As Sete Irmãs

As Sete Irmãs Lucinda Riley




Resenhas - As Sete Irmãs


191 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


San 20/06/2021

Gosto de histórias de amor bem contadas!
Primeiro livro de Lucinda Riley, e (o primeiro dessa saga) que leio e estou fisgada...kkkk
Que venham os próximos!!
comentários(0)comente



Thais.Garrido 07/06/2021

Lucinda nunca decepciona
Como brasileira, Lucinda me proporcionou uma nova perspectiva do Rio de Janeiro, além de contar curiosidades sobre a construção do Cristo que tenho certeza que a maioria de nós não conhecíamos.
Apesar da história da Maia e da Izabela serem emocionantes, o que mais me deixou intrigada foi descobrir quem era o Pa Salt, e sua relação particular com cada uma das filhas adotadas.
E com um gancho mais do que surpreendente, já vou começar a ler a sequência assim que terminar essa resenha.
comentários(0)comente



Lorena 31/05/2021

O livro é bom e fluido, mas não foi O meu preferido da Lucinda. Não me emocionei como de costume.
comentários(0)comente



Andrelisa 23/05/2021

Uma história muito bem escrita. Cheia de descobertas, volta ao passado. Maia enfrenta uma grande perda e diante dela resolve investigar sua origem. Adorável. Uma bela história.
comentários(0)comente



Clara.Braga 17/05/2021

Cheia de Opinião | As Sete Irmãs, vol. 1 - Lucinda Riley
Sinopse
Maia D’Aplièse é a filha mais velha dentre outras 5 do enigmático Pa Salt. Todas foram adotadas e receberam o nome das estrelas que formam a constelação das Plêiades, menos a última, a irmã que nunca chegou. Elas eram ricas e viviam em uma ilha particular na Suíça até todas seguirem com sua vida.
Porém, Pa Salt morre e deixa para cada filha uma frase e uma coordenada geográfica de onde poderiam obter respostas sobre a sua família de origem. Maia era a única que ainda morava com o pai e se encontra profundamente perdida, ainda mais quando um ex namorado decide aparecer. Por isso, ela decide vir para o Rio de Janeiro e conhecer sua história.

Resenha
Adquiri esse livro despretensiosamente. A coleção já estava com seu sexto livro lançado e, ao terminar o primeiro comprei todos os outros para ler em seguida. A escrita é fluída e entramos nesse universo além de ficarmos muito envolvidos com o mistério de quem é Pa Salt e por que ele adotou essas meninas?
O livro é contado em duas épocas diferentes, o presente com Maia e a história de uma antepassada dela em 1930. Historicamente, não acredito que o livro seja muito correto em relação ao Rio de Janeiro e, obviamente, é uma visão romantizada e externa do Brasil, porém, gostei de ter meu país como sede e um romance.
Neste livro, Maia decide viajar não só para outro país, mas em uma grande viagem de autoconhecimento e re-encontro da sua própria auto estima depois de muito tempo se diminuindo e apagando.
Acredito que esse livro traga tanta identificação não pelo patriarca rico que mora em uma Ilha, mas por todos nós de uma forma ou de outra, precisamos traçar viagens internas para nos descobrirmos.
Avaliação: 4,5




site: https://www.instagram.com/cheiadeopiniao_/
comentários(0)comente



Vana 27/04/2021

Apaixonante!
Como todo livro da Lucinda Riley, chego ao fim impressionada com a capacidade da autora criar tantas histórias envolventes para vários personagens!!!

Estou tão apaixonada quanto Izabela em Paris e fui capaz de renascer com Maia no Rio de Janeiro! Curiosa demais com o final (?) deste livro, já esperando ansiosamente por continuar a série.

Recomendadíssimo! Parabéns, Sra. Riley! Missão cumprida com sucesso.
comentários(0)comente



Drica Feitosa 20/04/2021

Poderia ser melhor
As Sete Irmãs é o primeiro livro da série homônima de Lucinda Riley, na qual a autora faz uma releitura da mitologia das Sete Irmãs das Plêiades. Em cada livro, será narrada a história de uma das diferentes irmãs, todas adotadas por Pa Salt, em busca de suas verdadeiras origens.
Este deveria ser o q relata e constrói a história de Maia a primeira filha, mas ao meu ver a sua história ficou em segundo plano, pois a autora intercala com a história de Izabela a bisavó materna de Maia. A historia de Izabela é bem elaborada com fatos como a construção do Cristo Redentor no Rio de Janeiro (fatos ou ficção para uma ex Guia de Turismo como eu, ela soube agregar com sucesso) e também a cultura do café e também a decadência na década de 20.
O problema pra mim foi algumas lacunas q ficaram na história da Maia... no entanto como é uma série, espero sinceramente q nos próximos livros, a autora consiga saciar estas "curiosidades".
comentários(0)comente



Cristiane 19/04/2021

Perfeito
Esse livro é simplesmente perfeito! Maravilhoso! Tem mistério, tem romance, tem reflexão sobre a vida, tem magia e tem continuação!!!!!!
comentários(0)comente



marlla 15/04/2021

Nesse livro vemos a história de duas personagens principais a Maia e Bel sua ancestral. Eu gostei bastante da história da Bel apesar do fim dos acontecimentos , mas como uma moradora do rio de janeiro foi ótimo saber sobre a construção do Cristo e sobre um pouquinho da vida no Rio nós anos 20. Eu também da história Maia , mas achei meio rasa poderia ter se aprofundado um pouco mais , no final eu fiquei curiosa com certas coisas que ficaram em aberto. Mas fora isso foi um livro muito bom.recomendo
comentários(0)comente



Estefane.GonAalves 09/04/2021

Lucinda Riley me emocionando mais uma vez ! Me deixou sem palavras , não é o melhor livro que li dela mas é muito bom .
A história é muito rica em detalhes , e os personagens muito bem construídos . Amei demais .
Sofri juntos com os personagens , adorei a história de amor de Bel e Brouilly , fiquei triste com o fim deles . E eu achava que depois ela seria feliz com o Marido ?
Adorei a Maia e o Floriano tbm ( shippei demais ).
comentários(0)comente



Kelly Brandão 06/04/2021

PUTA QUE PARIU, QUE LIVRO BOM DA PORRA!!!!!!

"O amor não conhece a distância; não tem continente; seus olhos são para as estrelas."

Eu sei que reclamei do quanto a narrativa foi arrastada e por vezes, cansativa. Porém, analisando a totalidade, posso dizer que esse livro é majestoso e completo. Pq não li antes?
comentários(0)comente



Katia Rejane 29/03/2021

Duas histórias incríveis
Primeiro livro que li da autora e estou muito apaixonada.
O livro As Sete Irmãs foi extremamente recomendado. Eu quase perdi uma amizade se ñ lesse logo essa série; É gente, eu fui ameaçada. Alguém aqui já passou por isso??

Vamos ao livro. Essa série As Sete Irmãs vai contar a história de seis irmãs adotadas por Pa Salt, um homem muito rico e coloca em cada filha o nome das Sete Irmãs Plêiades
da mitologia grega.

Pa Salt morre, mas deixa uma carta para cada filha orientando para que elas busquem suas verdadeiras origens.
O 1th livro conta a história de Maia, a filha mais velha, que vai encontrar na cidade do Rio de Janeiro um lugar chamado "A Casa das Orquídeas" e lá conhece Dona Beatriz.
No Rio ela tbm conhece Floriano, um escritor de quem ela já havia traduzido vários dos livros para sua língua.
Maia revela ao escritor o verdadeiro motivo para ter vindo ao Brasil e Floriano decide ajudá-la nessa busca.
Nesse mesmo livro temos uma volta ao passado onde conhecemos Izabela e Laurent. Esse casal se conhece em Paris. Ele é artista e está no famoso projeto da construção do Cristo Redentor.

O mais fascinante para mim nesse livro é o conteúdo aprofundado em história que a autora fez questão de mencionar. É fato que várias informações são fictícias, mas o contexto histórico, como por exemplo o período do café, a famosa quebra da bolsa de Nova Iorque tudo isso ela encaixa de forma sublime na história e para mim foi o que a deixou ainda mais enriquecedora.

Estou ansiosa para partir para o segundo livro.

Leitura mais que recomendada
Alguém aqui já leu esse livro ou a série? Me conta aqui nos comentários o que acha da historia de Maia.
E para vc que ñ leu, recomendo fortíssimo ler qqr coisa da autora. Ela é brilhante.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Deise Demori 25/03/2021

Pa Salt é um homem rico que ao longo de sua vida adotou seis meninas e as criou como suas filhas, dando a elas os nomes de seis das Sete irmãs das Plêiades. Com a sua morte, ele lhes deixa cartas contendo as informações necessárias para cada uma delas ir atrás de seu passado, bem como uma esfera armilar onde o nome de cada irmã está ligado a um anel com uma frase e uma coordenada geográfica.

"Nunca deixe o medo decidir seu destino."

Neste primeiro livro vemos a história de Maia, a irmã mais velha que vive na mesma propriedade que Pa Salt. Ao abrir a carta onde consta um pedaço de pedra-sabão, para fugir de acontecimentos passados e com a localização obtida pela coordenada geográfica, Maia resolve ir ao Brasil. Lá, com o auxílio de Floriano, um escritor para quem traduziu um livro, Maia descobre os segredos relacionados ao seu passado e de sua família.

Apesar de ter conhecido mais sobre a história da construção do Cristo Redentor, consequentemente da história do Brasill, o livro ficou muito focado na história da Izabela, o que deixou o livro meio cansativo, e apenas no final descobrimos um pouco da história da própria Maia, sua avó e de sua mãe. O romance em si deixou um pouco a desejar também.

A autora desenvolve bem os personagens e a história como um todo, mesmo com algumas partes cansativas. Espero que os livros das demais irmãs me cativem mais, porque quero saber mais da história de cada uma das seis, da sétima irmã, que ainda não apareceu na história, e de Pa Salt.

"Todos vivemos com culpa por nossas ações, Maia."
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



191 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |