Adultério

Adultério Paulo Coelho




Resenhas - Adultério


81 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6


Alexandre.Tardin 12/01/2019

“Adultério” (Paulo Coelho)
Nessa obra que é a 27ªde sua carreira, Paulo Coelho se inspirou em relatos de internautas, e a ideia do livro surgiu de uma reflexão do autor sobre a depressão. Partindo desse ponto ele resolveu perguntar nas redes sociais para os seus milhares de seguidores, o que as pessoas achavam sobre isso. O resultado foi que a depressão estava ligada na maioria das vezes ao adultério ou a uma decepção amorosa (90% das pessoas entre mais de mil disseram isso). Depois disso decidiu investigar de forma anônima em fóruns de internet, pessoas que passaram por essa situação envolvendo a traição.

Para escrever o livro, Paulo Coelho condensou esses depoimentos, até chegar aos relatos de quatro pessoas, usando como tema central o adultério. Embora não seja uma história de uma pessoa só, o autor focou mais em uma delas. Para agir dessa forma Paulo Coelho contou para essa pessoa que estava escrevendo um livro, e a mesma disse que não se incomodaria de ter o nome divulgado. Mas o autor acabou resolvendo fazer algo mais abrangente. Obs.: Inicialmente o autor ia fazer apenas um post em um blog com os resultados dessa pesquisa, mas o material que compilou foi ficando cada vez mais rico, que o post terminou se transformando em um livro.

“Adultério” gira em torno de Linda, uma jornalista suíça que atravessa uma crise existencial, tendo uma vida entediante e rotineira. Sua vida aparentemente é perfeita, pois está casada há dez anos com um homem bem-sucedido profissionalmente, com quem teve dois filhos; e residem na Suíça que é um país seguro e que possui uma alta qualidade de vida. Mesmo assim ela entra em um processo depressivo, e começa a questionar tudo que a cerca. Durante esses questionamentos ela acaba se envolvendo com um ex-namorado de sua adolescência, Jacob, que atualmente é um político renomado, após ter ido entrevista-lo para o jornal em que trabalha. Dentro desse contexto a paixão e o amor são confrontados, fazendo Linda refletir sobre o que é necessário fazer para reconquistar sua felicidade pela vida.

Durante essa busca por respostas, Linda procura a ajuda de uma amiga que sofre de depressão; recorre a terapeutas tradicionais; e até mesmo procura um xamã cubano, que ela se aproximou com a desculpa de entrevistá-lo para o jornal que trabalha. Desse último encontro, extrai alguns trechos da fala desse xamã, que ele diz exatamente o problema que Linda possui, e foi quem mais conseguiu ajudá-la:
“— Seu problema é com a noite – diz ele. [...] – A noite, simplesmente por ser noite, é capaz de reviver em nós os pavores da infância, o medo da solidão, o terror do desconhecido. Entretanto, se conseguimos vencer esses fantasmas, venceremos com facilidade os que aparecem durante o dia. Se não temos medo das trevas, é porque somos parceiros da luz. [...]. Vejo em você muitas trevas, mas também muita luz. E, nesse caso, tenho certeza de que, no fim, a luz vencerá. [...] A noite, com todos os seus sortilégios, também é um caminho para a iluminação”.

É interessante também como Paulo Coelho descreve através de Linda, o país onde a história é contada, ou seja, a Suíça. Diversas particularidades desse país e dos seus habitantes são abordadas no decorrer da obra, e como o autor reside em Genebra desde 2006, isso foi algo feito com propriedade (Genebra no livro é onde Linda reside com sua família).

Também me agradou as citações de dois clássicos da literatura: “Frankenstein” de Mary Sheley e “O Médico e o Monstro” de Robert Louis Stevenson. Linda teceu comparações dessas duas obras em relação ao que estava vivendo, ao ter que enfrentar diversos monstros interiores.

Porém algo me incomodou muito na personagem de Linda, e por incrível que pareça não foi o adultério. Em relação à traição, Linda pode até ser vista de forma enviesada por muitos leitores, pois ela age de maneira considerada imoral dentro da sociedade, mas o que me fez ficar com um sentimento de repugnância não foi isso, e sim a sua atitude covarde em um episódio contado por ela quando era mais jovem. Na ocasião um namorado dela pediu que tomasse conta do seu poodle. Ela detestava aquele cachorro pois tinha que dividir com ele a atenção do homem que amava, e ela queria todo o seu amor. Nesse dia resolveu se vingar daquele animal. Começou a agredi-lo de uma maneira que não deixasse marca, espetando-o com um alfinete cravado na ponta de um cabo de vassoura. O cachorro gemia, latia, mas ela não parou até se cansar. Quando seu namorado chegou, a abraçou e beijou como sempre. Agradeceu por ter cuidado de seu poodle. Fizeram amor e a vida continuou como antes. Cachorros não falam.

Mas a grande lição desse livro foi sobre o nosso objetivo no mundo, que se resume a aprender a amar. Por isso concluo essa resenha com uma frase de Paulo Coelho:
“— O maior objetivo da vida é amar e ser amado. O resto são detalhes”.







comentários(0)comente



Gabriell 07/01/2019

Vou ser breve: O núcleo é o mesmo de Veronika Decide Morrer, uma mulher entediada com sua vida perfeita que resolve dar fim a esse tédio.
Eu esperava algo diferente, mas me senti lendo uma versão de Veronika cometendo adultério em vez de suicídio.
E, só eu que acho a narrativa do Paulo um pouco "complicada"?
comentários(0)comente



simone 19/12/2018

até que ponto podemos nos considerar felizes? ter uma carreira de sucesso ou um casamento de anos te faz uma pessoa feliz e realizada? Lidia começou a se questionar sobre isso, depois de tanto tempo tudo que fazia parecia meio que feito no automatico, meio que por costume, ate que passou a não dormir, o que estaria acontecendo? não tinha tudo que alguém pode querer?
comentários(0)comente



Deise Baz 30/11/2018

Paulo Coelho - Adultério
Palavras de fã:

Um livro comum, enredo legal, entretanto pouco explorado.

Paulo Coelho conseguiu passar 95% do livro numa introdução sem fim. Não é uma obra que faz jus ao autor. A ideia é muito boa, mas não é bem trabalhada e promove pouquíssimas reflexões, exceto por duas únicas páginas bem perto do fim da história que te faz mergulhar em um universo de questionamentos, porém são apenas duas páginas, então, não valem o livro.
comentários(0)comente



Dani de Casa 20/09/2018

Adultério
Vou começar dizendo que não é o tipo de leitura que eu gosto.
Quem me conhece sabe que abomino traição, além do livro já abordar esse tema na capa, ele tem partes bem "adultas", não indicada para menores... Rsrsrs
O livro em si não é ruim, pra quem gosta desse tipo de leitura eu diria até que é um livro bom. Mas eu fiquei angustiada de ler esse tipo de escrita e sinceramente não via a hora de acabar ?.
Enfim, Linda é uma mulher de 31 anos, casada, com filhos e um ótimo emprego estável em um Jornal, seu marido é um dos homens mais ricos da Suíça, apaixonado pela sua esposa, levam uma vida perfeita.
Porém Linda começa a se questionar se seria capaz de enfrentar o mundo sozinha caso seu marido morresse e se ela morresse quem cuidaria de seus filhos, a medida que respondia suas dúvidas mais perguntas surgiam, no seu relacionamento não haviam brigas por ciúmes e ela achava ótimo, mas achava que era falta de amor e quando todos iam dormir sua vida perfeita desaparecia e os monstros da sua mente lhe assombravam.
Até que reencontra um ex namorado da adolescência, Jacob, agora um político bem sucedido, também casado com uma professora de Filosofia, em uma entrevista com ele, ela acaba despertando dentro dela algo que havia muito tempo ela não sentia:paixão, a partir daí a história entre os dois começa a acontecer, eles tem alguns encontros e o restante seria spoiler, então vou deixar que leiam para saber esse desfecho.
Nos últimos capítulos Paulo Coelho passa um grande ensinamento sobre o amor que nos faz refletir sobre o que realmente vale a pena.
Enfim... Pra quem gosta desse tipo de leitura é um livro que vale a pena, eu passo... Rsrsrs ??
comentários(0)comente



Nanda Lopes 01/08/2017

Adultério é conceituado pela infidelidade, seja com outra pessoa, ou praticada com a essência e natureza do próprio ser.
A leitura desperta a vivencia do pensamento, imaginação e experiência vivida por meio da observação dos acontecimentos com os personagens.
Ler é uma linda forma de voar... aproveite o voo com Paulo Coelho e a sua heroína dessa obra “Linda”.
comentários(0)comente



Marcelappg 17/05/2017

Por que não deve ser lido
Embora muitas pessoas ao verem o título deste livro em rápidos pensamentos, esperam uma deliciosa história de traição e o porquê. Primeiro, por que não deve ser lido, quem espera mais uma história de amor proibido. O livro não sobre adultério em si, mas muitas outras coisas. Como a possível depressão da personagem principal, a falta de sentido sobre sua vida, a relação entre as pessoas. É como se fosse um livro de autoajuda, porém é muito mais. Linda é como muitas pessoas no mundo, estão perdidas e precisam de ajuda, precisam entender o Amor verdadeiro. Paulo Coelho e sua sabedoria apresenta em sua obra várias momentos em que podemos refletir sobre tudo. Leiam, não é preciso amar Paulo Coelho para ler, apenas deixe se guiar pela leitura.
Helena 30/08/2017minha estante
undefined


Helena 30/08/2017minha estante
Adorei linha de pensamento :)


Marcelappg 14/11/2017minha estante
Obrigada!




Max 20/04/2017

A nada emocionante história de uma mulher rica e bem sucedida, que não está contente com o marido ideal da família linda que tem e procura se aventurar no adultério...
Subiu no meu conceito
Como uma mulher com a vida ideal pode se submeter a algo tão desnecessário? É exatamente aí que o autor conseguiu me prender. A partir desta questão, por mais que eu tivesse abandonado a leitura, a curiosidade continuou vivíssima a me incomodar. Com essa lacuna, voltei de mente aberta e consegui enxergar as coisas aos olhos da protagonista. Acredito que me esqueci de como o Paulo consegue nos envolver na escrita dele somente quando nos entregamos ao surreal, ao ilógico, porque nem tudo na vida precisa fazer um sentido racional. Apesar de que, no final, tudo faz sentido!

Um final inesperado
Não vou contar nenhum spoiler aqui, mas posso garantir que vale a pena se deixar levar pelas loucuras e devaneios de Linda até o fim. Garanto que pode ser uma viagem profunda, emocionante, retrospectiva, do seu próprio interior. O Coelho consegue nos levar a reflexões e nos identificar sem ao menos percebermos até que seja tarde demais e, quando percebemos, já era. Ao prestar atenção no enredo apenas com os olhos, não conseguia enxergar todas as mensagens sendo jogadas na minha cara. Quando me entreguei por inteiro, posso te garantir que me senti revendo momentos importantes de minha própria vida.

Muito mais do que uma simples e banal história de traição
Vou te contar que o título pode querer entregar uma coisa, sem muito mistério a respeito do que se trata. E, de fato, o grande acontecimento está marcado por ele. Mas, assim como já haviam me dito quando me viram lendo: "não é nada disso o que você está pensando, porque vai muito além". Os personagens secundários podem até ser insignificantes, pois o tempo todo estamos envoltos nos pensamentos da jornalista, mas cada um deles tem o seu papel de grande importância no desenvolvimento da vida dela. Sem mais a entregar e nem muito pra detalhar, pois é melhor que tire suas próprias conclusões a respeito.

site: http://iluztres.com.br/2017/04/adulterio.html
comentários(0)comente



ana paula 08/02/2017

Quase desisti
Livro muito chato. Não consegui entender o motivo da protagonista sentir tanto tédio.
Max 09/04/2017minha estante
Foi minha primeira impressão e quase desisti também


Joallyson.Cruz 21/10/2018minha estante
Também nao gostei mão entendi nada




Lorena Braga 23/01/2017

Uma surpresa
Livro extremamente repetitivo. Foi o primeiro livro do Paulo Coelho que eu li. Achei a escrita dele muito boa mas a história em si não foi das melhores.
comentários(0)comente



pelamente.wordpress.com 08/11/2016

Adultério - Paulo Coelho
Pois é.. mais uma resenha de um livro do Paulo (risos).. Eu curto! Adultério conta a história de Linda, uma jornalista de 31 anos que mora em Genebra e tem todos os motivos do mundo pra ser feliz: É bem-sucedida profissionalmente, jornalista renomada, tem um casamento que muitos podem rotular como "perfeito" e tem dois filhos lindos. Mas ela se sente deprimida, desmotivada e presa em uma rotina sem fim que a entristece..Até entrevistar o político Jacob König, que foi seu namorado na adolescência.
Um sentimento de paixão e ousadia a dominam .. e de culpa, pois ao mesmo tempo que começa a viver um relacionamento tórrido com o político sente medo de perder seu marido e toda a vida perfeita que construiu.
O livro nos faz refletir sobre o tema do adultério e o expõe como uma fase de libertação e autoconhecimento..
As relações entre Jacob e Linda são intensas e detalhadas pelo autor o que torna o livro interessante.. achei o desfecho da história deles bonita
A narrativa do livro é feita em primeira pessoa passando assim com intensidade as emoções da protagonista e nos faz refletir se é mais importante atendermos as expectativas de outras pessoas e da sociedade ou buscarmos nossas respostas e nossa felicidade. Boa leitura!
comentários(0)comente



Angel.Angel 19/10/2016

Uma mulher e vários conflitos
Já li alguns livros do Paulo Coelho e a cada livro ele me surpreende mais, como ele consegue me prender a uma leitura, um texto direto, que não deixa nada subentendido, lendo críticas ao livro, vi muita gente que gostou e outras nem tanto, talvez não tenham entendido a proposta do livro, ou talvez nunca viveram uma grande paixão, a proposta do livro pra mim, é mostrar o conflito que uma mulher e um homem também, que passam ou podem passar em seus casamentos, não é algo surreal. Paulo consegue descrever as dores e os prazeres de Linda. Ele está de parabéns.

site: https://coisinhasdeangel.blogspot.com.br/2016/03/adulterio-paulo-coelho.html
comentários(0)comente



Adrianaa 19/09/2016

Quase abandonei...
"Não éramos duas pessoas com as mesmas intenções naquele quarto de hotel.
Eu estava atrás de um romance perdido; ele era movido pelo instinto de caçador.
Eu buscava o garoto da minha adolescência; ele queria a mulher atraente e ousada que foi entrevistá-lo antes das eleições.
Eu acreditei que minha vida poderia ter outro sentido; ele achou apenas que a tarde lhe traria algo diferente das discussões entediantes e sem fim no Conselho de Estado.
Para ele foi uma simples distração, embora perigosa. Para mim foi algo imperdoável, cruel, uma demostração de narcisismo misturada com egoísmo". "Os homens traem porque está no seu sistema genético. A mulher o faz porque não tem dignidade suficiente, e além de entregar seu corpo acaba sempre entregando um pouco do seu coração. Um verdadeiro crime. Um roubo. Pior do que assaltar um banco, porque, se algum dia ela for descoberta (e sempre é), causará danos irreparáveis à família.
Para os homens, é apenas um "erro estúpido". Para as mulheres, é um assassinato espiritual de todos aqueles que a cercam de carinho e que a apoiam como mãe e esposa"

Achei uma historia meio "sem pé e cabeça" Ninguem que tem uma vida financeira otima, um marido fiel, uma familia feliz, estruturada, um emprego que gosta, acorda e do nada fica refletindo se é feliz e chega a conclusão que pra ser feliz tem que se aventurar num adultério..Esperava muito mais do Paulo Coelho..Minha maior decepção literária foi esse livro. Num sei nem se um dia lerei outro livro dele.
Leitura arrastada, não gostei da escrita, sabe aquele livro que não flui, que você continua so pra terminar mesmo? lutei muito pra não abandonar. Cheguei ao final e dei pulos de felicidade. Um livro fininho que demorei dias e dias, quase 2 semanas, enquanto que livros de 500 páginas, leio em 3 dias.
#Adultério #PauloCoelho #Livros_e_leituras??
#LeitoraPorAmor #GenteQueGostaDeLer #LeituraConcluída? #Livros_e_Gatos
comentários(0)comente



Bruna Olliver 26/08/2016

Livo nada surpreendente
Adultério conta a história de uma jornalista que mora na Suíça, com uma vida perfeita em todos os sentidos, mas ela sente que todos os dias virou uma coisa monótona, é quando ela começa a questionar se realmente é feliz.
Esse é o primeiro livro do Paulo Coelho que não gostei, linda não passa de uma mulher mimada que gosta de ser o centro das atenções, além de ser egoísta por não se importar com o marido. Não vi nada de surpreendente nessa história, Paulo Coelho deixou muito a desejar nesse livro.
Além de tudo o final do livro foi horrível, esse é um daqueles livros que você tem que lê com muita força de vontade para não abandonar a leitura no meio do caminho.
comentários(0)comente



Nathalia Neri 24/08/2016

Questionamentos atuais
É um livro pra reflexão pessoal nossa, nos faz pensar muito sobre como anda e está nossa vida, nossas decisões, sentimentos.
Fiquei pensando, é não adianta morar em uma cidade de primeiro mundo se o que vc necessita vc não encontra dentro de vc. O mais importante na nossa vida e buscar e ter as coisas dentro de nós, e a gente vive nessa vida cheia de frustração pq buscamos sempre ter por fora e não por dentro.
Fica claro sobre um relacionamento, não é traindo, não é buscando o homem perfeito lá fora que as coisas vão se resolver, precisamos encontrar nosso amor próprio assim todas as coisas serão fáceis de se resolver. Homem não é perfeito, mulher não é perfeita, relacionamento não é perfeito. Precisa ser trabalhado todos os dias, ambos precisam querer que dê certo.
comentários(0)comente



81 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6