Guardião?

Guardião? Eleonor Hertzog




Resenhas - Breterech, Steve


18 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Queria Estar Lendo 16/09/2016

Resenha: Guardião?
Recebido em parceria com a Mundo Uno Editora, Guardião? é um spin-off de 136 páginas da série Uma Geração. Todas as Decisões, escrito pela autora Eleonor Hertzog. E devo dizer que estou muito feliz, por motivos de: todas as expectativas que coloquei na escrita da Eleonor foram correspondidas.

Na trama, iremos acompanhar a vida de Steve Breterech, um exímio lutador, dono de olhos furta-cor - que variam a cor de acordo com suas emoções - e de uma beleza fora do comum. Isso tudo somado à inteligência que o fez tirar uma das maiores notas na Escola Avançada de Champ-Bleux (uma escola de ciência superficiana). Não só isso, nosso protagonista também é o guardião do príncipe do Palácio de Sarad, Harmon.

"Steve havia demorado a entender que, quando se tratava da segurança do Herdeiro de Sarah, o Guardião estava legalmente à margem da lei. Podia matar, esquartejar e trucidar sem dar explicações. Tinha autoridade para dar ordens a qualquer um."
Mas Steve Breterech era muito mais do que sua aparência extremamente incomum."

E como bem sabemos, as flores acabam quando tudo parece estar bem. Nosso protagonista, na verdade, possui um passado sinistro, cheio de segredos e reviravoltas. Seu sangue pertence a uma antiga linhagem muito poderosa, ameaçada em conflitos que fizeram Steve ser o que é agora. Marcas de seu passado começam a vir à tona e ele retorna para buscar entender o que está ocorrendo. E algo muito doloroso está prestes a acontecer.

Eu queria muito falar mais sobre a história, mas qualquer detalhezinho em excesso pode estragar a leitura e tirar a graça das surpresas que vocês vão encontrar. ENTÃO LEIAM E VENHAM SURTAR COMIGO, POR FAVOR!



"A imagem implodiu, ferveu e derreteu, separou e fundiu, tornou-se uma e várias e todas, com sentido e sem sentido - com razão e sem razão - com loucura e sem loucura - vida e morte - dia e noite - sombra e luz - sóis e estrelas e destruição e criação e serpentes e sereias e Palácios e Talismãs e muito mais que Steve viu sem realmente ver, com a mente e o coração presos (...)"

Achei muito legal a forma que Eleonor resolveu contar a história, apresentando passado e presente em capítulos intercalados. Deu pra ver bastante do potencial dela em narrar e deixar todos os capítulos bem ligados e livres de pontas soltas.

O projeto gráfico do miolo ficou muito bacana. Adorei o verniz localizado na capa e a escolha da ilustração (só não curti muito a tipografia escolhida para a parte externa). E existem alguns probleminhas de espaçamento no texto distribuído nas orelhas; são pequenos detalhes que podem ser corrigidos numa próxima edição!

O que resta agora é esperar por mais aventuras no universo criado por Eleonor. E ah, o que me conforta é saber que este um pequeno spin-off, e ainda vou ler a série, ou seja: ALEGRIA! Estou muito ansioso para me tornar um marujo a bordo do barco de pesquisas Cisne; viajar até o mundo de Tarilian na nave mais veloz do Sistema Solar, em Linhagens; e descobrir parte dos segredos que a terra nos reserva, em Talismãs. Estes três livros compõem a série Uma Geração. Todas as Decisões. Então, quem sabe, em breve pego Cisne para ler e trago resenha cheia de surtos para vocês?
comentários(0)comente



Eleonor 03/03/2014

Um oi da escritora! :)
Bom, obviamente, não vou avaliar o livro!
Vou, isso sim, avaliar como foi ESCREVER esse livro, que me pegou de surpresa tanto na ideia de escrever um spin-off (lateral-off?) quanto no enredo!
Não tinha pensado em escrever livros paralelos à série Uma geração. Todas as decisões. Mas há tanto para ser contado sobre alguns personagens - Steve Breterech é um excelente exemplo - que, de repente, me vi concordando que ele merecia um capítulo à parte. Era para ser um conto curto. Virou algo de 27.000 palavras; um pequeno livro, portanto.
O enredo estava perfeitamente definido na minha cabeça antes da primeira palavra ir para o computador. Mas, como sempre, os senhores personagens foram colocando as garrinhas de fora, começaram a dar opiniões tipo "não, eu não faria isso" ou "não, eu NUNCA falaria desse jeito", e lá se foi o enredo derivando para lados que eu não esperava... E, quando percebi, o conto, que era para ser sobre o Steve, acaba dando a primeira explicação DE VERDADE sobre o nome da série!
Esses meus personagens são, definitivamente, terríveis! É muito difícil controlar essa turma, porque parece que eles pensam que são gente de verdade, não personagens. E daí seguram meus dedos e vão ditando o que devo escrever, quando e como.
No fundo, no fundo, acho que é desaforo da parte deles. E, no fundo mais fundo ainda, me divirto montes porque, diversas vezes, me surpreendo tanto quanto vocês, que estão lendo o conto pela primeira vez!
Beijos e boa leitura,
Eleonor

site: http://www.eleonorhertzog.com.br/2014/03/breterech-steve-informacoes-completas.html
Priscila Yume 30/06/2014minha estante
Eleonor, simplesmente amei o conto, como te disse antes, fiquei tão surtada com a história, que o li todo pelo celular que era o que estava mais próximo!!

Beijos!




Iara Cecília Paiva 03/03/2014

Eleonor surpreende novamente
Novamente, Eleonor Hertzog nos presenteia com uma narrativa vibrante e encantadora que nos cativa do começo ao fim. Repleto de surpresas, este livro, revela segredos ao mesmo tempo que cria novas tramas e expectativas. Recomendo toda a série "Uma geração. Todas as decisões." para quem quer esquecer do mundo, sair da rotina e viajar na imaginação desta escritora tão carismática.
comentários(0)comente



Refúgio Literário 27/06/2014

Eu já sou fã da autora Eleonor Hertzog, e não escondo isso de ninguém, andei por fora de algumas novidades pelo meu processo de mudança e por ficar sem internet durante alguns meses. Mas assim que voltei a ativa, descobri que Eleonor havia lançado um spin-off da série “Uma Geração, Todas As Decisões” e que o mesmo estava a venda na Amazon, e o que fiz? Procurei logo a autora para saber que novidade era essa e adquiri o e-book do livro. Hoje trago para vocês a resenha de “Breterech, Steve” um livro onde a autora concentra a estória de um personagem que conhecemos nos dois livros da série: Cisne e Linhagens, amei a leitura e agora trago para vocês minha opinião sobre o spin-off.
Tenho medo de assistir ou ler um spin-off de uma série que amo, por que muitas vezes me decepciono, isso não aconteceu com esse livro. Na estória a autora nos traz um personagem inteligente e muitas vezes encrenqueiro. Conhecemos no livro no vida na superfície e no Império de Atlante e também sua passagem pela famosa escola de Champ-Bleux.
Me encantei principalmente pelo império de Atlante, algo que realmente só poderia ter saído da cabeça brilhante de Eleonor, já que são acontecimentos e personagens tão incríveis que é difícil você não conseguir viajar, sem tirar um momento o pé de onde você se encontra.
Considerei a leitura algo bastante simples, pois não é utilizada uma linguagem muito formal, e sim algo que todos os tipos de leitores podem entender e compreender tudo que se passa naquele mundo de Esteve. Falando em Esteve, a forma que a autora nos repassa as características físicas e de personalidade do personagem, faz me pensar o quanto a autora imaginou cada detalhe dele, sem esquecer que nós leitores desejamos isso mesmo, um livro que nos faça sentir dentro daquele momento, parte da vida do personagem, e confesso que Eleonor sempre consegue fazer isso.


site: http://saotantas.blogspot.com.br/2014/06/resenha-breterech-steve-spin-off-uma.html
comentários(0)comente



Way to Happines 23/06/2014

[Resenha] Breterech, Steve - Eleonor Hertzog (por Lígia Colares)
A Eleonor um dia entrou na internet e disse: 'pessoal, estou escrevendo um conto para complementar os livros, e apresentar um personagem que vocês ainda não tiveram a chance de se aprofundar antes'. Claro que todos ficaram ansiosos, principalmente porque essa mulher nao acabava nunca hahaha! E como ela não sabe escrever pouco (832 páginas de Cisne e 700 de Linhagens), o conto virou livro!

Steve, nos livros, é apresentado como o melhor amigo de Harmon, encantador e o maior galanteador de todos. E nesse livro percebemos que Steve não é só um galinha de primeira! E para não estragar nenhuma surpresa, só vou lhes falar isso! Acontece o seguinte, Cisne e Linhagens me conquistaram de uma forma que não posso explicar, devorei os livros como se eles tivessem poucas paginas, e quando peguei esse livro/conto na amazon, pensei que iria somente saber sobre algumas coisas...

Mas Eleonor usou seu poder maligno, e quando eu menos esperava ja tava de novo lá, envolvida com essa equipe, louca para estar junto com a unidade 1-5-0, me apaixonando por mais um personagem e sentindo falta daqueles que não puderam aparecer! E mais do que nunca, pensando, o que diabos ela ainda não nos contou?? Por que quando você tem certeza de algo (e quando eu digo certeza, é daquelas absolutas, sem nenhuma sombra de dúvidas), uma pequena informação é dada, de forma sutil, e joga um balde de água fria na sua cabeça! Não seja inocente, você não sabia de nada!

E é exatamente por isso que você pira sempre que lê essa série. Porque você precisa saber mais, para descobrir se estava certo ou nao, mesmo sabendo que vcê vai ser surpreendido das mais variadas formas! Se você não tiver coragem de ler os monstrinhos da Eleonor, eu digo pra começar por esse... Pode ficar pouca coisa perdida no início, mas a escrita fluida da Eleonor, a forma como as informações são dadas, e descobrir como somos ludibriados pelos personagens, vai te conquistar com certeza! Indico, sem sombra de dúvidas!

site: http://www.way-2happiness.com.br/2014/05/resenha-breterech-steve-eleonor-hertzog.html
comentários(0)comente



Andrea 20/03/2014

Eleonor consegue mostrar que seus personagens nunca são o que aparentam!
Steve Breterech é um dos muitos personagens da série "Uma Geração. Todas as Decisões", da autora parceira do blog Eleonor Hertzog. Nos livros principais da série, ele aparece brevemente, sempre junto de Harmon, que também fora adotado pela Dra. Breterech. Mas por trás dos dois há muito mais do que podemos imaginar.

Em Linhagens, passamos a conhecer um pouquinho mais sobre os segredos dos dois "irmãos", e isso já foi o suficiente para abrir minha curiosidade sobre os personagens! O pequeno livro, de 100 páginas, mostra um pouco do passado, presente e possível futuro de Steve, enquanto este procura uma verdadeira Pérola (uma espécie de bola de cristal que, se utilizada por alguém com habilidade, permite a leitura do passado, presente e futuro).

A leitura é ótima, li o livro rapidinho (em dois dias - e eu só não terminei em um, pois tinha que dormir para ir à aula no dia seguinte!) e adorei matar um pouco das saudades desse mundo fantástico criado pela Eleonor! Como de costume, a autora prova que todos os seus personagens tem muito mais do que aparentam - e que existem muitos segredos que ainda nem imaginamos pela frente... E, é claro, sempre com um toque de humor!

Veja a resenha no blog: http://deia-galvao.blogspot.com.br/2014/03/breterech-steve-unidade-1-5-0.html

site: http://deia-galvao.blogspot.com.br/2014/03/breterech-steve-unidade-1-5-0.html
comentários(0)comente



Maravilhosas Descobertas 08/10/2016

GUARDIÃO?, DE ELEONOR HERTZOG

"Vida e Morte
Dia e Noite
Sombra e Luz
A cada verso, seu reverso.
A cada ação, sua reação.
A cada poder... Seu preço!
Seu poder é gigantesco, meu jovem.
Por isso, você é o Guardião.
Na verdade, você é mais do que um simples guardião.
Mas... E se o preço do seu poder for a vida de quem você ama?"


Em "Guardião?" você fará uma viagem (de moto) junto com Steve, rumo à Lagoa Pintada, e durante esse passeio ele lhe contará, através de seus pensamentos, coisas realmente surpreendentes.

Steve é um jovem muito bonito que chama a atenção por onde passa. Além da beleza, ele é muito inteligente e tem um ar misterioso, que não é só um charme a mais, ele realmente tem não só um, mas muitos segredos. E durante a leitura ele vai nos revelando cada um deles.

Harmom tinha lhe cedido um dia de folga, mas ele tinha uma missão, e estava indo para Lagoa Pintada atrás de Pérolas. Será que as encontraria?


"...As Pérolas de Crialelar eram capazes de ver o passado, analisar o presente e predizer o futuro..."


Na superfície é Steve Breterech ou Breter, um jovem promissor que é filho adotivo de Mada, uma cientista brilhante.

Em Império de Atlante, ele é Steve Radamashi, um órfão criado pelos Lordes de Moolna e que por um toque do destino será escolhido para ser o Guardião de Harmom, o príncipe herdeiro de Sarad. E ele também é... bom, me desculpem mas não posso contar, estragaria a surpresa!


"Não que tivesse segredos a esconder... O problema é que ela sempre queria saber tudo sobre sua vida pessoal e, na opinião de Steve, sua vida pessoal era SUA. Aliás, naquele amontoado de mentiras, era a única coisa que ainda era realmente sua."


O Rei de Sarad havia exigido que o protetor de seu filho fosse um Guardião Não-Sarad, e assim Steve fora escolhido para ser o guardião do príncipe herdeiro Harmom. Um personagem com personalidade forte, ele é determinado, obediente, mas ao mesmo tempo frio, isso porque em Sarad todos eram assim, afinal eles eram guerreiros.O dever de Steve era proteger o príncipe de tudo e assim ele tinha nas mãos um grande poder.


"Acima da lei, tradição e costumes, eu sou o Guardião de Sarad - recitou Steve baixinho. Em todo o Império, apenas o Guardião de Sarad tinha direito àquelas palavras..."


"Guardião?" é um conto, ou melhor um spin-off que traz ao nosso conhecimento um pouquinho de tudo o que está acontecendo nessa fantástica série.

Bom se você leu "Cisne" e "Linhagens" estará descobrindo aqui algumas informações importantes sobre os personagens de ambas as histórias. E se não leu, não se preocupe porque ele te dará uma visão geral de tudo, e se prepare porque depois de lê-lo eu duvido que resista à vontade de conhecer toda a série.


"Fez uma escolha, senhor Breter. Uma escolha que mudará sua vida. Encontrará o que pensa que lhe é negado..."


Adorei o formato do título, achei muito interessante, pois reparem que ele tem uma interrogação no final. A medida em que a leitura vai acontecendo, as revelações vão aguçando cada vez mais a curiosidade do leitor, porque a cada página há uma novidade.

Você conhecerá personagens importantes, suas histórias e segredos. Envolvente, e sem sombra de dúvidas, instigador! Eleonor escreve com perfeição, e vai nos encantando e nos apresentando a esse novo mundo, essa nova aventura! Eu com toda certeza irei, e você?

Venha conhecer o Guardião e descobrir todos os seus segredos!

"Todas as decisões caberiam a uma única geração."

site: http://www.maravilhosasdescobertas.com.br/2016/06/guardiao-de-eleonor-hertzog.html
comentários(0)comente



Maria - Blog Pétalas de Liberdade 01/12/2015

Surpresas
Guardião? é um spin-off da série Uma geração. Todas as decisões. que já tem os livros Cisne e Linhagens (ambos já resenhados no blog), é possível lê-lo sem ter lido os outros livros da série, já que há no início uma introdução feita pela autora explicando o contexto em que se passa a história.

Estamos num futuro onde a situação na Terra é boa e, além dela, foi descoberto Tarilian, um outro planeta muito parecido com o nosso e com habitantes também semelhantes aos terráqueos. O que os humanos não sabem, é que no fundo do oceano, está o Império Atlante, separado da parte emersa da Terra por um forte bloqueio. No Império, a guerra é presença constante.

"Cabelos escuros, sobrancelhas tão corretas que pareciam ter recebido cuidados especializados (o último incauto a emitir essa opinião ainda estava procurando seus dentes) e, se tudo isso não bastasse, o jovem tinha um charme, uma presença, um carisma, um algo mais impossível de ignorar.
Mas Steve Breterech era muito mais do que sua aparência extremamente incomum." (página 9)

O jovem Steve Breterech, protagonista da história, vive parte do ano na Terra e parte no Império Atlante. Na superfície, ele era órfão e foi adotado pela doutora Mada Breterech e tem um irmão também adotado, Harmon. No Império Atlante, ele continua sendo um órfão que perdeu os pais por causa da guerra e é o Guardião de Harmon, uma espécie de guarda-costas do príncipe herdeiro do Palácio de Sarad. Mas o que boa parte dos atlantes (e dos leitores da série) não sabiam, é que Steve não era um órfão qualquer, nem apenas um guardião, mas uma pessoa muito mais importante do que poderiam imaginar (por isso a interrogação no título).

"Mas ele sabia que seu nome não era esse. Sabia que, na infância, seus olhos não eram furta-cores e seus cabelos não eram escuros." (página 17)

Guardião? poderia ser apenas o relato de mais um dia na vida de Steve na superfície, um dia bom, já que ele pode pegar sua moto e acelerar pelas estradas até Lagoa Pintada, para um tempo de diversão longe do mal humorado e todo certinho Harmon. Mas ele não esta indo lá para se divertir, aliás, aquele jeito despreocupado de Steve era só uma máscara para proteger sua real identidade, ele tinha uma missão na feira de Lagoa Pintada, uma missão que lhe traria descobertas surpreendentes! Afinal, estamos falando de um livro da Eleonor Hertoz, e por mais cenas relaxante e divertidas que ela escreva, sempre tem uma surpresa, uma novidade que nos faz ficar de olhos arregalados e de boca aberta, e não seria diferente com Guardião?.

Escolhi o livro para levar comigo e ler nos intervalos entre minhas provas na faculdade, algumas semanas atrás, foi uma boa escolha por ele ser curtinho e leve (diferente dos outros livros da série) e por ter uma história muito legal. Steve era um personagem que eu gostava, mas que não chamava tanto a minha atenção até então, depois de conhecer mais da sua história, fico ainda mais empolgada para saber o que acontecerá nos próximos volumes da série.

Talvez vocês já saibam que Uma geração. Todas as decisões. é minha série favorita, e Guardião? me surpreendeu, mesmo eu já sabendo da capacidade da autora. É uma leitura fluida e com uma linguagem deliciosa de se ler, uma história leve e com senso de humor, mas com partes mais tensas e sérias ao mesmo tempo, assim como Steve: alegre, brincalhão e namorador na superfície (tanto na superfície terrestre quanto na aparência dele), e determinado, sério e forte no seu interior e como um guardião de Sarad.

"- Acima da lei, tradição e costumes, eu sou o Guardião de Sarad - recitou Steve, baixinho. Acima da lei, tradição e costumes era algo único. Em todo o Império, apenas o Guardião de Sarad tinha direito àquelas palavras. Steve havia demorado a entender que, quando se tratava da segurança do Herdeiro de Sarad, o Guardião estava legalmente à margem da lei. Podia matar, esquartejar e trucidar sem dar explicações. Tinha autoridade para dar ordens a qualquer um, inclusive à Linhagem e ao Patriarca de Sarad. Ah, deus dos abismos... De onde vinha a certeza de que um dia precisaria daquela ordem?! Desejou a si mesmo boa sorte, quando o dia chegasse. Por enquanto, era melhor nem pensar naquilo." (páginas 36 e 37)

A parte visual do livro está super caprichada, um ótimo trabalho da Mundo Uno Editora. A arte da capa foi feita por um desenhista, especialmente para o livro, e tem tudo a ver com a histórias (mas acho que se fosse brilhante, seria ainda mais bonita). Os capítulos são curtos e há uma ilustração no início de cada um, que acredito que tenham sido escolhidas para representar o passado, o presente e o futuro de Steve. As páginas são amareladas, com letras, margens e espaçamento de bom tamanho.

Enfim, Guardião? é um livro que eu gostei muito e que recomendo; ele tem uma boa história se analisado separadamente, mas também acrescenta informações super interessantes ao contexto da série. Para os leitores de Uma geração. Todas as decisões., é uma oportunidade de conhecer um pouco mais e entender melhor Steve, o sisudo Harmon, Michele (uma das personagens que mais gosto) e o Império Atlante. Para quem ainda não leu nada da série ou tem algum receio por Cisne e Linhagens terem por volta de 700 páginas, o spin-off tem pouco mais de 100 (maravilhosas!) páginas e é uma ótima forma de se encantar pela bem humorada e cativante escrita da Eleonor Hertoz. Por fim, indico Guardião? para leitores de todas as idades, que gostem de fantasia, ficção científica e de histórias cheias de segredos e conspirações.

site: http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/2015/12/resenha-livro-guardiao-eleonor-hertoz.html
comentários(0)comente



Lorrane Fortunato 11/09/2016

Resenha - Guardião? / Dreams & Books
"A imagem implodiu, ferveu e derreteu, separou e fundiu, tornou-se uma e varias e todas, com sentido e sem sentido - com razão e sem razão - com loucura e sem loucura - vida e morte - dia e noite - sombra e luz - sois e estrelas e destruições e criações e serpentes e sereias e Palácios e Talismãs e muito mais que ele viu sem realmente ver, com a mente e o coração presos aos olhos fechados da irmã morta."

Resenhar um livro que não gostamos é difícil. Muito mais difícil é resenhar um livro que amamos.

Resenhar um livro de uma série que tem nosso coração é trabalho pra poucos, visto que, a cada livro lido o amor tende a aumentar e as palavras faltam.

Toda vez que eu preciso falar dessa série, meu coração transborda de amor e meu cérebro parece ser feito de números e não de letras, já que, não consigo formar frases tão coerentes quanto gostaria, apenas tento medir sem sucesso, meu amor por esses livros e essa autora.

Foto por Dreams & Books.
Instagram @DreamseBooks

Guardião? ganhou meu coração. Esse fato não me surpreeende tendo em conta que a série UGTD é uma das minhas preferidas da vida!

Sempre que leio a continuação de alguma série, me bate aquele frio na barriga e aquele medo de me decepcionar.
Não foi diferente com Guardião?, mas, não precisei de uma capítulo inteiro para descobrir que a Eleonor conseguiu mais uma vez me surpreender, encantar e aumentar o meu amor por suas obras, quando eu já achava que tinha chegado ao limite.

O que dizer sobre esse livro? Tenho tanto pra dizer ao mesmo tempo em que, penso que a única coisa que posso falar é: "leia!" e então você entenderá na pele o que é embarcar nesse universo e em suas aventuras.

"O senhor passou a servir aqueles aos quais tem o direito de dar ordens."

Guardião? como eu já disse, é um spin-off da série e ele foca em um personagem que não é tão abordado assim em Cisne e Linhagens. Confesso que eu não tinha gostado muito dele nos primeiros livros, mas, agora ao ganhar uma voz ele também ganhou um espaço no meu coração.

Além desse fato, uma das coisas mais incríveis desse livro é que você pode lê-lo antes de Cisne e Linhagens. A autora faz um resumão maravilhoso na introdução que deixa todo mundo informado. Então, caso você tenha tido vontade de embarcar nessa série, mas, teve receio de se arriscar em um livro tão grande quanto Cisne, Guardião? é a sua oportunidade de ver se você curte ou não o universo da série, seus personagens e a escrita da autora.

Falando em escrita, acredito que nem preciso dizer o quanto admiro a escrita da Eleonor, preciso? Ela escreve de uma forma incrível e que te prende a história. Mas, não de uma forma de gostar da história e dos personagens e querer ler pra saber o que acontece, mas, sim de uma maneira que você sente que é um dos personagens e quer descobrir qual rumo sua vida vai tomar nas próximas páginas.


Foto por Dreams & Books.
Instagram @dreamsebooks
Tudo em Guardião? é incrível! Os personagens são super bem trabalhados como sempre, a história é cheia de revelações e acontecimentos de parar o coração!
Essa série não cai o nível em uma página sequer e segue impressionando e angariando fãs.

Se você ainda não leu Cisne, Linhagens ou Guadião? deixo aqui meu apelo para que leia esses livros!

Embarque no barco de pesquisas Cisne no primeiro livro, viaje a Tarilian na nave mais veloz do Sistema Solar em Linhagens e conheça mais a fundo o Guardião? nesse spin-off de tirar o fôlego!

Então, o que me diz: nos vemos a bordo? :)

"A cada geração, suas decisões.
A essa geração, todas as decisões."

site: www.dreamsandbooks.com
comentários(0)comente



Cath´s 09/11/2015

Resenha Guardião?
Eleonor é uma daquelas autoras que até a lista de compras do mercado você deve querer ler e é muito empolgante dizer que ela é daqui de Porto Alegre/RS, ao meu ver, ela é uma das melhores escritoras brasileiras da atualidade.

Guardião? é um spin-off da série Uma Geração. Todas as decisões, que tem dois livros até o momento publicados: Cisne e Linhagens.

A autora faz uma introdução que serve para quem não leu Cisne e Linhagens poder acompanhar e entender Guardião?, mas não vou mentir que é bem interessante para quem acompanha a série ler este spin-off, pois trás uma leve explicação de como começou essa história de Uma Geração. Todas as decisões.

O livro mostra a história de Steve Breterech, guardião do príncipe Harmon, um sarad, mas que na verdade Steve não é somente isso, sendo ele mesmo de grande importância, mas que precisou dessa camuflagem para garantir sua vida e a de seus irmãos.

Se você não leu Cisne e Linhagens e não está entendendo o sarad ali acima eu vou simplificar uma explicação enorme e dizer que existe vários mundos sendo a Terra um deles, mas também temos mundos embaixo da água que ficam escondidos para os humanos não os encontrarem e digamos que cada local tem suas manias e os habitantes agem de maneira diferente, o que sempre causa tumulto nos livros, haha.

Mas voltando, na obra você vai acompanhar um dia na vida de Steve, no qual ele vai se lembrar de seu passado, por consequência vai descobrir muito do personagem, e também descobrir partes do seu futuro.

Imagino que Eleonor vai falar as partes mais importantes da vida de Steve na continuação da série, pois será necessário, mas o livro vale a pena ser lido. Uma característica da série é que sempre existe mais para você descobrir sobre os personagens e essa é uma ótima maneira de ir conhecendo-os.

Analisando individualmente a obra tem inicio, meio e fim, se você deseja conhecer a escrita da autora antes de investir em Cisne e Linhagens pode comprar que não vai se arrepender.

Quanto a capa tem nexo com o que a obra apresenta, embora eu não tenha entendido muito bem a nadadeira para ser sincera.

site: http://www.some-fantastic-books.com/2015/11/resenha-guardiao-de-eleonor-hertzog.html
comentários(0)comente



Marcos 13/05/2016

Guardião? é um spin-off da série Uma Geração, Todas as Decisões. O detalhe importante é que, mesmo sendo derivado da série, é possível ler Guardião? sem ter conferido os livros anteriores. Sabendo disso, vamos conferir a resenha?

Estamos no futuro. A Terra nunca esteve tão bem. O desenvolvimento tecnológico é altíssimo, a paz finalmente reina e os cientistas são mais famosos que atores e jogadores de futebol. Além disso, já sabemos que existe vida extraterrestre, no próprio sistema solar.

Contudo, apesar de esclarecida, a população terrestre ainda não sabe de tudo. Há diversas outras raças alienígenas desconhecidas; os Atlantes existem aqui mesmo na Terra, mas a humanidade não tomou conhecimento. Além disso, existem as linhagens, que são famílias que possuem poderes mentais específicos.

“(...) Steve Breterech era muito mais do que sua aparência extremamente incomum (p. 9).

Steve, nosso protagonista, é um guardião. Ele protege um herdeiro de uma dessas linhagens, garantindo a saúde e segurança do seu protegido. Contudo, Steve possui segredos enormes; seus mistérios são guardados por trás da sua beleza exuberante. Ele tem um passado obscuro; tem outro nome, outra identidade. Qual? Você precisa ler para saber.

Eleonor Hertzog traz, através desse conto expandido, o melhor da sua série principal. Por meio de uma narrativa ágil, direta e inteligente, com diálogos bem construídos, ela ganha o leitor sem qualquer dificuldade. Isso proporciona um aprofundamento para quem já leu os livros anteriores, visto que faz compreender aspectos até então ignorados, e, para quem é novo no universo, proporciona uma descoberta incrível.

Ademais, o livro se destaca por causa da construção de seu protagonista. Steve, que na série principal não me chamou a atenção, ganhou o meu respeito. Ele mostra-se aguerrido durante as dificuldades, extremamente inteligente e merecedor do lugar que hoje ocupa. Além disso, consegue cativar o leitor, seja com suas preocupações, seja com seus sucessos.

“Não gostava daquele homem. Ele sempre o fazia pensar em sangue e morte, e Steve tinha absoluta certeza de que a morte e o sangue que o Patriarca queria eram os seus” (p. 36).

Se o enredo é bom, a parte física também merece elogio. A Mundo Uno produziu uma capa bonita e com relação com a obra; a diagramação é confortável, boa e possui alguns detalhes que embelezam. Além disso, a revisão está ótima, o que deixa a leitura da obra ainda melhor.

Diante desses aspectos, resta-me indicar o livro. Se você já leu as obras anteriores, precisa conhecer esse. Caso ainda não os tenha conferido, pode ler Guardião? sem medo; tenho certeza que ele vai te conquistar.

site: http://www.desbravadordemundos.com.br/2016/05/resenha-guardiao.html
comentários(0)comente



Keth 01/07/2017

Fiquei querendo ler mais....
Resenha:
Steve se tornou Guardião após deixar seu reino e viver em Sarad.
Para seguir em frente ele teve que esquecer o seu passado, deixar para trás à sua família e olhar para frente...
Steve é treinado para proteger o príncipe Harmon, mas além disso eles mantêm uma amizade, apesar de confiar em Harmon, o Guardião não pode contar quem ele realmente é.

Harmon deseja ir para Champ-Bleux, à escola Avançada. Para isso acontecer seu Guardião também precisa passar no exame e Steve o faz. Ambos passam na prova e agora que foram aprovados devem ficar 10 anos vivendo na superfície! Para o Guardião isso não era nada bom, mas agora que aviam sido aceitos não tinham como voltar atrás.

O futuro não era exatamente o que Steve queria ver até descobrir uma parte do que estava preparado para ele... Seria possível mudar isso? O Guardião não iria desistir de mudar o que havia visto na Bola de Cristal...

Opinião:
Gente que livrinho danado de bom!
Tenho um certo preconceito com livros pequenos, sempre acho eles pequenos demais para terem um bom enrede, mas quando se trata de um livro da Eleonor fiquei pensando muito no que poderia conter em menos de 150 páginas.
Para quem não conhece os livros da autora, eles são em sua maioria (dos 4 publicados só esse é fininho) ENORMES! Quando vi essa coisinha pequena fiquei boba, quase sem acreditar que a Hertzog havia escrito um livro deste tamanho. Como sei que ela sempre me encanta em algum momento de suas histórias eu realmente apostei muito nesta obra e pela classificação vocês viram que sai bem satisfeita. Rsrs

Guardião é um livro pequeno, mas com um enredo extremamente envolvente.
Nesta obra conhecemos o Guardião e o seu passado, Steve é um personagem marcante, seus pensamentos me deixaram sem palavras, quando comecei a ler não queria parar mais. O momento que realmente me deixou assim foi quando ele viu o seu futuro em uma Bola de Cristal. Gente o cara viu quem vai se apaixonar por ele! Isso me deixou maluca! O problema não é a moça se apaixonar, mas quem ela é... Meus amores, a Eleonor deixou essa blogueira aqui roendo as unhas querendo ler logo futuro desse Guardião e descobrir o que vai acontecer realmente com esses dois.

A edição do livro é um amor! Além dessa linda capa a diagramação deixa a leitura mais prazerosa. Quem não gosta de um livro trabalhado por dentro?
A qualidade do livro também é ótima! Amo pegar livros ondem não tem erros ortográficos e nem defeito de impressão. Meu exemplar veio perfeito, fiquei muito contente.

Como está obra é um spin-off de "Uma Geração. Todas as Decisões." irei deixar os link das minhas resenhas dos dois primeiros livros da série para vocês entenderem melhor.

site: https://parbataibooks.blogspot.com.br/2017/05/resenha-guardiao.html
comentários(0)comente



Marina 08/12/2015

"O senhor passou a servir aqueles aos quais tem o direito de dar ordens"
Guardião? é um spin-off da série Uma geração, todas as decisões, escrita pela autora Eleonor Hertzog. O livro nos conta detalhes sobre Steve Breterech, garoto bonito e namorador que é guardião do Príncipe Herdeiro do Império Atlante, o rabugento e certinho Harmon. O dever de um guardião é proteger seu Príncipe de qualquer perigo, e isso significa ser o melhor guerreiro do império, além de acompanhar o Príncipe para onde quer que ele fosse. É claro que esse papel é muito bem desempenhado por Steve, o Guardião de Harmon. Ou pelo menos é o que a gente pensa, Guardião? vem para desconstruir essa história.

Para quem não conhece, Uma geração, todas as decisões é uma série de livros escrita pela autora brasileira Eleonor Hertzog, e teve o primeiro livro publicado em 2012. Os livros contam a história da família Melbourne, a bordo do barco Cisne, que dá título ao primeiro livro, e um grande mistério envolvendo a Escola Avançada de Champ-Bleux, uma escola de ciência superficiana (existem outros mundos além do nosso) cujos critérios para seleção são completamente desconhecidos.

Guardião? é um spin-off, e aparentemente é um livro para ser lido depois de Cisne e Linhagens, mas não é preciso ser assim, Guardião? é um ótimo livro para começar a leitura da série. Não tem spoiler dos outros dois já publicados, dá uma boa noção de como é a escrita da autora, te introduz ao universo da série e de quebra é bem curtinho, diferente de Cisne e Linhagens que possuem quase mil páginas cada. Para quem quer ler os livros, mas tem receio por causa do tamanho, recomendo começar a leitura por Guardião?.

Comecei a ler ele num dia, fiz uma longa pausa para estudar pras provas, voltei e terminei a leitura numa noite só. Deu uma baita vontade de ler Linhagens e Cisne de novo, e eu tive momentos em que peguei os dois monstrinhos pra folear um pouco. Que saudade dessa história! Amei conhecer mais sobre Steve, Harmon e até mesmo de Michelle, que aparece bastante em Linhagens, mas ainda não sabia muito sobre ela. Sou suspeita para falar dos personagens da série, porque amo cada um deles, até os mais emburrados e mais humorados. Senti falta do Henry, mas adorei o Steve, que é uma gracinha. Nos outros livros não tinha dado tanta atenção a ele, mas passei a vê-lo com outros olhos depois de Guardião?. Por um momento confundi o Harmon com o Anton, o alienígena fofo de Linhagens que eu tinha gostado, e quase tive um ataque cardíaco quando pensei que meu alienígena era um pé no saco. Aí corri pra Linhagens e gastei um bom tempo procurando uma cena com o Anton, até que eu percebi que eram pessoas diferentes (tinha esquecido o nome dele). Apesar do Harmon ser realmente um pé no saco, achei ele engraçado exatamente por isso, e acredito que ele tem um coração bom debaixo de toda aquela formalidade. Isso sempre acontece com os personagens da Eleonor: por mais insuportáveis que sejam, você não consegue deixar de simpatizar com eles!

Guardião? é tão curtinho! Quando chegou na minha casa pensei que era só o primeiro capítulo, mas era realmente o livro todo. Mesmo ainda assim foi uma leitura gostosa, me deixou novamente ansiosa pelas continuações e me dei um baita susto com o rumo que a história tomou! Adoro o jeito leve e bem humorado da Eleonor escrever, mas não aguento os sustos que ela dá em nós, leitores. Como se não bastasse o final de Linhagens, Guardião? também tem uma reviravolta que te deixa com o coração quase saindo do peito. Só espero que os personagens fiquem bem, não ia aguentar se ela começasse a parecer com George R. R. Martin não só no tamanho dos livros, mas com o destino dos personagens também.

Uma Geração, Todas as Decisões é extremamente envolvente, com uma história rica, bem construída, com personagens fortes e cativantes, escrita fluída e detalhes que se encaixam perfeitamente na lógica da história. O tipo de história que mesmo depois de ler você fica com ela na cabeça, revivendo as cenas, os detalhes, pensando nos personagens... Uma "história-chiclete", que gruda de uma forma maravilhosa no seu coração, todo fã de fantasia deveria ler.


site: http://www.31demarco.com/
comentários(0)comente



"Ana Paula" 18/09/2017

Depois de ler Herdeira?, também um spin-off da série Uma Geração. Todas as Decisões, fiquei muito curiosa para ler Guardião?, ainda mais depois de saber que o personagem central deste conto é irmão da Kate.
Neste livro, vamos conhecer Steve Breterech, o guardião do príncipe de Sarad. Sarad é uma Linhagem de guerreiros e Steve está lá para proteger o príncipe, já que lhe foi dada duas escolhas: uma missão difícil ou uma fácil. Para facilitar a vida de seu irmão, Steve ficou com a difícil e agora, depois de muito treinamento, é um Guardião respeitado, corajoso e valente.

"Steve havia matado mais renegados do que podia lembrar. Se pudesse, exterminaria cada renegado do Império com as próprias mãos. Eles tinham matado seus pais. Tinham destruído sua família."

Vamos passar um dia com Steve e suas descobertas. Vamos saber sua versão da história e o que o espera em um futuro próximo. Também vamos ter contato com outra Pérola de Crialelar, esta verde e de igual valor para a Linhagem de Relana.

Partindo dessa premissa, mais uma vez me surpreendo com um livro da autora. Eleonor criou um personagem forte, destemido e apaixonante! Steve e Kate tem muito em comum e não vejo a hora de esse encontro acontecer (ou não!).
Sem focar em romances que não precisam acontecer para tornar um livro maravilhoso, Eleonor vai, aos poucos, dessecando os personagens e nos mostrando que nada é o que parece. Steve terá muita coisa a enfrentar pela frente. O futuro da Terra está nas mãos dessa geração. O que podemos esperar?

Estou muito entusiasmada para começar a ler Cisne (primeiro livro da série) depois que li os contos. Quero muito conhecer os demais personagens e embarcar nessa viagem fantástica e sobrenatural.
A escrita da autora é leve e sucinta e, mesmo não conhecendo o enredo principal, consegui me conectar com os personagens dos contos com facilidade.
A narrativa em terceira pessoa também ajuda o leitor a se situar no enredo e nos dá ampla visão dos acontecimentos. Como em Herdeira? Fiquei bem curiosa com o final e aguardo, ansiosamente, o próximo conto que, espero, falará sobre o terceiro irmão da Linhagem de Relana.

"Silencioso, o guardião fechou os olhos.
O tempo estava esgotado. Naquela geração, a Terra se tornaria o caos.
Como aquele mundo sobreviveria, quanto sobreviveria. se sobreviveria... Todas as decisões caberiam a uma única geração."

Do mais, só posso indicar. A edição está maravilhosa, possui imagens em preto e branco no início dos capítulos, boa diagramação e uma capa que chama a atenção de longe! Linda demais!
Espero que o livro encante e fascine vocês como fez comigo. Por ser um livro pequeno, a leitura flui rápida e o leitor chegará ao final em poucas horas.

site: http://www.lendoeesmaltando.com/
comentários(0)comente



Geeh 03/02/2016

Eu gostaria de iniciar a resenha de hoje com um apelo, se possível:
Eleonor, minha querida, por favor, continua contando a historia do Steve??? Por favorzinho? Eu nunca te pedi nadinha!!
Passado o momento constrangedor do meu ataque de fangirl, vamos para a resenha.
Assim, como eu já expliquei, Guardião? É um spin-off da serie “Uma geração. Todas as decisões”, mas pode ser lido de forma independente, já que a autora faz uma breve introdução no inicio do livro, situando os desavisados. Já eu acredito ser imprescindível a leitura, nem que seja apenas do primeiro volume, Cisne, para aproveitar melhor a trama apresentada, afinal vamos ter diversas menções e termos que só que esta por dentro da historia vai conseguir saber e entender do que se trata. E é exatamente por isso que essa resenha se tornou um pouco complicada para a resenhista que vos fala, afinal eu não devo, e nem quero, dar spoilers que podem estragar a leitura do pessoal que ainda não conhece a serie, mas também não vou poder deixar de falar sobre alguns pontos necessários. Então, aqui vai meu conselho: Clique lá em cima nos links e leia as resenhas já publicadas aqui no blog de “Cisne” e “Linhagens”.
Steve Breterech é um dos muitos personagens citados nos livros da serie “Uma geração. Todas as Decisões”. Ele é brevemente citado algumas vezes, então acaba passando despercebido pelo leitor que esta focado na trama principal. Mas, mal sabemos o que estamos perdendo e que tamanha trama esta se desenvolvendo paralelamente.
Para todos os terráqueos, Steve e Harmon são os filhos adotivos da Dra. Breterech, uma renomada cientista. Mas, a verdade é que Harmon é o príncipe de Sarad e Steve é seu guardião designado. Mas, escondido a sete chaves, existe a verdadeira historia de Steve, que na realidade também é um príncipe, mas de uma linhagem ameaçada por uma guerra que esta fora de controle. Os pais de Steve foram brutalmente assassinados e para preservar a vida do príncipe herdeiro, ele foi obrigado a trocar de identidade e traçar um novo destino, até que a hora de assumir o que é seu por direito. E agora ele esta ligado a Harmon, um príncipe mau humorado, e ambos acabam de ser aceitos para ingressar na renomada escola Champ-Bleux.

"A imagem implodiu, ferveu e derreteu, separou e fundiu, tornou-se uma e varias e todas, com sentido e sem sentido - com razão e sem razão - com loucura e sem loucura - vida e morte - dia e noite - sombra e luz - sois e estrelas e destruições e criações e serpentes e sereias e Palácios e Talismãs e muito mais que Steve viu sem realmente ver, com a mente e o coração presos aos olhos fechados da irmã morta."

Durante a leitura de O Guardião? Nós vamos conhecer melhor Steve e nos aprofundar em seu passado e também conhecer um pouco de como vai ser esse novo futuro na terra para a conclusão no curso de dez anos na Escola Champ-Bleux junto com Harmon.
Gente, o livro é curtíssimo, então não posso falar demais, mas assim, é um livro indispensável, principalmente para quem acompanha a serie.
Mas, para quem não conhece a serie e ficou um pouco confuso com os termos que usei, só aviso que Eleonor Hertzog é uma das pessoas mais criativas que conheço, ela não se contentou em apenas desenvolver uma trama com plano de fundo o nosso planeta terra, ela também criou Tarilian, um planeta alienígena localizado atrás do sol e também um reino submerso. Os Sarads que eu citei na resenha, fazem parte do mundo aquático.
Eu acredito que Steve e Harmon vão ter uma participação maior no próximo livro da serie, afinal a autora esta nos deixando super curiosos com esse spin-off. Mas, eu realmente gostaria de um spin-off do spin-off!! É pedir muito? HAHAHA Eu amei o Steve, ele é um personagem denso, com uma bagagem emocional bastante grande.Gostaria muito de ver em primeira mão onde tudo isso vai dar.
Enfim, a Eleonor é uma pessoa muito inteligente e a trama criada reflete isso, afinal sempre existe mais em “Uma geração. Todas as decisões”. Sempre que você imagina que nada mais pode dar errado (ou certo, depende do ponto de vista): BÃÃN!! Uma nova bomba é jogada no colo do leitor, sem dó nem piedade.
Sobre o livro físico, ele é muito bem elaborado, as divisões de capítulos são ornamentadas com desenhos de motoqueiros, o que faz muito sentido, assim como o designer de capa, que reflete duas versões de nosso (lindo) protagonista. Sobre revisão e diagramação, nem preciso falar, são impecáveis, assim como todos os livros da autora.


site: http://livrosdeelite.blogspot.com.br/2015/11/novembro-nacional-resenha-guardiao.html#.VrKrkdIrLDc
comentários(0)comente



18 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2