O Capítulo do Julian

O Capítulo do Julian R. J. Palacio




Resenhas - O Capítulo do Julian


50 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4


Bia 18/10/2019

O capítulo do Julian
O Capítulo do Julian é a minha história favorita de Auggie e eu. Conta como Julian se arrepende de tudo que ele fez a Auggie, e como ele concerta seus erros. Te traz uma grande empatia pelo personagem, é um livro muito fofo e cativante.
comentários(0)comente



Rayci 05/09/2019

O extraordinário capítulo do Julian!
Julian não gosta de Auggie, desejava que ele nunca tivesse entrado na escola. Desde quando August começou a estudar, tudo ficou diferente, seus amigos, seus professores e a escola, ele não gostava desta mudança e por cousa disso ( e uns certos pesadelos que vinha tendo) começou a implicar com o garoto, fazendo com que o mesmo sofresse bullying e fosse regeitado por "quase" todos na escola. Por causa disso ele sofre consequências e a vida vai ensina-lo a ver os outros com um olhar diferente.

Nossa, não esperava que fosse tão perfeito! E como eu amei! Foi totalmente o oposto do que eu pensei.
Esse livro me ensinou muito, me mostrou que nem tudo é como a gente pensa, e que terminado de ler o primeiro livro e depois o segundo você percebi que virou um "Julian", julgando sem conhecer.
Eu não gostava do Julian no outro livro e aqui me mostrou que algumas crianças são de certa forma por influência de outra pessoas. Ele era apenas o espelho da mãe, já que ela sempre defendia e apoiava todas as ações do filho.
No livro mostra o quanto ele amadureceu psicologicamente, fazendo nos apaixonar por ele.
comentários(0)comente



Flavia.Souza 19/07/2018

Para quem riu e se emocionou com Extraordinário, o Capítulo de Julian é uma leitura mais do que complementar e obrigatória.
Com ele descobrimos o quanto podemos ser falhos mas que, acima de tudo, somos humanos e temos a chance de reconhecer e corrigir nossos erros. É clichê, mas é verdade.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Luka 18/03/2018

Surpreendente!!!
Devo confessar que aí iniciar esse livro tive imensa dificuldade em lê-lo, pois a realidade explícita e os piores pesadelos de um educação (como eu) estão dispostas claramente em cada página, por varios momentos pensei em desistir, pois nessas páginas estão descritas com frieza tudo o que enfrentamos nosso dia a dia, pais que não preparam seus filhos para o mundo real, crianças que tão pequenas não conhecem os limites da gentileza e do amor ao próximo, mas ao final pude tomar uma grande lição, a princípio a nossa reação como humanos é apenas abandonar essa criança,acreditamos na nossa falha estrutura mortal que não há jeito, porém nós educadores temos que partilhar das ações dessa avó e lutar contra tudo, dar chance de que esse ser humano em formação possa evoluir e mudar seu estilo de pensar e agir. Por fim agradeço em imenso a essa autora que com este livro me mostrou que a minha luta em sala de aula é na vida pode ser amplamente recompensada através da mudança intelectual e até mesmo da vida dos que por mim não iniciados na vida em sala. Para mim esta fio a leitura mais construtiva que fim nos últimos tempos.
comentários(0)comente



Bart 04/03/2018

O capítulo de Julian

Plutão

Shingling


Essas são 3 histórias "spin off" de "Extraordinário", simplesmente arretado!! A melhor história é a de Julian digo logo!
comentários(0)comente



Rossine 25/02/2018

Seria uma curta continuação de “Extraordinário”. A meu ver, poderia estar no próprio livro de origem, como uma parte II, por exemplo. Como um livro à parte, achei dispensável. Mas mantém a leveza e a fluidez do livro anterior.
comentários(0)comente



Kiva 20/01/2018

O mundo dá voltas!
Foi muito bom ver a história pelo lado do Julian, realmente ele é um garoto detestável mas que foi inteligente o bastante para parar de errar com os outros.
comentários(0)comente



Lafayete 03/01/2018

O Capítulo do Julian
Incrível e encantador. Leiam a minha resenha desse capítulo e de outros contos de "Extraordinário" na minha página e a do livro "Auggie & Eu".
comentários(0)comente



KayChristie 03/01/2018

INCRÍVEL
Fiquei impressionada em como a escritora fez com maestria a desconstrução e evolução de Julian. No começo do livro ainda vemos o preconceituoso mimado, depois entendemos o porquê (pais idiotas cof cof) e conseguimos sentir, sem pressa e de forma bem escrita a mudança no personagem que não vimos no livro Extraordinário.

Eu com 18 anos senti o impacto do livro Extraordinário e do capítulo de Julian. Vou dar de presente para meu primo de 10 anos. E na minha sincera opinião deveria ser leitura obrigatória nas escolas. É uma forma fácil e linda de entender as diferenças, a inclusão e tudo que mais precisamos na nossa sociedade.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Paloma 26/09/2017

A redenção de Julian
Assim que terminei de ler “Extraordinário “com uma busca rápida descobri o e-book do livro “o capitulo de Julian”, nem preciso dizer que iniciei a leitura quase que de imediato.
Neste livro a autora apresenta a redenção de Julian, se possamos assim dizer, e nos conta mais sobre a família dele, o que nos faz entender algumas de suas atitudes.
Melissa e Jules, são o tipo de casal que acreditam que não a nada que o dinheiro não compre, e que zelam pela boa imagem da família acima de tudo. Ao analisa-los vemos o quanto eles contribuíram para o mau comportamento do Julian, em todo o momento eles são negligentes com as más atitudes cometidas pelo menino, tentam fechar os olhos, encobrir o erro do filho de qualquer forma, mesmo que para isso seja necessário fazer com que o diretor da escola seja demitido. Quanto mais lia sobre eles, mais desprezo conseguia sentir.
O livro é narrado pelo próprio Julian, e conta desde quando ele teve seu primeiro encontro com Auggie até a saída da escola. Mas o ponto alto da história mesmo é quando ele vai passar as férias na casa de sua avó Sara, neste momento a autora consegue com maestria incluir uma história sobre os nazistas e o holocausto, as descrições são tão realistas que em vários momentos senti como se estivesse vivenciando aquela história com Sara.
Se voce já leu “Extraordinário”, não perca tempo e leia “O capitulo de Julian”, pois ainda há mais um pouco para se aprender sobre ser gentil.

“Seja gentil, pois cada pessoa que voce encontra está travando uma grande batalha.”
“Um novo começo nos dá a chance de refletir sobre o passado, pesar as coisas que fizemos e aplicar aquilo que aprendemos com isso em nosso novo caminho. Se não examinarmos o passado não aprendemos com ele. “
“As coisas que acontecem conosco, mesmo as ruins, muitas vezes podem nos ensinar um pouco sobre nós mesmos."
comentários(0)comente



Tháh Martins 09/09/2017

O outro lado da história
Julian era feliz, popular entre seus amigos no colégio, era a referência do que era ser descolado, engraçado e o preferido entre os professores, a "vida perfeita". Tudo começou quando o Sr. Buzanfa o convidou para integrar um comitê de boas vindas, junto com Jack e Charlotte, para recepcionar um novo garoto na escola.
Sua mãe, Melissa, ficou radiante de Julian ter sido requisitado para uma tarefa tão honrosa. Mal sabia Julian que sua vida ira dar muitas reviravoltas em razão desse encontro.
Algumas crianças da escola ja tinham ouvindo falarem que August não era "normal", parecia que tinha uma deformidade facial, e por isso motivo o Sr. Buzanfa queria que as crianças o recebessem antes das aulas recomeçarem, para que Auggie se sentisse aceito e confortável com o ambiente escolar.
Bom até aí, nada demais. Mas nem em mil anos Julian poderia imaginar que o rosto de Auggie fosse "daquele jeito". Provavelmente, nada do que as pessoas poderiam lhe contar o preparariam para "aquilo". Quando Julian conheceu Auggie, ele só queria sumir. Queria nunca mais precisar olhar para o colega. Às vezes, queria que Auggie nunca tivesse nascido. Cruel, não?
Mas o que nós não sabíamos quando lemos Extraordinário é que Auggie de certo modo assustava Julian. Por causa de August, Julian voltou a ter pesadelos e crises de ansiedade, transformando a sua vida, até então perfeita, numa grande confusão. Com raiva, Julian começou a descontar suas frustrações em Auggie, tornando a vida da criança um inferno.
No capítulo do Julian, R. J. Palacio faz uma comovente incursão no mundo de uma criança que tem o coração muito maior do que seus atos de bullying e crueldade podem fazer mostrar, mas precisa de ajuda para enxergar isso, e acaba levando aos leitores a dúvida: Afinal, será que Julian era realmente um menino cruel e insensível, ou apenas estava perdido, e não sendo orientado de forma correta?
Para descobrir a resposta a está pergunta, você terá que ler, e dar seu veredicto.
comentários(0)comente



Alê 02/03/2017

Impressionado
Eu achei que o livro seria bem bobinho e que mostraria o lado de um personagem já conhecido no livro principal. Mas Julian se mostrou muito mais do que era em "extraordinário". Eu fiquei bem impressionado com a quantidade de carga que a autora consegue dar ao personagem, você realmente sente o peso na narrativa e começa a repensar os seus atos. Não posso deixar de acrescentar a história magnífica do nazismo que se enquadrou perfeitamente no livro. Que fim fantástico.
Leo 30/07/2017minha estante
Socorro, digo o mesmo, achei fantástico




spoiler visualizar
comentários(0)comente



50 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4