A Garota Que Você Deixou Para Trás

A Garota Que Você Deixou Para Trás
4.36029 5361




Resenhas - A Garota Que Você Deixou Para Trás


234 encontrados | exibindo 16 a 31
2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 |


Mah Col 16/11/2016

Fabuloso
Simplesmente encantador, duas histórias em um Livro, ambas maravilhosas que se fundem e te prende do começo ao fim.
Muito bom, mas triste em muitos acontecimentos.
Vale a pena!
comentários(0)comente



Eliana 06/11/2016

Eu amo livros históricos, não costumo julgar um livro pela capa, mas confesso que não imaginava que o romance fosse assumir proporções tão significativas, a história é tão envolvente e criativa, um amor tão forte que os sacrifícios feitos em nome desse amor parece pequeno e insignificativo. A heroína da história é mulher forte e inspiradora. Sinceramente, amei toda história, não é um romance clichê, mas uma história de amor que precisa de um pouco mais de sofrimento e sacrifício pra dá certo.
comentários(0)comente



Giselle 29/10/2016

Uma linda e comovente historia de amor
O livro é dividido em duas partes. Na primeira parte somos levados ao ano de 1916 na França durante a Primeira Guerra Mundial. Sophie Lefèvre é uma jovem mulher que vive com a irmã Hélène, o irmão caçula Aurélien e o sobrinho na cidade St Péronne, ocupada pelos alemães. A vida de Sophie era muito difícil. E se tornara ainda mais angustiante desde que seu marido Édouard partira para lutar no front. Édouard era um artista autor do quadro que da nome ao livro e é feito em homenagem a Sophie Lefèvre e retratando-a em sua melhor forma, é a única lembrança que a liga a Édouard e sua fonte de forças para sobreviver enquanto espera o fim da Guerra e a chance de tê-lo de volta.
As coisas se complicam ainda mais quando o novo Kommandant dos alemães que invadiram sua cidade escolhe o Le Coq Rouge como novo ponto de alimentação dos militares. Ao mesmo tempo em que isso deixou Sophie aterrorizada, pois teriam seus inimigos em sua própria casa, também trouxe um pouco de alívio, pois assim conseguia furtar um mínimo de comida para sua família. Sophie e sua família passam a ser alvo de desconfiança e, mais do que isso, de atenção indesejada.
Aos poucos a família passa a se alimentar melhor, apesar de trabalhar duro para os oficiais, e o Kommandant passa a ser mais que um mero carrasco e mandante, mas alguém que busca Sophie para conversar… E admirar A Garota Que Você Deixou Para Trás.
Desesperada para ter a chance de encontrar o marido, Sophie se vê envolvida em uma trama perigosa e complexa, que fará com que rompa seus próprios limites e ignore os próprios medos, gerando reviravoltas que terão consequências até muito tempo depois.
Quase um século depois, em 2006, e Liv Halston, uma mulher que perdeu seu marido há alguns anos e que ainda não descobriu como seguir em frente. Vive em uma moderníssima construção com paredes de vidro e teto retrátil. A construção, criada por seu marido, abriga suas lembranças, dores e saudade, entre essas lembranças esta a melhor recordação que tem de David: um lindo quadro, de uma bela jovem, comprado durante sua lua de mel.
Em meio à tristeza e falta que sente de David, Liv conhece Paul, um advogado divorciado. O destino brinca com os dois quando coloca Paul para defender uma ação para restituir o quadro ‘A garota’ à família de Édouard. Liv briga na justiça pelo direito de ficar com o quadro.
Este livro é fantástico, Com muitas reviravoltas, mistérios e surpresas, é uma leitura muito bacana. Toda a primeira parte, narrada em primeira pessoa por Sophie, nos envolve e contagia de tal forma que é impossível largar. Durante a primeira parte do livro consegui identificar fragmentos reais dessa época a autora esmiúça detalhadamente uma época tão dolorosa e vergonhosa da nossa história: a Primeira Guerra Mundial. A humilhação sofrida por Sophie é chocante. É difícil conter a emoção durante algumas passagens que denotam o quanto o ser humano pode ser perverso.
é um livro que prende a atenção, eu me perguntava quem era Sophie? O que aconteceu com ela? Ela encontra Édouard?
A segunda parte, quando Liv aparece é bem mais branda, apesar de apresentar personagens ótimos, demora muito mais para nos atrair. Liv é simpática, mas não empática em um primeiro momento. O relacionamento amoroso, diferente da primeira parte, é um pouco mais superficial e corrido.
Jojo Moyes conseguiu contrabalancear duas histórias que se passam em épocas bem diferentes, mas que possuem um propósito em comum: o resgate de uma identidade.
A autora nos mostra duas mulheres guerreiras lutando por aquilo que acreditam, por mais que os outros duvidem delas.


site: A Garota Que Você Deixou Para Trás, Jojo Moyes, Romance
comentários(0)comente



Juliana.Galatti 25/10/2016

Amei o livro achei que o final seria outro..
comentários(0)comente



Meny 11/10/2016

A Garota que você deixou para trás
Um livro com um começo interessante, mas a segunda parte é sem graça. Nem parece livro da Jojo Moyes. Muito fraco.
comentários(0)comente



Juliana 06/10/2016

A Garota que Você Deixou para Trás - Jojo Moyes
O livro é dividido em duas partes: a primeira é narrada em primeira pessoa por Sophie,uma jovem que vivia em Paris com seu marido Edouard Lefréve, um pintor que inúmeras vezes a usava como modelo. Com a chegada da Primeira Guerra Mundial e a invasão alemã na França, Sophie perde a sua vida anterior e seu marido que vira um combatente. Sophie abandona a boêmia parisiense e volta a morar com seus irmãos e sobrinhos em um vilarejo do interior, onde ela e sua irmã tentam levar o Le Coq Rouge, anteriormente um hotel luxuoso, agora um bar que mal consegue servir café aos frequentadores.
Sua única fonte de alegria é a esperança que sente ao olhar para o quadro e se lembrar de seu querido Edouárd.
As coisas se complicam quando o novo Kommandant alemão se interessa pelo quadro de Sophie e escolhe o Le Coq Rouge como o lugar que vai cozinhar para os soldados alemães.Subnutrida, deprimida e passando frio, Sophie cria uma antipatia imensa pelos alemães, ao passo que o Kommandat tem um grande interesse em manter um ambiente pacífico entre eles. O mais improvável acontece: Surge senão uma amizade, um coleguismo entre o Kommandant e Sophie.Quando ela descobre que seu amado marido virou um prisioneiro de guerra, Sophie usa desta proximidade entre eles para pedir que seu marido seja solto. Assim, Sophie embarca em uma arriscada viagem que ela não sabe onde exatamente onde dará.

Sophie consegue nos manter atenta a história, com sua astúcia e perspicácia. Jojo trabalhou muito bem a personagem, tornando-a carismática e interessante. Já a segunda parte não consegue manter o mesmo impacto. Liv, apesar de simpática não causa empatia. Ela é uma viúva de 30 anos, que mora em uma casa minimalista feita por seu marido que morreu jovem. A única coisa colorida que há no é o quadro que eles chamam de A Garota que você deixou para trás, presente dado por seu marido.
Após a morte do marido Liv perde a vontade de viver. Se torna uma pessoa solitária e camurra. Até o dia que decide ir para um bar gay, onde conhece um homem com a qual acaba se envolvendo. O problema é que ele também representa a família Lefréve, que agora quer a restituição do quadro A Garota que você deixou para trás. Cabe a Liv ir em busca da verdade para manter a posse do quadro e saber a verdade por trás de Sophie.

Diferente da primeira parte, esta foi difícil acompanhar. Liv é uma mulher cansativa, sem perspectiva e as brigas no tribunal são enfadonhas. Como as duas partes se unem durante o livro, ainda vale a pena ler para saber o que realmente aconteceu com Sophie.

No mais é um livro que gostei, mas não amei.Tive dificuldades em dar seguimento na leitura da segunda parte, porque é um tanto cansativa. Liv não consegue prender a atenção, é uma personagem fraca, não passa emoção.

A história não me arrebatou, no entanto, vale a pena ler apenas porque o final é incrível.

site: http://www.livrosemcontexto.blogspot.com
comentários(0)comente



Mirelly.Moreira 03/10/2016

A Garota que você deixou para trás
Essa história comovente de Jojo Moyes, liga as histórias de dois amores através de um objeto que pode parecer simples, mas que quando simboliza o amor verdadeiro passa a valer muito mais do que podemos imaginar. Esse livro é maravilhoso para quem gosta de histórias de amor e aventura, em que as personagens são capazes de largar tudo para viver o amor verdadeiro!
comentários(0)comente



annac 01/10/2016

Emocionante!
Pra quem gosta de histórias lindas e fortes de amor, é uma ótima pedida. Não dá pra parar de ler!
comentários(0)comente



Carolyne.Candido 29/09/2016

A garota que você deixou para trás
Maravilhoso, envolvente ,irritante as vezes kkkk mas é lindooooooooo?
comentários(0)comente



Shirlei 29/09/2016

A Garota Que Você Deixou Para Trás
A história começa com Sophie e Édouard, conta todas as dificuldades enfrentadas na Primeira Guerra Mundial. Na segunda parte a história passa para Liv, viúva de David, e Paul. Um quadro está unindo as duas histórias mesmo após quase um século. Romântico, emocionante e comovente, traz a força e coragem de duas mulheres de ralidades diferentes mas que lutam destemidamente por seus objetivos.
comentários(0)comente



Aline.Rodrigues 26/09/2016

Espetacular.
Esse livro me ensinou que mesmo diante de todas as dificuldades nunca devemos perder a fé a esperança.
comentários(0)comente



Bruuh 22/09/2016

"A garota que você deixou para trás une o passado e o contemporâneo em busca da verdade"


Publicado pela Intrínseca, A garota que você deixou para trás aborda a história de duas mulheres que lutam por aquilo que amam.

Na primeira parte do livro, estamos em 1916 e conhecemos Sophie Lefèvre que, juntamente de sua irmã Hélène, seu irmão Aurélien e seus sobrinhos, sofrem com as consequências da Primeira Guerra Mundial. Os maridos das irmãs partiram para a guerra e, desse modo, elas tem que tomar conta da família e do hotel em que moram, o Le Coq Rouge. Mas acontece que, pouco tempo após a partida de seus amados, a pequena vila francesa de St. Péronne é invadida por alemães.

Eles racionam e confiscam tudo, colocam toque de recolher e matando por qualquer questão. Em pouco, a fome e o medo constante permeiam a pequena vila. Sophie reza para que seu marido volte e que a guerra acabe, mas a cada dia que passa, a cada dor no estômago e a cada olhar ansioso das crianças por algo comestível, a nossa protagonista começa a se questionar sobre justiça, e suas esperanças começam a ruir. Sua única maneira de lembrar como era sua vida antes da guerra, é seu autorretrato, pintado por seu marido, Édouard Lefèvre.

"Fiquei olhando para a garota e, por alguns segundos, me lembrei de como era ser ela, sem sentir fome nem medo, interessada apenas nos momentos em que eu poderia ficar a sós com Édouard. Ela me fazia lembrar de que o mundo era capaz de beleza e que já havia existido coisas - arte, alegria, amor - que enchiam o meu mundo, em vez de medo, sopa de urtiga e toque de recolher."

O Kommandant Friedrich Hencken, encarregado da cidade, se impressiona com a audácia de Sophie e fica encantado com o quadro que o marido dela pintou. Consequentemente, ele parece estar encantado pela própria e, manda que ela e a irmã façam a comida dos soldados alemães. Sem outra opção, elas começam a receber mantimentos contados e a preparar as refeições para o inimigo.

Com o passar do tempo, Sophie pensa que conseguiu alguém que possa ajudá-la, e pede ao Kommandant que a mande para onde seu marido está, já que Édouard fora preso.

Claro que ele pede algo em troca e, ao contar a sua irmã Hélène, esta fica louca e ressentida com o que Sophie está prestes a fazer.

"Uma vez feito, não pode ser desfeito."

Um tempo depois, Sophie é presa e levada pelos alemães, mas será que conseguirá ir de encontro ao seu marido?


Então, temos a segunda parte, estamos em 2006, onde Olivia Halston perdera seu marido, David, abruptamente. Ela vive um dia de cada vez, tentando seguir em frente.

Liv acaba conhecendo Paul McCafferty e acha que sua vida finalmente está prestes a mudar. Só que não.

Paul trabalha em uma firma que tem como objetivo devolver obras de arte que foram roubadas pelos nazistas, e adivinha quem tem esse quadro?

Isso mesmo! Liv ganhou a obra nomeada A garota que você deixou para trás de seu falecido marido, o quadro de Sophie é a única coisa que restou para ela, uma lembrança de como era sua vida antes da perda, mas como provar que o quadro não fora roubado?

Em busca de provas que mostram que o quadro é seu legitimamente, Liv poderá descobrir muito mais do que imaginava.

E, afinal, o que acontecera com Sophie?

A garota que você deixou para trás é um livro com uma narrativa variada, dividida em duas partes, e não linear. Sua primeira parte é escrita em primeira pessoa, e a segunda é escrita em terceira. Particularmente gosto quando um livro é narrado de uma única maneira, mas Jojo é a rainha da escrita e faz com que o leitor nem sinta o passar das páginas. O personagens são ricamente construídos, com suas dúvidas, acertos e falhas. Além da ambientação da guerra, onde o leitor reflete sobre os absurdos que aconteciam á época.

Um livro que ultrapassa o romântico e o drama, frisando que, em qualquer situação, devemos lutar por aquilo que acreditamos, a qualquer custo.

Recomendo essa leitura.

Fiquem ligados no Cabana do Leitor para mais novidades!

site: cabanadoleitor.com.br/
Joyce Oliveira 22/09/2016minha estante
Fiquei de ressaca depois desse livro :3


Bruuh 22/09/2016minha estante
kkkk Acredita que não fiquei? Sei lá, rs. Nem cheguei a chorar nesse livro #coraçãodepedra rs


Joyce Oliveira 22/09/2016minha estante
ASHUASHUASHUAS




Vanessa.MorenAh 11/09/2016

Perfeito
Esse livro é incrível
Eu me apaixonei logo no começo da leitura, e quando de repente o livro nos joga em tempos atuais a história continua envolvente e linda . Eu amei e recomendo
Ana Beatriz 20/09/2016minha estante
undefined




Thaís *-* 05/09/2016

A garota que você deixou para trás
Maravilhoso! O suspense deixa um ar de "quero mais" , uma expectativa de que a cada página a história irá surpreender.
comentários(0)comente



Marta Lourene 04/09/2016

S2
A esperança é a ultima que morre kkkk, aquele livro que precisa ler até o finalzinho pra entender e descobrir tudo. Cada hora eu fazia um final diferente na minha mente.
comentários(0)comente



234 encontrados | exibindo 16 a 31
2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 |