Uma Bruxa Apaixonada

Uma Bruxa Apaixonada Ruth Warburton




Resenhas - Uma Bruxa Apaixonada


5 encontrados | exibindo 1 a 5


Nu e As 1001 Nuccias 13/06/2015

Resenha - Blog "As 1001 Nuccias"
A resenha não possui spoilers deste volume, mas podem ter alguns do volume anterior. Então, se você ainda não leu o primeiro, cuidado!
A história agora se divide entre Winter, a nova cidadezinha de Anna, e Londres, sua antiga cidade.

Anna está com mais de 6 meses de namoro com Seth, o gostosão da escola que ela enfeitiçou. Literalmente! Anna ainda sente muitas dúvidas sobre o amor que Seth sente por ela: ainda é efeito do feitiço ou é real?

Além disso, ela também busca mais informações sobre sua origem, em especial sobre sua mãe. Após uma visita rápida à sua antiga casa, descobre que sua mãe enfeitiçou sua magia, bloqueando-a, e bloqueando também a memória e a vontade do pai.

Por que será que era tão importante manter Anna longe da magia? Será que investigar esta história fará bem a Anna?

Bom, ainda é uma história meio fraca. A personagem deu uma amadurecida, a leitura ficou menos cansativa que o livro anterior, mas... Como toda e qualquer adolescente apaixonada, é uma menina de 18 anos, cheia de incertezas e dúvidas. Faz e fala muita porcaria, cansando até o namorado, quem dirá o leitor...

Foi diferente do primeiro volume, que praticamente me forcei a ler. Este, eu li com relativa vontade, estava indo bem, mas é um daqueles livros que não te tocam profundamente. Você leu e acabou, passou para outro, beijo e tchau.

O 2º volume também foi publicado pela Editora Leya. A capa é linda, o livro tem ótima diagramação, as fontes são grandes (até um pouco exageradas), margens justificadas, dando um tom de zelo com o livro. Não percebi erros de tradução/gramática e pontuação gritantes.

Nem sei quando deverá ser lançado o último (assim espero) livro da Coleção. Lerei, por conta do meu TOC de deixar coisas inacabadas (Queira a Deusa que eu consiga resolver tudo da minha vida antes de falecer, senão viro um fantasma chato pacas...), porém não estou empolgada, não.

Se você gosta do tema, acho válido. No final das contas, é uma boa distração. Também sugiro que faça como eu: leia e troque por outro. Desapegue-se.

Espero ter... ajudado?

Boa leitura!

site: http://1001nuccias.blogspot.com.br/2015/06/resenha-livro-uma-bruxa-apaixonada.html
comentários(0)comente



Marla 09/05/2015

Uma Bruxa Apaixonada - Ruth Warburton // Trilogia Winter # 02
Em Uma Bruxa Apaixonada, o segundo volume da trilogia Winter, Anna tenta levar uma vida normal depois de ter enfrentado o poderoso clã Ealdwitan. No volume anterior, Anna descobriu ser uma bruxa, após se mudar com o pai para a cidade de Winter. Mesmo namorado há seis meses com Seth, Anna ainda não se sente segura em relação aos sentimentos dele e para piorar seus poderes estão descontrolados, já que ela insiste em não praticar magia. Para surpresa de Anna, quando ela completa dezoito anos, seu pai que sempre se esquivou de suas perguntas sobre sua mãe, lhe entrega uma carta dela. Porém a carta acaba não respondendo suas perguntas, então a jovem bruxa decide seguir uma pista deixada sem querer por sua mãe que se chama Isla. Em Londres na companhia de Emmaline, Anna conhece Caradoc, um grande amigo de Isla e posteriormente sua avó, Elizabeth Rakewood. Os Rakewood são uma poderosa família de bruxos e para surpresa de Anna, sua avó pertence ao clã dos Ealdwitan. Como a situação pode sempre piorar, Anna e seu pai, que desconhece que sua filha é bruxa, passam a serem ameaçados pelos Malleus Maleficorum (o martelo das bruxas), uma organização que caça bruxas.

"Por exemplo, por que um dos mais poderosos grupos de bruxas da Inglaterra queria me recrutar? Por que minha própria mãe queria esconder minha existência? Por que ela havia tentado suprimir minha magia, eliminar qualquer chance de eu me tornar uma bruxa? O que havia errado comigo?"

Felizmente Uma Bruxa Apaixonada não caiu na maldição do segundo livro, já que a autora conseguiu evoluir a trama e os personagens e ainda revelar alguns mistérios. É claro que Anna continua um pouco irritante. Até entendo que para ela deve ser complicado aceitar ser uma bruxa, já que passou a maior parte de sua vida como uma pessoa normal, o problema e que se ela não se aceitar como ela realmente é, nunca poderá ser feliz. O bom e que depois de uns contratempos Anna, finalmente entendeu. Não posso deixar de ressaltar que foi muito bom a autora revelar a identidade da mãe de Anna, já que era algo que eu queria saber desde Uma Bruxa na Cidade. Também gostei da adição dos Malleus Maleficorum, já que eles serviram para Anna entender, que os Ealdwitan , não e o único clã que ela precisa se preocupar, ou seja e melhor ela começar a controlar sua magia. Algo que me pegou de surpresa, bem no finalzinho do livro, foi á possibilidade de um novo amor para a protagonista. Porém só saberemos o rumo que essa história vai tomar no último volume da trilogia, que eu espero que seja lançado em breve. Enfim Uma Bruxa Apaixonada é um bom livro com romance, magia e acontecimentos inesperados. Recomendo!!

"- Estou dizendo que não precisa escolher- ele continuou com cautela. - Entre amor e magia. Pode ter os dois.- Abe olhou dentro dos meus olhos, e meu coração parou de bater por um segundo. - Existem pessoas com quem você pode ter as duas coisas."

Trilogia Winter
Uma Bruxa na Cidade (A Witch in Winter) # 01
Uma Bruxa Apaixonada (A Witch in Love) # 02
A Witch Alone # 03

Resenha Postada no blog Louca por Romances no dia 11/08/2014

site: http://loucaporromances.blogspot.com.br/2014/08/resenha-uma-bruxa-apaixonada-ruth.html
comentários(0)comente



Ana Caroline 30/01/2015

h
Oi, tudo bem com vocês?


Eu fiquei sem postar resenhas por alguns dias e o motivo foi a Maratona Literária. Eu demorei para ler os primeiros livros e quando percebi o mês estava acabando e ainda precisava ler vários livros e, por isso, decidi que leria primeiro todos os livros e só depois faria resenha de todos e postaria uma por dia.


Hoje a minha resenha é sobre o livro Uma Bruxa Apaixonada, o segundo livro da trilogia Winter (eu disse que ia terminar as minhas séries este ano).


A trama do livro Uma Bruxa Apaixonada começa seis meses depois do emocionante final do primeiro livro Uma Bruxa na Cidade (resenha aqui) e neste segundo livro temos uma história com um pouco mais de ação do que na anterior.


Anna fez uma promessa de não usar magia e por isso está tentando reter o seu poder, mas ao fazer isso ela pode colocar a si mesma e aos outros em perigo, pois quando esse poder se acumular e resolver “sair” ela pode não consegui controlá-lo.


E é exatamente isso que acontece toda vez que ela está nos braços de Seth. Ao beijá-lo ela se deixa levar e a magia toma conta do seu corpo fazendo com que ela use sua magia de forma descontrolada e isso é uma coisa que não pode acontecer.


Além de ter que lidar com seus poderes Anna vai ter que lidar com os segredos que envolvem o seu passado, o sumiço da sua mãe, a descoberta de novos membros da sua família e caçadores de bruxas locais que não estão de brincadeira e querem vê-la morta. Sem esquecer também que ela tem que lidar com os sentimentos que nutre por Seth, pois o garoto está cada vez mais apaixonado e Anna não consegue acreditar totalmente se o que ele sente é amor ou ainda existe um pouco do feitiço que ela colocou nele para ele se apaixonar por ela no passado.



- Adoro namorar uma bruxa. Neve repentina, panes elétricas e tudo isso. Eu não trocaria por nada.

-Ah, é? Mesmo com a constante preocupação com o clima? Você me ama de verdade, ou nosso relacionamento não passa de um efeito colateral prolongado de um encantamento acidental?

- Anna...- Seth falou, e havia um tom de advertência na sua voz.



Como eu disse anteriormente, este livro é um livro muito com muito mais ação do que o primeiro e nos envolve na sua trama do início ao fim.


O que me incomodou neste livro foi o romance entre Anna e Seth, eu tenho que ser sincera e dizer que eu não gosto do personagem do Seth e não acredito que ele seja realmente apaixonado pela Anna. E além do mais, quem em seis meses faz juras de amor eterno? Esse amor deles é muito banal pra mim e simplesmente não me convence. Por mim o Seth podia voltar com a sua ex-namorada Caroline, casar, ter filhos e viver sua vida bem longe da Anna.


Podemos ver nesta continuação que a Anna amadureceu em alguns sentidos, mas infelizmente em alguns outros ela foi muito imatura e aborrecida.


Infelizmente a maioria dos personagens secundários que apareceram muito no primeiro livro quase não aparece neste e apenas um deles, o Abe, tem uma participação maior. E o que falar do Abe? Um personagem que conheço tão pouco e já considero tanto. Abe é rebelde, é o tipo de cara que você não deveria gostar, mas que você sabe que vai gostar. Eu já o adoro e quero logo um romance entre ele e a Anna, pois tem muito mais sentido os dois juntos, adeus Seth.



- Bem, vou precisar ajudar meu pai mais tarde, mas na verdade não, hoje a tarde vou encontrar Seth.

-Ah. – o rosto de Abe foi marcado por linhas de desaprovação quase cômicas. – Ele.

- Sim, ele. Meu namorado.

- Você merece coisa melhor.

- O que quer dizer?

- Só isso. – Abe deu de ombros. – Você é incrível. Ele não é. Você é interessante. Ele não é. Você é eminentemente beijável. Ele não é. - Notando minha expressão diante desse comentário, ele deu de ombros mais uma vez. – O que é? Só estou dizendo.


Agora que expus o meu amor pelo Abe, posso concluir dizendo que Uma Bruxa Apaixonada não caiu na maldição do segundo livro e conseguiu ser melhor que primeiro. A história é bem infanto-juvenil, mas é cheia de ação e envolve o leitor. A capa e a diagramação foram bem trabalhadas pela editora e para quem gosta de histórias sobre magia podem pegar esse livro para ler sem medo.

site: http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Jenny 08/10/2014

Antes de tudo que quero falar primeiro dos aspectos gráficos, a capa é mesma da original, mas diagramação assim como no primeiro livro da trilogia é perfeito, se todos os livros da LeYa for com essa diagramação

[...]

site: http://apenaseugarotadoblog.blogspot.com.br/2014/07/resenha-uma-bruxa-apaixonada-ruth.html
comentários(0)comente



Clã 17/06/2014

Clã dos Livros - Uma Bruxa Apaixonada
A cidade de Winter vive uma calmaria, depois dos eventos catastróficos que marcaram o final do primeiro livro Uma Bruxa na Cidade.

Anna descobriu ser uma bruxa ao chegar a cidade e enfeitiçar Seth, de brincadeira.
Enfrentou muitos problemas por conta desse feitiço acidental, que além de causar o ataque a cidade e aos bruxos de lá, ainda a deixou insegura em relação aos sentimentos de Seth por ela, já que poderiam ainda estar sofrendo influência do feitiço.

Os dois já namoram a cerca de 6 meses, apesar de não ser exatamente um namoro normal. Claro, namorar uma bruxa nunca era monótono ou comum.

"- Adoro namorar uma bruxa. Neve repentina, panes elétricas e tudo isso. Eu não trocaria por nada.
-Ah, é? Mesmo com a constante preocupação com o clima? Você me ama de verdade, ou nosso relacionamento não passa de um efeito colateral prolongado de um encantamento acidental?
- Anna...- Seth falou, e havia um tom de advertência na sua voz."


Esse desconforto é algo que ronda a cabeça de Anna o tempo todo. Ela pensa que é demais Seth, o garoto mais gato da escola, ser apaixonado por ela. Algo deve estar errado e talvez ele ainda esteja sobre o efeito do feitiço.

A bruxa ainda luta contra sua magia, tentando controlar-se a todo tempo, o que causa alguns problemas no clima, como ventos, neve, chuva, descargas elétricas, principalmente quando alguma garota atrevida se aproxima de seu namorado. Muitas vezes a magia sai involuntariamente, pois Anna não consegue controla-la.

Segundo seus amigos bruxos, Abe principalmente, ela precisa treinar e desenvolver sua magia, que é muito poderosa. Desta maneira poderá controla-la. Porém Anna teme atrair novamente, a atenção dos Ealdwitan, grupo de controle dos bruxos que atacou a cidade, além de pensar que isso pode afastá-la de Seth.

Ok, também tem o problema dos bruxos não verem com bons olhos o relacionamento de bruxos com apartados (não bruxos). Por isso, Anna resisti a ideia de trabalhar e usar sua magia.

Muito perigos e aventuras acontecem no segundo livro da trilogia: Um grupo caçador de bruxas, Malleus Maleficarum ronda a casa da moça, ela finalmente descobre muito sobre sua própria mãe e sua família, ainda é perseguida e maltratada pelo avô preconceituoso de Seth, além de ter Abe insistindo para que Anna assuma sua magia.
O bruxo demonstra também um interesse por ela, que vai além de sua magia.

"- Bem, vou precisar ajudar meu pai mais tarde, mas na verdade não, hoje a tarde vou encontrar Seth.
-Ah. – o rosto de Abe foi marcado por linhas de desaprovação quase cômicas. – Ele.
- Sim, ele. Meu namorado.
- Você merece coisa melhor.
- O que quer dizer?
- Só isso. – Abe deu de ombros. – Você é incrível. Ela não é. Você é interessante. Ele não é. Você é eminentemente beijável. Ele não é.- Notando minha expressão diante desse comentário, ele deu de ombros mais uma vez. – O que é? Só estou dizendo."

Uma bruxa Apaixonada é cheio de aventura, romance e magia.

Vemos a jovem bruxa enfrentando seus pesadelos, descobrindo novos aliados, e sofrendo uma perda angustiante.

O livro é muito bom! Amei e recomendo.


site: http://cladoslivros.blogspot.com.br/2014/06/resenha-uma-bruxa-apaixonada-livro-2-da.html
Gli 07/09/2014minha estante
Eu estou muito ansiosa pelo último livro, e meu coração dói pelas atitudes finais de Seth... Apesar de não achar que ele esteja totalmente errado, já que Anna estå colhendo o que plantou!




5 encontrados | exibindo 1 a 5