Twist Me

Twist Me Anna Zaires




Resenhas - Twist Me


10 encontrados | exibindo 1 a 10


Franciele 10/07/2017

Síndrome de Estocolmo
Se isso for amor, que eu morra sem conhecê-lo.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Jefi 09/07/2019

Gostei
Taí...diante de tantas resenhas negativas, resolvi largar a minha.
Eu adorei a leitura.
Eu gosto de livros perturbadores, com protagonistas perturbados, meio fora da casinha. Estou escrevendo minha opinião não só deste primeiro livro, mas dos outros 2 que são continuação ( é uma trilogia). Acabei de ler o último e é meu favorito. Achei que a história entre os dois evoluiu. Julian ainda louco, possessivo e obsessivo e Nora mais madura, mas absorvendo em sua personalidade uma parte da escuridão, maldade e crueldade que é a vida de Julian.
Muita coisa acontece e, em todos os 3 livros tem muita adrenalina, nunca pára a vida de perigo destes dois.
Acho que quem gostou dos livros DEBT, The paper Swan, Nine Minutes, The Sweetest Oblivion, vai gostar desta trilogia.
Juliana.Godoy 10/07/2019minha estante
EU AMOOO ESSA TRIOLOGIA.


Juliana.Godoy 10/07/2019minha estante
DEBT, The paper Swan, Nine Minutes, The Sweetest Oblivion, SÃO NA MESMA PEGADA::???? MOCINHO EXTREMAMENTE OBSSESIVO?


Jefi 10/07/2019minha estante
Não brinca que tu não leu DEBT ???? Choquei


Jefi 10/07/2019minha estante
Não são tão obsessivos, mas tem a pegada dark


Juliana.Godoy 10/07/2019minha estante
KKKKK eu gosto do obsessivo, possessivo. kkk ainda não li, sempre vou ler e adio.. não sei porque..tem triângulos ou traições??.


Jefi 10/07/2019minha estante
Leia, leia, leia. Não tem traições e nem triângulo




Suh 29/06/2019

Perturbador!
A palavra certa pra essa história, quase um diário de uma adolescente sequestrada na véspera de seu aniversário de 18 anos, uma menina virgem e sem noção de como o mundo pode ser ruim.
Levada pra uma ilha, sofre diversos abusos sexuais, físicos e psicológicos, no começo tudo não passa de um homem (Julian) fica obsecado por uma menina (Nora Leston), isso tem um motivo, em meio a tudo isso ela começa aderindo a síndrome de estocolmo!
Sinceramente achei meio pesado tendo cenas em que Julian se mostra o mocinho coisa que ele não é nesse primeiro livro!l
Não tenho como dar muitos detalhes pois é um misto de sentimentos, do tipo que na hora da leitura chamava a Nora de burra e depois já a achava inocente!
comentários(0)comente



Diana Cunha 26/01/2018

Não vou nem considerar um livro dark
Primeiro porque Julian para um sequestrador foi "bom" demais, ta ele a estuprou diversas vezes, no meio disso tudo tirando sua virgindade vaginal e anal, mas mais parecia um robô esse Julian...
Tire a roupa, deita na cama, de bruços, de quatro aff sem emoção nenhuma.
E Nora Jesus que menina sem personalidade, aceita tudo muito tranquilamente e mesmo sem nunca ter demonstrado uma veia masoquista consegue se excitar já de cara com isso, faça me um favor neh?!

Vou ler os próximos, mas sem esperar o que geralmente vejo em livros que abordam assuntos torcidos.
comentários(0)comente



Diana Cunha 26/01/2018

Não vou nem considerar um livro dark
Primeiro porque Julian para um sequestrador foi "bom" demais, ta ele a estuprou diversas vezes, no meio disso tudo tirando sua virgindade vaginal e anal, mas mais parecia um robô esse Julian...
Tire a roupa, deita na cama, de bruços, de quatro aff sem emoção nenhuma.
E Nora Jesus que menina sem personalidade, aceita tudo muito tranquilamente e mesmo sem nunca ter demonstrado uma veia masoquista consegue se excitar já de cara com isso, faça me um favor neh?!

Vou ler os próximos, mas sem esperar o que geralmente vejo em livros que abordam assuntos torcidos...
comentários(0)comente



Srta. Lima 23/08/2017

Decepcionante
Resolvi dar uma chance aos outros livros da autora, depois de ler o livro dos Krinars, fiquei deslumbrada pela escrita envolvente da autora. E que, apesar da enxurrada de informação passada no livro sobre os Ks, sua tecnologia avançada, a vida deles em outro planeta, poderia ser muito para processar, mas o livro não ficou maçante em nenhum momento.

Por eu ter gostando tanto da serie que li da autora, arrisquei-me em ler 'Twist me' e já comecei a leitura do segundo livro, contudo, ainda não conseguiu me prender. Já faz dias que estou parada na metade do capítulo e não consegui continuar, as coisas andam se repetindo. Ela diz 'não' para ele, Julian fica put* da vida e a castiga. Nora aceita tudo o que ele faz aos outros ou a ela.

Síndrome de Estocolmo.
Sem outra definição.
É doentio e triste ver que alguém torce pelo casal. Pelo relacionamento abusivo, ele a quebra e monta da forma que quer, da forma que melhor lhe agrade.
comentários(0)comente



Mari R 28/09/2017

Devia se chamar Rape Me em vez de Twist Me
Esse livro não é sobre amor, desejo ou mesmo BDSM. É sobre escravidão sexual, estupro e transtornos mentais. A protagonista tem 18 anos quando tem vida e seus sonhos são roubados.Ela é levada até uma ilha deserta, onde é abusada sexualmente, fisicamente e psicologicamente. Li até o final esperando por uma virada que fizesse a protagonista sair daquela violência absurda, mas aparentemente a autora se perdeu no tema e terminou acreditando que se tratava de uma história de amor.
comentários(0)comente



Juliana.Godoy 03/10/2016

nossa..
eu realmente comecei este livro sem saber o que esperar, achei que nem fosse me prender mais errei, comecei a ler as 21h30 e fui terminar quase 1h da manhã porque ainda tive que ler as 50 primeira páginas do segundo livro.. rsrsrs síndrome de estocolmo sim, mais este livro realmente me prendeu, Jullian tem uma mente escura, tem seu lado negro, mais sua paixão e devoção por Nora me fez suspirar, sinceramente.
ele mataria e morreria por ela sem pensar duas vezes, tem muito mocinhos bons no livro que não tem um pingo de devoção que o Jullian tem,então sim, estou torcendo por eles!!!

recomendo muito este livro, a escrita de Ana Zaires é realmente fantástica.
comentários(0)comente



Elo 27/09/2016

Isso não é amor, é síndrome de Estocolmo.
comentários(0)comente



10 encontrados | exibindo 1 a 10