Meus 15 anos

Meus 15 anos Luiza Trigo




Resenhas - Meus 15 Anos


52 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4


Mari 12/07/2014

"Esse frio dentro de mim já me seguia deste antes. Era um sentimento que sempre existiu."

Já quero começar a resenha dizendo o quanto gosto da narrativa da Luly. Ela consegue, de maneira incrível, nos fazer terminar o seus livros em apenas algumas horas depois de começar e sempre com uma linguagem juvenil, do jeito que suas personagens e suas leitoras, merecem. Com "Meus Quinze Anos" não foi diferente.

Bia é uma menina que mal pode esperar para sua grande festa de 15 anos. Mantendo segredo de cada detalhe da festa até de sua melhor amiga, ela espera que todos aproveitem a festa e que Thiago, o garoto por quem ela tem uma quedinha, aceite dançar com ela pelo menos uma música lenta. O problema é que ela nem fala direito com o Thiago, a festa está se aproximando, e ela não sabe nem se ele vai, mas pode ser que tenha chegado a hora de as coisas darem certo para Bia. Ou não.

No dia 12 de Junho, em homenagem ao Dia dos Namorados, a Rocco disponibilizou gratuitamente o e-book de "As Valentinas", conto escrito pela Luly que se passa no dia dos namorados e já nos apresenta a Bia e suas melhores amigas, além de nos adiantar um pouco sobre Thiago e Bruno, seu melhor amigo; mas, de fato, mesmo já ficando bastante empolgada com a história, ele não nos adianta nem metade do que estar por vir! A história se mostra ainda mais interessante logo nas primeiras páginas do livro.

A Bia é uma personagem totalmente cativante que nos alegra com sua simpatia e animação. Ela está tão empolgada com a sua festa que nós ficamos também e, quando percebemos, estamos tão ansiosos quanto ela. Uma coisa que me agradou logo de cara foi o fato de Luly alternar os capítulos entre Bia, Amanda, Jéssica, Bruno e Thiago. Com a narrativa em primeira pessoa, ela nos deixa ainda mais próximos de cada personagem e é possível ver o que um pensa do outro e, principalmente, que está certo ou errado. A Amanda é uma personagem que te dá vontade de ser amiga dela, Jéssica dá tanta raiva que nossa vontade é de ir falar umas boas coisas na cara dela, Bruno é um fofo sem fim e Thiago só me agradou no nome (eu amo o nome Thiago!), porque no inicio da leitura fiquei bastante com o pé atrás em relação a ele; mas o mais imporante de tudo, é que todos são personagens bem reais que, com certeza, te lembrarão alguém que você conhece/conheceu.

A Luly é formada em cinema, e ninguém do colégio saberá até chegar na festa, mas o tema é justamente cinema (está na sinopse, galera, antes que achem que é spoiler risos)! Mas, a Luly fez algo mais especial ainda para o livro: absolutamente todos os capítulos foram nomeados com os títulos de filmes. Eu reparei nos dois primeiros e achei que a Luly podia ter apenas escolhido alguns, mas não! Todos possuem títulos de filmes que se encaixam perfeitamente em cada capitulo e eu fiquei bem feliz por ter visto todos! Tem "Meninas Malvadas", "Garota Infernal", "Um Príncipe Em Minha Vida", "As Apimentadas", "A Arte da Conquista", "Jogos Vorazes", "O Maravilhoso Agora", "Operação Cupido" e muito mais!

O livro é dividido em três partes: o antes, o durante e o depois da festa de quinze anos da Bia. Na imgem vocês podem ver as ilustrações que a Rocco preparou e, quando vocês pegarem o livro em suas mãos, vão ver como elas são ainda mais lindas pessoalmente! A Editora preparou o livro com muito carinho, pois ele tem vários detalhes, como as estrelas que estão no convite da festa da Bia, e também estão nas últimas páginas de cada capitulo.

"Meus Quinze Anos" fala sobre a magia do primeiro amor, o apoio dos amigos e a confiança da família. Bia é uma personagem super divertida que vai ganhar um lugar no coração de cada leitor e que vais inspirar muitas leitoras com seu amadurecimento. Sem dúvidas, mais um divertido sucesso de Luiza Trigo.

Confira fotos e a resenha completa em: http://www.magialiteraria.net/2014/07/resenha-meus-quinze-anos-luiza-trigo.html
MrsSuede 09/09/2014minha estante
Amei a resenha, estou muito ansiosa pra ler o livro, tive o prazer de conhecer a Luly semana passada e estou com meu exemplar na fila


Victória 06/08/2015minha estante
Nao acredito que Jogos Vorazes e O Maravilhoso Agora sao nomes de capitulos do livro... Agora estou com mais vontade ainda de ler! Otima resenha :))




Clarice 13/05/2020

Meus 15 anos
Essa história é bem legal. Conta um pouco da vida de uma garota chamada Bia que é afim do cara mais popular da escola, mas o que ela não sabe é que oque ela realmente quer estava bem debaixo do nariz dela!
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Lala Kim 26/03/2020

Bom
A história é muito boa para quem gosta de um gênero de amor e superação adolescente. Livro muito bem escrito, mas que na minha opinião poderia ter mais enredo.
comentários(0)comente



Luiz Nascimento 16/01/2018

Gostei mais do filme...
Dessa vez, vestir minha fantasia de pré-adolescente para ler esse livro, não funcionou. Obviamente eu não sou o público ao qual este livro é destinado, mas eu sempre me divirto com essas leituras "bobinhas", pena que isso não aconteceu dessa vez. Parte disso foi pq eu esperai encontrar no livro aquilo que eu vi no filme, esperava um pouco mais de complexidade, de camadas nos personagens, pelo menos na protagonista. A Bia do filme é uma garota órfã de mãe, fato esse que reflete diretamente na sua vida, tem problemas com o pai que nunca a compreende (apesar de se amarem muito), tem uma bonita relação com a música, é aquela nerd zoada na escola e não tem amigos, o que justifica (no filme) ela não querer uma festa de 15 anos. Ninguém iria na festa, pior, ela não tinha ninguém para convidar.
Já a Bia do livro é apenas uma nerd, superinteligente, que vai dar uma festa de 15 anos, ponto. Zero desenvolvimento.
As situações que envolvem os personagens são bem infantilizadas (eu sou professor e eu sei que alunas(os) de 14 anos não se comportam totalmente dessa forma), eles são todo unilaterais, sem personalidades e estereotipados: a menina má é má demais e a menina boa é tão boa que chega a ser tonta. O relacionamento do casal mal é desenvolvido e o personagem dito "o pegador" possui algumas falas e pensamentos bem machistas e escrotinhos.
Enfim, é decepcionante que um livro que originou um filme divertido e até mesmo emocionante (que eu já vi 2 vezes), seja tão raso. Não é só pq é um livro infanto-juvenil que ele tem que ser tão preguiçoso e forçado assim. Melhorem!
Joelma 16/01/2018minha estante
Gostei muito da sua resenha.


Luiz Nascimento 16/01/2018minha estante
Obrigado, Joelma :)


Paloma 31/01/2018minha estante
Genteee serio que o filme é melhor???

Agora tu me empolgou em assisti-lo.

E sim, tbm achei o livro bem bobinhoo




Tayh @livrosdatayh 17/10/2020

Esse é um dos livrinhos que eu queria MUITO ter lido na infância, mas não tive a oportunidade.

É uma historinha super fofa e curtinha. As amigas da Bia são maravilhosas e o Bruno é muito incrível (Se eu fosse mais nova viraria meu crush. haha)

Aqui também conhecemos um futuro homem tóxico em formação: Thiago. Que garoto mais insuportável. A Jéssica também está no mesmo nível, mas eu fiquei com pena do final que ela teve na história.

Acabou que o livro é super diferente do filme (a única coisa que achei parecido foi o nome dos personagens e o fato da protagonista ter um aniversário de 15 anos).

O livro é mil vezes melhor (mas quando não é?).
comentários(0)comente



Lavinia.Simoni 03/01/2021

Esse foi o primeiro livro que li quando entrei nesse mundo de leitura, recomendo muito pra quem gosta dos clichês adolescentes. Ele é engraçado, mas também tem romance e amizade.
comentários(0)comente



Lucas de Paula 28/07/2015

Que vê capa não vê coração.
A capa me chamou bastante atenção, e comprei o livro tanto pela capa linda, como porque adoro historinhas adolescentes. Mas depois de “Meus 15 Anos”, posso dizer que quem vê capa não vê coração. A capa é bem melhor do que o livro em si. Não é que eu tenha odiado e achado um lixo, eu até gostei, sim, tanto que li o livro todo em 3 horinhas. Mas, pra mim, o grande problema foi a narrativa da autora, que eu achei bem pobre e com cacofonias. Mas, embora eu não tenha gostado tanto assim da narração, foi genial a ideia de colocar filmes (principalmente filmes colegiais, que tem tudo a ver com o livro) como títulos dos capítulos. É bonzinho pra passar o tempo, mas de um ponto de vista “técnico”, não é tão bom.
comentários(0)comente



Lorena Miyuki 02/01/2015

Para um público muito específico
Comentário rápido (não é nem resenha porque não vou analisar todos os aspectos do livro): nota 2,5.

O livro foi claramente feito para um público específico e, por mais que eu adore histórias de pré/adolescentes, essa não conseguiu me agradar de jeito nenhum. Não enxerguei os lugares, não me envolvi com a trama (que é SUPER rápida), e os diálogos... Nervosismo puro. Realmente, se você não tem 15 anos ou menos, não desce.
(Aliás, nem o meu "eu com 15 anos" gostaria, tenho quase certeza. Como eu disse: público extremamente específico.)
comentários(0)comente



Jéssica 17/08/2020

Uma leitura leve que me faz voltar no tempo e me recordar da minha adolescência com inseguranças, sonhos infinitos com a festa de quinze anos perfeita e apaixonada pelo carinha errado, até descobrir que seu melhor amigo pode ser o seu verdadeiro amor. Sem esquecer da garota popular (ou nem tanto) da escola que não gosta de você e amigas para contar segredos e reunir para as melhores festas do pijama.
comentários(0)comente



tha 19/11/2020

eu comprei esse livro só porque eu sempre sonhei com monha festa de 15 e amei pena que o filme é totalmente diferente
comentários(0)comente



C.A 22/01/2021

Meus 15 anos
Eu ia ler esse livro antes de fazer 15 anos, mas não o fiz, como ainda não saí dos 15 anos, e meu aniversário é só em julho, decidi que leria antes dos 16, e foi o que fiz.
Foi uma leitura encantadora, divertida, e apesar de juvenil não perdeu sua doce infantilidade, achei uma linda homenagem a galera nerd, sim, nerds não são esquisitos como os esteriótipos, assim como a Bia tem sentimentos, loucuras, lazer, hora de estudar e se divertir, e claro, fã de alguma coisa, como no caso da Bia, são filmes e livros, nerds tem amigos e seus grupinhos, e sai de casa também, apesar de às vezes ser irritante sair de casa. Hahaha
Amei o livro, a festa de 15 anos da Bia, os personagens, e a fofura do Bruno, o Thiago era meio estranho, nada a ver com a Bia, a Amanda era nerd e maluquinha sem medo de ser feliz, a Roberta com aquela seriedade de responsabilidade, e a Priscila simplesmente culturalista com as falas em inglês, a Carol até mais neutra mas uma amiga incrível, infelizmente a Jéssica perdeu a parte boa de ser uma das amigas da Bia, uma garota incrível.
comentários(0)comente



Bia 17/03/2020

Fofo..
Muito gostosinho de ler. Um livro que fala sobre Bia, uma das nerds da sua turma apaixonada (como sempre) pelo garoto mais popular, Thiago e que tem um amigo desde infância, Bruno...
O resto...só lendo... =)
comentários(0)comente



Camila | @leiturasdaca 18/01/2015

Resenha Meus 15 anos

Bia é uma menina super legal, sonhadora, tímida e que ama estudar... Tá ela é a mais lenta da turma mais continuando ela tem um grupo de amigas com diferentes personalidades o que pode complicar as vezes mais nada que uma festa do pijama não resolva. O maior sonho de Bia é a sua festa de 15 anos onde para ela tudo vai mudar para a melhor, ela quer que seja a melhor festa de todas e que surpreenda todo mundo por essa razão ninguém sabe o tema, nem mesmo sua melhor amiga Amanda.

Como assim alguém não gosta de ler livros? COMO ASSIM? Ler é a melhor coisa que existe!
Bia tão NERD ( Gente eu amo essa menina ).

Outros personagens que vão aparecer muito na historia são Jessica, Thiago e Bruno. Jessica é a menina mais metida da escola é que não acha os outros alunos a sua altura, ela está revoltada com a ideia da festa da Bia ser melhor que a sua, ela não vai deixar que isso aconteça, Thiago é o mulherengo da escola que por acaso é a paixão da Bia só de pensar que ele pode ir na sua festa a deixa com nós no estomago, será que ele finalmente vai nota-la? Por ultimo mais não menos importante está o Bruno o melhor amigo, o companheiro, o seu par para festa, o que sempre está lá, mas espera um pouco, a Bia está pensando direito? Será que ela não inverteu a situação... Essa festa ainda vai dar muitas confusões, pegue a pipoca é se divirta com ela.


Minha opinião: Ele se tornou um dos meus favoritos, não é aquele livro que marca nossa vida, mas um livro que temos um carinho especial, a historia é super divertida, ri muito... Gostei de ver que cada personagens tem seu espaço no livro, isso mesmo ele não é só narrado pela Bia mas também pela turminha, acredite o livro não tem nenhuma dica da festa dela, então fiquei curiosa até o inicio dela...Depois bom acontece algo coma Bia que a deixa confusa e com coisas a pensar. Não vou falar mais nada porque (A) Sou má (B) Spoiler é chato (C) Leia o livro...


site: http://proximapagina-pp.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



52 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4