Padma

Padma Kelly Hamiso




Resenhas - Padma


33 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


Blog Amo Livros 03/06/2014

Resenha - Padma - Kelly Hamiso - por Eduarda Cardoso
Em Padma Kelly, nos apresenta Jéssica, uma garota meiga, que vive a sombra de seu chofer, Sergio, um homem obcecado, que literalmente criou Jéssica para que no futuro ela pertencesse a ele.
Jéssica vive na companhia do chofer desde os 5 anos quando o pai o contratou para leva-la em todos os lugares, aos 13 anos quando o pai faleceu em um acidente de carro, Jéssica só podia contar com Sergio que para ela era um amigo fiel, pois a mãe, não sabendo lidar com a morte do marido lhe negligencio amor e carinho, e também à afastou de sua avó (Laura), de sua madrinha (Maria) e de seu tio (Xande), e assim na constante presença de Sergio, ele se torna para a menina uma figura protetora como um pai. Ao 14 anos Jéssica se torna modelo e Sergio se vê apaixonado pela garoto e passa a impedir a aproximação de quem quer que seja, e assim controla a menina, moldando-a como bem entende, o que se tornou muito fácil para ele já que ele morava com ela nos Estados Unidos.

Mas um dia Jéssica volta ao Brasil, e agora com 17 anos, decide ir visitar a avó, e Sergio a acompanha a contra gosto pois tem medo de que a garota se afaste dele. É nesse momento do livro que somos apresentados aos melhores personagens dessa história, é aqui que conhecemos, Bento, Beto, Bel, Sheila, Mayra, Xande, Dona Beth, Tucaio.... e vários outro personagens muito legais.

É a partir desse ponto também que tomamos consciência de quem é Arimã, o anjo caído que está por trás de todas as coisas ruins que acontecerão a Beto, Jéssica e aos outros. Arimã é obcecado por Jéssica e a muito tempo já havia atrapalhado o amor entre ela e Beto e agora ele voltou para por um ponto final em tudo.

Kelly aborda neste livro o tema da reencarnação (particularmente eu não acredito em nada disso), e na possibilidade de duas algumas com uma vida interrompida antes da hora, poderem se reencontrar.
Achei lindo ela ter usado a flor de lótus (Padma) para representar isso em seu livro, ou melhor para representar Jéssica e Beto, onde Jéssica é a flor e Beto o lago lodoso onde a flor nasce. Hamiso nos mostra que sempre há esperança e que mesmo no lugar mais feio pode haver amor, pode have beleza e vida.

Jéssica é a delicadeza, o amor, a vida capaz de salvar Beto do lodo no qual ele estava se afundando, e ao longo do livro percebemos que um influenciou no comportamento do outro, Jéssica deixa de ser uma garota tonta e desprotegida e passa a ser alguém de atitude e coragem, mesmo que ainda tome posições inconsequentes, e Beto deixa de ser fechado e tão alto depreciativo e passa a ser alguém mais vivo e com proposito, porém se torna extremamente dependente de Jéssica.

Um ponto que eu achei negativo em Beto foi o ciume excessivo dele, onde há momentos em que ele fica totalmente descontrolado por coisas ínfimas, e isso fez o personagens em certos momentos parecer tão obcecado quanto Sergio e Arimã.

Jéssica também tem seus defeitos, mas ela melhora muito com a progressão da leitura e no fim ela é bem diferente.

Os personagens passam por muitos maus bocados nesse livro, nos levando ao limite da curiosidade, e até nos dando certa carga de adrenalina nos nervos, pois há momentos em que a ação rola solta e somos literalmente lançados dentro da cena.

Kelly escreve muito bem, com uma linguagem bem moderna, que permite ao leitor uma inteira compreensão do texto. A diagramação foi perfeita e eu adorei cada detalhe da capa e o quanto ela foi fiel ao livro. Não sei se porque me deixei levar pelo livro ou se porque não haviam erros mesmo, mas eu não notei erros de digitação no livro.

Ressalto que todos os meus elogios ao livro, nada tem haver com a minha parceria com a autora, os elogios são verdadeiros por que a obra está muito boa, um livro grande, mas que em nenhum momento foi cansativo, pelo contrario quanto mais eu lia mais eu queria ler e me entristeci com o fim (até chorei - confesso).

Obrigada Kelly por ter me dado o prazer de conhecer seu livro e de me encantar com o Beto e a Jéssica.

site: http://amolivrosdeverdade.blogspot.com.br/2014/06/resenha-padma-kelly-hamiso.html#.U43DwNKwLBA
Kelly Hamiso 30/06/2014minha estante
Eu que agradeço, Duda, por esta linda resenha!




spoiler visualizar
comentários(0)comente



Lary 03/06/2020

Romance com fantasia
Jéssica, cansada de viver sob os holofotes e o dinheiro de sua família, decide passar uma semana de férias na casa de sua avó materna e nesses dias ela descobre diversas coisas sobre seu chofer, Sérgio, o qual era seu fiel escudeiro até então e começa a andar com as próprias pernas. Ela era sempre manipulada por ele e não conseguia fazer nada do que quisesse enquanto o tinha por perto.⠀

Ao conhecer os amigos de seu tio Xande, ela começa a ver o mundo com outros olhos e a enxergar sua independência, ao lado da avó e da madrinha. Quando ela se apaixona por Beto, um vizinho e amigo de Xande, a vida dela vira do avesso e ela é convidada a tomar várias decisões sobre sua própria vida. ⠀

Beto e Xande, juntamente com outros amigos, são "seguranças" de mercadorias e de seu chefe. Sim, eles trabalham com contrabando e se vêem sem saída nenhuma, até que Jéssica entra na vida de cada um deles de forma diferente...⠀

A história acontece com um pano de fundo místico, no qual, haverá uma guerra entre anjos e anjos corrompidos então ambas partes vão à Terra em busca de almas para lutar em defesa de um lado. Arimã, anjo corrompido, busca pessoas de fé duvidosa e se apossa delas fazendo com que elas ajam de acordo com sua vontade, para o mal. Já, Gabriel é um anjo e está do lado bom da história, ele também recruta almas, porém, de fé e bondosas. ⠀

São 510 páginas e ao final, entendi o porquê de tantas. Diversas vezes reclamei por estar cansada da história e então, entendi que se não tivesse 510 páginas, o livro seria dividido em pelo menos 3, ou seja, uma trilogia. Porque realmente acontece MUITA coisa nele. ⠀

Eu gostei muito e quem gosta de romance com uma pitada de fantasia vai gostar também!

site: https://www.instagram.com/p/CA8SErJpLUf/
comentários(0)comente



Carolina DC 14/05/2014

Narrado em terceira pessoa "Padma" é uma história sobre um amor verdadeiro interrompido por causa da loucura e obsessão. Inicialmente somos apresentados a história da "menina, o rebelde, o senhor e o diabo" passada no sul do Brasil em um local conhecido como Paraíso do Inferno. É lá que temos o primeiro contato com a linda garota do vestido lilás e o cavaleiro gaúcho.
Após essa breve apresentação que irá determinar o destino de todos os personagens do livro, somos levados à Nova York, onde conhecemos Jéssica uma jovem de 17 anos, modelo, que vive com o seu chofer Sérgio, um homem de 33 anos que é obcecado por ela. A relação entre os dois é uma dinâmica de controle de tal maneira que Jéssica sente-se sem vida mesmo sem entender o motivo.
É em uma de suas pausas do trabalho que ela decide visitar a mãe Isaura na cidade de Piquete. Isaura é uma mulher rica, mas de origem humilde e ignora a própria mãe e irmão para esconder o passado.
Mas Jéssica não concorda com essa visão e vai até São Paulo na companhia de Sérgio visitar sua avó Dona Laura, a madrinha, Dona Maria e seu tio, o Xande. É lá em São Paulo que a vida de Jéssica tem uma reviravolta irreversível.
Beto tem 23 anos, é irmão de Bento e Bel, filhos de Dona Beth, a vizinha da avó de Jéssica. A jovem, que até o momento vivia em uma bolha graças a sua notoriedade como modelo e por ser controlada por Sérgio vê na vida simples daqueles vizinhos uma liberdade nunca antes sentida. Ao se envolver com esses novos amigos, Jéssica não tem ideia de que também está entrando em um mundo onde as situações não são tão delimitadas, onde a lei e a criminalidade cruzam o caminho constantemente.
Vários personagens são apresentados ao leitor durante essa jornada: Mayra, Xande, Tucaio, Sheila, Roberta, Emerson, Bento, Bel. São pessoas que apresentam o lado "real" da vida para Jéssica, com amizades verdadeiras, intrigas, confidências, amores e infelicidades.
O livro acaba apresentando dois grandes temas: o primeiro é o citado no parágrafo anterior, onde temos Jéssica aprendendo a viver, apaixonando-se e também se decepcionando. O segundo é mais focado no lado espiritual e sobrenatural, envolvendo a disputa que se iniciou em Paraíso do Inferno.
Jéssica é a personagem que tem o maior crescimento pessoal no livro. De garotinha inocente, protegida e alienada da realidade, ela se torna forte, decidida e independente.
Beto tem as suas contradições. Se por um lado ele é visto como um líder, por outro ele não apresenta auto-estima, sempre se depreciando e achando que não é bom o suficiente.
Os demais personagens (que são muitos por isso não irei analisá-los individualmente) apresentam em suas personalidades características marcantes como lealdade, fé, companheirismo, inveja e cobiça.
Uma história muito bem delineada que apresenta de modo claro e conciso toda uma jornada que ultrapassa o tempo e o espaço. Um livro que fala de amor, mas também fala de fé e dos sacrifícios que fazemos por aqueles que amamos.
Em relação à revisão, diagramação e layout a editora realizou um ótimo trabalho. A capa é linda e chama a atenção e para os leitores mais curiosos posso confirmar que o título "Padma", que será explicado no meio da trama, combina perfeitamente com a história.

"A submissão de Jéssica lhe dava a sensação de poder, e aquele jogo lhe parecia mais atraente do que se estivesse aos beijos com ela. A ausência da mãe dava-lhe absoluto controle da situação. Apenas aguardava o momento em que seu amor fosse correspondido, o que, para ele, não estava longe de acontecer. Desde então, nunca mais se afastara dela. Jéssica não tinha a presença da mãe, nem amigas, nem namorados, apenas Sérgio". (p. 41)
comentários(0)comente



Renata 18/08/2014

Jessica é uma moça de 17 anos, herdeira de uma fortuna e que descobre uma paixão avassaladora por Beto, um contrabandista que vive a vida no limite. E mesmo tendo vidas opostas, o amor que nasce entre eles é tão forte que é capaz de ultrapassar fronteiras, quebrar barreiras e vencer limites. Juntos vão viver uma perigosa história de amor e nada será capaz de separá-los.

Eu amei, para mim foi a melhor história de amor que já li, em 14 anos como leitora. Sempre procurei uma história de amor autêntica,e essa mostra que a literatura brasileira pode ser boa, muito boa. Qualidade americana, com nacionalidades brasileira, isto é Brasil. Meus parabéns.
Renata 10/06/2015minha estante
Amei




Danielle 26/10/2014

Um livro lindo
Logo que o livro se inicia somos apresentados a uma estória se passada em tempos antigos onde uma jovem camponesa muito bela vira objeto de cobiça de um feiticeiro amigo do rei e senhor daquelas terras e é obrigada a se casar com o feiticeiro para livrar o pai da morte e sendo separada do seu grande amor.

A trama gira em torno de Jéssica, uma jovem de dezessete anos, dona de uma beleza que deixa os homens fascinados, herdeira de uma família muito rica e modelo famosa em Nova York, porém uma menina que não liga para nada de dinheiro e faz na verdade as vontades de sua mãe. Ela tem um chofer que cuida dela e que possui um carinho especial, como se fosse o pai que ela perdeu como criança. Porém não é bem assim que Sérgio se sente em relação a ela, mesmo estando cuidando dela desde criança se apaixonou perdidamente por ela, e seu plano é em breve tê-la como mulher.

Jéssica sempre tem sonhos muito estranhos sendo ela uma outra mulher, em outros tempos e esses sonhos aos pouco farão Jéssica se convencer de que não são apenas sonhos sem nenhum fundamento.

A mãe de Jéssica, Dona Isaura, é de origem pobre e quando casou-se com um homem rico se afastou da família. Jéssica pelo contrário tem muito apreço pela avó e seus familiares pobres, mas por morar em Nova York não sobra muito tempo para vistá-los, mas quando ela volta para o Brasil por um tempo resolve passar uns dias com a avó e lá acaba conhecendo a vizinhança e fazendo amizades, e claro com sua beleza começa arrasar corações por lá. Os irmãos Bento e Beto irão se encantar pela menina. Mas quem vai roubar o coração de Jéssica é Beto, que um badboy que as circunstâncias da vida o levaram para um caminho tortuoso e ele não quer que Jéssica se envolva com ele e estrague seu futuro.

"-Ele nem sabe que moro em Nova York. Na verdade ele tem complexo de inferioridade, acha que não merece nada nem ninguém. Imagine se ele soubesse quem sou? Um bela porcaria de herdeira."
Muita coisa vai acontecer para que os dois não fiquem juntos, tudo obra de um anjo corrompido chamado Arimã que fará de tudo para impedir que o casal fique junto e o leitor vai entender o porquê de tudo isso ao longo da trama.


Minhas Impressões


Como não ficar encantado com essa capa linda e este título um tanto intrigante, então logo que fiquei sabendo desse livro corri para ler sinopses e resenhas que me deixaram bem animadas pela leitura, conversei com a autora, que é uma fofa e me presenteou com o livro, fiquei super feliz e assim que recebi o livro iniciei a leitura.

O livro é narrado em terceira pessoa e contém 510 páginas que o leitor nem percebe de tão gostosa que é a leitura. Os personagens são muito cativantes, até os secundários me conquistaram. Queria muito que o Sérgio tivesse tido uma participação maior na trama, tinha ele como um grande vilão em potencial, esperava um pouco mais desse personagem.

Quanto ao casal protagonista eles roubaram meu coração, sofri e vibrei com eles do início ao fim. Jéssica que de início pareceu uma menina bobinha mas que mostrou grande força e mostrou-se decida e com personalidade forte.

A mãe de Jéssica, Dona Isaura, me surpreendeu com suas atitudes e ganhou meu respeito, comecei odiando e depois passei a admirá-la.

Sheila e Tucaio são personagens secundários muito amáveis, a história de vida de Sheila me deixou emocionada, depois de tudo que ela passou, se mostrou forte e não perdeu a fé, Tucaio também me surpreendeu mostrando seu valor.

O livro tem uns trechos bem divertidos que adorei e eu até gostaria de partilhar com vocês mas eles contém um pouco de spoiler então achei melhor não comentar.

A trama é bem amarrada e não deixa fios soltos, quando o leitor pensa que tudo está calmo, a autora vem e coloca uma reviravolta, acreditem tem surpresa até as últimas páginas.

O significado do nome do livro e da capa farão todo o sentido, gostei muito do significado da flor dentro da trama e do romance, tudo se encaixou perfeitamente.

Uma estória de amor, reencontros e com um toque sobrenatural, que para mim foi na medida certa, eu particularmente adoro estórias com anjos caídos e esta me agradou bastante por fugir um pouco do tema batido de uma garota que se apaixona por um anjo.

Recomendo muito a leitura para quem ama romances com um toque sobrenatural.


site: www.facebook.com/minhasresenhasdp
comentários(0)comente



Hanna Carolina de Paiva 27/12/2015

Me surpreendeu
Em Padma, conhecemos a história de uma linda moça do vestido lilás, que tem sua vida interrompida tragicamente, graças à obsessão de um anjo corrompido, que faz de tudo para acabar com o amor que estava predestinado para a moça e tê-la só para si. Como a vida dela e do seu grande amor foi interrompida por causas não naturais no mundo dos homens, Deus lhes dá uma segunda chance e permite que as duas almas retornem ao mundo para terminar sua história de amor. O tempo é mais atual, no século XXI, com Jéssica, uma linda menina loira e modelo famosa, e Beto, um rapaz que vive no interior, metido com atividades ilícitas. Dois mundos que não tem nada a ver um com o outro a princípio, passam a ter relação quando Jéssica decide visitar a família de férias, no interior de São Paulo. Como o anjo não venceu da última vez, ele tenta novamente ter a alma de Jéssica para si, fazendo tudo o que estiver ao seu alcance, inclusive usando pessoas, como o Sérgio, chofer que cuida de Jéssica desde que ela era criança e nutre uma afeição doentia pela moça, cuidando dela como de fosse seu "bichinho de estimação".
Jéssica e Beto depois que se conhecem, precisam encarar muitas dificuldades, tanto no quesito social quanto no espiritual para poderem ficar juntos, mesmo sem saber que sua história começou bem antes de eles nascerem.
Kelly usou para essa história elementos do Espiritismo, como a reencarnação e destinos traçados. Eu, particularmente, tenho um pé atrás com essas coisas, não posso dizer que existem, nem que não existem, apenas que neste mundo tudo é possível de acontecer, pois não somos capazes de compreender diversas coisas que acontecem à nossa volta. Que dirá um evento desses.
Bom, apesar dessa minha dúvida, posso afirmar que devorei o livro em apenas uma semana, pois gostei do modo como foi abordada a história do romance entre a Jéssica e o Beto. A linguagem é bem fluida e de fácil entendimento e a leitura tem de tudo um pouco, romance, mistério, suspense, luta. Eu gostei bastante do livro e espero não ter dado spoilers demais (rsrsrs).

site: www.mundinhodahanna.blogspot.com
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Cele 14/12/2015

Ótimo romance
Me interessei pelo livro pela capa, muito linda, encantadora!!!
Quando li a sinopse, fiquei em dúvida pois não sou fã de livros com anjos. Contudo fui surpreendida por este romance. A escrita é leve e envolvente!!!
A abordagem do bem e mal é simplesmente maravilhosa e encantadora.
Recomendo a estória de Jéssica e Beto.
comentários(0)comente



LUA 07/11/2015

Olá Pessoal,
Hoje eu vou falar do booktour do livro Padma da autora Kelly Hamiso que está sendo organizado pela Clauo do "Blog da Clauo".
Quando fui convidada a participar, o que primeiro me chamou a atenção foi a capa (claro, sou louca por capas), o título que é bem diferente e a indicação da própria Clauo, que não por ser minha amiga, tem um gosto literário impecável. Então, resolvi entrar na fila e conhecer os segredos de Padma.
Vamos ver o que eu achei?
Peguem seu anti- alérgico e lenços de papel. Não, não é para chorar ou talvez seja só um pouquinho. Ficaram curiosos?
Vem comigo que eu te conto.
#Resenha:
Conta a lenda que há muito tempo atrás em uma pequena parte do Sul do país, existia um feudo muito próspero e feliz. O senhor do reino era uma pessoa boa e tratava a todos muito bem. Até que, com a chegada de um mago no reino, tudo se transforma. Sob a influência do mago, o Senhor se torna mau e a felicidade que ali outrora havia, se desfaz.
Não contente em subjugar seus servos, o senhor encanta-se com a filha do ferreiro, a moça mais bonita de todo o lugar. O problema é que ela é apaixonada pelo líder dos rebeldes, que nutre o mesmo sentimento por ela.
Assim, a proposta de casamento do senhor é logo rechaçada pela menina e por esse motivo, ele decide acabar com a vida de seu pai. A moça então, muito triste, resolve aceitar a proposta do senhor sob a condição dele salvar seu pai e casa-se com ele. Porém, embora o senhor cumpra com a promessa de poupar o pai da menina, ele não faz o mesmo com o líder dos rebeldes que acaba morrendo por influência do mago.
A menina grávida do rebelde, chocada com a cena, acaba morrendo também ao dar a luz.
São Paulo, dias atuais.
Jessica Garbes é uma moça linda, rica e bem sucedida na carreira de modelo internacional. Aos 17 anos mora em Nova York com seu chofer, Sérgio.
Apesar de ter a vida que muitos invejam, Jessica tem uma fragilidade emocional muito grande, pois após a morte de seu pai, em um terrível acidente, sua mãe se isola, passando a não prestar mais atenção na menina e relegando-a aos cuidados de Sérgio.
Voltando ao Brasil de férias, Jessica decide ir visitar sua avó, a quem não vê a bastante tempo.
Chegando lá a moça encontra, na pequena casa no subúrbio de São Paulo, o conforto e o carinho familiar que não sente desde a morte de seu pai. Isso só corrobora para que ela prolongue a sua estadia e faça amizades entre os vizinhos, principalmente com Bel, que tem como irmãos o irresistível Bento, terror das meninas do bairro, e o arredio Beto.
Beto é o "chefe" da gangue do bairro e amigo do tio de Jessica, Xande.
É um rapaz totalmente inadequado, brigão, ciumento,e mau elemento que dirige uma oficina, fachada de negócios ilícitos e escusos, onde a sua lei é respeitada. Alheio a sentimentos e com um complexo de inferioridade enorme e uma alergia de dar dó,(por isso os lencinhos) o rapaz não consegue acreditar quando a moça, praticamente joga-se em seus braços, rejeitando -a seguidamente até que resolve se entregar a esse amor.
Entre eles surge então uma relação de amor cheia de desafios, segredos e interferências de planos espirituais, que necessitará de muito empenho para que se concretize. O amor entre eles deverá ser bem consistente para que eles consigam submergir a toda essa gama de dificuldades e possam eternizar esse sentimento.
Então queridos leitores, esse é o plot que permeia a história.
Vocês devem estar se perguntando o porque de eu contar a lenda e o resumo da história.
Se ainda não fizeram a ligação, eu posso adiantar para vocês que a história tem um fundo sobrenatural ligado ao religioso. Na verdade, ao tema de reencarnação e teoria das almas gêmeas:
"No sagrado mistério da vida, cada coração possui no Infinito a alma gêmea da sua, companheira divina para a viagem à gloriosa imortalidade." - O Consolador, Chico Xavier, pelo espírito Emannuel
Jéssica é a filha do ferreiro, Beto é o líder do rebeldes e o mago é Arimã, um ser maligno que pretende levar o espírito de Jessica para as trevas.
Falando dos personagens, eu gostei muito do casal principal e embora a alergia do Beto tenha me "dado nos nervos", porque ele está sempre fungando ou coçando o nariz ( em todos os parágrafos referentes a ele há alusão à sua alergia. Alguém dê um anti-histamínico para o personagem, por favor!) e achar que ele poderia ter encontrado um modo melhor de sobreviver, eu gosto dele, apesar de não aprovar seu comportamento violento e ciumento.
Já Jéssica é a menina do conto - de - fadas. A pobre menina rica que larga tudo para viver um grande amor.
A trama tem outros personagens secundários,como por exemplo a " gangue" de Beto que apesar de terem uma atividade não muito ortodoxa, são "tutti buona gente".
(Tirando um ou dois, que lógico todo romance tem que ter gente do mal né?)
A família de Jéssica formada pela avó, a própria mãe ( que eu não consegui entender muito, mas aceitei)e a madrinha também são personagens tão reais que você você poderia encontrar em qualquer lugar.
Na verdade, Padma é uma ficção que poderia ser real, poderia acontecer na sua vizinhança ou na sua família, caso você acredite nesses conceitos religiosos abordados ao longo da história.
Kelly Hamison narrou o livro em terceira pessoa e soube conduzir uma história simples de diálogos fáceis mas que tornam o livro leve e dinâmico, que mesmo contendo 511 páginas, faz com que a leitura passe rapidamente.
A trama corre a partir da volta de Jéssica e seu difícil relacionamento com Beto,que sob a influência das trevas vai se desvirtuando do caminho do bem e da integridade moral, mas tal como a flor de lótus ou a Padma e daí o nome do livro, Jéssica é a beleza que submerge do lodo pra brilhar e guiar Beto no caminho da verdade e da luz.

"É o nome da flor de lótus, que no Oriente significa pureza espiritual. A água lodosa que acolhe a planta é associada ao apego e aos desejos carnais, e a flor imaculada, que desabrocha sobra a água em busca de luz, é a promessa de pureza e elevação espiritual..."
Então no decorrer da história, depois de alguns momentos tensos, onde os protagonistas tem de escolher seus caminhos e enfrentar muitas dificuldades para conseguirem ficar juntos, chegamos ao final que eu direi me deixou surpresa e confesso um pouco decepcionada.
Não que não seja bom, mas, será que valeu a pena???????
Se você ler, venha conversar comigo, eu realmente estou em dúvida.
No geral, Padma é um livro bonito e que te faz pensar em alguns aspectos da sua trajetória de vida. Gostei bastante e indico para quem gosta de um bom e bonito romance.
Agradeço a Clauo mais uma vez a oportunidade de participar deste booktour.
Veja outras resenhas em:

Até mais,

site: www.blogmundodetinta.blogspot.com
comentários(0)comente



Zana 03/11/2015

Literatura brasileira: romance, literatura fantástica e aventura!
‘É o bem contra o mal. E você de que lado está?’ Duas Tribos - Legião Urbana

Veja bem, se você está pensando em responder seguindo a letra da canção e dizer “Estou do lado do bem. Com a luz e com os anjos” é melhor deixar bem claro com que espécie de anjo você vai lutar. Isso mesmo, porque os anjos estão em guerra. Anjos de luz e anjos caídos estão recrutando para seus exércitos, e por causa de certo livre arbítrio, Deus só observa. E você, caro leitor, caso queira observar também “Não se entregue, reflita:
Não duvide, liberte-se. Emerja, seja... Padma”.

A flor-de-lótus ou padma é uma flor que se desenvolve enraizada em meio a lama e devido a sua capacidade de repelir micro-organismos consegue emergir pura do lodo. Ou seja, escuridão para luz, elevação espiritual. É dessa analogia que provém o título do livro.

Arimã é um anjo caído que desenvolve certa obsessão por uma humana. Esta mulher, que já tinha encontrado sua alma afim, em vez de encontrar a plenitude completando sua esfera, tem a alma despedaçada quando o anjo corrompido consegue separá-los. (Observemos aqui aquela velha máxima de que vivemos incompletos até encontrar nossa metade da laranja formando então uma laranja inteira). Em meio a uma luta ancestral entre o Bem (Gabriel) e o Mal (Arimã), que recrutam almas para suas fronteiras, uma segunda chance é dada ao casal, agora reencarnados como Jéssica e Beto, para que unam suas almas e a esfera se complete.

Utilizando conceitos conhecidíssimos como almas gêmeas e a clássica batalha bem versus mal, a escritora brasileira Kelly Hamiso nos traz uma mistura de romance, literatura fantástica e aventura. A história se desenvolve no Brasil, abarcando um ambiente de ilegalidade e tráfico. A atmosfera narrativa contemplada em sua trama, juntamente com o fraco esboço emocional dos seus personagens, que pareciam carecer de profundidade (falta de nuances e sutilezas, talvez?), inicialmente me fizeram desgostar da história. Todavia, o seu transcorrer de alguma forma terminou por envolver e cativar. Assim, apesar da fragilidade da narrativa nos aspectos citados, surpreendentemente “Padma” expôs uma boa trama e apresentou ser um livro interessante!

Quantas vezes mesmo não sendo cocô lendo uma literatura estrangeira boiei em alto mar ao me deparar com uma inferência na história a determinada música internacional. Em “Padima” encontramos algumas referências musicais muito legais de Titãs, Lulu Santos, Ira, etc., e o bom é que além de entender o contexto, ainda deu para cantar junto! Agora voltando a indagação da canção inicial (por sinal Legião não faz parte da trama, mas cairia bem). Anjos caídos à distância, vade-retro! Eu estou do lado do bem! E você de que lado está? Melhor definir conferindo o livro! ; )
Érica | @aquelacomlivros 03/11/2015minha estante
Nossa, a história parece incrível e a sua ótima resenha é instigante!!
Adorei saber que a história se passa no Brasil, estou sempre querendo ler literatura brasileira, mas a maioria que li se passa em qualquer lugar, menos aqui.
Quando vi que deu 3 estrelas pensei que não tivesse gostado muito, mas aí lembrei que é exigente na avaliação (Deu 3 estrelas pra Nora!), então acho que gostou bastante! Rsrsrsrs


Zana 03/11/2015minha estante
Não tão bastante, aí então seria 4. Quando não posso dizer que é ruim, ganha 3 estrelas. Bom dentro do razoável rsrs




Luma.Lage 25/09/2019

Jessica tem uma vida que muitas pessoas queriam ter. Herdeira de uma fortuna, linda de causar inveja e uma das modelas mais disputadas em New York. O único problema é que Jessica não gosta da vida que tem, desde os quatorze anos ela mora com o chofer em New York, a mãe, Isaura, a mandou para lá depois que seu pai morreu em um acidente de carro. Jessica que estava no carro com o pai no dia do acidente, tem a certeza de que aquele acidente foi proposital, que o pai não estava acelerando por diversão e sim para fugir de alguém que o perseguia. Ela tinha Sergio, seu chofer, como um pai e único amigo que tinha. Já que ele a protegia com unhas e dentes, e cuidava dela desde que a mesma era pequena.




"Imagine que a alma seja uma esfera de energia que se divide em duas partes, e quando ganham o presente de Deus, que é a vida, essas partes precisam voltar a se juntar, e para isso elas têm de percorrer uma trilha. Essa trilha em busca da outra parte é que nos leva a sabedoria, ao entendimento do interior e exterior, a compreensão da vida. Fazem pessoas fazer escolhas, realizações pessoais. Todos aqui passam a vida em busca do que? Da outra parte. É nessa busca que a alma se personifica ao se juntar com sua outra parte e ser completa. O amor é muito mais do que um casal apaixonado. É muito mais do que dividir o pão."



Nas férias, Jessica volta para o Brasil por duas semanas para visitar a mãe, mas nessa viagem ela sente saudades da avó que não via desde que o pai morreu e decide ir passar uma semana na casa da mesma, mesmo contra as vontades de Sergio e Isaura, que apesar de permitir a viagem, não aprovam. É nessa viagem que a história começa de verdade. Foi a parti dai que o livro me prendeu e eu não conseguia parar de ler.



Na casa da avó Laura, moram Maria, sua madrinha e Xande, seu tio. Vale ressaltar que apesar de Jessica só ter visitado essa parte da família com o pai, são a família de sua mãe. Eles moram em uma casa pequena e nunca aceitaram o dinheiro da Isaura, vivem com o que Xande ganha no trabalho. Jessica começa a sair muito com o tio e deixa Sergio de lado. Ela quem nunca saia sem o chofer ou sem sua permissão começa a sentir uma liberdade enorme, quando ele começa a sentir que está perdendo o controle da situação começam-se as brigas. Desde o começo do livro descobrimos que ele tem na verdade, uma paixão secreta por Jessica, que começa a ficar em evidência na viagem, graças as crises de ciúmes que ele tem.



"Magoar é tão ruim quanto ser magoada"



Vizinho de Xande, amigo e "colega" de trabalho, temos o Beto, um cara totalmente o oposto de Jessica. Ele é rebelde, vive de preto, bebe e fuma muito. Um cara longe de ser o homem ideal de qualquer garota, atrai Jessica de cara. Os dois sentem uma atração tão forte um pelo o outro, que não conseguem resistir a ela por muito tempo, mesmo Beto sabendo que ela não merece a vida que ele pode lhe dar, mas Jessica não desisti. Ela quer ficar com ele e juntos os dois vão lutar contra tudo e todos. Contra a organização, Isaura, Sergio, Xande, anjos e demônios, tudo para ficarem juntos.


Além dos personagens que citei, temos outros personagens importantes na história. Bel, irmã de Beto e Bento, é a primeira amiga que Jessica tem em anos. Bento, irmão do Beto e que pela primeira vez se apaixona de verdade e garota escolhida por ele é Jessica. Mayara, namorada do Xande. Roberta, ex namorada de Beto e a que mais gosta de fazer intriga no grupo. Emerson, inimigo declarado de Beto. Sheila e Tucaio, os dois são casados e são personagens muito importantes na história. Tem também, o Teco, Gegê e o Pica-Pau. Além do Anjo Gabriel, que tem a intenção de proteger a todos. E o Anjo corrompido Arimã, que tenta controla a todos.



"Beto é fogo e Jessica é água, se não houver um equilíbrio vão acabar um com o outro."



Tenho que dizer que tudo nesse livro me surpreendeu. Primeiro a história em si, a criatividade da autora e o modo como ela nos apresenta a esse universo da Jessica, é incrível, a leitura flui muito fácil. Por incrível que pareça até na última página eu tive surpresas. É o tipo de livro que você fala: "vou ler só mais um capítulo" e não consegue parar. Devo confessar que a minha única decepção foi o sumiço de Sergio, ele era um vilão em potencial e não atendeu as minhas expectativas sobre ele.

comentários(0)comente



Bruna 06/02/2016

Um amor além do tempo
Se preparem para rever tudo que você imaginou/pensa e para observar um amor capaz de atravessar barreiras do tempo!
Jéssica é uma jovem de 16 anos linda, rica, modelo em Nova York e mimada (não no sentido chato da palavra) cuja vida é quase perfeita... Ela tem basicamente tudo e é extremamente requisitada para trabalhar em diversas campanhas o que não agrada nem um pouco Sérgio, seu chofer, que age e dita o que ela pode ou não fazer como se fosse seu dono. E sim, você não leu errado, é mesmo o chofer que toma diversas decisões na vida da menina que como perdeu o pai cedo vê nele uma figura paterna, algo bem diferente do jeito que ele ele a enxerga. Isso se torna um pouco menos (ainda que continue sendo) estranho ao observar que só vive a menina e ele em Nova York e sendo assim ele é o único que está sempre por perto para cuidar da jovem.
Apesar de ter uma vida que muitos desejam, Jéssica, não é nada feliz. Além de ter sempre por perto Sérgio (mesmo que ela não se incomode) ela também nunca recebeu muito carinho de sua mãe, que vê isso como fraqueza e não quer perder a classe, o que a faz se sentir muito sozinha. No entanto, após muito insistir finalmente ela consegue convencer ambos a deixarem que ela passe um tempo em São Paulo, um lugar onde ela tem muitas memorias boas e também onde vive sua avó por quem ela sempre nutriu um carinho muito grande e que sempre a tratou com todo o carinho que nunca recebeu de sua mãe.
Sérgio, no entanto, aceita a viagem com muito contragosto. Afinal perto de várias pessoas ele não poderia agir como quando estão em Nova York e isso é algo que o preocupa, mas sem ter como impedir ele aceita, algo que talvez ele não fizesse se soubesse como as coisas estão prestes a mudar.
Após chegar a casa de sua vó, Jéssica começa a mudar seu jeito de ver as coisas e de agir. Alertada para o jeito que o chofer a olha, a menina começa a criar um certo distanciamento que só aumenta conforme o tempo passa e que piora sensivelmente quando a menina conhece Beto, um dos amigos do seu tio, que a faz se sentir de uma forma diferente.
Beto é um jovem, porém com grandes responsabilidades. Ele é chefe de uma “oficina mecânica” (esse segredo do que realmente é o trabalho dele só os leitores da obra vão ficar sabendo), extremamente rebelde e com uma auto estima baixa. O que não o faz entender o porque de Jéssica se interessar por ele, além do principal fato: eles são completamente opostos.
Em meio a diversos altos e baixos eles vão levando o relacionamento. Ambos possuem segredos um para o outro, ela não revelou para ele quem realmente é – uma modelo famosa – e ele não contou para ela o seu verdadeiro trabalho. Mesmo assim eles vão levando o relacionamento mediante a diversos altos e baixos. Se já não bastasse tudo que insiste em atrapalhar eles ainda estão sendo observados, mesmo que eles não saibam, por Arimã, um anjo corrompido que está determinado a impedir que os dois fiquem juntos utilizando para isso todos os métodos que puder.
Aos poucos Jéssica vai descobrindo a razão dos sonhos com uma bela moça e um jovem camponês; sonhos esses tão reais que insistem em acompanha-la e a fazem se sentir como se estivesse ligada a essas pessoas. E é claro, a ligação que possui com a flor de Lótus, que eu não posso revelar porque senão perde a graça. A realidade é que essa história pode ser mais antiga do que parece e sua felicidade pode não ser tão fácil de ser alcançada, a grande questão que fica é: eles serão forte o suficiente para superar tudo isso e permanecerem juntos?

Padma é uma história de amor, de sofrimento, de reencontro e de vingança. Até que ponto se deve confiar em alguém? Até que ponto realmente se conhece uma pessoa? Será que Jéssica será razão para fazer os irmãos Bento e Beto brigarem? Será que eles conseguirão superar todos os obstáculos? Até que ponto vai a força do amor deles? Porque Arimã quer tanto impedir que eles fiquem juntos? Todas essas perguntas você irá descobrir ao longo das diversas páginas dessa história que te surpreende a cada minuto e que desperta em você diversos sentimentos durante a leitura, prepare o coração e embarque nessa jornada onde nem o tempo é capaz de impedir o amor renascer.

site: www.brookebells.com
comentários(0)comente



Rafaella 01/11/2014

Jéssica é uma menina muito rica que mora em Nova York com seu chofer Sérgio, desde que tinha 13 anos, após o suposto acidente de seu pai. Ela é modelo fotográfica e todos a conhecem, entretanto, ela não se sente feliz com isso. Ela é extremamente obediente e ingênua, fazendo sempre o que Sérgio quer que ela faça, sem questionar se isso é o melhor para ela. Entretanto, dessa vez, ela está com uma decisão tomada: ela vai passar as férias na casa da sua avó em São Paulo.

Ao chegar em São Paulo, ela conhece o grupo de amigos de seu tio Xande, e começa a lidar com sentimentos e situações diferentes. Jéssica, apesar de ser muito rica e famosa, é uma pessoa extremamente solitária, ela não tem amigos, pois Sérgio não permite que ela tenha, e tampouco já se apaixonou, pois Sérgio não quer que ela tenha contato com membros do sexo oposto que não seja ele. Logo se percebe que Sérgio a enxerga muito mais do que uma amiga, mas Jéssica não percebe isso, devido a sua inocência. Em São Paulo ela irá fazer amigos e conhecer o poder do amor.

Logo no inicio, eu até cheguei a imaginar a Jéssica uma garota muito mimada, mas é impossível permanecer com essa ideia, pois ela vive em um mundo de contos de fadas, em que acredita que todos sentimentos são bons e todas as pessoas também, mas logo ela vai perceber que não é bem assim.

Falar desse livro é extremamente complicado, pois eu adorei a história, mas ela é cheia de detalhes em que se deve descobrir aos poucos, isso faz a leitura se tornar extremamente prazerosa. Também é muito difícil falar dele sem soltar spoiler.

Entre os amigos do seu tio Xande, ela conhece o Beto, um rapaz rebelde, que só se veste de preto, fuma, bebe, fala palavrão. Ou seja, ele não é o homem ideal. Mas logo antes de vê-lo Jéssica já sente um forte sentimento por ele, e quando se vêem, é amor a primeira vista. Eu sou o tipo de pessoa que não acredita em amor à primeira vista, mas esse tem um motivo para ter acontecido.

Além de Beto, Jéssica também conhece outras pessoas, e a autora soube criar personagens secundários maravilhosamente bem construídos. Existem vários personagens, alguns não são tão explorados, mas os que tem maior importância para a trama são tão bem desenvolvidos que eu torci por eles tanto quanto pelos personagens principais. Entre eles estão o Tucaio e a Sheila, que são um casal incrível. Tucaio é um amigo incrível para o Beto, sempre com sua sabedoria e seu jeito calmo, ele é o ponto de equilíbrio que Beto precisa para não fazer tantas besteiras (ou mais do que faz). Sheila é uma pessoa boa a quem já aconteceu tantas coisas ruins, mas nunca perdeu sua essência e sua fé. Outros personagens que merecem destaque é o Bento e Bel (irmãos de Beto), Xande (tio da Jéssica), e Arimã (guardem esse nome).

Bom, até aí, nada muito diferente de algumas histórias de amor que já lemos, não é!? Mas não é bem assim. Beto e sua turma guardam alguns segredos que não seriam bem aceitos caso Jéssica descobrisse. Ela possui alguns sonhos estranhos com pessoas que ela nunca viu. Além disso, algumas pessoas são manipuladas por Arimã, e também há uma flor extremamente ligada à existência de Jéssica.

"Seja firme diante do lodo que pesa sobre tuas pétalas. Empurre-o e vá em busca da luz, não se deixe contaminar. Sei que você não tem dúvida." (pág. 383)

"Puxe-o das profundezas do lodo, faça-o emergir para a luz. Padma imaculada. (pág. 348)

A história é contada em terceira pessoa e isso nos faz ter um pouco do ponto de vista de outros personagens além do casal, e isso torna a história bem mais rica. A narrativa da autora é extremamente fluida. Ao longo da história fazemos várias descobertas e sofremos junto com os personagens, além disso, reviravoltas pode ser um sinônimo para esse livro.

Falando um pouquinho dos personagens principais: Jéssica é uma garota doce e encantadora, mas de frágil ela não tem nada, depois que ela se liberta de Sérgio, ela vira uma mulher forte e determinada, e que está sempre pronta para perdoar e se arriscar pelo bem dos outros. Algumas atitudes dela me irritaram um pouquinho, pois as vezes ela se metia em uma confusão sem ligar para o que a atitude dela ia causar, mas é impossível não gostar dela. Já o Beto é alguém com uma imensa capacidade de amar, e que usa uma máscara para não demonstrar suas fraquezas. O amor desses dois é puro, lindo e que ultrapassa barreiras.

" - A gente achava que ele não tinha fraquezas, lembra? Beto era uma fortaleza, mas o sentimento que lhe traz mais felicidade é o mesmo que lhe rouba toda a vitalidade." (pág. 434)

Definitivamente não consigo escrever uma resenha curta, mas é que eu tenho tanto para falar desse livro, que nunca será o suficiente. Padma é um livro que fala sobre perdão, sobre fé e o destino, mostra que sempre temos alguém para nos completar, nos mostra o poder do amor, a importância da família e dos amigos. É um livro que nos fala sobre escolhas erradas e as consequências que elas trazem para a vida de todos que nos rodeiam. E principalmente é um livro que nos fala sobre segundas chances. É um livro que em suas 512 páginas soube trazer o real e o sobrenatural e os mesclar até não sabermos distingui-los.

Quanto à diagramação, ela é simples. Letras em tamanho confortável para a leitura e páginas amareladas, encontrei alguns poucos erros de revisão, mas nada que comprometa a leitura.

Kelly, muito obrigada pela oportunidade e confiança, ler Padma foi uma experiência maravilhosa e vou lembrar sempre do Beto e da Jéssica e da Sheila e do Tucaio com enorme carinho.


site: http://vamosfalarlivros.blogspot.com.br/2014/11/resenha-21-padma-kelly-hamiso.html
comentários(0)comente



LetíciaBaldez 28/01/2015

[Resenha] #Padma
No livro Padma a estória se baseia nos personagens Jéssica Garbes e Alberto Gonçalves (Beto). Tudo começa com a viagem de Jéssica e de seu chofer Sérgio que é apaixonado pela moça em segredo. Jéssica decide passar duas semanas no Brasil para visitar a mãe e seus outros parentes. Visto que já está em Nova Iorque tanto tempo que está com saudade de casa. Sérgio não gosta nada da ideia mas aceita por não ter escolha.

Ao chegar a cidade de São Paulo ela se depara com uma mãe indiferente a sua chegada. Dona Isaura assim que a filha chega já está pronta para o trabalho, sendo uma empresária bem sucedida e com uma reputação a zelar, não se envolve emocionalmente com a filha.

Jéssica então tem a chance de passar uma semana na casa da avó Laura e Sérgio fica muito desconfortável por não estar exercendo mais tanto domínio pela moça. Ao reencontrar com o tio Alexandre (Xande), ele logo suspeita das intenções do chofer e faz de tudo para siar com a sobrinha e deixa-la afastada do homem.

"A submissão de Jéssica lhe dava a sensação de poder, e aquele jogo lhe parecia mais atraente do que se estivesse aos beijos com ela. A ausência da mãe dava-lhe absoluto controle da situação. Apenas aguardava o momento em que seu amor fosse correspondido, o que, para ele, não estava longe de acontecer. Desde então, nunca mais se afastara dela. Jéssica não tinha a presença da mãe, nem amigas, nem namorados, apenas Sérgio".

Jéssica é extremamente frágil e tem fortes dores de cabeça e por ser tão frágil Sérgio a manipula a todo momento a fazer o que ele quer. Primeiro a convenceu de morarem juntos em um apartamento em Nova Iorque, dispensou a empregada e passou a ser a única companhia de Jéssica, até em seus trabalhos como modelo ele é quem dava a palavra final.

Mas Jéssica conhece Beto um rapaz que bebe, fuma e se veste de preto que ama rock and roll e só pensa em si mesmo. Em meio a negócios fraudulentos ele faz a segurança de um homem poderoso chamado Jonathan que era um dos chefes da organização criminosa que fazia o transporte de drogas e mercadorias ilegais. Junto com ele está Tucaio, Roberta, Xande, Maya, Emerson, Teco, entre outros. Todos ligados a este esquema de sujeira e fraude.

"-Ele nem sabe que moro em Nova York. Na verdade ele tem complexo de inferioridade, acha que não merece nada nem ninguém. Imagine se ele soubesse quem sou? Um bela porcaria de herdeira".

Jéssica se apaixona por Beto e ele por ela, mas a relação é bem conturbada devido ao fato de Beto não se considerar merecedor de Jéssica e pelo lado violento e explosivo que ele possui. Sem contar o ciúme descomunal que ele sente por ela. Mas convenhamos que ela também é muito ciumenta e relação ele. Principalmente com Roberta ex ficante do rapaz.

"Beto é fogo e Jessica é água, se não houver um equilíbrio vão acabar um com o outro".

Em meio a tudo isso ainda está Arimã um anjo corrompido que fica o tempo todo influenciando nas decisões das pessoas principalmente com Sérgio e Beto. Ele quer algo e não medirá esforço algum para conseguir cumprir seu maior objetivo de destruição. Padma que significa flor de lótus está lá para afastar com seus mecanismos tudo aquilo que a prejudica e o mesmo acontece em relação à Jéssica e Beto que obtiveram do verdadeiro Senhor mais uma oportunidade de concertar o que foi desfeito por seu inimigo, mas nem tudo é tão fácil quando pode parecer em meio a brigas e intrigas a estória se desenvolve e faz você decifrar o que o verdadeiro Senhor quer revelar.

Bom bibouss o livro é interessante, mas eu senti falta de um que a mais. O que mais gostei foi da forma como a protagonista Jéssica amadureceu durante a trama. No começo era muito insegura e não fazia nada sem a aprovação de Sérgio. Mas no decorrer ela se mostrou uma mulher forte e independente, com seus medos e fraquezas mas vivendo da maneira que ela mesma escolheu, sem a interferência de ninguém. Outra personagem que me cativou foi Sheila, esposa de Tucaio que sempre esteve ao lado de Jéssica, a consolando e dando sábios conselhos a menina.

"Não se entregue, reflita; Não duvide, liberte-se. Emerja, seja Padma".

Outros personagens que também compunham o livro eram Bento irmã de Beto, Isaura mãe da Jéssica, Bel irmã de Beto e Bento e Walter pai de Jéssica. Que também foram muito especiais para Jéssica e nem sempre puderam estar ao lado dela, mas gostavam muito dela, cada um a sua maneira.

O livro também contava com a presença do anjo Gabriel que ajudava Jéssica a conseguir fazer valer mais uma oportunidade de viver ao lado de seu amor e realizar os desejos estabelecidos pelo verdadeiro Senhor.

Quanto ao designer do livro: a capa é linda, a diagramação é simples e sofisticada. O livro é narrado por um narrador heterodiegético, não faz parte da estória. Possui o selo Talentos da literatura brasileira pela editora Novo Século.

Então é isso bibouss, espero que tenham curtido, se sim deem um like abaixo do título do post isso me ajuda muito com a divulgação e o crescimento do blog, e deixem nos comentários o que acharam da trama.

site: http://sobangulos.blogspot.com.br/2015/01/resenha-padma.html
comentários(0)comente



33 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3