Perdido em Marte

Perdido em Marte Andy Weir




Resenhas - Perdido em Marte


256 encontrados | exibindo 46 a 61
4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 |


Lorena 20/04/2017

Um achado!!
Imagine que você, um astronauta, fica preso em um planeta hostil durante uma exploração. Sozinho.
Como iria se virar para sobreviver?!

Bem, este foi o grande desafio do nosso protagonista Mark Watney. Um cara inteligente, bem humorado e que detesta Disco Music!! Rs

Quando me deparei com este livro por aqui não dei nada por ele, mas resolvi arriscar e à medida que a leitura progrediu a opinião mudou completamente.
Dei risada, fiquei aflita, curiosa...
A ciência apresentada foi uma viagem à parte. Dá para acompanhar tranquilamente as informações sem se cansar. Os demais personagens também são bons. Sua missão: trazer Mark para casa. Se conseguiram? Descobri devorando o livro em poucos dias.

Logo após a leitura, assisti ao filme Perdido em Marte baseado no livro, estrelado por Matt Damon. Gostei muito!
Apesar de não ter tantos detalhes como no livro, ilustrou bem tudo o que foi descrito nele. A trilha sonora ficou bem legal e apesar de algumas diferenças, o filme complementou muito bem um detalhe que senti falta no livro.

Então fiquem à vontade para explorar o planeta vermelho!
comentários(0)comente



Rapha Donadio 03/04/2017

Disco Music, sério?
Perdido em Marte foi certamente uma das surpresas mais agradáveis que tive sobre livros! Comprei sem intenção nenhuma, em promoção e um dia resolvi ler, E QUE LEITURA!

Apesar de todas as complicações e de todo o desespero que se pode ter por estar perdido e sozinho em um planeta, o protagonista nunca deixa seu lado cômico (com grandes pitadas de sarcasmo) morrer! É um livro sci-fi que poderia ser muito sério, mas graças a Andy de colocar um protagonista até caricato, deixa a leitura leve, fluir até o seu desfecho.

Podem até achar o livro chato, já que existem especificações demais sobre materiais que nao fazia a menor ideia que existiam (GTR, por exemplo), mas mesmo assim será bem difícil largar o livro, ja que todo mundo quer saber como que a NASA vai fazer para ajuda-lo a sair de Marte, e se isso vai dar certo. Como não amar um personagem que fez batatas nascerem no planeta vermelho?
comentários(0)comente



Taverna do Pergaminho 28/03/2017

Não Gostei - Confira o Review no canal Taverna do pergaminho e participe dos sorteios :)
OBS antes que alguém venha criticar, estou apenas dando a MINHA opinião sobre o QUE eu achei. Não estou dizendo que é um livro ruim, estou dizendo que EU achei ruim. Nada contra que gostou ou irá gostar. Tem muitos livros que gosto que muita gente não gosta. Então estou deixando bem claro antes que alguém venha cheio de pedras nas mãos rsrs

Bom terminei de ler Perdido em Marte e sinceramente não entendi o tamanho da publicidade que esse livro tem recebido. Não posso negar que é um livro extremamente inteligente e um livro muito mais muito bem escrito, isso é fato. Porém a história em si eu achei chata para caramba pqp so falando assim rs. Algumas partes do livro são até interessantezinha. Algumas é possível rir ... porem no geral... é chato demais... acho que 70% do livro é o cara explicando termos científicos de química física, botânica e etc etc etc. Me sentia lendo um livro de escola .. chato demais... tipo assim:

"Ai eu precisava respirar, pq o ar é composto de bla bla bla bla, então fui beber água q é um composto de blablablalblalblabla ..porr# tudo o cara explica a química a física e sei la mais o que... chato demais...parecia matéria de prova. enfim .. não gostei do livro não ..achei bem decepcionante pro tamanho do marketing q ele recebe... eu esperava algo bem melhor e diferente... e não uma aula de ciências....


site: https://www.youtube.com/watch?v=Plw8BopC7OA
comentários(0)comente



Rosângela 25/03/2017

Fácil demais, nada realístico
Perdido em marte é ridículo, o cara tem solução pra tudo que é coisa que acontece com ele, perdendo toda a relevância do livro, se o cara tivesse câncer no livro, duas páginas depois ele já havia se curado comendo arreia de marte, ridiculo pra carai

darei uma estrela em homenagem ao lixo chamado Matt damon
Taverna do Pergaminho 29/03/2017minha estante
Finalmente alguém que também achou isso kkk Não entendo ate hoje como que essa historia ganhou tanto marketing positivo. Depois se quiser e puder da uma lida no que eu escrevi sobre também rs..esta ai em cima da sua :)




spoiler visualizar
comentários(0)comente



Cris Paiva 20/02/2017

Fiquei enrolando por uns 2 anos para ler esse livro.
Meu grande medo é que fosse uma história bem técnica, cheia de coisas que eu não entendo nadinha, e que eu ficasse boiando mais que aluno de humanas em aula de exatas.
Tudo bem, eu fiquei, mas isso no final das contas não teve tanta importância assim. O Mark explica a química e a física para você de forma tão corriqueira e prática que dá quase para entender do que ele está falando. Eu nunca imaginei que para “fazer” água fosse preciso tacar fogo nas coisas!!

A quantidade de persistência e criatividade que o Mark precisou ter para se manter vivo em Marte é impressionante! Eu, como pessoa de humanas, só ia conseguir sentar e chorar numa situação daquelas.
Assim que terminei o livro fui correndo para o youtube procurar pelo filme e também adorei. Nenhum dos dois decepciona, e o filme serve de complemento perfeito, em imagens, para o livro.
comentários(0)comente



Wilson Passos 19/02/2017

Mui Hílare 😅😅😅
Este se tornou meu novo livro favorito!
O livro é incrível. Além do tom prazenteiro, é possível aprender muitas coisas. É um livro de 'ficção" bem realista, no que diz respeitos aos números e outros detalhes científicos.
O personagem principal tem um senso de humor incrível. Ademais, ele acaba esbanjando conhecimento de forma despercebida. É um livro extraordinário. Todo amante de ficção científica deveria lê-lo.
comentários(0)comente



f lo rencio 13/02/2017

Boa diversão
O que mais marcou foi o alto-astral constante do personagem, não aquele otimismo deslumbrado, mas o modo pratico e até divertido de encarar as muitas dificuldades e contrariedades do dia-a-dia de um Robinson Crusoé em solo marciano que nunca desiste ou desanima, literalmente ele "levanta sacode a poeira e dá volta por cima". Também é riquíssimo em detalhes e comentários "nérdicos" sobre viagens espaciais o que traz um gosto de veracidade ao livro.
comentários(0)comente



Alefe Luiz 08/02/2017

O MELHOR !!!
SEM DÚVIDA O MELHOR LIVRO DE SCI-FI QUE JA LI !!!
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Babi 31/01/2017

Seria trágico se não fosse cômico
Finalmente me curei da ressaca literária! Obrigada Andy Weir

site: http://www.ummetroemeiodelivros.com
comentários(0)comente



CuraLeitura 31/01/2017

Em Perdido em Marte conhecemos Mark Watney, um astronauta que fazia parte d'O Programa Ares, que realizam missões enviando pessoas à Marte.
Mark foi um dos tripulantes da missão Ares 3. Em seu sexto dia em Marte, um acidente aconteceu com Mark durante uma tempestade de areia e todos acharam que ele estava morto, o que ocasionou no abortamento da missão e na volta dos tripulantes à Terra, deixando o corpo de Mark lá.

"A Ares 3. Bem, essa foi a minha missão. Certo, não exatamente minha. A comandante Lewis era a responsável. Eu era apenas um dos tripulantes. Só ficaria "no comando" da missão se fosse a última pessoa que restasse.
Quem diria?... Estou no comando." Pág. 9

Quando Mark acorda e percebe que fora abandonado, faz de tudo para se comunicar com alguém. Em vão. E mesmo que conseguisse pedir ajuda, seria impossível resgatá-lo, já que seus mantimentos não durariam até lá.
Ele estava completamente ferrado e sabia disso, mas não pretendia desistir de sobreviver.

"[...] Tenho estado tão ocupado tentando me manter vivo que nunca pensei no que meus pais devem estar passando. Neste momento, estão sentindo a pior dor que alguém pode suportar. Eu daria tudo para avisá-los que ainda estou vivo.Vou precisar sobreviver para me redimir." Pág. 22

Mark então começa a ter ideias mirabolantes e perigosas para conseguir mais água e alimento (SIM, ELE TENTOU FAZER ISSO NO MEIO DO NADA!!!) e um dos objetivos era plantar batata, sabe-se lá como.
Na verdade, ele é engenheiro e botânico e explica exatamente como, mas vamos ignorar a parte científica.

"[...] Vou ter que me tornar minha própria Nasa, descobrindo como explorar o planeta longe do Hab. A boa notícia é que tenho muito tempo para fazer isso. Quase quatro anos." Pág. 66

Ao longo da história temos as aventuras do astronauta abandonado, que é tão bem descrita que conseguimos imaginar com perfeição tudo ao redor dele. Também temos algumas cenas na Terra, então o autor nos deixa a par de tudo o que está acontecendo em ambos os planetas, tornando assim o livro mais interessante e gostoso de ler.

"Tudo bem, chega de lamentações. Estou conversando com alguém: a pessoa que ler este diário. É um pouco unilateral, mas vai ter que bastar. Talvez eu morra, mas alguém vai saber o que eu tinha a dizer." Pág. 96

***
Mesmo com tudo dando errado para o Mark, foi impossível não torcer por ele e ficar aflita em alguns momentos. Quando algo dava certo, depois outra coisa dava errado, era agoniante! hahaha O fato de ele ser um homem super engraçado e descontraído ajudou muito durante a leitura, foi o que deixou a história mais leve, já que por várias vezes fiquei triste por ele.

Eu adoro livros com formato de diário, esse é um deles! O que tornou a leitura um pouco mais demorada foram os "termos científicos" e coisas do tipo que ele usava para explicar os procedimentos que ele fazia, porém quem é da área de química e derivados provavelmente vai achar interessante. Se você não for uma dessas pessoas, pode se acalmar e ler o livro mesmo assim, pois não é um bicho de sete cabeças, ok? Tenho certeza que o humor do Mark vai compensar tudo isso. hahaha

site: www.curaleitura.com.br
comentários(0)comente



Felipe.Macedo 19/01/2017

Fantástico
Sinceramente esse é um livro que faz você imaginar como é estar perdido num planeta desolado e sozinho. A sensação é incrível e a cada página lida deixa o leitor mais curioso. Mas, de fato o livro passa por algumas falhas onde o autor se concentra demais nos valores e acaba confundindo um pouco. Tirando isso é um história bela e até esquece que isso é uma ficção.
comentários(0)comente



Rafa 10/01/2017

Perdido em Marte
Para aqueles que curtem um bom livro de ficção científica, essa leitura é mais do que indicada, superou todas minhas expectativas. Uma tempestade em Marte acabou em tragédia, um astronauta ficou para trás dado como morto, pois ele foi atingido por destroços por conta da tempestade de areia.

O personagem principal é o botânico Mark Watney, estando sozinho no planeta vermelho, ele vai precisar usar suas habilidades e técnicas para sobreviver e tentar ser resgatado por uma próxima missão.

O autor tem um conhecimento vasto nesse ramo da astronáutica, em alguns trechos do livro ele deixa bem claro algumas especificações técnicas, mas não se preocupem! O livro é super fluido e até mesmo com partes bem divertidas.

Tudo muda quando a Nasa descobre que Watney esta vivo, começa uma corrida contra o tempo para fazer o resgate, pois os suprimentos que Mark tem não são suficiente, então ele vai ter que usar dos seus talentos de botânico e engenheiro para salvar sua vida.

Será que Mark Watney vai se safar dessa?

site: http://suka-p.blogspot.com.br/2016/12/resenha-perdido-em-marte.html
comentários(0)comente



Nath @biscoito.esperto 08/01/2017

Um retrato do instinto básico da humanidade.
Terminei este livro faz pouco mais de uma hora e ainda nem consegui reorganizar meus pensamentos direito.

Vamos começar o maravilhoso (até agora?) ano de 2017 com uma resenha de um dos livros mais irreverentes que eu já li (esse ano!) (brincadeira!) (é que ainda é dia 8 de janeiro, risos).

Perdido em Marte (ou O Marciano, do original) conta a história de Mark Watney, o décimo sétimo astronauta a pisar no planeta vermelho. No sexto dia da missão da tripulação da Ares 3, uma tempestade de areia terrível acontece e os tripulantes são obrigados a embarcar na nave de volta para a Terra. No meio da confusão, os cinco outros tripulantes da missão acreditam que Mark morreu e deixam seu corpo para trás.

Mas Mark não morreu.

Ele foi abandonado à própria sorte num planeta estéril, sem comida, sem recursos, apenas com seus conhecimentos. Mark sobrevive à tempestade e logo percebe que, se não começar a trabalhar, poderá ser a primeira pessoa a morrer em Marte. Ele então começa a anotar em seu diário de bordo todas as suas soluções para problemas como: morrer de fome, morrer sufocado, morrer sozinho, etc. A pesar do otimismo e do bom humor de nosso protagonista (sério, ele faz piada de TUDO) é muito difícil imaginar um futuro no qual ele sobreviva.

O grande ponto inovador de Perdido em Marte com certeza é a exploração da natureza científica de tudo o que Mark faz para sobreviver. Admito que achei que o livro seria tedioso por causa disso, mas na verdade as longas páginas de Mark explicando como criar batatas num planeta morto e como retirar oxigênio com compostos químicos é muito interessante. Claro que eu sempre tive uma enorme pré-disposição e interesse por ciência, mas acredito que mesmo a pessoa mais leiga do mundo poderia se surpreender com a engenhosidade do Mark. E, é claro, torcer por sua sobrevivência.

Na minha humilde opinião, o que me fez gostar tanto do livro eram os personagens. Claro que temos Mark, nosso protagonista perdido em Marte, mas também temos os tripulantes da Ares 3 voltando para a terra e todos os funcionários da NASA que trabalham dia e noite para trazer Mark de volta pra seu planeta natal.

Perdido em Marte cobre quase dois anos de Mark preso no planeta vermelho e todos os esforços de pessoas na terra e no espaço para ajuda-lo. O livro é muito divertido de ler, mas também é uma história emocionante sobre como a humanidade funciona. Se – quando – você ler este livro, ao chegar na última página haverá um parágrafo tão lindo que fará todo o livro mais especial ainda. Espero que você chegue lá, e depois me conte o que achou!

Recomendo!

site: www.nathlambert.blogspot.com
Lorena 08/01/2017minha estante
Indo para minha lista em 3, 2, 1... rs
Fiquei interessada!!


Nath @biscoito.esperto 08/01/2017minha estante
Tenho certeza de que você vai adorar, esse livro é incrível!




256 encontrados | exibindo 46 a 61
4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 |