Música do Coração

Música do Coração Katie Ashley




Resenhas - Música do Coração


43 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


Juliana Frygoudakis 23/01/2015

O livro mais clichê que já li
Simplesmente ODIEI!
O livro tem aquela mesma historinha de sempre de um casal cuja garota é uma virgem santa e o garoto é um badboy tarado que só pensa em sexo e não quer ter jamais um relacionamento. E aí ele conhece a garota e ela vira o mundo dele, ele se apaixona por ela e se vê em uma situação onde tem que ter um compromisso.
Sério, li até a página 100 mais ou menos (mas só porque queria MESMO ver se a história melhoraria em algum ponto) e não senti nenhuma vontade de continuar a leitura. Mas como sou bem persistente, dei uma folheada pra ver o que se passaria no decorrer do livro.. e foi exatamente o que eu já imaginava.
Além do clichê, achei tudo bem superficial também.. A garota agindo com os caras de uma banda famosa como se conhecessem há anos mas na realidade se conhecem há apenas uns dias.
Vi a história de Bela Maldade, porém com um contexto diferente. Mas fora isso é igualzinho.
Talvez eu não tenha mais muita paciência pra esses romancezinhos, mas o livro me decepcionou bastante!
deniseayres 30/01/2015minha estante
Livro péssimo!!!


Dani Vale 02/03/2015minha estante
Apesar de ter dado uma estrela a mais que você, tenho que concordar com o que disse. Só terminei o livro porque também não gosto de abandonar uma história ao meio, mas que foi difícil isso foi mesmo! Livro cansativo, virgem chata e essa história de anjo pra cá e anjo pra lá foi entediante!


Jefi 22/01/2018minha estante
Eu abandonei...horrível




Be 27/06/2014

Tem coisa melhor do que música e amor verdadeiro?
Música do Coração é o tipo do livro que quando você vê em algum site ou na livraria você pensa PORQUE NÃO? E porque não mesmo..
Embalado com muita música e amor esse livro ganhou meu coração em apenas algumas páginas já lidas.
Abby é o tipo de menina que todos os pais gostariam de ter como filha, com pais missionários ela é dedicada ao próximo, muito amável e linda.
Jack já é o tipo de cara que todas as garotas sonham em ter com ele pelo menos uma noite, sexy e muito lindo, vocalista da banda famosa de rock Runaway Train, e possuí uma voz incrível, ele é também do tipo metido e que acha que pode tudo e com todas. Só que por trás disso existem coisas que somente quem realmente tocar seu coração será capaz de descobrir.
Abby estuda para ser enfermeira, porém está em uma turnê musical com seus irmãos para ter certeza se consegue se acostumar com a vida na estrada, para assim assumir o posto de vocalista da banda Jacobs Ladder, já que seu irmão mais velho vai se casar e sair a banda.
Porém quando menos se espera, por puro destino e confusão Abby acaba entrando no ônibus errado e caindo literalmente como um anjo na cama de Jack, que também esta em turnê com sua banda de rock. Acostumado com todas as garotas o seus pé Jack logo imagina que Abby esta li para satisfazer suas vontades sexuais... Só que ele esta muito, muito enganado, já que Abby não se encaixa aos padrões que Jack esta acostumado.
Após esse episódio Abby percebe que esta no ônibus errado e quando esta prestes a arrumar a confusão e ir embora é acusada de menininha da mamãe, e menina mimada. E é então desafiada por Jack a passar uma semana sobre o mesmo ônibus que ele e seus companheiros da banda (que são muito divertidos por sinal).
Como podemos imaginar uma paixão acontece entre eles quase imediatamente, e é a partir daí que tudo começa, e tudo muda para ambos..

'' Há três semanas uma garota entrou na minha vida. Bem na verdade, ela acidentalmente caiu em minha cama, mas isso é outra história. Antes dela, posso ter cantado sobre o amor, relacionamentos e ser a pessoa especial de alguém, mas nunca acreditei nisso. ''

Conforme vamos virando as páginas acabamos descobrindo mais sobre cada personagem e nos apaixonando mais ainda pelo historia em geral. O livro consegue passar uma mensagem bem bacana sobre a perda, a mudança e o valor na vida, onde temos que aproveitar as pessoas que amamos a cada segundo. Há momentos do livro que você quer matar Jake, mas em outros que você quer que ele seja o seu namorada rsrs..
O livro é bem legal, a leitura flui super fácil! A unica coisa que fiquei meia intrigada é como as coisas acontecem rapidamente, mas pensando por outro lado o amor é mesmo assim não é? Com urgência de ser sentido e vivido, e afinal eu acredito em amor a primeira vista. Rs
Então quem ainda não leu e esta em dúvida eu super indico. Leia sem medo e preparada para se apaixonar por Jack e Abby!
E aaaaa, o melhor de tudo e que o livro tem continuação, ou seja uma série!!! Estou super ansiosa para ler o próximo e descobrir o futuro desse casal tão apaixonante..

'' Querido parte meu coração deixo-lo aqui, desolado e sozinho, sem ninguém para recolher os pedaços ou aliviar a dor que você sente. Não há nada que eu não faça por você ou pelo seu amor. Todo momento que tive com você foi um maravilhoso presente dos céus. Eu me agarrarei as minhas memórias como a um cobertor enquanto esse inverno esmaga minha alma. E embora eu não possa ficar, eu o manteria comigo todos os dias. ''
De 29/06/2014minha estante
Ai,pensei que só eu sofresse de depressão pós-livro bom.Só em ler a resenha, me apaixonei por Jake.Ainda estou me recuperando de Real.Mas vou ler só quando saírem todos os livros senão piro o cabeção.




Kah Gessy (@naoeaterradonunca) 03/12/2015

Clichê,clichê e clichê!
Esta se tornando lugar comum e batido esses enredos de livros com protagonistas virgens,santas e vocalistas bad boys,sério...apenas parem de escrever essas coisas, mas o que é de extrema importância: vou parar de ler esse tipo de livro.
Abby e Jake, de longe foi o casal mais sem graça e sem sal que tive o (des)prazer de conhecer.Não sou de criticar tão ferozmente assim, mas parece que a autora pegou todos os ingredientes clichês: musica,bad boy,virgens,câncer e etc...e inseriu no livro. O que é mais alarmante: O primeiro de uma serie!!!Me pergunto o que mais,além do óbvio pode surgir dos outros livros... Se indico?Por sua conta em risco...

site: http://naoeaterradonunca.blogspot.com.br/
Lenie 08/03/2017minha estante
Se fosse só clichê ainda tava bom, mas puts grila, é muito mal escrito, é sem noção esse livro kkkkkkkk
os personagens constantemente se explicam "vou fazer isso e aquilo, ops não posso fazer isso por causa disso" e as conversas íntimas e frases tipo "obrigado por estar aqui para aplacar minha dor", e na frente de todo mundo kkkkkkkk
Você foi generosa em dar 2 estrelas xD


Kah Gessy (@naoeaterradonunca) 07/04/2017minha estante
Lenie, agora que você falou...acho que fui generosa mesmo >.<
kkkkkkk,a escrita é muito ruim mesmo u.u"




spoiler visualizar
thatysonally 24/07/2014minha estante
Tive a mesma impressão que você. Realmente o dia da morte da mãe de Jake foi muito sem noção o que ele fez e o perdão imediato... Só tendo sangue de barata...




Dressa Oficial 13/02/2015

Resenha - Música do Coração
Olá, tudo bem com você ?

Para quem gosta de romance hot e com os mesmos conflitos do gênero esse livro é sua cara, agora quem já cansou um pouco das mesmas coisas, como moça virgem, pura e inocente, cara bad boy que trata mulher como objeto e quando conhece o moça se apaixona com certeza vai achar mais do mesmo.

Apesar de ter todos esses elementos batidos, eu gostei muito da escrita da autora e o livro acabou cumprindo seu papel de me entreter e deixar curiosa para o final da leitura.

Abby tem apenas 21 anos e agora está indo encontrar com seus irmãos para cantar com eles na banda "Jacob's Ladder" composta por Gabe, Eli e Micah, o vocalista da banda vai se casar e Abby vai assumir a posição, porém quando ela se perde no estacionamento ela pede ajuda a um cara para levar ela ao ônibus da banda, e quando chega está tão cansada que resolve dormir direto e depois falar com os seus irmãos.

Quando Abby acorda ela vai então para o quarto e tenta acordar seu irmão porém é surpreendida sendo agarrada por Jack Slater vocalista e guitarrista da banda famosa de Rock Pop "Runaway Train", e para surpresa da Jack ao ver que não era sua peguete de sempre a Bree, Abby acaba batendo em suas partes intimas para se afastar do tarado que a agarrou.

Abby tem problemas de queda de pressão e logo quando sai do quarto de Jack é apoiada pelos outros caras da banda AJ, Brayden e Rhys que ficam impressionados com sua beleza e logo de cara todos da banda a chamam de "Anjo".

Abby pensando em ligar para seus irmãos virem busca-la é desafiada por Jack a passar uma semana com eles, ele a acha mimada e muito certinha, então Abby entra no desafio e já liga para seus irmãos avisando o erro que cometeu e o desafio que aceitou.

Logo de cara Abby já fala no telefone para seus irmãos que é virgem e isso na verdade se torna um problema para Jack, pois ele sabe que nunca se interessaria por uma pessoa tão certinha.

Então o romance dos dois acontece bem aos poucos, e antes disso Jack apronta muito, bebe muito, sai com sua peguete a Bree que é uma sonsa e no momento da pegação dos dois Jack chama Bree de Abby e ai a confusão se arma.

Jack nunca ficou com nenhuma mulher que levasse a sério, ele acha que elas também só querem seu corpo e se vangloriar que saíram com um cara famoso porém Jack começa a enfrentar um problema de saúde de sua mãe e ele percebe o quanto Abby é especial e quer ajuda-lo.

A edição está ótima, letras em bom tamanho, páginas amareladas, a narrativa é feita em primeira pessoa e os capítulos são intercalados entre o Jack e a Abby.

Jack começa a tentar conquistar a Abby saindo para encontros como jantares e assistindo a filmes românticos e até desenho animado e algumas cenas de demonstração de amor de Jack para a Abby foram tão fofas me fizeram suspirar.

Mas preciso admitir que o Jack fala as coisas sem pensar e machuca muito a Abby que de fato é um "Anjo" por perdoar tudo o que Jack fala a seu respeito.

Os dois chegam a compor uma música juntos, e só não entendi o fato da Abby na sinopse do livro cantar Country e no livro não ser mencionado nenhuma música neste estilo.

E as passagens da mãe de Jack também foram bem simples para o momento que ela estava passando, a autora poderia ter dado uma ênfase melhor no problema da mãe mas acabou passando batido um momento que era para ser de dor acabou sendo sem muito drama.

Uma leitura gostosa, que vai te fazer sentir raiva, amor, e tudo que um livro com romance hot tem para fazer, uma leitura ótima para sair de uma ressaca de um livro mais forte, mas nada além disso.

E apesar de tratar de uma trilogia, o próximo livro fala de outro personagem o AJ que é o integrante da banda do Jack e se mostra um cara super engraçado e tem tudo para agradar a mulherada.



Beijos

Até mais...


site: http://www.livrosechocolatequente.com.br/2015/02/resenha-musica-do-coracao.html
comentários(0)comente



Fernanda 04/06/2015

Amo livros com romance e do tipo MUITO clichê.Mas,sei lá,acho que estou enjoada dessa categoria.Terminei esse livro na base de muita chantagem e pressão psicológica. O que me atraiu pra essa teia de aranha rsrs foi justamente a beleza da capa e a sinopse.Um mocinho roqueiro do tipo bad boy e a protagonista uma garota normal e iniciante na carreira de cantora country .

Um grande engano leva a jovem Abby a pegar o caminho errado,ou melhor,o ônibus rsrs.Pensando estar se juntando a banda do seu irmão,a garota entra no ônibus da banda Runaway Train, local onde encontrará o vocalista, Jake Slater .A partir dai temos,atração a primeira vista, troca de farpas e indiretas..

Já conhecia a escrita desta autora Katie Ashhey e não me arrependi de dedicar um tempinho para com esse livro.

O romance de desenvolve devagar.Afinal,Abby adora se passar por santa(caralho,como isso me irritou)..E o nosso mocinho é um roqueiro famoso,gostoso e pegador.por ai já dá para imaginar a situação,neh?

Os diálogos são maravilhosos bem típicos da autora.Leitura leve,despretensiosa e divertida.MAS CERTAMENTE,NÃO É O MEU PREDILETO.
O lado bom,é que esta serie esta em andamento e temos outros livros para dar segmento,e com toda certeza eu vou ler,esperando encontrar fragmentos que mencionem o lindo e tesudo Jake .

Logo no início desta resenha mencionei o quanto estou enjoada dessa categoria. A previsibilidade não me irrita,pelo contrário,fico curiosa para descobrir as formas e termos que a autora vai desenrolar o romance.mas,eu achei que nesse livro acontece tudo tão rápido,uma semana de aposta e PRONTO.O amor brotou e floresceu.

Perdão por esse resumo de m****. Não estou no meu melhor momento e parece que perdi o foco para a leitura.Preciso urgentemente investir em novos estilos,ou do contrário vou ficar com uma pilha de livros desperdiçados aqui na estante de casa.
comentários(0)comente



LT 30/12/2015

Resenha Livros & Tal
Confesso que quis matar e muito o Jake em determinados momentos, assim como quis matar a Abbi por ser "boazinha demais".


A relação deles, apesar da capa ser um pouco sugestiva ao sexo, não é bem assim que as coisas acontecem. Tem sexo? Sim, mas o livro não é só isso e, ele não é o foco da história.


Para mim, o foco da história está voltado para o conhecimento próprio, para a chance de você superar os seus medos e enfrentar as barreiras. O livro nos mostra que por mais que você tente e deseje, você não será feliz sozinho, sempre precisará de alguém com você: seja um simples amigo ou até o amor de sua vida.


Quer conferir a resenha completa? Acesse http://livrosetalgroup.blogspot.com.br
comentários(0)comente



Laís 30/03/2015

Lindo!
Abby é a irmã caçula de tês homens que formam uma banda, e recebe a chance de cantar com eles em um show para mostrar que tem potencial para substituir um deles que está prestes a sair. Mas, por engano, ela acaba indo parar no ônibus da banda Runaway Train, mais precisamente na cama do vocalista, Jake Slater. Ele é um rockeiro famoso, mulherengo, e está passando por um momento pessoal bem ruim. Ela é filha de missionários, aspirante a cantora country e um tanto marrenta, que se recusa a ser uma menininha frágil e mimada. Jake aposta com Abby que ela não aguentaria ficar no ônibus da banda por uma semana, e ela, de nariz empinado, aceita. O que eles não esperavam era que disso nasceria uma amizade muito forte, que inclui compor música juntos, até que sentimentos mais fortes ainda afloram e eles encontram refúgio, amor e conforto um no outro, entre altos e baixos. O tipo de história que me prende só pela sinopse, rsrs. Amei a escrita da Katie Ashley, cheia de diálogos bem bolados, linguagem fluida e gostosa de ler, sem contar os personagens cheios de personalidade, sentimentos e, é claro, hilários. Recomendo muito para quem gosta de uma boa e engraçada história de amor, regada a bastante música e suspiros.
comentários(0)comente



Três Leitoras 08/02/2015

Resenha: Música do Coração
Mais uma vez fui fisgada na livraria por um livro que há tempos tentava me seduzir...

Não sei se você, cara leitora, já experimentou uma sensação assim – você vai à livraria constantemente, primeiro em busca daqueles livros que você deseja fervorosamente, depois porque o hábito de comprar livros é algo terapêutico, e então você se dá conta que naquele dia “nada” do que você procura ou acha que precisa está disponível, ainda mais quando viver os romances das páginas mágicas dos livros é algo que lhe inspira, alimenta, diverte...

É exatamente neste cenário em que eu me encontrava quando fui fisgada por mais um casal delicioso de Katie Ashley.

Já estive por aqui escrevendo sobre O Pedido e Par Perfeito, logo se você é uma das que se deixou conquistar por Aidan e o Doutor Pesh, prepare-se e pare TU.DO. Este casal que vos apresentarei é de ARRASAR!!!!!

Abby Renard é a irmã caçula de 3 irmãos, criada por pais missionários. Uma doce cantora country que está pronta para os holofotes e fazer parte da banda dos irmãos enquanto se prepara para os exames finais do curso de enfermagem. Entretanto, essa garota de 21 anos não estava preparada para o incidente de embarcar no ônibus errado durante a turnê Rock Nation e cair, quase que literalmente, na cama do mulherengo e vocalista da banda Runaway Train, Jake Slater.

Jake por sua vez nunca imaginou que no mundo cheio de glamour, groupies e sexo sem compromisso um anjo pudesse fazê-lo sentir suas bolas doerem tanto após uma joelhada no meio das pernas.

Pois é exatamente essa menina certinha, pudica que não se encaixa no seu tipo de garotas que lhe fará apostar que ela não duraria uma semana num ônibus de turnê. Disposta a provar que seu oponente está completamente errado, Abby verá a vida pessoal de Jake implodir à sua volta, além de se tornar a única mulher com quem ele pode conversar, brincar e até compor uma música.

Continue lendo no link

site: http://tresleitoras.blogspot.com.br/2015/02/resenha-musica-do-coracao.html
comentários(0)comente



Paula Juliana 09/02/2016

Resenha: Música do Coração - (Runaway Train, #1) - Katie Ashley

Amor! Romance! Música! Aquele som que mesmo em páginas de um livro viaja e chega muito mais que em seus ouvidos, chega dentro de seu coração!

Uma banda safada de rock e uma certinha cantora que parece um anjo!

Como leitora gosto muito de encontrar histórias leves, gostosas, romances que de tão doces seguem o velho e bom clichê, mocinha encontra mocinho, mocinho babaca, mocinha forte e sofredora, e o amor que cura tudo e todos! É verdadeiramente inspirador, ainda mais nos dias atuais em que o romance, o cortejar, anda tão fora de moda!
Música do Coração foi uma gostosa releitura, hoje em parceria com a editora PandorgA que me presenteou com uma belíssima edição desse primeiro volume da série Runaway Train da autora Katie Ashley.

Abby Renard tinha uma tarefa fácil a sua frente, tudo que tinha que fazer era encontrar o ônibus da banda de seus irmãos e partir em turnê com os mesmos, por uma confusão do destino envolvendo um homem excitado, uma daquelas mulheres que fazem tudo por músicos e uma confusão de nomes, Abby vai parar no ônibus errado, pior ainda na cama errada. É lá que conhece o sedutor e vocalista Jake Slater que entre lençóis, mãos bobas e algumas bolas quebradas não sabe se encontrou um anjo ou o capeta!

Pobre Abby que azar! Depois do susto inicial e de entender a confusão que se meteu ainda caiu na provocação do tatuado e aceitou sua aposta! Sempre uma aposta para deixar as coisas ainda mais interessantes!
Abby agora iria passar uma semana na companhia de Jake e sua banda, AJ, Brayden e Rhys. A moça iria provar que uma boa garota conseguiria sobreviver a o mundo e bastidores da música, turnês, shows e fãs loucas!

Uma semana, aquela atração, mundos e personalidades completamente diferentes! Poderia dar certo? Será que por baixo do mocinho bad boy existe algo mais? Será que a pura e doce Abby conseguirá resistir a sedução?

É um romance gostoso, a autora tem uma escrita muito divertida, os personagens são daqueles bem definidos, bem delineados, logo somos conquistadas pela banda e seus charmes, Abby faz o tipo menina certinha, fofa, companheira, o tipo de moça boazinha, aquela que é diferente, principalmente diferente do tipo de mulheres que frequentam a cama dos músicos, que estão lá pelo que significam, por causa da fama e do sexo, e não pelos homens, pelo que são de verdade. E é assim que Jake se comporta, como um homem objeto, e da mesma forma trata suas mulheres, quando Abby aparece na sua vida começa a buscar por mais que isso.

Não foi fácil, Jake apronta muito, coisas que não sei se conseguiria aturar no lugar da Abby, ele faz coisas muito feias para afastar a mocinha, coisas que com certeza machucam e depois volta pedindo perdão, Abby perdoa, uma das questões da obra é o ato de perdoar, não só no campo amoroso, como também na vida, na família. Como de costume o mocinho está passando por um momento muito difícil, o pior de sua vida, e é com a ajuda e amor de Abby e o som de sua música e coração que ambos irão se curar!

Sofri muito ao lado de Abby, o livro tem aquela pegada romance hot, ao mesmo tempo que torcemos para que fiquem juntos, entramos na pele da personagem e compramos as suas brigas! Jake e Abby narram essa história. Os personagens secundários são lindos, fofos, cativantes. Com certeza quando ler as obras seguintes já vou olhar para cada um deles com muito carinho e paciência!

Música do coração é uma obra para os românticos, aqueles que amam se perder e se desesperar pelas idas e vindas do amor, a música é muito presente, várias vezes parei minha leitura para escutá-las e viajar junto com letras e melodias. É uma forma de ler que funciona muito comigo, da mesma forma que encontrar tiradas engraçadas e personagens cativantes me conquistam. Os clichês de bandas e amores a primeira vista são outros elementos que amo ler. Katie Ashley novamente me conquistou, estou ansiosa para ler a história de amor do hermoso AJ, um dos personagens mais queridos e dono do segundo volume. Espero que se apaixonem por essa turma e que consigam seguir o som, a Música do coração!!!

''Eu costumava amar na rodovia e você é meu acostamento.''

Paula Juliana

site: http://overdoselite.blogspot.com.br/2016/02/resenha-musica-do-coracao-runaway-train.html
Michelle 19/11/2016minha estante
Olá!!! Quantos livros tem essa série????




Dani Vale 02/03/2015

Péssimo Clichê.
Mais um clichê e esse sem muitas novidades. Mistura de música e paixão teria tudo para ter dado certo, mas não deu.
Abby é uma garota de família, virgem (e faz questão de ressaltar muito isso durante mais da metade do livro) vai ao encontro de seus irmãos que estavam participando de uma turnê. Entretanto quisera o "destino" que ela entrasse no ônibus errado e nada mais nada menos ir parar na cama de Jake Slater o grande garanhão roqueiro.
Após fazerem uma aposta Abby decidi ficar por 1 semana entre os integrantes da banda e participar da turnê deles, e adivinhem o que irá acontecer, bom, por um bom tempo nada, só enrolação, frescura, conversão, e muita "pagação" de sapo, pois é isso que Abby "a certinha" faz quase que o tempo todo.
Adoro romances, sei que um bom clichê escrito de uma forma bem legal pode transforma finais previsíveis em algo tão bom como se fosse algo inesperado, mas definitivamente não foi isso que aconteceu. Esse livro possui tantas coisas que me desagradaram que nem sei por onde começar, mas os ponto principais foram: 1) Esse negócio dela ficar repetindo um milhão de vezes que era virgem, gente na minha concepção foi quase a mesma coisa de ficar implorando para ele fazer alguma coisa a respeito e/ou como se isso fosse o ponto mais importante da vida dela; 2) O fato dele chamar ela de anjo o tempo todo, que coisa chata, pois de cinco palavras que ele dizia quatro eram anjo; 3) A pregação de boa moça me incomodou bastante também, ela passou o tempo todo tentando concertar o rapaz, com o pretexto de que ele era uma outra pessoa por dentro e blá blá blá, o que para mim não passou de pregação.
Teve várias outras coisas mas não vou me estender, por fim não indico a leitura e sem sombras de dúvidas não lerei a continuação da Runaway Train.
comentários(0)comente



Taty Assis 26/06/2014

Música do Coração veio pra ficar pra sempre no meu coração com toda a certeza ♥
Música do Coração é um dos meus livros queridinhos. É um dos melhores livros do gênero New Adult que já li, porque além de ser hot tem altas doses de músicas, o que eu amo de paixão ♥ . Estou ouvindo a Playlist enquanto escrevo essa resenha, e não tem coisa melhor do que fazer resenha com essas grandes inspirações, e o bom é que com as músicas as cenas parecem tão reais, tão perfeitas, tão possíveis e mais apaixonantes ainda.

O livro é intercalado entre a visão da Abby e do Jake, o que faz com que a leitura se torne viciante e impossível de largar sem antes terminar. O livro é bem divertido, com algumas partes hot e outras tantas com dramas, o que fez com que meu coração ficasse apertadinho de apreensão.

Abby é uma ótima cantora country e vai embarcar em uma turnê com a banda dos seus irmãos (Gabe, Eli e Micah) a Jacob's Ladder, e para isso acontecer ela tem que encontrar o ônibus dos seus irmãos para poder embarcar, mas o problema é que tem fileiras e fileiras de ônibus, o que torna a busca dela um pouco difícil. É então que ela encontra um roadie (assistente de palco), que está fazendo pouco caso dela, mais ele acaba que ele leva ela no ônibus da banda...
"Um braço envolveu minha cintura, me jogando de volta no colchão.
— O quê.. - iniciei antes que alguém me puxasse, colocando-me de costas e cobrindo meu corpo com o seu. Demorei um segundo inteiro para perceber que não era Gabe. Lábios abrasadores encontraram os meus e eu estremeci. Eles pressionavam ansiosamente os meus enquanto dedos se enroscavam em meus cabelos. Quando abri minha boca para protestar, a língua se projetou para dentro, dançando tentadora contra a minha."

Perceberam que essa pessoa não é, e nunca será nenhum dos irmãos que ela tanto esperava encontrar, não é mesmo? Pois bem, eis o que aconteceu... O roadie estava tão desinteressado no que a Abby dizia, que em vez de ele entender banda Jacob´s Ladder e ele presumiu que ela queria ver Jake Slater. E então por obra do destino ou não, Abby vai parar no ônibus da banda Runaway Train.
A banda Runaway Train é composta pelo vocalista lindo, maravilhoso Jake Slater, o baterista latino mais quente e TDB de todos os tempos AJ, pelo baixista Rhys e também pelo super bem casado Brayden.
Em meio essa confusão, Jake não perde a oportunidade para tirar uma com a cara da Abby, e fala que ela não aguentaria viver em meio a eles, e que logo, logo o irmão dela Gabe mais o Brayden vão resolver a situação. Só que Abby não se rebaixa, e ele meio que desafia ela a passar uma semana no ônibus da Runaway Train, e ela furiosa não pensa duas vezes e topa. Mal sabia ela que ao topar esse desafio mudaria sua vida completamente.

Jake é aquele cara que sabe que é gostoso, é pegador e ele não pede a oportunidade de dar em cima de Abby, mas ela é dura na queda e não cede a seus encantos tão facilmente.

"Não contive um sorriso. Quanto mais Abby/ Anjo do inferno falava, mais eu começava a gostar dela. Ela não era uma fanática pela banda e nos dava o melhor de si..."

Essa vai ser uma convivência com altas doses de sedução de ambas as partes.... Já disse a vocês que a Abby não se rebaixa? Eu acho que sim, pois bem, olha o que ela apronta para provar um ponto para Jake, essa é uma das minhas cenas favoritas do livro...

"Ela deu sinal para o DJ que liberou a música. Levou um ou dois segundos para reconhecer as primeiras batidas.
— Ah, porra - murmurei enquanto Like a Virgin soou por todo o bar.
Assim que os caminhoneiros reconheceram a canção, eles gritaram e bateram palmas.
Desde o minuto que ela começou a cantar, era como se Abby enviasse uma mensagem direta de luxúria para mim.
...Abaixando-se devagar, Abby fez o impensável: rastejou até o fim do palco - sem perder o ritmo ou a letra da música. Como eu me sentava perto dali, tive uma visão privilegiada de seus seios maravilhosos.
Quando ela chegou ao fim do palco, girou as pernas em frente ao corpo e, por um breve momento, tive um vislumbre de suas coxas antes que ela se ajeitasse, sentando-se com as pernas para fora, para depois saltar e caminhar até a nossa mesa.
Sem querer olhar para os outros caras, apontou sedutoramente com o dedo para mim. Balancei minha cabeça e sorri, tentando convencê-la de que ela não me afetava, o que era uma mentira do caralho e ela não estava caindo.
...Bem quando pensei que ela estava voltando para o palco por ter se virado, ela sentou em meu colo."
Muahaha ela é muito malvada e sábia - e eu adoro isso - e é a partir desse episódio que Jake e Abby decidem se conhecer melhor, só que o Jake é um idiota as vezes, e vai aprontar umas barbaridades durante essa semana.

"Que merda ele quer da vida? Ou melhor, acho que a pergunta é: o que eu quero? Como eu poderia estar remotamente interessada em um imbecil que age dessa forma? Eu tinha que ser louca para pensar que alguém como Jake Slater se interessaria por mim de verdade ou desistiria de ser um puto."
Jake está passando por uma fase nada fácil em sua vida, e é por medo de sofrer ainda mais que ele tenta afastar-se de Abby.

"... Não aguentaria ficar mais nem um minuto com Abby. Sua presença constante provocou pequenas fissuras em minha cuidadosamente construída parede emocional. Ela me atingiu muito rápido. Nenhuma mulher, além de minha mãe, foi capaz de ver meu verdadeiro eu. Eu não deixaria Abby conseguir."

Só que não é nada fácil afastar da pessoa que faz com que você tenha sensações jamais vividas.

"É como ser atingido por uma porra de raio a cada vez que você está comigo. Você me faz pensar coisas... sentir coisas que nunca senti."

O livro é muito bom! Por mais que algumas coisas aconteçam rápidas de mais, é impossível não se envolver e se apaixonar pelos personagens, e ansiar por mais deles.
A Abby é aquele tipo de personagem durona, mas ao mesmo tempo muito protetora, cuidadosa e compreensiva. Já o Jake é daqueles caras apaixonantes, roqueiro (omg, lindeza *-*), divertido, mulherengo, com alguns problemas que podem quebrar seu coração, mas acima de tudo, ele é muito amor. Por mais que cometa algumas idiotices durante a leitura, é impossível não se encantar por ele, e se emocionar.

site: http://aculpaedosleitores.blogspot.com.br/2014/06/resenha-musica-do-coracao.html
comentários(0)comente



Vê Simões 30/06/2014

Ainda bem que nem sempre a primeira impressão é a que fica...
Nesse livro encontramos com o amor, nos sendo apresentado nas suas diversas formas (eros, philia, fraternal, ágape) e os relacionamentos dos nossos protagonistas nos mostra a importância de cada um deles para nos "tornarmos" gente.
A história de Jake e Abby é a típica história de duas pessoas cujas almas se completam, onde o amor é capaz de aliviar, ou ate mesmo, curar as piores feridas, aquelas da alma. No entanto esse cenário não nos é apresentado através de "melação",encontramos em Abby e Jake um amor pé no chão, onde cada um conhece, respeita e aceita as limitações do outro, tudo isso acompanhado de muita música boa.
comentários(0)comente



Albertini 26/12/2014

Abby e Jake
Para Abby Renard, o plano era para ser simples, se juntar a banda de seus irmãos na última etapa da sua turnê de verão, e decidir se ela está finalmente pronta para a ribalta, tornando-se o seu quarto membro. É claro que ela nunca imaginou que tropeçar no ônibus de turnê errado na Rock Nation, teria acidentalmente pousado-a na cama de Jake Slater, o notório vocalista mulherengo da Runaway Train. Quando ele a confunde com uma de suas groupies, Abby rapidamente esclarece que ela com certeza não está na sua cama de propósito.

Jake Slater nunca imaginou que o anjo que caiu na sua cama iria resistir a seus encantos, no mesmo instante o deixou de joelhos. Naturalmente, o fato de que ela parece uma menina certinha do coro poderia ser qualquer coisa, menos o tipo dele. Então, ele esta mais do que surpreso quando, depois de apostar com Abby que ela não duraria uma semana no seu ônibus de turnê, ela esta mais do que disposta a provar que ele estava errado. Com a vida pessoal de Jake implodindo a sua volta, ele encontra uma improvável aliada em Abby. Ele nunca conheceu uma mulher que pudesse conversar, brincar, ou o mais importante fazer música com ela.

Quando a semana começa a chegar ao fim, nem Abby, nem Jake estão prontos para seguir em frente. Pode uma cantora de Country querida e um bad boy do rocknroll, de verdade, terem um futuro juntos?
comentários(0)comente



Livros Encantos 17/11/2017

Música do coração aqueceu meu coração e o deixou repleto de esperança. Para quem ama romance com banda de rock, não pode deixar de ler.
A escrita da autora te envolve, em muitos momentos me questionei por que Abby tolerava tal situação?
E vamos percebendo a imensidão dos sentimentos de ambos, ao mesmo tempo que o amor floresce, dúvidas e medos vem a tona, e somente juntos eles conseguiram superar tudo.

Seria tudo simples se Abby não fosse parar no ônibus errado, ela iria encontrar seus irmãos e acabou com a banda Runaway.
O vocalista da banda Jake é um mulherengo, sem qualquer filtro para as mulheres. Entre mulheres e bebidas em uma noite ele encontra um anjo chamado Abby.

Abby estava no caminho certo, uma confusão com os nomes a deixa ir de encontro ao ônibus da banda Runaway, uma aposta pode mudar mudar o destino de Jake e Abby.
Ela nunca fugiu de um bom desafio, e aceita passar uma semana no ônibus da banda, mostrando a Jake ser muito mais madura do que pensa.
Brayden Rhys e Aj são os demais membros da banda, e todos se encantaram com Abby.

Uma banda e um anjo, uma semana de muitas emoções e descobertas.

Jake vê em Abby uma mulher sensível e sua vida desregrada pode assusta-la, é nesse ponto que ele se engana, ela tem um força enorme e acredita muito em suas intuições.
Desde que se conheceram há uma atração entre eles, ele tenta chegar a Abby, mesmo não entendendo toda a gama de emoções que Jake provoca ela deixa uma fresta para ela entrar.
E na primeira oportunidade Jake estraga tudo com suas atitudes, e através de pequenos gestos ele recupera a confiança de seu lindo anjo.

Não pensem que nosso astro vai acertar de primeira, no decorrer do livro ele ainda estraga as coisas mais algumas vezes, Abby percebe que há muito mais através dessas atitudes incoerentes de Jake.
Ele está passando por uma problema nada fácil, inicialmente nãos sabe como lidar com todos seus medos, além de seus amigos de banda Abby estará sempre ao seu lado.

Nesse momento a relação entre eles começa a se fortalecer, Jake percebe como suas atitudes magoaram Abby e mesmo assim ela o recebeu de volta com a esperança renovada.
Muitas vezes Jake não sabe lidar com todos os sentimentos que Abby despertou nele, o amor que sente por ela, o renova mas ao mesmo tempo o amedronta o fazendo fugir em algumas situações.

Abby uma mulher forte, que sabe o que quer, com diversos talentos, tem uma linda voz, é linda, compõe e dona de um coração enorme.
Lidar com Jake não é fácil , ela consegue enxergar além do vocalista de uma banda de rock famosa, há muitos medos, insegurança que nem sempre ele mostra.
Seu coração sofreu muito estando ao seu lado, mas seu amor foi maior que qualquer dificuldade na relação.

Jake vai amadurecer muito no decorrer do livro, com suas dores e todo apoio de Abby seu anjo em sua vida.
Quando a semana acaba, ambos estão muito envolvidos e pretendem fazer dar certo essa relação, só não contavam com tantos obstáculos...

Abby vai correr um grande perigo, Jake nunca sentiu tanto medo em sua vida, sem Abby sem mundo ficaria incompleto.
A recuperação de Abby foi também um tempo para Jake refletir e demonstrar emoções que nem sempre estavam a mostra.

Um amor lindo, um casal que se fortaleceu com esse sentimento e aprendeu a valorizar cada momento da vida.
O final do livro foi repleto de emoções, lágrimas, e sorrisos abertos... lindo e especial.

Sou apaixonada por essa série de livros, Jake e Abby me conquistaram pela intensidade de tudo que viveram.
Os meninos da banda são lindos, amáveis e não vejo a hora de ler os livros dos demais integrantes da banda.

A escrita da autora te envolve, em muitos momentos me questionei por que Abby tolerava tal situação?
E vamos percebendo a imensidão dos sentimentos de ambos, ao mesmo tempo que o amor floresce, dúvidas e medos vem a tona, e somente juntos eles conseguiram superar tudo.

Li o livro em algumas horas, me envolvi com a determinação de Abby e toda sua força, xinguei Jake em muitos momentos, assim como também quis dar colo a nosso protagonista.
Com uma narrativa direta , a autora coloca em pauta temas que deixam nosso coração apertado ao nos imaginarmos na mesma situação, nos faz refletir até que ponto o amor consegue enxergar além das camadas exteriores.

Joyce
Blog Livros Encantos

site: http://www.livrosencantos.com/2017/10/musica-do-coracao-katie-ashley.html
comentários(0)comente



43 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3