23 Noites de Prazer

23 Noites de Prazer Julianna Costa




Resenhas - 23 Noites de Prazer


99 encontrados | exibindo 76 a 91
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7


Edy 23/09/2018

Ótimo
Gente eu tô me perguntando porque eu não li esse livro antes ? Kkkkk
Adorore a autora a história tudo? vou pesquisar mais sobre ela quero ler outros livros dela ?
comentários(0)comente



Claric_123 17/09/2018

História fraca. Não gostei. Pulei várias partes.
comentários(0)comente



Letícia 31/08/2018

Todas somos Nahia.
Meu deus, eu finalmente descobri o que funciona para mim. Literatura erótica. E amém Julianna Costa!! Que livro maravilhoso. Quero um Kio para mim, e uma Nahia também. Que mulher poderosa. Queria ter a coragem dela. E sinceramente, se eu passar num psicólogo, será que ele me mostra como eu ganho um Amadeos também? Hahaha
23 noites de prazer prova que um livro erótico não tem que ser apenas erótico. Ainda que, a cada capítulo teve uma ou mais cena de sexo, a história que se desenrola por trás é tão boa quanto e eu leria mesmo sem toda a parte erótica.
comentários(0)comente



Nih 17/06/2014

Gostaria de ter a coragem da Nahia!
Simplesmente perfeito :)
Acabou de virar um dos meus livros favoritos...


O livro começa com uma consulta a uma psiquiatra e Nahia contando que sonhou com um cara chamado Amadeo - que a manda realizar fantasias sexuais… Ela vive situações muito excitantes, inclusive ménage e várias outras peripécias
É um livro sexy e envolvente. Em meio a todas essas situações tem vizinho dela que é gostoso, maravilhoso e vive olhando para ela… Fica impossível não se apaixonar por esse casal. Nahia vive em Amsterdã - a cidade onde tudo pode acontecer - e o sexo lá é bem liberal e ela pode fazer tudo o que quer.

Noite após noite o Amadeo mostra a ela o que fazer ou com quem ela vai $#%$ no outro dia. A narrativa fluiu bem para mim. Os personagens secundários também são maravilhosos. Inclusive aqueles que amamos odiar, como a "amiga" do trabalho dela.(kk)

A autora nos presenteia com algumas cenas de muitas risadas e outras também recheadas com muito sentimento. No geral o livro me surpreendeu. Eu achei que seria um livro tranquilo. Mas também tinham momentos que ME Abane pf kkk


Apenas digo uma coisa, Leiam!!
comentários(0)comente



Milly.Amanda 21/06/2018

É Inesperado
Surpreendente, é ótimo ver que à autora inovou completamente o contexto, é um livro maravilhoso que quebra certos tabus sobre as mulheres, é simplesmente maravilhoso como o livro flui, à cada descoberta vc sente mais apego pela personagem até que vc não quer mais terminar o livro, porque é muito maravilhoso!
comentários(0)comente



Luciana Mello 09/05/2018

Respira...
Ainda tentando me recuperar...
Vivendo uma vida pacata e cheia de insatisfação sexual, Nahia encontra um divisor de águas que fará com que tudo mude ao seu redor. Desafiada a todo instante por um visitante em seus sonhos, nossa protagonista se ve diante se situações que jamais imaginou que se submeteria.
O que mais me agradou nesse livro é a ausência do tabu, a sexualidade é tratada com tanta naturalidade que te faz pensar "que mal haveria se eu também resolvesse experimentar?". Diante da sociedade preconceituosa e ainda atrasada em relação a sexualidade da mulher, podemos ver nesse livro um refúgio gostoso, e abrir nossas mentes para aquilo que realmente desejamos, mas que pode ser mal visto pela sociedade, simplesmente por puro tabu.
Eu amei o caminho de auto conhecimento da protagonista que essa obra traz, a forma como aborda as situações, e paralelo a isso, tudo o drama que a mesma enfrenta em seu ambiente de trabalho.
Eu amei, amei, amei.
comentários(0)comente



Vanessinha 04/04/2018

Muito do empoderamento feminino
Nahia é uma editora com baixa autoestima e infeliz. Ela começa a sonhar com um homem Amadeo que a ajuda a despertar sobre sua sexualidade. É um livro com alto teor erótico cuja personagem feminina está no comando de si mesma, fazendo escolhas pessoais e descobrindo que é importante e tem que ser valorizada.
Gostei muito do ponto de vista da autora em colocar essa mulher poderosa e com direito de igualdade em sua sexualidade.
comentários(0)comente



Sara.Meira 20/03/2018

Sensacional !!! Confesso que tinha um certo preconceito com livros eróticos, mas tenho que admitir que ando me surpreendendo bastante, 23 noites de prazer tem uma história muito envolvente, além do erotismo forte, tem um pouco de "investigação" e o melhor que é a transformação da protagonista da história, todos deveriam ler e principalmente as mulheres, um livro que abre muito nossa mente e quebra vários tabus em relação á auto estima e sexo, muito bacana, vale a pena a leitura.
comentários(0)comente



Kelita 24/12/2018

Picante
Para quem gosta de totalmente sem sensura este é o livro ideal. Picante, envolvente e encorajador...
comentários(0)comente



MafiosasLit 10/03/2017

Que livroooo
Quando eu comecei a ler o prólogo desse livro o meu primeiro pensamento foi “PUTAQUEPARIU eu quero ser ela” e logo no primeiro capitulo novamente me veio um pensamento na mente, mas totalmente o oposto do outro, pois esse foi “Meu Deus, eu sou quase ela”. Nahia é uma mulher tímida, com um emprego medíocre, uma vida monótona onde tudo era milimetricamente organizado, e a única coisa que saiam da normalidade era os livros que ela devorava, trabalhando em uma editora não é de se espantar, no seu trabalho alem de não ser reconhecida, era motivo de fofocas pelos corredores, não pelo seu excelente trabalho ou as horas extras infinitas, mas sim por ser taxada como “malcomida”, algo que apesar de saber ser verdade, não admitia nem sob tortura. Então, na mesma noite em que ouve sem querer seu colega de trabalho, insuportável, Vicent, chama-la com o tão amável -sóquenão- apelido ela se vê perdida em um sonho que mais parece realidade, nesse sonho um homem chamado Amadeo (suspiro), explica que será um amigo e a ajudará a sair de sua zona de conforto mostrando os prazeres da vida, durante o livro ele faz desafios - que ela tem todo o direito de recusar- para Nahia, que incluem sexo com um desconhecido, com um gigolo, virtual, com uma mulher, ménage, entre outros. Nossa protagonista cresce de uma forma tão perceptível depois de cada desafio que é incrível de se acompanhar, à forma de agir, se vestir e até mesmo se comportar perante seus colegas muda. Ao contrario do que pode parecer esse é sim um romance erótico, a única diferença é que Nahia aprende a se amar antes de encontrar o amor, e é nessa parte que entra Kio, o “vizinho” japonês, gostoso, desenhista de Hentai que a ajuda de diversas formas a cumprir seus desafios, ele no inicio, ao meu ver, é apenas uma parte complementar da história e que vai ganhando destaque durante a trama, ele é do tipo de personagem que queremos levar pra casa e chamar de seu, com uma personalidade cativante, sempre sorrindo, sem pudores e sem vergonha (sacaram a referência?), ele faz com que nos apaixonemos por ele. Temos também outros personagens importantes na trama, como Colin a paixonite de Nahia que se mostra, alem de ser mal de cama, um típico exemplo de rosto bonito e cérebro feio (não sei de onde isso saiu, efim....), também temos Lucy (lembram do desafio de sexo com uma mulher? Então...), ela também é uma personagem cativante, uma stripper que não tem medo de ser feliz, ela aparece várias vezes durante a história e ganha um espacinho no nosso coração. Voltando a história, alem das cenas hots, Nahia também passa por situações divertidas e pra complementar temos um mistério envolvendo desfalques no meio editorial, que se desenvolve até o fim da trama, junto com todas essas lições. Confesso que tem algo no livro que eu não gosto, e é o simples fato de que ele é um livro único, sim ele não tem uma continuação, uma extensão, um bônus se quer, segundo nossa autora, ele continuará sendo livro único pode ser pra sempre ou não, mas a principio é, oremos para que ela mude de ideia, pois eu preciso de mais Amadeo nessa vida e falando nele, passamos a história toda sem saber ao certo o que nosso amado fruto dos sonhos é realmente, o que sabemos é que ele é alguém que amou muito na vida e não deu valor, ou algo assim, apesar de não sabermos nada sobre ele, ele também esta na caixinha “quero levar pra casa”. Concluindo 23 noites de prazer é sem duvidas um livro que nos mostra a importância de se sentir bem consigo mesma, de que se você não se impuser para aquilo que realmente quer nunca vai dar em nada, mostre para o mundo que você é mais do que uma garota sem vida que se esconde atrás de 500 página de romance, você de algum modo pode fazer a diferença na vida na do seu vizinho, na do colega de trabalho tapado, na do ex que não da valor a atual, mas antes de tudo isso foque-se em si mesma, se valorize e seja feliz.

Fiquem com alguns trechinhos desse livro maravilhoso:

"- Até pouco tempo atrás, eu era o ser humano mais medíocre da face da Terra. Tímida, insegura, presa em um empreguinho que me impedia de mostrar o meu potencial, vítima de um severo transtorno obsessivo-compulsivo e completamente insatisfeita sexualmente. Então uma coisa aconteceu: ele apareceu."

"- Você fala como se fosse um entidade independente e não apenas fruto da minha imaginação... - não era exatamente uma pergunta. Mas também não era exatamente uma afirmação. Se ele era só um sonho, por que parecia que era ele e não eu quem estava no controle? E se não era um sonho, o que seria?"

"- Quero que você experimente novas opções. Voce teve uma vida sexual patética porque nunca esteve aberta a novas opções. Passou a vida idealizando parceiros perfeitos e não se contentando quando descobriu suas inevitáveis imperfeições. Desejar um homem, não fazer nada para conquistá-lo e ficar com outro querendo que fosse o primeiro não vai te satisfazer, Nahia."

"-Muita gente por aí é algo que gostaria de ser. Mas elas se conformam com isso e vivem suas vidas e pronto. Mas você não. Você disse "chega" e começou a mudar tudo o que não gostava. começou a se tornar a pessoa que você quer ser. É impressionante de assistir. "

“Colin era o sapato que eu sempre quis ter. E, quando finalmente o calcei, descobri que doía no meu pé. Kioujin é aquele stiletto que só de olhar o preço e o salto te dá uma luxúria indescritível nas entranhas. Aquele par que você jura que nunca terá coragem de usar, mas compra e leva pra casa mesmo assim. E, quando você finalmente o calça, ele é inacreditavelmente confortável e realça sua bunda de um jeito espetacular. O tipo de sapato que você nunca mais quer tirar do pé.”

site: https://contatomafiosas.wixsite.com/mafiosasliterarias/single-post/2017/02/20/23-Noites-de-Prazer
comentários(0)comente



Daisy 26/02/2017

Arrasoooooo!!!
JuUUuuuh querida, antes de mais nada segue a minha decotada oração!!!

Peço encarecidamente que me conceda um AMADEO, um NICK, um EDRIC e é claro, um KIO (ooown). Infelizmente (ou não) nenhum desses boys maravilhosos conseguiram roubar o lugar do Ryker ( Sem vergonha e Sem pudor da mesma autora, super indico tmb).


Sobre a escrita da Julianna, não se tem muito o que falar, ela é deXtruidora.

Alguns pontos no livro me incomodaram um pouco, por esse motivo dei 4.5 *.



As cenas eróticas são muuuuy calientes. Se quer um erótico bem escrito e com um toque de romance fofis, a pedida é essa.

BOA LEITURA A TODOS. Bjs,bjs.
comentários(0)comente



Lu Souzza 17/02/2017

Contos de fadas!?!!
Preciso confessar uma coisa, tinha certo preconceito com literatura erótica. Pra mim sempre pareceu a mesma coisa: a história da Cinderela, mas com cenas quentes , e vamos combinar o mundo não é esse mar de rosas. Então, apresentaram-me uma autora erótica brasileira, sim BRASILEIRA, o que achei estranho porque no Brasil sinto muito tabu com relação ao assunto (sexo, todo mundo faz, mas ninguém assume né? Uma puta hipocrisia).
Disseram-me maravilhas de Julianna, e fui em busca dela. Pra minha surpresa, esse livro, que havia me chamado atenção.Quando li a sinopse, pensei "Caracaaass!Deve ser bom mesmo!", mas estava esgotado em algumas livrarias e então a mesma pessoa que me apresentou ela, emprestou-me o livro (Paola, mô bem, te agradeço!). E então, resolvi encarar.
A capa, por si só já é bastante sugestiva, né? Quando comecei a ler, me apaixonei por Nahia! Aparentemente, ela é como qualquer mulher poderia ser, ela poderia ser eu, ou você que está lendo, que insatisfeita com a vida que leva, resolve dar uma guinada encontrando em si mesma a força necessária para seguir. Parece auto ajuda, né? Vai por mim: NÃO É! Depois de um certo adjetivo que deram a ela, Nahia resolveu acordar pra vida, e, que bom acordou, caso contrário jamais teria encontrado Kio! E falando nele, o cara sabe ser o cara! Quero pensar que existam muitos caras por aí como ele: livres de preconceito, muito bem resolvidos e maduros, maduros de verdade!
Gostei da forma do uso do dito popular : nem tudo que reluz é ouro, que Julianna faz nesse livro, quando mostra Nahia interessadíssima por um colega de trabalho,e quando enfim, sai com ele, descobre que ele não é tudo isso. Eu, particularmente, achei ele um chato; não de meia tigela, mas de tigela cheia. Além do que, ele se acha demais... Realmente, nem tudo que reluz é ouro!
Ela conseguiu fugir um pouco desse habitual "conto de fadas",e mostrou que literatura erótica também pode ser interessante! Garota, vc foi muito bem nesse livro! E, mesmo estando acostumada a ler outro tipo de literatura, gostei de Julianna Costa e, gostei mais ainda de ela usar pessoas do nosso cotidiano, como Nahia e Kio. Sem dúvida lerei outras histórias dela!
comentários(0)comente



Shêll 07/02/2017

Deliciosamente surpreendente.
História envolvente e diferente de muitas outras.
Super recomendo para quem tem a mente aberta.
Um romance fora do 'normal', mas mesmo assim maravilhoso!
comentários(0)comente



Patricia 06/11/2016

Se você gosta de livro bem hot....
...vai adorar este livro. Como a sinopse informa, ele livro erótico, então, apesar de ter uma história até que bem construída por trás, ele contém muitas cenas quentes. Se você gosta de variedade, vai adora este livro também. Ele tem todas as variedades que possa vir a sua mente, e acredite, são muitas mesmo, já que o livro tem mais de 300 páginas.
Agora, se você, como eu, gosta de histórias monogâmicas, você irá detestar bastante este livro, não adianta nem ler, rsrsrsr. Para lê-lo, é necessário primeiro gostar deste gênero de leitura, senão você o achará cansativo (como foi o meu caso), pois não é uma história que conta com profundidade a vida de nenhum dos personagens, incluindo a protagonista.
Nunca li nenhum outro livro da autora, então não posso comparar se esse livro é melhor ou pior de outros dela.
E para finalizar, ele é um livro que pede uma "mente mais aberta" por parte do leitor, porque aborda boa parte dos tabus da sociedade relacionado ao assunto sexo. Pessoas em crise podem se descobrir de diversos modos. Ela faz isso furunfando,kkkkkkk.
Se gostei do livro? Como disse, não é meu gênero de leitura, então não leria de novo. Mas para quem gosta, vale a pena, a escrita é bem construída, não tem erros de português da revisão, os personagens são bem carismáticos, e tem muita, muita ação,kkkkkkk
comentários(0)comente



Francielle 02/10/2016

Uma surpresa agradável
Que grata surpresa. Pensei que esse livro “seria só mais um”, mas a história me prendeu do começo ao fim. Muito cativante e interessante. Uma mulher comum transforma a vida de forma extraordinária. Com um pouco de ajuda descobre seu verdadeiro potencial e encontra um amor pra chamar de seu. Quero mais. Julianna Costa ganhou mais uma fã
comentários(0)comente



99 encontrados | exibindo 76 a 91
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7