Dia de Folga

Dia de Folga John Boyne




Resenhas - Dia de Folga


58 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4


Lia 06/06/2021

Legal
Meu primeiro contato com a escrita do John Boyne e gostei muito. Apesar de curto, o conto é legal, ainda mais para quem gosta da temática.
comentários(0)comente



Isabela 05/05/2021

Se passa durante a guerra em um dia de folga dos soldados, pois é véspera de natal. Basicamente a história é sobre um dos soldados, chamado Hawke, o qual recorda-se de natais passados no aconchego de seu lar ao lado da família, o que o leva a pensar em desertar pois não aguenta mais aquele ambiente hostil, porém ele retorna ao acampamento e acaba lutando mais uma vez ao lado de seus companheiros.
comentários(0)comente



Camila de Oliveira 29/04/2021

Natal traz tantos simbolismos e costumes clichês que a gente acaba esquecendo da realidade de outras pessoas nesse dia que é para ser de festa.
O conto é um pouco raso mas achei bom.
comentários(0)comente



Bruna 29/03/2021

Livro breve e curto, quase uma única cena. Mas foi possível ver a profundidade nas palavras, nos sentimentos e nas possíveis reflexões que somente quem viveu naquela época sabe do que se trata.
comentários(0)comente



Janaina 05/02/2021

Melancólico, como tudo sobre a guerra é, e não poderia ser de outra maneira.
comentários(0)comente



Taynan 20/01/2021

Bom
O conto apresenta o dia de folga de um jovem soldado inglês e seus companheiros , que passam a véspera de natal em uma das trincheiras da primeira Guerra Mundial !!
Um momento de delírio na cabeça do personagem, kkkkk , engraçado.
comentários(0)comente



Ana Claudia 07/01/2021

Um conto ambientado na Segunda Guerra Mundial onde o protagonista tenta lembrar, em meio ao fronte de guerra, que está na época de Natal.
comentários(0)comente



Aline 29/12/2020

Mais um conto de natal
O natal é apenas mais um dia em que a esperança vence a realidade.
comentários(0)comente



adanibello 27/12/2020

Um dia na vida do Soldado Hawke
Neste brevíssimo conto, Boyne retrata o dia de folga do soldado Hawke durante a guerra. É véspera de Natal e o personagem se lembra de uma vida que parece, então, muito distante, retomando acontecimentos de forma confusa e atropelada enquanto vivencia os fatos daquele dia. Ele está evidentemente cansado da guerra, com saudades da família e emotivo pela data que deveria ser de reunião, gratidão e compartilhamento. Pelo contexto de guerra, a narrativa não é nem um pouco suave.

O autor não aprofunda esses fatos e acontecimentos e passa superficialmente pelos demais personagens citados - e estender-se em detalhamentos não é mesmo o propósito de uma história tão curta. Apesar disso, o conto é bem envolvente e nos deixa com vontade de saber mais sobre Hawke, seus anseios e seu futuro em meio a esse destino miserável.

Ao longo da história, Boyne também cita personagens de outras de suas produções. Ter lido os outros livros, claro, pode ser bom, mas não considero necessário para fazer a leitura deste conto.
comentários(0)comente



Lethycia Dias 27/12/2020

Reflexivo e melancólico
Acho que essa é uma das histórias de Natal mais inusitadas que já li. O cenário por si só já foge completamente ao que se espera de um conto natalino: nosso protagonista é um soldado vivendo um dia de folga em plena Primeira Guerra Mundial e refletindo sobre a vida, o cotidiano das trincheiras, a desesperança trazida pela guerra e o medo de que ela nunca acabasse, além das lembranças de seus natais anteriores.
Não espere por uma virada surpreendente, por acontecimento marcante, por algo emocionante que traga esperança ao protagonista e seus companheiros de acampamento. É uma história bastante curta e bem melancólica, boa para quem procura por algo diferente do que está acostumado a ler entre tantos contos temáticos de Natal.

site: https://amzn.to/3aMpEUP
comentários(0)comente



@pelamente.psique 25/12/2020

Resenha (Livro) - Dia de Folga - John Boyne
??Já que hoje é véspera de Natal e estamos imbuídos nos preparativos ou reflexões desta data cheia de significados, resolvi trazer a resenha de um conto desse autor que amo tanto e é carregado de mensagens incríveis com esse tema.
.
??Boyne escreveu este conto para o jornal The Irish Times e posteriormente a editora Companhia das Letras disponibilizou o e-book para nós, então apesar de ver várias indicações de livros sobre o Natal, acho que muitos leitores ainda não conhecem essa aqui.
.
??Esta é a história do soldado inglês Hawke e tem como plano de fundo a Primeira Guerra Mundial. Mesmo sendo época de Natal, não há nada além de guerra, feridos ou mortos, tristezas e perdas.
.
??Em meio ao caos, Hawke recebe uma carta de sua mãe acompanhada de uma meia e canela (nem ele, nem nós entendemos essa canela de início), mas as meias foram de muita serventia.
.
??Ele e seus amigos recebem uma folga nesta data, mas não há espaço para ?comemorações?, é véspera de Natal, mas eles só pensam sobre estarem de folga em meio à guerra.
.
??Longe de sua família, Hawke relembra os Natais passados, ao lado dos seus, bem como muitos outros eventos de sua infância e adolescência e percebe o abismo entre sua vida anterior e a guerra, como é difícil estar longe de sua família e como a felicidade as vezes está em coisas simples que só valorizamos quando perdemos.
.
??É um conto pequeno, de 10 páginas, de leitura fácil, mas com assuntos complexos. O autor não romantiza a guerra ou torna seu personagem um herói.. mas humaniza a história.
.
??Conta pra mim se você já conhecia essa obra, se conhece outros livros do John Boyne e qual seu livro preferido que fala sobre o Natal.
.
??Desejo um Natal abençoados à todos, com saúde, paz e prosperidade. Infelizmente este é um Natal atípico e muitos não estarão com suas famílias, mas vamos vencer esta guerra contra essa doença perigosa.
comentários(0)comente



Ana Talzi 17/12/2020

O conto se passa durante a guerra, em um dia de folga dos soldados. É curto, mas mesmo assim me senti "dentro" das lembranças e pensamentos do personagem lembrando do Natal com sua família.
comentários(0)comente



Insta: @neilson_jr 11/12/2020

Criticazinha sobre a guerra. Achei bem raso, mas valeu como entretenimento leve.
comentários(0)comente



Ana 06/12/2020

Dia de folga
Um conto bem curto e quase desnecessário. Para quem gosta do autor, de narrativas de guerra talvez aprecie a experiência de leitura. A mim, particularmente não agradou. Achei apenas razoável.
comentários(0)comente



@biblioteca.da.alma 05/12/2020

Esperava mais
Por se tratar de um conto de natal, e por eu ter lido outro livro do autor e amado, eu fiquei esperando mais desse conto e acabei me decepcionando. Ok, o cenário é de guerra, o clima natalino seria difícil de ser abordado, mas acho que ele se ele praticamente não foi abordado, então não deveria ser um conto de natal. Além disso, não consegui achar direito o clímax ou objetivo da história, embora ela seja legalzinha.

Edit: descobri que o conto é um spin off do livro, portanto não adianta ler sem saber a história, que não tem graça kkkkkkkkkkk
comentários(0)comente



58 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4