The Hunger Games

The Hunger Games Suzanne Collins




Resenhas - The Hunger Games


114 encontrados | exibindo 76 a 91
1 | 2 | 3 | 4 | 6 | 7 | 8


Sabs 11/04/2013

My first book...
O primeiro livro em inglês que eu consigo ler inteiro. Demorei? Demorei muito, mas curti cada página lida, e espero continuar gostando da trilogia. Em breve lerei " Catching Fire".
comentários(0)comente



Ezequias 20/03/2013

Achava que ia ser mais um livro bobinho, sendo cópia do manga Battle Royale, na onde dos sucessos adolescentes atuais, mas não é. Aqui há matança e ela vem com peso, não é gratuita.

Há um cunho político no espetáculo cruel a qual são submetidos os jovens tributos. Aqui não se limita simplesmente a colocar os jovens numa arena da qual apenas um sai vivo, tudo é transformado num show revoltante, visto por toda a população dos 12 distritos "revoltados" como forma de humilhação e submissão à capital.

Contudo, apesar de haver uma mitologia e cenário bastante sólidos (ficamos querendo saber mais sobre Panen, uma distopia futurista onde ocorre a trama), acima de tudo ficamos afeiçoados com a protagonista, que possui uma personalidade de verdade e não se dá a ser uma simples vítima, é uma mulher forte, apesar de ser bastante humana, a narrativa em primeira pessoa ajuda muito neste sentido.

Assim, com estes elementos, o livro me fisgou com uma velocidade muito grande. Recomendo!
comentários(0)comente



Ana 13/10/2012

Resenha "The Hunger Games" - Garotas Literais
Seguindo Ao ritmo básico de toda a resenha vou contar um pouco da história para vocês: Katniss Everdeen é uma garota de 16 anos que vive no Distrito 12 de um continente chamado Panem. É uma sociedade distópica, então se passa num futuro um pouco distante num lugar antes conhecido como América do Norte. Nesse continente existem 12 distritos e uma sede, a Capital(que em ingles é dado Capitol). Há uns tempos antes de Katniss houve uma guerra, dos 13 distritos contra a Capital, no qual o 13º distrito acabou sendo destruído e como punição surgiram-se Os Jogos Vorazes - no qual uma garota e um garoto são sorteados(de cada distrito), para que todos lutem entre si e se matem, tendo apenas um vencedor dos 24 iniciais. É um resumo bem básico do livro, mas que, se você não leu livro e nem viu o filme, pode ser capaz de entender a base de tudo.
Começando definitivamente a resenha, posso dizer que é um livro bem interessante e criativo, a ideia de Suzanne Collins abriu as portas para muitos livros distópicos que antes não tinham tanto espaço no mundo dos livros e com isso, por mais que não seja a primeira nem única, abriu portas à esse mundo, assim como Stephanie Meyer(há alguns anos atrás) a um universo novo de vampiros*.
O livro é muito bom, mas não é tão animado. A ideia é ótima, o mundo distópico é bem real, mostrando uma boa parte da "necessidade de mostrar o poder" do ser humano e entre outras coisas que atualmente são muito comuns (base de um livro distópico é isso, mostrar uma sociedade futurista que tem muitos problemas atuais).
Além disso, não tem um romance muito meloso, já que todo o romance é feito por causa da sobrevivencia (pelo menos é isso que se tem impressão nesse livro). Entretanto, apesar de não ter um romance muito real (a ideia é deixar os leitores na dúvida mesmo!), também não é muito pesado(pesado que eu digo é que não é uma história super violenta, é feita pra abrir os nossos olhos de alguma forma).
As pessoas são cruéis sim nesse livro, mas isso também não é mostrado da pior forma do ser humano, o que pra mim nesse caso foi um ponto positivo, já que Katniss tem 16 anos, combinando com a faixa etária dos leitores (como eu!) e não deixando a narrativa tão... triste, por mais que seja uma realidade muito presente.
A narrativa é excelente, flui muito bem e bem rápido, até mesmo pra mim que leu em ingles (da metade do livro até o final, mas mesmo assim haha). Katniss é uma personagem muito bem construída e não é uma donzela em perigo. Gosto dos outros personagens, mas fico com medo de confiar em alguns e no final acabar me decepcionando (já que em muitos livros a coisa funciona assim ultimamente...).
É uma leitura recomendada, não dou 5 estrelas porque apesar de o livro ser muito bom, algumas partes são meio paradas (me senti como em FEIOS, que o livro tem partes emocionantes e boas, mas têm que pra mim são dadas como desnecessárias), como o cotidiano de Katniss (que apesar de ajudar a aprofundar a trama, deixa o livro um pouco mais lento). Então, leiam, com certeza não irão se arrepender! Até porque falam que a continuação (Catching Fire/Em Chamas) é muito mais animada.

Leia o Post Completo em: http://garotasliterais.blogspot.com.br/2012/10/e-de-um-livro-no-qual-muita-gente-ja.html
comentários(0)comente



Daniela 05/10/2012

Quando lançaram o filme do Jogos Vorazes e fui ver, gostei bastante, mais numa havia me interessado em ler os livros.

Para melhorar minha leitura em inglês eu resolvir ler o primeiro livro " the Hunger Games" e me surpreendi. O livro é emocionante, encantador e terrível.

A história se passa no futuro em um país chamado Panem, onde a maior parte da população que vivem nos distritos morre de fome e uma vez por ano tem o nome dos seus filhos de 12 aos 18 anos sorteado para se tornar tributos na arena dos Jogos Vorazes.

Katniss Everdeen, a personagem principal e se voluntaria para o jogos no lugar da irmã de 12 anos.

Eu estou completamente apaixonada pela personagem de Katniss, ela é forte, corajosa e justa, me emocionei durante o livro varias vezes enquanto ela corria para proteger a irmã, depois Rue e por fim Peeta.
Com certeza ela se tornou uma das minhas personagem preferidas de toda a literatura.
comentários(0)comente



Thaís 28/09/2012

O que falar do livro??? Sensacional, realmente merece o titulo de um dos melhores livros do ano. São tantas coisas para pensar ao terminar a leitura do livro que eu nem sei por onde começar. São tantas informações e tantas coisas para aplicar no dia a dia.

Katniss é uma jovem garota, forte e independente, ela passa a maior parte dos dias caçando (escondido) com seu amigo Gale. É difícil sustentar a família quando o seu pai não esta mais lá, e Katniss assume o papel de o “homem da casa”. Ela é determinada e coloca a família acima de tudo, principalmente a irmã mais nova Prim, por isso quando Prim é escolhida para participar dos Jogos Vorazes ela não excita em tomar o lugar dela, afinal de contas ela é muito mais preparada para a brutalidade do jogo.

E vamos falar do Jogo, realmente um reality show levado ao extremo, câmeras para todos os lados, armações, combinações e tudo que a tv tem a oferecer. No livro vemos como um reality show pode ser levado ao extremo da vida e acabamos por pensar se um dia a televisão que conhecemos pode chegar a este ponto. Tudo é feito para ser televisionado e impressionar, assustar e oprimir a todos que assistem.

Assim que Katniss chega a Capitol ela se vê em volta do glamour que os tributos (ou os escolhidos, jogadores…) tem. Antes de os jogos começarem eles tem tudo que jamais estiveram na vida, mas sabem que logo não terão nada disso. O pré-jogo é tão emocionante quanto o jogo. Afinal de contas, quem disse que um jogo não pode ser jogado??

A maneira como Katniss entende este jogo é incrível, e quando ele realmente começa é impressionante. É brutal, a autora em nenhum momento teve medo de que o grande derramamento se sangue assustasse os leitores. A violência e mortes fazem parte da história, muitas vezes tristes, mas necessárias. Katniss é inteligente e sabe usar tudo que esta a sua disposição ao seu favor, nada escapa a ela. E sim ela definitivamente sabe jogar.

E Peeta? Peeta e o menino do mesmo distrito de Katniss escolhido para ir ao jogo. Apesar de parecer frágil e inseguro ele consegui mostrar que não esta ali para brincar, e junto com Katniss, mostram a todos como realmente se pode jogar.

A personagem Katniss é muito bem construida, madura e todas a suas ações são justificadas. Ela é muito racional, mas quando se trata de sua irmã ela a coloca a frente de todas. A familia sempre em primeiro lugar. Varias ações e pensamentos de Katniss são justificadas por passagens anteriores de sua vida o que é muito bom para entender a personagem.

Ao fim do livro, ele deixa você pensando milhares de coisas. Pode um reality show ser levado ao extremo da brutalidade? Em um país onde todos os desejos são oprimidos e o governo é autoritário toda e qualquer forma de força pode ser considerada uma forma de rebelião contra a forma de governo.
Mais em: http://obsessaoliteraria.blogspot.com.br
comentários(0)comente



Andrea 19/09/2012

Eu demorei um pouco para me interessar pelo livro, e confesso que só fiquei animada com o filme depois de ler algumas resenhas. Logo que fui ao cinema conferir, fiquei com vontade de comprar a trilogia! Assim como Feios, a história se passa em um futuro distante e apocalíptico. A América do Norte se transformou em Panem, e é governada com garras de ferro pela Capital.

Para mostrar seu poder, o governo criou os "Jogos Vorazes", no qual uma vez por ano dois tributos de cada um dos 12 distritos de Panem são chamados para participar. Os jogos, que são transmitidos ao vivo pela televisão, tem como vencedor aquele que restar vivo - e somente um dos 24 escolhidos pode sobreviver.

A protagonista aqui é Katniss, uma menina que vive na região mais pobre do distrito 12. Para sobreviver ela e seu melhor amigo Gale têm que caçar na floresta - uma região proibida. Conhecemos, então, a garota sendo forte e extremamente ligada à sua irmã, fazendo de tudo para que ela tenha uma vida melhor que a dela.

Katniss se voluntaria para participar dessa edição dos jogos, após sua irmã ter sido chamada. Peeta, o filho do padeiro do distrito, é convocado para participar. Nas entrevistas, antes de entrar na Arena, Peeta declara ser apaixonado por Katniss. E isso é essencial para o desenrolar dos jogos e da história.

O livro é muito bom, a narrativa é super coerente e a história é muito bem construída. Não dá para parar de ler! Recomendo para todos aqueles que gostam de ler. E, para aqueles que não gostam, vejam o filme - faltam alguns detalhes, mas é muito bom também!

O livro é muito parecido com "A Longa Marcha" , de Stephen King. Mesmo assim, ele fez uma crítica positiva sobre "Jogos Vorazes" - e não tinha como ser diferente!

Leia mais em: http://deia-galvao.blogspot.com/
Sharon 22/04/2014minha estante
Eu só vi o filme e realmente, achei MUITO parecido com "A Longa Marcha". Inclusive parece inspirado nele, não é?




Larissa Prado 18/09/2012

The Hunger Games
Ótimo livro!!! Não conseguia parar de ler!!!!
comentários(0)comente



Marina 05/09/2012

Terminei de ler Hunger Games ontem, e confesso que o comecei a ler motivada pelo filme (que por sinal foi uma adaptação realmente ao nivel do livro, e surpreendentemente, um completa o outro). A história é contada em primeira pessoa pela protagonista, Katniss Everdeen. A personagem conquista o leitor pela sua força, determinação, objetividade e inteligência. Eu particularmente adorei acompanhar Katniss criando suas estratégias de sobrevivência, de quando atacar, quando se defender, o que fazer com os ferimentos, entre tantas outras situações que eu espero nunca ter que passar, a não ser que alguém como ela estivesse lá pra me orientar! A construção da personagem feita pela autora Suzanne Collins nos ajuda a entender a personalidade da nossa heroína, ao contar a sua história de vida. Hunger Games se destaca entre outras séries para jovens adultos, ao evitar o sobrenatural e explorar a crítica social, fazendo uma alegoria da nossa realidade. Alguns temas muito interessantes que são tratados de forma acessível, estimulando o raciocínio do leitor, são por exemplo o domínio das massas através do entretenimento da televisão (pelo envolvimento dos alienados habitantes da Capital com os jogos, e todo marketing envolvido) e a ditadura mantendo a população sob controle através do medo (pela seleção anual dos tributos de cada distrito para morrerem nos jogos, pela ausência de liberdade das pessoas dos distritos, que não podem criticar a Capital, pela pobreza extrema..).
Recomendo a leitura, e já quero ler o Segundo volume, Catching Fire!
comentários(0)comente



Markera 13/08/2012

????
Como é que um livro desses recebe tantas críticas positivas? Muito chato. Mais um desses Crepúsculos, imagino.
Markera 13/08/2012minha estante
Em duas horas de resenha já apareceu um louco me xingando porque não gostei desse livro. Alto nível de leitor.




Vincent Law 11/08/2012

Eu não entendo... Só entendo quando termino de ler apenas umas cinco páginas, e tento ajudar Katniss Everdeen encontrar alguma solução para ela, mas é tanto risco que a coloco, que deixo ela mesma fazer o seu ardiloso trabalho dentro da sua cabeça mesmo XD.

Esse livro, o que posso dizer, é fantástico!

Se alguém acha clichê, acho que eu ficaria entretido e animado por todo santo dia, sem ao menos notar essa pequena vergonha escondida dentro de mim para esse livro.

Eu recomendo este livro para quem quer encontrar prazer na solidão, na dúvida, nas variadas esperanças e para aqueles que estão na procura do significado da morte. Ou seja, na vida, um sentimento de inter-relação com o mundo, e a si mesmos.

Só isso que tinha que dizer.
Luz 12/08/2012minha estante
... Significado da morte tem tudo a ver com essa estória, que não li o livro, mas vi o filme e sei que foi uma adaptação muito bem feita. Jogos Vorazes mostra bem clarmente como muitas vezes precisamos pegar a vida à unha e termos muitas flechas no alforje para atingirmos nossos alvos.


A menina que ama livros 04/06/2020minha estante
Qual diferença da trilogia?




Andressa 08/08/2012

THE HUNGER GAMES
The Hunger Games, uma das séries que eu amo, conta a história de uma garota de dezesseis anos que vive em um mundo pós-apocalíptico, em um país distópico chamado Panem - localizado onde estaria a América do Norte. O país é dominado por uma metrópole tecnologicamente avançada chamada Capitol, que realiza anualmente os Jogos Vorazes, nos quais um garoto e uma garota, entre doze e dezoito anos, de cada um dos doze distritos do país são selecionados através de sorteio para participar de uma batalha televisionada em uma arena da qual apenas um deles deve sair vitorioso e sobreviver. A trama se desenrola no decorrer da estadia de Katniss Everdeen no 74° Hanger Game, que, para proteger sua irmã menor, se torna voluntária no perigoso jogo que o Capitol criou com o objetivo de manter a paz e a organização nos distritos, afastando-os de possíveis rebeliões usando o medo da população contra elas mesmas; junto com seu colega de distrito Peeta Mellark, e o desenvolver de um confuso triângulo amoroso envolvendo também seu companheiro de caça Gale Hawthorne que fora deixado para trás devido aos Games.
comentários(0)comente



ericanna 29/07/2012

Devorei o livro em menos de 3 dias! Impossível de largar! Katniss é uma das personagens mais apaixonantes da literatura contemporânea, sem dúvida, e, por seu intermédio, podemos nos sentir cara a cara com os terrores e as doçuras inesperadas dos jogos vorazes.
Uma obra que entretém, revolta a apaixona. Uma aula de política também. Fantástico!
comentários(0)comente



Pedro 17/06/2012

I really want to read
I really want to read this book on its official language, the translation of this book for my language sucks!
comentários(0)comente



114 encontrados | exibindo 76 a 91
1 | 2 | 3 | 4 | 6 | 7 | 8