A Herdeira

A Herdeira Kiera Cass




Resenhas - A Herdeira


206 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Anna 09/05/2015

Um pouquinho... Decepcionante
Bom, se eu pudesse ter dado 2,5 estrelas, eu teria. Coloquei 3 porque ainda tenho fé de que a continuação vá salvar essa história. Além disso, gosto muito do jeito leve da Kiera de escrever, então pontos para ela por isso.

A PROTAGONISTA

Primeiramente, falemos da Eadlyn... Por Deus. A America conseguia me irritar um pouco, mas nada que me deixasse indignada. Já a querida "Eady", essa menina me fez dar suspiros de frustração a cada 20 páginas. Sério, ô menina difícil de aturar, o jeito como ela trata alguns é simplesmente insensível e até meio esnobe... Meu bem, você está deixando o título de futura rainha subir à cabeça! E, olha, eu absolutamente amo livros com protagonistas fortes e decididas, mas Eadlyn não representa isso para mim. A meu ver, ela é muito egocêntrica, mimada e com pouquíssima capacidade de sentir empatia. Há partes em que normalmente eu sentiria pena por ela, ela leva seus tombos também, mas a Eadlyn faz a tarefa de gostar dela tão difícil, que não dá.

A HISTÓRIA

A impressão que passa é que esse livro é só a construção da base pro que deve ocorrer no volume seguinte, ou seja, até mais ou menos as últimas 30 páginas, poucas coisas dignas de nota acontecem. Temos um conflito político acontecendo em Illéa, porém, este é encoberto e pouco citado no decorrer dos capítulos (coisa que, na teoria, não deveria acontecer, já que não estamos mais acompanhando a história da perspectiva de uma Selecionada que veio do povo, mas daquela que em breve será a rainha de verdade daquele país, não só consorte, por mais que ela deva se concentrar na Seleção). Como a escrita da Kiera é muito tranquila, a gente nem percebe que já terminou o capítulo, mas não dá pra dizer que muito de empolgante acontece na maior parte deles.

O FINAL

Sei que muitos ficaram fulos da vida com esse final, mas eu até fiquei aliviada que alguma coisa finalmente tava acontecendo! Claro, é um fim de causar agonia em muitos sentidos, porém eu consegui enfim ficar empolgada com o livro! É o típico fim "gancho" para a próxima parte da história, que eu tô torcendo pra ser melhor que essa.

CONCLUSÃO

"A Herdeira" precisa malhar muito para poder chegar ao ponto dos seus antecessores. Não é ruim, mas também não é bom. Simplesmente não deixou claro a que veio. Bom, eu com certeza lerei a continuação e só aí poderei dizer se a história da filha de Maxon e America adicionou alguma coisa a essa série, ou se deveria ter parado na trilogia mesmo.
AnaM 14/05/2015minha estante
Exatamente o que eu pensei! Amo os três primeiros livros, mas esse não. Como você disse, não é bom, mas também não é ruim.
Achei a Eadlyn muito mimada.
O começo do livro estava bom, mas no decorrer ficou meio sem graça.
Pra mim não aconteceu muita coisa interessante que tenha me prendido a leitura.
Espero que o próximo seja melhor


Simone Paiva 24/08/2015minha estante
Então podemos entender e esperar que haverá um próximo livro? Ainda estou lendo A Herdeira, mas tô achando meio sacal e fui dar um espiadinha no final do livro, que me deixou com vontade de parar onde estou. As vezes cansa ler essas séries. E se esse foi publicado agora em 2015, quando será o final disso tudo??????


Maria José 27/01/2016minha estante
O comentário acima já disse tudo. Concordo plenamente com cada palavra em seus mínimos detalhes. A Herdeira foi mesmo frustrante. Agora é esperar pelo próximo.


Patygoldstars 03/07/2020minha estante
Protagonista que me fez abandonar esse livro.




Bia 23/08/2020

Que Drama
Tudo bem, eu até entendo que ter muita pressão pra ela ser perfeita . Nossa ser á primeira mulher que vai fica no comando de Ilhéa é muita responsabilidade e também ter a pressão do povo , mais perai né , isso não é motivo pra achar que o mundo gira em torno dela . Bem egocêntrica.

Eu acredito que esse era o propósito para que no decorrer dos livros ela fosse mudando . Enfim se eu achei América chata a filha dela é difícil engoli .

( Não existe ninguém, mais poderosa do que eu ) assim fica difícil.

Espero que o próximo seja melhor .
Leitora_coraçãodefogo 25/08/2020minha estante
Por isso vou dar mais um tempo para ler, isso se eu ler ?


Bia 25/08/2020minha estante
Era melhor não ter feito essa continuação , só ter ficado na trilogia mesmo kkkk


Leitora_coraçãodefogo 25/08/2020minha estante
Bom saber, vou ficando por aqui, porque se eu começar e não gostar, mesmo assim vou ter que ler, nem que seja empurrando com a barriga, não consigo largar um leitura.


Bia 25/08/2020minha estante
Somos duas . Raramente abandono uma leitura kkkk




gabriel 10/12/2014

Que a trilogia A Seleção é um sucesso ninguém tem dúvida, mas agora teremos uma continuação não mais com um príncipe, mas sim com a princesa Eadlyn, filha de Maxon e America, ainda teremos o desfecho do que aconteceu com Iléa, o fim das Castas e como anda a vida das outras selecionadas da competição anterior.

site: http://perdidoemlivros.blogspot.com.br/
B.Eloah 16/12/2014minha estante
Muito ansiosa para ler A Herdeira .. Considerando que amo a Seleção, esse com certeza vai entra na minha lista de favoritos.


Rosane 30/12/2014minha estante
Cara, onde que você comprou? Eu preciso urgente, pra presente..


laurenvictoria.hoffmann 03/01/2015minha estante
Não vejo a hora de esse livro ser lançado ! A-MO a série A Seleção ...


Rafa 05/01/2015minha estante
Exatamente, estou ansiosa para saber como será a seleção através dos olhos da Eadlyn e para saber como Ahren irá se comportar durante esse processo!

http://amphorizontes.blogspot.com.br/


Suzane 19/01/2015minha estante
Li os 3 livros em 3 dias... Para depois descobrir q tenho que esperar até maio para ler o próximo... :(


gabriel 01/02/2015minha estante
Rosane, o livro ainda vai lançar em Maio, e em Outubro será lançado um super livro contendo todos os Contos lançados de A Seleção e outros inéditos.

ps: como fica a ansiedade até lançarem o livro?


Ray 14/02/2015minha estante
acho que a kiara deve ter lido meu email quando implorei pela continuação kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk já estou meeeeega ansiosa, que venha logo dia 5 de maio *-*


Nathalia.Martins 02/03/2015minha estante
Já está disponível em pré-venda!! :)


Amanda 03/03/2015minha estante
alguém já A Herdeira??


Janaina.Silva 22/04/2015minha estante
era o que eu esperava filha do maxon e america loukisima para ler


Gab's Fernandes 26/05/2015minha estante
Honestamente? Achei uma merda!
Depois de tres volumes excelentes, cheio s de aventura, romance e frio na barriga a autora resolve q vai escrever sobre a filha do casa amado e escreve isso? Tudo bem, tudo bem, a protagonista não é nada carismática, tem defeitos como todos os mortais, mas dai vc ir desenvolvendo a história e acabar do nada? sem um desfecho? O que acontece com a futura rainha? e a atual? e o rei? e os irmãos? e os selecionados?????

Pelo amorrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr de Deus!!!!
A menos que ela tenha escrito mais 01 volume, não recomendo esse lixo para ninguém!




Camila 05/05/2015

Nada te prepara para este livro
Tudo sobre este livro foi uma surpresa. Em primeiro lugar, pela sua própria existência; depois, por se passar 20 anos após o 3º livro, com outra pessoa narrando, e outra Seleção prestes a acontecer.

Aqui temos Eadlyn, filha mais velha de Maxon e America, tendo que passar por uma Seleção. Ela não quer. Foi criada para liderar sozinha e acredita ser suficiente para nada além da perfeição. Porém, Illéa, mesmo com as castas dissolvidas, passa por mais problemas políticos e Eadlyn é a peça-chave para que consigam solucioná-los.

Esse livro foi arrebatador. Não falo de técnica, falo como história. Não há palavras para descrever o que senti ao ler a última página.

Vi neste livro uma personagem que está se descobrindo e questionando suas atitudes a todo momento. Senti que a entendesse mesmo sendo tão diferente dela. Essa nova voz é completamente diferente do que estamos acostumados com America e, ao mesmo tempo, tão maravilhosa quanto. Além do mais, adorei a personalidade confiante de Eadlyn e o modo como ela defende o lado das mulheres como líderes.

Kiera Cass mostrou toda a sua maestria ao contar essa história. É cativante, envolvente e tão natural que era como se estivesse vendo tudo com meus próprios olhos ao invés de simplesmente ler palavras alinhadas.

Com a mais absoluta certeza, meu livro favorito da série no momento. Adorei cada detalhe nas entrelinhas que conectava este livro aos outros com uma passagem de tempo tão grande, as questões políticas e os Selecionados tão surpreendentes.

Por mais que me doa dar adeus (pela segunda vez), mal posso esperar pelo quinto e último livro desta série maravilhosa.

Kiera, eu poderia te abraçar e não te soltar pelas próximas duas semanas só porque você é maravilhosa como pessoa e autora.

E se alguém tem dúvidas sobre ler ou não este livro, digo: Não perca tempo. Podemos nos arrepender por várias coisas nessa vida e, com certeza, uma delas seria não ler este livro. Leia, porque se você for atento ao modo como essa escritora fantástica dá voz a esses personagens indescritíveis, essa série tem tudo para ser uma das melhores leituras da sua vida.
Ana Ira! 05/05/2015minha estante
AIII DEUS, EU PRECISOOOOO DESSE LIVRO!!! rsrs
Ameeeei a resenha, obrigadãooo por postar!!!! ;)


Chris santos 06/05/2015minha estante
Incrível ver a Eadlyn se descobrindo, soltando as amarras... Comecei o livro querendo dar uns tapas nela e terminei querendo abraçar! Hahah agora é sofrer com a espera pelo próximo :(


Felipe 07/05/2015minha estante
Maravilhoso o seu ponto de vista!!!


Vic 11/05/2015minha estante
Acho que não vou conseguir aguentar até o próximo livro, a Kiera judiou de todos nós com o final de A Herdeira! Adorei sua resenha :)


Jakeline.Almeida 29/05/2015minha estante
Nossa tenho um ponto de vista bem diferente do seu !! Achei a leitura desse 4º livro agradável mas nem se compara com os primeiros livros ... Achei alguns pontos vagos no meio do livro , e o final foi extremamente sem sentido , e ainda obriga o leitor a ler a continuação...espero que o 5º livro salve esse ;


Lu 26/09/2015minha estante
Kiera Cass é simplesmente fantástica. Meu coração vai ficar apertado pelos próximos e longos 6 meses, Kiera o final deste livro foi muito emocionante mas fala sério, você quer que NÓS tenhamos um ataque cardíaco? Amo muito essa série.




Vanessa 12/05/2015

Que decepção...
O que dizer de um livro que você esperou meses pra ler e que te decepcionou das mais diferentes formas possíveis?!
Eu estava mais do que confiante na escrita da Kiera Cass pelo fato de ela ter desenvolvido tão bem os três livros anteriores a esse, mas em A Herdeira ela me deixou completamente embasbacada. Não digo embasbacada no sentido positivo da palavra, infelizmente.
Kiera tentou criar uma personagem geniosa, forte e autêntica, mas na maior parte do tempo - para não dizer o tempo todo - essa personagem se mostrou mimada, esnobe e infantil. Posso dizer que esperava muito mais da criação de Maxon e America.
Eadlyn pensa mais em si mesma do que nos outros, nunca dá o braço a torcer e nunca admite que está errada, quer dizer, dificilmente ela admite alguma coisa.
Tiranto o foco da Eadlyn e colocando-o no restante do livro, a autora cria personagens extremamente rasos e por vezes, fantasmas. Ela cita alguns nomes e eles custam a aparecer novamente, e os que aparecem constantemente, são superficiais demais.
Sobre os personagens antigos (America, Maxon, etc...), dificilmente são aparentes as características de antes, falo isso principalmente por America, que na minha humilde opinião, mudou completamente. Ela está mais parecida com a mãe de Maxon, do que com ela mesma, mal abre a boca em suas aparições, e quando abre, não lembra em nada sua forte personalidade.
Outra coisa é o fato da Kiera continuar sem aprofundar os conflitos políticos e a situação mais detalhada de Illéa (nos livros anteriores também senti falta disso, mas não sei porque motivo achei que isso mudaria no quarto volume); fora que o livro não tem química nenhuma, Eadlyn não consegue se relacionar de forma envolvente com nenhum selecionado, o que tira totalmente a graça que a "parte de romance" do livro poderia proporcionar ao leitor.
Por fim, a impressão que essa leitura dá é de enrolação e superficialidade. O único "boom" da história acontece no final e isso só solidifica a minha opinião de que esse livro mais serviu de ponte para o próximo do que qualquer outra coisa.
Thais Mayra 12/05/2015minha estante
Se não tem a parte romance o que sobra? :/


Juliana 12/05/2015minha estante
Vanessa concordo plenamente com você, acabei de ler o livro e fiquei relamente decepcionada :/


DearDestine 04/06/2015minha estante
Vanessa, adorei sua opinião, gostaria de saber se posso publicar o link dela no meu blog. Ninguém lê, mas é bom mostrar pro pessoal que passa por lá uma opinião diferente, apesar de minha resenha estar mais parecendo um resumo...


Vanessa 16/06/2015minha estante
Claro que pode! :D Fico feliz que tenha gostado!


Hikaru 27/06/2015minha estante
garota... eu queria dizer algo, mas vc definiu.
Eu tb esperava mais da criação da América e Maxon, Eadlyn é desprezível e mimada e a América virou a Amberlly? Que merda foi essa?!
Oremos pra que no segundo seja melhor as coisas.
P.S: adorei o tapa na cara do irmão dela na carta.




Ewerlyne 20/05/2020

bem, nem sei por onde começar, rsrs. apesar de estar muito curiosa para saber como seria a história, o que Kiera tinha para nos contar sobre a filha do casal amado America&Maxon, estava com receio de começar com medo de me sentir frustada por ser mais uma seleção. apesar de demorar um pouco a me prender a história, eu gostei bastante, ele tem sua particularidade, principalmente o fato de ser uma princesa que irá governar Ilhéa, o que torna tudo mais atraente. muitos não gostaram da personalidade que autora fez com Eadlyn, a princesa, ouvi diversas críticas, mas acredito que isso foi o que tornou o livro atraente. ameeei que Kiera trouxe no livro personagens que marcou os antecessores de "A Herdeira", Marlee, Aspen, Lucy, May.. enfim, por mais que para mim ele não tenha sido perfeito, ele é peculiar.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Caroline 14/05/2015

Decepção do ano...
Quem leu a trilogia A Seleção (ou o que era originalmente uma trilogia) e gostou ficou surpreso quando viu, alguns meses atrás, que seria lançado um quarto livro. Como a autora também havia lançado alguns extras, como os contos O Guarda e O Príncipe, fui me certificar se A Herdeira não seria mais um. Não era. Era a história da herdeira do casal protagonista, vinte anos depois, em uma nova seleção.

(Se não leu a trilogia - A Seleção, A Elite e A Escolha - aqui saberá qual foi a escolha do príncipe. Portanto, se não quiser esse spoiler, melhor parar por aqui.)

Espera. Seleção? Outra? Vinte anos depois? Então aquele mundo distópico que pensávamos ter terminado com o desfecho da trilogia ainda existia? Como? Fiquei receosa de ler que todo o esforço de America e Maxon fora em vão, mas... bem... eu me apaixonara pela trilogia, como deixar de ler essa continuação? Voilà!

A Herdeira conta a história de Eadlyn, princesa e filha mais velha de America e Maxon, que desde o nascimento é treinada para ser rainha. A divisão da população por castas foi desfeita vinte anos atrás, mas o povo anda descontente e está começando a se revoltar novamente com a monarquia. Para distrair e alegrar seu povo, o rei e a rainha sugerem que seja feita uma nova Seleção, para que Eadlyn encontre um marido e possa se preparar para assumir seu posto com alguém ao seu lado.

Comecei a leitura e o que eu mais temia aconteceu. A própria autora foi destruindo tudo que ela construiu nos três livros anteriores. As atitudes de Maxon e America, agora rei e rainha, não são compatíveis com a personalidade mostrada anteriormente. Lutaram tanto e vinte anos depois pensam como pensavam seus predecessores, se tornaram um pouco daquilo que eles condenavam. Querer distrair seu povo com uma nova Seleção foi o que mais me decepcionou.

Bem, na esperança de me sentir como uma adolescente apaixonada tal como na trilogia original, deixei esse "detalhe" passar, mas outros problemas vieram. A princesa Eadlyn é uma das personagens mais irritantes que já vi. Uma garota mimada que repete a hora toda que foi criada para ser rainha, que tem um grande peso nas costas e muito poder nas mãos. Ela se questiona sobre isso repetidas - e cansativas - vezes.

Até um pouco mais da metade, não me vi envolvida com nenhum dos candidatos e pensei várias vezes em desistir da leitura. Contudo, a história realmente melhora quando se aproxima do fim, quando alguns personagens vão conquistando seu espaço e mostrando um certo carisma. Até a princesa Eadlyn fica suportável!

A escrita, em primeira pessoa pelo ponto de vista de Eadlyn, é simples e flui com facilidade, mas, por repetir demais os mesmos pensamentos e questionamentos da princesa, se torna um pouco sem graça.

Então, não tem nada de bom? Sim, tem. O final! Não por descobrirmos que teremos continuação, mas pela promessa de que a história tomará outro rumo que não a cópia da trilogia anterior. Gostei do gancho que a autora deixou para o próximo livro. Por mais que ela termine de um jeito que deixa o leitor na mão, simplesmente interrompendo a história, eu pude ver uma luz no fim do túnel.

Se eu soubesse que teria continuação, certamente não teria lido agora e é o conselho que deixo: só leiam quando a série estiver completa. É frustrante começar uma história e esperar meses para concluí-la. Se eu tivesse ela completa na mão, quem sabe eu não estaria com uma opinião mais positiva?

Por enquanto, fica a decepção de não ter me apaixonado, de não ter me encantado, de não ter lido o conto de fadas que eu esperava. Continua a saudade de uma America maravilhosa e um Maxon que fazia suspirar.

❤ ❤ ♡ ♡ ♡
★ ★ ★ ☆ ☆

site: www.historiasdepapel.com.br
Lori 14/05/2015minha estante
Bom saber Caroline! Vou deixar para ler quando os todos os livros tiverem sido publicados...
Também fiquei decepcionada com o fato de haver outra seleção...


Rayanne 14/05/2015minha estante
Muito bom saber! Já não gostei essas coisas da trilogia inicial. Era tean Aspen e blá blá blá! Mas mesmo assim queria saber a continuação. E agora sei que a continuação tem uma continuação! ^^ Vou seguir seu conselho e esperar o próximo. ^^


Rafa 14/05/2015minha estante
"para distrair e alegrar seu povo" morgou totalmente a pouca vontade que eu tinha de ler :/ quem sabe se leio alguma resenha do ultimo livro dessa nova série/trilogia (?) e dou uma chance... valeu pela resenha, flor :)


Andressa 14/05/2015minha estante
Já tinha uma vontade bem pequena de ler esse livro (não entendi o propósito da continuação) e tenho lido tantas coisas - das quais não gostei nem um pouco - sobre ele que a vontade sumiu! Fiquei bem desanimada...


Liz 15/05/2015minha estante
Vcs que não leram e se deixaram levar pela resenha dela,pessoal gosto é gosto, apesar de que em alguns pontos a Kiera falhou, o livro na MINHA opinião é incrivel e só perde pra A Escolha, então se vcs querem ter uma opinião própria leiam ele :)


Suzana 17/05/2015minha estante
Bom saber! Odeio quando o livro insulta a inteligência do leitor... tá certo que esse aí eu não leio.


Camila 18/05/2015minha estante
eu achei a série toda decepcionante achei que ela melhoraria nesse fecha-se uma aspas que ficaram abertas na trilogia, agora se e pior então vamos esperar a conclusão :/


Caroline 18/05/2015minha estante
Pois é, meninas, muitos "errinhos" de uma vez só. Livro ainda com continuação, uma nova seleção pra distrair o povo, America e Maxon sendo quase iguais ao antigo rei e rainha... Enfim, esperava algo mais interessante e inovador. :)


Joice 20/06/2015minha estante
pra mim o que a autora quis repassar a ideia de que não existem felizes para sempre, embora America e Maxon tenham se casado estavam passando por conflitos mas continuavam se amando...


Luana 12/02/2016minha estante
Eu amei tanto a trilogia, achei tao incrivel o casal principal, e quando vi a sinopse desse ja fiquei com medo d estragar todo encanto q tenho com os primeiros livros.
Ainda nao li, to enrolando bastante, nao quero me decepcionar e lendo sua resenha parece q meu medo se concretiza, ne?
Ja imaginava q seria cansativo uma nova seleção, msm formula dos anteriores parece q a autora nao teve criatividade suficiente.
Eu queria bem mais uma versao do maxon da historia (contando mais a fundo sobre o mundo deles ja q ele era o principe e estava ali no meio dos importantes e poderia saber das coisas, mais do desenrolar das revoltas, essas coisas q vemos em livros d distopia) do que a msm coisa com a filha como foco.




Camila Da Rós 11/09/2020

Muito bom, bem típico da série mesmo. No início é difícil se acostumar com a personagem e com essa nova seleção, mas esse livro vai se superando cada vez mais. Li em dois dias, igual todos os livros da série, e amo livros com leitura fluida assim!!
comentários(0)comente



Talita 31/05/2020

Confesso que quase abandonei esse livro pois criei antipatia pela protagonista, mas continuei lendo e me surpreendi.
comentários(0)comente



TAY 29/04/2020

A herdeira
Vinte anos atrás, America Singer participou da Seleção e conquistou o coração do príncipe Maxon. Agora chegou a vez da princesa Eadlyn, filha do casal. Prestes a conhecer os trinta e cinco pretendentes que irão disputar sua mão numa nova Seleção, ela não tem esperanças de viver um conto de fadas como o de seus pais? Mas assim que a competição começa, ela percebe que encontrar seu príncipe encantado talvez não seja tão impossível quanto parecia.
comentários(0)comente



Rafff 05/09/2020

A herdeira
Muito bom demais.nossa que livro maravilhoso . Muito bom mesmo
comentários(0)comente



Leitora estranha 06/06/2020

Surpreendente
A protagonista em inúmeras partes ela é esnobe, fria e sem noção, claro q tem q levar em conta o modo q ela foi criada.

Eu achei razoável. Não chega nem perto da trilogia. Esse livro superou as minhas expectativas (Que eram bem pequenas). Foi uma leitura rápida de menos de um dia.

Recomendo a todos q gostam da trilogia e querem matar a saudade dos antigos personagens. Mas tenham em mente q é uma protagonista totalmente diferente.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Cau @foconaleiturabsb 29/02/2020

Muito bom!
Demorei um pouco para finalizar esse livro, pq meio que já tinha gostado da trilogia principal. Mas ele se mostrou no mesmo estilo, com pitadas de comédias, que deixa o livro mais leve. Agora posso dizer q só falta 1 livro para terminar essa série.
.
Depois de A seleção, A elite e A escolha, vivenciar e torcer por América e Max, eu dava por encerrada a história aí. Mas até que me surpreendi com a Eadlyn.
A princesa Eadlyn, é a filha mais velha do casal da trilogia principal, e nesse livro vemos ela conhecendo os 35 pretendentes que irão disputar a sua mão na nova seleção.
.
O que acabou gerando uma certa raiva da minha parte com relação a essa personagem, mas que conseguir visualizar um abertura e quebra da resistência dela. Já quero ler A coroa, para saber o que acontecerá nesse desfecho final da série.
comentários(0)comente



206 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |