Já tentei de tudo!

Já tentei de tudo! Isabelle Filliozat




Resenhas - Já tentei de tudo!


7 encontrados | exibindo 1 a 7


Vany 12/01/2019

Dicas preciosas
Ótimo livro, com dicas preciosas para ajudar nós pais a entendermos melhor como funciona a cabeça das crianças e ajudá-los a se desenvolver sem enlouquecermos no processo! ;-)
A leitura é leve e divertida. E como exemplos práticos. Recomendo!
comentários(0)comente



Bárbara Vitoriano 09/12/2018

Todos os pais deveriam ler
Nessa minha vida de mãe, já perdi a conta de quantas vezes eu me vi sem saída diante de alguma situação, sem entender o que estava acontecendo e muito menos sem saber como agir. Meu instinto dizia uma coisa, palpites outra, os especialistas davam outro caminho.

Parece que quando são maiores, já sabem dizer o que sentem, é mais fácil compreender, lidar não sei, mas compreender sim.

Mas quando são pequenos, uma reação deles pode significar muitas coisas, e é um grande aprendizado nosso entendê-los e acolhe-los.

Com o passar do tempo fui entendendo que a informação era a chave sempre para fazer melhores escolhas. Se eu entendesse melhor o porque daquilo, teria melhores chances de escolher caminhos mais conscientes.

Neste cenário conheci o livro “Já tentei de tudo!” escrito pela psicoterapeuta Isabelle Filliozat, indicação em um grupo de mães que faço parte.

O livro tem a proposta de trazer, em uma linguagem fácil e acessível, o ponto de vista biológico e psicológico das crianças de 1 a 5 anos. Ou seja, ele descreve o que acontece em cada fase, explicando os comportamentos mais comuns em cada fase, e sabendo o que acontece com eles, consequentemente, formas de lidar com tudo aquilo de modo respeitoso.
Os primeiros capítulos são dedicados a explicar de forma mais geral o que acontece na primeira infância, depois os capítulos vão sendo divididos por idade da criança (o que é excelente, porque apesar do livro todo ser maravilhoso, quando o bicho tá pegando, você vai direto na idade da criança), os últimos capítulos são destinados aos temas: limites, brigas e comportamentos comuns da idade em geral.

Cada capítulo começa com um tópico mostrando uma situação familiar e uma reação dos pais. Logo vem uma explicação por parte da criança do que está acontecendo com ela. Um outro box em destaque ilustrado por uma lâmpada Led esclarece a situação sob o ângulo das descobertas das neurociências e da psicologia experimental. E em seguida uma opção de ação positiva é apresentada.
É bom a gente ter em mente que o livro não é um manual, existem muitas maneiras de lidar com uma situação, além do que cada situação é uma e cada criança é uma também. Nem sempre as coisas vão funcionar tudo certinho, mas são muito interessantes as ações propostas para cada situação e como elas nos ajudam na prática.

O conteúdo é rico e nos abre novos horizontes nessa jornada de criar um filho.

Update: Saiu a segunda edição do livro com nova capa, junto com o lançamento do livro “Meu filho me enlouquece” que fala das crianças de 6 a 11 anos.

site: http://barbaravitoriano.com.br/ja-tentei-de-tudo-de-isabelle-filliozat/
comentários(0)comente



Juliana Gomes 19/10/2018

“Não nos apressemos. Aproveitemos cada instante de cada etapa da vida de nossos filhos. Passa rápido demais. Existe apenas uma única e verdadeira urgência:
AMAR!
O resto, afinal, é assim tão grave?
A psicoterapeuta Isabelle Filliozat aborda um assunto muito importante e difícil para os pais: a temível pirraça. .
Que pai ou mãe nunca morreu de medo do filho cair no chão no supermercado? Começar a gritar nos lugares? .
Se você tem esse medo, é bom começar a ler o mais rápido possível esse livro. .
No livro a autora mostra que a pirraça, acreditada por muitas pessoas como sinal de má vontade, desobediência, insolência ou falta de educação, é na verdade a maneira que as crianças têm de expressarem suas emoções, frustrações e necessidades. .
Muitas atitudes feitas pelas crianças que os pais pensam que é pra irrita-los ou até mesmo afronta-los são abordadas sob o ponto de vista dos pequenos. O que é muito importante para nos fazer refletir e colocar-se em seus lugares. .
O livro conta com diálogos entre pai/mãe e filho através de ilustrações muito educativas, além de ter os capítulos separados por idade, o que facilita caso o leitor queira reler alguma parte.
Para quem tem filhos entre 1 e 5 anos é praticamente uma leitura obrigatória. .
Através desse livro comecei a compreender melhor alguns comportamentos, emoções e sentimentos do meu filho, tentando vê se a situação sempre do ponto de vista dele. .
Além do livro nos alertar para aproveitar mais cada fase das crianças, uma vez que passa muito rápido.

site: https://www.instagram.com/p/BnE6QfInbUy/?taken-by=coisinhasdajuh
comentários(0)comente



Bárbara Vitoriano 12/01/2018

Todos os pais deveriam ler
entender o que estava acontecendo e muito menos sem saber como agir. Meu instinto dizia uma coisa, palpites outra, os especialistas davam outro caminho.

Parece que quando são maiores, já sabem dizer o que sentem, é mais fácil compreender, lidar não sei, mas compreender sim.

Mas quando são pequenos, uma reação deles pode significar muitas coisas, e é um grande aprendizado nosso entendê-los e acolhe-los.

Com o passar do tempo fui entendendo que a informação era a chave sempre para fazer melhores escolhas. Se eu entendesse melhor o porque daquilo, teria melhores chances de escolher caminhos mais conscientes.

Neste cenário conheci o livro "Já tentei de tudo!" escrito pela psicoterapeuta Isabelle Filliozat, indicação em um grupo de mães que faço parte.

O livro tem a proposta de trazer, em uma linguagem fácil e acessível, o ponto de vista biológico e psicológico das crianças de 1 a 5 anos. Ou seja, ele descreve o que acontece em cada fase, explicando os comportamentos mais comuns em cada fase, e sabendo o que acontece com eles, consequentemente, formas de lidar com tudo aquilo de modo respeitoso.

Os primeiros capítulos são dedicados a explicar de forma mais geral o que acontece na primeira infância, depois os capítulos vão sendo divididos por idade da criança (o que é excelente, porque apesar do livro todo ser maravilhoso, quando o bicho tá pegando, você vai direto na idade da criança), os últimos capítulos são destinados aos temas: limites, brigas e comportamentos comuns da idade em geral.

Cada capítulo começa com um tópico mostrando uma situação familiar e uma reação dos pais. Logo vem uma explicação por parte da criança do que está acontecendo com ela. Um outro box em destaque ilustrado por uma lâmpada Led esclarece a situação sob o ângulo das descobertas das neurociências e da psicologia experimental. E em seguida uma opção de ação positiva é apresentada.

É bom a gente ter em mente que o livro não é um manual, existem muitas maneiras de lidar com uma situação, além do que cada situação é uma e cada criança é uma também. Nem sempre as coisas vão funcionar tudo certinho, mas são muito interessantes as ações propostas para cada situação e como elas nos ajudam na prática.

O conteúdo é rico e nos abre novos horizontes nessa jornada de criar um filho.

site: http://barbaravitoriano.com.br/livro-ja-tentei-de-tudo-isabelle-filliozat/
comentários(0)comente



Andréa Bistafa 26/04/2016

http://www.fundofalso.com
Um ótimo livro para pais de primeira, segunda e terceira viagem que queiram (e precisem) entender um pouco mais sobre seus filhos.

A autora, Isabelle Filliozat é psicoterapeuta e fundadora da Escola de Inteligencia Emocional e Relacional em Paris. Ela ainda é a criadora de sua própria teoria terapêutica, a Empatia Integradora, e através dela, com base em seus estudos e experiencias pessoais que ira nos contar e explicar muita coisa importante na criação de nossos filhos, focando nesse livro a faixa etária de 1 a 5 anos.

O grande foco da obra são as birras, manhas e ataques de raiva muito comuns em crianças.
A autora é direta em explicar cientificamente o porque os pequenos choram tanto e fazem tanta birra para os pais. Explica muito bem o que se passa nas pequenas cabecinhas que faz com que nós pais pare realmente para refletir.
Quem é pai/mãe sabe o estresse que tanta birra gera dentro de casa. Birra para comer, para tomar banho, para ir a escola, birra para as coisas mais simples como colocar as meias. Esse estresse e falta de conhecimento dos pais levam-os muitas vezes a repreender seus filhos de forma errada, piorando a situação em vez de realmente educar. Acontece que na cabeça dos pequenos as regras não são tão facilmente visualizadas como na cabeça de um adulto, por isso informação e paciência é essencial.

Será que realmente crianças tão novas com seus cérebros em desenvolvimento são capazes de manipular os pais? Ou estariam apenas expressando seus sentimentos da unica forma como conseguem?

Esse livro, simples e direto me ajudou a entender uma boa quantidade de coisas que eu realmente não achava importante na criação do meu filho. É muito interessante como são aplicados os trechos reflexivos, através de ilustrações e baloes de fala onde a própria criança tenta contar seus medos e inseguranças, isso se elas realmente conseguissem se expressar com tão pouca idade.
Todas as situações são cotidianas, e com certeza os pais se verão em quase todas elas assim como aconteceu comigo.

Leitura fácil e objetiva.
O livro é todo dividido por etapas, tudo pode ser encontrado facilmente no sumario. Para facilitar a autora começa pelas crianças de 1 aninho e segue apresentando todas as situações que vivemos até os 5 anos de idade. Tudo muito divertido e espontâneo.

Enfim, não é um livro de ficção onde podemos resenhar de forma à avaliar todos os critérios habituais, mas dentro do que esse livros se propõe e ao publico em que se destina, se você se enquadra nele, aconselho mesmo que leia! É importantíssimo entender nossos pequenos, assim amenizando seus pequenos conflitos e deixando de viver sempre a beira do aquele de nervos! Rs

site: http://www.fundofalso.com/2014/11/resenha-ja-tentei-de-tudo-isabelle.html
comentários(0)comente



Gabriela.Costa 21/04/2016

Muito interessante
Não vejo como um manual de auto-ajuda para os pais. Este livro tem uma perspectiva que parte da criança, como esta criança pensa e vê o mundo ao seu redor, e consequentemente seu modo de agir. Vale a leitura!
comentários(0)comente



Nathaly Rodrigues 30/12/2015

Todo pai e mãe deveria ler!!
Na minha caçada por livros em português que tratasse sobre o “Terrible Two” popularmente conhecido como “A crise dos dois anos” eu me deparei com esse livro. A autora propõe maneiras gentis de trabalhar questões como; Birras, manhas e ataques de raiva do 1ª a 5º ano de vida. Como se não bastasse explicar, a autora resolveu desenhar! Desenhar? isso mesmo, o livro tem desenhos de situações hipotéticas e reais que muitas de nós passamos no nosso dia a dia, ou passaremos (se você ainda está grávida!). É muito fácil e rápido de ler, e serve de manual pra hora ou outra você folhear, e aprender a lidar melhor com situações inevitáveis dessa fase linda (só que não) de nossos filhos.

site: http://identidadematerna.com.br/2015/09/02/engravidei-que-livro-eu-devo-ler/
comentários(0)comente



7 encontrados | exibindo 1 a 7