Nas Proximidades do Amor

Nas Proximidades do Amor Ligia Ortiz




Resenhas - Nas Proximidades do Amor


33 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


Francine 25/12/2014

Uma verdadeira montanha-russa de emoções...
Essa foi minha quinta e última leitura para a Maratona Literária #EuTôDeFérias. Não poderia ter melhor desfecho para essa experiência (rs).

Narrado em primeira pessoa, em Nas Proximidades do Amor conhecemos Ana Lúcia, ou apenas Nalu, uma jovem que teve seu coração partido pelo ex-noivo e se sente bastante insegura com relação ao amor. Por isso, mantém uma relação casual com Caio, um colega de trabalho que, diferente dela, está apaixonado e tem interesse em fortalecer o que vivem juntos.

É nesse momento da vida de Nalu que o apartamento ao lado dela recebe um novo morador: Alec. O homem é deslumbrante, mas a relação de ambos começa conturbada e cheia de mal-entendidos. Embora haja um crescente interesse mútuo, há também muitos melindres por parte de Nalu. O seu passado doloroso faz com que Nalu prefira manter sua amizade colorida com Caio do que investir em Alec. Tudo piora, no entanto, quando Alec passa a trabalhar na mesma empresa que Nalu. Agora, além de serem vizinhos, terão de trabalhar juntos e a convivência diária faz crescer a tensão sexual entre eles.

Para a alegria dos leitores, chega um momento em que Nalu decide dar a si mesma a chance de ser feliz com Alec! Mas quando pensamos que tudo, finalmente, está se encaminhando, a autora nos leva a uma grande montanha-russa de emoções. Alec é passional, intenso e possessivo; Nalu é insegura e procura estabilidade, ao mesmo tempo em que deseja simplesmente abraçar o amor desse vizinho maravilhoso que invadiu sua vida. Intrigas, ciúmes, mentiras e muitos mal-entendidos permeiam o romance de Alex e Nalu. Por diversas vezes, me senti com raiva ou comovida com as atitudes deles.

Nas Proximidades do Amor é um livro que não nos deixa entediados (rs). Nalu e Alec se amam, mas não sabem como demonstrar o que sentem. Gostei muito de como a autora conseguiu apresentar ao leitor um amor tão grande e, de certo modo, tão ingênuo. Os erros cometidos tanto por Alec quanto por Nalu poderiam ter sido evitados, mas o orgulho ferido ou até mesmo a inexperiência afetiva foram grandes demais. Eu queria ter mediado a comunicação entre eles em vários momentos (rs). Doeu vê-los sofrer tanto... L. A. L Ortiz foi implacável!

O único aspecto negativo da obra, em minha opinião, foi que alguns conflitos entre o casal não pareciam suficientes para provocar tão intensas reações dos personagens. Apesar disso, o drama romântico é encantador para quem procura por esse gênero literário, somado a muitas cenas picantes que só revelam a química adorável que existe entre o casal. Alec e Nalu, de um jeito complexo, são perfeitos um para o outro!

Minha leitura foi em e-book e adorei a capa! Infelizmente, há muitos erros de revisão no livro, mas nada que interfira na compreensão do texto. A narrativa da autora é fluída e a leitura ágil. Vale a apena conferir a obra.

P.S. Preciso dizer que adorei a personagem Thais, melhor amiga da Nalu! Espero mais da presença dela no segundo volume da série. Tenho certeza de que muita coisa acontecerá ainda.

Convido a conferir os meus quotes favoritos no blog:

site: http://myqueenside.blogspot.com.br/2014/12/resenha-64-nas-proximidades-do-amor.html
comentários(0)comente



Thays 26/10/2015

Quero um Alec para mim *-*
Ana Lúcia Alcântara Hanz, é uma mulher independente, bonita, e dá o seu melhor trabalhando em uma empresa de publicidade. Nalu foi deixada por seu noivo nas vésperas do seu casamento. Por ser um homem empresário ele era muito bem conhecido e a fofoca se espalhou e desde então Nalu tenta preservar seus sentimentos não se envolvendo com nenhum homem, a não ser o Caio que ela vê como uma “ilha” segura, tento uma amizade colorida sem envolver nenhum sentimento, porém Caio sempre teve uma “quedinha” por Nalu.


Todos os seus sentimentos são abalados quando Alec um novo vizinho de porta vai morar o seu andar. Logo no começo mesmo sem ver o rosto do seu vizinho que a sua amiga Thaís alega ser lindo de morrer, ele desperta sua raiva quando ela é notificada pela sindica do prédio avisando que logo cedo sua amiga estava fazendo barulho em sua porta por não haver campainha. Voltando de sua corrida matinal, em pleno final de semana o seu vizinho está fazendo uma obra em seu apartamento, ah, e Nalu decide fazer uma notificação no livro de ocorrências pagando na mesma moeda.

Até então Nalu não tinha visto seu novo vizinho, Alec um espanhol meio brasileiro que está no Brasil a trabalho. Quando Nalu vê seu novo vizinho ela tem uma enorme surpresa.

“No hall do meu andar, estou fechando a porta quando percebo que tenho companhia. Com uma sensação forte de estar sendo observada, olho para trás e vejo um homem lindo me encarando. Meu coração para. Lindo é eufemismo. Olho negros profundos, um cabelo rebelde preto, traços fortes e totalmente másculos com um quê de doçura que me faz arrepiar.”

Após conhecer seu vizinho eles decidem ter uma trégua, eles acabam tomando café juntos na lanchonete perto do prédio. Como se já não bastasse ser seu vizinho Nalu descobre que Alec é o novo redator de onde trabalha, e que ela e Alec serão uma dupla. Superando o susto inicial, o seu vizinho um tanto atrevido começa a aparecer constantemente em sua casa para jantar se auto convidando, eles começam uma relação de amizade apesar da atração entre eles.

Caio que é o seu amigo colorido que também trabalha na empresta não fica nada satisfeito com essa amizade, mas de apenas uma amizade vira algo a mais, Alec consegue convencê-la a ter um relacionamento com ele, após terminar seu caso com Caio ela e Alec começam a namorar, porém com toda confusão que houve no seu passado das pessoas falando da sua vida ela não quer que ninguém saiba de Alec e não quer magoar o Caio, e bem em minha experiência isso pode não acabar muito bem.

Tem o ciúme constante do Alec e a insistência em manter esse relacionamento as escondidas deixam Alec com um pé atrás, e tudo poderá ruir se eles não souberem direcionar esse relacionamento e superar suas dificuldades e medos.

Uma história sensual, que faz o leitor suspirar a cada encontro da Nalu e do Alec, sabe aquele casal que tem uma dinâmica sensacional? Eles são assim, a cada jantar, almoço que passavam juntos eu queria durasse eternamente os diálogos entre eles me deixou encantada.

A narrativa é simples e eu adorei isso a leitura é de tirar o fôlego, é um romance que me fez dar altas risadas com a cumplicidade e as maluquices dos dois.

O livro retrata todo o sentimento da Nalu e isso pra mim é um ponto muito positivo, tivemos capítulos narrados pelo Alec também foram poucos mais maravilhosos eu amo o jeitinho do Alec, e meu Deus eu quero um Alec na minha vida!!

No livro temos a Thaís que também aparece bastante e Lucas que irmão da Nalu, e gente a tensão entre eles é quase palpável não sei o que aconteceu entre eles, mas eles não aguentam ficar um perto do outro e eu já estou ansiosa para esse livro!

Eu amei esse livro e juro que nem acreditei quando vi que era o primeiro livro da autora, ela me conquistou com sua escrita jovial, sensual e com muito humor, amei recomendo muito a leitura! E eu conheci a autora na Bienal, ela é muito linda e simpática *-*

site: http://thaysmdelima.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Munique Andrade 17/08/2016

Nas proximidades do amor
O primeiro volume da Série Predestinados, da linda escritora Ligia Ortiz, que já iniciou com tudo. ‘Nas Proximidades do Amor’ é de tirar o fôlego, e apesar da minha correria, Nalu e Alec conseguiram me prender por apenas 3 dias. Simplesmente eletrizante, envolvente e apaixonante.

O Livro traz as aventuras de Ana Lúcia Alcântara Hanz (Nalu, como prefere ser chamada). Uma publicitária de 27 anos, com fortes traços de personalidade e independente. Em menos de 1 ano sua vida teve grandes transformações, pois seu último relacionamento foi marcante e devastador. Nalu foi traída por seu noivo Ian Heinzter, um publicitário famoso que após o termino da relação acabou expondo-a. Após esse processo doloroso, ela se decepcionou e fechou-se para o amor. Seu Porto Seguro tornou-se Caio, seu amigo colorido. Por não consegui conquistar o coração dela, não lhe oferece risco algum.


"E isso porque ele foi muito persistente e eu estava um pouco alta, a parte da carência eu deixo de lado. Sei que ele tem sentimentos por mim e é um cara muito legal, só que a química não acontece, não tem aquela paixão. No entanto, não o libero, mantenho-o ao meu lado. Não está certo, sei disso. Mas também sei que não estou pronta para outros caras." Pág. 35

Quando Nalu imaginou está indo tudo bem, aparece seu novo vizinho. Que não chegou apenas causando tumulto no seu apartamento, mas também em seu coração. Alec Villaz, um sedutor espanhol de 30 anos, decidido, maravilhoso e irresistível. São muitas qualidades em somente um homem! Mas, com o jeitinho folgado e ousado de vez em quando, ele conquistou-a cada vez mais.


"- Eu vou beija-la, Nalu - Alec afirma com voz rouca. Minhas pernas ficam ligeiramente bambas. - Se você não quiser que eu faça, fale agora, pois eu não vou parar depois." Pág. 145

Apesar de toda confusão nos primeiros encontros (que são bem divertidos e eu adorei), eles se tornam mais próximos e mesmo que ela tente resistir o novo sentimento nascido da química entre eles, este consegue ser mais forte e logo iniciam um relacionamento. E que namoro hein!! Uau!! Ligia traz uma relação sensual e eletrizante. E as cenas eróticas que apimentam ainda mais essa história, são muito bem escritas e envolventes. Com uma linguagem delicada, ela consegue arrancar todos os suspiros!!

E como na vida também há os espinhos, o que é fantástico porque torna a história ainda mais real, o casal também tem seus pontos baixos. O ciúme de Alec e a insistência da Nalu em manter a relação escondida por um tempo (pois não queria ser novamente o centro das atenções, como aconteceu depois do término com Ian), trazem ao casal alguns desentendimentos que colocam o amor entres eles à prova. E claro, a reconciliação é surpreendente!!

Vale ressaltar que além do casal sensacional, Ligia traz outros personagens maravilhosos. Como Thais Benitiz, melhor amiga da Nalu e uma pessoa super otimista e divertida. Os pais dela também se destacam por serem pessoas amorosas e compreensivas, pois mesmo sendo donos de um grande Haras e ricos, apoiam a vida independente da filha. E claro, não poderia esquecer a presença animada de Lucas, seu irmão gêmeo. Um cara super gente boa e bem companheiro. Mas, confesso que estou bem curiosa para saber o que realmente houve entre ele e a Thais. Mais um motivo para aguardar as novidades...

Por fim, quero agradecer muito a Ligia por nossa parceria e pela oportunidade de conhecer seu primeiro trabalho. Com certeza ela já chega se destacando e nos presenteando com uma obra nota 10. Um romance divertido e bem quente que nos rende um turbilhão de emoções. Confesso que estou apaixonada e super ansiosa para conhecer seus novos trabalhos. O livro é o primeiro volume da Série Predestinados, e no próximo ano será lançado o segundo: Renitências do amor! Aguardem, pois vem coisa especial por aí....


site: http://sessaodoslivros.blogspot.com.br/2015/12/resenha-nas-proximidades-do-amor.html
comentários(0)comente



Nathália 14/09/2016

Sexy, Envolvente e Apaixonante!

Nas Proximidades do Amor é o romance de estreia da autora brasileira Ligia Ortiz, parceira do blog, e foi lançado este ano pela Editora Novo Século pelo selo Talentos da Literatura Brasileira. O livro foi cedido pela própria autora e eu não poderia estar mais feliz em lê-lo e resenhá-lo.

Estava com altas expectativas e elas foram superadas! Engoli o livro em menos de dois dias! Não conseguia largar e a Ligia se tornou uma das minhas escritoras queridinhas *-*

O livro é narrado em primeira pessoa pela Ana Lúcia, mais conhecida como Nalu (adorei esse apelido), uma jovem publicitária que teve o coração partido da pior forma e luta para deixá-lo intacto.

Nalu vêm de uma família rica com alto nível social, porém a moça é humilde e sabe dar valor ao que realmente importa. Foi contra a escolha de seus pais para seu futuro profissional e julgou o que era certo para si própria. Cursou a faculdade de Publicidade e Propaganda e se tornou uma das melhores profissionais na área da empresa em que trabalha.

Nalu possui uma amizade colorida com Caio, um amigo e colega de trabalho, que acredita ser a melhor alternativa para proteger seu coração. Ele é uma boa pessoa e faz de tudo para agradá-la. Digamos que ele seja um “príncipe encantado”. Nalu sempre disse a verdade para Caio, que ela não queria nada sério. Só desejava um companheiro, mas que ficasse longe de compromisso. Porém, Caio nutre um sentimento por ela e espera que a moça mude de ideia.

Contudo, nem tudo são flores na vida. Nalu ganha um novo vizinho de porta. Que pode ser a solução dos seus problemas ou o início deles. Alec Villaz, seu novo vizinho, chegou cheio de atitudes e para dar uma balançada na vida de Nalu. O primeiro contato que eles tiveram foi indiretamente e que não causou uma boa primeira impressão. Mas, as coisas se ajeitam e mais surpresas envolvendo Alec, surgem para Nalu. Ele demonstra ser uma pessoa encantadora, educada, sedutora e bem determinada.

O deus grego além de ser vizinho, é colega de trabalho e parceiro de Nalu em um projeto! O destino intervindo na vida do futuro casal. Além dessas surpresas, ela não pode negar a atração forte que sente por Alec. A vida de Nalu vira de cabeça para baixo e ela terá que rever seus ideais sobre relacionamentos e colocar outros à prova.

Nalu tenta resistir à atração que sente por Alec, pois o vê como um terreno desconhecido e que possa machucá-la rapidamente. Já com Caio ela possui algo estável, duradouro e sem riscos. Mas a vida é bastante sem graça se não possui riscos, não é mesmo?

Alec consegue arrebatar Nalu da melhor forma possível e ela não consegue resistir às investidas do galã. (Quem iria conseguir? Haha)

Nalu e Alec começam um namoro. Só que Nalu faz um pedido a Alec: eles precisam esperar um mês para revelar o relacionamento. Pois, há pouco tempo ela estava com Caio e todos da agência sabiam disso. Se ela revelasse o namoro com Alec assim tão rápido, todos iriam começar a fofocar e Nalu não gosta dessa exposição. Ainda mais depois do que ela passou quando a traição de Ian veio a público. Alec aceita o pedido de Nalu, mas não gosta nada de esconder o relacionamento.

Os dias seguem e os pombinhos não poderiam estar mais felizes. Nalu e Alec ficam mais apaixonados a cada dia e isso é mostrado na superfície. Somente os amigos mais íntimos sabem do relacionamento dos dois. Porém, como guardar certos segredos não faz bem e nenhum, a verdade surge e não de uma forma agradável. Alec se torna bastante ciumento e começa a interpretar algumas coisas de forma errada.

No decorrer da trama isso dá bastante confusão e fiquei com o coração na mão em diversos momentos. O leitor sente as dores e surge uma vontade súbita de entrar no livro e esclarecer tudo para os personagens, pois eles são um casal tão lindo! Merecem ficar juntos para sempre.

O livro é recheado de surpresas deliciosas e eu ria muito quando a Nalu descobria os probleminhas que ela tinha encontrado ou se metido. Confesso que nas primeiras páginas do livro já havia me apaixonado pela história. Sério! Não estou puxando saco da Ligia, mas gente a história é incrível! Um New Adult divertido, moderno, instigante e intenso que nos faz ansiar por mais a cada página.

Amei a maneira como os fiozinhos das vidas de Nalu e Alec se entrelaçaram. Aconteceu rapidamente, mas nesse curto tempo podemos ver cada passo deles até chegar a um romance avassalador. Não foi algo que surgiu do nada. Aos poucos os personagens vão sentindo que algo está crescendo dentro do peito e que isso aumenta a cada dia. Tudo muito bem construído!

Podemos notar que o amor é intenso e chega de mansinho. Para, quando se encontrar verdadeiramente com seu parceiro, ele explodir em êxtase. É como dizem, às vezes esbarramos com várias pessoas ao longo de nossa vida e sofremos no caminho, porém um dia nossos passos se chocam na pessoa certa que nos fará completos e mais felizes. O livro nos faz pensar sobre várias coisas sobre o amor, ciúme, perda e incerteza.
Nas Proximidades do Amor, tem tudo para ser um romance de sucesso e que trás alegria a quem o ler. Entreguei-me nas partes divertidas e pude entender os motivos das atitudes dos personagens. Relacionamentos podem ser difíceis, mas quando encontramos a pessoa certa, mesmo que tenha momentos de dor, não dar para escapar dessa armadilha que irá nos proporcionar maravilhas.

Ligia soube conduzir a trama de forma fantástica! A escrita é uma delicia e ela nos conduz com maestria. Os diálogos são bem feitos, a descrição dos ambientes e dos momentos, até nos pequenos detalhes, são todos escritos de forma excepcional. Tudo que gosto em uma história que vale a pena, está nesse livro. Ligia tem um bom gosto incrível e escreveu de uma maneira que até as cenas mais hot eram bem descritas e nada apelativo.
Para o seu romance de estreia, Ligia está de parabéns! A história é bem escrita, possui detalhes essenciais com um toque excelente e de maneira nenhuma nos cansa. Li o livro em um dia e meio! Eu até poderia ter lido mais rápido, pois não conseguia desgrudar em nenhum momento. Quando não estava lendo, meus pensamentos sempre voltavam para a história e seus personagens. Incrível! Livro perfeito! Amei amei amei!

RESENHA COMPLETA NO BLOG

site: www.livrosdagarotavermelha.com.br
comentários(0)comente



Dayane 30/09/2014

Com uma escrita super leve e divertida, em Nas Proximidades do Amor, o leitor é levado a conhecer Nalu; alguém que, depois de uma grande decepção amorosa se fechou completamente, não querendo sentir nada que a fizesse se lembrar do que passou. E é em Caio, um amigo, que ela encontra essa superficial segurança em uma relação de "Amigos com benefícios" na qual não existe da parte dela, nenhum sentimento além do pré-estabelecido.
Mas, o amor nos surpreende e nos encontra e dá um jeito de entrar mesmo quando estamos acoados, como animais feridos... o amor nos alcança porque não importa o quanto enganemos a nós mesmos; todas as barreiras se desfazem diante de sua presença.

" Por mais que eu saiba o que eu quero, sei que não é o ideal. Quero dizer, estou nesse estado de confusão e nem temos nada, então imagine como seria estar com ele.
Ele pode me quebrar, eu sei que pode, e tenho muito medo de ficar no chão outra vez;"


Como posso explicar o quanto me surpreendi com essa leitura? O quanto realmente foi bom conhecer a história de Nalu e me identificar com vários de seus sentimentos? E tudo isso, sem spoiler?! Haha'
De um jeito despretensioso, em poucas páginas, L. A. L Ortiz já começou a me cativar; seus personagens pouco a pouco conquistaram seu espaço e até mesmo os secundários - querendo eternamente uma amiga como a Thais *-* - são completamente adoráveis com suas personalidades interessantes e divertidas que nos aproxima deles, os tornando pessoas reais aos nossos olhos... e eu realmente espero que exista um Alec por ai

Todos já viveram ou ao menos conhecem uma história de decepção amorosa, certo? Todos sabem o quão terrível isso pode ser... e, depois de passar por algo como isso, é muito difícil se abrir novamente. É como um trauma, uma lembrança contínua de que, na última vez que depositamos nossos sentimentos em outra pessoa, eles foram terrivelmente feridos. Foi muito interessante acompanhar isso em Nalu; o quão real era o medo que ela sentia de se permitir sentir e de passar por tudo novamente e ao mesmo tempo, ver toda a esperança que ela secretamente nutria de encontrar alguém que a convencesse a sair da zona segura e voltar a sentir algo que valesse a pena. E é quando Alec acontece.

Tenho que dizer que sou apaixonada por espanhóis desde Jesse de A Mediadora, e Alec me passou totalmente o charme que eu esperava; lindo, fofo e com uma persistência admirável, ele quer trazer para fora todos os sentimentos que Nalu tem refreado, quer fazê-la entender que o que seu ex, Ian, fez não é o comportamento natural de todos os homens. E que ele é como todos os outros.
Ele quer fazê-la feliz.

"A ferida que Ian deixou fechou, porém a cicatriz é visível e feia e cada vez que olho pra ela, eu estremeço."

Embora tenha gostado dos personagens de cara, foi nos capítulos finais que eles me surpreenderam, principalmente Nalu. Empora eu a tenha considerado teimosa demais em vários momentos o que, junto com vários mal-entendidos em alguns pontos, tornou as coisas cansativas, depois de algo que ocorreu na história ela me surpreendeu: eu esperei uma reação que normalmente odeio em algumas mocinhas; quando são magoadas e passam capítulos a fio lambendo suas feridas. Quer dizer, Nalu permitiu-se seu momento de auto-piedade, mas não se trancou na dor e isso me fez admirá-la. Tomou a atitude que, pessoalmente, espero ser sempre madura a fazer; tentou encontrar respostas práticas para enfrentar a sua dor ao invés de simplesmente se permitir ser engolida por ela o que me fez enxerga-la com outros olhos!

Então é isso! Se quer uma leitura fácil onde, mesmo quando você acredita que a autora perdeu o 'pique', dentro de alguns capítulos ela trás sua atenção completamente de volta a história de Nalu e Alec, esse é seu livro. Uma história de amor e recomeço fofa e que te faz sorrir no final (:

E então? Curiosos?

Compre já o seu exemplar na Amazon e conheça também essa história


"- Tempo, é? Certo, mas tenho que usar todas as armas que possuo par acelerar esse processo, então se encoste aqui em mim e vamos aproveitar a sua TV. - Fala ao me puxar ao seu lado.
E isso é tão natural, parece tão certo e me enche de medo."

site: http://letraseternasdayane.blogspot.com.br/2014/09/euli-nas-proximidades-do-amor-l-l-ortiz.html
comentários(0)comente



Joi Cardoso 03/09/2015

Me arrebatou e eu senti apenas amor!
Ana Lúcia Hanz, mas conhecida como Nalu é uma jovem publicitaria de 27 anos, bem sucedida e única mulher do grupo de criação da empresa WP Group. Indo contra todas as probabilidades Nalu resolveu deixar de lado a administração do Haras de sua família em Lins uma cidade do interior e se mudou para capital São Paulo.

Nalu tenta aos poucos, recuperar seu coração ferido. Ela viu seu casamento desmoronar dias antes da cerimônia, após pegar seu noivo na cama com outra. Além de lidar com o término, ainda teve que enfrentar a exposição da sua vida pessoal diante a mídia, já que ela era noiva de Ian Heinzter um dos mais requisitados publicitários do Brasil. Pra fechar, ainda foi acusada, de estar se relacionando com ele apenas para se promover.

Para manter seu coração seguro de toda e qualquer decepção, Nalu busca refúgio nos braços do seu colega e amigo Caio, apenas distração, nada sério, uma forma de manter seu corpo e mente ocupados. Com a chegada de um novo morador em seu prédio, é como se o destino tivesse reservado algo especial para Nalu. Alec Villaz, é um espanhol nascido em Madri, criado no Brasil, 30 anos, lindo e solteiro. Tudo passa a ser ainda mais perturbador quando ela descobre que além de ser seu vizinho de porta, Alec também seria seu novo colega de trabalho.

Mesmo com todas estas coincidências e Alec se mostrando claramente interessado, Nalu mantém sua mente longe de Alec, mas a atração entre os dois é arrebatadora. Mas até que ponto ela estaria disposta a se entregar para ele? Ela confiaria novamente?

Enquanto Nalu é uma personagem insegura diante de tudo que aconteceu no seu passado, Alec é ao contrário disso, é bem resolvido e sabe o que quer. É um pouquinho ciumento, ainda mais diante a teimosia de sua "namorada" em manter tudo às escondidas, por medo de decepcionar pessoas e decepcionar ela mesma.

O livro é narrado pela Nalu, mas eu amei que a autora nos presenteou com 3 capítulos narrados por Alec. Nesses capítulos conseguimos captar toda a essência do personagem, as reais intensões dele e o quão profundo e verdadeiro é seus sentimentos. Os personagens do livro são tão envolventes quanto os protagonistas, todos com muita presença e personalidade, principalmente se falando de Thais Benitiz, melhor amiga de Nalu. Para quem adorar ela, assim como eu pode comemorar, o próximo livro da série contará a sua história.

A mensagem de que a confiança é tudo em um relacionamento é notável e escrita com muita propriedade pela autora L.A.L Ortiz, de forma que sua obra seja muito mais palpável aos olhos de quem lê. Real, o livro prova que a verdade sempre deve imperar, mesmo quando tentamos omitir coisas de nós mesmos. Quando estamos cegos, por decepção, ciúmes e raiva (receita ingrata para inconsequências) é necessária muita maturidade de um casal, ainda mais para lidar com certos problemas. É neste jogo de encontros e desencontros que quase perdi meus cabelos com Nalu e Alec, mas sem spoilers por aqui!

Minha conclusão é que problemas, vão existir seja em um relacionamento de dois meses ou de anos. Não façam que estes mal entendidos se transformem em algo maior do que é, pois o amor sempre vale a pena. Diálogo é sempre tudo. Não deixem de falar ou fazer algo depois, o que pode ser feito agora, por que as vezes pode ser tarde demais.

O livro conta de uma forma fluída e com um ritmo de tirar o folego, um romance fofo, intenso, certo e forte. OK... com uma pitadinha de insanidade também. Enxergamos de uma forma singela, as consequências de uma decepção e da maneira que erguemos barreiras, quando nosso coração já foi quebrado. Mexe com nossos sentimentos e consegue te tocar profundamente, de forma que nos coloquemos na pele dos personagens. Com cenas quentes, engraçadas e até daquelas de doer o coração Nas Proximidades do Amor me encantou. Obrigada Lígia por compartilhar comigo sua obra, você acaba de ganhar uma nova fã.

Indico para todos que procuram um livro gostoso de ler com um romance que arrebata corações. Aqui amor, escolhas e oportunidades únicas caminham lado a lado. De que forma devemos agarrar qualquer e toda chance que a vida nos proporciona? Se você ama, faça dar certo, não meça consequências, apenas se entregue.

> Confere a resenha completa que fiz de Nas Proximidades do Amor lá no ED!

site: http://www.estantediagonal.com.br/2014/09/resenha-nas-proximidades-do-amor.html
comentários(0)comente



Flávia Nunes | Sobre Vícios 08/10/2015

"Em voos altos os tombos são proporcionais"
Nalu teve seu coração despedaçado e não quer passar por isso novamente, bonita, jovem e inteligente, vive focada no trabalho e mantém uma "amizade colorida" com seu colega de trabalho Caio.
Até aí tudo bem, né? Uma vida tranquila, até conhecer seu novo vizinho. E que vizinho.. Haha

Alec, seu vizinho lindo e cheio de charme é decidido e vai atrás do que quer.
O início do livro me deixou vidrada, comecei a torcer absurdamente pelo Alec e fui agraciada com uma leitura perspicaz e rica em detalhes. A paquera rolou solta, troca de olhares aguçados e provocações, deixando um toque de "paixão" no ar.

Chegamos ao meado da história e começo a desgostar da Nalu; como um mulher tão inteligente pode ter atitudes tão "infantis" ? Fiquei irritada e querendo consolar o Alec, porque né... KKKKKKK.



Contudo, a Ligia não estava pra brincadeira, o decorrer da história despertou em mim os mais diversos sentimentos. Desde a curiosidade por saber o que aconteceu entre Thais (melhor amiga de Nalu) e Lucas (irmão de Nalu), ao gostar/desgostar/gostar de Nalu.
A autora soube mostrar seus personagens como pessoas normais, que erram, traem, com atitudes impensadas, tem ciúmes e vontades.

Atrelado a tudo isso vem a parte "quente" da história, hahaha :) Com cenas bem descritas, e ricas em detalhes, mas levando tudo num clima de puro romance, nada vulgar.
O livro não é apenas sexo, o nosso casal tem uma sintonia incrível.


Eu recomendo!

site: www.sobrevicios.com.br
comentários(0)comente



gi 16/05/2016

Cativante
Um livro de romance fofo, cheio de altos e baixos como é a vida na realidade. Uma agradável leitura que nos faz torcer e acreditar que o amor supera tudo.
comentários(0)comente



Kari 27/11/2015

O romance conquista o leitor e faz com que cada página virada seja um suspiro!

Nas proximidades do amor é o primeiro volume da série Predestinados e nos apresenta Ana Lúcia, ou simplesmente Nalu, como prefere ser chamada. Depois de vivenciar momentos realmente ruins em sua vida a pouco mais de oito meses, Nalu se fechou um pouco para o amor e o que está ao redor, mesmo assim mantém uma amizade colorida com Caio, que está caidinho por ela, mas que, porém não consegue despertar em Nalu nada arrebatador.

As coisas mudam de figura quando o novo vizinho de porta entra em sua vida, ele parece ser aquelas pessoas impossíveis de evitar.. Primeiro por ser deslumbrante, loucamente sexy e lindo e outra que além de ele ser seu vizinho de porta, parece estar em todos os lugares que Nalu frequenta.

A atração entre os dois é explosiva e instantânea.. Alec é simplesmente irresistível e mexe com a cabeça de Nalu. Mesmo preferindo sua zona de conforto, onde sabe que não irá se machucar com Caio, Nalu não consegue resistir à atração provocada por Alec e logo se veem envolvidos e namorando; porém depois de todo seu passado com o noivo traidor, e seu relacionamento colorido com Caio, Ela prefere se resguardar e manter o relacionamento entre eles por um curto tempo; Alec obviamente não gosta da história.. E o que era maravilhosamente arrebatador acaba indo para o brejo com situações em que as coisas não são o que parecem.

Uma coisa pode ter certeza com o romance de Nalu e Alec, não basta paixão, desejo e vontade, segredos são destrutivos e podem minar cada gotinha de atração e paixão existente em qualquer relacionamento.

A história flui de maneira rápida e intensa.. Quem nunca se viu perdidamente atraída e arrebatada por alguém que mal acabou de conhecer? Um desejo e uma paixão irresistível que tira você "da casinha" e te faz querer fazer loucuras? Assim é com Nalu, mas claro que nem tudo são flores e chocolates e logo o gosto amargo dos erros cobra seu preço.. Será essa paixão forte o bastante para resistir?

A história vem pelo ponto de vista de Nalu em sua maioria, com alguns capítulos onde Alec é o narrador..

O amor não tem tempo certo, nem espera seu mundo estar perfeito para acontecer.. Ele simplesmente chega; às vezes de mansinho e outras intenso e arrebatador como o de Nalu e Alec, basta saber se você está pronto para viver isso?!

Recomendo o romance que tem uma capa que combinou muito com a história e uma escrita viciante!
Ando na fase romance e Nas proximidades do amor cumpriu seu papel me deixando louca para saber o que viria a seguir!
comentários(0)comente



Marina - @respire.literatura 10/02/2016

Nas Proximidades do Amor, de Ligia Ortiz
Nas Proximidades do amor, é o primeiro volume da série Predestinados, da autora nacional Ligia Ortiz.
O livro é um romance muito delicioso, que mostra como o amor pode superar todas as coisas, perdoar e recomeçar. Com uma trama bastante emocionante e cativante, fazendo o leitor ficar extasiado com cada palavra lida, além de deixar nosso coração derretido sendo impossível não se apaixonar pelo casal.

Ana Lúcia Alcântara Hanz, ou Nalu, é uma jovem publicitária, independente, inteligente, porém com um passado conturbado.
Acontece que uma semana antes de subir ao altar, seu ex-noivo, Ian, a abandonou com a desculpa que tinha repensado na relação. Nalu ficou um caco, mas deu a volta por cima e se recuperou. Agora, ela tem uma amizade colorida com Caio, seu colega de trabalho, e não pretende se entregar emocionalmente para ninguém ou trocar o seguro pelo duvidoso. Contudo, seus planos vão por água abaixo a partir do momento que ela conhece seu novo vizinho, Alec Villaz.

"Eu não sei quanto a ele, mas eu estou muito tensa com essa proximidade."

Nalu deseja preservar seus sentimentos, mas é inegável a atração que sente por Alec.
Inclusive, Alec também sente o mesmo desejo por ela. Ele é um homem lindo, carinhoso, atencioso e decidido, que faz tudo para conseguir o que quer.
No começo do livro, eles trocaram umas farpas, mas tudo isso foi transformado em desejo e atração mútua. Nesse ponto a trama é previsível, visto que é obvio que os dois vão ficar juntos, mas ainda sim, a autora de uma maneira única consegue transformar esse romance tão comum em uma coisa doce e impar.

A cada dia que passa o envolvimento entre eles fica cada vez mais forte e Nalu precisa que abrir mão de algumas coisas para viver esse amor. Alec quer gritar para os quatro cantos do mundo que Ana Lúcia é sua, mas ela pede um tempo e que o romance fique às escondidas, visto que ela, Alec e Caio trabalham no mesmo lugar e ela quer evitar as fofocas que vão surgir quando souberem que ela e Alec estão juntos. E NAMORANDO!
Contra sua vontade, Alec aceita, mas o que eles não sabem é que esse namoro escondido vai dá um baita problemão.

Enfim, a trama foca nesse romance, na vida diária do casal e nas descobertas do amor. Eles formam um lindo casal, cada um com suas diferenças, cada um com sua personalidade, e ambos com o mesmo sentimento de amor e reciprocidade. É impossível não se apaixonar pelo casal e não torcer por eles.

"Em um momento de lucidez, vejo como demorei a admitir a imensa atração que tive ao vê-lo pela primeira vez, e agora que o provei, não consigo ter o bastante."

Entretanto, nem tudo são flores e a verdade sempre aparece, mesmo que seja da pior forma.

RESENHA COMPLETA NO BLOG: http://www.anebee.com.br/2016/01/resenha-nas-proximidades-do-amor-de.html

site: http://www.anebee.com.br/2016/01/resenha-nas-proximidades-do-amor-de.html
comentários(0)comente



Krys Paula 27/03/2015

Não consigo comprar
Boa tarde já tentei comprar de todas as formas e não consigo.
Alguém pode me ajudar
comentários(0)comente



dayse 12/12/2015

Apaixonante!
comentários(0)comente



Rafa 29/01/2019

Romance Leve
Nas proximidades do amor, vai falar sobre como devemos nos permitir amar novamente mesmo quando fomos duramente magoados no passado.

Nalu é uma publicitária bem resolvida, que foi traída pelo noivo uma semana antes do casamento, vivendo um caso com Caio, colega de trabalho, ela não quer saber de se relacionar tão cedo. Até que conhece seu novo vizinho Alec, um espanhol que vai se interessar por essa mulher linda e atraente, e muito solitária.

A trama gira em torno somente do romance em si. Vemos que os dois começam uma amizade mais madura, enquanto vivem aquela tensão de atração. Porém para isso Nalu precisará se decidir entre viver apenas suas noites com Caio ou algo mais sério com Alec.

Eu gostei da escrita da autora, embora faço ressalvas sobre a quantidade de vezes que essa personagem sentia sono ou mostrava a lingua. Foram duas coisas que me incomodaram, por que Nalu estava sempre cansada e essa coisa de mostrar a lingua é muito infantil.

O romance começa gostosinho porém acontece algo que me desagradou e muito, e ali vi a personagem ser mais madura e pé firme. E gostei muito das atitudes dela, embora não tenham durado nem 10 páginas.

O mocinho Alec, para mim não funcionou, seja pela forma possessiva dele, com ciumes de qualquer um, até na suas atitudes que só fizeram o casal se distanciar mais. Eu odiei ele na verdade e não torci para ele.

Os amigos de Nalu são bem construidos e legais. Caio é uma pessoa que gostei muito no começo, mas como sempre os autores precisam transformar o cara que vai sobrar em vilão, para coisa ter sentido, quando na verdade não precisa disso. Simplesmente dê a ele um fim digno.

E por fim acho que o passado de Nalu foi muito pouco explorado, ainda mais que a sinopse começa falando dessa traição, que só vamos realmente saber o que aconteceu em uns 70% do livro...

É um romance bem água com açucar para passar o tempo. E eu não gostei do desfecho no final, porém amei o ultimo paragrafo. Sendo meu quote do livro!

"ÀS VEZES, AS SITUAÇÕES NÃO SÃO CLARAS, E O DESTINO NOS PREGA PEÇAS OU O TRABALHO É TÃO ÁRDUO QUE VACILAMOS EM NOSSA DETERMINAÇÃO. MAS, QUANDO SE SENTE QUE ALGO É ESPECIAL, CADA SUOR E CADA ESFORÇO VALEM A PENA. NEM TUDO SÃO FLORES. ALGUMAS COISAS SÃO SEMENTES. EM UM PRIMEIRO OLHAR, PODE PARECER APENAS ALGO DIMINUTO E SEM VALOR. PORÉM, PARA ALGUÉM QUE VÊ ALÉM, SABE QUE UMA PEQUENA SEMENTE CARREGA UM POTENCIAL ENORME E, QUANDO CUIDADA COM DEDICAÇÃO, PERSEVERANÇA E AMOR, NÃO HÁ INTERMPERIE QUE A IMPEÇA DE FLORESCER."
comentários(0)comente



Everything but the books 21/11/2015

Esse é o romance de estreia da autora. Já havia comentado sobre ele, há alguns dias. Ligia se tornou nossa mais nova parceira e tive a oportunidade de conhecê-la na Bienal do Livro, no Rio de Janeiro deste ano. Ela é uma simpatia de pessoa, gente. Conversamos e a vontade de ler o livro dela só aumentou.

Sabe aquela história que a gente começa a ler e de repente ela acabou e você nem percebeu de tão envolvido que estava? Esse é assim…

Ana Lúcia, ou Nalu para os íntimos, sofreu muito ao ser traída pelo noivo às vésperas do casamento. Conseguiu dar a volta por cima com a ajuda da família, amigos e de Caio, um rapaz com que trabalha e se tornou sua válvula de escape.

Tudo parecia perfeito até ela se esbarrar com seu novo vizinho e pedaço de mal caminho, Alec.
E para sua surpresa, além de encontrá-lo no corredor do prédio em que moram, ela terá que vê-lo todos os dias, já que ele se tornou o novo redator da empresa em que ela trabalha e juntos terão que desenvolver um projeto.

Nalu não tem como esconder a atração que sente pelo novo morador e sabe que ele está disposto a conquistá-la a todo custo, nem que seja preciso ganhá-la pelo cansaço.

"— Eu vou beija-la, Nalu — Alec afirma com voz rouca. Minhas pernas ficam ligeiramente bambas. — Se você não quiser que eu faça, fale agora, pois eu não vou parar depois."

Agora Nalu precisa decidir entre o comum e estável não-relacionamento com Caio ou o romance de tirar o fôlego com Alec.

"— De repente é de uma bagunça na sua vida que você realmente precisa. Tem cada bagunça boa, e acho que ele é esse tipo de bagunça."

Uma história repleta de encontros e desencontros.

Com uma escrita muio detalhada, a autora nos conduz a um passeio pelas ruas de São Paulo e nos convida a entrar na vida desse casal que é pura explosão.



site: http://blogeverythingbutthebooks.com/2015/10/09/resenha-nas-proximidades-do-amor-de-ligia-ortiz-novoseculo/
comentários(0)comente



Maria Gabriela | Um livro ou dois 21/11/2015

Um romance arrebatador e apaixonante, daqueles difíceis de largar. Com diversas cenas quentes e digno de grandes suspiros.

O livro fala sobre Ana Lúcia Alcântara, mais conhecida como Nalu. Uma jovem batalhadora e muito bonita, que trabalha em uma agência de publicidade próximo ao seu apartamento em São Paulo.
Apesar de ser bem sucedida e desenvolvida, Nalu passou por uma grande desilusão amorosa com (seu ex-noivo) Ian. Por isso, ela é isolada para novos amores e apenas se permite ter uma relação de amizade e sexo com Caio, seu colega de trabalho.
O problema é que ele vê ela como sua namorada, ou melhor, espera isso dela. Porém nunca foi correspondido.

Nalu tem uma melhor amiga chamada Thais, que a acompanha toda manhã em suas corridas. E um irmão carinhoso e encrenqueiro, chamado Lucas.

Um certo dia, Nalu descobriu ter um novo vizinho. Infelizmente, nem a descoberta e nem o primeiro contato deles foi bom. Mas já no primeiro "encontro", Alec mostrou não ser um idiota. O que surpreendeu Nalu.

Não era para menos, Alec é um deus grego por inteiro. Além de se parecer muito com ela e ser lindo, também é independente, trabalhador e decidido. E se você acredita em coincidência, ele começou a trabalhar no mesmo lugar de Nalu. Já deu pra perceber que ficar longe desse perdição era difícil, né? E com toda essa proximidade, eles acabam se entendendo e virando amigos. E descobrem mais uma coisa em comum: o desejo de um pelo outro.

"Só o fato de estar junto dele, sem fazer absolutamente nada, é maravilhoso."

O bom dessa confusão toda, é que Nalu toma uma decisão que facilita para ela se entregar de corpo e alma para Alec. E por diversas vezes, estava claro que eles nasceram um para o outro. Nalu e Alec se completam, literalmente. Não só no trabalho, como na cama também. O romance deles é o mais lindo, aqueles tão gostoso de ver que você deseja ter uma chance igual a essa.

"Tem cada bagunça boa, e acho que ele é esse tipo de bagunça."

A escrita da Ligia é deliciosa, o que faz a leitura fluir rapidamente e profundamente. Sabe detalhar cada aspecto importante e a história é tão bem escrita que parece real. O livro é narrado por Nalu e em algumas partes por Alec, o que torna tudo mais interessante.
A capa foi bem escolhida, só de ver já dá pra ter uma ideia do fogo desse casal.

Apesar do pouco tempo que tive para ler, todo minutinho disponível era pra continuar a leitura. Principalmente porque acontece tanta coisa que você não consegue nem largar.
Amei e recomendo para aqueles que curtem romances, desencontros, cenas quentes, casais apaixonantes, amizades e acima de tudo uma leitura gostosa, porque nesse livro tem tudo isso e muito mais!



E pra deixar vocês (e eu) com gostinho de quero mais, esse é só o primeiro livro da série Predestinados. Uma série independente, na qual cada livro conta a história de um casal.
O segundo volume se chamará "Renitências do amor", e contará a história da Thais e Lucas. Fiquei muito feliz em saber disso, porque a única coisa que ficou um pouco vago foi saber o que aconteceu entre eles.
E mais feliz ainda em saber que a história está bombástica!

Quem lê e não sabe, nem acredita que "Nas proximidades do amor" é o livro de estreia da Ligia, pois o talento já foi declarado logo de cara! E que estreia viu! Que venha mais e mais livros escritos por ela, e saiba que terei o maior prazer em ler todos.

site: www.blogumlivrooudois.blogspot.com
comentários(0)comente



33 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3