Perdendo-me

Perdendo-me Cora Carmack




Resenhas - Perdendo-me


124 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Geane 25/10/2019

Bom! Me fez rir!
A narrativa é muito boa e leve, mais o que me pegou foram os momentos cômicos, dei boas gargalhadas com as trapalhadas da Bliss!!! Recomendo
comentários(0)comente



Ray ( @umaviajanteliteraria ) 26/07/2019

Surpresa boa
💙 “ Até mesmo se 99% das vezes a história tiver um final ruim, vale a pena se ao menos uma vez tiver um final feliz. “
.
Bliss aos 22 anos está preste a se formar na faculdade de Artes cênicas e ainda não conseguiu decidir se vai ser atriz ou diretora de cena e para completar ela acho um absurdo está preste a se formar e ainda ser virgem, então incentivada por sua melhor amiga ela decidi ir para a balada e se envolver com o primeiro cara que chamar sua atenção.
.
Garrick é aquele cara lindo, charmoso, que ler Shakespeare em um bar e para completar o pacote ainda tem um sotaque britânico. Quando ele e Bliss se esbarram na balada a atração é incontrolável e depois de alguns drinks eles vão para o apartamento dela, tudo estava indo bem até Bliss surtar, inventar uma desculpada esfarrapada e sair do apartamento deixando ele nu no seu quarto. Bliss está morta de vergonha e espera não ter que vê-lo novamente, mais como o destino gosta de brincar eles irão se encontrar mais cedo do que ela imagina.
.
Que surpresa maravilhosa!
Comprei esse livro e os outros dois da trilogia porque estavam bem em conta, porém nunca imaginei que fosse gostar tanto. Perdendo-me é um New adult leve, engraçado e com algumas cenas sensuais que faz você se apaixonar por ele. .
A escrita da autora é muito envolvente e os personagens que ela criou são muitos fofos. Bliss é uma garota engraçada daquelas que quando começa a falar não para e eu me identifiquei bastante com ela, já o Garrick meu deus, que homem! Lindo, carinhoso, sempre pensando no bem dela e ainda lutando para viver esse amor proibido.
.
Os personagens secundários também são encantadores, Cade e Kelsey são os melhores amigos de Bliss e traz mais um pouco de emoção a história, mesmo me fazendo um pouco de raiva eu gostei bastante dos dois, inclusive já li o livro do Cade e em breve sai resenha também. .
Se você quer uma leitura leve e rápida Perdendo-me é uma ótima pedida!
comentários(0)comente



Janise Martins 23/07/2019

Perdendo-me
Esse livro é puro clichê, sem novidades, sem surpresas, mas uma delícia de clichê adolescente!(o povo literário diz New Adult, mas pra mim isso aí bem adolescente mesmo!) Hehehehehe… O livro apesar de não ter muito conteúdo, a escrita da autora é boa, flui muito bem e a leitura é rápida.
Narrado na terceira pessoa com exceção do epílogo, que narrado pelo Garrick (ahhh o Garrick!), Perdendo-me é um livro que já começa com “dilema”, já bem batido, a ser resolvido e que desperta riso do leitor por ser bobo. O tal “dilema” se trata de Bliss estar com 22 anos e ainda ser virgem (como se isso fosse problema, acha paciência! Mas não vamos minar a história).
Chega o dia da “caça”, o dia de pôr fim ao “problema”, e ela coloca tudo por água abaixo e deixa escapar um inglês lindo e com sotaque e tudo!
E para ficar melhor, adivinha quem será seu professor na faculdade? Pois é!
Ahhhh coisa boa é diálogo de jovem alegre! Faz a gente rir e voltar no tempo, isso no caso da velha aqui, os mais novinhos podem se ver.
E é isso, um livro leve e solto, sem compromisso e sem ressaca literária

Bjoo


site: https://janiselendo.blogspot.com/2015/12/perdendo-me-serie-perdendo-me-1.html
comentários(0)comente



Eylane 10/07/2019

Faz muito tempo que li, mas lembro que gostei tanto, que acabei comprando e lendo "Fingindo", da mesma autora. Cora Carmack tem uma escrita leve, assim vc ler várias páginas sem sentir.
comentários(0)comente



Beatriz Calsada 04/07/2019

Perdendo-me
Amei esse livro! É aquele tipo de leitura que flui, te prende, e é leve. Com uma personagem bem elaborada e uma boa história. Super indico!
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Uma Leitora 27/04/2019

Fiquei "perdida" pela história.
Esse livro é fofo demais, devorei em poucas horas, não queria parar de ler. Super recomendo como um romance clichê e despretensioso, e que, apesar disto, nos encantada com protagonistas lindinhos e fofos. ?
comentários(0)comente



Taiane.Candido 18/03/2019

Leitura leve e fluída!
Vindo de uma onda de azar em alguns livros, esse literalmente caiu como uma luva.

Curto, direto e leve. A leitura fluiu que foi uma beleza.

Eu particularmente estava precisando de uma leitura bem levinha depois de algumas leituras carregadas de dramas que fiz.

-Garrick foi um amorzinho por todo livro, e seria facilmente meu crush literário.

-Bliss, louca demais em algumas horas, é uma personagem engraçada, porém não vi nela a força que a autora tenta passar nessa personagem.

1-ela se sujeita a tudo que os amigos querem dela. Um motivo que me fez detestar Kelsey pq ela é narcisista e abusiva sempre inconveniente forçando a barra com a Bliss pra ter as coisas do jeito dela.
2-ela não consegue simplesmente se posicionar e sempre começa com ?as histórias de maluco dela?.

Apesar disso, eu consegui me apegar aos personagens e achei uma boa história.
Bliss e Garrick são um casal bem melosinhos, mas eu gosto é assim mesmo hahaha

Gostei da forma como a Cora abordou a virgindade. Não foi algo exaltado como uma ?qualidade? como acontece em alguns livros, e deixou como mensagem que ela deve ser perdida com naturalidade, quando a pessoa se sentir pronta e realmente interessada no parceiro. Sem pressão externa.

Enfim, recomendo muito a leitura pra quem como eu ama um clichêzao
comentários(0)comente



Cris 25/02/2019

Adorei
?Até mesmo se 99% das vezes a história tiver um final ruim, vale a pena se ao menos uma vez tiver um final feliz.? Pág. 144

Bliss é uma jovem prestes a se formar na Faculdade de Artes Cênicas e ainda é virgem. Ela está chateada, porque acha que isso a atrapalha na hora de representar e pode ser um futuro empecilho na sua carreira.

Incentivada pela melhor amiga, ela resolve sair pra uma balada e planeja perder a virgindade casualmente com o primeiro cara interessante que surgir na noite.

Entre uma bebida e outra e vários pretendentes que não despertam seu interesse, ela está prestes a encerrar a noite frustrada quando avista um cara lindo meio escondido num canto do bar.

O cara em questão é Garrick, que além de charmoso e muito gentil, ainda tem um sotaque britânico capaz de deixar qualquer mulher de pernas bambas.

Após uma noite de muitas trapalhadas, Bliss acaba dormindo sozinha, mas pra seu desespero, acaba reencontrando o bonitão no dia seguinte na Faculdade?

Este livro tinha tudo pra ser um clichêzão do gênero New Adult, mas e não é que ele conseguiu me surpreender? Eu já fui esperando não gostar, porque não gosto muito do estilo, mas encontrei uma história mais parecida com chick-lit do que com New Adult. Eu achava que seria tipo aqueles livros da Abbi Glines, mas as cenas de sexo aqui são bem calminhas hahaha.

Em primeiro lugar, a protagonista é muito fácil de se gostar. É divertida, inteligente e não se faz de bobona virgem, como a gente vê em boa parte desses livros. E o Garrick, o que dizer deste mocinho? Também foge do estilo, é totalmente bom moço, carinhoso, compreensivo e bem-humorado.

A escrita da autora é ótima, li o livro super rápido e me diverti muito, enquanto torcia pelo casal. Outra coisa que adorei na história foi o cenário em que o livro se desenvolve. Acho que nunca tinha nenhum livro em que os protagonistas são atores, e foi muito legal acompanhar as aulas de teatro e como eles se preparavam para atuar.

Enfim, é uma história sem nenhum enredo sensacional, mas que conseguiu me conquistar, eu achei uma delicinha de ler. Recomendo muito pra quem curte histórias leves e fofas.


?Era engraçado sentir falta das pessoas antes mesmo de deixá-las, mas era isso o que eu estava sentindo agora.? Pág. 258
comentários(0)comente



Priscila 17/02/2019

Adorei esse livro!!
A capa desse livro não uma das minhas favoritas, claro, mas é bem elaborada e também bem diagramada. A tipografia da capa é boa. Mas o que me chamou atenção foi a tipografia mediana e a diagramação dentro do livro, que achei totalmente excelente!!.

Bom, o livro traz a história de Bliss, uma aluna universitária e que em breve vai se formar como atriz. Mas ela tem um grande segredo: ela ainda é virgem. É isso meio que a deixa perturbada, pois ela sempre pensa em mil e uma situações.

Mas mal ela sabe que a vida dela vai dar um remexida, graças a sua amiga Kelsey, que a leva, em uma determinada noite, a um barzinho universitário para que possam se divertir e também para que Bliss possa resolver o lance da virgindade.

Após algumas bebidas na cabeça, Bliss diz a Kelsey que vai ao banheiro e no caminho ela vê algo que chama sua atenção: um rapaz, bonito lendo Shakespeare. O que, claro, ela chiou muito estranho pois estavam em um bar. Claro que ela se aproxima do rapaz e o questiona e eles começam a conversar sobre Shakespeare.

Quem era o rapaz? Garrick. Um rapaz que se mudará naquela noite e que tinha um sotaque bem britânico. Claro que ela se encantou com ele, e com isso pensou que seria com ele que perderia a virgindade. Claro que ela não foi tão ousada assim.

Garrick explicou que estava ali, por que acabara de se mudar e tinha perdido as chaves e que também já tinha chamado o chaveiro, mas que o mesmo iria demorar. Então ela sugeriu que esperasse pelo chaveiro no apartamento dele, então eles foram. Mas ao descer da moto, Bliss acaba queimando a sua perna e então eles resolveram ir para o apartamento dela, para cuidar da queimadura.

E após de ele ajudá-la com a queimadura, rola um clima muito tenso entre os dois e eles acabam se beijando e também se amassando. Bliss se entrou por inteiro e eles acabaram na cama dela. E durante o amasso e todo o fogo pegando, Bliss começou a entrar em pânico e ela disse que precisava buscar o gato, do qual ela não tinha, e fugiu deixando Garrick sem entender nada.

E no dia seguinte, durante a aula, ela descobre que terá um novo professor, que seria nada mais nada menos que Garrick. Como será que ela vai lidar com isso?? Leiam o livro!!!
Bom, achei a história bem divertida e bem boas risadas com a Bliss que tão paranóica e também muito atrapalhada. Sem contar todas as cenas bem engraçadas dela. Os personagens são bem desenvolvidos, e a história bem cativante é muito envolvente também. Foi super fácil começar a ler e me sentir envolvida coma história criada.

Claro que todo o cenário foi super bem criado, deixando o desenvolvimento dos personagens excelente. E em nenhum momento eu senti tédio da leitura e da história. E consegui ler mais rápido pelo fato da história ser bem envolvente. No geral, gostei bastante da história. É bem divertida e descontraída, e também bem cativante e envolvente. Os personagens são excelentes e os cenários também. Gostei do fato da personagem ser um pouco atrapalha e ao mesmo tempo real.

Com certeza, recomendo a leitura.
comentários(0)comente



Lay @livrossdalay 24/01/2019

Título : PERDENDO-ME , 1° livro de uma trilogia
Autor (a): Cora Carmack
Editora: Novo Conceito
Nota: 3,5?

Quotes que me chamaram atenção. ?? Não importa o quão perto, você está sempre tão longe. Meus olhos são atraídos para todos os lugares que você está. ?? Estou cansada da forma que nós dois fingimos, cansada de sempre ficar esperando e nunca ceder, eu posso sentir isso na minha pele, ver isso em seu largo sorriso, nós somos mais. Sempre fomos. ?? Pense em tudo que nós perdemos, todos os toques e todos os beijos. Porque nós dois insistimos em resistir. ?? Chega! Eu não vou ignorar. Não vou fingir e nem resistir. Eu quero mais.

Aos 22 anos , Bliss sempre esteve no controle da situação. Ela ainda não encontrou o cara certo, mas como está terminando a faculdade, resolve que precisa deixar de ser virgem com algum cara " errado" mesmo. O problema é que seu jeito prático de resolver as coisas acaba lhe pregando uma peça: pelo próximo semestre inteiro, ela vai ter que se encontra com o bonitão do bar todas as manhãs, e ele vai fazer questão de provoca-la no bom e no mal sentido.

O livro é gostosinho de se ler, eu fui com muita sede ao pote e me decepcionei pois eu esperava mais da história, não que seja um livro ruim, porém na minha opinião não me prendeu e nem me impressionou, mas pra quem gosta de uma história bem leve e um casal mamão com açúcar como Bliss e Garrick recomendo a leitura.
comentários(0)comente



manuella.rosasilva 13/01/2019

LINDO...
Reli esse livro pela primeira vez em quase quatro anos e minha opinião sobre ele não mudou. Continua digno de cinco estrelas. A história é guiada por personagens supercarismáticos, o que o torna muito bom, leve e fluido!!!
comentários(0)comente



Anne 30/10/2018

Mais fofo que uma garota com a perna machucada tentando tirar o jeans sentada na privada.
Eu simplesmente amei esse livro porque ele tem um casal muito mamão com açúcar.
A Bliss é louca e incoerente como ela só e tem horas que nem mesmo ela sabe o que tá fazendo. Há momentos em que dá vontade de bater na cabeça dela porque, filha, não é todo dia que se encontra um homem maravilhoso como esse (e leitor!). O Garrick é simplesmente maravilhoso. Não há um segredinho sujo, não há grandes emoções negativas. A narrativa dá-se em torno do momento em que eles se conheceram e o epílogo me deixou morrendo por mais.
Odiei a Kelsey. Ela simplesmente é uma narcisista insensata que aparece nos piores momentos da estória e amei um pouco o Cade, mas não muito. Porque, enfim, ele podia ter se movido antes, mas os personagens secundários são, em sua maioria, inconvenientes.
Taiane.Candido 18/03/2019minha estante
Nossa, tb detestei a Kelsey. Achei ela abusiva com a Bliss. Sua resenha me representa hahaha




Carla Martins 02/10/2018

clichês, mas até que dá uam viciada
Mais em: https://leituramaisqueobrigatoria.blogspot.com/

As características da personagem principal são meio utópicas e surreais, mas fora (tudo) isso, o livro até que é bem viciante. Bliss Edwards vai se formar na faculdade, tem um melhor amigo que é apaixonado por ela, é bonita, atraente e ainda é virgem. Oi?

Ela conhece um cara lindo e super carismático em um bar, os dois sentem-se mega atraídos um pelo outro, mas ela tem um ataque de pânico na hora H e foge dele, dando uma desculpa mega esfarrapada. No dia seguinte, quando ela chega para o primeiro dia de aula, quem entra na sala para se apresentar como o novo professor? O próprio!

No começo, talvez por essas características meio dãããã da protagonista, a leitura estava meio devagar. Porém, como vocês sabem, eu nunca desisto de um livro. Ainda bem! Porque do meio pra frente eu já estava viciada e não conseguia mais parar de ler. Garrick e Bliss ão um casal cativante. E Cade, o melhor amigo apaixonado, é um querido!
comentários(0)comente



Dri 21/02/2018

Sinopse-Garrick e Bliss
VIRGINDADE.
Bliss Edwards vai se formar na faculdade e ainda tem a sua. Chateada por ser a única virgem da turma, ela decide que o único jeito de lidar com o problema é perdê-lo da maneira mais rápida e simples possível com uma noite de sexo casual.

Tudo se complica quando, usando a mais esfarrapada das desculpas, ela abandona um cara charmosíssimo em sua própria cama. Como se isso não fosse suficientemente embaraçoso, Bliss chega à faculdade para a primeira aula do último semestre e... adivinhe quem ela encontra?
comentários(0)comente



124 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |