De Volta aos Sonhos

De Volta aos Sonhos Bruna Vieira




Resenhas - De Volta aos Sonhos


38 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


Lucas de Paula 24/11/2014

Um amorzinho
Eu juro que tento enxergar a Anita do jeito que a Bruna descreve, mas só consigo ler imaginando a Bruna ali, ao invés da personagem. O livro tem momentos arrastados e que quase me fizeram desistir, mas esses são a minoria. As minhas partes preferidas são as de viagem no tempo e depois que ela muda as coisas pela última vez. A única coisa que ficou arrastada foi a parte dela em Paris com o Henrique, mas de resto, o livro é sensacional. Garante boas reflexões e ótimas frases de efeito (que não são poucas, e eu anotei todas rsrs). Todas as partes em NY são incríveis. Esse final me deixou PUTO, porque sou muito curioso haha Necessito do próximo livro! BRU, ESCREVE LOGO, SUA LINDA!!!
Priscila Nonato 06/12/2014minha estante
Eu tb só conseguia enxergar a Bru enquanto lia haha


Kely Cássia 19/12/2014minha estante
Ah,então somos três, a Anita pra mim é a personificação da Bruna.


Carol 02/02/2015minha estante
Ainda bem que não sou a única louca no mundo que enxerga a Anita como a Bruna.


Panda 27/12/2016minha estante
Eu estou terminando o De volta aos quinze. É ótimo... E mesmo que eu não conheça a Bruna, eu também só consigo imaginar a personagem principal como ela.




Catarina 25/08/2014

Não evoluiu...mas também não decaiu
O livro começa de onde o anterior parou, Anita volta ao tempo quando achou que tudo estava bom e resolvido, porém dessa vez ela não voltou mais pra quando tinha 15 anos mas sim ao torno dos 17 quando passou no vestibular e foi para a faculdade.
Agora Anita tem a chance de mudar o seu passado e fazer as coisas do jeito que queria mas não tinha coragem, além de lidar com as consequências que todas as suas mudanças causaram.

Opinião

Continuei a leitura na esperança de ver Anita amadurecer, já que na minha visão ela não aparenta ser uma mulher de 30 anos, havia momentos em que eu me questionava seriamente, ela pensava como uma adolescente e era muito imatura.
Os diálogos as vezes pareceram forçados e as conversas pelo celular definitivamente não eram de uma mulher de 30 anos (eu ainda não tenho essa idade mas posso dizer com clareza que nem eu converso desse jeito com meus amigos).
Anita também não sabia o que queria me deixando frustrada.
Mas apesar dos pontos negativos o livro tem uma linguagem extremamente fácil e você nem percebe as páginas passarem.
Se vou estiver procurando um livro descontraído e leve apenas para passar a tarde, nada sério você pode gostar, mas não vá esperando muito.
Eu realmente esperava que esse livro superasse o anterior e víssemos uma evolução mas não foi o que aconteceu.

"Há vantagens em se ter uma segunda chance, mas a verdade é que nada acontece do mesmo jeito duas vezes"

Obs. A capa e o trabalho gráfico do livro está maravilhoso, me apaixonei profundamente por essa capa.
Nati 11/09/2014minha estante
A qualidade do material do livro é maravilhoso desde o primeiro.


Priscila Nonato 15/09/2014minha estante
O trabalho gráfico é perfeito ,já a escrita para mim decaiu ,o 1° livro parece que teve todo cuidado ao ser escrito ,já este parece que foi escrito as pressas,uma hora ela afirmava uma coisa , na outra fazia algo contrario a afirmação .E eu não entendi muito bem aquele final ,ficou parecendo aqueles spans de facebook hahahha


Leituras da Tercy 13/02/2015minha estante
Ganhei o livro hj, vou começar a leitura a partir de amanhã. Anita é uma mulher de 30 anos com jeitinho de 16




spoiler visualizar
comentários(0)comente



Fernanda 01/06/2015

Neste livro, Anita segue suas aventuras viajantes pelo tempo, do mesmo ponto onde havia parado, e segue mudando seu presente, através do passado. Aqui ela se envolve em um amor com Joel que ela talvez já suspeitasse antigamente, mas não admitisse pelo simples fato de ser cega por Henrique, ainda que ela tenha ficado desse jeito da noite para o dia.
Sabemos que todos nós estamos sujeitos a constantes paixões por nossos melhores amigos, e que muitos filmes já trazem essa realidade do livro da Bruna, e que ainda assim ela apela pra essa coisa de descobrir que seu melhor amigo te ama diferente do que você imagina e só você não percebe, mas a gora talvez seja tarde demais.
A leitura é fácil, e rápida, e o final se mostra bastante intrigante, nos revelando que no próximo volume, grandes dúvidas serão sanadas. Parabéns pra Bruna, esse volume tá muito cativante, e bem melhor que o primeiro!
comentários(0)comente



Izabela 14/03/2015

Eu estava com os dois pés atrás antes de começar a ler o livro. Ele é o segundo de uma trilogia e, bom, o primeiro (De Volta aos Quinze) tinha me deixado bem desanimada. Lembro que levei dias e mais dias para ler o primeiro livro e acabei com muita raiva do mundo, estava com medo de passar por tudo isso de novo com esse livro. Ao mesmo tempo, estava com vontade de dar uma segunda chance à autora (que é uma blogueira que eu gosto muito), por isso ignorei a voz maluca na minha cabeça que falava que eu não ia gostar e comecei o livro. Não é que a vozinha estava errada? Fiquei muito feliz ao perceber isso e posso contar para vocês que, bem diferente daquele outro livro, eu li esse em um dia. São poucas páginas (ok, o outro também era pequeno) e a história ficou bem mais leve e gostosa de ler. A autora amadureceu e a escrita melhorou com isso. A personagem deixou de ter seus eternos quinze anos e se mostrou mais real. Ainda tive alguns problemas com o tema principal da história (viagem no tempo) e as pontas soltas que isso rendeu, por isso o livro só recebeu quatro estrelas, mas não posso negar: Melhorou muito do primeiro para o segundo. Se continuarmos assim, o último livro da trilogia recebe cinco estrelas (vou torcer por isso, rs). Eu acho que já ficou claro que o livro é uma continuação, então, você pode considerar uma coisa ou outra dessa resenha como um spoiler. Quem avisa, amiga é. Se quiser entender o que me fez achar que a escrita do livro melhorou e o que achei de cada detalhe do livro é só continuar lendo a resenha! =)

O livro começa exatamente no ponto em que o primeiro parou. Anita estava feliz com o que estava vivendo e, pela primeira vez na vida, não queria mudar nada em seu passado, mas quem disse que ela pode escolher alguma coisa? Ela percebe que ainda não sabe como controlar suas viagens no tempo, mas, pelo menos, começa a perceber que sempre volta para algum momento de sua vida que, de começo, nem parecia importante, mas que, com a mudança certa, mudava também todo o seu futuro de uma forma incrível. Ela ainda não sabia como faria para voltar para Paris ou como convenceria Henrique de que ela não era uma maluca (mesmo viajando no tempo por um blog), mas ela sabia que podia viver seus sonhos desde o começo, bastava querer. Ao mesmo tempo, ela percebe que precisa tomar muito cuidado, afinal, já separou uma parte da família por conta de uma de suas mudanças e não quer acabar repetindo essa ação. Entre idas e vindas de Paris e de seu passado, Anita, acaba escolhendo uma mudança drástica ao perceber que as coisas não estavam muito boas no futuro como ela achou que estavam, ela decidiu não ligar para as consequências, ela poderia lidar com elas mais tarde (ou quando o computador a mandasse de volta para o futuro).



"Era aterrorizante a hipótese de ser apagada da memória das

pessoas que eu mais amava." - Página 69



Uma briga de família, a perda de um animal querido e até a aproximação de uma pessoal importante, tudo faz parte das mudanças. Não é fácil lidar com essas coisas, mas aos poucos tudo parece entrar no eixo. E se você pudesse escolher outro curso? Ou quem sabe, até mesmo, morar com outras pessoas na época da faculdade. Um emprego de férias também não faz mal a ninguém e é assim, seguindo os sonhos que sempre teve medo, que Anita vai escrevendo o futuro que sempre quis. Ela sabia que perderia ainda mais coisas pelo caminho, mas quem disse que não era por isso que ela estava naquela confusão toda. Podia ser, não é? E ela estava disposta a arriscar. Pior não podia ficar, afinal, já bastava o cupido com GPS estragado dela e o blog maluco também. O que você faria se pudesse mudar todo o seu passado para viver a vida dos seus sonhos, mudaria alguma coisa?

"Em minhas mãos estava a chance de me colocar

no caminho dos meus sonhos de uma vez por todas,

e o momento da escolha seria aquele." - Página 126

Ainda acho que esse livro (série, no geral) tem muitas pontas soltas. É delicado demais lidar com viagens no tempo e consegui achar muitos erros na história. Seja um erro bobo de um fato histórico que, pelo ano que a personagem estava, não tinha como estar acontecendo ou até mesmo o fato de que algumas mudanças que deveriam afetar muito o futuro não afetaram em nada. Em alguns momentos a personagem dá um passo a mais no passado e acaba com um futuro completamente diferente, aí em outro momento ela vai e muda tudo no passado de forma radical e só duas coisinhas mudam no futuro. Foi por isso que o livro perdeu uma estrelinha, só por isso. Anita cresceu muito como personagem e graças aos céus deixou de ser uma mulher de trinta anos com cabeça de quinze. A personagem está mais madura e mais segura. Você torce mais por ela e acaba se divertindo bem mais que no primeiro livro. Henrique e Joel. Foi por conta desses dois que o primeiro livro não acabou com duas estrelas e posso contar que ele continuam maravilhosos nesse livro, na realidade, eles são a graça da brincadeira toda.

Assim como Maybe Someday, o livro tem uma música inédita (que está com clipe e tudo no youtube) que faz muito sentido na história toda. Não achei a letra aquela coisa toda, mas achei fofa e fez a minha cabeça fica completamente perdida com a história. Quando cheguei ao final do livro já não tinha certeza de mais nada. É claro que fiquei ansiosa para saber o final dessa bagunça toda, afinal estamos falando de um blog que faz uma menina viajar no tempo. Se você gostou do primeiro livro, vai amar de certeza esse segundo. Se você, assim como eu, não gostou do primeiro... Bom, ele merece essa segunda chance. Estou tão feliz de poder falar isso desse livro. Me senti tão culpada quando falei sobre o primeiro ano passado. É um livro leve, divertido e que passa rápido. Ele parece bem grande, mas, na realidade, as folhas que são muito grossas. Falando nisso, ponto para a editora. Que diagramação é essa? O livro é muito lindo por dentro (e por fora, haha, até entrou para o meu top 5 de capas, né?) e os detalhes são maravilhosos. Fiquei feliz de ter dado a segunda chance.

site: http://www.brincandodeescritora.com/
comentários(0)comente



spoiler visualizar
Fernanda 01/06/2015minha estante
Quantos anos tu imagina que eles tenham?
Pra mim custa entender e aceitar que eles não estejam na faixa dos 20 :(
Pela maneira como se expressam, pelo tipo de emoções que vivem... Pelo que fazem... Tudo!! :D




Let Oliveira 30/05/2016

Resenha : De volta aos sonhos - Bruna Vieira
* Um pouco da história: O decorrer da história continua com Anitta fazendo as viajens no tempo, mas dessa vez as decisões parecem ser bem mais sérias do que no começo. Qualquer mudança no passado, por mínima que pareça, muda drasticamente o futuro [presente]. Neste livro em uma certa parte, vemos Anitta madura, porque na maioria das vezes pelo que a personagem retrata, nos dá a entender que ela é infantil. Ela chega perto de conseguir o amor da sua vida, ao mesmo tempo que está muito confusa em relação à sua vida amorosa. Ela percebe que o amor da sua vida é o seu melhor amigo Henrique, mas com as consequências de suas alterações do passado, hoje o Henrique não é o mesmo cara que compartilhou os melhores e piores momentos com Anitta, será que vale a pena arriscar em um cara que não se lembra mais de quem é você? Que não lembra mais do que você significa para ele?
Minha opinião: O primeiro livro me fez ficar apaixonada, até o li 3 vezes. O que despertou a vontade de possuir o segundo, já nessa sequência, não posso afirmar que o " De volta aos sonhos " me envolveu tanto quando o primeiro mas, a leitura fluiu e não demorei nem mesmo 5 dias para terminá-lo, apenas não foi uma leitura que preencheu. - Estou esperando a Bruna lançar o terceiro porque só assim pra saber o fim de Anitta.


Anitta alterou o passado e agora o seu rumo profissional mudou completamente, entre o sonho de estar com Henrique e viver para a fotografia, o que realmente ela deverá escolher? Lendo esse livro várias perguntas me ocorreram e muitas não pude responder porque tenho que esperar a continuação.


site: http://ddreamsoficial.blogspot.com.br/2015/03/resenha-de-volta-aos-sonhos-bruna-vieira.html
comentários(0)comente



Maiara 03/01/2015

Mudanças boas à vista!
O que mais se destacou neste livro é a evolução da Bruna como escritora. A narrativa está muito melhor, fluindo de outra forma e ela não aparenta mais aquele ar de Amadora. Ponto pra Bruna.

Agora o aspecto negativo é o de que não dá pra diferenciar a personagem principal da autora. Anita tem muitos elementos da Bruna, o que faz a associação imediata (pelo menos para quem conhece um pouco da vida da Bruna)

Uma coisa compensa a outra neste livro, e realmente, foi uma leitura ótima. Anita tem muitas descobertas neste livro, o que torna tudo muito mais emocionante e gostoso de ler.
comentários(0)comente



Marina Costa 09/12/2015

Preciso do 3º
terminei de ler o livro e liguei o computador só pra saber se teria o 3º livro ou não.. jurava q acabava no 2º, senão não tinha nem começado.. não gosto de começar series de livros q não acabaram, odeio essa espera...
Layne Cris 24/03/2016minha estante
eu também kkkkk, pior que não encontro em lugar algum a data de lançamento do próximo!!




Pandoce 05/01/2016

Não precisava de sequência...
De volta aos quinze tinha acabado de uma maneira ótima, se não fosse aquela última frase em que ela volta no tempo DE NOVO.
Aquele drama com a mãe e com a faculdade e tudo mais já tava enfadonho, sério! A Bruna parece sem bem traumatizada com isso pra colocar em todo livro. Tirando isso, o romance com o Rick tava pegando muito, tava repetitivo e IRRITANTE... A amizade com o Joel é ótima, ele é um dos meus personagens favoritos, mas prefiro ele como amigo da Anita e não outra coisa. O resto do livro tá OK, o final tem um suspense que mexe com os feels de todo leitor e inclusive com o meu.
comentários(0)comente



@injoyce_ 20/04/2019

De Volta aos sonhos
O que sentir desse segundo volume da série? Medo e indignação.
Tenho medo do tema que aborde o terceiro livro seja pesado.
Indignação por ainda não ter a continuação.
Sofro de ansiedade e não suporto esperar próximos livros. É por isso que opto ler séries já concluídas. Mais os livros da Bruna me pegaram desprevinida e li cada um em 1 dia apenas. E só lamento a espera.
Estou adorando a série e estou muito ansiosa em qual tema ela abordará no terceiro livro.
comentários(0)comente



Kely Cássia 19/12/2014

Tudo parece enfim ter se resolvido para Anita, mas, logo ela tem outra chance de voltar no tempo, e tenta mudar algumas escolhas suas que poderão alterar fortemente seu futuro. Mas não temos controle de tudo, e seu amigo e então amado Henrique não faz mais parte seu seu passado, e ela terá que reconquistá-lo para poder ter seu amor de volta.
O primeiro livro da série não me prendeu, e de tal forma, que quando comecei esse, nem do nome da personagem principal eu me lembrava. Comecei De Volta aos Sonhos desanimada, e não estava esperando muito dele, mas felizmente a evolução da escrita da Bruna foi visível, e o segundo livro da série Meu Primeiro Blog foi bem melhor que o primeiro.
No começo a leitura não estava me agradando muito, e estava bem parecida com De Volta aos Quinze, mas quase na metade o livro começou a melhorar, e me vi querendo continuar e saber o que aconteceria com a Anita a seguir, o que não estava acontecendo antes.
Nesse livro, pela primeira vez, eu fiquei torcendo para que o casal não óbvio ficasse junto, ou seja, estava torcendo para Anita e Joel. Só não sei se vou continuar com esse pensamento depois do final extremamente misterioso, onde algumas questões começam a se revelar, para que no próximo (espero que sejam só três, quero saber logo o que acontece) o mistério do blog seja resolvido.
Algo que lendo resenhas por aí percebi que não aconteceu só comigo, é a questão de imaginar a Anita sendo a personificação da Bruna. Simplesmente não consigo pensar na Anita ruiva e tudo mais, penso nela morena, penso nela como sendo a Bruna.
Um livro que flui bem melhor e que nos deixa muito curiosos no final, e um pouco surpresos também com algumas revelações que não dá pra imaginar. Agora é esperar o próximo.
Kely Cássia 19/12/2014minha estante
P.S.: Porque a Anita não tem mais a Catarina ? Só o fato da relação com sua mãe ter mudado não justifica. Concordam ?


Marina Rosatti 21/12/2014minha estante
Laura, acho que entra na questão que ela explicou no livro: A Anita só adotou a Catarina porque ela mudou-se para São Paulo e, como sua mãe não deixava ela ter um bichinho a primeira coisa que ela fez foi adotar, e como ela escolheu outro curso, a relação das duas mudaram, bastante!

p.s: Não entendi muito o final, e você? :/


Kely Cássia 25/01/2015minha estante
Marina, ainda não compreendo a não adoção da Catarina. Quanto ao final, é meio misterioso néh, só vai dar pra entedê-lo mesmo no último livro.




Carolina.Ruiz 27/08/2016

Em Busca dos seus Sonhos
Aprendi que os nossos sonhos são feitos a cada segundo , o hoje é tao importante quanto aquela lagrima no passado e aquele sorisso no futuro , somos feitos de escolhas e precisamos escolher SER FELIZ
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Carina 27/12/2015

Um novo recomeço, "De volta aos sonhos" de Bruna Vieira
O primeiro livro da saga, de "Meu primeiro blog", o "De volta aos 15", foi a primeira resenha do blog e o lançamento foi no meu aniversario de 16 anos. Estou feliz em fazer a resenha do segundo livro, o "De volta aos sonhos".

Na vida inteira fazemos sonhos e planejamos como realizaremos. Alguns fatos da vida, como as contas, as pessoas e a estabilidade, faz os sonhos ficarem no passado e deixarmos guardados na gaveta. Algum dia, pode ser que abra esta gaveta, mas onde esta a chave? A coragem de corrermos atras destes sonhos são a chave.

A Anita, protagonista da historia, deixou de viver os seus sonhos e sempre viver na negatividade. Até algum acreditar em seu potencial e ajuda-la a realiza-los. O trabalho perfeito, a faculdade perfeita e o amor de sua vida.

No primeiro livro, a Anita esta em Paris, na França, com o amor da sua vida e o trabalho dos sonhos. Em nenhum momento, observa os sonhos dos outros e sofre por não ser como queria... tudo!

O Henrique, o amor da sua vida, realiza o seu sonho, transformando-se em famoso e assinando o contrato com uma gravadora. Neste momento, ela começa a ir atras de seus sonhos.

A historia passa bem corrido, não consegue sentir o ambiente do personagem. Vendo a imaturidade de Anita, com 30 anos e sem sair dos 15 anos. Apesar destes detalhes, a leitura é fácil e muito bom para ler a tarde. A Bruna deixou a melhor parte para o final, quando a Anita vai para NY e tudo acontece...

O livro apresenta mapas de Paris e NY, com uma capa extraordinária. Fiquei apaixonada pelo livro ao olhar a capa, o desenho gráfico ficou fantasístico.

site: http://teenagersandteenagers.blogspot.com/2016/01/resenha-um-novo-recomeco-de-volta-aos.html
comentários(0)comente



38 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3