Um Milagre Chamado Grace

Um Milagre Chamado Grace Kristin von Kreisler




Resenhas - Um Milagre Chamado Grace


22 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Vanessa Meiser 10/04/2015

Com esta Gold fofa na capa não tem como não querer ler o livro não é mesmo?! Eu sou apaixonada por cães e sempre estou procurando livro que trazem estas belezuras na trama, quando vi a capa no catálogo da Editora Única, não hesitei em solicitá-lo e já sabia que iria adorar a leitura. Não estava errada, realmente adorei o livro do início ao fim!!!

Um Milagre Chamado Grace não é focado prioritariamente na história da própria Grace (a Gold) e sim na de Lila, sua futura dona. Lila Elliot é apaixonada por arte, ama pintar quadros e faz isto muito bem porém, trabalha há alguns meses em um escritório de uma empresa conceituada mas, numa função que apesar de não ser a pior do mundo, não lhe traz grandes satisfações até o dia em que seu colega de trabalho, o russo Yuri Makov, zelador do prédio, sai pelos corredores atirando em vários de seus colegas, inclusive em Lila que, por sorte não teve nenhuma lesão mais grave do que um braço imobilizado por alguns meses sendo que outras pessoas não tiveram sua mesma sorte e acabaram falecendo, Yuri foi um destes e que terminou por se suicidar depois do ocorrido.

Lila é órfã há muitos anos e mora sozinha desde o término conturbado com seu último namorado que a traiu e lhe abandonou para ficar com a amante. Ela possui uma grande amiga que faz também o papel de mãe e irmã, Cristina é quem segura as pontas depois do ocorrido. É ela também que tenta lhe convencer a todo custo a adotar um cão, inclusive já sabe qual o cão ideal para Lila, uma Gold Retriever que foi tirada do dono por sofrer maus tratos, Grace. Acontece que Lila tem trauma de cães desde que na infância foi atacada por um, nunca mais ela se arriscou a chegar perto destes bichos que considera perigosíssimos.

Cristina está cuidando de Grace desde que seu amigo Adam, um voluntário da Instituição que protege os animais a 'roubou' do seu antigo dono que a maltratava sem piedade e a escondeu na casa de Cristina até que eles conseguissem um novo lar para ela porém, Cristina fará o possível para que Grace fique com Lila que, acredita precisar tanto da cachorrinha quanto Grace precisa dela.

Não será uma tarefa fácil, mas nada é impossível. Cristina viaja com a filha para encontrar o marido e, deixa Lila responsável pelos cuidados da sua casa e respectivamente pela cachorra que lá se encontra, como Lila está morando temporariamente na casa da amiga, terá que cuidar de Grace, querendo ela ou não...

E o que poderia vir desta nova e forçada convivência? O que uma cadelinha tão fofa, dócil e carente poderia despertar em Lila que nem mesmo ela sabia que existia? Ao mesmo tempo em que Lila tenta superar o ocorrido no seu trabalho e buscar respostas ao porquê de Yuri ter feito o que fez, Grace precisa desesperadamente de alguém que lhe ame e lhe dê o carinho que não teve e não vai poupar esforços para que Lila seja esta pessoa que lhe amará acima de qualquer coisa.

Então, temos aqui uma trama de superação, de aprendizado e de descobertas. Lila precisava de Grace e Grace precisava de Lila, isto é fato. Foi lindo poder acompanhar a trajetória deste novo relacionamento entre um cão e sua dona e perceber o benefício que um cãozinho pode trazer à vida das pessoas. Eu, que tenho em casa três cadelas e as amo como se fossem minhas filhas, sei bem a falta que me fariam e a felicidade que me trazem no dia a dia.

Grace é tão dócil que a gente tem vontade de abraçar a capa do livro!!!


site: http://balaiodelivros.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Rafaela B 23/05/2014

Um Milagre Chamado Grace
Um Milagre Chamado Grace conta a história de Lila, uma artista falida, traumatizada pelo término de um relacionamento falido, em um emprego que não gosta e mal a sustenta. Então ela faz a pergunta que nunca deve ser feita: minha vida não pode piorar. Pois piora, e muito.
Após quase morrer ela tem o apoio de sua melhor amiga, que cuida dela com todo carinho e dedicação que só os amigos verdadeiros conhecem. Mas essa amiga, amante dos animais, precisa passar uns meses fora e pede a Lila que cuide de sua casa... E de uma cachorra a pouco resgatada por um amigo de um dono abusivo. O problema é que Lila tem trauma de cachorros e só aceita com muita relutância. Sua amiga promete que ela e Adam, o rapaz que a resgatou, estão procurando um lar para a cadeia, Grace, que percebe que Lila não gosta dela e tenta sempre se manter longe e não incomodar.
Nem tudo ocorre como planejado, Lila e Grace começam a aprender a conviver juntas e ao pouco superar os fantasmas do passado de ambas, além de conhecer mais a fundo Adam e aos poucos ir superando seus medos tanto de animais como de pessoas.
É um livro lindo, mostra como o amor ajuda a superar qualquer provação.  A autora faz umas comparações bem engraçadas, além de traduzir os sentimentos de Grace em palavras de forma carinhosa e engraçada. Além das 3 consciências distintas da cabeça de Lila que vivem em desacordo e disputa. Tudo isso dá o toque final nesse ótimo livro!
comentários(0)comente



Nathy 09/06/2014

Um Milagre Chamado Grace – Kristin Von Kreisler – #Resenha | O Blog da Mari
Que livro mais gostoso de ler, aliás, livros que envolvem animais como principais sempre são muito bons. Não estava com as expectativas muito altas e já estava imaginando que no final do mesmo estaria em lágrimas, porque geralmente nesses livros os autores querem escrever uma história emocionante e por isso matam o pobre animal. Mas, tive uma agradável surpresa com o livro que tiveram diversas partes muito emocionantes que me fizeram controlar as lágrimas, pode ser que esteja emotiva, porém as cenas foram tão bem descritas que sofria ao ver o estado de Grace e todo o medo de Lila. Não acho que deixou a desejar em nenhuma parte e ate mesmo as partes em que tenta aprofundar um determinado e ficava cansativo.

Grace e Lila são duas almas que tinham que se encontrar e uma confortar a outra apesar de todos os seus tramas. A Lila é uma mulher que trabalha em um escritório mesmo tendo a vontade de ser artista em tempo integral, porém por ter sido criada de forma mais rígida por seu pai deixa tudo de lado para obter sua independência. Após passar por trama muito grande tenta encontrar forças para prosseguir na vida ainda que acredite que todo o mundo é cruel e que não se pode escapar dos homens ruins. Enquanto Grace é uma Golden Retriever que passou por situações ainda mais complicadas, no entanto, deu a volta por cima e tudo o que queria em sua vida era um pouco de amor e carinho, sabendo que poderia dar isso em retorno sem nem hesitar, porque somente de olhar já conhecia a índole e os sentimentos das pessoas ao seu redor. Com a narrativa em terceira o leitor embarca na emocionante história das duas que fazem de tudo para seguir com suas vidas ainda que diversos obstáculos apareçam.

O nome dela é Grace. Ela é a melhor de todos. A mais preciosa do mundo.

Eu sempre quis ter um Golden Retriever, mas a maior parte do tempo eu morei em apartamentos, ou seja, seria praticamente impossível conseguir cuidar de um desses em um espaço pequeno. Então meu amor pela Grace já aconteceu logo na primeira página quando seu nome é citado, no momento que aparece com toda a sua doçura eu com certeza já a teria adotado e nem por um segundo acredito que Adam e Cristina tentaram tanto assim conseguir um lar para ela porque dificilmente alguém diria não para um animal tão fofo.

site: http://www.oblogdamari.com/2014/06/um-milagre-chamado-grace-kristin-von-kreisler-resenha.html
comentários(0)comente



Cath´s 05/07/2014

Resenha Um Milagre Chamado Grace.
Eu achei que iria me desfazer em lágrimas lendo esse livro, por sorte isso não aconteceu, fiquei revoltada em algumas partes sim, mas a autora não fez um drama enorme, conseguiu retratar as dificuldades/maldades sem deixar o leitor às lágrimas.

Lila vai para seu trabalho normalmente e o dia poderia ser como outro qualquer se um funcionário não entrasse atirando nos colegas. Por sorte, ela consegue se salvar com somente um braço machucado.

Depois de sair do hospital, Lila vai para a casa de Cristina se recuperar. Acontece que Lila tem um trauma com cachorros desde que um lhe mordeu quando criança, então não fica muito animada quando Cristina vai viajar e deixa ela tomando conta da casa e de Grace, uma golden retriever, que foi resgatada de maus tratos por Adam.

Lila não pode negar o pedido de sua amiga de ficar com Grace até Adam arrumar um lar para ela.

Admito que no começo do livro eu queria xingar Lila, pois sou bem mais como Adam, amo animais e para mim é inadmissível que façam algo de ruim com eles, e Lila é bem teimosa no seu pavor de cachorros, eu mesma sou daquelas que brinco com qualquer cão de rua, e o único que me mordeu até hoje foi meu cachorro, pois estava cansado de me aguentar, rsrs.

Mas no decorrer do livro, Lila vai vendo que Grace não é perigosa e, depois de muitos erros, elas entram em um determinado concenso de convivência. Ao mesmo tempo, Lila quer descobrir o que motivou seu colega a atirar nas pessoas, e não consegue deixar essa assunto de lado.

Assim uma acaba ensinando valiosas lições à outra. Eu me apaixonei no decorrer da leitura, mesmo Lila me irritando até a metade, Grace me conquistou de imediato e passei o livro todo com medo do futuro de Grace.

Adam foi o personagem que mais adorei depois da Grace, tem aquele estilo másculo, mas suave ao mesmo tempo, e todo um instinto protetor com animais, tendo ele mesmo resgatado Grace de onde ela "vivia".

Ao final da leitura eu estava encantada, e prometo a você que é como eu, sensível aos animais, que não vai achar drama demais, vai estar realista sem mostrar as atrocidades que os "seres humanos" cometem com eles.

Mas fica um pedido no final da resenha, não compre animais, adotem. Tem tantos precisando, não tem porque dar lucro para as pessoas que usam eles dessa forma.

site: http://www.some-fantastic-books.com/2014/07/resenha-um-milagre-chamado-grace.html
Bruh 14/10/2016minha estante
Nossa obrigada pela sua resenha. Nunca tive coragem de comprar nenhum livro que envolva cachorros exatamente porque sou mto sensível principalmente com animais... mas queria ler um com cachorro... e AMEI que você me incentivou a ler esse e pensa como eu... hahahaha. Obrigada




Fernanda 22/06/2019

Grace é encantadora...
A protagonista é bem chata, começa a melhorar no final do livro. Mas todo o resto é encantador. Me deu muita paz ler este livro, foi uma leitura leve e agradável. É como se Grace fosse real, e você conseguisse sentir a presença dela, e quisesse abraçá-la. E sentisse a mudança que ela fez na sua vida, enchendo os seus dias de amor.
comentários(0)comente



Mayhara 01/02/2018

Enfadonho
Último livro do primeiro mês de 2018, e foi decepcionante!
Eu amo cachorros, inclusive tenha duas garotinhas maravilhosas (uma vira-lata e outra labrador), e como nunca tinha lido nada no estilo, resolvi ler esse.

Achei a história muito arrastada, alguns acontecimentos sem noção, e mesmo o tema central sendo a Grace, não me senti tocada pela história. Eu não li Marley e Eu, mas pelo filme dá pra ver que há um aprofundamento na relação dos dois, o desenvolvimento da relação entre homem e cachorro. Aqui, tudo acontece facilmente e rápido.

Enfim, é fraco. =(
comentários(0)comente



Minha Velha Estante 31/12/2015

Um romance apaixonante, sobre os dramas da vida, as incertezas e o amor que chega inesperadamente.


Tenho certeza que todos que já conhecem o bloguinho imaginam o porquê de eu ter lido esse livro, não é? Se é que existe alguém que ainda não sabe, sou apaixonada por cães, eles são parte da minha razão de existir, e também sou protetora de animais, na medida do possível, cuido, alimento, já resgatei, e não sei ver esses seres maravilhosos sofrerem. Nem mesmo em filmes que dirá em livros. Essa tem que ser a premissa para que eu leia um livro sobre animais, ou me recuso a lê-lo.

O nome dela é Grace. Ela é a melhor de todos. A mais preciosa do mundo.

Um milagre chamado Grace é um livro encantador. A principio conhecemos Lila Elliot, que trabalha em um emprego que não a satisfaz, pois o seu sonho é ser pintora, terminou um relacionamento de 5 anos a 6 meses e está sozinha, e tem verdadeiro pavor de cães graças a um incidente acontecido durante a sua infância.

Do outro lado está Cristina, sua melhor amiga a 18 anos, casada, mãe de uma menina, protetora de animais, que tenta sempre convencer Lila a adotar um cão. E é assim que Lila conhece Grace, ela foi roubada do seu antigo dono por Adam Spencer por causa dos maus tratos que sofria. Ele não aguentou vê-la dormir na chuva, passar fome e ser espancada por ele.

Vamos encontrar Lila em seu escritório começando o que seria mais um dia normal de trabalho quando, logo após ouvir gritos do lado de fora ela é surpreendida por Makov, o zelador, apontando uma arma e atirando nela. A vida de Lila sofre uma reviravolta e após sair do hospital ela vai morar na casa de Cristina, o que a faz conviver com Grace.

Em uma dessas ironias do destino, Lila se verá sozinha, tendo que tomar conta de Grace, para fazer um grande favor a Cristina. Apesar da promessa de Adam de conseguir logo um novo lar para Grace, elas irão conviver tempo suficiente para que uma seja responsável pela cura dos traumas da outra.

Juro que odiei Lila de cara. Como alguém pode não se apaixonar por um golden retriever? Como alguém pode não se sensibilizar com todo o sofrimento de um animal que sofreu maus tratos? Mas consegui entender o trauma de Lila e seus medos aos poucos.

A diagramação é muito boa com letras de bom tamanho para leitura, a tradução está impecável e a capa é fantástica. A Única está de parabéns!!!

A história é bem dosada, ela tem um quê de policial com Lila tentando entender o porquê de Makov ter atirado nela, tem o toque dose de Grace e um pouco de romance, fala de amizade e de lealdade. O livro não é apenas a história de um cão e como eles são capazes de transformar nossas vidas. O livro fala de traumas, de feridas que são abertas e que apenas nós somos capazes de fechá-las.

Conheça o site da autora: http://kristinvonkreisler.com/

site: http://www.minhavelhaestante.com.br/2014/07/resenha-da-drica-um-milagre-chamado.html
comentários(0)comente



Carol Proc 23/03/2016

Otimo Livro.. mas a editora Unica deixou a desejar vieram folhas coladas.. tive de rasgar pra poder ler
comentários(0)comente



@thamirisdondossola 29/06/2014

Estrela Trinária
Lila, uma mulher gentil e educada, passa por uma experiência que ninguém espera passar. Ela conta com o apoio e amor de sua melhor amiga Cristina, que é protetora e apaixonada por cães. Vendo que a situação de Lila, não é das melhores, pois ela passa por um grande trauma, Cristina convida Lila para passar uns dias em sua casa, e ela aceita.

Grace é uma golden retriever amável que sofreu maus tratos. Adam, um homem apaixonado por animais e amigo de Cristina, resgatou Grace de seu vizinho sem que ele soubesse. Sabendo que seria impossível Adam tomar conta de Grace enquanto ainda era vizinho do antigo dono, Cristina se ofereceu para tomar conta dela por um tempo.

Lila tem um trauma antigo e não suporta conviver com cachorros. Grace precisa de um tempo para recuperar suas forças e aprender a confiar novamente em um ser humano. Convivendo no mesmo ambiente, Lila e Grace têm muitas coisas para compartilhar e superar.

“E a maneira certa de seguir a vida era aceitar o que ela era, não ficar obcecada pelos motivos que a deixaram assim.” Pág 272.

Uma história como essa tem que ser lida ao menos uma vez na vida. Envolve superação, medos, coragem e muito, muito amor. Eu me apaixonei pelo livro assim que li a sinopse. É importante ressaltar que a história de Grace é apenas mais uma das milhares de histórias de animais que sofrem maus tratos. O livro engloba um dos assuntos que mais me incomoda no mundo, que é a falta de conscientização das pessoas a respeito de animais. É visível que existem muitas almas caridosas no mundo, mas grande parte da população não sabe ainda como se deve tratar um animal.

Kristin Von Kreisler também aborda em “Um Milagre Chamado Grace”, o problema que temos com a aceitação e superação. Além de nos presentear com uma profunda história de amor. O livro é emocionante e reflexivo. Não tem como não se apaixonar por Grace. E no final, descobrimos que uma estrela trinária existe sim.



site: http://thamirisdondossola.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Mari 30/12/2018

Previsível
Toda a história, que possui um desastre como o ponto inicial e passa pela fase da superação (incluindo Grace nela) é extremamente previsível e é tarefa fácil adivinhar seu rumo. Creio que alguns pontos se perderam no meio do livro e o deixaram um pouco a desejar, portanto, não deixa de ser uma leitura extremamente agradável. Inevitavelmente, Grace prende o leitor a história e nos faz terminar a leitura. Sem dúvida alguma, "Um Milagre Chamado Grace" é aquele clichê de sessão da tarde que preenche o peito se estivermos precisando.
comentários(0)comente



Larissa 24/11/2020

Um livro muito fofo e inspirador
O amor pode aparecer em diversas formas para aqueles que se permitem à isso.
O livro traz muitas lições que podemos aplicar em nossas vidas.

“Achar que algo é culpa sua é uma maneira de se enganar e achar que tem controle de tudo. O problema é que não controlamos muita coisa neste universo. A maior parte do que acontece está além de nós."
comentários(0)comente



*Rô Bernas 25/08/2014

Se prestarmos atenção ao título e a sinopse, saberemos que será uma história com final previsível, mas a maneira como acontece...uau...essa é maravilhosamente bem contada pela autora. Tudo bem que teve momentos que tive vontade de bater em Lila...fiquei com muita raiva dela e até cheguei a fechar o livro sem querer mais ler, maaas respirei fundo e continuei lendo o livro...precisava saber como iria terminar.
Me diverti muito com a "Aprazível", a "Tia Louca" e a "Trombadinha Tarada", momentos em que, a depender da situação, a consciência de Lila se manifestava...era reflexivamente engraçado.
Grace...o que falar dessa cadela linda, carinhosa, sofrida e tão cheia de personalidade?
Grace e Lila nos conquistam, cada uma com seu jeito, com sua personalidade, com suas emoções e traumas.

"Culpa é uma perda de tempo. (...) Achar que algo é culpa sua é uma maneira de se enganar e achar que tem o controle de tudo. O problema é que não controlamos muita coisa nesse universo. A maior parte do que acontece está além de nós."
comentários(0)comente



Bru | @umoceanodehistorias_ 26/12/2014

"O amor pode aparecer em diversas formas"
Um milagre chamado Grace nos apresenta a história de Lila Elliot, uma mulher sonhadora, determinada, insegura, medrosa, uma mulher em busca de uma resposta e uma razão para sua vida e que, acima de tudo, precisa superar traumas.

Lila tem um grande sonho de tornar-se uma artista plástica e consagrar-se dessa forma, por isso sacrifica seus momentos de lazer e descanso, uma vida estabilizada que seus pais poderiam lhe dar, em nome de seu sonho. Como tornar-se uma artista é algo difícil e Lila não quer depender de seus pais, ela começa a trabalhar em um escritório de relações públicas que ela não gosta, mas, para atingir seus sonhos, é preciso algum sacrifício. O fim de seu relacionamento do Reed foi muito conturbado e Lila precisa superar mais essa, mas, esse não é seu pior momento. Ela precisa superar um trauma que jamais imaginou passar, algo que irá mudar sua vida para sempre.

“Frustração tinha virado uma acompanhante, como se planejasse ser uma convidada permanente na mesa de jantar, sem deixar espaço para mais ninguém. Com a mão boa, Lila apertou parte do lençol em uma bola frustrada.”

Praticamente a beira da morte, Lila encontra o apoio que precisa em sua melhor amiga Cristina, que é uma amiga de verdade, daquelas que podemos chamar de irmã sem nenhum arrependimento. A única diferença entre as amigas é que Cristina é apaixonada por cachorros e Lila tem um trauma de infância e não pode ver cachorros em sua frente.

Cristina vê que sua amiga não tem a menor condição de ficar sozinha em casa e a convida para morar em sua casa enquanto ela se recupera. Lila fica receosa de aceitar, afinal, terá que conviver com Grace uma Golden Retriever que passou por muitos maus tratos com o ex dono. Logo após a mudança, Cristina pede um favor para Lila: que ela fique com Grace por um tempo até Adam – o homem que tirou Grace dos maus tratos – encontre um lar para ela. Como Lila julga dever muito para a amiga, aceita a proposta. A partir daí, Lila se vê enfrentando mais um trauma de sua vida.

“ás vezes, coisas ruins acontecem a pessoas boas, não importa o que façam ou digam. Não dá para explicar. Não adianta tentar.”

Essa foi uma das melhores leituras do ano. Ver a superação de vida no decorrer das páginas foi fascinante. Lila se desenvolveu de uma forma natural e envolvente e seu amor e carinho por Grace é tão grande que me senti apaixonada por essa Golden!

Aprendi que o perdão é a única coisa que nos libertará para o próximo passo e que precisamos seguir em frente e continuar nossa vida independente de qualquer coisa, ainda seremos importantes para alguém. Acredito que a intenção desse livro não era ser de autoajuda, mas ele nos faz refletir demais e aprendermos a dar valor àquilo que realmente importa.

“há muita coisa que não podemos esquecer, mas podemos perdoar quem nos machucou.”

Um milagre chamado Grace te fará chorar, sorrir, sofrer e, acima de tudo, amar, pura e simplesmente, teu próximo e te ajudará a superar seus traumas, sejam eles quais forem.

“Perdão, como adoração, era uma expressão da natureza de Grace; Lila poderia brigar com ela, mas ela nunca guardaria rancor.”

site: http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/2014/12/um-milagre-chamado-grace-kristin-von.html
comentários(0)comente



Nat 30/09/2015

Lila trabalha em um escritório de relações públicas. Em um dia que parecia ser tão normal quanto qualquer outro, ela fica entre a vida e a morte quando um funcionário abre fogo, matando vários colegas. Traumatizada e sem poder se virar sozinha, ela se hospeda na casa da amiga Cristina. Com medo de tudo, ela acaba tendo que conviver com Grace, uma golden retriever meiga e carinhosa que passou por abusos. Cristina está hospedando a cachorra temporariamente até Adam, seu salvador, encontrar um lar definitivo para ela. Só que Lila tem pavor de cachorros e quando Cristina viaja, ela não tem como se recusar em cuidar da casa e de Grace, considerando a quantidade de favores que ela deve para a amiga. Ao mesmo tempo, ela tenta entender o que levou o ex-colega a tomar atitudes tão drásticas, mas sua busca não dá em nada. Enquanto tenta achar forças para superar seus traumas, ela também se sente forçada a cuidar de Grace, mesmo reconhecendo os benefícios para ambas da convivência mútua... Após tentar deixar Grace em um abrigo, Lila reconhece que a cachorra lhe pertence, assim como ela pertence a Grace. E uma bela amizade começa a tomar forma, ainda mais com a proximidade de Adam, pronto para mostrar pra Lila que a vida ainda tem coisas boas a serem aproveitadas.

Eu não sabia muito bem o que esperar desse livro. Claro, quando o escolhi para essa categoria do desafio, “Para fazer chorar”, já imaginava que iria chorar, de um jeito ou de outro, porque histórias sobre animais, não importa o final, eu já começo a ler chorando. Este livro, contudo, mesmo falando sobre uma cachorra que já havia sido sofrido maus tratos, confesso que demorei um pouquinho para me emocionar de verdade. Não que falte emoção, mas a infantilidade constante de Lila no que se referia a Adam e Grace deixou a desejar. De qualquer forma, valeu a pena porque mostra o poder que os animas tem de nos transformar e de nos fazer ver que, apesar das cicatrizes que possamos carregar, a vida ainda pode oferecer coisas boas, é só deixar o passado para trás e aproveitar o que vier pela frente. Adorei.

site: http://ofantasticomundodaleitura.blogspot.com.br/2015/08/um-milagre-chamado-grace-de-kristin-von.html
comentários(0)comente



22 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2