Ligue-me Amanhã

Ligue-me Amanhã Luna Bravin




Resenhas - Ligue-me amanhã


15 encontrados | exibindo 1 a 15


Sy Dantas 24/05/2020

Maravilhoso. Livro rápido de se ler, a escrita é muito boa. Em alguns partes eu sofri e me emocionei com a personagem
comentários(0)comente



Rosângela Alves 11/12/2015

Maravilhoso!
De longe, um dos livros mais lindos e emocionantes que eu tive o prazer de ler em 2015.

Não conheço a autora, mas achei a história dela de uma inteligência incrível. Foi diferente, foi envolvente e instigante do início ao fim. Estou respirando aliviada agora, depois de ler o último capítulo. Estava completamente surtada. Que enredo incrível. Chorei muito, mas ri horrores, também. Valeu a pena boicotar minha fila de leitura. Valeu a pena cada minuto que dispensei lendo esse romance lindo. Valeu a pena cada minuto que passei rindo, chorando e surtando. Como valeu a pena!
Derramei muitas lágrimas ao longo dessa história, e agora estou chorando porque tudo chegou ao fim. Vou sentir saudades da Evelyn, e mais ainda, do lindo Estranho que conquistou meu coração.

Peço de todo coração: Leiam esse livro, por favor! ;)
comentários(0)comente



Jessica A 07/01/2016

Liga pra mim tbm Estranho!!!
AMEI!!! ♥

Sério, adoreeeei esse livro!!! ♥

Estava eu, caçando algo na amazon e eis que esse livro surge, confesso que não gostei muito da capa, mas dei uma chance e não me arrependi em nenhum momento!

Um livro leve, fluído, envolvente, surpreendente, emocionante, bem escrito e com uma sacada muito boa da autora, é clichê?! É, mas não é aquele clichê chato e mamão com açúcar, é envolvente e viciante. Impossível parar de ler até saber quem diachos é o danado do Estranho (e que estranho...), que uma hora me deixava de cabelo em pé, pensava que era uma pessoa, mas depois pensava que era outra. E é ainda impossível não torcer para que tudo de certo na vida dessa mocinha, e que encontre finalmente a sua bendita felicidade.

Ah, e o ex-noivo, um super filho de uma mãe! Como eu queria dar uns belos chutes no traseiro dele!

Uma história que faz repensar no que é prioridade para você, principalmente em um relacionamento, se vale ou não a pena a abrir mão de muitas coisas para estar com aquela pessoa ao seu lado, se você precisa deixar de ter suas vontades próprias para atender a todas as necessidades daquela pessoa, que poderá não merecer no final das contas. Sem falar que, com todos os sofrimentos e obstáculos, no final tudo dará certo.

Se recomendo?! Sim, super recomendado! Tema interessante, leitura fácil, agradável e divertida sem muita enrolação.
Nota: 5 ♥
Jezi 07/01/2016minha estante
Maravilhosa resenha como sempre Jessica!


raissa.pinto.9 08/01/2016minha estante
Gostei da sinopse!


Ka 08/01/2016minha estante
Add a lista =D


Ka 08/01/2016minha estante
Add à lista =D


Jessica A 09/01/2016minha estante
Jeizy, obrigadaaaa gatona!! :D :D

Raissa, é bem legal, clichê, mas super fofo!

Ka, leia sim, bem a nossa cara :D


Irtes 13/01/2016minha estante
\O/ \O/ impossível não ler suas resenhas! Simplesmente adoro


Jessica A 14/01/2016minha estante
Vc é uma linda Irtes :D :D :D




Taty Assis 29/03/2016

Evelyn ao se mudar para os Estados Unidos, por causa de um intercâmbio, acaba conhecendo James. James acaba mostrando ser um príncipe de tão amável que ele é. E, consequentemente, Evelyn acaba se apaixonando.

Depois de algum tempo juntos, James a pede em casamento. É claro que Evelyn aceita, mas o casamento só acontecerá depois que eles estiverem formados. Três anos se passaram, três maravilhosos anos junto de seu amor. É chegado o momento do casamento, tudo parece estar perfeito, a não ser pelo fato de o noivo não estar presente na igreja.

É isso mesmo, Evelyn foi abandonada no altar, e para piorar de vez a situação, ela acaba descobrindo que há três anos James a traía e que ele fugiu com a amante.

O mundo até então "perfeito" de Evelyn acaba desmoronando, e, ela acaba decidindo voltar para o Brasil. Quando chega em casa, ela acaba descobrindo que teve seu celular trocado, e é aí que começa a trama do livro.

Evelyn acaba ligando para o sujeito que levou seu celular, e por mais incrível que possa parecer, ela e o Estranho acabam criando um vínculo por causa dos celulares trocados.

Bem, com seu retorno ao Brasil ela acaba descobrindo que um antigo amigo já não faz mais parte de sua vida, e ele acaba designando-a a cumprir alguns dos seus desejos através de cartas. E Evelyn acaba encontrando seu refúgio nas missões dadas a ela. E com o apoio de duas melhores amigas e do Estranho, ela tentara cumprir os últimos desejos de seu amigo. Mas no decorrer de sua viagem ela descobre que muitas coisas não fazem sentido e é então que ela terá a maior surpresa de sua vida.

Ligue-me amanhã é um livro curtinho, tanto é que dentro de horas eu consegui concluir a leitura. Mas mesmo conseguindo concluir a leitura sem muitas delongas, não consegui me conectar com a história.

Sabe quando você lê um livro e a história não te convence? Então, foi isso que aconteceu comigo durante a leitura. Terminei o livro sem, nem ao menos, me conectar com os personagens. Os diálogos entre Evelyn e o Estranho acabaram me deixando frustrada, e eu consegui descobrir o segredo do estranho misterioso antes do final O.o.


Mas essa é a minha opinião. Talvez vocês ao lerem Ligue-me amanhã vão se apaixonar pela história. Então, se a trama lhes chamou atenção não hesitem em ler, até porque se vocês forem ler as resenhas no Skoob, todas são bastante positivas. Talvez eu tenha lido em um mal momento, mas acontece é que para mim não funcionou, infelizmente.

site: http://www.aculpaedosleitores.com/2016/03/resenha-ligue-me-amanha.html
Luke 05/12/2017minha estante
Graças a Deus li uma opinião igual a minha. Achei um clichê que não consegui comprar. A autora colocou elementos como coincidências irreais e ainda por cima um suspense sobre quem é o Estranho, que nem foi suspense rs




Vânia 21/09/2015

Perdas e Ganhos.
Aos 17 anos, Evelyn sai de sua cidade, Florianópolis, para fazer um intercâmbio na cidade que nunca dorme, Nova York.
Lá, ela conhece James e acha que ele é o grande amor de sua vida. Por conta disso, a possibilidade de voltar para o Brasil cai drasticamente.
Sete anos e meio de relacionamento depois, Evelyn é, literalmente, abandonada na porta da igreja, mas não antes de, na noite anterior, ainda ter transado loucamente com aquele que logo seria seu marido.

Nos últimos três anos James manteve um outro relacionamento e foi com essa pessoa que ele covardemente fugiu e deixou Evelyn sozinha para encarar a vergonha perante os convidados.

Desesperada por ter remodelado toda sua vida por conta de um amor que ela achava ser para sempre, ela pega o primeiro voo de volta ao Brasil, deixando na igreja até mesmo os seus pais que haviam ido para seu casamento e um período de férias.
No aeroporto, já no Brasil, ela para para um cafezinho e depois parte para casa, e somente quando chega lá, ela decide ligar o celular e ver se o desgraçado fujão havia mandado alguma mensagem ou tentado ligar para ela.

E qual a sua supresa ao descobrir que seu celular não era o seu celular!!!

COMO ASSIM???

Ela liga para o próprio celular e um cara atende. Acontece que ele estava no aeroporto na mesma cafeteria que ela, e, provavelmente, como seus telefones eram do mesmo modelo, acabaram fazendo a troca sem querer. Só que o cara, apelidado por Evelyn a partir de agora de Estranho, estava de partida para os Estados Unidos sem data para voltar.
Ela conta para ele o que lhe aconteceu nas últimas horas e o quão importante era para ela ter qualquer notícia do ex. O Estranho promete mantê-la informada. E a partir daí, eles criam um vínculo, uma rotina de sempre se falarem e o Estranho se despede dizendo "ligue-me amanhã".

(leia o restante no link abaixo)

site: http://aborboletaquele.blogspot.com.br/2015/09/espolio-bienal-2015-luna-bravin-ligue.html
comentários(0)comente



Biia Rozante | @atitudeliteraria 29/11/2015

Fofo, lindo e intêligente
É tão bacana pegar um livro e a leitura fluir com tanta naturalidade que você se perde por entre as páginas se esquecendo dos problemas, do horário e de tudo a sua volta. Tudo o que você sente são as emoções dos personagens, tudo o que você quer é ser parte do enredo e então ele chega ao fim e o único sentimento que restou foi saudade.

LIGUE-ME AMANHÃ é fofo ao extremo, é um romance tão natural, leve e divertido que você lê com um sorrisinho bobo nos lábios. Com personagens bem construídos, cenários bem explorados e um enredo viciante, a obra me conquistou e me deixou surpreendida pelo talento da autora.

Evelyn acaba de ser abandonada no altar e como se não bastasse toda a humilhação de ser deixada sozinha em seu grande dia, ela descobre que a traição do noivo já dura a três anos. Desolada ela apenas quer sumir da cidade, voltar para casa, para o Brasil, para suas raízes, reencontrar velhos amigos, poder rever o antigo amor que nunca teve a chance de ser consumado e recomeçar. Evelyn é ousada, divertida e mesmo diante de tanta provação ela não deixa a peteca cair, claro que sua cura não acontece de imediato e que ela chora por seu relacionamento fracassado, mas ela é forte e não demora muito a se obrigar a se dar outra chance e tentar ser feliz.

"Tenho raiva por não ter chegado onde queria. Por não ter sido eu mesma. Por ter me deixado levar por coisas banais e que não me traziam a felicidade..."

Mas, como o destino adora pregar peças, ainda no aeroporto Evelyn tem seu celular trocado e ela só vem a descobrir isso já em sua casa. Como tentativa de desfazer o mal entendido, ela liga para seu próprio número e descobre que um Estranho da voz rouca está com ele, um estranho divertido, desinibido, que não se faz de rogado ao mexer em suas imagens e futricar cada detalhe oculto.

Ele não pode encontrar com ela, seu avião já está decolando. Ela não tem outra opção a não ser confiar no Estranho que lhe oferece ajuda e apoio. Ambos estão ligados por aqueles aparelhos. Ele sabe o nome dela e ainda por cima tem suas fotos. Ela está no escuro, sem nome, sobrenome ou fotografias, tudo o que ela tem é a promessa de que o Estranho irá voltar, devolver seu celular e enfim dizer seu nome.

A amizade entre eles é uma delicia, conforme os dias vão se passando as conversas vão ficando mais íntimas, eles passam a compartilhar histórias do passado e muito mais sobre si mesmos. O amor nasce tão naturalmente que nos sentimos tão apaixonados quanto eles, torcendo para que esse encontro aconteça rápido e que possamos enfim dar um rosto e nome para o desconhecido.

“Pare de ver tanto minhas fotos.” “Impossível. Droga, estou duro de novo.” “Boa noite, Estranho.” “Boa noite, Olhos Azuis. Ligue-me amanhã.” “Ok.”

Mas esse retorno não trouxe apenas uma nova perspectiva de recomeço e uma amizade às escuras, trás também uma noticia que abala o mundo de Evelyn, um de seus melhores amigos, aquele por quem ela um dia foi apaixonada não está mais presente e ela irá embarcar em uma viagem onde tudo pode acontecer, a fim de realizar seu último desejo.

"Eu gosto de você, Estranho. Eu gosto mesmo. Você me ajudou quando eu mais precisei. Você me colocou para cima. Você me apoiou. Mas... Meu coração sempre terá um lugar especial para o Eduardo."

Cheguei a pensar que seria uma história previsível, que eu sabia quem era o estranho e tudo mais, só que a autora com toda sua sabedoria foi e me provou que eu não sabia nada, que previsível era apenas meu julgamento, ela me surpreendia e me enganava a cada capítulo, me deixando confusa e necessitada por desvendar o mistério por trás da história. E valeu cada página lida, cada detalhe descoberto e cada suspiro.

Falando sobre amor, perdão, escolhas, amizades e família, Ligue-me Amanhã é uma obra maravilhosa que nos permite muitos momentos de reflexão, risadas e emoção na medida perfeita.


Luna foi incrível ao conseguir nos deixar presos até a última página, ela sabe como envolver e desenrolar seu enredo sem nenhuma dificuldade. Apesar de este ser meu primeiro contato com a autora já posso afirmar que ela ganhou uma fã e que estou ansiosa para ler mais de seu trabalho.

site: http://www.atitudeliteraria.com.br/2015/11/resenha-ligue-me-amanha-luna-bravin.html#more
comentários(0)comente



Livros em Retalhos 20/03/2016

Encantador
Depois que comecei a ler não consegui mais parar. Uma história surpreendente , nada clichê. Muito engraçada, mas também emocionante. ..Um final lindo! Vale a pena !
Mais em http://livrosemretalhos.blogspot.com.br
comentários(0)comente



Conchego das Letras 25/07/2016

Resenha Completa
Oi, pessoal


Faz um tempinho que queria ler esse livro. Estava encantada pela capa e quando a nossa parceira, a editora Bezz, enviou para o blog, fiquei muito feliz e comecei a leitura o mais rápido que pude.

Ligue-me Amanhã narra a história de Evelyn, uma jovem que quando tinha dezessete anos foi fazer intercâmbio nos Estados Unidos. Quando o prazo do curso acabou, ela não quis voltar e fez faculdade por lá. Depois de seis meses morando, conheceu James. Eles se apaixonaram, namoraram, noivaram... Até que chegou o grande dia, o seu casamento.

Evelyn e James estavam juntos e apaixonados... Pelo menos era isso que ela imaginava, e ainda pensava que tinha um príncipe encantado ao seu lado. Só que nem tudo são flores... Evelyn, com 24 anos, chega a igreja para poder viver ao lado do seu amado e o noivo não está a sua espera no altar. Que situação, heim?! Para piorar, descobre que o seu noivo tinha uma amante há três anos e fugiu acompanhado.



Desnorteada, ela decide aproveitar a sua passagem da lua de mel e voltar para o Brasil. Ao chegar no aeroporto, resolve beber um café e, sem perceber, tem o seu aparelho de celular trocado com o homem que sentava ao seu lado. A partir daí, começa de fato a história.

Quando descobre que o celular que está em suas mãos não é o seu, liga imediatamente para o seu número e um homem desconhecido atende. Ela quer de volta o aparelho, mas o estranho está viajando e não sabe quando volta. Eles vão se falar todos os dias para poder passar informações de quem está ligando e saber das mensagens, assim acabam criando um vínculo.


Evelyn, quando foi morar fora, deixou todos os seus amigos sem informações e perdeu o contato. Ela decide procurá-los e enfrentar as amizades que deixou para trás. Não será fácil, pois vai descobrir perdas valiosas para a sua vida.

Por ser um livro com poucas folhas e a leitura fluir com facilidade, acabei em poucas horas. Por outro lado, achei que a autora poderia ter trabalhado mais na história, pois eu descobri o "grande" segredo logo no início. Ainda assim, gostei da relação de amizade de Evelyn e os seus amigos, mostrando que a distância e o tempo não mudou o amor que eles sentiam.

Se você gosta de um clichê, vai amar e torcer pela felicidade dessa personagem!

site: https://conchegodasletras.blogspot.com.br/2016/07/resenha-ligue-me-amanha-luna-bravin.html#more
comentários(0)comente



sentilivros 01/08/2016

resenha de Ligue-me amanhã
"...Deixe fluir o que há no seu coração, entende? Avida é só sobre momentos. E, para fazê-los você precisa se libertar..."

Ligue-me amanhã foi uma leitura deliciosa...
A escrita é de fácil leitura e compreensão. A história é curta e nos diverte e emociona.
Evelyn está de volta ao Brasil depois de ter sido abandonada pelo noivo no altar nos Estados Unidos. Ao chegar aqui acaba trocando seu celular com um desconhecido e através das ligações trocadas, eles vão se conhecendo melhor e o desconhecido acaba a ajudando muito.
Chegando ao ponto dela sentir necessidade de ligar sempre a ela.
Evelyn está "sozinha", insegura e aflita. Entretanto, suas "antigas" amigas conseguem, junto o desconhecido fazer com que Luna se redescubra.
Isa e Catarina são amigas de Ev desde o ensino médio,mas elas não se viam nem se falavam desde a ida de EV para os EUA por causa de um intercâmbio. Acontece que EV, descobriu amor e acabou ficando por lá. Eduardo também seu amigo teve um outro destino...
E quem será o estranho com quem ela fala diariamente.
É uma história de amor e amizade, mas de muita tristeza também.

"Faça as coisas por puro gosto. Porque você quis. Sem pensar nas consequências. Pelo simples fato de você gosta e querer algo."

Recomendo!

site: http://sentimentonoslivros.blogspot.com.br/2016/07/ligue-me-amanha-luna-bravin.html
comentários(0)comente



Aline 26/10/2016

Surpreendente
Evelyn tem vinte e quatro anos, mora nos Estados Unidos desde os dezessete, onde cursou a faculdade, e está prestes a se casar com James. O que ela não esperava é que ele fosse abandoná-la na porta da igreja para fugir com uma amante que ele tinha há três anos. Arrasada, ela resolve voltar para o Brasil para tentar superar o complicado momento que está passando.
Quando chega na casa de seus pais, em Florianópolis ela percebe que trocou seu celular com alguém no aeroporto. Então, liga para seu número e descobre que o homem que está com seu celular embarcou para os EUA e só poderá reaver quando ele voltar. Sem saída e desesperada para saber se o ex-noivo a procurará, ela pede que ele lhe avise caso alguém ligue ou mande mensagem em seu celular. Assim eles começam a se falar todos os dias, vão se conhecendo e criando um vínculo e a expectativa para o encontro quando ele voltar para o Brasil aumenta cada vez mais.
Viagens, encontros, reencontros, muitos acontecimentos marcam a vida de Evelyn e o encontro com o Estranho será mais inesperado do que ela imagina.

"- Você tem que agir naturalmente. Não precisa tentar fazer as coisas. Deixe fluir o que há no seu coração, entende? A vida é só sobre momentos. E para fazê-los, você precisa se libertar." (p. 27)

"- Ev, quando você não nasce para o amor, não importa o que faça, nada dará certo. Eu deixei de tentar. Dói menos." (p. 29)

"(...) Veja a vida. Seja a vida." (p. 37)

Evelyn é uma protagonista que me cativou desde o início. Inteligente e determinada, encarou seus problemas da melhor forma possível. Sabe aquela frase "Tem coisas que a gente não perde, se livra"? Ligue-me amanhã retrata muito bem isso. Às vezes, coisas ruins acontecem para que outras melhores possam acontecer. E Evelyn compreendeu isso em sua jornada.

O Estranho é sexy, encantador e o mistério em pessoa. Ele não fala de si, nem mesmo seu nome, mas ainda assim algo nele prende a atenção dela. Não posso julgá-la, o jeito enigmático dele é charmoso demais. Não vou negar que em alguns momentos algumas atitudes me irritaram e eu tive vontade de torcer seu pescoço. Mas ainda assim, suas qualidades superam e muito seus defeitos. ♥

Os personagens foram muito bem caracterizados. Destaque para Isabela e Catarina, as melhores amigas de Evelyn, sempre companheiras.

Narrado em primeira pessoa pela perspectiva da protagonista, Ligue-me amanhã é uma história emocionante. Com uma escrita envolvente e fluída, a autora conduz a história de maneira instigante, deixando o leitor cada vez mais curioso pelo que irá acontecer. A pequena dose de suspense inserida na história, me deixou muitas vezes ansiosa para terminar, eu queria saber logo se o que deduzi estava certo. Luna Bravin criou uma história original, surpreendente e viciante.

"(...) Era uma montanha-russa de sentimentos e eu não conseguia - ou não queria - descer." (p. 82)

"(...) Agora, apesar de todo o meu medo e insegurança quanto às verdades que estavam por vir, eu me sentia livre para recebê-las da forma que fosse." (p. 114)

(+) Leia a resenha completa no blog.

site: http://literalizandosonhos.blogspot.com.br/2016/09/resenha-ligue-me-amanha-luna-bravin.html
comentários(0)comente



Silvia.Souza 09/01/2018

Adorei!!!
Amei o livro... Leve, engraçado, romântico e quente... Impossível não amar... Só não gostei muito do episódio do retorno do James... Achei que ficou muito forçado já que o que ele fez não combinou muito com sua personalidade...
comentários(0)comente



Blog De Bem Com a Leitura 26/03/2018

Evelyn era só uma jovem estudante de 17 anos quando foi para os Estados Unidos fazer intercâmbio e decidiu não voltar mais para o Brasil. Ela se apaixonou por James e os dois passaram anos de puro amor e paixão. Ela sentia falta dos amigos e da família, mas estava feliz com James. Então ele a pediu em casamento e... tudo mudou!



Aos 24 anos, Evelyn estava pronta para se casar e ter o momento mais importante de sua vida. Mas o cretino do James tinha outros planos e destruiu o sonho dela, assim como a sua autoestima. Ele a abandonou na igreja e fugiu com a amante (ele já tinha um caso há três anos). Desesperada, desiludida e completamente acabada, Evelyn decidiu pegar as passagens da lua de mel e trocar, então fez uma viagem sozinha para o Brasil.

É nessa viagem que Evelyn tem uma baita surpresa, no começo bem desagradável e inconveniente, mas depois foi melhorando. Ela não estava em seu estado de juízo perfeito (quem estaria???) e estava bem distraída, sem querer, acabou trocando o seu aparelho celular com o de alguém que sentou ao seu lado em um bar. O aparelho era da mesma marca, mesma cor... no estado dela foi era natural se confundir.



Quando chegou à casa dos pais (no Brasil) e resolveu pegar o celular ela levou um susto. Primeiro se desesperou, depois decidiu ligar para o próprio número. Quem atendeu foi um homem e se mostrou tão surpreso quanto ela, os dois precisavam dos seus aparelhos de volta. O homem disse que estava a caminho de uma importante viagem e não poderia se encontrar com ela e também disse que não enviaria o aparelho pelos Correios. Ele queria entregar pessoalmente.

É a partir disto que a história se desenvolve. Evelyn quer saber o que o seu ex-noivo tem a dizer e pede que o "senhor estranho" (ele se recusa a dizer o nome a ela ou dar qualquer informação sobre si) lhe passe todas as mensagens e ligações de James. O estranho começa a responder às mensagens de acordo com o que Evelyn dita e assim eles desenvolvem uma amizade. Ele até se faz de namorado dela para quando o James resolve ligar.



Evelyn procura seus antigos amigos e consegue contato com eles, mas descobre que um de seus amigos morreu de forma trágica. Ele deixou algumas cartas para ela e também uma missão bem difícil (emocionalmente). Junto com as amigas, ela viaja por alguns lugares para atender ao último desejo dele e essa viagem será marcada por muitas emoções.

Leia a resenha completa lá no blog e saiba mais sobre a trama e sobre a minha opinião > https://goo.gl/e3fnyu

site: http://vocedebemcomaleitura.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Arca Literária 12/04/2018

resenha disponivel no link http://www.arcaliteraria.com.br/ligue-me-amanha-luna-bravin/

site: http://www.arcaliteraria.com.br/ligue-me-amanha-luna-bravin/
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



15 encontrados | exibindo 1 a 15


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR