Amor Sem Limites

Amor Sem Limites Abbi Glines




Resenhas - Amor Sem Limites


124 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Luma.Lage 24/09/2019

Abbi Glines já tinha encerrado a história de Blaire e Rush, mas os fãs são bem persuasivos e ela acabou cedendo e nos presenteando com um terceiro livro para eles. O que, para mim, não foi um presente tão bom assim.



Nos livros anteriores (Paixão Sem Limites e Tentação Sem Limites), Blaire e Rush precisam passar por muitas coisas para conseguirem superar o passado, as mentiras e as confusões de seus pais, para poderem ficar juntos. Era de se esperar que depois de tantas coisas, eles amadurecessem um pouco, mas ao contrario disso, eles continuam cometendo os mesmos erros e permanecem com as mesmas inseguranças. Preferindo a ter atitudes inconsequentes em vez de simplesmente sentarem e conversarem sobre o relacionamento. Apesar de tudo isso, existe muita reflexão e nos faz ver que o amor é simples, mas os relacionamentos e a convivência é bem complicado e repleto de altos e baixos.



Nesse volume Blaire e Rush estão tentando superar de vez o passado. Eles estão prestes a começar uma vida juntos de uma maneira muito especial, mas os mesmos problemas (irmã ciumenta, insegurança, segredos dos pais) insistem em testar o amor deles. E apesar de tudo isso, podemos ver o amor que sentem um pelo outro, principalmente nos momentos mais picantes.



Apenas quando aceitei esse presente de coração aberto, parando de cobrar tanto dos personagens, porque sejamos sinceros, essa série é daquelas de romances bem clichês e eu gosto bastante disso, foi que comecei a me alegrar com as surpresas inseridas na trama, e da mudança que o Rush sofre. Além de tudo isso, temos algumas cenas entrelaçando ainda mais esse casal a Woods e Della (Estranha Perfeição) e um vislumbre do que vai acontece no próximo livro dedicado a eles.



Esse é o último livro do casal, então aqui me despeço da Blaire e do Rush, claro que ainda saberei mais deles, mas através de outros narradores, pois tudo nessa vida tem um final!
comentários(0)comente



Aline 06/08/2019

Amor sem limites, ou Nannette sem limites? Tô confusa, desculpa...
Amor Sem Limites, volume 4 da série Rosemary Beach (e o terceiro da série Sem Limites) continua a história de Blaire e Rush (e Nan). E continua sendo frustrante, infelizmente… Neste livro, voltamos ao dramalhão mexicano envolvendo Nannette mais uma vez e o título deveria ser mudado de Amor Sem Limites para Nan Sem Limites (na verdade deveria ser o título da série toda, mas segue o baile). É sério, falou em Rush e Blaire, enfia a Nan no meio pra ofuscar e pronto, temos o livro.

Nos livros anteriores tivemos mentiras, Blaire escondendo gravidez, Nan sofrendo um acidente, Abe (pai da Blaire, pra quem não lembra) contando umas verdades, reconciliação. E aqui, temos Nan causando problemas para a banda Slacker Demon e, principalmente, para Kiro, seu pai. Ai eu te pergunto: sobrou pra quem cuidar da mimadinha e impedir ela de causar mais problemas? Se você disse Rush, YOU’RE GODDAMN RIGHT!

Quando Dean Finlay aparece pedindo ajuda ao filho, Rush e Blaire vão direto para L.A. tentar resolver os problemas que a Nan está causando. Já ficou claro como o dia, desde o primeiro livro, que a Nan não suporta a Blaire, né? Some isso mais a gravidez da Blaire. Tá sentindo esse cheirinho? O de que vai dar merd*? Pois então…

Nan não consegue compreender que o amor não é uma competição. E isso é irritante DEMAIS! Poxa, ela é uma mulher adulta. Ok que ela não teve um pai e uma mãe presente, e o único que deu atenção à ela foi Rush, isso realmente é triste demais e explica (em partes) o comportamento dela. Mas passou da hora da Abbi Glines fazer essa personagem evoluir e parar com todo esse drama e seguir em frente, se tornar uma personagem forte e (talvez) ser a melhor personagem de Rosemary Beach, porque a Nan tem esse potencial! Pena que a Abbi insiste em bater nessa mesma tecla e ferrar com uma personagem que poderia ser excelente e admirada por todos, e não odiada.
O que mais me incomodou nesse livro: a possessividade do Rush com a Blaire e o quanto foi mostrado que isso é ok. Se nos outros livros eu já não estava achando legal, aqui piorou! Vai desde deixar os convidados para ir transar, pedir pra Blaire excluir o contato do Woods “porque o Rush não se sente confortável”, pedir pra Blaire trocar de roupa porque “ela está sexy demais e os homens vão ficar olhando”. Pior do que isso: a Blaire aceitar isso simples assim. Cade aquela personagem forte e destemida do primeiro livro? Foi esquecida no churrasco, agora ela só acata o Rush. Dane-se se o pai dela, o sogro e os melhores amigos estão esperando na sala, porque o Rush quer transar, então bora transar. Dane-se se o Woods é amigo dela e sempre deu todo o apoio e força do mundo pra Blaire. Dane-se não poder se vestir com o faz ela se sentir bonita/confortável. O importante é o que o Rush quer. Para, né, Abbi Glines?

A Blaire estando grávida e sendo exposta desnecessariamente a todo o estresse causando pela irmã de Rush me preocupou total. A todo momento eu ficava pensando que algo poderia acontecer com o bebê. Rush se dividindo para atender as necessidades tanto de Nan quanto de Blaire e no final decidindo priorizar apenas a Blaire e mandando Nan para a clínica de reabilitação = sensatez que eu tava pedindo a muito, muito tempo.

Personagens que eu simplesmente AMEI conhecer: Dean e Harlow! Nunca imaginei que Dean seria um cara tão legal, já que pela descrição do Rush nos livros anteriores ficou parecendo que ele era um monstro sem coração. Apesar de ter cometido alguns erros e persistir em alguns, Dean foi um ótimo personagem e adorei como ele tratou a Blaire e o neto. A Harlow é simplesmente incrível e quero muito ler o livro dela. Sobre o Kiro: não me agradou, espero que o personagem possa evoluir, assim como sua filha, Nannette. Se não for uma evolução por ele, que seja pela Harlow e pela Nan.

Enfim, Amor Sem Limites é o livro que conclui a história entre Blaire e Rush, deixando em aberto a história para outros personagens. Como trilogia, poderia ter tido um desfecho muito melhor. Assim como nos livros anteriores, a escrita da Abbi Glines é fluída e o livro é super rápido de ler (terminei num único dia, coisa que aconteceu com os outros livros da autora também). Recomendo para quem gostar de romances apimentados. Se você espera algo a mais do que apenas passar o tempo, passe longe dessa série.
comentários(0)comente



Leticia.Brito 16/07/2019

SINOPSE: AMOR SEM LIMMITES

4° Livro da saga: Rosemary Beach, sequência do volume "Estranha Perfeição"

Ano da publicação: 2014
Autora: Abbi Glines
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance contemporâneo e Ficção de novo adulto
Páginas: 192
________________________________________________________________________

Blaire Wynn conheceu Rush num momento muito difícil da vida dela, logo depois de perder a mãe e a casa em que morava. Filho de um astro do rock, Rush vivia num mundo de luxo, sexo sem compromisso e total despreocupação com o futuro. Exatamente o oposto de tudo o que Blaire conhecia.
Mesmo com tantas diferenças, a paixão entre os dois foi arrebatadora. Porém Rush guardava um segredo de sua família que levou ao fim do namoro e a um período de tristeza absoluta para o casal. Mas eles já não sabiam viver um sem o outro e cederam de novo àquele sentimento irresistível.
Agora Blaire está gravida, eles estão felizes e planejam se casar. Mas nem tudo esta garantido. O pai de Rush chega trazendo, más noticias e novamente os antigos problemas de família podem fazer com que os dois se afastem.

FRASE MARCANTE:

"Eu sou pobre. Você sabe disso! Eu trabalho para os ricos, não socializo com eles."

site: https://www.instagram.com/tudoemum_livro/
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Flavinha 12/01/2019

Por que eu li isso mesmo?
Ô livrinho ruim!
Bianca 04/09/2019minha estante
Nossa... Péssimo mesmo... Eu detestei ð¤¦ð¼ââï¸




Julyanne.Menezes 11/09/2018

O final com chave de ouro.
Ultimo livro da trilogia, Amor sem limites.. O nome do livro já diz tudo, nesse livro não seria diferente, Blaire e Rush novamente enfrentaram seus "monstros" fazendo o amor deles ser colocado em prova, mas... Mais uma vez o amor falou mais alto, esse ultimo livro pareceu uma novela mexicana (deixando tudo pro final) mas o final? Ahhh o final foi lindo e não poderia ter fechado com chave de ouro sem esse final, Abbi conseguiu fechar a trilogia Sem limites sem erros, sem perguntas de "mas o que aconteceu com fulano?" ela fechou a historia e deixou um gostinho de quero mais. A trilogia teve seus lados positivos e negativos, mas não deixou de ser a minha queridinha.
comentários(0)comente



Lari 06/09/2018

Clichê
Não teve um final surpreendente, algumas coisas ficaram sem sentido e inacabadas. Deixou um pouco a desejar, já que as minhas expectativas para o final da trilogia eram altas. O livro é bom, porém ficou com a impressão de que a autora estava introduzindo muito conteúdo sem necessidade e não finalizou adequadamente.
comentários(0)comente



Verônica Teodoro 29/05/2018

Esperava mais pois amei os dois primeiros sem limites. Rush vacila demais, da tanta raiva que da até vontade de abandonar o livro..
comentários(0)comente



Patrícia Morais/@sistersbookaholic 22/05/2018

@sistersbookaholic
“Quando encontrar seu motivo para viver, agarre-o. Nunca o perca de vista. Mesmo que isso signifique abrir mão de outros caminhos.” Pág 7

Enfim, aqui temos o desfecho do casal, Blair e Rush. Tudo parecia estar novamente nos eixos, Blair e Rush não poderiam estar mais felizes com espera do bebê. E tudo está correndo bem para os preparativos para o tão esperado casamento.
Mas uma inesperada visita pode mudar tudo. O pai de Rush, Dean, faz uma visita ao casal. Para pedir ajuda de Rush em relação a Nan. Que como sempre está infernizando a vida das pessoas, e desta vez seu alvo é seu pai, Kiro.
Então o casal vai para Los Angeles, para ver se Rush, consegue enfim resolver a situação. Mas novamente o lado protetor de Rush pode falar mais alto, podendo o levar novamente a por sua irmã em primeiro lugar.

Este é o quarto livro da série Rosemary Beach, e último da trilogia Sem limites, do Casal Blair e Rush. Vocês devem estar perguntando o motivo dessa nota, a mais baixa que dei para a série, vou explicar para vocês.
Me senti um pouco incomodada com algumas situações no livro. O personagem Rush, me incomodou bastante neste último livro, o motivo foi por ele ser muito protetor e possessivo em relação a Blair. Em alguns momentos até reclamando sobre a roupa que ela estava usando. E infelizmente, a Blair também está bem passiva em relação a isso, aceitando o que ele falava, e medindo seus atos para não o aborrecê-lo.

O fato de novamente termos os mesmos problemas dos livros anteriores também me desagradaram, a irmã de Rush, Nan, ainda continua a aterrorizar Blair, e incomodando Rush. E ele novamente larga tudo, deixando até sua mulher grávida, para poder ajudar a irmã.
A leitura só foi me agradar na metade do livro, quando tudo começou a entrar nos eixos. E Rush, finalmente caiu em si. E começa a tratar Blair como deve. Fazendo surpresas lindas para ela no dia do seu casamento, e estando presente quando ela precisa.

Neste livro, foi introduzido outro personagem, Harlow, que é meia irmã de Nan. Harlow será a protagonista do sétimo livro juntamente com Grant. Gostei muito da personagem e estou bem animada para ler o livro deles.
Apesar dos pontos negativos citados a cima, ainda indico o livro. Principalmente para quem é fã do casal Blair e Rush.

site: https://www.instagram.com/sistersbookaholic/
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Cris 16/04/2018

Nada que surpreenda...
“Quando encontrar seu motivo para viver, agarre-o. Nunca o perca de vista. Mesmo que isso signifique abrir mão de outros caminhos.” - Rush Finlay. Pág. 7.

No terceiro livro da série “Sem limites”, Blaire Wynn e Rush Finlay estão finalmente juntos depois dos acontecimentos do primeiro e segundo livros e planejam o casamento.

Mas, como sempre, eles tem que enfrentar muitas dificuldades antes que isso finalmente aconteça. Uma parte da família de Rush não apoia essa união, e de novo a irmã de Rush, Nan tenta atrapalhar os planos do casal.

Este é aquele livro que eu só li porque já tinha lido os dois primeiros da trilogia, e este estava na estante, mas eu acho a história toda muito ruim. E pelo que deu pra perceber nas entrelinhas, os outros casais que fazem parte da série “Rosemary Beach” vão pelo mesmo ritmo.

A história toda é bem novela mexicana, Blaire sofre, chora e precisa da atenção do Rush o tempo todo para ser feliz. O cara é um playboyzinho super protetor e possessivo. Eu não consigo gostar do casal, e nem dos personagens, pra mim a história é vazia e os diálogos rasos.

Com exceção de uma cena no final do livro que eu achei bem fofa, é uma história na verdade, que eu não enxergo romantismo, apenas sexo...

Eu sei que a autora tem muitos fãs por aí, e respeito quem gosta, mas pra mim esses livros são totalmente esquecíveis.

Uma das coisas que eu gosto da história são as descrições das paisagens de praia e clima quente da Flórida, e um pouco da Califórnia que aparece neste livro. E também a história é muito rápida de ler, com cada capítulo sendo alternado nas narrativas da Blaire e do Rush.

Recomendo pra quem gosta de romances apimentados e quer uma história rápida de se ler.

“Eu havia aprendido do jeito mais difícil que sexo não compensa ser sacaneado e ter o coração partido.” Pág. 177


site: https://www.instagram.com/li_numlivro/
Manoela Pontual 08/05/2018minha estante
Também não consegui gostar do casal, torci até para que não ficassem juntos. Essa história é realmente igual novela. É um livro mal escrito, com uma história irritante e personagens esquecíveis. Ainda tento descobrir o que faz as pessoas gostarem.


Cris 08/05/2018minha estante
Pois é, eu achei a escrita beeem ruim. Personagens que não empolgam.




Rafa 19/02/2018

Melhora com limites
A trilogia Sem Limites não prendeu minha atenção nos dois primeiros livros da série foi difícil aguentar o jeito de Rush, e o romance instalove do casal.

Em Amor sem limites, por uma intervenção divina, Abbi Glines finalmente amadurece os personagens.

Aqui vemos um Rush mais zeloso e cuidadoso com Blaire e com o filho. Vemos suas prioridades mudarem, sua relação com o pai e com a irmã.

Blaire continua a mesma, alguns draminhas de prioridade, que recorrem novamente, mas sua força em ser melhor acima de tudo prevalece, como seu perdão.

Nan, por sua vez está perversa e mais perturbada do que antes. É incrível se analisarmos que uma pessoa pode ter tudo na vida, e ainda achar algo que falta e cometer tantas maldades. Para mim será sempre impossível gostar dela.

Surgem novos personagens na trama, e alguns são de livros distintos de Wood e Grant, que fiquei com vontade de ler, mesmo sabendo que rola um drama por lá. Porém tem alguns spoilers ao longo deste livro, então recomendo ler na ordem de lançamento, para quem se importa, já para mim que não sou fã desses livros, tornou-se indiferente esses pontos.

O que fez ganhar mais meia estrelinha, foi a surpresa de Rush para Blaire no dia do casamento, foi fofa essa atitude, ainda mais vindo dele.

comentários(0)comente



Jadhy.Martins 15/02/2018

Esse com certeza e o final que eu esperava pra eles. Foi perfeito,que casamento,que história e que final
comentários(0)comente



Juline 31/01/2018

Muito amor!!!
Ai como eu amo esse casal e esse livro o Rush tá um amorzinho que só, e tive momentos de muita raiva também com uma certa personagem que só trás problemas por onde passa, mas também me diverti com capítulos de outros personagens. Adorei!!!
comentários(0)comente



Fabi 12/01/2018

Perfeito
Mais uma história perfeita dessa autora que tanto amo,é maravilhoso como o desenrolar da obra é calculado de acordo com nossa expectativa,sempre um aprendizado e momento de paixão pela leitura.Essa história em particular,é uma de minhas prediletas,Blaire e Rush são maravilhosos!
comentários(0)comente



124 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |