expulsa deste colégio, porém percebe que seu objetivo não será concluído tão cedo por conta da inspetora severa, do diretor muito paciente e de duas pessoas que se tornam importantes para ela, Maíra e Paulina.

Além de permanecer em um local contra sua vontade, Amanda também começa ter atritos e desavenças com a Mariana, filha do diretor da escola e consequentemente, com Ricardo, o rapaz mais popular e mulherengo do colégio, que por um acaso é namorado de Mariana. Contudo, após alguns acontecimentos, Amanda e Ricardo acabam se aproximando e descobrindo que não são tão diferentes quanto imaginavam, já que Ricardo também tem problemas em sua família.

Gostei muito da forma que a autora trouxe para o livro temas como caridade, falta de afeto, fidelidade e da importância do dialogo. A autora não deixou o livro se tornar um clichê o que tornou o livro ainda mais maravilhoso, recomendo para quem gosta de um romance leve com temas para refletir. Obrigada pela oportunidade de conhecer seu livro Tais.

"Ele consegue fazer meu coração contorcer, doer e parar ao mesmo tempo. E eu não estava acostumada a isso."
comentários(0)comente

Tais Cortez 26/05/2016minha estante
Oiii, Kethlyn
Obrigadaaa pela resenha! Adoreii :)
Fico feliz em ver q gostou dos temas q eu procurei abordar nessa história. Acho que um livro se torna "completo" quando realmente nos faz refletir em como podemos nos tornar pessoas melhores.
Obrigada pelo carinho!
Bjsss
e sucesso ao blog!




Ana 28/04/2016

Um romance incrível
Eu participei de um book tour e ele me surpreendeu muito, porque pelo nome do livro eu imaginava algo totalmente diferente, imaginava um livro que contasse um romance entre adultos e não um romance adolescente.
O que não foi uma surpresa ruim, de forma alguma, o livro é incrível. Conta a história de Amanda e Ricardo. Mas, não é só isso, tem todo um contexto onde o romance se passa. No começo, ela odeia a escola e todas as pessoas que nela estão, o tempo e alguns acontecimentos se encarregam de mudar isso e fazer com que a menina goste do colégio e decida ficar já que estava decidida a ser expulsa já que a mãe não queria lhe tirar.
Amanda e Ricardo passam por maus bocados juntos e por um bem maior se unem e assim, um conhece o outro melhor. A admiração surge e outras coisas também. O final é óbvio que vocês vão ter que ler, eu não faria a besteira de contar o fim pra vocês. O que eu posso adiantar é que o valor que vocês terão que pagar para adquirir o livro vale apena.
O livro traz uma narrativa leve, bem-humorada, envolvente, com um ambiente jovem, mas, que agrada a todos os públicos. Não é um romance meloso, apesar de ser extremamente fofo. Ele satisfaz as expectativas, se não as supera como aconteceu comigo.

site: www.cabeceiradacama.com.br
Tais Cortez 29/04/2016minha estante
Oiii, Ana
Obrigada pela linda resenha!
Fico muito feliz em ver o quanto gostou e em saber q foi bastante surpreendida!
É ótimo quando um livro supera nossas expectativas!
Bjssss
e sucesso ao blog!




Aline Coelho Cury 29/03/2016

O Último Homem do Mundo

Li essa história em ebook e garanto que a tempos não me sentia tão envolvida e tocada por uma história. O Último Homem do mundo me pareceu um chicklit com toques de drama, gostei da narrativa, dos personagens, das mensagens cheias de conteúdo que a autora inseriu ao longo do texto e no final tive a certeza que essa será uma daquelas histórias difíceis de esquecer. O que aparentemente é simples para alguns pode ser revelador para muitos.

Em O Último Homem do mundo você encontrará intrigas, confusões, pais e filhos que não se entendem, adolescentes tentando se descobrir e entender o mundo ao seu redor, paixões e histórias de amor, amizades verdadeiras, exemplos de caridade, pessoas que inspiram motivação e transformação além de um final de deixar os mais românticos suspirando. Eu mega indico esse nacional que entrou para minha lista de melhor do mês, do ano. Inesquecível!!!!

site: http://leiturasvidaepaixoes.blogspot.com.br/2016/03/o-ultimo-homem-do-mundo-tais-cortez.html#comment-form
Tais Cortez 29/03/2016minha estante
Oiii, Aline
Obrigadaaaa pela resenha! Adorei :)
Fico feliz em ver o quanto gostou e foi envolvida por esta história!
É sempre ótimo superar as expectativas dos leitores hehe
Espero que possa conhecer meus outros livros e, quem sabe, apaixonar-se por eles tbm!
Bjsss e sucesso ao blog :)




Nice (book.is.nice) 16/03/2016

Leve e envolvente
Vou confessar que em alguns momentos me envolvi tanto com a história, e já me sentia tão amiga da Amanda, que tinha vontade de brigar com ela. Hehe
Gostei bastante da história, e do choque de realidade que ela me deu, pois inúmeras vezes somos como os alunos da educação de Elite, só pensamos em nós, nas nossas próprias preocupações, e nos esquecemos do mundo a nossa volta.
Para mais detalhes sobre a história e resenha...Assistam o vídeo. ;)

site: https://www.youtube.com/watch?v=boN2BXispMw
Tais Cortez 17/03/2016minha estante
Oiii, Janice
Obrigada por compartilhar o q achou e pela resenha!
Fico feliz q tenha gostado tanto a ponto de se sentir como amiga da Amanda rss
Bjsss
e sucesso ao canal!




Paraíso das Ideias 09/03/2016


O
lá Pessoal!!!
É se é pra se jogar no Book Tour porque não participar logo de todos? Kkkkkkkkkkk Esse é meu segundo e consequentemente o segundo livro da Tais que vou apresentar pra vocês!!


Sabe quando mãe fala, não cospe pra cima que pode cair na testa? Então, nossa protagonista Amanda cuspiu e ele voltou com força total, vamos conferir?


"O amor é um risco e, se você não está disposta a se arriscar, então não é digna desse amor..."


Amanda é a tipica adolescente rebelde, com 16 anos, ela é filha de uma atriz famosa que passa tempo demais fora de casa, fazendo assim com que Amanda se sinta sozinha e rejeitada, e claro que na sua cabecinha de adolescente, qualquer coisa que sua mãe faça é para mante-la longe.

Vamos começar a história com Amanda começando em novo colégio de Elite, mas ela se recusa a ficar lá, na verdade ela se recusa a fazer qualquer coisa que possa agradar sua, sendo assim, ela entrará no colégio com a missão de ser expulsa desse também, já que já foi expulsa de quatro colégios diferentes.

O colégio é cheio de riquinhos frescos e logo de cara, ela arranjará encrenca com Ricardo, o mauricinho esnobe e sua namorada Mariana, que ela descobrirá logo mais, ser a filha do diretor do colégio.

Entre idas e vindas e guerra de poder, Amanda e Ricardo acabarão virando amigos, e entre tapas e beijos, aquele que ela considerava o "Último Homem do Mundo", vai acabar se tornando essencial.


"Ricardo era o último homem do mundo que eu escolheria."


Ela também conhecerá Mayra e Paulina, duas moças que poderão fazer com que ela veja o mundo de outra forma, e se dê uma chance de ser feliz. Mas as coisas não param por aí, e quando tudo parecer calmo e tranquilo, pode ser que venha tempestade por ai...

O livro é super fofo, e a história é daquelas bem levinhas, mas ao mesmo tempo encantadoras e viciantes, como todos já sabem, amo romances leves e adolescentes, então sou a pessoa mais suspeita do mundo para avaliar mais esse exemplar da Tais, e como já estava conquistada desde o anterior, fico feliz em dizer que ela não me decepcionou, pelo contrário me encantou mais ainda, já que ela conseguiu criar duas histórias totalmente distintas e mesmo assim maravilhosas.

Amanda é rebelde, mas fica bem claro já no começo do livro, que sua rebeldia nada mais é do que carência, saudades da época em que ela e sua mãe eram pobres, mas unidas, agora com a riqueza, elas mal se viam ou se quer se falavam, e sendo assim cada tentativa de Patricia de dar um bom futuro pra Amanda, acaba sendo visto pela mesma como uma forma de se livrar dela.

Ela já foi expulsa de 4 colégios, e esse seria só mais um em sua lista, se ela não tivesse conhecido pessoas incríveis como suas amigas, ou antipáticas como Mariana e Ricardo.E apesar de sua rebeldia e sua aparência assustadora, com um toque de emoção, Tais vai nos apresentar um lado da protagonista que desconhecemos, o lado humano que pode ser doce e encantador.


" Senti um nó se formar na minha garganta, enquanto distribuia as cumbucas de sopa e via quão famintas estavam aquelas pobres crianças. Eu me sentia culpada por pensar que tinha, problemas enquanto, na verdade,eram elas que tinham."


As aventuras adolescentes são certas e garantidas, como uma narração leve e em primeira pessoa, se torna impossível não querer devorar o livro e saber um pouco sobre essa rebelde quase incorrigível.

A editora esta de parabéns, a edição esta muito linda, e a capa encantadora, não localizei erros de gramática, e com páginas amarelas e letras no tamanho certo, a leitura se torna ainda mais confortável.

Sendo assim, o que tenho a declarar é, se aventure na escrita da Tais e desfrute de romances incríveis e encantadores, estou muito feliz por essa parceria e por ter tido o prazer de conhecer suas obras, que já me conquistaram de corpo e alma.

Uma super pedida pra quem gosta de romances leves e doces, super recomendo a Tais e ainda Favorito com certeza!!!

Espero que tenham gostado,
Beijokas e até a próxima.


site: http://paraisodasideas.blogspot.com.br/
Tais Cortez 09/03/2016minha estante
Kellyyyyy
Que resenha mais maravilhosaaaaaaaa...AMEI!
Obrigada!
Fico muitooo feliz por mais um livro meu ter conseguido te conquistar!
E que honra ter se tornado um favorito! rsss
Agora que venha Acima de Nos hehe meu terceiro bb!
Bjsss e sucesso ao blog!




Naty 11/02/2016

Uma história de ódio a primeira vista
Tais Cortez tem um dom de fazer histórias simples - como um romance - mas que são envolventes do início ao fim.

Na história somos apresentados a Amanda, que logo de cara já apresenta seu objetivo: ser expulsa do colégio Educação de Elite - o que seria sua quarta expulsão, no que eu vi como uma maneira de chamar a atenção da mãe, e também como afronta. Quando seu caminho cruza com o casal da escola, Mariana e Ricardo, eles a veem como um incômodo e os três querem distância um do outro, especialmente Ricardo e Amanda. Logo surge um objetivo em comum referente ao Baile do Colégio, e juntos eles acabam se aproximando e Amanda logo vê uma outra face de Ricardo.

É aí que começa a fase das descobertas de Amanda. Ela acaba gostando do colégio, das amigas que fez lá e especialmente, de Ricardo, mesmo que diz para si mesma que ele é "o último homem do mundo" para ela, por causa de suas atitudes perante outras mulheres. Apesar de um romance, a história tem um quê de novela, com direito à "vilões", Mariana (que mesmo após o término do namoro com Ricardo, ainda quer estar junto) e Paulo (que desde o primeiro momento se mostrou interessado em Amanda) que querem ver o casal separado.

Embora não seja um romance cristão (como é Acima de Nós), OUHM tem lá seu toque de religião - não com intuito de evangelizar, mas já dá sinais do potencial que Tais tem para escrever sobre o tema. Com uma história simples, Tais consegue consegue criar uma narrativa ágil (tanto que o livro pode ser lido em uma tarde de domingo, se você não ficar na bad) e seu término nos deixa com um gostinho de quero mais e até um pouco tristes por a história ter acabado.

Apesar de ser um romance água com açúcar, Tais tem seu próprio estilo e consegue, de um jeito singelo de nos tocar com suas palavras. Em determinado momento da história, Amanda percebe que precisa viver sua própria vida (independente de ter ou não a atenção de sua mãe), apesar dos pesares que ela trouxe.

site: http://naty-land.blogspot.com.br/2016/02/o-ultimo-homem-do-mundo.html
Tais Cortez 14/02/2016minha estante
Oiii, Natália
Obrigada pela resenha! Adorei :)
Fico feliz Q tenha gostado de mais um de meus bbs!
E interessante vc ter reparado Q desde OUHM comecei a inserir (um pouquinho) o conteúdo cristão :)
Bjssss
E sucesso ao blog!




Pri 06/02/2016

Romance improvável
Estava com vontade de ler um romance bem leve e divertido, e esse livro caiu como uma luva. Achei que seria apenas um romance adolescente bem bobinho, mas fui pega de surpresa, porque adorei o livro.

"Os livros tinham sido meus melhores amigos por muito tempo. Eles me permitiam fugir da realidade, viver a vida de outras pessoas e esquecer as frustrações com minha própria vida."

Amanda Priscila tem 16 anos e conseguiu ser expulsa dos três últimos colégios aonde estudou. Sua mãe é uma famosa atriz, Patrícia Oliveira, que passa a maior parte do seu tempo trabalhando, e o restante é gasto com romances que sempre terminam em prantos. Amanda tornou-se uma garota rebelde por causa da pouca atenção recebida da mãe, e decidiu viver em função de frustrar todas as tentativas dela em controlar a sua vida. Até que sua mãe decide matriculá-la em um dos melhores colégios internos do país, o Educação de Elite. Mas Amanda tem certeza de que não ficará lá por muito tempo, pois já tem planos para conseguir uma nova expulsão.

"— Certa vez, um professor me disse algo que nunca esqueci — ele voltou a falar. — Pessoas comuns falam sobre pessoas. Pessoas extraordinárias discutem ideias. Pessoas comuns pensam em si mesmas. Pessoas extraordinárias querem mudar o mundo. Pessoas comuns se cansam quando os obstáculos aparecem. Pessoas extraordinárias encontram forças quando todos já desistiram"

Logo no primeiro dia começa a colocar seu plano em ação. Sem querer, os estudantes acabam ajudando-a, pois sua forma diferente de se vestir chama a atenção das patricinhas do lugar. Uma líder de torcida mimada acaba arrumando briga com Amanda, e ela torce para que isso baste para a expulsão. A garota é namorada de Ricardo, e isso faz com que eles se odeiem de imediato.

"— O amor é um risco e, se você não está disposta a se arriscar, então não é digna desse amor."

Porém os planos de Amanda começam a dar errado quando duas garotas decidem defendê-la. Além disso, o colégio conta com a supervisora Vilma, que está sempre atenta às confusões e está decidida a não permitir que a menina quebre as regras. Somando o fato de o diretor ser muito paciente e não estar disposto a dar o que Amanda deseja, ela se vê obrigada a continuar lá por mais tempo do que gostaria.

"— Amanda. Você é esperta. Será que não percebe que está sabotando a si mesma? Você gosta daqui. Fez amizades. E, ainda assim, insiste em ser expulsa pelo simples motivo de que quer desagradar sua mãe. Quando você vai parar de deixar ela controlar a sua felicidade? Quando vai parar de colocá-la no centro de suas decisões e começar a viver sua vida de verdade?"

Ricardo é o garoto mais lindo e popular do colégio, mas também é o mais mulherengo. A atração entre eles é inegável, mas o ódio que nutrem um pelo outro é maior. Amanda decide usar isso para ajudá-la a sair mais rápido do colégio e os dois começam uma disputa para ver quem consegue prejudicar mais a imagem do outro.
O que ela realmente não contava era que, por motivos de força maior, teria que se unir a Ricardo. A convivência dos dois, que parecia ser tão difícil desde que se conheceram, passa a ser uma coisa boa, e Amanda começa a ficar envolvida por ele. Mas será que vale a pena se entregar a uma paixão por um garoto que parece tão errado?

"— Minha cabeça diz que ele é o último homem com quem eu quero me envolver — admiti.
— E o seu coração? — perguntou Paulina.
— Diz que é tarde demais..."

Apesar da história ser bem clichê e na maior parte do tempo ser fácil deduzir o que acontece a seguir, fiquei encantada com o livro. A escrita é muito leve e gostosa e a leitura é bem rápida. Amanda é uma personagem muito divertida e, apesar de tentar mostrar para todos que é uma pessoa forte e de tentar passar um ar rebelde, ela se sente muito sozinha por não ter amigos e pela falta de atenção da mãe. Não está acostumada a confiar em ninguém, então quando começa a se apaixonar por Ricardo se nega a aceitar que pode gostar de um garoto tão mulherengo.
Lembrei muito de quando eu era mais nova enquanto lia, o que tornou a leitura ainda mais divertida. Acho que não tem como não se identificar. O livro não é apenas um romance adolescente, também trata de confiança, convivência familiar, amizade. Assuntos importantes abordados de forma suave. Gostei muito do desenrolar da história e estou animada para ler os outros livros da Tais. ^^

site: http://www.sigolendo.com.br/2016/02/cheiro-de-livro-novo-o-ultimo-homem-do.html
Tais Cortez 14/02/2016minha estante
Oiii, Pri
Obrigada pela resenha! Adorei!
Fico feliz q tenha se surpreendido e gostado da história :)
Tbm gostei dos comentários sobre minha escrita e sobre ter se identificado com o livro e os diversos assuntos importantes abordados!
Espero q meus outros bbs tbm a agradem!
Bjsss e sucesso ao blog :)


Pri 24/02/2016minha estante
Muito obrigada Tais!
Muito sucesso a você também! Que seus livros conquistem muitos corações. ^^
Beijos




Fabi 30/01/2016

O Último Homem do Mundo
Confesso que quando recebi da Ler Editora ainda nos tempos de blog Literatura & Eu, eu não dava muito por esse livro. Um romance adolescente envolvente que mistura rebeldia, adolescentes ricos e um colégio interno.

Amanda é uma rebelde típica, aquela que faz de tudo pra chamar a atenção e contrariar a mãe ausente que é uma atriz muito famosa. Depois de ser expulsa da escola sua mãe então decide coloca-lá no Educação de Elite, um dos mais prestigiados colégios internos do país. Lá ela conhece Ricardo, o garoto lindo, popular e rico e é claro que aquela atração disfarçada de antipatia aparece logo de cara.

Apesar de todos os clichês típicos de romances teen o que me agrada nessa obra é a estrutura dos personagens. A medida que a história avança descobrimos a verdade sob as máscaras e rótulos. Ricardo e Amanda são muito mais do que o popular e a rebelde, o lindo e a esquisita.

O final e o envolvimento da Amanda com uma ONG me deixaram surpresa. Adorei o pano de fundo social do desfecho dessa história e recomendo a leitura. Adoraria ver essa turma na faculdade. Fica a dica para a autora. #QueremosContinuação

site: http://fabiolaluzblog.blogspot.com.br/2016/01/livros-o-ultimo-homem-do-mundo-tais.html
Tais Cortez 30/01/2016minha estante
Oiii, Fabíola
Obrigada pela resenha :)
Fico feliz Q tenha gostado!
Adorei a ideia de uma continuação na faculdade hahaha
E Q bom Q gostou do fundo social da história!
Bjssss
E sucesso ao blog!




Nanáh Zoti 28/01/2016

Já ta na hora de virar filme!
Sinopse
Amanda é uma garota rebelde e problemática. Filha de Patrícia Oliveira, uma atriz mundialmente famosa, ela se ressente do comportamento da mãe, que trabalha demais e dedica seu pouco tempo livre para namorar. Depois de ser expulsa dos três últimos colégios, Amanda é matriculada contra sua vontade no Educação de Elite, o colégio interno mais renomado do país, onde apenas os filhos da elite nacional estudam. Determinada a conseguir mais uma expulsão, ela é capaz das maiores loucuras, mas seus planos acabam sendo frustrados por suas colegas de quarto, por uma inspetora intrometida e um diretor paciente. Lá ela também conhece Ricardo, o garoto mais popular e mulherengo do colégio. A atração entre eles é imediata, mas isso não impede que se odeiem ferozmente e que façam de tudo para prejudicar um ao outro. No entanto, o destino os forçará a unirem forças por um bem maior, e Amanda perceberá que, às vezes, o último homem do mundo de sua consciência pode ser justamente aquele que seu coração decide escolher

Demorei algumas semanas para iniciar a leitura, já que tinha outras obras para serem resenhadas na frente, questão de prazos. Mas mesmo assim, terminei o livro mais rápido que qualquer outra obra que li desde o ano passado.

Em menos de um dia.

Sim. Uma perfeita história americana de romance adolescente.

Aquela história clichê tão gostosa de ler, que nos pegamos por diversas vezes suspirando, e torcendo, mesmo que saibamos que tudo dará certo, para o casal.

Os personagens são apresentados com maestria e delicadeza, e aos poucos nos encantamos por cada um deles, sem nem ao menos perceber.

O livro conta a história da Amanda, uma garota que é enviada ao colégio interno, por conta do seu mal comportamento. Lá, ela se vê cercada de garotas e garotos mimados, e isso só incentiva ainda mais sua decisão de ser expulsa do colégio.

Mas além de detestar a escola nova, Amanda odeia Ricardo. O garoto mulherengo e popular.

Entre ódios e rixas, sabemos o que acontece. Surge o amor, e por mais simples que esse foi escrito, é possível imaginar o casal bem na sua frente.

Este foi o primeiro livro que li, da escritora, e não me arrependo nem um pouco de ter feito. Mais um livro que está super recomendado, por essa que vós fala.

site: http://manhemedaumlivro.blogspot.com.br/2016/01/maratona-de-resenhas-o-ultimo-homem-do.html
Tais Cortez 28/01/2016minha estante
Oii, Nathy
Obrigada pela resenha, adoreiiii!
Fico feliz q tenha gostado do livro e o devorado em um dia!
Q bom sua primeira experiência com um de meus bbs foi tão boa.
Que venham os próximos :)
Bjsss
e sucesso ao blog!




S.S.Days 18/01/2016

Leve e fácil, fofo, amável.
OUHDM é um livro de leitura leve e fácil, e em sua simplicidade nos leva a conhecer os caminhos que os personagens trilham de modo prático, e romantico. Tudo acontece lentamente, de forma tão segura que é impossível não se envolver e ansiar pelo final. E quando ali chega, é impossível não querer ler outra vez. É aquele tipo de livro que você espera pelo final, curtindo cada página, mas quando chega lá, se arrepende de ter terminado tão rápido.


Uma história que envolve mais do que duas pessoas de diferentes ideais.

Ela se torna rebelde, contrariando tudo que sua mãe diz ou quer que ela faça, ansiando que sua mãe veja que não pode decidir as coisas sem ela. Amanda é dona da própria vida, deveria poder opinar, decidir.

Ele é popular, tem as meninas que quiser ao seu lado, mesmo quando está em um relacionamento sério. Ricardo adora cada uma delas, especialmente Marina, que é uma importante personagem em sua vida.

site: http://frasesdefallenoficial.blogspot.com.br/2016/01/o-ultimo-homem-do-mundo.html
Tais Cortez 18/01/2016minha estante
Oiii, Stephanie
Obrigada pela maravilhosa resenha!
Adoreiii ;)
Fico feliz q tenha sido encantada pela história a ponto de querer conhecer meus outros livros.
Vou adorar saber sua opinião sobre eles!
Bjssss
e sucesso ao blog :)




lo 13/01/2016

Simplesmente mara....
Simplesmente perfeito, sem palavras para expressar o que senti ao ler este livro...Me fez refletir sobre perdão, e que todos nós merecemos uma segunda chance...todos deveriam ler seu livro
Tais Cortez 14/01/2016minha estante
Awnnn...obrigada, Lorrana!
Fico muito feliz q tenha gostado :)
E adorei saber q a história a fez refletir sobre o perdão.
Obrigada pelo carinho!
Bjssss




153 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |