O Nome do Vento

O Nome do Vento Patrick Rothfuss




Resenhas - O Nome do Vento


551 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


LisboaPB 24/10/2019

A Fantasia
Incrível. Bem construído. Chega a ser até clichê de elogiar essa obra de Tehlu. Senti uma semelhança com Robin Hobb na questão da narração e por isto conquistou meu coração feudal.
comentários(0)comente



Erick.Rennan 20/10/2019

Um silêncio em três partes...
Uma das melhores fantasias dos últimos tempos.
A crônica do matador do rei traz um personagem cativante, que nos conta como construiu seu legado, revelando as minúcias que ninguém sabe e que ele preferiu não contar à época.
Tudo nesse livro encanta, desde a escrita simples, até a construção dos personagens. Um nível de detalhamento bom, que não chega a ser tão alto quanto Tolkien, mas que não deixa a desejar.
As três coisas mais incríveis desse universo (e no 1 livro) são:
- A magia é espetacular nos quatro cantos. Existe uma universidade, existem histórias e lendas. Há vários níveis de magia e além, há várias aplicações para a magia.
- A música é muito explorada também nesse universo, de uma maneira muito apaixonada, as vezes até como se a música também tivesse um poder.
- O mistério não fica fora de cena um segundo sequer. O vilão, ou os vilões, são muito bem construídos e nos deixam asiosos por saber mais. Alguns personagens secundários também são bem intrigantes e isso faz com que você não largue o livro enquanto não descobrir tudo.

Simplesmente incrível, a cada releitura, uma aventura diferente, uma teoria nova e um pouco mais de dor no peito, ao lembrar que a continuação(o 3 livro, é claro) ainda não tem data.
comentários(0)comente



Man 06/10/2019

O livro é incrível, os detalhes que o autor escreve são ótimos para a descrição de Kvothe.
São muitos detalhes e por isso achei um pouco parado, faltou ação, faltou aquela agonia de precisar acabar o livro para saber como terminava a história. Foi o livro que levei mais tempo para ler.
Mas gostei da história; gostei de conhecer Denna e entender tudo que ela passou; gostei de Kvothe ser, apesar de novo, cuidadoso e sem preconceito com Denna e as outras pessoas; gostei das amizades que ele fez na Universidade e gostei muito de Bast, ainda não o conheço direito, mas espero que no próximo livro eu possa vê-lo mais.
É um livro gostoso de ler, para quem não tem pressa ou tempo é um livro ótimo.
Com certeza irei ler os outros e torcer para que o autor tenha piedade de nós e finalize o último livro.
comentários(0)comente



Ellen.Freitas 02/10/2019

esse livro e um dos se nao o melhor que li ate agora ate diminui meu ritmo de leitura (que e geralmente rapido) pq nao queria abandonar o personagem com certeza ja se tornou um dos meu favoritos da vida
comentários(0)comente



Thiago.Calegari 23/09/2019

Um livro essencial para os amantes de fantasia
Excelente livro para quem já está acostumado as grandes sagas de aventura ou mesmo para quem está descobrindo esse mundo agora. O livro conta com muitos personagens cativantes, cheios de traços de personalidade e profundidade nas caracterizações. A escrita do autor é marcante e instigante, as páginas passam voando e tornam a leitura desse pequeno calhamaço uma delícia.
comentários(0)comente



Campioto 21/09/2019

Como não ser um completo idiota
Um livro genial e muito bem estruturado. Economia, geografia, cosmologia, etc, planejados e desenvolvidos com inteligência e maestria. O que é apresentado como "poder" é muito mais palpável do que a magia de Harry Potter ou de Senhor dos Anéis. É uma fantasia medieval sóbria e prende sua atenção em cada linha.
comentários(0)comente



maa 10/09/2019

Maravilhoso
Um dos melhores livros que já li, narrativa ótima, é cheio de detalhes e a história prende muito!
comentários(0)comente



Pri 09/09/2019

O nome do vento
Um personagem humano. Esse é o melhor livro que já li
comentários(0)comente



Adriano.Marcelo 31/08/2019

Muito bom
Este livro é o melhor que já lí até agora! Recomendo!!!
comentários(0)comente



Jenn 28/08/2019

Muito bom ... porém...
O nome do vento é um livro incontestavelmente incrível.

Tenho que confessar que logo no início me fisguei com a escrita do autor, ela é fluida , poética e cai incrivelmente bem para quem tem o personagem principal como um bardo.

A história do Kvothe é instigante desde o começo. Ele recebe muitos nomes . O Arcanista. O sem sangue. O matador de reis. Entre muitos outros.

E tudo que queremos saber é como ele recebeu esses nomes e em que momento ele se tornou o que é hoje. Um homem triste e apenas uma sombra do que foi.

Esse livro é complexo e ao mesmo tempo... muito simples. É a história de um grande homem contada em crônicas. Desde a sua infância até ao que se tornou hoje.

E é só isso.... Mas também não é.

Pra cada ponta solta que esse livro sela, se abre mais 10. Formamos teorias e buscamos respostas o tempo todo.

Esse livro reúne tudo que aprecio. Uma boa história. Um enredo consistente. Aventura. Romance. Intrigas. Magia. Um mundo bem construído.

Mas nada passa do ponto. Tudo tem a medida certa pra conquistar.

Apesar de ter amado e favoritado, eu ainda senti que faltou algo.


Antes de iniciar esse livro eu esperava muito dele. E ele me entregou muito, mas não tudo . Foi arrastado em alguns pontos , e sim, desnecessário em outros.

Portanto,pra mim,Não chega a ser perfeito.
teia 28/08/2019minha estante
Gata sua resenha ficou bem escrita viu. Estou até curiosa com o livro




Jessica Vassiliades 23/08/2019

Uma história épica
Levei 12 dias para concluir a leitura dessa obra.

Por vezes me prolonguei demais para não terminar o capítulo e saboreá-lo com mais afinco. Outrora, devorei com voracidade os capítulos, devido a ansiedade e o medo do que estava por vir.
No fim, me deliciei sem restrição com uma leitura rica e imensamente fantasiosa. A mitologia utilizada é incrível e vasta, o que em partes é ótimo, mas, também nos deixa um pouco perdido.

No entanto, a sensação de "estar maravilhada" é magnífica e envolvente.

A narrativa aborda assuntos delicados, como pobreza, mendicância, família, drogas, amizade, morte, entre outros. Assuntos complexos, se analisar atentamente, mas, nas mãos do autor, foram regidos com maestria e graciosidade.

Estou empolgada para a próxima leitura dessa saga, que em palavras simplórias e pouco descritivas, definiria com INCRÍVEL!

Recomendo a leitura com uma boa trilha sonora instrumental, rico em alaúde, flauta e violinos. Sons calmos para uma leitura calma, porém, empolgante e extasiante!

Não irão se arrepender!
comentários(0)comente



Leonardo 11/08/2019

A magia dos nomes
O Nome do Vento é o primeiro livro da série de fantasia A Crônica do Matador do Rei, escrito pelo norte-americano Patrick Rothfuss e lançado em 2007. No brasil sua publicação ocorreu em 2009, pela editora Arqueiro. Conquistou diversos prêmios, incluído melhor livro de 2007 pela Publishers Weekly e FantasyLiterature.net.

A história é ambientada em um mundo medieval, onde a magia existe, porém não é muito difundida, sendo considerado como mitos por algumas pessoas.

A história é contada em duas linhas de tempo, uma no passado, onde é contada a infância, onde Kvothe fazia parte de uma trupe de artista, comandada pelo seu pai, e a sua vida de na universidade Arcanum, onde ele aprende sobre diversos assuntos, dentre eles um pouco da verdadeira magia. A outra se passa no presente, onde ele já adulto é dono da hospedaria Marco do Percurso, onde ele se passa por Kote. Aqui ele salva um cronista de um ataque noturno de “criaturas sombrias” e o abriga em sua hospedaria. Acontece que Kvothe tinha uma fama enorme, considerado uma lenda no mundo, e o cronista sabendo disso se oferece para escrever sua história.

Kvothe está em busca de vingança contra um misterioso grupo chamado Chandriano, que matou seus pais quando ele ainda era uma criança. Sendo assim ele entra na universidade, com o intuito de descobrir mais sobre esse grupo e qual a razão dos seus ataques, pois lá teria acesso uma enorme biblioteca da universidade, chama de O Arquivo, e ele acredita que as respostas que ele procura estão ali

A narrativa de Patrick Rothfuss é impecável, e a história nos prende desde o começo. Os personagens são bastante carismáticos. Nesse livro o mundo e o funcionamento da magia nos é apresentado, sendo assim é um livro mais parado, apenas criando “terreno” para a continuação. Recomendo para todos os leitores que gostem de um livro de fantasia um pouco mais “dark”.
comentários(0)comente



Renato.Fraga 10/07/2019

Uma boa história com uma boa narrativa
Após ler muitas críticas positivas ao autor Patrick Rothfuss, sobretudo a de George R. R. Martin, resolvi ler o primeiro livro da série "Crônica do Matador do Rei".

O Nome do Vento

A história é contada, em grande parte, através de memórias do protagonista. Sua vida é uma aventura intensa, e mesmo sendo um prodígio em várias áreas encontra muitas adversidades a serem superadas. A evolução do personagem principal, muito bem trabalhada pelo autor, é onde está a chave do sucesso da obra.

O livro flui bem apesar das 650 páginas em letras pequenas. Com inspiração, é possível ler várias páginas tranquilamente. Nomes de personagens secundários, como os dos professores da Universidade, são facilmente gravados sem esforço.

A lógica da magia através do estudo, junção e domínio das palavras foi a parte mais interessante para mim, assim como todo o ambiente envolvendo a Universidade e a cidade de Inre .

No mais, o livro possui um bom vilão principal, romance sem exagero, cenários bem definidos e bons personagens secundários.

Minha única crítica, que é mais uma opinião pessoal do que critica, é sobre o fato da mitologia do universo de Rothfuss ser pouca explorada, pelo menos nesse primeiro livro. O mapa que possui no início foi raramente usado, mas isso se da por conta da distância pequena entre os acontecimentos. Espero uma maior exploração desse universo no próximo livro.

Sigo motivado a dar sequência a série e descobrir um pouco mais sobre a vida do bardo alquimista Kvothe.

Indico o livro a todos apreciadores de fantasias épicas. Boa leitura.
comentários(0)comente



Luiza 22/06/2019

Incrível
A narrativa foge do padrão e é cativante. A princípio, você tem um mero hospedeiro e, no decorrer da história, enquanto ele conta a sua trajetória, você passa a ter alguém com uma vida fascinante e que te faz querer saber cada vez mais. Vale a pena cada minuto que você passa lendo, mesmo sendo ficção, possui vários aprendizados e reflexões para levar para a vida. Além disso, o autor é muito inteligente e descreve processos de simpatia de forma que você pensa ?hm vou tentar fazer isso em casa?, ele descreve elementos e processos químicos da forma mais simples e didática possível, a ciência do livro é de fácil compreensão. Recomendo.
comentários(0)comente



mattheus_moraees 17/06/2019

Incrivel
Não tenho muito o que dizer sobre este livro. Estou simplesmente encantado e fascinado por este mundo. Um livro muito bem construído e um personagem que foge dos muitos clichês dos livros de fantasia.
comentários(0)comente



551 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |