Paralela

Paralela Lauren Miller




Resenhas - Paralela


12 encontrados | exibindo 1 a 12


Thais Campos 26/06/2020

Loucura
Eu sempre acreditei e leio sobre universos paralelos e esse livro é muito bom, ele demora um pouco para te prender, mais do meio para o final você não consegue largar ele, vale muito a leitura.
comentários(0)comente



Luane.Reey 23/08/2016

Paralela- Lauren Miller
Paralela é o tipo de livro com uma proposta legal, e até interessante mas não conseguiu me cativar a ponto de eu querer devorá-lo em poucos dias. Claro, minha falta de tempo contribuiu para a demora em terminar esta leitura, mas a falta de surto por ela, também.
O enredo é interessante, a partir de um terremoto, Abby acorda em uma nova realidade, na qual sua vida é diferente e suas escolhas diferentes, proporcionaram a vida que ela sempre sonhou.
O que fazer quando se acorda em outra vida? Em uma vida que você desejou e que por escolhas momentâneas acabou se distanciado de você? Será que independentemente do caminho, o destino será o mesmo?
É com esses questionamentos que a autora embarca o leitor em uma ficção científica com pitada de romance. Acompanhar Abby foi realmente interessante, a garota confusa em sua nova vida após ser enviada para sua outra vida que existe em mundo paralelo, acaba percebendo que é justamente nessa vida que poderia ter tudo que sempre quis, mas isso obrigatoriamente seria sua vida?
Em alguns momentos, senti que a trama poderia ser melhor explorada, culpa do meu amor por ficção científica que me fez criar teorias e viajar por elas, enquanto lia o livro. Porém, ao terminá-lo entendi todo o sentido e sentimentos que a autora quis transmitir, logo, considerado Paralela um bom livro. Não é o melhor livro de ficção científico com tema: mundos paralelos já criado, entretanto, consegue ter todo um sentido próprio e no geral, é um livro legal. Romance e amizade sob medida, os quais tornaram tudo mais interessante e cativante. P.S.: Josh, melhor personagem!

site: http://maniasdeumagarotasingular.blogspot.com.br/p/livros.html
comentários(0)comente



Delírios e Livros 24/04/2016

A teoria quântica diz que existe um mundo paralelo para cada versão possível de sua vida. E a maioria dos físicos mais importantes apostaria a carreira nisso.

Logo de cara a capa desse livro me chamou atenção, tive de ler para uma leitura coletiva de um grupo de leitura e posso dizer que foi uma leitura maravilhosa. Eu particularmente adoro histórias do gênero que aborda viagem no tempo ou algo parecido.

O livro pode parecer meio louco se o leitor não for muito atento, porém a leitura é leve e muito gostosa de ler, é só você entrar de cabeça na loucura desse mundo paralelo.

Abby a protagonista descobre que existe um mundo paralelo e que está vivendo nele com uma diferença de 1 ano e 1 dia, aos poucos ela começa se lembrar do que a sua paralela viveu modificando sua vida.

O livro tem romance, essa parte me fez suspirar e torcer muito. O fato de a história se passar em dois tempos isso vai dar em muita confusão.

A narrativa é em primeira pessoa alternada em capítulos nomeados como aqui e lá (o que se passa no mundo atual e no mundo paralelo, que possui um espaço de tempo de 1 ano e 1 dia).

A única coisa pior do que admitir para si mesmo que cometeu um erro gigantesco é admitir a mesma coisa para os pais. Principalmente quando você está se arrependendo de uma coisa à qual eles eram indiferentes desde o início.

Recomendo a leitura para quem gosta de histórias que falam sobre interferência no tempo junto com romance

site: www.delirioselivros.com.br
comentários(0)comente



Luubs ? 14/09/2015


Abby tem todo o seu futuro profissional meticulosamente planejado. Ela sabe que profissão quer ter, que universidade quer ingressar e o que quer estar fazendo depois que se formar. Não cabia na sua vida nada que estragasse os seus planos perfeitos. Mas o último ano do ensino médio parecia estar lhe reservando surpresas desastrosas para ela, já que depois de perder sua vaga no estacionamento e de ter uma matéria extra excluída da sua grade curricular, ela é levada a tomar uma decisão sem pensar e acaba mudando toda a sua vida por causa de uma escolha que era aparentemente simples.

Presa em uma realidade que ela jamais imaginou viver, tudo parece prestes a mudar quando no seu aniversário um tremor atinge toda a terra deixando todas as pessoas com uma intensa dor de cabeça e a sensação de que as suas lembranças estavam um tanto confusas. Mas o que começa como algo desesperador logo se transforma na chance que Abby precisava, pois contra todas as possibilidades ao invés dela estar em Los Angeles gravando um filme, ela está na renomada universidade de Yale com a sua melhor amiga Caitlin e prestes a se envolver com um cara super charmoso, que parece preencher todos os pré-requisitos para se tornar seus príncipe encantado.

Quando iniciei a leitura de "Paralela" eu não sabia muito bem como esperar o desenvolvimento do enredo proposto por Lauren Miller. Pois se de um lado a premissa do livro era de um romance com foco nas indecisões de uma adolescente prestes a entrar em uma vida adulta, por outro, havia também uma promessa de abordagem na ficção científica - em especial, na teoria de universos paralelos estudada pelos físicos quânticos. Mas mais do que isso, a autora sutilmente induz o leitor a esperar a junção dessas duas vertentes em uma trama que faria a sua protagonista percorrer uma longa jornada até entender a brevidade da vida e a importância de cada decisão tomada.

As promessas foram tantas que fiquei pensando se Miller daria conta de me convencer ou não, mas logo percebi que não havia motivos para temer, já que a foi com muita fluidez e engenhosidade que a autora fez uma história deliciosamente divertida e que apesar de não fornecer todas as respostas que eu queria, conseguiu me cativar sobremaneira. A razão principal para isso está na personagem Abby, pois com uma vida virada de pernas para o ar, tudo parece dar errado - principalmente as coisas que ela mais quer. Me vi tantas vezes nela, que mesmo quando ela cometia certos deslizes, eu a tolerava.

Ainda mais porque independente dela estar fazendo as escolhas certas ou não, conheço bem essa sensação horrível: a de você se esforçar por algo que deseja e ver aquilo ser tirado de sua vida antes mesmo de poder decidir se isso é realmente o que você quer. Esse aspecto da história me deixou tão rendida, que nem o triângulo amoroso que a autora inseriu conseguiu me deixar com algo menos que um sorriso no rosto durante toda a leitura do livro - verdade seja dita, um desses romances é especialmente fofo e me conquistou. Tanto que ao final, mesmo esperando algumas respostas a mais acerca da teoria dos universos paralelos e algumas conclusões acerca de alguns personagens secundários, fiquei com a sensação indelével de que naquelas páginas habitava uma melhor amiga que eu jamais esqueceria.



site: http://www.mundodoslivros.com/2014/09/resenha-paralela-por-lauren-miller.htm
comentários(0)comente



Maressa 02/04/2015

Paralela - Lauren Miller
Abby Barnes é a mais nova estrela de Hollywood, mas ela nunca sonhou em ser atriz. Aliás, seu futuro estava todo planejado desde cedo. Ela seria uma renomada jornalista e estudaria na Northwestern. Para isso, ela escolheu estrategicamente suas matérias no Ensino Médio para ter o currículo perfeito. Porém, o encerramento de uma aula optativa fez com que Abby estudasse teatro e a partir daí, seu tão planejado futuro saiu dos trilhos.

No dia do aniversário de 18 anos de Abby, um terremoto faz com que universos paralelos se colidam e a realidade da jovem é mudada radicalmente pelas ações que sua paralela tomou um ano antes. Ninguém possui lembranças da vida anterior à colisão, menos Abby. Por isso, ela conta conta com a ajuda de sua melhor amiga Caitlin para entender o que aconteceu e tentar dominar o seu destino.

Estava acostumada com diversas histórias sobre viagem no tempo, onde uma ação no passado pode alterar o presente e o futuro, mas em Paralela é diferente. Lauren Miller resolveu abordar o tema de universos paralelos, onde uma ação adotada por um paralelo seu substitui as atitudes que tomou na sua realidade. É complexo, mas felizmente a autora deu explicações suficientes para que o leitor entendesse o que acontece com Abby. Além disso, os capítulos são intercalados com a narração das duas Abbys e assim podemos ver que atitude que a Abby paralela tomou para mudar a realidade da Abby real.

Paralela é um livro envolvente. Ao mesmo tempo em que eu queria muito saber o que acontecia a seguir, eu pausava a leitura porque não queria que a história acabasse. Todas as personagens possuem uma razão de aparecer na trama e, não sei se isso pode ser considerado um spoiler, estão interligadas.

A obra de Lauren Miller pode falar sobre física quântica e abordar algumas explicações complexas, mas em síntese, nada mais é do que um ditado que já conhecemos e a Xuxa já cantava em Lua de Cristal: o que tiver de ser, será.

site: http://maressaaaspirante.blogspot.com.br/2015/04/resenha-paralela-lauren-miller.html
comentários(0)comente



Mari 21/03/2015

Existe aquele apelo irresistível em todas as histórias que envolvem duas possibilidades: o tempo e os rumos diferentes que a vida poderia ter tomado se tivéssemos optado por diferentes caminhos. Em Paralela, esse apelo é levado ainda mais longe porque as decisões que delineiam a história são acontecimentos cotidianos, daqueles que não se espera que definam destinos.

Em um young adult competente, que flerta com a ficção científica se apropriando de termos de física quântica, Lauren Miller prende nossa atenção até a última letra. Em 327 páginas de narração não linear, a história de Abby Barnes conquista o leitor, que percorre as páginas ansioso pelo próximo revés. Um feito e tanto para o primeiro livro da autora.



Leia Mais: http://www.vortexcultural.com.br/literatura/resenha-paralela-lauren-miller/#ixzz3V3CRJD4j
comentários(0)comente



Blog MDL 02/10/2014

Abby tem todo o seu futuro profissional meticulosamente planejado. Ela sabe que profissão quer ter, que universidade quer ingressar e o que quer estar fazendo depois que se formar. Não cabia na sua vida nada que estragasse os seus planos perfeitos. Mas o último ano do ensino médio parecia estar lhe reservando surpresas desastrosas para ela, já que depois de perder sua vaga no estacionamento e de ter uma matéria extra excluída da sua grade curricular, ela é levada a tomar uma decisão sem pensar e acaba mudando toda a sua vida por causa de uma escolha que era aparentemente simples.

Presa em uma realidade que ela jamais imaginou viver, tudo parece prestes a mudar quando no seu aniversário um tremor atinge toda a terra deixando todas as pessoas com uma intensa dor de cabeça e a sensação de que as suas lembranças estavam um tanto confusas. Mas o que começa como algo desesperador logo se transforma na chance que Abby precisava, pois contra todas as possibilidades ao invés dela estar em Los Angeles gravando um filme, ela está na renomada universidade de Yale com a sua melhor amiga Caitlin e prestes a se envolver com um cara super charmoso, que parece preencher todos os pré-requisitos para se tornar seus príncipe encantado.

Quando iniciei a leitura de "Paralela" eu não sabia muito bem como esperar o desenvolvimento do enredo proposto por Lauren Miller. Pois se de um lado a premissa do livro era de um romance com foco nas indecisões de uma adolescente prestes a entrar em uma vida adulta, por outro, havia também uma promessa de abordagem na ficção científica - em especial, na teoria de universos paralelos estudada pelos físicos quânticos. Mas mais do que isso, a autora sutilmente induz o leitor a esperar a junção dessas duas vertentes em uma trama que faria a sua protagonista percorrer uma longa jornada até entender a brevidade da vida e a importância de cada decisão tomada.

As promessas foram tantas que fiquei pensando se Miller daria conta de me convencer ou não, mas logo percebi que não havia motivos para temer, já que a foi com muita fluidez e engenhosidade que a autora fez uma história deliciosamente divertida e que apesar de não fornecer todas as respostas que eu queria, conseguiu me cativar sobremaneira. A razão principal para isso está na personagem Abby, pois com uma vida virada de pernas para o ar, tudo parece dar errado - principalmente as coisas que ela mais quer. Me vi tantas vezes nela, que mesmo quando ela cometia certos deslizes, eu a tolerava.

Ainda mais porque independente dela estar fazendo as escolhas certas ou não, conheço bem essa sensação horrível: a de você se esforçar por algo que deseja e ver aquilo ser tirado de sua vida antes mesmo de poder decidir se isso é realmente o que você quer. Esse aspecto da história me deixou tão rendida, que nem o triângulo amoroso que a autora inseriu conseguiu me deixar com algo menos que um sorriso no rosto durante toda a leitura do livro - verdade seja dita, um desses romances é especialmente fofo e me conquistou. Tanto que ao final, mesmo esperando algumas respostas a mais acerca da teoria dos universos paralelos e algumas conclusões acerca de alguns personagens secundários, fiquei com a sensação indelével de que naquelas páginas habitava uma melhor amiga que eu jamais esqueceria.

site: http://www.mundodoslivros.com/2014/09/resenha-paralela-por-lauren-miller.html
comentários(0)comente



Renata CCS 10/09/2014

Será que existe uma cópia de você lendo essa resenha?

"A distinção entre passado, presente e futuro é só uma ilusão, ainda que persistente." (Albert Einstein)


Existe uma teoria muito discutida no mundo científico, chamada "Teoria dos Mundos Paralelos.
Segundo essa teoria, existiriam em outras dimensões, mundos idênticos ao nosso, com as mesmas características e pessoas, mas funcionando de uma forma diferente. É uma ideia muito controversa que sugere que o nosso mundo constantemente se divide em linhas do tempo alternativas.

Foi em 1954 que Hugh Everett III, um jovem candidato ao doutorado da Universidade de Princeton, apareceu com uma idéia radical e, para muitos, bizarra: a existência de universos paralelos, exatamente como o nosso, todos relacionados e derivados do nosso e que, por sua vez, seriam derivados de outros. Muito confuso? Concordo. Vamos a um exemplo: uma pessoa suicida-se com um revólver, mas quando disparado o gatilho, é formado um universo paralelo que apresenta à pessoa outros conjuntos de estados possíveis, onde o gatilho não foi disparado ou ainda, em outro universo, o disparo ocorreu e a pessoa foi hospitalizada. Resumindo, as nossas escolhas dividem o nosso universo, e são infinitos o número de possíveis cenários e possibilidades.

E se uma jovem atriz fosse dormir em Los Angeles em setembro de 2009, em um quarto de hotel, e acordasse em um quarto na universidade de YALE um ano antes? Foi isso o que aconteceu com Abby Barnes, a protagonista de PARALELA, livro que chegou as minhas mãos através do sorteio da editora Pavana, realizado através do Skoob.

Sem saber como, Abby vai parar em setembro de 2008, e é com a ajuda de sua melhor amiga, Caitlin, que Abby descobre que um terremoto acontecido um dia antes provocou um estranho fenômeno físico: o abalo sísmico fez com que sua realidade colidisse com sua realidade alternativa. Esse choque de universos faz com que ela troque de lugar com sua paralela, que está vivendo no momento com um ano e um dia de diferença com relação a ela, com escolhas e decisões diferentes. É uma realidade auto-contida em separado, coexistindo com a sua própria. É a realidade que ela teria se tivesse escolhido o curso de jornalismo ao invés de teatro.

Os capítulos do livro vão se alternando com o presente de Abby em 2009 e a vida de sua paralela em 2008. Em alguns momentos ficou um pouco complicado separar Abby de sua paralela - a autora criou uma história onde a personagem principal precisa viver com memórias que não são exatamente dela - mas confesso que foi uma experiência interessante ir desvendando essa confusão de realidades separadas em linhas do tempo alternativas.

Embora eu não curta romances adolescentes, o que acontece nas páginas de PARALELA acabou me prendendo a atenção. Lauren Miller desenvolveu bem a trama, com explicações consistentes e indispensáveis para o bom entendimento do leitor, mesmo que não tenha se aprofundado muito na explicação da existência de mundos paralelos. Uma decisão acertada, em minha opinião, já que o tema é bastante complexo e seria inverossímil ser discutida em profundidade por adolescentes.

Em torno de toda essa confusão, pensamos em como nossas decisões podem alterar nossa vida e de como estaríamos hoje se tivéssemos escolhido um caminho diferente no passado. Afinal, quem nunca pensou "E se eu tivesse ido por outro caminho, minha vida seria muito diferente hoje?

Nada é absoluto e tudo pode mudar com um virar de página. Temos o livre arbítrio e total liberdade de escolha no mundo. Ou não.
Kimmy 10/09/2014minha estante
Quero muito ler este livro, e com a sua resenha, fiquei com mais vontade ainda!




Dudu 21/07/2014

Lauren Miller - Paralela


“A teoria quântica diz que existe um mundo paralelo para cada versão possível de sua vida. E a maioria dos físicos mais importantes apostaria a carreira nisso.”

Logo de cara a capa desse livro me chamou atenção, tive de ler para uma leitura coletiva de um grupo de leitura e posso dizer que foi uma leitura maravilhosa. Eu particularmente adoro histórias do gênero que aborda viagem no tempo ou algo parecido.

O livro pode parecer meio louco se o leitor não for muito atento, porém a leitura é leve e muito gostosa de ler, é só você entrar de cabeça na loucura desse mundo paralelo.

Abby a protagonista descobre que existe um mundo paralelo e que está vivendo nele com uma diferença de 1 ano e 1 dia, aos poucos ela começa se lembrar do que a sua paralela viveu modificando sua vida.

O livro tem romance, essa parte me fez suspirar e torcer muito. O fato de a história se passar em dois tempos isso vai dar em muita confusão.

“A vida devia ter um período de teste – eu pondero. – Impediria que as pessoas ficassem presas a decisões que não queriam tomar de verdade, mas são capazes de mudar a vida.”

A narrativa é em primeira pessoa alternada em capítulos nomeados como aqui e lá (o que se passa no mundo atual e no mundo paralelo, que possui um espaço de tempo de 1 ano e 1 dia).

“A única coisa pior do que admitir para si mesmo que cometeu um erro gigantesco é admitir a mesma coisa para os pais. Principalmente quando você está se arrependendo de uma coisa à qual eles eram indiferentes desde o início.”

Recomendo a leitura para quem gosta de histórias que falam sobre interferência no tempo junto com romance.


site: www.facebook.com/minhasresenhasdp
comentários(0)comente



Poesia na Alma 12/07/2014

Resenha – Paralela, de Lauren Miller
Paralela, editora alaúde, de Lauren Miller, 327, é um livro que come pelas beiradas. Por mais que a capa não seja envolvente, em cada linha, você vai se identificando, ou por já ter vivido ou por estar vivendo algo parecido com a vida de Abby.
“Abby Barnes tem um plano. Ela sabe o curso que vai fazer, a faculdade em que vai estudar e até o lugar onde vai trabalhar. Mas pequenas decisões podem mudar uma vida inteira, e, na véspera de seu aniversário, Abby está questionando suas escolhas. No dia seguinte, ela acorda num lugar completamente diferente, um ano mais velha, sem saber como tudo mudou da noite para o dia. A resposta é mais inesperada do que poderia imaginar: uma colisão de universos paralelos que a faz viver uma versão alternativa de si mesma. Com a ajuda da melhor amiga, Caitlin, e dividida entre dois caras que poderiam muito bem ser o amor de sua vida, Abby se depara com o desafio de redescobrir a si mesma enquanto lida com a confusão em que sua vida se transformou.”
Afundamos de cabeça na loucura de Abby e na aflição dela para conseguir uma solução para todos os seus problemas e por mais que pareça ilusório, por muitas vezes, me vi em Abby. Principalmente na parte em que ela lembra de todos os planos para os 18. Semana passada, estava lembrando quando tinha 18 e todos os planos para os 30,
Exatamente como ela, nada aconteceu, foi tudo diferente e eu entrei em tantas furadas que me tornei uma peneira. O que é bastante sugestivo. Abby entra num profundo processo de maturação e precisa arcar com o ônus das próprias escolhas.
A autora foi feliz na maneira como abordou a temática: o arquétipo da mulher adulta. Com palavras simples e permeada de sutilezas que povoam nossa mente por dias e quem sabe anos.
O paralelo do título fala justamente dessa viagem ao intimo para resgate de peneira do é que é importante para nossa transformação. Pode parecer um livro bobo juvenil, mas não se enganem, é capaz de tirar qualquer leitor atento da zona de conforto e causar rebuliço.
Leitura mais que recomendada. E só depois que fui totalmente fisgada pela narrativa de Lauren Miller é que me encantei pela capa. Amo quando o autor faz isso comigo!

http://poesianaalmaliteraria.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Danielle 14/06/2014

ótimo
Resenha Lauren Miller - Paralela

“A teoria quântica diz que existe um mundo paralelo para cada versão possível de sua vida. E a maioria dos físicos mais importantes apostaria a carreira nisso.”

Logo de cara a capa desse livro me chamou atenção, tive de ler para uma leitura coletiva de um grupo de leitura e posso dizer que foi uma leitura maravilhosa. Eu particularmente adoro histórias do gênero que aborda viagem no tempo ou algo parecido.

O livro pode parecer meio louco se o leitor não for muito atento, porém a leitura é leve e muito gostosa de ler, é só você entrar de cabeça na loucura desse mundo paralelo.

Abby a protagonista descobre que existe um mundo paralelo e que está vivendo nele com uma diferença de 1 ano e 1 dia, aos poucos ela começa se lembrar do que a sua paralela viveu modificando sua vida.

O livro tem romance, essa parte me fez suspirar e torcer muito. O fato de a história se passar em dois tempos isso vai dar em muita confusão.

“A vida devia ter um período de teste – eu pondero. – Impediria que as pessoas ficassem presas a decisões que não queriam tomar de verdade, mas são capazes de mudar a vida.”

A narrativa é em primeira pessoa alternada em capítulos nomeados como aqui e lá (o que se passa no mundo atual e no mundo paralelo, que possui um espaço de tempo de 1 ano e 1 dia).

“A única coisa pior do que admitir para si mesmo que cometeu um erro gigantesco é admitir a mesma coisa para os pais. Principalmente quando você está se arrependendo de uma coisa à qual eles eram indiferentes desde o início.”

Recomendo a leitura para quem gosta de histórias que falam sobre interferência no tempo junto com romance.


site: www.facebook.com/minhasresenhasdp
comentários(0)comente



Tatiana 09/06/2014

Confesso que não me chamou atenção à primeira vista, e só li porque era o "livro do mês" do clube da leitura...
Mas comecei por obrigação e terminei prazerosamente!
É adolescente, claro, mas leve, fofo e descontraído!
Se você gosta de Meg Cabot, certamente vai adorar!!!
Rai Lira 10/06/2014minha estante
Oi Tatiana!

Será que você faz parte do mesmo clube de leitura que eu? rsrsrs

Assim como você eu não teria escolhido para ler se não fosse o clube de leitura... e não é que gostei! rsrsr

beijinhos
:)


Tatiana 10/06/2014minha estante
Com certeza, Rai Lira!!!
Também me surpreendi por gostar!!!
Mas quando cheguei ao capítulo 10 enlouqueci!!! E adorei!!!
;)
Bjks!


Nivia 12/06/2014minha estante
Se não fosse um grupo de leitura que participo, tb acho que não teria lido Paralela. E confesso que gostei mt. O mais interessante, a meu ver, é que no meio de toda a loucura do livro, tem uma grande tacada: uma mensagem que mostra o qt podemos mudar nosso destino por causa de um atraso, de uma precipitação, de algo dito ou não dito... só que nunca temos consciência de como seria se tivéssemos chegado antes ou depois...Paralela me fez refletir muito sobre isso; quantas vezes mudei meu destino? Por onde será que anda a minha paralela e o que ela se tornou? O livro me fez refletir por uns dias...


Tatiana 13/06/2014minha estante
Adorei, Nivia!!!
Me senti da mesma forma!!!




12 encontrados | exibindo 1 a 12