Enquanto Eu Te Esquecia

Enquanto Eu Te Esquecia Jennie Shortridge




Resenhas - Enquanto eu te esquecia


99 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7


Janise Martins 23/07/2019

Enquanto Eu Te Esquecia
O livro começa aguçando a curiosidade, pois a protagonista está em um lugar desconhecido e não se lembra de nada, nem do próprio nome.
A autora é muito confusa em sua escrita, era para ser na terceira pessoa, mas ela se envolve com os personagens e escrita sai meio que na terceira e primeira pessoa, sei lá! Tem que prestar atenção no texto, que não é conciso. Ela pica a história em capítulos chatos. Na verdade achei que ela bagunçou a história com os capítulos desnecessários hehehehe
A mulher está com amnésia, aparece o noivo, a clínica comprovou tudo, e, ela não vai embora com ele. Ahhhhh acha paciência, vai pensar?? Quer espaço??? Já está a 3 dias na clínica, faça-me o favor!! Fico menos irritada com romancezinho clichê!!! Esse noivo também é um otário! (eita acho que estou meio tensa hoje, vou tentar maneirar)
Uma escritora chata, cheia de história para preencher, ficou um livro massante, que não flui, para completar a Lucie, a protagonista, além de desmemoriada é fraca da cabeça, “pelamorrrr”!!! No entanto, quando chega em 2/3 do livro ele começa a melhorar, a história começa a ficar um pouco melhor e vai se encaixando, mas até chegar aí tem que ter paciência! Quando Jennie Shortridge escreveu este livro ela devia estar de dieta, só isso explica tanta abobrinha! (Falei que ia maneirar né? Falhei, perdão)
Eu ri com o final desse livro, para não chorar. Nem vou comentar mais nada, hoje não estou muito boa, não quero ofender ninguém, nem mesmo quem me indicou essa… essa… essa leitura.
Não recomendo, não mesmo!
Bjoo


site: https://janiselendo.blogspot.com/2015/12/enquanto-eu-te-esquecia.html
comentários(0)comente



Bi Faria 26/03/2019

Capa linda! E foi uma leitura leve, cheia de mistérios, sofrimento e amor.
Lucie Walker está perdida, não sabe quem é, onde está, e porque está na Baía de São Francisco... Como foi parar até lá? Agora ela está em uma clínica psiquiátrica, espera que o homem que se diz seu noivo vá buscá-la. Mas será que ela o reconhecerá?
Grady vê a foto de Lucie no noticiário, depois de dias atrás de sua noiva. Vai até ao hospital para levá-la de volta para casa.
O encontro é estranho para ambos, ele atrás de sua noiva e ela não se lembra de nada, a médica disse que é uma fuga dissociativa. Algo causou essa amnésia, ela precisaria de tratamento constante.
E Grady achou que ao levá-la para casa tudo voltaria ao normal, mas as coisas não acontecem dessa forma. Lucie queria saber do seu passado, queria descobrir quem ela foi, pois ao olhar suas antigas coisas não se via em nada. Mas ela só tinha uma tia viva, e não tinha muitas informações para encontrá-la. Como encontraria essa tia? O que aconteceu no dia que ela sumiu, que desencadeou essa amnésia? O que aconteceu no passado de Lucie? Será que eles ficarão juntos? E a memória dela, voltará? "Nem tudo que parece um mistério na vida vem de uma lembrança perdida. A vida é cheia de coisas que não conseguimos compreender." @unica_editora
comentários(0)comente



spoiler visualizar
Fran @paginasdafran 03/07/2019minha estante
Avisar que tem spoiler é legal, mas qual o sentido de colocar spoiler no título também? A gente já não abre a resenha pra não ler spoiler é dá de cara com um em negrito.


Gianne Marques 03/07/2019minha estante
Desculpe pelo inconveniente, buscarei mudar isso em minhas próximas resenhas. :)


Fran @paginasdafran 03/07/2019minha estante
Obrigada. Só falei porque realmente, a gente já pega o livro com desânimo por saber que tem um final assim. Haha.




Mi 19/07/2018

Enquanto eu te esquecia
(...) Lucie perdeu a memória e foi encontrada nas águas geladas da Baía de São Francisco, e depois de ser levada para uma clínica psiquiátrica ficou aguardando até que seu noivo chegasse para busca-lá. O problema é que ela ainda estava sem memória e sem noção nenhuma do que estava acontecendo, sendo uma Lucie totalmente diferente do que era antes de tudo acontecer. Começa-se uma luta para sua memória voltar, amar seu noivo novamente, descobrir o que aconteceu no dia que desapareceu e ainda onde está sua família.

Para saber mais, acesse:


site: https://aartedasresenhas.wordpress.com/2018/02/02/livro-enquanto-eu-te-esquecia/
comentários(0)comente



dreamy 15/07/2018

Horrível
sem palavras para descrever o quão ruim é esse livro
Gabi 02/06/2019minha estante
Por quê?




Kelly @leitora_assidua_ 11/07/2018

Lucie é encontrada nas águas da Baía de São Francisco, sem saber o que está fazendo ali, seu nome ou onde mora. Ela só sente a sensação de vazio que a invade, que precisa de algo, que procura algo!
⬇️
Após ser enviada para o hospital, Lucie se vê surpresa ao saber que tem alguem a procura dela e ele está vindo buscá-la.
⬇️
Grady está a dias procurando por sua noiva, ela simplesmente entrou no carro para provar seu vestido de noiva e nunca mais voltou, já se passaram dias, e ele não faz ideia de onde ela foi. Sem ter os pais vivos e tendo como parente somente uma tia que odeia, onde Lucie teria ido. Ele sente um pouco da preocupação se esvair quando ela é encontrada e corre para ela.
⬇️
Lucie não sabe o que fazer, não sabe quem é esse homem que veio levá-la para casa, mas que opção tem!
⬇️
A adaptação dos 2 não se encontra das melhores, ela não é nem de perto a mulher que era antes, tanto no modo de agir, como de se vestir.
⬇️
A Lucie de antes não cultivava amizades, tocava piano ou cozinhava. Porém, será tão ruim assim essa nova Lucie?
⬇️
"O que a memória apagou, o coração recorda…” Um novo tipo de vida aguarda pelos dois, será mesmo um novo começo?
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Andy 24/04/2018

Eu esperava muito mais do final
Pessoal o livro em sí é bom! A história me prendeu mas o final, o que é aquilo? Não é spoiller não, é a realidade. Tenho a sensação que me tiraram da história e por isso dar 2 estrelocas ainda é muito por que o que a gente espera é o desfecho do livro e á não ser que a autora tenha planos para o 2 que eu acho não ser o caso me deixou sem rumo.
Gabi 02/06/2019minha estante
Também esperava mais do final. Várias coisas ficaram sem explicação: o filho do Grady, o anel, se a Lucie voltou a trabalhar....




Paula Danielly @chuvadeleitura 11/04/2018

Esperava mais dessa leitura
‘ A memória pode apagar as lembranças, mas nunca tirará quem se ama do coração’



Esse foi aquele livro que comprei pela capa e pelo título, que me chamaram atenção logo de cara, pensei comigo, “um livro com mistério, interessante”, mas no decorrer da leitura não teve tanto mistério quanto eu esperava e achei a leitura meio morna, mas vamos a resenha.

Lucie Walker foi encontrada dentro da baía de São Francisco, já devia estar parada ali a mais de meia hora e algumas pessoas a observavam, começaram a achar estranho até que uma pessoa se aproxima para ajuda-la e percebe que ao fazer perguntas básicas ela fica perdida e por fim não responde nada.

Sendo assim ela é levada para um hospital e encaminhada para uma ala psiquiátrica onde é diagnosticado um tipo de amnésia. Em meio a toda essa confusão Lucie se descobre noiva.
Seu noivo Grady é muito apaixonado e estava desesperado com o desaparecimento de Lucie, mas quando recebe a notícia de que a acharam ele não pensa duas vezes e vai ao encontro de sua amada, só que para sua surpresa ela não o reconhece.

Para ler essa resenha na íntegra, basta acessar meu blog :)

site: http://www.literandocomestilo.com.br/
comentários(0)comente



Pollianna 04/04/2018

É uma história boa, mas no final a sensação foi que esqueceram de publicar o último capítulo. Deixou a desejar.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Crestani 18/10/2017

Odeio abandonar, maaas...
É a segunda vez que tento ler este livro que comprei por ler resenhas muito positivas. A primeira vez que abandonei pensei que fosse porque eu estava passando por uma ressaca literária mas agora, abandonando pela segunda vez, vejo que é por causa da historia que é realmente muito chata.
Os personagens são infantis e superficiais DEMAIS! Lucie, que não conhecia seu passado foi a que eu mais gostei. Não é que não sejam construídos com passado e família, é outro tipo de superficialidade: nada neles conseguem nos prender.
A forma que a autora escreve é maçante e cansativa. Eu, que vim da "Garota Perfeita" da Mary Kubica senti um impacto muito grande com uma narrativa tão diferente.
Enfim,gosto cada um tem o seu, né. Mas este livro vai para o abandono e para a troca.
comentários(0)comente



Larissa Benevides (Clã) 26/09/2017

Resenha: Enquanto eu te esquecia
"Nem tudo que parece um mistério na vida vem de uma lembrança perdida. A vida é cheia de coisas que não conseguimos compreender."
Enquanto eu te esquecia vai trazer a história de Lucie e Grady, noivos que 2 meses antes do casamento passam por uma situação desagradável e triste, o desaparecimento de Lucie.
Após oito dias desaparecida, Grady encontra Lucie em um hospital, na ala psiquiátrica, sem memória alguma de seu passado.
Logo que eles se encontram no hospital percebi que este livro teria muito daquele romance que não importa o que aconteça, sempre existirá.
"Ficaram juntos como que ligados; seus braços sabiam aonde ir, seus corpos sabiam como se mexer para acolher o outro. Ele repousou o rosto no cabelo dela. A cabeça de Lucie sabia onde se aninhar em seu pescoço macio; ela inalou e reconheceu o cheiro. Maravilhou-se com isso, que seus corpos parecessem conhecer um ao outro tão bem, mesmo que sua mente ainda estivesse tentando descobrir pistas para fazer com que tudo se encaixasse."
Com o desenvolver do livro vamos compartilhar as fases de adaptação de Lucie a sua vida e sua relação com o seu noivo, um relacionamento que já tem 5 anos.
Lucie, quando retorna para sua casa, busca qualquer coisa que faça com que suas lembranças retornem. Seu médico disse que o contato com pessoas que ama e objetos familiares pelo menos uma porcentagem de sua memória retornaria. Mas não deixou de mencionar que talvez a amnésia seja permanente.
Então todos os dias, a protagonista tenta se reencontrar. Andando por sua casa, mexendo em suas coisas, caminhando pela vizinhança. Outra coisa que Lucie busca com todas as forças é algum membro da sua família.
Grady busca fazer com que ela se lembre do quanto ele a ama e tenta deixá-la confortável em sua própria casa, sempre deixando espaço para que não a force fazer nada que não gostaria.
Além disso ele tenta se adaptar a algumas características que ele começa perceber em sua companheira após a perda da memória.
"Perguntas tão difíceis, percebeu, porque as respostas eram muito importantes. Eles apenas estavam juntos - novamente - há questão de semanas, mas seus sentimentos por ele vinham de algum lugar mais profundo. Ela se encolheu ao constatar que seu amor por Grady era desenvolvido e maduro, nem um pouco uma novidade."
O livro tem narrativa em primeira pessoa e dividido em capítulos narrados por Lucie e outros narrados por Grady. O que é bem interessante, pois várias vezes temos a visão de ambos de uma situação vivenciada.
Qualquer coisa que eu diga vai tirar o gosto da descoberta ao ler o livro. O que posso dizer que é um livro que envolve o drama da situação em que se encontra a protagonista porém a autora conseguiu levar de forma tranquila e em vários momentos me peguei rindo com as situações em que envolviam Grady e Lucie, ainda mais quando lia a versão de um e logo depois a versão dela.
Quando comecei a ler esta obra, pensei que fosse ser parecido com outros dramas/romances que envolvem pessoas que perdem memória depois de algum acontecimento stress/trauma. Mas devorei o livro e superou as minhas expectativas.

site: http://www.cladoslivros.com.br/2015/12/resenha-enquanto-eu-te-esquecia-de.html
comentários(0)comente



Dessa_csn 02/08/2017

Como vocês leram na sinopse, o livro conta sobre Lucie, ela perde a memória e não sabe quem é, ou da onde veio. Ela simplesmente aparece num cais, com as pernas na água e uma pessoa vai até ela para tentar descobrir porque está ali, sentada com os pés em águas congelantes. Não que eu tenha desgostado do começo do livro, mas achei um pouco chato, enrolando demais, queria descobrir quem era Lucie pelos olhos de Grady ( noivo dela), queria saber logo se na hora que ela o visse a sua memória não retornaria instantaneamente. Me emocionei quando eles se encontraram, mas nada, nada aconteceu com a memória de Lucie.

Lucie é diagnosticada com transtorno dissociativo de memória no hospital em que fica internada, ou seja, ela perde parcialmente a memória em alguns casos de grandes emoções. A memória volta na maioria dos casos, mas pode não voltar.

O livro é dividido em 3 personagens, mas não vou falar quem é o terceiro, vocês vão descobrir. Rs

Depois que Grady busca Lucie, ele vai aos poucos relembrando pra ele mesmo o que aconteceu no dia em que ela saiu de casa, e ai você entende o porque dela ter essa fuga dissociativa. Com o passar dos dias Lucie não recupera a memória e vai descobrindo aos poucos quem ela era antes, além dela, eu também não fiquei muito fã da antiga Lucie.

O tempo todo em que li o livro, fiquei me perguntando, e o noivado? Será que ainda vai ter casamento? Será que eles vão encontrar o amor deles novamente? Afinal Lucie perdeu a memória e não se lembra de tudo o que ela e Grady viveram, mas também temos Grady, será que ele vai amar a nova Lucie?

Por causa desse mistério, rs, eu não consegui parar de ler o livro e fui até o final em 2 dias. Eu gostei muito do livro, mas o final poderia ter sido bem melhor, mas valeu a leitura.

Conheça o meu blog, e encontre outras resenhas! https://nadafutil.net/
comentários(0)comente



99 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7