A Fortaleza do Dragão

A Fortaleza do Dragão Denise Flaibam




Resenhas - A Fortaleza do Dragão


25 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Maria - Blog Pétalas de Liberdade 01/04/2019

Resenha para o blog Pétalas de Liberdade
Para quem não leu o primeiro livro (A Profecia de Mídria), a história se passa no continente Warthia. A vida pacata de Serafine Delay mudou completamente no seu aniversário de 18 anos. Ela teve que fugir da Vila do Sol na companhia do guerreiro Jarek e da ondina Ývela. Mais tarde, Guillian se juntou a eles. Serafine descobriu que as marcas que cobriam seu corpo tinham sim um significado. Segundo uma profecia, Serafine seria decisiva para impedir que o mal tomasse conta de Warthia, mas para isso, ela precisaria se fortalecer e aprender a controlar seus dons através de treinamentos. Mas quem disse que as forças do mal esperariam até ela estar pronta?

"- Três guardiões e nenhum têm a ficha limpa - Guillian brincou. - Que belos protetores somos.
- Ao menos temos a sua beleza para deixar tudo mais agradável - Jarek zombou e recebeu um olhar enfezado do orelhudo." (página 181)

No primeiro livro, acompanhamos seu treinamento no Reino do Norte, no segundo, Serafine e seus três guardiões precisam enfrentar o deserto do Reino do Oeste para chegar à Fortaleza do Dragão, onde Serafine passará para a próxima fase de seu treinamento. Eu disse no parágrafo anterior que as forças do mal iam tentar atrapalhá-la, não disse? Pois bem, o livro já começa com o grupo em apuros nas areias. Felizmente, o jovem Rei Jon Tytos, o Senhor do Oeste, consegue chegar a tempo para impedir que a jornada deles seja interrompida antes da hora.

"- Qualquer contato psíquico é chamado de visão. Um dom raro e difícil de ser adquirido - a ondina explicou. - Tenho um pouco desse poder, consigo estabelecer contato com aqueles que aprendem a técnica comigo. Você, pelo contrário, escuta a todos que encontrarem a sua mente. Nunca teve um sonho estranho, onde conversava com alguém e achava ser real?
- Não que me lembre - Serafine mentiu. Tivera um pesadelo, semanas antes, com uma voz arrepiante, mas não quis comentar com a guardiã." (página 27)

Com a ajuda do rei, o grupo consegue chegar à Fortaleza, mas lá dentro, novos desafios se apresentam. Segredos do passado começam a se revelar, conflitos entre os aliados de Serafine se instalam, e as forças do mal não querem perder tempo. Tudo isso resulta no MELHOR LIVRO QUE EU LI EM 2018 até agora!

"- (...) quero que treine com a Tropa de Arqueiros que estou reunindo. Enquanto for minha convidada, será também minha guerreira: um soltado do Reino Árido.
- Com todo o respeito, majestade, mas o senhor enlouqueceu? - Guillian ficou abismado. Jon sorriu abertamente.
- Ela vai salvar o mundo, não vai? Precisaremos de uma guerreira para isso.
Serafine arregalou os olhos.
Por mais que seu treinamento com Jarek e Ývela surtiesse efeito, não se comparava àquele que o Rei lhe oferecia..." (página 58)

Me lembro de ter gostado bastante do primeiro livro, mas como fantasia não é um gênero que faz os meus olhos brilharem logo de cara, comecei o segundo sem grandes expectativas. E logo nos primeiros capítulos já me vi cativada pela história e impressionada pela forma como os personagens do primeiro livro ainda estavam vivos na minha memória. Era como estar reencontrando velhos amigos!

Achei sensacional a ambientação da trama, todas as características do Reino do Oeste, tão diferentes do Reino do Norte, foram muito bem descritas. A gente sente que a história mudou de lugar, e consegue visualizar com facilidade esse novo ambiente e seus costumes.

Os personagens novos que são inseridos na trama, como o Rei Jon e Sibila (algo parecido com a Medusa, com cobras na cabeça) e vários outros que não vou citar para não dar spoilers, tornam a história ainda mais interessante. Se no livro um várias perguntas foram lançadas, no livro dois, conseguimos algumas respostas surpreendentes (especialmente sobre aquele prólogo do primeiro livro e o passado dos guardiões), mas outras tantas questões novas surgem, nos deixando curiosíssimos para saber o que virá no próximo volume (As Brumas de Ébano, com previsão de lançamento para a Bienal desse ano em São Paulo). A curiosidade pelo terceiro livro é ainda maior pelo fato de o próximo reino para o qual Serafine precisa ir ser o do Sul, e durante a leitura de "A Fortaleza do Dragão", com o que nos foi mostrado das terras e habitantes do sul, percebemos que ele é um lugar bem sinistro.

Enfim, "A Fortaleza do Dragão" conseguiu ser ainda melhor que o primeiro livro, dei 5 estrelas para ele no Skoob. Foi uma leitura que se manteve num nível alto em praticamente todos os 47 capítulos. É uma daquelas histórias onde não queremos parar de ler até descobrir o que virá na cena seguinte. Há um pouquinho de romance que nos faz suspirar. Mas há também muitos momentos de tensão, onde o medo de que o pior aconteça se faz presente. O enredo é incrível! Eu gostei muito da Serafine nesse segundo volume, com algumas respostas que recebe, ela parece ainda mais determinada; mas a verdade é que as tramas secundárias roubaram meu coração, o rei Jon é inesquecível, a subtrama de Ývela é sensacional (amo criaturas das águas!), e a de Jarek também não deixa a desejar, e ainda temos Luke, o príncipe do Sul, e seu pai, que não vejo a hora de reencontrar no próximo volume!

Eu poderia ficar por dias falando sobre o quanto "A Fortaleza do Dragão" é fantástico e sobre o quanto eu gostei dessa leitura, mas acho que já deu para vocês entenderem, né?! Então, fica a minha recomendação para que leiam "A Profecia de Mídria" (se ainda não tiverem lido) e, depois, "A Fortaleza do Dragão" (que é ainda melhor!). É uma ótima fantasia nacional, cheio de seres sobrenaturais e com uma história interessantíssima (que vai MUITO além da peregrinação de uma escolhida através de reinos) que com certeza encantará quem já é e quem ainda não é fã do gênero.

A edição da Mundo Uno tem uma capa linda, páginas amareladas, diagramação com detalhes em todas as páginas e inícios de capítulos, letras, margens e espaçamento de bom tamanho.


site: http://petalasdeliberdade.blogspot.com/2018/03/resenha-livro-fortaleza-do-dragao.html
comentários(0)comente



Marcos Antonio 19/02/2019

A Fortaleza do Dragão
O segundo livro a meu ver foi bem melhor do que o primeiro livros, pois aquela coisa de mestre ensinando o poder das águas foi meio piegas. Porém o segundo mestre o centauro não teve muita atuação no ensinamento. Saindo do Reino do Norte e indo pelo deserto onde todos os perigos estão a espreitas, com certeza é um lugar cheio de perigos, pois é um deserto imenso. Porém conhecemos o verdadeiro enigma de seu guardião Jarek que saiu da terra dos desertos. Porém algo que achei estranho no livro é a miragem que eles tem do rio que eles veem no deserto, acho que ver o rio é uma coisa, mais pular e nadar em uma miragem foi meio estranho.
Jon ama Yvela que ama Jon, ele rei e poderoso Mago e arqueiro, bom personagem, porém muito manipulável, meio pau mandado, sempre cheio de dúvidas como resolver as coisas de seu Reino, e os arqueiros na hora que é para valer mostra que só Percival é que aprendeu algo, pois todos os outros morreram.
O Centauro retira a Serafine da guerra e se joga nela cometendo suicídio, achei que ele poderia ter mostrado mais poder, mais força e ter ajudado o rei com seus poderes.
O livro eu gostei muito, Serafine é forte e poderosa e muitos enigmas ainda precisão ser conhecidos.
comentários(0)comente



Carolina DC 24/09/2018

"A Fortaleza do Dragão" é o segundo livro da série Os Mistérios de Warthia, escrita pela autora Denise Flaibam e publicada pela Mundo Uno Editora.

Serafine Delay é uma jovem que descobre ser a "Escolhida", aquela que irá salvar o mundo das Trevas. Após ter sido treinada pelo primeiro mestre em Líriel, a cidade mística dos elfos, Serafine, Jarek, Ývela e Guillian precisam rumar para a Fortaleza do Dragão, local onde se encontra o segundo mestre e onde Serafine irá aprender a dominar a magia elemental da terra. Para chegarem lá, o quarteto precisará enfrentar o terrível Deserto de Mídria e sobreviver aos castigos impostos por ele.

Em paralelo a esse quarteto, o leitor irá acompanhar Maltrus Tytos, o governante do Reino das Brumas e Senhor do Sul e seu filho, o príncipe Luke. Maltrus tem um plano bem definido em mente e usará qualquer coisa ou qualquer um para alcançar os seus objetivos.

Nesse segundo livro também somos apresentados à Jon Tytos, o Rei do Oeste, um homem jovem, justo, poderoso e responsável pela segurança de muitos. É ele quem dá boas-vindas ao quarteto na Fortaleza do Dragão, um local espetacular e que esconde segredos profundos.

Se no primeiro livro os personagens não demonstraram a complexidade de suas personalidades, em "A Fortaleza do Dragão" o leitor irá se deliciar ao conhecer a verdade sobre Ývela e Jarek. Esses dois personagens apresentam um crescimento tão grande em relação ao livro anterior que é impossível não reverenciar a autora pela sua perspicácia e criatividade ao interligar tantos pontos no enredo envolvendo protagonistas que se tornaram essenciais.

Somos apresentados a novas criaturas, como por exemplo os Escorpiões Gigantes; temos novos trechos da profecia; personagens novos que vão mudar o rumo da história; segredos importantes sendo contados pela primeira vez e é claro, personagens já conhecidos que conseguiram impactar ainda mais o enredo. Temos Arqueiros, feiticeiras, centauros, ondinas e muitos outros seres que encantam por suas características singulares. Os personagens se sacrificam, sofrem, lutam, choram, amam, perdem, ganham, vivem e morrem. É espetacular!

Esse livro tem de tudo: ação, romance, reviravoltas, traições, magia, amadurecimento e um final que vai deixar todos de queixo caído! Sinceramente, como é que será possível seguir em frente depois disso?! Não tenho palavras para descrever o quanto essa continuação consegue superar tudo o que nos foi apresentado até o momento, tornando-se o meu livro favorito da série até o momento.

Além da história maravilhosa, vale ressaltar o cuidado que a Mundo Uno Editora teve com a obra. O livro conta com mapa, glossário e uma diagramação belíssima com símbolos ilustrando os cabeçalhos das páginas.

"Depois que desvendar a magia presente naquele mundo, viera a descobrir acerca dos muitos monstros que o habitavam. Onde havia Luz, havia Trevas, e elas tinham um poder imensurável." (p. 27)
comentários(0)comente



Carolina DC 24/09/2018

"A Fortaleza do Dragão" é o segundo livro da série Os Mistérios de Warthia, escrita pela autora Denise Flaibam e publicada pela Mundo Uno Editora.

Serafine Delay é uma jovem que descobre ser a "Escolhida", aquela que irá salvar o mundo das Trevas. Após ter sido treinada pelo primeiro mestre em Líriel, a cidade mística dos elfos, Serafine, Jarek, Ývela e Guillian precisam rumar para a Fortaleza do Dragão, local onde se encontra o segundo mestre e onde Serafine irá aprender a dominar a magia elemental da terra. Para chegarem lá, o quarteto precisará enfrentar o terrível Deserto de Mídria e sobreviver aos castigos impostos por ele.

Em paralelo a esse quarteto, o leitor irá acompanhar Maltrus Tytos, o governante do Reino das Brumas e Senhor do Sul e seu filho, o príncipe Luke. Maltrus tem um plano bem definido em mente e usará qualquer coisa ou qualquer um para alcançar os seus objetivos.

Nesse segundo livro também somos apresentados à Jon Tytos, o Rei do Oeste, um homem jovem, justo, poderoso e responsável pela segurança de muitos. É ele quem dá boas-vindas ao quarteto na Fortaleza do Dragão, um local espetacular e que esconde segredos profundos.

Se no primeiro livro os personagens não demonstraram a complexidade de suas personalidades, em "A Fortaleza do Dragão" o leitor irá se deliciar ao conhecer a verdade sobre Ývela e Jarek. Esses dois personagens apresentam um crescimento tão grande em relação ao livro anterior que é impossível não reverenciar a autora pela sua perspicácia e criatividade ao interligar tantos pontos no enredo envolvendo protagonistas que se tornaram essenciais.

Somos apresentados a novas criaturas, como por exemplo os Escorpiões Gigantes; temos novos trechos da profecia; personagens novos que vão mudar o rumo da história; segredos importantes sendo contados pela primeira vez e é claro, personagens já conhecidos que conseguiram impactar ainda mais o enredo. Temos Arqueiros, feiticeiras, centauros, ondinas e muitos outros seres que encantam por suas características singulares. Os personagens se sacrificam, sofrem, lutam, choram, amam, perdem, ganham, vivem e morrem. É espetacular!

Esse livro tem de tudo: ação, romance, reviravoltas, traições, magia, amadurecimento e um final que vai deixar todos de queixo caído! Sinceramente, como é que será possível seguir em frente depois disso?! Não tenho palavras para descrever o quanto essa continuação consegue superar tudo o que nos foi apresentado até o momento, tornando-se o meu livro favorito da série até o momento.

Além da história maravilhosa, vale ressaltar o cuidado que a Mundo Uno Editora teve com a obra. O livro conta com mapa, glossário e uma diagramação belíssima com símbolos ilustrando os cabeçalhos das páginas.

"Depois que desvendar a magia presente naquele mundo, viera a descobrir acerca dos muitos monstros que o habitavam. Onde havia Luz, havia Trevas, e elas tinham um poder imensurável." (p. 27)
comentários(0)comente



Dai 28/08/2018

A Fortaleza do Dragão é um livro incrível, em todos os sentidos da palavra. Denise me conquistou no livro anterior, e nesse, me consagrou como sua fã. A trama é cheia de emoção, aventuras, mistérios, seres mágicos, ação e ainda tem um toque de romance para arrematar e deixar o enredo ainda mais envolvente. Uma das coisas que mais gosto na escrita da autora, é a forma como ela descreve os cenários, é tudo tão vívido, descritos com tanta riqueza, que me sinto dentro da história, vivenciando cada momento. Simplesmente fascinante! A trama possui uma narrativa com um ritmo perfeito, é fluida e viciante, cheia de detalhes e reviravoltas, e a cada novo capítulo, torna-se impossível abandonar a leitura. Eu não devorei o livro, fui completamente devorada por ele!

Uma obra com uma história fascinante, com uma ambientação magnífica, personagens fabulosos e instigantes e uma escrita impecável. Eu poderia escrever linhas e linhas declarando o meu amor pela história (já ficou claro, né?!), mas prefiro deixar o meu convite para que você leia o livro. Se você já leu o primeiro volume e gostou, se prepare, pois esse livro está inda mais cheio de emoção e vai roubar o seu fôlego do começo ao fim. E se você ainda não conhece essa série, você PRECISA conhecer.

"Seja forte e resista ao poder oferecido. As trevas podem ser fortes, mas a bondade supera qualquer coisa. Tenha cuidado, preciosa Esperança."

Leia a resenha completa no blog virando a página.

site: http://www.blogvirandoapagina.com.br/2018/06/resenha-fortaleza-do-dragao-os.html
comentários(0)comente



Falando em livro... 28/08/2018

|| Resenhado por Dai Quinelato ||

Uau! Essa é a expressão perfeita para representar o meu deslumbramento e empolgação após o término desse livro. Denise Flaibam, mais uma vez, me proporcionou uma leitura extraordinária, onde cada página virada me sugava mais e mais para dentro dessa história esplêndida. Até o momento esse livro foi o meu favorito da série, e também o mais angustiante. Sério, experimentei uma verdadeira enxurrada de emoções, e por ter me apegado tanto aos personagens, sofri e vibrei com eles e, não nego, derramei algumas lágrimas durante o percurso dessa trama.

Mas vamos lá, gente, deixa eu contar um pouquinho do que aguarda vocês nesse segundo livro da série Os Mistérios de Warthia, A Fortaleza do Dragão. Tentarei ser a mais sucinta possível, não quero me estender, tão pouco soltar nenhum spoiler. O bom mesmo é ser surpreendido com cada pequeno detalhe que a história tem para nos mostrar.

Dando continuidade a sua jornada, Serafine Delay e seus guardiões, Guillian, Ývela e Jarek, deixam para trás o Reino do Norte e seguem caminho em direção à Fortaleza do Dragão, onde a escolhida dos deuses deverá encontrar seu segundo mestre, e com ele aprender a domar a arte de um novo elemento. Mas a trajetória pelo deserto inóspito e traiçoeiro de Warthia será repleto de perigos, e quando menos esperarem, o quarteto será surpreendido por forças desconhecidas. E quem surge em auxilio de Serafine e de seus companheiros é o Rei Jon Tytos, o Senhor do Oeste. Jon, além de salvá-los, também acaba levando-os para o seu destino, A Fortaleza do Dragão. E assim se inicia mais uma fase na trajetória da escolhida dos deuses.

Enquanto Serafine exercita o controle da segunda arte elementar juntamente com seu mestre (que é um personagem que já "deu as caras" no livro anterior, fiquem ligados), a jovem também inicia um treinamento, oferecido por Jon, com seus arqueiros, que são considerados os melhores de toda Warthia. Por outro lado, Ývela e Jarek ao adentrarem a Fortaleza do Dragão, terão que confrontar o passado e encarar a sentença que lhes foi dada por seus atos. E Jarek ainda tem mais um fator desfavorável contra si: sua descendência. E, em meio a tudo o que está acontecendo, as trevas estão surgindo, se fortificando, ganhando espaço. As sombras estão se espalhando, criando um jogo onde nem tudo o que parece ser real, realmente é. O tempo está correndo, o mal se propagando e enigmas ainda precisam ser desvendados.

Bem, eu vou parando por aqui. Como disse logo acima, não quero entregar os detalhes da história. Fica mais emocionante desvendá-la aos poucos, se surpreender com os acontecimentos. Novos personagens entram na trama para adicionar mais tempero à história, assim como novos desafios e novos mistérios. A trama cresce absurdamente, e nosso querido quarteto também se sobressai muito no decorrer dela. Serafine se mostra cada vez mais forte, determinada e corajosa. Gosto muito dessa personagem, e nesse livro ela me cativou ainda mais com seu senso de justiça e sua bravura. Dois personagens que me marcaram e me deixaram aflita durante a trama foram a Ývela e o Jarek, que tiveram que enfrentar o passado, o peso de suas decisões e o fato de ser quem são. Amei conhecer a histórias deles, me emocionei muito também com algumas situações que eles tiveram que passar. E não posso esquecer do Guillian, sempre tão presente, sábio, corajoso e amigo. Um elo importante para que o quarteto se mantivesse de pé.

A Fortaleza do Dragão é um livro incrível, em todos os sentidos da palavra. Denise me conquistou no livro anterior, e nesse, me consagrou como sua fã. A trama é cheia de emoção, aventuras, mistérios, seres mágicos, ação e ainda tem um toque de romance para arrematar e deixar o enredo ainda mais envolvente. Uma das coisas que mais gosto na escrita da autora, é a forma como ela descreve os cenários, é tudo tão vívido, descritos com tanta riqueza, que me sinto dentro da história, vivenciando cada momento. Simplesmente fascinante! A trama possui uma narrativa com um ritmo perfeito, é fluida e viciante, cheia de detalhes e reviravoltas, e a cada novo capítulo, torna-se impossível abandonar a leitura. Eu não devorei o livro, fui completamente devorada por ele!

Uma obra com uma história fascinante, com uma ambientação magnífica, personagens fabulosos e instigantes e uma escrita impecável. Eu poderia escrever linhas e linhas declarando o meu amor pela história (já ficou claro, né?!), mas prefiro deixar o meu convite para que você leia o livro. Se você já leu o primeiro volume e gostou, se prepare, pois esse livro está inda mais cheio de emoção e vai roubar o seu fôlego do começo ao fim. E se você ainda não conhece essa série, você PRECISA conhecer.

Leia a resenha completa no blog.

site: http://www.blogvirandoapagina.com.br/2018/06/resenha-fortaleza-do-dragao-os.html
comentários(0)comente



Daya 25/06/2018

A Fortaleza do Dragão é o segundo livro da série Os Mistérios de Warthia, publicado pela editora Mundo Uno (leia a resenha do primeiro livro aqui).

Nesse segundo livro, Serafine já tem conhecimento dos mistérios que envolvem a sua vida, o que significam as marcas pelo o seu corpo e da sua importância para a população de Warthia.

Ela é a escolhida dos Deuses para derrotar o grande inimigo que está por vir, mas para isso precisa ser treinada pelos quatro Deuses. Ela partirá para o reino do Oeste e conhecer o rei Jon Tytos. Ela vai receber treinamentos com os arqueiros do reino para poder se defender em qualquer situação e aprender com o mestre como controlar a sua mente em relação a segunda arte elemental.

Os sombras das trevas não estão satisfeitos com a aparição da escolhida que veio para salvar o povo e vão fazer de tudo para atormentar a vida deles. Serafine vai precisar lutar e enfrentar todos os seus medos, além de saber em quem confiar.

O final é emocionante e com bastante ação, tornando a leitura muito mais dinâmica e impossível de largar. Percebemos que Serafine precisa aprender tudo o que precisa o quanto antes, porque a guerra está próxima e ela precisa ficar preparada para enfrentar todos os inimigos pertencentes as trevas.

Se eu estou ansiosa para ler a continuação? Claro!! Quero descobrir ainda mais os mistérios que envolvem essa série. A editora manteve o cuidado com a diagramação perfeita e a com a linda capa.

site: http://www.conchegodasletras.com.br/2018/05/cantinho-da-daya-fortaleza-do-dragao-os.html
comentários(0)comente



Conchego das Letras 28/05/2018

Resenha completa
A Fortaleza do Dragão é o segundo livro da série Os Mistérios de Warthia, publicado pela editora Mundo Uno (leia a resenha do primeiro livro aqui).

Nesse segundo livro, Serafine já tem conhecimento dos mistérios que envolvem a sua vida, o que significam as marcas pelo o seu corpo e da sua importância para a população de Warthia.

Ela é a escolhida dos Deuses para derrotar o grande inimigo que está por vir, mas para isso precisa ser treinada pelos quatro Deuses. Ela partirá para o reino do Oeste e conhecer o rei Jon Tytos. Ela vai receber treinamentos com os arqueiros do reino para poder se defender em qualquer situação e aprender com o mestre como controlar a sua mente em relação a segunda arte elemental.

Os sombras das trevas não estão satisfeitos com a aparição da escolhida que veio para salvar o povo e vão fazer de tudo para atormentar a vida deles. Serafine vai precisar lutar e enfrentar todos os seus medos, além de saber em quem confiar.

O final é emocionante e com bastante ação, tornando a leitura muito mais dinâmica e impossível de largar. Percebemos que Serafine precisa aprender tudo o que precisa o quanto antes, porque a guerra está próxima e ela precisa ficar preparada para enfrentar todos os inimigos pertencentes as trevas.

Se eu estou ansiosa para ler a continuação? Claro!! Quero descobrir ainda mais os mistérios que envolvem essa série. A editora manteve o cuidado com a diagramação perfeita e a com a linda capa.


site: http://www.conchegodasletras.com.br/2018/05/cantinho-da-daya-fortaleza-do-dragao-os.html
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Myh Barreto @literaria.raposinha 09/01/2016

Misterioso, envolvente e surpreendente
Esse é o tipo de livro que a gente pega para ler e não quer mais largar até terninar. Cheio de mistérios que nos envolve e nos surpreende. E quanto aos fofos Jarek e Jon até agora não consegui descobrir meu preferido é muito amor rsrs Serafine minha linda estou contigo amando conhecer Warthia ;))
comentários(0)comente



Bia 26/12/2015

"O que era Warthia senão um eterno mistério?"

Finalmente terminei de ler esse livro, enrolei muito para terminar, mas não por ele ser ruim, e sim porque eu não queria que acabasse. Eu esperei muito por esse livro, e quando ele chegou, eu queria prolongar essa leitura, a autora não ajudou muito, toda vez que eu falava que ia parar o capítulo terminava com um grande mistério, e eu tinha que me segurar para não ler tudo de uma vez.

"- Mais calma princesa?
- Posso parecer calma, mas em minha mente já o matei três vezes - Ela retrucou num sussurro, Jarek gargalhou sonoramente.
- Ah... Tão calma quanto encantadora.
- Por que não vai infernar outra pessoa?
- Poque, de todos que conheço, você é a que mais me diverte."

Eu tive o prazer de ler de poder ler os 10 primeiros capítulos, até coloquei minha primeiras impressões no blog (Aqui), então eu já tinha um gostinho do que estava por vir. Nesse segundo livro a jornada de Serafine e seus guardiões continua, dessa vez a escolhida terá que viajar pelo deserto e enfrentar diversos seres do Reino Árido, para chegar na sua próxima missão, e aprender um novo elemento. Essa nova jornada a leva para a Fortaleza do Dragão, que tem como rei o jovem Jon Tytos.

Se os 10 primeiros capítulos são frenéticos, o resto do livro continua na mesma pegada, e o bom é que ainda temos muitas descobertas em relação ao passado de alguns personagens, o que era um grande mistério do livro anterior, não posso entrar muito em detalhes, se não perde a graça, mas vou avisando para prepararem o coração, muitas emoções estão por vir. Temos várias cenas de lutas muito bem escritas e elaboradas, e também algumas batalhas que não deixaram eu largar o livro em algumas momentos, e um DRAGÃO, sim um dragão, pronto agora não falo mais nada.

Nesse segundo temos vários personagens novos, o Rei Jon Tytos é um deles, ele ajuda a abrigar e a preparar Serafine e seus guardiões, ele também tem uma ligação com a nossa querida Ývela, temos também Sibila, que tem uma grande importância no livro, e Luke, que é uma incógnita, realmente não sei o que achar dele, vamos esperar os próximos livros. Claro que também temos os nossos queridos personagens, foi muito bom descobrir mais sobre Ývela e Jarek, no livro anterior esse dois são cheios de segredos, e finalmente uma parte dessa grande caixa de mistérios acabou, claro que outros também foram colocados e só Deus sabe quando vou poder desvendar eles.

"Luke era, aos olhos de Serafine, um jovem belo, perturbador e enigmático. Diferente de Jarek, que tinha toda aquela pode de guerreiro rude e selvagem, ou mesmo Jon, que se mostrou elegante e gentil, o príncipe do Sul parecia um verdadeiro mistério."

No livro anterior Serafine e Jarek davam indícios de um possível romance, um implicava com o outros, uma troca de olhares mais demorada, mas nada além disso, nesse segundo ainda temos tudo isso e um pouco mais, tipo, mais mesmo, minhas lágrimas em vários momentos não aguentaram e caíram, e muito, Jarek se abrindo para Serafine e outras muitas coisas que aconteceram fizeram isso, Ývela e Jon também são culpados, esses dois ultrapassaram o meu nível de fofura e agora não sei quem é o meu preferido, mas na dúvida eu fico com os dois.

"- Sua prepotência ainda vai mata-lo. - A garota o empurrou com suavidade.
- Ótimo. Vou aproveitar o tempo que me resta para beber uma taça de vinho. - piscou um olho. Serafine riu. - Pode me acompanhar se quiser."

Eu amei esse livro, ele não se mantem focado em apenas um personagem, temos várias coisas acontecendo ao mesmo tempo e isso tornou o livro mais, você quer saber o que todos esses personagens estão fazer e o que estão escondendo. No livro tem tanta coisa boa que o meu post-it acabou, e agora eu não tenho nada para marcar os outros livros, se algum quiser fazer uma doação eu aceito. Outra coisa que eu queria comentar é que o livro está lindo, a capa é maravilhosa, a contra capa também, a parte de dentro está in-crí-vel, os desenhos a cada capítulo só embelezam mais ele, da vontade de ficar só admirando o livro de tão lindo que está, e eu também fiquei cheirando o livro, gente ele veio muito cheiroso.

Eu não sei se tem previsão para o próximo livro, mas já quero deixar meu nome na pré-venda como eu fiz com esse, os momentos finais desse livro me deixaram muito apreensiva, foi quando eu realmente não consegui largar ele de jeito nenhum, e li tudo de uma vez, a autora me fez ter um pequeno susto em relação ao meu querido Guillian, mas logo passou e eu não tive que tomar medidas drásticas. No final do livro acontecem várias coisas que dão o tom para o que pode acontecer no próximo, e jeito é esperar, e ir relendo as melhores partes para ir matando a saudade.

"- É, somos um belo quarteto desajustado. - Serafine passou o braço pelos ombros de Ývela, arrancando risos da loira.
- Somos o quarteto desajustado mais sexy por aqui. - Jarek replicou.
- Ah, retiro o que eu disse... - Serafine crispou os lábios.
- Sobre o que?
- Sobre sermos um quarteto. O ego do Jarek vale por outra pessoa. - Mesmo Jarek não se impediu de rir."

http://follow-and-breath.blogspot.com.br/2015/12/resenha-fortaleza-do-dragao.html
comentários(0)comente



Gisa 05/12/2015

Todos que desejam se aventurar por terras perigosas precisam conhecer essa história
Esse é o segundo livro da quadrilogia Os Mistérios de Warthia, da autora Denise Flaibam. O primeiro já tem Resenha no blog. Mas não se preocupe, esta resenha não contém spoilers do livro anterior.

Depois de aprender a dominar a água em os Mistérios de Warthia, Serafine parte junto com os guardiões em busca do segundo mestre que vai lhe ensinar a dominar o segundo elemento. Mas as coisas se complicam bastante. Já no trajeto até o reino oeste, eles precisam atravessar o deserto e enfrentam terríveis criaturas. E esse é apenas o começo.

Quando eles chegam na Fortaleza do Dragão, descobrem que perto do que terão que enfrentar, os escorpiões gigantes não são nada. Eles terão que enfrentar o passado, a traição, a família, os desejos, as trevas...

Nesse segundo volume, conhecemos alguns personagens bem, beeeeeeem - eu digo beeeeeem - mais interessantes do que no livro anterior.

O treinamento de Serafine não ocupa tantas páginas quanto no primeiro livro, o que para mim é um ponto bem positivo, pois temos mais cenas de ação e algumas histórias paralelas que quase roubam a cena da trama principal. Sério, o que são esses personagens? Os romances ganham um foco um pouco maior nesse livro e eu gostei muito disso. Pois as coisas foram fluindo naturalmente e não jogadas na gente. Achei que iria voar de tantas borboletas no estômago. Aiaiaiaiia!!!

Fiquei com muita pena de alguns seres que surgem durante a história e fiquei terrivelmente revoltada. E aí eu chego no único ponto que não gostei no livro. A calma, a paciência e a aceitação da Serafine. Não consegui gostar dela nesse volume gente. Ô menina para aguentar tudo de boca calada. Ok, estou exagerando. Ela até que tem os seus momentos de revolta, mas gente se eu fosse A escolhida, a responsável por salvar o mundo, eu já teria dito:

"Escuta aqui, ô cambada de otário: ou vocês fazem o que eu tô mandando ou terão que encontrar outro espírito abençoado. " E vocês que me conhecem sabem que eu falaria mesmo. Então Serafine vem cá mocinha que eu vou te ensinar algumas coisinhas. Injustiça não passará, ok?

Mas de jeito algum isso tira o brilho da obra. Mas espero ver Serafine revoltada de verdade em algum momento. As coisas estão erradas menina, vamos resolver isso. Simplesmente amei o livro e o favoritei no skoob com 5 estrelas. A narrativa da Denise está muito mais fluida e você fica alucinado para saber o que virá a seguir: uma batalha, um beijo, um demônio, uma armadilha, um golpe, uma traição...

O físico do livro só vem a acrescentar ainda mais. A capa é linda, as páginas são amareladas, há algumas páginas pretas, mapa, glossário, enfim.,.. a Denise caprichou.

Terminei o livro tão contente e ao mesmo tempo tão carente que corri baixar o segundo conto extra da série. A resenha do primeiro conto, você confere Aqui. E agora ficar aguardando os próximos volumes. PRECISO!!!!


Eu nem preciso dizer que indico o livro. Todos aqueles que já viajaram para Warthia precisam viajar para o Reino Oeste e todos que desejam se aventurar por terras perigosas precisam conhecer essa história.

site: http://profissao-escritor.blogspot.com.br/2015/12/a-fortaleza-do-dragao-denise-flaibam.html
comentários(0)comente



Jooy 01/12/2015

Agora, Serafine e seus guardiões Jarek, Ývela e Guillian, terão que atravessar o deserto encarando todos os seus perigos para chegar a Fortaleza do Dragão no reino Oeste, tendo como rei o monarca destemido Jon Tytos, ele que sempre lutava pela honra de seu povo.

Encontrando lá o segundo Mestre, assim podendo aprender a dominação de um novo elemento. Entretanto, até chegar passariam por maus bocados.
"Apoiado na cauda, Jarek saltou novamente no ar a tempo de alcançar o ferrão - com a espada agora em mãos, o guerreiro girou a lâmina contra a cauda do escorpião, decepando a ponta afiada..."
Já na Fortaleza, muitas revelações serão feitas sobre o destino da jovem Serafine, e até mesmo de seus guardiões.
"Majestade, eles salvaram minha vida... - Serafine virou-se para Jon, ignorando momentaneamente a sensação de choque por ter reencontrado o centauro..."
Luke Tytos, O Príncipe de Gelo, ele é o tipo de cara misterioso, belo e ao mesmo tempo perturbador e enigmático. Herdeiro do trono Sul, filho do Rei Maltrus.

RESENHA COMPLETA NO BLOG.
http://intoxicadosporlivros.blogspot.com.br/2015/11/resenha-fortaleza-do-dragao.html

site: http://intoxicadosporlivros.blogspot.com.br/2015/11/resenha-fortaleza-do-dragao.html
comentários(0)comente



Kethlyn Galdino 28/11/2015

Fantástico!
Resenha:

Serafine e seus guardiões chegaram no Reino do Oeste e talvez seja mais complicado do que antes chegar ao seu destino e cumprir a missão.

Ao chegarem na Fortaleza do Dragão não foram muito bem recebidos. Jarek é um Sturian e sua raça é amaldiçoada (depois que um dos Sturian ter traído Warthia foram amaldiçoados, teriam que viver em terras "mortas" não teriam segurança, nenhuma ajuda do Reino e nem pena. Se forem vistos podem ser mortos sem piedade) e por pisar em um solo que não pode Jarek foi preso mas logo liberto por ser o guardião de Serafine, mesmo assim ele não teve paz. Ývela também traiu o Reino, deixou sua vida nas águas e foi para a terra libertar Jarek que era prisioneiro e leva-lo consigo para fazer o que a profecia ordenava, buscar a escolhida.

Após falar com o Rei Jon que aceitou deixar Serafine e seus guardiões ficarem no castelo para falar com o segundo mestre coisas começam à acontecer...

Era estranho para Sarafine entender Jarek, as vezes ele era muito arrogante com ela, em outros momento seu guardião a surpreendia transmitindo bondade, o que será que se passava com ele?



A escolhida teve que aprender a lutar para quando fosse preciso e principalmente para derrotar Sharowfox.



Ao encontrarem um Sturian no reino todos saem as pressas atrás dele inclusive Serafine que usa seu poder para isso, logo encontram um lobisomem e com o barulho saem vários Sturian do local e são pegos. Quem poderia fazer algo assim, legar os inimigos de sua espécie para o esconderijo de pobre seres que se escondem de algo que não tem culpa, para protegerem seus filhos?



Jarek já não conseguia segurar o que sentia, ver seus familiares sendo mortos na frente daquelas pessoas era demais e sua mãe que seria a grande atração para eles... Sarafine ficou preocupada com seu Guardião, nunca o tinha visto tão abalado, tão indefeso.



Depois de um beijo será que a relação deles mudaria?

Mesmo depois de ter beijado Jarek ele agia da mesma forma, parece até que tinha se esquecido será que ele sentia a mesma coisa que ela.?



Algo ruim esta por perto... Era o que faltava... Demônios estão por ai e eles não perceberam ainda...



P.S.:

Mais uma vez fantástico!

Amei a leitura, uma aventura empolgante sem dúvida alguma.

Super recomendo para quem gosta de livros com mágia, luta, romance e uma longa aventura entre reinos e seres mágicos.

site: http://parbataibooks.blogspot.com.br/2015/11/resenha-fortaleza-do-dragao.html
comentários(0)comente



25 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2