Mudanças

Mudanças L. L. Alves




Resenhas - Mudanças


34 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


Thamires 08/05/2015

Mudanças e escolhas
O livro conta a história de Verônica na fase da vida mais contraditória e conturbada que nós podemos passar (e sobreviver, é claro! rs'), a adolescência. Quem já passou por isso sabe muito bem dos dramas adolescentes que parecem ser maiores que nós. No momento parece um turbilhão intransponível que quer nos afogar, mas quando passamos dessa onda gigantesca e finalmente chegamos na arrebentação (fase adulta) vemos o quão pequenos eram nossos problemas. E bem, quem ainda está passando por isso, leia esse livro!

E é isso que Verônica está vivendo no momento, achando ser a única a passar por momentos como esses. Irritada com o mundo e todos nele, sem nem mesmo saber o por que de suas atitudes. E o rompimento com o seu então namorado "problema" só piora a situação. Amava ele e achava que era correspondida até ouvir direto da boca dele que era apenas usada. É, e dizem que é fácil passar pela adolescência não é mesmo. Até que surge (sim, surge de repente) Carlos, um cara atencioso e gentil. Eu não reclamaria se um desses me encontrasse por aí! rs'

Ao se aproximar de Verônica, ele tenta mostrar que ela não precisa ser assim tão explosiva com tudo a sua volta e que não, o mundo não gira em torno dos seus problemas. E aos poucos tenta ensinar a ela ir com calma. Como: aprender primeiro a lidar com ela mesma e encarar os seus problemas antes de iniciar um relacionamento. Aos poucos Carlos consegue moldá-la, ou melhor... mostra o caminho para ela. Só que ela só irá trilhar esse caminho se ela aceitar a dar o primeiro passo.

É disso que o livro trata, mudanças. Elas virão, poderá não ser fácil, mas temos que aceitá-las de uma forma ou de outra e por vezes sofremos por resistir à elas. E para um adolescente perceber que as vezes o mundo te força a se moldar e não você moldar o mundo, é um caminho tortuoso a seguir.

Mas é claro que não há apenas isso. Junte a dificuldade de crescer, mais um ex-namorado possessivo que ela achava que conhecia bem, capaz de coisas terríveis apenas para se auto-afirmar e Carlos que não dá o braço a torcer e fala que ela ainda precisa aprender para começar um novo relacionamento. Desde que conheci o Carlos na narrativa pensei, aí tem, hein! Faro de leitora não se engana.

site: http://memoriasdeumaleitoraa.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Sâmmy 08/01/2015

Resenha original para o blog SammySacional

Verônica pensava que Jonatas era o seu príncipe encantado, até o momento em que o rapaz começou a mostrar quem ele era de verdade e a garota se deparou, enfim, com sua primeira desilusão amorosa, humilhada em frente ao colégio. Agora, em plenas férias, ela espera superar o fato, mas ao conhecer Carlos, será colocada novamente contra a parede com relação aos sentimentos novos e indecifráveis que ela sente perto do rapaz. Seria este um encontro inesperado ou terá algo mais por trás? Antes de tudo, porém, ela precisará rever seus erros e acertos para, então, aprender a valorizar devidamente as amizades, o amor e a confiança que estão ao seu redor, mas que ela não enxerga, e pela primeira vez na vida, se dará a chance de mudar para o bem de si mesma e daqueles que ama.

Vocês já devem saber que eu sou apaixonada pela saga fantástica da L. L. Alves, Instituição para Jovens Prodígios. Os dois primeiros livros da série, inclusive, foram leituras que me surpreenderam muito positivamente nesse ano de 2014, até que resolvi ler, também, outro livro da autora. Distanciando-se, agora, da fantasia, e mergulhando nos conflitos e desafios da vida real, Luene nos apresenta Mudanças, um romance meigo e delicado cuja narrativa em terceira pessoa flui com leveza e nos conduz por entre personagens reais e com conflitos internos a serem vencidos.

"Ela mudara para si mesma e aos poucos, e provavelmente ainda faltava muito, mas não importava. Aquele era o começo de uma nova era – de uma nova Verônica."

Verônica mesmo é uma garota cujos conflitos estão visíveis, em boa parte, apenas para ela. Acreditando que não é levada a sério e nem mesmo amada pelos próprios pais, ela encontra conforto na relação com o irmão mais novo, Pedro, e, mais tarde, em Carlos. Ela é uma personagem arredia e ignorante no começo da história, um tanto quanto mal-educada em vários momentos, mas no fundo guarda apenas inseguranças na vida e falta de confiança em si mesma. Quando Carlos passa a fazer parte de seu dia-a-dia, porém, ela aos poucos começa a perceber que sua vida não está todo o caos que ela pensa e vê, e seu amadurecimento ao longo da trama é visível e marcante. A comparação de suas atitudes do início e do fim são, no mínimo, surpreendentes, mas a evolução é coerente e muito palpável durante a leitura.


Leia o resto da resenha em...

site: http://sammysacional.blogspot.com.br/2015/01/Resenha-Mudancas.html
comentários(0)comente



Dayana 08/09/2014

Gostosinho!
Mudanças é aquele livro que se você tiver na adolescência vai se identificar, se não, você irá sentir uma nostalgia do seu tempo de adolescência.
Verônica é uma garota teimosa, briguenta e que magoa muita gente com seu comportamento( ops...ela me lembra uma certa personagem.rs)
No decorrer da história ela irá perceber que o seu comportamento estava a levando a ficar sozinha e ranzinza.No decorrer do enredo ela conhece Carlos, em um momento de sufoco da personagem, Carlos a salva e mostra uma certa compaixão com a garota.Que início fica muito intrigada.Mas com o passar do tempo, ela começa a confiar no rapaz, que também irá mostrá-la como se tornar uma pessoa melhor.
Bem, o livro além de trazer romance, ele tem um toque de mistério, um pouco de ação e aprendizado.Seria um bom livro para ser catalogado em escolas.Pois a personagem passa por situações que envolvem escolhas de namoros errados, problemas familiares e entendimento consigo mesma.
É um livro leve, de narrativa gostosa, que faz você ler bem rápido e que de quebra faz você refletir algumas coisas na vida.
Super recomendado para os adolescentes e também para os adultos, que assim como eu, passam a se lembrar de sua época.
comentários(0)comente



27/09/2015

Me surpreendeu
Continuando as delícias literárias, eu também não sou muito de ler livros sobre adolescentes, mas eu sou leitora da Luene Langhammer Alves, então o que ela escreve eu leio!
Hehe
Descobri que a Lu escreveu esse livro bem jovem e fiquei ainda mais surpresa, porque a história é bem escrita e amarradinha. Fiquei encantada com a diagramação e o cuidado com os passos pelos quais a Verônica passa. E o Carlos? Um fofo!!!
Adorei Lu, sua escrita como sempre me envolvendo!
Parabéns!!!!
comentários(0)comente



Joice Lourenço 01/12/2014

Um livro com a cara dos adolescentes!
Adolescência é época de mudanças, onde tudo é muito intenso, tanto o amor como a raiva. Por vezes pensamos que o mundo está contra nós, nos apaixonamos diversas vezes e todas essas vezes, é intenso. O que dizer desse livro? Relata perfeitamente essa fase tão intensa e cheia de interrogações da nossa vida. Mesmo que você já tenha passado dessa fase, leia ele, pois é uma história que vai te deixar curiosa, querendo saber e entender o porquê dos acontecimentos, além de ficar torcendo pela personagem.

Escrita em primeira pessoa, tem uma linguagem simples, porém prazerosa de se ler. A autora consegue colocar um tom de mistério muito legal no livro, nos deixando sempre curiosos para saber “quem é Carlos”, “o que esconde do passado”, “por que fala essas coisas para ela” e por ai vai...
Além da trama familiar da Verônica, que sempre pensa que nenhum deles (pais) a amam, que ninguém se importa com ela, você também vai ver de pertinho uma garota se apaixonado por um cara que a salva de um ex-namorado briguento.

Você vai conhecer e vai perceber como a nossa adolescente (briguenta e chorona) começa a deixar de ser aborrescente para virar alguém um pouco mais madura, controlando um pouco mais as emoções, percebendo que o mundo não está contra ela, nem contra nenhum de vocês que estão lendo essa resenha. Então venha, conheça “Mudanças”.

É o primeiro romance juvenil que fala claramente e consegue expressar o quanto essa frase pode ser difícil, não só para os adolescentes, mas também para os pais. Nos faz compreender e relembrar um pouco mais dessa época.

Não posso deixar de falar da diagramação do livro que ficou um charme e tem tudo a ver com a história.

Parabéns a autora! Amei a ideia do livro, ficou lindo!


site: http://oreinodebetra.blogspot.com/2014/12/resenha-mudancas-ll-alves.html
comentários(0)comente



Silvana 20/04/2015

Mudanças. A vida é feita delas. E uma das maiores mudanças que acontece na nossa vida é a transição da infância para a fase adulta, a tão temida adolescência. Verônica está com quinze anos e acaba de descobrir que o amor machuca. Ela uma adolescente, alias aborrecente como dizem os seus pais, é uma garota que gosta de ficar dentro de casa lendo seus livros. Seus pais são do tipo que não brigam, não cobram, mas ela preferia que eles fossem diferentes, talvez se gritassem, se proibissem alguma coisa, eles demonstrassem que se importavam com ela. Eles nem se importam se ela está com os olhos vermelhos de tanto chorar, arrasada com uma desilusão amorosa.

Quando Jonatan pediu para ficar com ela, é claro que ela aceitou. O garoto mais desejado por todas as meninas da escola, escolheu-a. Ela já tinha beijado antes, mas com Jonatan foi diferente. Ela estava no céu, mas as coisas mudaram. Jonatan começou a maltratá-la e beijou outra garota na sua frente. E ainda humilhou ela na frente de todo mundo, ela não aguentou e deu um belo tapa nele, que tentou devolver na mesma moeda, só não o fez pois um garoto que ela nem sabe quem é, se colocou entre eles e ameaçou Jonatan. Mas ele não parou por ai, sempre que pode ele está cercando Verônica. Até seu irmão mais novo precisou salvá-la de Jonatan, que está se mostrando cada vez mais inconveniente.

E em meio a uma ebulição de sentimentos, ela acaba se tornando amiga de Carlos, o garoto que lhe defendeu de Jonatan. Ela fica sabendo que eles vieram da mesma cidade. E conforme eles vão se conhecendo ela começa a sentir algo a mais por ele, algo que ela nunca sentiu por Jonatan. Mas quanto mais ela se aproxima mais ele se afasta, dizendo que ela não está preparada. Verônica que já estava confusa, fica ainda mais insegura com seus sentimentos. Será que nessas férias escolares finalmente ela vai conseguir compreender e aceitar as mudanças que estão acontecendo com ela? E Jonatan vai parar de persegui-la?

Esse é o primeiro livro que leio da autora, parceira aqui do blog e já posso afirmar que a autora conseguiu me conquistar. Ela escreve de uma forma que parece que os personagens são reais. Ainda mais por ser uma fase tão difícil de escrever, a adolescência. E olha que só depois que terminei o livro que fiquei sabendo que ela escreveu Mudanças quando tinha 13 anos. Eu já passei dessa fase já tem um tempo, bem pouco tempo, só quase vinte anos hehe, mas quando leio livros sobre essa fase fico me perguntando "será que eu era assim?". O livro que parecia ser apenas mais um romance no começo, acabou se tornando muito dinâmico, aconteceu uma coisa que não vou falar o que é mas que mudou totalmente o rumo da história.

Agora vou dizer porque elogiei a autora no começo da resenha. Fazia tempo que um personagem não me tirava do serio como a Verônica me tirou. O personagem foi tão bem construído, parecia tão real, que me deu vontade de pegar um cinto e dar umas boas cintadas nela. Meu Deus do céu, se vejo alguém igual a ela na minha frente, me segura. Ela é mimada, só pensa nela, não tem um pingo de respeito pelos seus pais, chora por qualquer coisa e se faz de coitada o tempo todo. Conhece alguém assim? hehe. Só dou um desconto para ela, por causa da sua mãe que se comportava como se tivesse a mesma idade da Verônica. Como ponto negativo da história, isso na minha visão, eu não achei que a Verônica mudou ou aprendeu alguma coisa, pelo menos foi assim que eu vi. Mas recomendo o livro. Sentimentos é o que não vai faltar quando você ler o livro.


site: http://blogprefacio.blogspot.com.br/2015/04/resenha-mudancas-l-l-alves.html
comentários(0)comente



Jéssica 30/11/2014

Mudanças
O que mais me chamou atenção nesse livro foi o fato de mostrar as dúvidas e questionamentos de uma jovem. Verônica expressa bem muitos dos adolescentes, incluindo eu mesma. Lembrei-me de quando tinha 15 anos e de como era cabeça dura, de mal com a vida, achando que o mundo e meus pais estavam contra mim. Mas depois, com o passar dos anos, vemos que tudo aquilo não passava de uma fase. Até hoje rio das besteiras que eu fazia e pensava naquela época.
Com Verônica não é diferente. O primeiro amor vem de uma forma que a faz acreditar que será para sempre, mas sabemos que isso não acontece, não é? Quando somos jovens acreditamos que tudo será para sempre, precisando que o tempo nos mostre como estamos errados. Verônica tem sua primeira decepção amorosa, mas, felizmente, no mesmo dia conhece Carlos.
Preciso comentar de como o achei maduro. Carlos está justamente naquela fase após as mudanças drásticas da vida. Contudo, Verônica ainda não consegue enxergar muito bem as coisas, e por isso precisa de mudanças.
Adorei o fato da Luene abordar isso no livro. Aconselho a leitura ^^
comentários(0)comente



Irinia Zachello 08/10/2014

Um livro para ler e reler.
Hoje decidi resenhar um livro muito bacana, que eu adquiri na BienalSP-2014, Mudanças da autora L. L. Aves. Autografado com muito carinho e com muita expectativa minha na hora de ler, pois eu conhecia seu lado fantástico, agora conheci um estilo um pouco diferente, porque não dizer mais maduro. Um romance juvenil, para jovens meninas e meninos também. Pelo que sei esse livro foi escrito em sua adolescência passado por várias revisões, até chegar onde está, publicado e com muito sucesso.

Verônica está em uma fase um tanto difícil para a sua vida. Tem 15 anos, terminou um namoro recentemente e apesar de ter uma vida diga-se de passagem "boa", por ter seus pais uma casa um irmãozinho que a ama, ela não anda muito satisfeita.

Ela conhece um garoto "misterioso" que a ajuda em um momento muito difícil de sua vida, e ele a faz enxergar várias situações de um modo diferente, fazendo com que a garota deixe suas irritações de lado e veja tudo de uma forma mais agradável.

Uma fase muito importante na vida de um jovem e um tanto crucial é essa tal de "aborrecência", e essas transformações na vida é necessário um apoio um pouco maior, como uma criança pequena que não sabe comer sozinha, um adolescente precisa de muitas orientações e conversas nessa fase em que se tornará um adulto, cheio de decisões importantes.

Ao passar por uma situação um tanto inusitada com seu ex-namorado, e com um de seus melhores amigos Verônica vê uma realidade diferente e entende exatamente o que Carlos fala quando pede que ela mude. E essa mudança está exatamente dentro dela, não há ninguém que a faça pensar de forma diferente, que não seja ela mesma.

"Verônica não queria mais ser fraca ou ser resgatada por ninguém. A grande dúvida ainda restava: ela deveria cicatrizar sua decepção e seguir em frente? Ou fechar-se e continuar acreditando que o mundo estava contra ela?
Depois de alguns minutos de ponderação, sem ninguém ver ou ouvir, Verônica deixou tudo desprender-se de suas entranhas.
Chorou baixinho em seu travesseiro, de medo, dúvida e esperrança, lavando sua alma de lágrimas. Ela se esforçava pra não expor tantos seus sentimentos, mas essa era uma batalha que ainda tinha que lutar arduamente"
Pág. 40

E ao ler esse livro, aos meus 29 anos, eu vivenciei tudo o que passei, por ter sido uma "aborrecente". (risos) E foi gostoso, pois em certas partes do livro eu me emocionei de verdade, e até senti uma ponta de inveja por Verônica ter tido essa oportunidade de mudança, tão cedo e sem tantas tribulações.

Eu particularmente gosto de livros que me levam de volta para algum lugar da minha vida no passado, seja bom ou ruim, seja triste ou feliz, da uma sensação de estar em casa, de ser nós mesmos, uma sensação de algo mais e acho muito válida a leitura desse livro para jovens dessa idade, até quem tem uns 13 para 14 anos.

Tem certas passagens dos livros que achei até instruidora demais, tipo auto ajuda, mas em nenhum momento ficou chato ou cansativo, achei até um ponto positivo, a forma de escrita da Luene com carinho para os leitores, como uma forma de cuidado, de acolher.

A cada capítulo o livro é ilustrado com uma borboleta, e a borboleta realmente é isso uma transição. Que de uma larva "feia", se fecha em um casulo e se transforma em uma linda borboleta, com asas e liberdade para voar e ser o que bem entender.

Mudanças, com certeza um dos melhores livros que eu já li. E que leria de novo, que recomendarei sempre. Uma lição de vida, uma moral suprema. Aprender a lidar com nossos próprios sentimentos.

Espero que quem passe por aqui e leia essa resenha tenha gostado.

Beijos e até a próxima.


site: http://www.livrosquerolersempre.com.br/2014/10/mudancas-l-l-alves.html
comentários(0)comente



Joseane 21/10/2014

Mudanças... Às vezes, duras, outras doce... Depende de quem nos acompanha nessa etapa inevitável da vida adolescente.
Verônica teve uma companhia especial... Carlos apareceu num momento decisivo e coube a ela enfrentar, aceitar ou não as mudanças e desafios que vinham pela frente.
Um livro leve, suave. Mas com momentos angustiantes que fazem você analisar se a vida de um adolescente é tão fácil quanto se pensa... Ops! Eu já fui adolescente também! Kkkkk E sim, eu sei que realmente não é.
Uma leitura fácil e agradável, se você está querendo desintoxicar seu organismo literário, embarque com Verônica nessa história narrada de forma tão gostosa e sincera.
Como amiga da autora (*Beijinho no ombro pro recalque! :* kkkkkkkkkk) posso dar minha opinião pessoal sobre mudanças, e o maior sentimento que tive durante essa leitura foi de PAZ. Eu AMOOOO borboletas e vê-las saracutiando pelas folhas do livro foi simplesmente adorável. Parabéns à diagramação perfeita desse livro lindo.
Massss, Luene sabe que estou ainda procurando folhas perdidas nesse livro, né? HUmpft! #sóelaentende rsrsrs
Se você ainda é adolescente irá se identificar e se não é mais como eu.. Ops, de novo! Sou uma eterna adolescente! rs Irá com certeza achar algo que te lembre essa etapa da vida. Eu, por exemplo, tive um Carlos em minha vida. Ele não veio para me salvar, mas a história como ele conheceu Verônica e tudo mais, foi bem parecida e lembrei com carinho desse momento. ?
Leia Mudanças e prepare-se para uma deliciosa experiência!
Boa leitura!!!!
comentários(0)comente



Diae 01/09/2015

Resenha exclusiva do blog Da Imaginação à Escrita
Mais um bom Young Adult nacional que tenho prazer ler! Mudanças, da autora L.L. Alves, foi publicado em 2014 pela editora Modo no selo Genérico, é uma leitura agradável, fofa e romântica. Ao iniciarmos a leitura, conhecemos a protagonista Verônica, que é salva por um misterioso rapaz, após uma briga com o ex-namorado. Verônica tem um temperamento forte, diz o que pensa e sente, e muitas vezes suas atitudes podem acabar afastando aqueles que lhe querem bem, como toda adolescente, Vê também é sonhadora e deseja um amor, quando este lhe bate a porta, a jovem acredita que é especial, duradouro, mas as atitudes de Jonatas logo mostram seu verdadeiro caráter. No entanto, a humilhação que Verônica passa, tem um fim quando Carlos surge, seu salvador, desde que a salvará, o jovem se torna uma presença constante na vida de Vê, sempre lhe aconselhando a tomar outras atitudes e amadurecer. Verônica não aceita bem os conselhos de um estranho e mesmo que tenha-lhe ajudado, para a jovem ele não possui esse direito, ela mal a conhece... Mas com os dias passando, a presença de Carlos começa a ser um refugio para a jovem e novos sentimentos começam a florescer, o rapaz demostrar sentir o mesmo, mas insiste que antes de tomarem qualquer atitude, Verônica precisa crescer aprender que suas atitudes apenas lhe causaram mal e que mudanças são necessárias para o próximo passo.

Trazendo elementos típicos dessa fase tão conturbada, a adolescência, Mudanças mostra-se uma leitura agradável, sensível e com reflexões. Verônica é uma personagem interesse, pensei que eu fosse acabar não gostando tanto dela, por conta de algumas de suas atitudes, mas foi o contrario, na verdade, me identifiquei bastante com ela e compreendo suas escolhas, afinal, estava fase pode ser complicada para alguns, não digo que fui como ela, mas meu temperamento era bem explosivo, por tanto, vi em Vê uma parte de mim e gostei de acompanha-la até suas mudanças. Carlos e Pedro foram os personagens que mais me surpreenderam na trama, este primeiro revelou-se gentil, misterioso e cheio de amor, a revelação no final de Mudanças me deixou muito surpresa, eu já desconfiava do passado de Carlos, mas o modo como tudo se desenrolou e como ele amadureceu, me deixaram de queixo caído e fez gostar ainda mais desta história. Pedro é o irmão caçula de Verônica, protetor e corajoso, eu gostaria que tivessem mais momentos com ele, pois o laço que ambos possuem é lindo, gostei bastante como foi elaborada essa ligação de Pedro e Verônica, mostrando o valor e força do amor entre irmãos.

No entanto, se tem algo que acabou me desapontou um pouco, foi a rapidez do relacionamento de Verônica e Carlos, apesar de ter sido bonito o amor deles, principalmente da parte de Carlos, quem leu Mudanças, vai entender, para mim, os sentimentos de Vê foram instantâneos, apressados, talvez se tivesse demorado um pouco mais para o desenrolar do romance, ou até mesmo dos sentimentos por parte de Verônica, acredito que ficaria mais convincente; Mas apesar disto, Mudanças é um livro gostoso de ler, a escrita de Luene é fluida e envolvente, rapidamente o leitor é atraído pela narrativa.

Li a versão digital, por tanto, não há muito que falar sobre a diagramação, a revisão esta boa, encontrei pouquíssimos erros durante a leitura, mas nada que de fato atrapalhasse meu desempenho com o enredo. Estou ansiosa para conhecer outras obras da autora e recomendo a leitura de Mudanças, principalmente para os leitores de YA.

site: http://www.daimaginacaoaescrita.com/2015/08/resenha-mudancas-l-l-alves.html
comentários(0)comente



Arca Literária 26/07/2015

Verônica é uma típica adolescente de 15 anos: acha que o mundo inteiro está contra ela e não entende por que seus pais pegam tanto no seu pé. Ela "ficou" com Jonatas por dois logos meses, mas o garoto a traiu e ela teve que terminar o pequeno relacionamento. A partir desse momento, o rapaz começa a humilhá-la toda vez que a vê. Uma dessas vezes a discussão sai do controle e Verônica dá um tapa no rosto de Jonatas, o que o faz quase agredi-la. Na verdade, se Carlos não aparecesse bem na hora com certeza o bad boy não teria pensado duas vezes antes devolver o tapa.

Leia toda resenha no link: http://www.arcaliteraria.com.br/mudancas-l-l-alves/

site: http://www.arcaliteraria.com.br/mudancas-l-l-alves/
comentários(0)comente



Déborah 02/09/2015

Pra ler no busão: Mudanças
E para iniciar o nosso mês dedicado à Literatura Nacional vamos trazer uma resenha da autora parceira L. L. Alves e que foi feita ainda no mês de julho durante a #MLI2015.

Verônica inicia o livro terminando um namoro com um garoto muito problemático e que se acha. Ele humilha a menina e ameaça até bater nela, mas Carlos surge, não se sabe de onde, e defende a menina.

Só que ela não é uma menina muito fácil, apesar da ajuda ela não é muito gentil com o garoto, porém o destino teima em colocar Carlos no caminho dela.

Ela então passa a ignorar o ex, Jonatas, por ser um idiota e violento. Enquanto Carlos é um fofo que ganha a confiança até do irmãozinho dela.

Com pouco tempo Verônica já está apaixonada por Carlos, mas o garoto não é fácil. Diz sempre que ela tem que mudar, amadurecer e deixar de ser tão geniosa.
No momento o que ele pode oferecer é sua amizade e companhia que sem opção ela acaba aceitando.

No decorrer do livro vamos vendo os passos pelos quais Verônica vai passando para chegar a sua grande MUDANÇA.
Porque tem uma parte bem tensa envolvendo ela, o melhor amigo gay, Carlos e o ex. Fiquei nervosa!

O livro não aborda apenas essa mudança tão importante que a maioria de nós, se não todos, temos que passar para entender coisas simples da vida. Ele também traz a importância da amizade e da família como é importante uma família ter diálogo e saber se entender.

Esse livro da L. L. Alves foi o mais lindo que eu li dela até agora, acho que ele é tão real quanto as aventuras da Dani, mas é uma maneira mais leve de tratar a aborrecência.
É impossível você não se identificar com certas situações que passamos quando éramos mais novos.

Apenas amei tudo no livro.
A capa é singela e a diagramação é de um cuidado e capricho sem igual.
Acho que é uma das primeiras vezes que não encontro problemas de revisão em um livro da Modo, isso me deixa muito contente.

Com todos esses elogios está mais do que na cara que dei nota máxima para ele.

Espero que vocês tenham gostado e ficado curiosos para saber os passos pelos quais Verônica passou e em qual mudança chegou.

Deixem suas opiniões. :)

site: http://lisos-somos.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Carol 30/08/2014

Mudanças - L.L.Alves
Verônica é uma típica adolescente de 15 anos, acha que o mundo inteiro está contra ela e não entende porque seus pais pegam tanto no seu pé. Ela "ficou" com Jonatas por dois meses mas o garoto a traiu e ela teve que terminar o pequeno relacionamento, desde então o rapaz começou a humilhá-la toda vez que a vê. Uma dessas vezes a discussão sai do controle e Verônica dá um tapa no resto de Jonatas, o que o faz quase agredi-la. Na verdade, se Carlos não aparecesse bem na hora com certeza o bad boy não teria pensado duas vezes antes devolver o tapa.
Mas Carlos apareceu, com seu jeito meigo e seguro e se tornou o super heroi de Verônica, só que a menina não consegue enxergar isso, para ela Carlos pode faze-la sofrer de novo e ela não quer se entregar a um novo relacionamento. E como todas as vezes que ela se sente dessa forma, Vê trata Carlos mal e o manda embora.
Sem conseguir tirar o novo rapaz da cabeça, a menina se questiona se seria diferente com ele porque Carlos a trata bem e sempre parece querer protegê-la, além disso Carlos parece aparecer sempre nos momentos que ela precisa e parece saber onde encontra-la. É a partir desse momento que Carlos se torna mais que um colega e ela se pega pensando nele em todos os momentos de suas ferias. Mas nem tudo são flores, Carlos parece gostar de Verônica também, acontece que o rapaz não gosta do seu jeito explosivo e se recusa a ficar com ela enquanto ela não mudar, crescer e aprender a lidar com as dificuldades da vida com maturidade.
Aos poucos Verônica vai melhorando seu jeito e tratando melhor as pessoas a sua volta, o que aproxima Carlos. Quando tudo parece estar se encaixando Vê é sequestrada por Jonatas que não consegue ver a garota feliz com Carlos e a quer de volta. Ninguém sabe onde Verônica está e a menina passa por momentos horríveis.
Mas é Luiz, seu melhor amigo também problemático que ajuda Carlos a salvar Vê, mas isso não é tudo, o grande mistério do livro será desvendado nas últimas páginas e deixará o leitor chocado.
Será que uma decisão tomada no passado que você nem lembra mais pode mudar seu futuro pra sempre? Quais são as consequências das suas atitudes?
L.L.Alves nos trás uma estória juvenil, com romance e conflitos adolescentes mas com mistérios dignos de gente grande e vai fazer você não querer largar o livro até a última página.

site: http://virtualleitura.blogspot.com.br/2014/08/resenha-mudancas-llalves.html
comentários(0)comente



Helaina 17/09/2014

Surpreendeu e conquistou!
Eu não gosto muito de romances, adolescentes em crise, histórias emotivas... e amei esse livro, porque ele não é apenas isso. A autora conseguiu contar a história de uma pré-adolescente em crise com uma escrita dinâmica e nada cansativa.

Comecei o livro sem criar muitas expectativas por não ser de um gênero que eu realmente goste (quem me conhece já sabe que eu amo fantasia), e simplesmente não consegui parar de ler. Se não tivesse que acordar cedo no dia seguinte, teria virado a noite lendo.

Verônica, uma adolescente de 15 anos, acabou de sair de um relacionamento ruim, (para não dizer péssimo), e se sente a pessoa menos amada do planeta. Mesmo do amor de seus pais ela tem dúvidas. No meio dessa turbulência ela conhece Carlos, que tenta a todo custo mostrar a Verônica o quão urgente é que ela mude suas atitudes e cresça.

Em relação à escrita nada me incomodou. Muito pelo contrário. Sabe aquele livro que você chega à página 100 sem perceber? Os capítulos são curtos e sempre terminam deixando uma expectativa irresistível para o próximo. Além disso, a história tem momentos de tensão de tirar o fôlego. A verossimilhança é incrível nesse livro. Você termina com a sensação de que já conheceu pelo menos algum dos personagens na sua escola, no seu bairro ou em algum outro lugar. A escritora está de parabéns! Pareceu real para mim.

[Continue lendo no Mente Hipercriativa]

site: http://hipercriativa.blogspot.com.br/2014/09/resenha-mudancas.html
comentários(0)comente



Bruna 18/03/2015

Essa é a história de uma menina que sofrera, mas que não aprendera nada com as lições que lhe foram impostas. Os passos estavam inacabados - apenas o tempo curaria tudo, e apenas ela seria capaz de resolver, se deixasse que a vida lhe indicasse o caminho.
Pág. 21


Verônica tem 15 anos e está no auge de uma crise "pré-aborrecente". Com várias mudanças acontecendo, no seu físico, emocional e psicológico, a garota está naquela fase crítica, na qual se sente incompreendida e não amada por todos, com as emoções a flor da pele, e tendo ataques de raiva ou choro. E para piorar ainda mais a situação, ela acabou de passar por sua primeira desilusão amorosa, quando seu lindo e aparentemente perfeito namorado, Jonatas, a trai e começa a humilha-la e ofende-la na frente de todos.

Quando sente que está no fundo do poço, ela conhece o misterioso Carlos, um jovem dois anos mais velho, que aparece quando ela mais precisa de ajuda, no melhor estilo Cavalheiro heroico num cavalo branco. Carlos é bem compreensivo e maduro, e começa a ajudar Vê a superar suas crises de raiva e grosseria.

Achei que a Verônica representou bem as crises adolescentes, principalmente nos clássicos embates com a mãe, tão comum para meninas, e também na dramatização de tudo (somos muito dramáticas nessa fase, rs). Porém, ela também me irritou bastante, porque tinha hora que foi chata e mimizenta demais, e ela era muito grossa e mal educada com todo mundo, o que não me pareceu apenas grosseria adolescente, e sim que ela era daquele jeito porque era mesmo. Acho que talvez por ter achado a Vê muito chatinha e grossa, acabei não me identificando tanto com ela e seu relacionamento com Carlos, e não cheguei a torcer por eles. O relacionamento que mais me cativou, foi o dela com o irmão mais novo, Pedro, de apenas 5 anos. Talvez porque ele seja uma criança super fofa e encantadora.

Outra coisa que me incomodou foram algumas questões relacionadas a idade dos personagens. Verônica tem 15 anos, Carlos tem 17, e não falaram a idade de Jonatas, porém entendi que ele é do mesmo ano que Vê, apenas um pouco mais velho, então chuto que ele tenha 16 ou 17. E mais para o final dos livro acontecem algumas coisas que teriam mais sentido se os personagens fossem mais velhos, e fiquei sem entender o desenrolar de um acontecimento específico por esse motivo.

Mudanças é um livro curtinho, fácil e rápido de ler. A narração é em terceira pessoa e autora tem uma escrita gostosa, e a leitura flui ainda melhor por causa da diagramação, com letras grande e bem espaçadas, capítulos curtos e dinâmicos. O trabalho gráfico está excelente, com detalhes no início de cada capítulo e algumas imagens florais e de borboletas ao longo do livro. Percebi alguns erros de digitação e revisão, a maioria não compromete a leitura, entretanto, houve alguns mais sérios, como trocas de palavras, por exemplo, de 'começar' por 'conhecer'.

Mudanças é um livro com foco claramente juvenil, e retrata bem uma das fases mais turbulentas e confusas da nossa vida. Creio que leitores mais jovens tenham muito com o que se identificar e aprender com o livro.

site: http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/2015/03/resenha-mudancas-ll-alves.html
comentários(0)comente



34 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3