Fangirl

Fangirl Rainbow Rowell




Resenhas - Fangirl


265 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Mila 10/06/2019

Mais um livro que amei da Rainbow
Mais uma vez a autora conseguiu me cativar não só com o enredo, mas com seus personagens. Me reconheci muito em Cath e passei a gostar de todos os personagens que a rodeiam.

Além do romance, o livro trata sobre amadurecimento e as mudanças da vida adulta, assim como é difícil às vezes encarar o desconhecido. A Rainbow sabe muito bem mostrar as relações humanas como elas são de verdade, muitas vezes complexas e frágeis . Vejo isso principalmente na relação de Cath com a mãe, e o jeito como terminam foi completamente coeso para mim.

Acho que o que mais gostei no livro é que a Cath vai mudando aos poucos com o passar do tempo, é sutil ás vezes como ela vai mudando devagar algumas atitudes dela. Até quando ela se apaixona, nada é da noite para o dia. E ao mesmo tempo, no final do livro, sabemos que ela continua sendo na essência a mesma pessoa, se mantendo fiel a sua paixão pela escrita e aos personagens que tanto ama.

Pretendo ler mais livros da Rainbow Rowell, depois desse sem dúvida quero ler Carry On.
comentários(0)comente



rafazaakar 06/06/2019

PERGUNTA SE EU LE ODEIO POR TER DEMORADO TANTO PRA LER ESSE LIVRO!!!
AI GENTE COMO EU PUDE DEMORAR TANTO PARA LER ESSE LIVRO??? Eu já conhecia os livros da Rainbow, já li ? antes de ler Eleanor & Park e esse ? coisa de dois livros dela e realmente a escrita é maravilhosa e a história é daquele tipo que entra na sua cabeça e não sai. Mas gente, Fangirl é EXTREMAMENTE maravilhoso.

Acho que gostei tanto do livro porque me identifiquei muito com a Cath. Esse jeitão todo rancoroso, e que odeia festa e multidão, bem coisa de gente velha, sabe? Mas não dá pra negar que ela consegue ser bem chata ás vezes, cheia de paranoias, e privações, e medos bobos... Ai garota, para com isso!

Rowell cria uma trama bastante fácil, rápida e muito fluida, você literalmente começa o livro e não quer mais parar até que acabe. Não tem uma graaande trama de suspense por trás, é mais uma sucessão de acontecimentos e sentimento e fatos que vão criando toda uma trama em volta de Cath, a escritora de fanfic mais famosa do mundo, e suas novas experiências de vida na faculdade.

E o mais é incrível é a autora cria uma trama dentro da outra. Cath é fanática por uma série de livros e cria suas fanfics baseada nelas. E no meio do livro, no fim de cada capítulo, temos cenas e partes da história de Simon e Baz (magos em uma escola de magia, história essa que a própria Rowell já disse ser uma fanfic de Harry Potter que deu muito certo).

Romance é um negócio louco, né. Parece meio besta sempre que a gente pensa, mas mano, dá uns calorzinhos no coração quando a gente lê, que olha... Difícil. Nem vou dizer que já estou pesquisando o preço dos próximos livros e que já estou louco para ler mais coisas dessa autora. Inclusive, nas minhas pesquisas, descobri que vai ser lançado em setembro a continuação de Carry On (livro que conta a história da fanfic de Cath!), e já estou SEDENTO POR ELE!!!
comentários(0)comente



Fe 13/05/2019

Uma leitura muito gostosinha, me identifiquei demais com a Cath
comentários(0)comente



Maíra Marques | @literamai 12/05/2019

Siga: @literamai
Sou suspeita a falar dessa escritora, pois cada livro dela é uma aventura muito prazerosa. Este é o segundo que comento por aqui, Eleanor & Park é um romance "água com açucar" muito amorzinho, e Fangirl não fica atrás.
.
Ele narra a história de Cath, uma jovem adulta que ingressa na faculdade com sua irmã gêmea e escreve fanfics nas horas vagas desde a adolescencia.
.
Cath se inscreve na matéria de "escrita fictícia", mas não imaginava que escrever fanfics com personagens criados por outra pessoa era totalmente diferente de ter que criar sua própria história. Ela se sente travada e incapaz.
.
Além disso, precisa encarar a transição da adolescencia para a vida adulta, os problemas familiares (a mãe que a abandonou, o pai com transtorno e a irmã gêmea que quer "liberdade"). O grande desafio de fazer novas amizades e encarar todas as mudanças nessa nova fase de sua vida, é o que faz de Cath uma protagonista que conseguimos nos reconhecer.

site: https://www.instagram.com/literamai
comentários(0)comente



Estela | @euviestrelas 01/04/2019

Cath é a maior fã de Simon Snow que existe, ela tem diversos posters, roupas e ja leu e releu a série de livros várias vezes, além que é uma das escritoras de fanfics sobre a história mais populares da internet. Wren, sua irmã, também era muito fã de Simon, mas agora tudo mudou.

Cath e Wren estão indo para a faculdade, mas sua irmã quer viver experiências e por isso acaba deixando ela sozinha tendo somente suas fanfics como companheira para não se sentir tão solitária. Sendo uma garota muito tímida, Cath acaba tentando se isolar do resto da faculdade, saindo do seu quarto somente para ir às aulas, mas algumas pessoas acabam surgindo em sua vida, o que faz com que pense em viver sua própria história e não somente as que tanto gosta de escrever.

Apesar de popular, meu contato com Rainbow Rowell foi muito pequeno, sempre quis ler Fangirl que provavelmente é seu livro mais popular, mas só tinha lido Anexos da autora e por essa minha não tão boa experiência, atrasei essa leitura e pra que?

Eu sempre esperei que Rainbow fosse conquistar o meu coração e coloquei muitas expectativas sobre isso, mas eu comecei errado pois Fangirl foi tudo o que eu esperava e mais um pouco. A escrita da autora é super gostosinha e ela trás na sua história aquela leveza de um bom clichezinho que era o que eu tanto queria encontrar aqui.

Cath é uma personagem com quem me identifiquei bastante em partes da história e gostei da construção e evolução dela. Os outros personagens também me agradaram muito, achei eles super simpáticos, principalmente a colega de quarto da Cath que foi importante para o crescimento da garota e claro, Levi que já surgiu sendo um amigo/pessoa maravilhosa.

Outro ponto que gostei bastante foram as histórias de Simon Snow entremeadas a história do livro, o que deve ser uma coisa que muita gente gostou para a Rainbow acabar escrevendo um livro só dele, mas confesso que isso deixou a história de modo geral não ser tão fluida quanto eu esperava de um livro desse estilo, mas nada que tenha desagradado. Outro ponto que é complicado é que o livro é mais extenso do que deveria, muitas vezes a história só dá voltas desnecessárias, mas no fim isso acabou não pesando contra para mim.

Sem mais, Fangirl é uma história muito amorzinha que eu recomendo muito, mas que entendo o porquê de muita gente acabar não sendo conquistado. Não criem expectativas e se joguem.
comentários(0)comente



Najú 28/03/2019

Ótimo romance!
É o segundo livro que eu li da autora - Eleanor & Park foi o primeiro - e de novo, fui surpreendida com uma história de amor muito envolvente, pela segunda vez eu me vi apaixonada pelo garoto da história (Levi e Park são maravilhosos), mas a personagem principal não me cativou. Sem dúvida é uma história sobre amadurecimento, mas eu achei devagar demais. O livro começou a me envolver quando o romance começou, e sem o Levi eu provavelmente não teria gostado da história. Foi um inicio um pouco lento, mas de resto, é uma história realmente leve e fofa. Estou ansiosa para a leitura de Carry On!
comentários(0)comente



Mallú 28/03/2019

J'ai lu...
Queridos leitores...
Esse livro é genial e fala muito sobre a geração tecnológica que estamos conhecendo, essa geração fixada por computação, que lê ebooks e fanfics, que leva computadores para as salas de aula e os usa como caderno e que vive atrás de redes sociais. E isso é incrível, porque a autora tem um foco bem bacana para um público mais novo e mais "antenado".
As abordagens sobre barreiras sociais são feitas com muita qualidade e Rowell também aborda a disfunção que a sociedade tem quando o assunto é: diversão para adolescentes, onde só se vê um adolescente saudável se a juventude em questão ir para baladas, beber e fizer coisas ao estilo "o mundo vai acabar amanhã". Essa crítica surge na estória como um paralelo emocional entre a Cath e a sua irmã gêmea, a Wren.
(Eu falei muito mais sobre esse livro na resenha original dele, lá no meu blog. Dá uma conferida e checa essa ideia de maneira mais ampla. Ah, e aproveita para ler o post que eu fiz falando sobre a minha teoria das obras da Rowell...)

site: https://malluamabili.blogspot.com/2018/02/jai-lu-fangirl-rainbow-rowell.html
comentários(0)comente



Thayna Honorio 19/03/2019

Aquele livro em que Rainbow Rowell mostra que é uma autora sensacional!
Primeiro vem o surto: ESSE LIVRO É UM A COISA MAIS FOFA E LEVE QUE EU PUDE LER AAAA LEVI E CATH SÃO JÓIAS PRECIOSAS FOFOS DEMAIS!

Fangirl é minha segunda leitura da Rainbow Rowell, o primeiro livro que li da autora foi Eleanor & Park, que eu lembro de ter gostado muito na época e achado super fofo.

“ Acho que não sirvo pra isso. Menino-menina. Pessoa-pessoa. Não confio em ninguém. Ninguém mesmo. E quanto mais gosto de alguém, mais certeza tenho de que a pessoa vai se cansar de mim e pular fora...

Eu havia esquecido como a Rainbow tem essa leveza em criar personagens tão reais e divertidos que foca fácil simpatizar com eles. Eu gostei bastante de Fangirl, foi uma leitura divertida, com uma narrativa bem fluída ficou quase que impossível eu querer deixar esse livro de lado. Uma parte de mim, ansiava saber como Cath ia lidar com todas as obrigações que vem com a faculdade, em buscar ser ela mesma e não viver à sombra da irmã, na minha opinião, a personagem ela teve um desenvolvimento gradual e bem satisfatório, eu gostei bastante se como a personagem muda ao longo da história.

AMEI, acompanhar essa relação da Cath com a história de Simon Snow! Com certeza foi uma das partes que mais adorei é me identifiquei, como boa leitura de fanfic que sou amei ler uma personagem que tem esse apego todo com uma história de ficção.

“ Felizes para sempre, ou mesmo juntos para sempre, não é boboca... É a coisa mais nobre, tipo, mais corajosa, que duas pessoas podem almejar...

Em relação ao enredo como um todo, Rainbow trata de assuntos sérios, mas com uma leveza sem fazer com que a leitira se torne pesada. Fangirl fala sobre amadurecimento, seguir em frente, ainda que a história deixa algumas pontas soltas o final é bem satisfatório. Você fica na torcida pelos personagens, você quer que eles sejam felizes, acompanhar a mudança de cada um deles empolgante. Depois dessa leitura, com certeza quero adicionar mais livros da autora para a lista.
comentários(0)comente



Andréa Araújo 13/03/2019

Cativante, viciante e fofa
A Rainbow Rowell tem um verdadeiro dom para criar personagens reais e apaixonantes. Eu fico me perguntando porque e como ainda não li todos os livros dela. É um absurdo.

Eu não sei muito bem o que falar desse livro, além de que ele é ótimo e que faz você se apaixonar perdidamente pelos personagens, os reais e os fictícios. E que eu descobri um grande amor nesse livro e ele se chama Levi. Talvez, inspirada pela Cath, eu comece a escrever fanfics, só para dedica-las ao Levi.

Esse é um livro muito, muito fácil de ler. A escrita da Rainbow é fácil, simples e viciantes. Não senti as páginas passando e me supreendi com o quanto li em apenas uma dia(300 páginas!) Me arrancou alhuns suspiros enquanto esperava o ônibus e algumas risadas dentro dele. Esse é o tipo de livro que todo mundo precisa ler, porquê faz você se sentir bem.

Além de que, eu entendo totalmente a adoração da Cath por escrever histórias sobre histórias que já existem. Essa sensação de gostar tanto de um universo que não quer sair de mais dele, ou oassar o maior tempo possível dentro. De conversar com outras pessoas sobre. De saber que isso importa. Acho que todo mundo ja passou ou ainda esta nessa fase, de amar tanto uma coisa, que faz parte da sua vida.

Mas o destaque maior é para os personagens, de como eles são reais e sinceros, como são comuns e extraordinários, tudo ao mesmo tempo. Como eles fazem você os amar e mesmo assim não concordar com tudo que fazem. Isso tudo os tornam reais. E eu amo sentir isso em um livro.

A Cath é super esquisita e sabe disso. A Reagan é durona e fofa haha. A Wren mesmo querendo muito mudar, vai ser sempre ela. E o Levi, ah o Levi, é um dos catinhas mais fofos que existe na vida todo e eu estou muito apaixonada, mas acho que ja citei isso na resenha. Mas garotos que falam demais me ganham.

Esse é um livro que eu indico para qualquer pessoa. Não consigo pensar em alguém que não ia gostar.

E agora eu pretendo criar vergonha na cara e lee de uma vez todos os livros dessa autora!
comentários(0)comente



Camila Robyn 07/03/2019

Esperava mais...
Criei muitas expectativas nesse livro, por causa que eu vi muitas pessoas fazendo muito "barulho" em relação a Fangirl. Esse é o terceiro livro que eu li da autora, o primeiro foi Eleanor & Park - que por sinal gostei muito e achei muito fofo - e o segundo foi Anexos - gostei muito também - mas, Fangirl eu achei um pouco fraco em relaçao aos outros livros que eu já li da Rainbow Rowell. Porém, foi bom, li super rápido esse livro, a escrita da autora é muito leve e fácil de ler.

Recomendo esse livro caso você esteja afim de ler um livro leve, para poder passar o tempo.
comentários(0)comente



Camila Robyn 07/03/2019

Esperava mais...
Criei muitas expectativas nesse livro, por causa que eu vi muitas pessoas fazendo muito "barulho" em relação a Fangirl. Esse é o terceiro livro que eu li da autora, o primeiro foi Eleanor & Park - que por sinal gostei muito e achei muito fofo - e o segundo foi Anexos - gostei muito também - mas, Fangirl eu achei um pouco fraco em relaçao aos outros livros que eu já li da Rainbow Rowell. Porém, foi bom, li super rápido esse livro, a escrita da autora é muito leve e fácil de ler.

Recomendo esse livro caso você esteja afim de ler um livro leve, para poder passar o tempo.
comentários(0)comente



tati_loverock 24/02/2019

Fangirl é o segundo livro que leio da Rainbow e já estou viciada na escrita dela. Realmente ela sabe criar histórias envolventes e divertidas, o estilo é leve apesar de algumas vezes abordar situações dramáticas, por isso fica difícil parar depois de começar. Fangirl foi uma história muito gostosa de acompanhar, gostei dos personagens, do enredo, dos fanfics (também acompanho um monte, principalmente as histórias de amor entre garotos) e claro dos casais, no caso a Cath e o Levi, e claro o Simon e o Baz que são muito amor (li Carry On primeiro). Com certeza vou procurar mais livros dela para ler.
comentários(0)comente



Jéssica || @luadelivros 27/01/2019

Fangirl
Fangirl" conta a história de Cath, uma garota completamente apaixonada pela série de livros de “Simon Snow” e que, inclusive, escreve uma Fanfic de sucesso na internet. ⠀

Cath tem uma irmã gêmea, Wren, que decidiu deixar o “fandom” já que elas estão prestes a ir para a faculdade. ⠀ ⠀
Tudo é muito novo para Cath, que estava acostumada a dividir o quarto com a sua irmã desde o nascimento, porém, nesta nova fase, sua irmã decide que elas precisam conhecer pessoas novas e, para o horror de Cath, ela precisará dividir o dormitório com uma estranha. Agora, ela precisará começar a viver a sua própria vida e escrever a sua própria história. ⠀

Este foi o segundo livro que escolhi para a #MLVALLSTAR e esta também é a segunda vez que eu tenho contato com a autora. Quando escolhi "Fangirl" para a maratona, estava certa de que iria adorar a leitura, mesmo não tendo desfrutado de uma experiência positiva com a autora anteriormente. ⠀

Porém, apesar de ser uma história leve, são 420 páginas com poucos acontecimentos relevantes e, infelizmente, eu não tive nada que me impulsionasse a pegar o livro para ler, além da "obrigação" que impus a mim mesma. ⠀

A fanfic escrita pela personagem principal também não me cativou, o que acabou fazendo com que eu pulasse as páginas ou fizesse leitura dinâmica nestes momentos. ⠀

Vários personagens foram inseridos na história e não tiveram um desfecho. Acredito que se a autora tivesse focado no principal: romance entre Cath e Levi, as coisas talvez tivessem se desenvolvido melhor. ⠀

Já a protagonista, no início do livro, tinha me conquistado. O fato de ser super fã de uma série, escrever uma fanfic e estar no início da faculdade, com todas as descobertas e medos, me conectaram com ela. Porém, com o passar do livro, as suas atitudes passaram a me irritar MUITO. ⠀

Eu simplesmente não consegui visualizar a Cath como uma personagem que está na faculdade, já que as suas atitudes eram mais compatíveis com alguém muito mais jovem. ⠀

"Fangirl" é um livro sobre descobertas e amadurecimento, com uma história sem grandes reflexões. Se você procura algo leve para passar o tempo, talvez possa gostar.

site: http://www.instagram.com/luadelivros
comentários(0)comente



Gaabizokah 24/01/2019

Não me empolguei com a leitura
O segundo livro da autora que leio (Eleanor & Park) e confesso que me decepcionei um pouco.
A personagem principal me deu nos nervos do começo ao fim e tive que praticamente me obrigar a terminar a leitura apenas por curiosidade pra saber como termina.
Apesar de tudo o livro aborda alguns temas interessantes, mas nada que prenda muito o leitor ou que empolgue.
comentários(0)comente



Paloma | @eusou.paloma 23/01/2019

leve, fofo e importante
Fangirl é um daqueles livros que atinge um certo público. Neste caso temos pessoas que sabem o que é amar tanto uma história de ficção ao ponto de querermos viver com todas as personagens naquele mundo incrível, pessoas que sabem o que é a ansiedade social e todos os seus efeitos na vida de alguém, pessoas que sabem o que é não conseguir confiar nos outros por todas aquelas decepções que já tivemos na vida, pessoas que sabem o que é não dar valor a si mesmo.
Esse livro pode até parecer um NA fofinho mas ele é tão mais do que isso. Em todos os meus momentos de leitura (dois dias para ser justa rs) eu torci muito pela Cath, pois apesar de todas as suas questões, na minha cabeça alguém ali tinha que ser feliz e esse alguém era essa menina que tanto nos representa. O livro não foi perfeito, na verdade percebemos claramente que esse foi um dos primeiros da Rainbow, por conta de alguns detalhes que ficaram soltos ali no meio sem maiores explicações (coisa que nos livros mais atuais vemos que ela sabe dominar melhor) mas ainda assim foi ótimo.
Personagens um tanto diferentes e cativantes fazem dessa história uma construção leve, fofa, importante e de certa forma necessária. E com esse livro fora da minha TBR, afirmo que estou em dia com todos os livros lançados pela Rainbow e que não poderia estar mais feliz e satisfeita.
comentários(0)comente



265 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |