O Para Sempre de Ella e Micha

O Para Sempre de Ella e Micha Jessica Sorensen




Resenhas - O Para Sempre de Ella e Micha


40 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


Janise 04/08/2018

O Para Sempre de Ella e Micha
Lá vamos nós de novo na história narrada por Ella e Micha. Agora eles estão juntos mais separados, por que ela está na universidade e ele em turnê com a banda. Só que as coisas continuam acontecendo, problemas surgindo e eles não estão sabendo como lhe dar com isso. Ella tem o pai saindo e entrando na recuperação e jogando culpa em cima dela e ainda tem a distância de Micha. Micha tem o pai em sua mente, as viagens com a banda, agora tem a Naomi, a falta de Ella e a incerteza do futuro.
Problemas familiares para ser uma característica de Jessica Sorensen, ela joga pesado com isso, apesar ou ainda bem, tem uma escrita de bem fluida.
Sem brincadeira, o que Ella fez me tirou do sério, vacilou com Micha. Vou dar uma surra nessa menina!!!!! Sorte a dela ter Lila e Ethan como amigos, que ajuda a corrigir a burrada dela.
Agora, o pai do Micha é um caso a parte, ele abandonou filho, esqueceu que existe, nunca ajudou, mas quando precisou usou o Micha como se ele tivesse obrigação. É o tipo de homem que fica na categoria de cagalhão.
O relacionamento de Micha e Ella é uma montanha russa, quando você pensa que tudo vai se ajeitar… lá vem porcaria, quase não dá tempo de respirar. E vai assim até o final, mas a leitura é muito gostosa e Micha é muito fofo.
Gostei muito de ler e recomendo.
E foi assim.
Ahh o terceiro livro fala dos amigos de Ella e Micha, que tinha uma amizade suspeita, Lila e Ethan. Eles eram amigos mesmo do casal, personagens queridos.
Agora eu vou.
Bjoo





site: http://janiselendo.blogspot.com.br/2016/06/o-para-sempre-de-ella-e-micha.html
comentários(0)comente



Rose 01/06/2018

Neste volume acompanhamos o namoro de Ella e Micha. Enquanto Micha saiu em turnê com a banda para realizar seu sonho de ser um músico, Ella seguiu fazendo sua faculdade em Las Vegas e com sua terapia.
Mas, esta distância não tem sido muito fácil para Ella, que por conta de seus problemas psicológicos sente-se insegura. Micha também não está gostando da distância imposta pela agenda de shows, e menos ainda pelos caminhos que a banda está tomando. Em suma, as coisas não estão como ele gostaria que estivessem, e sofre que Ella está distante e se afastando dele.
O ciúmes e os problemas não deixam o casal em paz, e um não quer sobrecarregar o outro com seus medos e desejos.
Micha queria Ella sempre a seu lado, mas tem ciência do caminho difícil que ela precisa percorrer antes deste passo. Já Ella, gostaria que Micha não estivesse na estrada, mas sabe que não pode e nem deve impedi-lo de realizar este sonho. Sem falar que ela mesma precisa se reconstruir para ser alguém para Micha.
Mas não é apenas isso que eles precisam resolver. Acostumados a fugirem de suas realidades através das bebedeiras e pegas, é hora de ambos enfrentarem seus fantasmas se quiserem realmente que esta relação dê certo.
Eu vou ser sincera com vocês, terminei o volume 1 bem satisfeita com o enredo e com boas expectativas com esta continuação, porém, desta vez, o enredo não encheu meus olhos. Achei que as coisas ficaram rodando em círculos e não iam para lugar nenhum.
Não digo que a metade poderia ser deletada que não sentiria falta. Não seria para tanto, mas, cabia uma pequena enxugada.
Eu entendo perfeitamente os problemas que Ella enfrentava, mas tinha momentos que dava vontade de dizer: "Chega Ella! Absorve, cresce e segue em frente". Por isso, achei bom quando houve a explosão de Micha, mesmo que causada pelo excesso de álcool. Acho que ali, o enredo ganhou outra dinâmica, porque eu estava cansada de vê-lo correndo atrás dela e aceitando tudo, cada migalha dada. Isso serviu para acordar a guria.
Micha é um rapaz doce, mas cheio de problemas, entre eles, a bebida. Mas quando foi confrontado, não se fez de rogado. A presença de Lila e Ethan foram importantes para Micha e Ella. Eles foram amigos e não passaram a mão na cabeça dos dois.
Apesar da enrolação do enredo, achei muito importante a autora abordar temas como depressão, alcoolismo, relacionamento a distância, luto, ataques de pânico, suicídio, entre outros. Aliás, neste sentido, tudo foi muito bem caracterizado e desenvolvido. Posso não ter gostado como gostei do primeiro, mas pelo conjunto, recomendo sim a leitura.

site: http://fabricadosconvites.blogspot.com
comentários(0)comente



Ary@na 26/05/2018

Continuação do livro "O Para Sempre de Ella e Micha".

O livro começa um pouco após o termino do primeiro volume. Ella continua na faculdade enquanto Micha tenta seguir carreira com sua banda. Inúmeras viagens em turnê acabam sendo uma dificuldade no relacionamento dos dois. Além do namoro a distancia, Ella tem que lidar com seus próprios fantasmas para manter o equilíbrio.

Assim como o primeiro volume, o livro 2 de Ella e Micha é daqueles que você pega para ler, mas não consegue largar. Romance, tensão, dramas e algumas risadas: a combinação perfeita de um Young / New Adult delicioso são elementos garantidos nos livros da autora.

Agora que Ella e Micha estão juntos, eles precisam conviver com o problema do outro e tentar resolvê-lo, mas nem sempre eles compartilham um com o outro o que está se passando em sua cabeça. Ella anda tendo surtos e colapsos, coisa que ela herdou de sua mãe, e como não quer ver Micha preso á ela para sempre, principalmente quando isso acontecer novamente, tenta afastá-lo, imaginando que o estará ajudando se ele estiver longe dela.

Esse livro me encantou mais que o primeiro. A história flui mais rapidamente, e o livro é mais divertido. Claro, tem seus momentos de tensão e dramas, mas também há um espacinho para ironias e aventuras loucas dos personagens.

Alguns personagens aparecem, como Naomi, Anna e Blake, os dois últimos são maravilhosos e me conquistaram completamente. Naomi é da banda de Micha, e eles estão fazendo turnê juntos, o que deixa Ella com um pé atrás, com medo de acabar sendo deixada de lado ou traída; Anna é a terapeuta de Ella, que está cada vez mais ansiosa e depressiva; e Blake um amigo gente boa que ela conheceu na faculdade, mas que provoca crises imensas de ciúmes em Micha.

Apesar de gostar de um pouco de drama, confesso que algumas vezes me irritei MUITO com a Ella, mas me colocando de verdade no lugar dela, entendi perfeitamente os seus pensamentos em acreditar que o Micha estaria melhor sem ela. Quanto ao Micha, é um dos personagens mais fofos que já li. E é linda essa força que ele tem dentro de si, em não desistir da mulher que ama, independente dos demônios que ela enfrenta.

O próximo livro da série será sobre Lila e Ethan, os melhores amigos de Ella e de Micha. Eles estão cada vez mais próximos e foram muito importantes neste livro para que houvesse um final feliz. Adoro quando personagens secundárias conquistam seu espaço e ganham destaque, e espero gostar do terceiro volume tanto quanto gostei dos dois primeiros.
comentários(0)comente



Coisas de Mineira 05/02/2018

Em “O Para Sempre Ella e Micha” o que era para ser mais um feliz para sempre se mostra na verdade uma luta constante de Ella e Micha para continuarem juntos. Tudo que os dois acharam que estava resolvido volta para assombrar e as inseguranças de Ella estão mais gritantes nesse segundo livro. A volta de Ella para Faculdade em Los Angeles e Micha saindo em turnê com sua banda de rock também não ajudam em nada, apenas desagastam a relação já tão frágil, fazendo com que os dois repensem se vale a pena continuar a distância e se o amor dos dois é forte o bastante para superar as inseguranças de Ella e o cansaço que toda uma turnê deixa em Micha, sem nenhum dos dois abrir mão de seus sonhos.

Muito mais hot que o primeiro "O Para sempre Ella e Micha" continua a falar sobre situações complexas, como ataque de pânico e depressão, relacionamento a distância, um pai em tratamento contra o alcoolismo, a relação entre irmãos e lutar contra seus próprios demônios, aponta também a luta de Ella contra o medo. Mas vamos e convenhamos a mocinha passou por cada situação estressante que era de se esperar tudo que ela fez. Mas nem tudo é espinho nesse continuação, também teremos momento sensuais entre os personagens, veremos o quanto um verdadeiro amigo faz diferença e que lutar por quem se ama e seus sonhos valem muito a pena e que quando procura-se ajuda e os tratamentos corretos consegue-se resultados positivos.

Gostei mais desse livro do que o primeiro, por que deu para ver o crescimento individual de cada personagem e como eles foram lidando juntos com as situações, também consegui ver o amor entre eles cada dia mais forte e palpável, a relação da Ella com o irmão e pai e a força incrível que o Micha tem em relação as necessidade deles. Mas não ache que o livro tem uma ou outra insinuação de romance por que não tem, como disse antes tem cenas picantes sim de deixar com calor e mais apaixonada ainda por eles. A autora Jessica Sorensen também conseguiu segurar o mesmo ritmo de leitura que tinha no primeiro livro, então flui muito tranquilamente e deu um gostinho dos outros personagens deixando uma abertura para um outro livro, isso deixo o livro ainda melhor.

Por: Leh Pimenta
Site:http://www.coisasdemineira.com/2015/12/para-sempre-ella-e-micha-jessica.html
comentários(0)comente



Manuela 01/04/2017

Ella &Micha
"Com cada lágrima derramada, ela rouba mais do meu coração, até que ela o possui completamente. Eu percebo que mesmo nas horas difíceis, que eu tenho certeza que nós vamos enfrentar, eu nunca vou ser capaz de me afastar dela."
comentários(0)comente



Carlinha - Paradise Books 15/03/2017

Jéssica Sorensen adora acabar comigo!
Depois de encarar seus problemas do passado frente a frente e terem decidido finalmente ficar juntos, Ella e Micha agora começam a enfrentar uma nova etapa em direção a vida adulta. Ella voltou pra faculdade em Vegas com sua amiga Lila, enquanto isso Micha está em turnê pelo país com sua banda. Eles não tinham noção de como seria difícil enfrentar a distância. Ella agora esta fazendo terapia, enfrentando os seus sentimentos e começando a se entender e descobrir melhor, a personagem está crescendo nesse livro e podemos vê-la começando a amadurecer e deixando seu passado para trás. Micha por sua vez está preocupado com Ella e começa a se questionar sobre o que o futuro tem reservado para os dois, e enquanto estão separados eles terão que amadurecer e fortalecer seus laços, deixar a insegurança de lado se quiserem que esse relacionamento dê realmente certo.
"Dizer adeus é sempre muito difícil, mas algumas vezes é necessário para que continuemos com nossa vida.”
Já começo dizendo que eu não gostei nenhum pouco dessa capa nacional, fiquei super triste, porque eu realmente esperava mais ( tendo em vista que a do primeiro livro era tão linda). Estava muito ansiosa pelo desenrolar da história, apesar de ter ficado em dúvida se realmente precisava de uma continuação. Eu teria dado um outro final ao livro um e encerrado por ali mesmo. Mas como pudemos ter um pouquinho mais desses dois, achei que a autora deixou a desejar em muitos pontos. Após enfrentarem tantas barreira, fugas, depressão, suícidio, problemas familiares, alcoolismo, eu realmente esperava uma atitude muito mais madura dos dois, e não a insegurança que eles demonstram ter enquanto estão separados, principalmente por serem tão próximos, se conhecerem tão bem e terem uma amizade tão sólida. Quando lemos a sinopse temos a impressão que o maior problema a ser enfrentado pelos dois será a distância, mas não, isso só acontece de verdade no começo do livro. O maior problema que eles enfrentam, são eles mesmos! Seus sentimentos e atitudes é que vão guiá-los a continuar ou não nesse relacionamento.
"Quero alguém para ser meu para sempre. Quero Micha. Mas preciso me tornar uma pessoa que nós dois possamos amar; de outra forma, jamais vamos conseguir."
Achei ótimo acompanhar o desenvolvimento de Ella ao longo dos meses de terapia, ela passa a ser uma personagem muito mais forte, independente e menos assustada do que a menina que conhecemos no primeiro livro. E Micha deixa de ser o cara super protetor e dominador e passa a ser muito mais amoroso, compreensivo com Ella e sua doença também. Ele também vai enfrentar seus problemas familiares, e aqui temos uma lição linda de altruísmo e amor ao próximo. Aos poucos eles vão se curando do seu passado, se aceitando e aprendendo a conviver com seus erros e acertos, e agora eles podem finalmente começar a vislumbrar a felicidade e um futuro, coisa que eles nunca pensaram que poderiam ter quando tiveram uma infância tão miserável e dolorosa.

Achei a tradução ótima, adorei as cenas mais quentes ( sim, bem mais quentes que no primeiro livro), adorei o romance dos dois, Micha é lindo e sedutor e ganhou ainda mais o meu coração nessa segunda parte. Tentei falar tudo que eu senti sem dar muitos spoliers do primeiro livro, e espero que vocês tenham gostado.
comentários(0)comente



priscila.wenzel 27/02/2017

Lindo!

Ella e Micha finalmente estão namorando, mas o namoro passa por um momento ruim, pois, Micha vive na estrada tocando com sua banda e isso deixa Ella insegura.


“Tenho a sensação de que estamos nos separando, e ele era a única coisa que tinha me tirado de meu buraco negro. Se ele me abandonar não sei se conseguirei me agarrar a luz. – Ella”


Micha demonstra o tempo todo o quanto sente falta de Ella e que se pudesse a teria com ele o tempo todo. Achei fofo ver os amigos da banda reclamando o quanto ele fica rabugento longe da namorada, ou seja, ele continua tão ou mais apaixonante que o livro anterior.

Fiquei brava com a Ella nesse livro com uma decisão que ela toma. O que salva é que o Micha é esperto, deduz o que ela está fazendo e mais uma vez não desiste da nossa mocinha.
Tenho que bater palmas de novo pra Ethan e Lila, que ficam mais amigos e provam a ser grandes amigos quando ajudam nossos protagonistas a resolverem seus problemas.

A história continua sendo narrada por Ella e Micha e as cenas quentes, nesse livro ficam mais quentes ainda....


“- Senti falta do seu gosto. De seu cheiro - chupo seu pescoço, deslizando minha língua pela pele enquanto minha mão passeia por sua coxa e a extremidade da calcinha. - Da maneira como você fica quando eu a toco. - escorrego meu dedo pra dentro dela.
- Micha. - seus olhos se perdem e eu a sinto da maneira que queria no último mês.
- Sim, senti falta disso também. - digo, e a beijo novamente.”


“Ella se livra da lingerie e abre o botão do meu jeans. Eu a levanto, pressiono contra a árvore e a penetro.
- Micha, eu amo você, mas eu...
Eu a beijo com mais paixão, afastando-me somente por um segundo pra dizer:
- Eu também te amo.”


Mais uma vez a capa desse livro me encantou e a autora está de parabéns. Se você curtiu o primeiro, vai curtir ainda mais esse livro.
comentários(0)comente



luzuanon.appromances 23/11/2015

No livro anterior foi completamente emocionante acompanhar o amor deles florir e encontrar um no outro uma cumplicidade que tinham desde criança. Mas, como o destino adora pregar peças, ainda haveria problemas no paraíso e desta vez, os traumas que uniram pode distancia-los. Caso eles não aprendam a confiar um no outro, a fim de alcançar a felicidade que ambos tanto merecem.

Ella deu continuidade a seus estudos em Las Vegas e Micha decidiu ser integrante de uma banda e fazer shows pelo país forçando assim os dois a manter um relacionamento a distância e passando mais tempo ao telefone.

Apesar de estar ansiosa para começar a nova fase da sua vida, Ella ainda sente uma culpa que a consome dia após dia e com a ausência do namorado tornou-se mais difícil lidar com suas crises nervosas até que aparentemente a situação se torna insustentável.

Um tanto quanto teimosa e insegura com o futuro, Ella toma uma decisão radical que pode destruir para sempre a confiança de Micha nas pessoas. Não é de se espantar, que a partir desse momento, desenvolvi uma relação de amor e ódio com Ella, aliás confesso que quis esganá-la...rs.

Micha como no primeiro volume, é um fofo, ele é tão atencioso e querido. Admiro sua paciência e generosidade, e estava nitidamente claro que não conseguiria viver afastado de Ella. Enfim, o casal tem tudo para ficarem juntos e serem felizes, só precisam ter vontade de fazer dar certo e levar um dia de cada vez.

Os personagens secundários são ótimos. Destaque para a Lilla, com seu jeito expansivo e maluco. Ethan, melhor amigo de Micha, também merece atenção. Eles estão dispostos a ajudá-los e é admirável o companheirismo deles. Uma galera que dá vontade de abraçar e não largar, sabe? A cada capítulo lido, me senti íntima dessa turma principalmente é (claro do Micha) como se fosse a melhor amiga, querendo ajudar e aconselhar.

Com uma narrativa intercalada entre Ella e Micha. A autora tem uma linguagem leve e envolvente encontrando uma forma branda de abordar assuntos pesado, além dessa questão, recheiam as páginas de Para Sempre Ella e Micha a importância da amizade, superação e é claro, um pouco de erotismo na medida certa. Apesar de ter algumas reclamações no decorrer da leitura por conta das atitudes de Ella, no geral a história é interessante, vale a pena a leitura rsrs

Parabéns a editora pelo trabalho maravilhoso, capa bonita, diagramação simples e impecável. Necessito do próximo livro, ansiosa agora para conhecer a história de Lilla e Ethan, aguenta coração.

site: http://www.apaixonadaporromances.com.br/2015/11/resenha-o-para-sempre-de-ella-e-micha.html
comentários(0)comente



Quel 13/10/2015

Para sempre? Será que “para sempre” existe?

" Para Sempre de Ella e Micha ", é o segundo volume da Série Segredo da autora Jéssica Sorensen, e neste volume vemos a continuidade do livro " O Segredo de Ella e Micha "(Resenha), onde Ella Daniels e Micha Scott amigos de infância se reencontram depois de 8 meses longe um do outro, e este reencontro fazem os enfrentar seus medos e angustias do passado.

Ella e Micha se completam, são feitos um para outro, porém após assumirem um relacionamento a distância, todos os problemas e conflitos que antes foram esquecidos retornam triplicado, e eles terão que mais uma vez provar que este sentimento é maior que qualquer coisa, inclusive o abismo em que os separam.

Nesta sequência, Ella retorna para a Universidade e tenta se focar em seu futuro e esquecer a escuridão do seu passado. Mas, tudo o que ela quer mesmo é Micha, e de jeito nenhum ela vai deixar seus problemas ficar no caminho de seus sonhos.

Já Micha está ocupado em uma turnê pelo país com sua banda, aparentemente, tem tudo que sempre quis. Mas no fundo ele sabe que algo está faltando. Estar longe da Ella é mais difícil do que ele esperava, e como Ella, prefere não fazer com que desista de seus sonhos para estar nesta nova jornada ao seu lado.

Para quem leu o primeiro volume, pôde perceber que quando Ella e Micha estão juntos, tudo parece possível, porém com está distância os bons momentos são esquecidos e novos pensamentos tomam conta, neste novo drama Ella e Micha irão ter que enfrentar muitas coisas para demonstrar que nada os separa, e principalmente que o amor e o desejo que sentem é único e irresistível.

Tudo piora quando uma nova tragedia abala o mundo deles que já é frágil, e desta vez alguém terá que fazer uma escolha que poderá os separar para sempre.

O Para Sempre de Ella e Micha, no meu ver é melhor que o primeiro volume, diferente de alguns leitores eu aceitei esta continuação, pois era necessário. Ella é uma garota muito forte mas seu passado ficará para sempre grifado em sua mente, e Micha é o único capaz de afugentá-lo de sua vida, a relação deles é linda mas não é perfeita, onde almejam coisas diferentes de fato era preciso incluir mais um volume para deixar claro que na relação deles tudo suporta.


site: http://raquel-ebooks.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Diae 01/08/2015

Resenha exclusiva do blog Da Imaginação à Escrita
Depois de tantas idas e vindas, Ella e Micha estão finalmente juntos, mas a distância que os separa, lhes causa dor. Ella continua seus estudos em Las Vegas e Micha esta em turnê com sua banda, a falta quem ambos sentem é gritante, no entanto, o que mais os machuca são os problemas do passado, a qual ambos precisam encarar.

Ella ainda tem que lidar com os fantasmas que a atormenta e a culpa que carrega, além do sentimento de medo que tem em relação à Micha e de não ser boa o suficiente para ele. Micha ainda guarda muito rancor pelo pai e quando o mesmo lhe pede ajuda, o jovem se sente incapaz de recusar, mas quer que o pai sofra por tudo que lhe fez.

Para quem enfim consigam a felicidade que tanto desejam, Ella e Micha enfrentam juntos todos os obstáculos. Ciúmes, segredos, mentiras e superação, o para sempre os espera, mas é preciso dar um passo de cada vez.

Na sensacional continuação da história de Ella e Micha, Jéssica Sorense traz neste segundo volume, um enredo ainda mais tenso e empolgante. Visando mostrar não apenas o romance entre o casal, Jessica se foca ainda mais no psicológico e drama de seus personagens. Em O Para Sempre de Ella e Micha, vemos a extensão da doença de Ella e como isto influencia em seu relacionamento. Ella carrega um fardo enorme, o que gerou depressão e ansiedade em sua vida, neste livro, a autora aborda bem estas questões sobre Ella, mostrando a garra da personagem para superar tudo que lhe aflige. Ella cresceu muito nesta continuação e assim como Micha, o amor que sentem é intenso, puro e encantador. O Para Sempre de Ella e Micha se revelou ainda mais arrebatador que o primeiro livro, com cenas picantes e uma intensidade que envolve ao longo dos capítulos.

Eu gostei de O Segredo de Ella e Micha, mas o segundo livro foi ainda melhor, romântico, surpreendente e sexy. Assim como no primeiro livro, Ella e Micha são os narradores e revelam em suas visões à grandeza e certeza de seus sentimentos, a força e coragem de enfrentar tudo para serem felizes e é lindo! Sobre a edição, a diagramação continua ótima, com os mesmo detalhes do livro anterior, encontrei alguns errinhos na revisão, no entanto, nada que de fato prejudicasse a leitura.

Finalizo dizendo que recomendo não apenas a leitura de O Para Sempre de Ella e Micha, como também a de seu antecessor, ambos trazem uma história bela, de amor, superação e recomeços.

site: http://www.daimaginacaoaescrita.com/2015/06/resenha-o-para-sempre-de-ella-e-micha.html
comentários(0)comente



ViagensdePapel 14/05/2015

O para sempre de Ella & Micha, de Jessica Sorensen
Depois de um tempo sem ler nenhum livro do gênero New Adult, eis que li a sequência de O Segredo de Ella e Micha, no primeiro volume a autora abordou todo o trajeto e provações que o casal de protagonistas passou para ficarem juntos.

Em O Para Sempre de Ella e Micha, a narrativa continua do ponto onde parou, Ella e Micha estão namorando, mesmo assim eles necessitam continuar com suas vidas e acabam mantendo um relacionamento a distância. Micha é músico e faz parte de uma banda que acaba de partir em turnê, ele está fazendo shows por diversas cidades.

Ella retorna à Las Vegas após o término das férias, o novo semestre promete não ser nada fácil, ainda mais com ausência de Micha. A vida de nossa protagonista finalmente entrou nos eixos, seu pai está na reabilitação para se recuperar do alcoolismo, Ella e o irmão estão mais próximos e amizade com Lila continua a mesma de antes, Ella não mudou completamente, ela mantém sua identidade alternando entre a patricinha e a gótica.

No entanto, nem tudo são flores, o drama ainda continua, Ella está insegura com o namorado longe, eles sentem muito a falta um do outro, ambos estão em busca de seus sonhos, Ella aceita seus conflitos internos e compreende que necessita de ajuda, ela conta com o apoio de todos. E ainda tem tido sessões com um especialista.

Ella aparentemente progrediu, mas novamente revive os problemas do passado, a culpa é ponto forte de sua personalidade, ela se deprimente facilmente, e sempre se culpa pelas coisas que acontece consigo e a sua volta. Com relacionamento meio conturbado pela distância, Ella parte ao encontro de Micha, seus anseios são suas fraquezas, tanto Ella quanto Micha se deparam com novos pretendentes que podem abalar ainda a situação do casal.

O livro não me surpreendeu, a autora somente deu sequência aos eventos anteriores, não temos nenhuma novidade, aqui vemos o mesmo clichê do primeiro volume e de outros New Adults. O drama é muito bem desenvolvido, gostei muito da interação entre os personagens, o desfecho do livro deixa claro o que podemos esperar do terceiro volume da série, nele acompanharemos uma outra fase na vida do jovem casal.

A narrativa é em primeira pessoa pela visão de Ella ou Micha, a leitura é muito mais fluída, a escrita da Jessica Sorensen é muito gostosa de acompanhar, a série “Segredo” ainda tem mais três volumes para serem lançados pela Geração Editorial. A editora acertou em cheio em manter os padrões da capa, cores leves e suaves. Recomendo a leitura para quem curte romances, só não esperem muito, pois dessa forma a leitura será muito mais atrativa e prazerosa.


site: http://www.viagensdepapel.com/2015/01/o-para-sempre-de-ella-e-micha-segredo-2_2.html
comentários(0)comente



Vanessa Vieira 22/04/2015

O Para Sempre de Ella e Micha - Jessica Sorensen
Em O Para Sempre de Ella e Micha, sequência de O Segredo de Ella e Micha, da norte-americana Jessica Sorensen, conhecemos as turbulências presentes no relacionamento do casal, assim como suas dúvidas e anseios. Achei a carga emocional deste livro um pouco exacerbada em vista do volume anterior e as cenas picantes entre Ella e Micha foram muito forçadas, como se fosse um paliativo para o drama vivido por eles. Tal como muitas sequências, acredito que este livro não tenha sido lá muito necessário para o desfecho da história.

Depois de muitos contratempos, Ella e Micha finalmente se renderam a paixão e começaram a namorar. Mas este relacionamento não será nem um pouco fácil, visto que Ella está cursando sua faculdade em Las Vegas e Micha vive em turnê com sua banda de rock.

A relação entre os dois não anda nada estável. Ella é atormentada dia e noite por pesadelos envolvendo o passado trágico de sua família e Micha carrega um medo imenso dentro de si de ser abandonado. Eles enfrentaram muitas coisas juntos, mas o sonhado "felizes para sempre" talvez não esteja selado no destino deles...

A distância se mostra fria e cruel e vai corroendo aquele belo e intenso sentimento de outrora. Os segredos entre eles se tornam imponentes muros aos seu redor, bem como o ciúmes e os fantasmas do passado. As tentações são muitas, incluindo vivências sexuais, bebedeiras, dentre outros. Será que os dois conseguirão passar por mais esta prova de resistência?

O Para Sempre de Ella e Micha nos mostra os pormenores do relacionamento à distância do casal e todos os obstáculos e barreiras que os dois devem percorrer para solidificar o amor que os une. Confesso que achei o livro melodramático demais e não me envolvi tanto com a história quanto gostaria. Depois de tudo que Ella e Micha enfrentaram juntos, acreditava que os dois estivessem mais fortes e maduros, mas infelizmente o casal parece ter regredido no tempo. A autora incrementa a trama com várias cenas hot, que ao invés de ter uma premissa sensual, acabaram soando forçadas demais, passando até mesmo um sentimento de desespero. Narrado em primeira pessoa por Ella e Micha, sob pontos de vista alternados, a história tem lá os seus encantos, mas é visível que foi uma extensão não muito bem-sucedida do romance de outrora.

"Nunca olhei para o futuro o suficiente para perceber que talvez, um dia, Micha e eu não estejamos juntos."

Micha, antes tão doce e fofo, adquire um ar um pouco mais agressivo. É claro que a Ella irrita qualquer um, principalmente neste volume, mas achei a mudança do personagem brusca demais. Suas vicissitudes e fraquezas se intensificaram e ele nem parece aquele garoto gentil de outrora, prestes a ajudar e fortalecer sua amada.

Ella é uma personagem que não evoluiu na história, pelo contrário, decaiu ainda mais em meu conceito. Sei que ela tem os seus traumas do passado, mas depois de tanta coisa pela qual viveu, esperava uma postura mais sólida e firme dela, o que infelizmente não aconteceu. Suas crises depressivas são incessantes e isso me irritou em boa parte da história.

Em síntese, O Para Sempre de Ella e Micha acabou esticando uma história que não era lá muito densa e o resultado não foi tão satisfatório. O livro possui os seus encantos, dentre eles uma leitura fluída e personagens coadjuvantes engraçados e cativantes, mas no mais a obra deixou bastante a desejar. A capa é bonita e a diagramação está ótima, com fonte em tamanho ideal e revisão de qualidade. Apesar das ressalvas, não deixo de recomendar.

site: http://www.newsnessa.com/2015/04/resenha-o-para-sempre-de-ella-e-micha.html
comentários(0)comente



Aline @ousejalivros 28/03/2015

O Caos e o Para Sempre
Opinião:
Se você leu a sinopse sabe que o livro parece seguir a típica trama YA: personagens problemáticos se apaixonam, algo os afasta, muito mimimi e então, vivem felizes para sempre.
Felizmente, nem tudo é o que parece.
Se no primeiro livro, fiquei inquieta e desejei colocá-los de castigo, neste volume fui atraída pelo caos do relacionamento de Ella e Micha.
A narrativa flui levemente com toques de superação, sensualidade, amadurecimento, confiança e aceitação. Em muitos momentos, não dá pra se impedir de sorrir largamente.
Terminei o livro almejando que a veracidade do amor deles transbordasse e me tocasse.

site: @ousejalivros
comentários(0)comente



Marianne 02/02/2015

Resenha: "O Para sempre de Ella e Micha" (Jessica Sorensen)
Por Marianne: O casal mais insuportável do new adult esta de volta em O para sempre de Ella e Micha. O romance é a continuação de O segredo de Ella e Micha, que eu já resenhei pro Dear Book aqui. No romance anterior vimos Ella e Micha encarar as nuvens negras do passado e amadurecer juntos pra estabelecer uma relação de verdade. Agora muita coisa mudou. Ella voltou pra universidade em Las Vegas e tem frequentado seções de terapia pra lidar com seus fantasmas do passado e suas preocupações atuais, como fato de o pai alcoólatra ter sido internado a força numa clinica de reabilitação.

Já Micha está em turnê com a nova banda. Mas, como sempre na vida, as coisas não saem bem como o esperado.
Nesse novo romance a autora explora a insegurança e ciúme dos personagens devido a distância. Novos personagens surgem pra instigar a imaginação dos leitores e os próprios protagonistas à uma possível traição, tudo na maior leite com perisse óbvio.


"As pessoas nunca querem fazer coisas que magoem os outros, mas, mesmo assim, isso às vezes acontece, por um momento intenso, por uma breve racionalização ou por simplesmente dizerem palavras que estão em sua mente."

O que mais me chamou a atenção nessa continuação foi o amadurecimento de Ella. O desenvolvimento de seu relacionamento com o pai e o irmão, que a culpam pela morte da mãe, é tratado de forma muito delicada e sincera. A depressão de Ella num geral é muito bem apresentada e apesar da narrativa ter um ar meio Malhação a autora consegue nos envolver e sensibilizar com as situações vividas por Ella.

"—Acho que as pessoas que passam por mais coisas podem acabar se tornando mais fortes no longo prazo. Elas têm um discernimento que muitas outras não têm. E elas também têm uma compreensão melhor, podem ter a cabeça mais aberta."

Micha continua desnecessário e bocó como sempre. Nem um drama inesperado com o pai, que o abandonou quando criança pra viver $muito bem obrigada$ com outra família me fez sentir alguma ternura pelo rapaz.

"—É só que… Você é adorável. Você está aborrecido porque se sente mal por estar pensando coisas ruins.
—Nunca mais me chame de adorável.
(...)
—Nenhum cara quer ser chamado assim.
(...)
—Se você continuar me chamando de adorável, vou virar seu corpo e mostrar a você toda minha masculinidade. (Micha em sua clara demonstração de falta de senso e cérebro)."

Possessivo e arrogante, ultrapassando todos os limites do bom senso e me fazendo espumar de ódio durante vários trechos do livro por suas atitudes sem nexo o personagem só confirmou minha opinião de que é o maior erro da autora nos dois livros.

"—Você é especial demais, e se eu tiver que ser totalmente possessivo ao seu respeito quando um idiota do mundo das artes vier dar em cima, bem na minha frente, eu vou ser, mesmo. (Micha sendo Micha)"

Micha é descrito como lindo, rebelde, irreverente, sensível e loucamente apaixonado por Ella suspiros ofegantes, mas a possessividade do rapaz me incomoda o livro todo. Ela é mostrada de uma forma romanceada que passa a ideia errada de que mesmo a mocinha protagonista deixando claro que não quer companhia/ajuda do mocinho apaixonado, ele VAI estar lá, ele VAI ajudar, ele não VAI desistir dela.

"—Sua bunda está basicamente pulando para fora do vestido… E as garotas se vestem assim quando querem se oferecer pra transar… Então trate de voltar pra casa e escolher outra roupa. (Micha em sua clara demonstração de total compreensão de comportamento feminino baseado em suas roupas.)"

Existe um método muito simples de saber se é amor ou se é loucura. Troquem o Micha lindo-perfeito por um cara comum, um cara normal qualquer. Agora imaginem que quando Ella rejeita o rapaz ela realmente queira isso. Pronto, temos um cara louco perseguindo uma garota que está fugindo dele. Uau, que romântico.

As cenas sexuais do livro eu não vou dizer que podem ser comparadas as de Malhação porque a novela adolescente não tem essas “indecência”. Mas se tivesse seriam no mesmo nível de causar bocejos no adolescente mais cheio de hormônios. A impressão que eu tenho o tempo todo é de que a autora tem medo de ousar muito nas cenas mais sensuais, mal sabe ela que tá escrevendo pra geração que (pelo menos no Brasil) cresceu assistindo Presença de Anita escondido dos pais hahaha. Poxa Jessica Sorensen, é new adult, não é new teen não, apimenta esse negócio ai!

Dois personagens que foram meio que deixados de lado nesse livro foram Ethan e Lila, melhores amigos dos protagonistas. Ethan até ensaiou entrar num drama pessoal que eu queria muito que fosse mais explorado, mas não rolou. Lila foi totalmente coadjuvante, uma pena porque eu gosto da personagem e acho que ela e Ethan (que não estão num romance) fluem com muito mais naturalidade do que os próprios Ella e Micha.

Apesar das minhas críticas a leitura flui bem e entretém. Gosto de pensar que é tipo de história que não vai acrescentar nada na sua vida. Mas que da pra assistir e passar o tempo, se distrair.
Contem nos comentários o que vocês acharam do livro ou as expectativas depois de ler minha resenha!

site: http://www.dear-book.net/2015/01/resenha-o-para-sempre-de-ella-e-micha.html
comentários(0)comente



Michele Bowkunowicz 10/12/2014

recomendo!
A história segue de onde o primeiro livro parou. Desta vez, Ella e Micha tem que lidar com a nova sensação de ser um casal e eles vão ter que aprender a confiar um no outro, a fim de alcançar a felicidade que tanto merecem. "O Para Sempre de Ella e Micha" concentra-se mais profundamente em como Ella e Micha lidam com seus problemas e se tornam mais estáveis....

Leia mais em meu blog Lost Girly Girl

site: http://www.lostgirlygirl.com/2014/10/resenha-458-o-para-sempre-de-ella-e.html
comentários(0)comente



40 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3