Aristocracia Perdida

Aristocracia Perdida Fabiana Madruga




Resenhas - Aristocracia Perdida


5 encontrados | exibindo 1 a 5


Adriana 15/01/2014

Gostinho de quero mais
O livro é curtinho, tem só 23 páginas e é um aperitivo da série "Os Herdeiros". Cumpriu muito bem o objetivo de abrir meu apetite. Nessas 23 páginas pude saborear a escrita divertida e inteligente da Fabiana, e ainda ter o "pano de fundo" da série.
A ideia toda da série me agrada, geralmente os livros nacionais retratam só o lado pobre do nosso país e acho que não vai matar ninguém mostrar um pouco do Glamour da nossa high society.

site: http://hobbyecletico.blogspot.com.br/2014/01/aristocracia-perdida-fabiana-madruga.html
Fabiana Madruga 30/01/2014minha estante
Adriana, adorei! Muito obrigada por ter gostado do livro e da escrita! Fico muito feliz por ter conseguido abrir seu apetite: espero que devore a série "Clube dos Herdeiros" porque ela já está chegando com tudo! rs.
Um beijo grande,
Fabí




Carolina DC 17/01/2014

"Aristocracia Perdida" é um conto curto que introduz o leitor ao mundo de Beatriz Weissman.
Beatriz narra de forma sarcástica e irônica eventos que antecedem o seu nascimento.
Narrado em primeira pessoa por Beatriz, a história retrata o ano de 1988, onde três amigas do colégio Notre Dame terão suas vidas transformadas, Lilian Altman (mãe de Beatriz), Alice Chambriard e Heloísa Vilarinho. Três amigas que deveriam ser leais umas com as outras, mas que descobrem a traição da pior forma possível.
Lilian é a boa moça, toda certinha, inteligente e bonita. Heloísa é esperta, aquela que entende mais da vida do que a maioria das pessoas ao seu redor e Alice é a linda e misteriosa nova aluna.
Além dessas personagens conhecemos Bernardo Garcia Leal e dois grupos famosos da época os integrantes da G. U. (Rua General Urquiza), como Bruno Piva de Albuquerque e Ângelo Lunardelli e os membros da G. A.(Rua General Artigas) e seu líder Carl Weisman.
A autora conseguiu em 15 páginas apresentar o mundo de Beatriz e o motivo do seu retorno ao Brasil. Podemos esperar muitas armações, mistérios, suspense e romance na nova série da autora.
Fabiana Madruga 30/01/2014minha estante
Carolina, adorei!
Fico feliz que tenha visto o mundo de Beatriz através do livro, já que ele é meio que uma defesa dela frente ao que está por vir.
Podemos mesmo esperar tudo isso na série "Clube dos Herdeiros" que já está chegando! ;)
Um beijo grande,
Fabí


Carolina DC 25/02/2014minha estante
Oi Fabí!
Não vejo a hora de começar a ler a série hehe.. estou super ansiosa ;)
Bjkas




PorEssasPáginas 30/01/2014

A Cuca Recomenda Aristocracia Perdida - Por Essas Páginas
A Cuca hoje vem recomendar um conto junto com sua fiel escudeira, a Cuquete Lany (que ultimamente anda lendo mais livros brasucas do que eu!). A autora Fabiana Madruga entrou em contato com a gente para lermos e resenharmos tanto o seu livro O Clube dos Herdeiros, que será lançado em e-book em março e físico em julho, quanto o prólogo do livro, o conto Aristocracia Perdida, que já está disponível para compra em e-book. Confesso que fiquei com um pouco de medo, já que está muito fora da minha zona de conforto (vocês sabem, eu não sou uma pessoa fofa…) Aí eu chamei a Lany para ler e… acabou que eu e a Lany lemos (ou melhor, devoramos) o conto e o livro em pouquíssimos dias! E a gente a-do-rou! Portanto: preparem-se para a primeira resenha surtada (na semana que vem tem a resenha do livro)!

Bem, eu peguei esse conto para ler a caminho para a praia. Comecei com aquele sentimento de medo, já que, como eu disse, definitivamente não é minha zona de conforto ler um romance que fale sobre um monte de gente rica. Apesar de adorar romance, quando eu me lembro de romances com um monte de gente rica eu já penso em Gossip Girl. E eu gostei tanto dessa série que eu nem terminei de ler todos os livros. Eu geralmente detesto essas coisas, mas lá fui eu ler e… não consegui mais parar! Sério, a escrita da Fabiana é TÃO envolvente que eu devorei o conto. Não sei o que ela faz, mas o texto consegue capturar o leitor logo nas primeiras linhas. Eu também não consigo explicar, mas a Fabiana me prendeu nas primeiras linhas e por causa disso eu li o conto inteiro de uma vez só!

Aristocracia Perdida é um conto pequeno, dividido em capítulos, que fala sobre os pais da atual geração da alta sociedade carioca, como eles são, como se conheceram, quais intrigas os separaram, com quem se casaram, quais foram seus filhos. Acho que o que mais me conquistou no conto é que todos os personagens são muito reais, mesmo descritos em poucas páginas. Você realmente os conhece através das palavras de Fabiana, começa a entendê-los e até mesmo sentir empatia por eles, a despeito de eles serem ricos e fúteis, mas o que mais me conquistou foi que eles são verdadeiros. Ah, e todo mundo tem um podre. Eu adoro podres. Um ponto muito interessante desse conto é realmente esse: mesmo sendo curtinho ele já nos mostra como os personagens serão em O Clube dos Herdeiros. Aqui não existem extremos: não existem personagens completamente bonzinhos nem aqueles personagens “malvadões”. Todos os personagens têm várias nuances e, por mais que você não concorde com as atitudes deles, sempre tem uma explicação. E é por isso que o conto serve perfeitamente como uma introdução, porque o leitor acaba o conto e quer logo pegar o primeiro livro da série.

Apesar disso, não sei dizer se é melhor ler o conto antes ou depois. Eu achei muito bom pra mim lê-lo antes, primeiro porque me impulsionou a ler logo em seguida o livro e segundo porque me introduziu aos personagens e eu já estava meio que familiarizada com o clima quando comecei o livro. Eu ainda não consegui decidir. Ler primeiro é bom porque você começa a entrar na história, mas ler depois é interessante porque você já conhece alguns personagens. De qualquer maneira, é um conto para ser lido, antes ou depois do livro, não importa. Na verdade, leiam antes, o conto já está disponível e vocês precisam se apaixonar pela escrita incrível da Fabiana, assim vocês vão querer ler o livro logo e vão surtar que nem a gente. Resumindo: leiam agora mesmo. O que você ainda está fazendo aqui? Leia logo o conto!

site: http://poressaspaginas.com/a-cuca-recomenda-aristocracia-perdida
Fabiana Madruga 30/01/2014minha estante
Apaixonada fiquei EU por essa resenha!!!!




melissa 07/01/2016

Envolvente!
A história é muito simples: uma narradora bastante sarcástica e irônica é quem nos leva de volta ao Leblon do final dos anos 80. Através de seus comentários nem um pouco apropriados, conhecemos as amigas Lílian, Alice, Helô e Jacqueline. Elas vivem uma vida muito distante da maioria de nós, afinal, são podres de rica, mas seus dilemas são muito reais: amizade, traição, ansiedade, problemas na família, decepções…

Pra mim foi isso o que mais valeu no conto: o fato de que consegui me conectar a todos os personagens, mesmo eles sendo ricos e um tanto fúteis. Consegui ver neles algo humano que me fez querer continuar lendo. Fabiana Madruga escolheu o tom da narrativa como ninguém e apresentou seus personagens com maestria. Sinceramente, não tem o que pôr defeito. É impossível parar de ler.

site: http://mundomel.com.br/2014/08/03/resenha-de-livro-aristocracia-perdida/
comentários(0)comente



Papeando Livros 02/07/2017

Aristocracia Perdida.
Aristocracia perdida é um spin-off do livro Clube dos Herdeiros - como nossos pais, é um conto rápido e fluido, onde temos uma história narrada em primeira pessoa e todo o cenário rico do Rio de Janeiro, nos anos 80. Somos apresentadas a vida de quatro amigas: Alice, Hêlo, Lílian e Jacqueline, viajamos com essas jovens para o seu universo glamouroso e muito interessante, nos apresentando o início das coisas, como aconteceu e como suas ações conduziram a história para o que é atualmente no clube dos herdeiros - como nossos pais.

O livro mantém bem a postura do livro anterior, sendo regado de dilemas que ocorrem na vida de quatro amigas, mantendo a linha de intrigas e amizade a altura do primeiro e enriquecendo ainda mais a história.

A autora como dito na resenha anterior conduz a história com seus personagens cativantes, onde são muito bem pensados e encaixados no enredo, tendo assim cada um sua função e deixando a história cada vez mais envolvente com seu crescimento. Se já é bom agora, imagina como era antes !

site: http://papeandolivros.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



5 encontrados | exibindo 1 a 5


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR