O Amor é uma Canoa

O Amor é uma Canoa Ben Schrank



Resenhas - O Amor é uma Canoa


1 encontrados | exibindo 1 a 1


Clã 10/08/2014

Clã dos Livros - O Amor é uma Canoa
Peter Herman escreveu um livro de sucesso a cinquenta anos atrás. Com lições de vida aprendidas com seus avós, ele criou um livro de auto-ajuda chamado O Casamento é uma canoa, com dicas e lições para um casamento feliz, usando várias metáforas.
Agora viúvo, passa alguns momentos perdido em suas próprias reflexões.

Stella Petrovic é uma editora ainda sem sucesso e sente que chegou o momento de se estabelecer no mundo editorial, para tanto precisa de algo que faça com que percebam o seu potencial. Ao pesquisar sobre livros antigos, depara-se com O Casamento é uma canoa de Peter Herman. O livro está fazendo aniversário de cinquenta anos e nada mais interessante do que relançá-lo em grande estilo.

"Era uma tarefa horrível, mas Stella sabia que nunca seria capaz de comprar os direitos de grandes obras se não fizesse primeiro algum trabalho bobo para Melissa. E fora assim que descobrira o Canoa."

Para isso, Stella precisa convencer sua chefe Helena, uma mulher dura na queda, o autor de quem ninguém ouve falar a tempos e ainda fazer o público se interessar pelo livro novamente.

E como o casal Emily e Eli se encaixam nessa história toda?

Emily é super fã do livro O Casamento é uma canoa. Lia todos os dias, tentando fugir dos tormentos e das brigas entre seus pais. Ela está desistindo de seu casamento e ao ver um concurso que promete um encontro com o autor de seu livro preferido, resolve que talvez isto, seja a salvação dos dois.
Por se sentir muito culpado Eli parece disposto a tudo para recuperar Emily, mas será que um encontro com esse autor pode realmente ajudar?
Para participar do concurso, o casal deveria escrever um e-mail ou carta para a editora falando sobre seu casamento. O casal selecionado receberia um final de semana com o autor, para conversar e claro receber dicas de como colocar o casamento nos eixos.

"As doze cartas mais convincentes serão lidas por Peter Herman, que depois irá selecionar o casal vencedor. Então, num sábado de novembro, (...) o escritor acompanhará o casal num passeio em torno do lago Okabye, (...)"

O casamento de Peter era bom. Ele e Lisa se amavam, mas nunca foram um casal perfeito e apesar de no livro parecer tudo maravilhoso, ele sabia que não correspondia a sua realidade. Mesmo assim estava muito confiante em sua habilidade de salvar casamentos quando aceitou se encontrar com o casal ganhador do concurso.

"- Já disse que o meu livro não é sobre o amor verdadeiro. É sobre casamento. São conceitos um pouco diferentes, não acha?"

O livro é surpreendente por sair totalmente do clichê.
Fica até mesmo difícil torcer por alguém ou algo, pois nossa percepção dos fatos e do caráter das pessoas vai mudando.

O enredo é bom e bem construído com personagens verossímeis e cheios de defeitos. Entenderam, ninguém aqui é herói, perfeito, lindo ou maravilhoso.
O livro é narrado em 3ª pessoa, o que nos permite um olhar mais amplo sobre todos!

Algumas metáforas do livro escrito por Peter são mesmo interessantes e valem a pena ser mencionadas.

"Um bom casamento é uma canoa - precisa de atenção constante e não foi feito para suportar demasiado peso - não mais do que dois adultos e algumas crianças."

Recomendo!

site: http://cladoslivros.blogspot.com.br/2014/07/resenha-o-amor-e-uma-canoa-de-ben.html
comentários(0)comente



1 encontrados | exibindo 1 a 1


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR