Escândalos Privados

Escândalos Privados Nora Roberts




Resenhas - Escândalos Privados


17 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Leitora Viciada 11/06/2014

A capa possui as letras com o nome da autora diferentes, mais vivas: Em relevo e de uma cor metálica que lembra sangue. Uma jovem mulher misteriosa e bem maquiada é exposta dividindo sombra e luz. O título lembra uma caligrafia rebuscada.
A princípio parece somente uma capa atraente ao público, porém esses elementos combinam com a história. É Deanna, a protagonista, preparada para enfrentar os holofotes da vida na televisão, mas assombrada por uma tragédia do passado e rodeada do lado obscuro do mundo das celebridades.
No entanto, o que me atraiu é o nome da autora: Nora Roberts. Uma das poucas autoras no Brasil que tem seu nome em destaque, mais importante que o título ou a imagem da capa. E não é para menos. Nora possui inúmeros prêmios, com quase duas centenas de livros, milhares de fãs e a marca de 650 milhões de exemplares vendidos, traduzidos em mais de quarenta idiomas!

A grossura do exemplar também chama a atenção, pois são quase 600 páginas. Porém a leitura é tão equilibrada e agradável que o leitor não percebe as páginas passando.
Talvez um dos segredos da Nora seja a combinação irresistível: Suspense e romance. Aliado a isso temos personagens realistas, intensas e bastante carismáticas, com virtudes e defeitos. A pegada policial que move o andamento do enredo é tão importante quanto os conflitos humanos vigorosos e as cenas românticas e sensuais arrebatadoras.
Há um tempo considerável eu não lia Nora Roberts e mesmo assim, logo no início, me apeguei à leitura e foi como se eu fosse novamente íntima dela, porque possui estilo.
A escrita de Nora é brilhante, pois com simplicidade e organização, em um texto criado com muito cuidado e planejamento, o leitor não se perde em meio a uma quantidade considerável de personagens. É uma das poucas autoras que pode colocar tantas pessoas em um livro como ocorre em novelas e seriados de televisão e ainda assim, fazer com que o público se identifique e jamais confunda nada.
A narrativa é homogênea, clara, elegante e, principalmente, cativante. Em terceira pessoa o leitor vai tendo acesso, devagar, aos mais diversos pontos de vista. É uma viagem pelas mentes e sentimentos das personagens, sem perder o clima de suspense por um minuto.

O livro é dividido em três partes, talvez um trabalho da autora que não chegou a formar material suficiente para uma trilogia, pois Nora parece gostar de publicar séries em três volumes. Ou talvez tenha sido a forma utilizada para a autora organizar as ideias e no final, a estrutura ficou bem coordenada.
Originalmente publicado em língua inglesa em 1993, Escândalos Privados (Private Scandals) chega ao Brasil em maio de 2014 pela Bertrand Brasil.
A história se inicia de modo chocante. A autora é ousada e joga o leitor no que parece o ápice da história! Uma degustação da movimentação energética da trama. Você já começa a leitura a mil.
O ano é 1994 e o cenário é Chicago, nos Estados Unidos. Após o impacto muito bem efetuado, viajamos para o passado, para 1990. Com exceção da introdução e do primeiro capítulo, todos os demais das duas primeiras partes contam a trajetória de Deanna Reynolds, jornalista nascida no Kansas que almeja o sucesso na televisão. O desenvolvimento do enredo é focado na trajetória da jovem durante esses quatro anos (1990-1994).
A terceira parte alcança exatamente o clímax lá do primeiro capítulo, o susto inicial. Pronto, o leitor agora compreende o significado da primeira cena e o melhor: Sente enorme curiosidade (e ansiedade) a respeito. Nora Roberts consegue causar efeito fantástico.
O final não deixa nenhuma questão sem solução e o enredo não possui falhas.

Para ler toda a resenha acesse o Leitora Viciada.
Faço isso para me proteger de plágios, pois lá o texto não pode ser copiado devido a proteção no script. Obrigada pela compreensão.

site: http://www.leitoraviciada.com/2014/06/escandalos-privados-nora-roberts.html
comentários(0)comente



Diana 23/06/2014

Acho que estou ficando boa em descobrir quem é o assassino, desdo começo desconfiei dessa pessoa. E o mesmo aconteceu com o ultimo livro que li da Nora, o livro "Segredos".
Bom, adorei o livro principalmente as intrigas e rivalidades entre a Deanne e Angela. Nossa como odiei essa Angela, queria eu mesma entrar no livro e estrangular essa mulher. Adorei quando a Deanne "sambou" na cara dessa mulher, rsrsrs.
Não dei cinco estrelinhas porque achei o suspense meio fraco, não fiquei com dó no coração, aquela ansiedade de medo, acho que não me apeguei as pessoas que morreram e elas também não eram flor que se cheire.
Mas fora isso, o livro é muito bom, cheio de mistérios, romance, inveja e vários escândalos que são revelados no decorrer do livro, faz com que você não queira parar de ler e que as quase 600 paginas passem bem rápidas.

Recomendadíssimo!!
comentários(0)comente



efinco 11/01/2016

Recomendo!!
Realmente delicioso de se ler. Um livro em que a Nora supera todas as expectativas.
Este é o 97o. livro dela que eu estou lendo e sinceramente, adoro!!
Uma grande diferença é que este livro começa com um grande spoiler. E que só vai ser esclarecido durante a leitura de todo o livro. Esse não é um daqueles livros que o "vilão" só é descoberto no final mas ainda sim a pergunta de quem será empolga a medida que os acontecimentos vão se desenrolando na história.
Talvez você como eu ache que a Deanna poderia muito bem ser chamada de Fátima Bernardes e que o programa da Angela pode ser chamado de "Casos de Família" e esses detalhes deixaram a história ainda mais prazerosa de ser lida. Ah... o "Willian Bonner" dessa história é maravilhoso (tbm).
Mesmo com todos os "clichês da Nora" a história é arrebatadora e surpreendente.
Slainté

ps.: A primeira capa da imagem pra mim é perfeita para o livro, Já a que a Beltrand lançou.. nada haver.. (tsc)

site: http://clubedofarol.blogspot.com.br/2016/06/escandalos-privados.html
comentários(0)comente



Clube do Farol 24/09/2016

Escândalos Privados. Clube do Farol.
Resenhado por: Elis Finco (@Sonhoserosas)

Realmente delicioso de se ler. Um livro em que a Nora supera todas as expectativas.
Este é o 97o. livro dela que eu estou lendo e sinceramente, adoro!!

Uma grande diferença é que este livro começa com um grande spoiler. E que só vai ser esclarecido durante a leitura de todo o livro. Esse não é um daqueles livros que o "vilão" só é descoberto no final mas ainda sim a pergunta de quem será empolga a medida que os acontecimentos vão se desenrolando na história.

Talvez você como eu ache que a Deanna poderia muito bem ser chamada de Fátima Bernardes e que o programa da Angela pode ser chamado de "Casos de Família" e esses detalhes deixaram a história ainda mais prazerosa de ser lida. Ah... o "Willian Bonner" dessa história é maravilhoso (tbm).
Mesmo com todos os "clichês da Nora" a história é arrebatadora e surpreendente.

Slainté

ps.: A primeira capa da imagem pra mim é perfeita para o livro, Já a que a Beltrand lançou.. nada haver.. (tsc)


site: http://clubedofarol.blogspot.com.br/2016/06/escandalos-privados.html
comentários(0)comente



rafaellamv 30/07/2014

Amei!
Mais uma vez a Nora Roberts me prende ao livro... Não consegui parar de ler até a última página! rsrsrs Em um romance de 572 páginas cheias de intrigas, golpes baixos e paixão a diva consegue cativar seus leitores. Ok, ok, sou Noraaholic assumida! =)

Deanna é dedicada e não se importa em trabalhar mais de 12 horas por dia, mas ela também é muito inteligente e não deixa escapar nenhum detalhe. Assim, em pouco tempo sua carreira está exatamente onde ela gostaria. Porém o lugar em seu coração esta vago a algum tempo. Até que ela conhece o Dr. Pike, um psicólogo que após participar do programa da Angela a convida para sair. Angela Perkins é uma celebridade no mundo dos talkshows e Deanna tem muito o que aprender se um dia quiser ser também uma apresentadora de sucesso e é por esse motivo que ela auxilia Angela nas suas horas vagas.

Uma grande oportunidade aparece quando Angela recebe um convite para apresentar um programa na rede concorrente, porém em Nova York. Apesar do convite para a acompanhar Deanna decide continuar em Chicago. Angela não aceita um não como resposta e está acostumada a manipular todos a sua volta para fazerem exatamente o que ela quer. Assim como anos antes tentou impedir que o jornalista Finn Riley com quem tinha um caso fosse correspondente do outro lado do mundo apelando ao dono da emissora, ela tenta manipular o Dr. Pike, primeiro acusando-o com segredos sujos desenterrados por um detetive particular e segundo com sedução. Armando uma pequena cena par que Deanna os pegasse no flagra.

Mas a grande oportunidade de Deanna não foi o convite oferecido por Angela para se tornar sua produtora em NY e sim o lugar que a mesma deixou vago em Chicago. Com a ajuda da sua melhor amiga da faculdade, ela produz um programa piloto utilizando todas as suas economias e consegue convencer ao proprietário da produtora que merece ser a nova apresentadora do canal. Em pouco tempo seu programa começa a brigar pelos índices de audiência. O fato não deixa sua rival nada satisfeita. Angela começa a sabotar suas entrevistas e seu programa. Ao mesmo tempo em que as cartas anonimas de um fã tornam-se cada vez mais frequentes e assustadoras.

Leia a resenha completa em: http://bit.ly/escandalosprivados

bjx

site: www.romanceseleituras.com
comentários(0)comente



Monica 26/10/2014

Não sei se, eu por ler muitos livros da Nora, já estou achando óbvio os psicopatas dos livros dela ou se ela que está ficando óbvia, mas eu já saquei desde a primeira aparição do psicopata desse livro.

Eu continuo muito fã da autora, mas as histórias delas estão muito longas e só começam a engrenar bem depois da metade do livro. Esse tem 574 p. e só depois de quase 400 páginas que a história realmente me pegou.

Ela continua com um texto interessante, mas nesse livro específico faltou o alívio cômico que existem em outras histórias dela. Quanto ao enredo em si, são duas apresentadoras de televisão que disputam ponto a ponto os números de audiência.

A mocinha Deanna é aquele perfil: gente boa, trabalhadora, amiga dos amigos e etc., porém não me encantou como outras mocinhas da autora e o Fynn não chega a ser ruim, mas também não é aquele mocinho maravilhoso que a autora nos acostumou tão bem.
Carla 12/05/2015minha estante
Tive a mesma sensação que você teve e também fiquei na dúvida se era por esse livro mesmo ou pela grande quantidade de livros da Nora que eu já li!


Monica 12/05/2015minha estante
Acho que mistura as duas coisas kkk


Daniela 08/01/2016minha estante
tb percebi logo. Talvez como o livro é antigo ela ainda não conseguia esconder tanto. Os livros mais recentes foram bem mais complicados de descobrir o final.




Rita L. - 02/05/2015

Escândalos Privados
Deanna e Angela são jornalistas e trabalham em programas de sucesso numa emissora de TV.
Angela, percebe na colega grande potencial como jornalista, e se oferece para ajuda-la na carreira profissional dando-lhe dicas. Tão legal essa Angela...!! Em troca, Deanna presta alguns favores: pesquisas sobre determinados temas, organizar jantar na casa de Angela, etc.
Deanna fazia como coraboração com a colega experiente, famosa e também algo a mais de relevante na sua profissão. Porém, Angela invejosa, gananciosa e vingativa não aceita “não como resposta”. Elas se desentendem quando Deanna se recusa a continuar servindo como sua auxiliar.
A Nora inicia a estória pelo meio da mesma, nos surpreende com um assassinato que será um dos nortes do livro, há outro tão importante quanto.
O final é de suspense e expectativa.
comentários(0)comente



Pretenses 24/04/2017

Encontro versus Caso de Família
Este é o 97º. livro dela que eu estou lendo e sinceramente, adoro!! Uma grande diferença é que este livro começa com um enorme spoiler. Que só vai ser esclarecido durante a leitura de todo o livro. Esse não é um daqueles livros que o "vilão" só é descoberto no final, mas ainda sim a pergunta “quem?” Será empolgante à medida que os acontecimentos vão se desenrolando na história.

A narrativa tem um jeitão de novela, com núcleos de personagens bem definidos e o encontro desses personagens gera cenas memoráveis. A narrativa é em terceira pessoa, com inúmeras visões e os ângulos de visão das cenas até mudam dentro de uma mesma cena. Carão de novela não acham?!
.
.
.
Quer saber mais? Leia no blog Pretenses!

site: https://blogpretenses.blogspot.com.br/2017/03/escandalos-privados-resenha.html
comentários(0)comente



Kaka Amaro 01/06/2017

Mistérios, amor, trabalho, amizade e morte...
Nossa autora tem o dom de fazer seus leitores sentirem na pele os seus personagens. E em Escândalos Privados não podia ser diferente.
Deanna é uma garota que tem sua vida planejada nos mínimos detalhes, e começa a trabalhar em uma pequena emissora de TV em Chicago.
Ângela é uma mulher experiente, estrela da televisão, muito geniosa e nada ingênua.
Ângela percebe o talento de Deanna, vê que a garota está no caminho certo e acaba se tornando sua mentora. E ao se oferecer para ensinar o que sabe, Ângela pretende controlar a ambição e talento de Deanna.
Mas quando Ângela dá um passo em falso com Deanna, deixando-a arrasada e sem chão, por ela não aceitar ser seu fantoche em uma proposta de trabalho em uma nova emissora em Nova York não espera o que está por vir.
Deanna assume seu lugar na emissora, apresentando seu próprio talk show, tornando-se uma famosa apresentadora em pouco tempo.
As duas acabam se tornando rivais na concorrência e Deanna acaba se envolvendo com Finn, o jornalista mais do que sexy da emissora e antigo caso de Ângela. Finn acaba se apaixonando perdidamente por Deanna, enquanto Ângela passa a nutrir todos os sentimentos de amargura e vingança por aquela que um dia foi sua queridinha.
E em meio a todos esses acontecimentos de revelações e ambições, eis que surge na vida dessa jovem jornalista em ascensão, obsessões sombrias e assustadoras que ameaçam destruir tudo pelo que Deanna lutou. Entrelaçando o trabalho, a amizade, o amor e a morte chocante de Ângela.
comentários(0)comente



Laura 22/10/2017

Muito bom!

Romance/suspense muito bom, com personagens bem complexos e estruturados. Detestei a vilã, não que o por o personagem ser ruim, mas porque ela era malvada mesmo, quase larguei o livro por culpa dela. No mais além do romance entre Finn e Deana, tem um psicopata a solta, intrigas televisivas e os bastidores de 2 programas de televisão totalmente diferentes. Agora eu não sei se quem leu percebeu que ambos os vilões viam de famílias desequilibras e com um histórico de abusos domestico de algum tipo. Fiquei me perguntando se a Nora fez de proposito ou foi uma mera coincidência.
comentários(0)comente



Literatura 09/06/2014

A ficção vira realidade atrás das telas
Tem autores que acabam se tornando referência em seu gênero. Terror se fala em King, erótico Silvia Day, drama John Green. E quando se menciona suspense romântico? Nora Roberts é a mulher que melhor define estes livros que transportam leitores a histórias apaixonantes, cheias de mistérios e encontros quentes. Ela faz parte de uma gama de escritores onde o nome dela fica maior na capa que o próprio título da história, mostrando o que vende de verdade em suas obras. Afinal, ela já é sinônimo de sucesso, uma verdadeira máquina de contar histórias que nos traz uma variedade de personagens críveis, humanos e deliciosos.

Com Escândalos Privados (Bertrand Brasil, 572 páginas) não poderia ser diferente. Desta vez, ela nos leva às intrigas e paixões por trás das câmeras, um mundo de falsas aparências, fingimentos e obsessões. Com um golpe certeiro, ela homenageia filmes como A malvada com um roteiro exemplar. Nele, acompanhamos Deanna Reynolds, uma estrela com potencial da cidade de Chicago, que vê-se repentinamente descoberta pela estrela Ângela Perkins, um dos ícones da televisão, que resolve ser sua tutora no mundo das telinhas.

Mas Ângela não é tão boa assim como aparenta. O que ela deseja é não perder o seu posto. E se Deanna tem potencial, porque não controlá-la e manter-se mais tempo em destaque, sem concorrência? Isso pelo menos é o que ela tentará fazer. Mas o destino sempre se encarrega de ajudar quem precisa e Ângela recebe uma proposta irrecusável… É então a hora de Deanna finalmente brilhar e conseguir o que sempre quis, inclusive um talk show só seu e o coração do repórter mais cobiçado pelas mulheres. Finn.

Mas será que Deanna cederá assim tão fácil? Lógico que não! Essa vilã digna de novela irá enlouquecer aos poucos diante da gente, pronta para transformar a vida da jovem uem m inferno. Isso sem contar um admirador bem perturbado de Deanna que entra em cena e a vida da nossa heroína começa a correr riscos. Não basta um problema, ela tem de ter dois?

Veja resenha completa no site:

site: http://www.literaturadecabeca.com.br/sem-categoria/resenha-escandalos-privados-a-ficcao-vira-realidade-atras-das-telas/#.U5Zg6vldU00
comentários(0)comente



Psychobooks 29/07/2014

- Nora Roberts por mim mesma, enquanto Alba

Já li de um tudo de Nora Roberts. Li Nora Roberts quando ela escrevia seus romances para a série de banca "Julia/ Sabrina/ Bianca". Li Nora Roberts quando ela virou "in" e tudo o que lançava vendia como água - e é assim até hoje.

Vi seus romances de banca virarem sucesso em edições mais cuidades... Li série infinta de Nora Roberts (aquela "mortal", com a Eve e o Roarke, que gente! Não tem fim?). Enfim.

Agora, meus preferidos da Nora são os livros que chamo carinhosamente de "minissagas no melhor estilo Sidney Sheldon". São esses livros que logo de cara se vê um maior cuidado com o desenvolvimento da história. São enredos mais longos e, pelo menos para mim, mais interessante. Desse leva, o meu preferido é "Lua de Sangue". Mas chega de falar de meus gostos no geral e vamos para:

- Escândalos Privados: enredo/ apresentação; tá delícia?

Nesse livro escrito por Nora Roberts em 1993, ela escolheu abordar o showbusiness e as brigas por trás de audiência em programas de entretenimento. A autora criou duas mulheres fortes, uma no auge da carreira e a outra começando dar os primeiros passos a caminho do estrelado.

Angela está perto dos 40 anos - um crime nos anos 90! Nessa idade uma mulher já estava velhéeeerrima! Hoje, tá linda! - e faz de tudo para se manter em primeiro lugar na audiência. Assim, de tudo MESMO.
Deanna, em contrapartida, é jovem - uns 23 anos ou pouco mais -, e tem aquele "je ne sais quoi" característico das grandes estrelas do showbusiness; uma mistura de inocência, com beleza e coração 'bão'.
Daí o livro é esse embate, mas com o toque de um psicopata que por um acaso está apaixonado por Deanna 'coração bão' e que fará DE UM TUDO para chamar sua atenção. Ah, e claro que também tem romance, porque sem romance não seria Nora Roberts. Mas já já a gente chega nisso.
Primeiro vamos à:

- Narrativa e por que tudo tão truncado, Nora?

A narrativa é em terceira pessoa, daquelas bem gostosas que dão inúmeras visões e até mudam dentro de uma mesma cena. Sério, coisa linda!

O enredo corre em sua maioria pela visão de Deanna, mas Angela ganha, pelo menos, 30% das passagens, com Finn (ainda não falei dele, né? É o protagonista, gente!) também tendo sua visão bem-abordada.

O livro é dividido em três partes e foi aí que Nora me perdeu... A história é desenvolvida tendo como maior enfoque a ascensão de Deanna e a luta de Angela para continuar evitando isso e sério, gente... Chega uma hora que dá vontade de gritar "Apenas pareeeeemmmmm!"
Nora sempre conseguiu me entreter balanceando bem o suspense e a história de suas personagens, mas dessa vez tudo ficou truncado. Deanna não me convenceu como deveria, Angela não me conquistou como vilã e Finn... Ai, Finn. Por que tão chatinho? Por que tão sem sexappeal? Pronto, falei de Finn. E isso aí.

A verdade é que a história se estende por mais de 4oo páginas nesse embate meio que sem sentido - e chato - de Angela e Deanna pela luta pra provar QUEM É A MELHOR. Logo no começo há um assassinato, então a gente já sabe onde tudo aquilo vai dar, mas quando chegamos, é impossível não pensar "Mas era isso, então?".

- Vale a pena, Alba?

Nora Roberts mesmo quando não é essa coisa toda, consegue entreter. Um livro 3 estrelas de Nora ainda é MUITO superior aos romances que estamos acostumados a ver no mercado.

Ela usa alguns clichês que todo leitor assíduo dela está superacostumado a ver. Suas personagens principais tendem a ter um passado em comum e com Deanna não é diferente, mas isso é tão a cara da autora que não chega a incomodar. O suspense é bem fraco, a ponto de que eu o desvendasse logo de iníco, mas mesmo assim é divertido ver os personagens quebrarem a cabeça para descobrirem o que está acontecendo.

Tirando Finn e sua necessidade insuportável de gritar "EU SOU MACHO E SALVO MINHA FÊMEA" da equação, a história é boa e vale a pena conferir.

"O beijo foi lento, calculado e devastador. Ela havia esperado um ataque mais agressivo e um homem cujos olhos podiam abrir um buraco em seu cérebro. Talvez tenha sido por isso que o beijo gentil, lento e romântico a desarmou por completo."
Página 192

site: www.psychobooks.com.br
comentários(0)comente



Rosa Maria 11/02/2015

Tal e qual !
Na hora H ... Normalidade .
Falta o imprevisto ! Falta o suspense e o improvável !
Falta algo no final do romance. Para saber o que vai faltar é preciso ler .
Nora Roberts é sempre uma boa leitura .
comentários(0)comente



sweetillusionss 20/11/2017

Nora, eu amo você!
Deanna Reynolds e Finn Riley conseguiu me tirar o fôlego durante duas semanas de leitura. Simplesmente amei toda a trama. Complexa, misteriosa e viciante Nora Roberts mais uma vez conseguiu me deixar com aquela sensação de dever cumprido. Terminei a leitura com Glória e muita satisfação. Boatos que esse foi o melhor livro já escrito pela autora. Eu não acho, mesmo assim é um livro cheio de assuntos que valem a pena serem investigados.
comentários(0)comente



Hayla 23/09/2016

Escândalos privados
Realmente muito maçante!
Primeiro livro que leio da Nora e me decepcionei. Parecia nunca ter fim
Os personagens são até bem construídos mas a trama não pega, a história não anda. Enrola demais. Já no final quando começa a ficar bom, vemos um serial killer mal construído.
Poderia ter mais detalhes sobre o que aconteceu com o assassino, reação das pessoas, etc, mas não teve. Tudo foi resolvido nas duas últimas páginas.
Não curti.
comentários(0)comente



17 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2