A Formatura

A Formatura Joelle Charbonneau




Resenhas - A Formatura


77 encontrados | exibindo 31 a 46
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6


Clã 05/01/2015

Clã dos Livros - A Formatura
Esta resenha contém spoiler do livro 2. Se você ainda não leu Estudo Independente é melhor não ler a resenha! ;)

" Quando termino, porém, o desenho no centro do círculo ligeiramente oval é inconfundível: dois raios cruzados.Um símbolo de poder. Da eliminação da ignorância. E de uma rebelião que tem que superar probabilidades absurdas para triunfar. Um símbolo que combina meu passado e meu futuro. E chegou a hora de esse futuro começar."

Malencia se surpreende ao presenciar Symon, o líder da rebelião, matando Michal, um aliado que lhe entregava provas capazes de acabar com o Teste. Assim termina Estudo Independente, livro 2 da Trilogia.

A moça fica sem chão, pois tudo o que pensava sobre a rebelião estava errado. Ao refletir sobre o problema percebe que o melhor é contar tudo à presidente e deixar em suas mãos que resolva o que fazer. Mas Malencia não esperava que ao invés de assumir o problema, a Senhora Collindar devolvesse-o às mãos dela.

" - Não vou matar o doutor Barnes e seus seguidores. - Ela coloca a pasta na minha mão. - Você vai."

Cia se vê então, com a difícil tarefa de eliminar os líderes que controlam o Teste e acabar com a matança de tantos jovens.

"(...) não tenho certeza de que seja capaz de seguir a trilha que ela me apontou."

Ela precisa correr contra o tempo com a mais complicada das tarefas. Recrutar ajudantes capazes de matar e nos quais possa confiar, pois sozinha não conseguirá eliminar todos da lista que a presidente lhe incumbiu.
E agora, em quem confiar? Quem teria a capacidade certa para ajudar e não os entregaria aos inimigos? Como ter certeza do que fazer e de quem escolher?

" Tem havido muitas mortes desnecessárias. O peso da vida dessas pessoas pressiona meu peito, dificultando a respiração. Em quem acreditar? Na presidente? Em Raffe? Em Tomas? Em mim mesma?"

Cia amadureceu muito ao longo da trilogia e suas decisões estão a cada momento mais inteligentes. Ela se questiona a todo momento sobre o que deve ou não fazer, e muda seus planos ao longo da história, demonstrando, mesmo sem perceber, que foi a melhor escolha para liderar o grupo.

Ela e Tomas continuam apaixonados, mesmo com tantos problemas e os dois ganham algumas pequenas e merecidas cenas românticas.

"- Tomas? - Procuro tocá-lo, mas ele se afasta do meu toque.
- Prometa que, se a gente fracassar e a guerra estourar, a gente foge - ele diz.
- Você não pode...
- Posso sim. - Ele se aproxima e vejo seu rosto na penumbra. Tão bonito! Tão querido! - Não vou deixar que você faça isso sozinha.(...)
- Só vou quando você for. Até lá, estamos juntos nisto."

A Formatura foi, sem dúvida, um desfecho bem elaborado e inteligente, com reviravoltas impressionantes e surpreendentes.
Alguns personagens ganharam destaque e conquistaram nossa atenção, Raffe, Stacia, Will, o próprio Doutor Barnes, entre outros.

Se você já é fã da Trilogia, (que entrou na minha lista de favoritos) prepare-se para se surpreender com o desenrolar de A Formatura.

Amei e recomendo!

site: http://cladoslivros.blogspot.com.br/2014/12/resenha-formatura-livro-3-da-trilogia-o.html
comentários(0)comente



Dressa Oficial 13/02/2015

Resenha - A Formatura
Olá, tudo bem com você?

Confesso que estava com medo de ler o último livro da trilogia "O Teste" e acabar não gostando muito, tanto que comecei a ler sem muitas expectativas e acabou que não gostei tanto igual aos outros livros.

Cia agora que sabe como funciona a ação dos governantes para manter "O Teste" matando jovens inocentes e fazendo com que se descubra novos líderes, agora tem uma missão dada pela presidente Collindar de matar algumas pessoas para que "O Teste" possa acabar de vez.

Porém neste último livro da trilogia o desafio de Cia é matar, e ela acha que pode existir justiça sem matar ninguém, e então a leitura deste livro fica muito tempo nas divagações da Cia em tomar uma decisão se deve matar ou não as pessoas que a presidente lhe passou.

Claro que ela não tem como fazer tudo isto sozinha e então ela começa a selecionar algumas pessoas para lhe ajudar nesta tarefa o que ajuda muito a Cia no livro todo e neste não é diferente é sua intuição que sempre faz com ela acerte nas escolhas das pessoas que podem ajuda-la.

Tomas, Stacia, Will, Zeen Raffe e Enzo acabam sendo muito importantes para compor o time de Cia e toda as reviravoltas, porém apesar de Cia se mostrar bastante sensata em muitos momentos se torna pensativa demais em relação a tudo.

Confesso que esperava mais ação neste último volume, o que teve nos dois primeiros volumes foi tanta ação que Cia mal tinha tempo para pensar em muitas coisas e já neste teve muitos capítulos longos o que me incomodou um pouco e seus pensamentos de matar ou não tais pessoas deixaram o livro sem muitos diálogos.

E achei toda a justificativa final do livro muito fraca para tanta matança no começo da série, acho que deveria seguir o mesmo ritmo dos dois primeiros livros e infelizmente este último volume não me agradou tanto igual aos dois primeiros.

O Teste ( resenha aqui) e Estudo Independente ( resenha aqui) foram dois livros muito bons, que tiveram ação, a leitura fluiu rápido e o final dos dois livros foram bem importantes para deixar o gancho para o próximo volume.

Mas um coisa que não entendi foi o nome deste livro, afinal eles não fazem nenhum tipo de Formatura, pelo contrário os estudos são até cancelados então porque será que escolheram este nome?

Se você gosta de distopias recomendo a leitura da série mas infelizmente o último livro deixou muito a desejar.

A edição esta muito boa, letras em bom tamanho, capítulos separados porém um pouco longos, páginas amarelas e a narrativa em primeira pessoa pela Cia, e desta vez não teve marcador do livro para destacar como nos outros volumes, uma pena porque tinha adorado isso.

A trilogia O Teste é boa, consegue passar uma mensagem legal nos dois primeiros livros mas infelizmente peca no final, os direitos já foram comprados para virar filme então em breve teremos mais novidades desta trilogia.

Beijos

Até mais...

site: http://www.livrosechocolatequente.com.br/2015/01/resenha-formatura.html
Lidia 23/05/2019minha estante
Exatamente. Cia pra mim pe chata. Como assim não matar ninguém? ELA Acha que todo mundo tem um lado legalzinho. Levei duas semas pra ler esse último livro. D etão devagar que estava.

Podia ter sido uma das melhores trilogias que já li, mas foi uma das mais chatas. Infelizmente.




Lele 04/04/2020

Satisfeita
Terminei esse livro com uma dorzinha no coração. Essa trilogia me conquistou muito, não esperava nada e agora se tornou uma das minhas favoritas.
Nesse livro, a Joelle conseguiu continuar a trilogia trazendo ação e plot twits muito bons e todos se encaixando muito bem na história. O final te deixa pensando sobre a trilogia inteira e sobre como ela foi bem pensada do início ao fim.
Apenas achei que faltaram algumas informações sobre alguns personagens e
suas posições, para que não ficasse meio desorientada sobre alguns acontecimentos no livro.
Ainda sim terminou o livro de uma forma boa, e nos ensina que não devemos confiar apenas nas palavras, e sim nas ações.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Giselly 01/07/2015

Deixou muito a desejar
Acabei o livro a Formatura agora e achei um desperdício o que a Charbonneau fez com essa trilogia, tinha tudo para ter um ótimo desfecho mas ela se perdeu no meio do caminho e isso começou a acontecer já no Estudo Independente, tive que ficar me forçando a ler só pra poder terminar mesmo, mas achei normal já que o 2º livro das trilogias são meio chatinhos mesmo, então quando acabei comecei a ter esperança que agora ia ficar bom já que o último livro seria bom, mas não foi, até mais da metade do livro é chato e quando vem o final e você pensa que terá uma emoção, não de chorar mas de adrenalina ou algo parecido, não acontece, aí você pensa em tudo que está vago vai ter solução, o mesmo tbm não acontece e nada se desenvolveu e você fica frustrada e vai dormir que é melhor.
Enfim decepção total. Infelizmente.
comentários(0)comente



Mila F. @delivroemlivro_ 12/01/2015

Final de trilogia que correspondeu as minhas expectativas
Graduation Day ou no Brasil: A Formatura, é o terceiro e último livro da trilogia O Teste (O Teste e Estudo Independente), escrita por Joelle Charbonneau que fechou com chave de ouro sua trilogia, não foi um final completamente perfeito, mas pelo andar da carruagem era o final mais esperado e o mais coerente.
Novamente estamos diante de Cia que irá narrar a história do ponto em que parou em Estudo Independente, entretanto neste último volume ela estará cada vez mais incerta em quem confiar e o que realmente ela é capaz de fazer. Seus valores são colocados em xeque, seus sentimentos se intensificam e seus medos se tornam ainda maiores.
Acredito que A Formatura teve um desenvolvimento incrível e detalhista, pudemos ver a transformação psicológica de Cia, Tomas, Raffe, Stacia e Zeen, mas nesse ínterim, a autora também soube nos confundir e nos fazer suspeitar de cada um dos personagens, medo deles estarem agindo como 'Cavalos de Troia' e a qualquer momento destruírem todo o complô rebelde.
O que fica claro desde o início é que Cia almeja fazer com que Os testes acabem, pois enquanto eles existirem e existirem os redirecionamentos, nunca poderá ter uma evolução. O teste vão contra tudo o que Cia acreditava e ela não quer que eles continuem.
Uma aliança inesperada e de certo modo esperada (devido aos acontecimentos de Estudo Independente) entre Cia e a presidente Collindar faz com que muitas revelações sejam feitas e ainda mais: irá mudar Cia irreversivelmente. Cia mesmo mudando, não consegue deixar de se preocupar com seus amigos e seus familiares.
A Formatura foi uma leitura muito esperada, realmente estava ansiosa por esse livro e ele correspondeu as minhas expectativas de uma certa forma, só tenho uma coisa que não gostei mas não foi questão de fatos, foi mais questão de desenvolvimento, achei que Joelle Charbonneau passou muito tempo nas preliminares e tentou ao máximo explicar todos os acontecimentos e fios soltos e até mostrar as mudanças de personalidade dos personagens, mas quando enfim chegou a hora da ação foi muito rápido e corrido, em poucas páginas tem-se a conclusão.
Não estou reclamando do final rápido, mas acho que poderia ter sido mais sanguinolento, com mais ação, entretanto gostei da forma rápida que aconteceu e, principalmente o fato de que todos os personagens saíram transformados, mas achei que faltou uma explicação maior sobre o que a população achou dos 'atentados' porque não foi algo sutil e a população não merecia mais continuar sendo enganada. No entanto, na vida real nem todos conhecem toda a verdade.
No geral, a trilogia O Teste é ótima e incrivelmente bem escrita e estruturada, os três livros tem uma razão de ser e cada um deles tem um detalhe a mais, o que é muito importante porque conseguimos ver o objetivo de cada livro e que eles não são uma tentativa de fazer mais volumes, fica claro que desde o primeiro livro haveria uma evolução paulatina e uma conclusão maravilhosa como aconteceu em A Formatura, sobretudo com a imensidade de significado da última frase do livro (uma frase de efeito). Que o poder não corrompa Cia.
Para concluir, ainda quero salientar que gostaria muito que essa trilogia tivesse um maior destaque, já indiquei para todas as minhas amigas que amam distopias e convido você, leitor, a conhecer esse universo também.

site: www.delivroemlivro.com.br/
comentários(0)comente



Felipe Miranda 25/01/2015

A Formatura - Joelle Charbonneau por Oh My Dog estol com Bigods
Não faz sentido algum você, leitor, ler essa resenha antes de conhecer os dois livros anteriores O Teste e Estudo Independente. Como costumo fazer em desfechos de séries e trilogias, minhas impressões serão isentas de spoilers e maiores aprofundamentos que possam comprometer a leitura. A narrativa, que continua sendo em primeira pessoa, nos traz uma Cia disposta a lutar por aquilo que acredita, mesmo que não tenha muita certeza das atitudes que tem.

Para ser sincero, o livro anterior foi uma leve decepção. Depois de um primeiro livro morno, eu realmente esperava uma sequência extraordinária. O desfecho da obra escrita pela Charbonneau poderia ser melhor em incontáveis pontos. Admito que estava me surpreendendo até cerca de 90% das páginas. Infelizmente a autora não deu um final tão bom quanto eu esperava.

Em Estudo Independente, várias situações se repetiram e isso causou uma impressão ruim. Como se a trama não evoluísse e os personagens não fossem a lugar algum. Em A Formatura, os cenários mudam um pouco e novos personagens ganham espaço. Tornam-se co-adjuvantes de Cia, nossa protagonista destemida e incompleta. Aliás, incompleta é uma boa definição para essa trilogia. A autora construiu um mundo distópico e focou em um detalhe dele para desenvolver uma problemática: o Teste. O grande defeito disso tudo foi o fato dela inserir outras problemáticas e não resolvê-las. Um exemplo disso são os dissidentes que surgem no meio do livro e autora dá a entender que eles irão aparecer em algum momento, mas não. Eles são citados, instigam o leitor e logo são esquecidos.

Depois de Simon, líder da rebelião, ter destruído provas que poderiam ter dado um fim ao Teste, Cia se vê perdida. Ao expor a situação a presidente Collindar, ela ganha uma missão: matar todos que foram corrompidos e apoiam a tirania comandada pelo doutor Barnes. Com uma lista de 12 nomes nas mãos e um acervo de armas à disposição, ela terá que reunir o dobro de coragem que teve até aqui. Apesar da situação inédita, Cia continua com o mesmo dilema: "em quem confiar?". Confiança requer um tempo que ela não tem, logo, as decisões tomadas serão através do tato. Da intuição. O que interessa é o seguinte: ela não vai conseguir completar a tarefa sozinha e precisa de aliados. Aliados que consigam matar. O acordo com a presidente não será impecilho para Cia agir por conta própria. Um verdadeiro líder sabe que decisões tomar e quando tomá-las.

O romance nunca foi o foco de O Teste, então não esperem muitas coisas nesse lado. Ao terminar a leitura eu realmente considerei a possibilidade da autora escrever mais um livro. Material ela tem, ganchos também. Os furos que ela deixou podem não incomodar alguns, mas senti que faltaram explicações. Sobre o Teste em si, nem tanto, mas sobre os personagens mesmo. Até o básico, o futuro da Cia, ficou um tanto que vago.

site: http://www.ohmydogestolcombigods.blogspot.com.br/2015/01/resenha-formatura-joelle-charbonneau.html
comentários(0)comente



Lili No Mundo dos Livros 04/03/2016

Desfecho ótimo!
Sempre fico relutante em ler os últimos livros de trilogias ou séries muito boas. Depois de Convergente, de Verônica Roth, um livro que detestei a forma como acabou, comecei a ficar com medo de um final insatisfatório corromper a percepção que eu tenho dos livros anteriores. Por esse motivo, me demorei a começar a ler A Formatura, último livro da sério O Teste. Neste caso, meus medos foram infundados e desnecessários! Ainda bem.

O desfecho que Joelle Charbonneau deu para essa trilogia fantástica foi ótimo e ficou dentro das expectativas. O que eu mais gosto na escrita da autora é sua capacidade de surpreender, de pontuar a história com reviravoltas que me deixaram boquiaberta. As pessoas nunca são quem pensamos, suas atitudes não são o que parecem ser em uma primeira olhada e a solução para os mistérios nunca ocorre como nós esperamos. Os momentos em que as revelações foram feitas neste livro são perfeitos, sendo estas surpreendentes e condizentes com o enredo traçado pela autora. Não me canso de recomendar essa trilogia, uma vez que a série O Teste é uma das melhores distopias que já li.


Confira a resenha completa no nosso blog.

Beijos Lili

site: http://meninasnaliteratura.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Lu.Fernandes 29/01/2016

a formatura - trilogia o teste
"talvez, depois que acabar, as pessoas entendam o que me tornei. talvez eu também entenda. " Vale, Malencia

apesar do livro 1 e do livro 2 conter diversos erros de gramática e de concordância, o livro 3 não possui estes, porém encontrei um erro grave nele.

o livro é repleto de ações e ansiedade, a menina que conhecemos no livro 1 se perde um pouco no decorrer da saga.
Cia, neste livro, luta pelos seus ideais, assim como nos 2 primeiros livros, e com isso mta ação, suspense e mortes.
o final é excitante porém não é surpreendente, ele segue o que acredita-se desde o livro 2.

vale a pena ler toda a trilogia pois apesar do que acredita-se após ler o livro 1, que seguirá a msm linha de jogos vorazes e maze runner e divergente, ele toma seu próprio rumo e sua própria linha de aventura.
comentários(0)comente



Nati 26/01/2016

Triologia Incrível!
Neste terceiro volume Cia precisa tomar decisões que poderão afetar não somente ela e as pessoas que ama, como todos de Tosu e das colônias. O livro é cheio de emoções e surpresas. Quando você pensa que a história vai se encaminhar de um jeito, Joelle vem e vira tudo de cabeça para baixo!

Se realmente me aprofundar na resenha, haverão spoilers dos livros anteriores. Aí você me pergunta: haverá um quarto volume? Bem, o final é um tanto quanto aberto, e como o lançamento de A Formatura é beeem recente, não é impossível recebermos a notícia de mais um por aí.

É uma trilogia tão demais que é complicado encontrar uma palavra que a descreva. O modo como as coisas vão acontecendo e se desenrolando, o raciocínio rápido de Cia, as FORTES emoções e a maneira como tudo é narrado tornam essa trilogia única e uma das minhas preferidas!

Super RECOMENDOO! Boa leitura (;
comentários(0)comente



Estela | @euviestrelas 30/11/2014

Ótimo Final
No Terceiro e último livro da trilogia O Teste, Cia Vale quer mais do que nunca é acabar com O Teste e para isso, terá que fazer algo que nunca deveria fazer, confiar nas pessoas. Depois de todos os acontecimentos inesperados em Estudo Independente, Cia não tem outra escolha a não ser ela mesma assumir o controle e ser a líder que esperam que seja. Como primeiro passo, ela resolve contar todo o ocorrido para a presidente, mas ao invés de aliviar as coisas, é aí que tudo se complica.

"[...] Penso na folha de papel que está dentro da sacola que penduro agora no ombro, na tarefa que me foi dada e na minha crença de que O Teste precisa acabar, antes que seja permitido matar novamente. Vou ter de decidir se finjo que ainda sou a menina de Cinco Lagos que subiu no flutuador a caminho de Tosu City, ou tirar o melhor daquela menina e permitir que isso se molde em algo novo." (p. 77)

Agora, Cia tem uma tarefa, uma tarefa muito difícil e que terá que pensar muito bem se irá executar. Além disso, ela precisa de um meio de conseguir aliados, mas como saber em quem confiar? Só há um meio, um novo teste está por vir.

Quem me segue nas redes sociais, sabe o quanto fiquei desesperada para ler A Formatura assim que chegou na minha casa, era um livro muito esperado por mim e eu precisava saber como terminava essa trilogia incrível. Ao contrário do segundo, não consegui ficar um minuto desgrudada do livro. Logo no começo já temos vários acontecimentos que não param por aí, é um acontecimento atrás dos outros e nós ficamos ali torcendo para que Cia faça as escolhas certas e consiga completar seus objetivos. Claro que a desconfiança não ficou para trás, nesse terceiro livro, confiar nas pessoas é muito mais difícil e é possível questionar várias vezes se Cia está do lado certo.

Confesso que estava com um pouco de medo de me decepcionar com o final, já que a maioria das distopias nunca tem um final tão bom. Mas a Joelle conseguiu manter toda a qualidade da trilogia e não me deixou desapontada com final, tirando a parte de que eu queria um pouco mais de história, foi um final digno. Mas sério Joelle, escreve aí um livro que se passe alguns anos depois haha. A Formatura é um livro totalmente intenso e vocês não podem deixar de ler. E que venham mais livros da Joelle.
comentários(0)comente



Minha Velha Estante 01/01/2016

Estou assustada? Estou. Como a aluna mais nova da universidade, acho difícil acreditar que minhas ações possam mudar o curso da história do meu país. Que eu seja tão esperta a ponto de superar as ideias do doutor Barnes e de seus oficiais, e possa salvar vidas. No entanto, não existe outro jeito. As probabilidades são de que eu fracasse, mas mesmo assim preciso tentar.

A Formatura é o terceiro e último volume da trilogia distópica O Teste, iniciada com O Teste e seguido por Estudo Independente, ambos já resenhados aqui no blog. Por ser uma sequência, é possível haver spoilers dos primeiros livros mas evitarei ao máximo!

Vamos encontrar Cia após os turbulentos acontecimentos de Estudo Independente. Agora Cia sabe demais e não poderá fingir que nada está acontecendo. Divida entre uma rebelião prestes a ser deflagrada contra Tosu City e os organizadores do Teste e o desejo de proteger sua família, seus amigos e a sua colônia, Cia, mais uma vez, será peça chave para a destruição do Teste evitando que mais mortes de adolescentes inocentes, inclusive seus amigos, aconteçam.

Os desafios serão muitos e ela não esquecerá do conselho de seu pai: “Nunca confie em ninguém”. Mas dessa vez ela precisa de aliados para executar a tarefa final que a presidente Collindar lhe delega. Tendo que correr contra o tempo para pôr o plano da presidente em ação, Cia terá que escolher em quem confiar e terá muito pouco tempo pra isso. O coração e seus instintos ainda serão seus aliados para tomar decisões, mas ela terá que agir como uma verdadeira líder, muitas vezes agindo com a razão e sendo estrategista para conquistar o que deseja.

Ele me ensinou que mesmo o ,ais contaminado torrão de terra pode ser transformado em um lugar onde coisas vivas se desenvolvam, desde que alguém se dedique a essa causa. Está é a minha causa. Não posso fazer com que as plantas cresçam, mas posso me comprometer a eliminar a corrupção neste solo. talvez, se eu tiver sorte, algo forte e bom crescerá neste lugar.

Narrado em primeira pessoa por Cia, você acompanha, ao mesmo tempo, o seu dilema e seu amadurecimento na hora de fazer as suas escolhas. A vida de Cia não tem sido fácil e ainda não será agora, mas o amor de Tomas, a presença de seu irmão e a esperança de voltar para Cinco Lagos e rever a família e amigos, mais o desejo de vingar a morte de amigos queridos fará com que ela seja forte e não desista, mesmo quando não acredite muito em sua própria vitória.

Muitas revelações acontecerão ao longo da história, desde descobrir verdadeiramente o que é o Redirecionamento e o que aconteceu com os alunos vítimas desse processo à verdadeira personalidade dos líderes e mentores do Teste. Como sempre, nem tudo é o que parece.

Como em todos os livros, o símbolo da capa tem um significado, mas o dessa é muito especial, pois será o símbolo de uma nova era surgindo.

Cia foi fantástica! Da menina inocente do primeiro livro sobrou apenas os princípios, os quais nunca abandonou, e o amor por Tomas. Hoje, depois de tudo o que viveu, ela é uma mulher decidida, realista, estrategista sem ser insensível.

Mas nem só de Cia vive A Formatura. Stacia, Raffe, Will e Tomas também dão o tom da história. A amizade deles fortalece Cia nas horas difíceis e amor de Tomas, muito bem dosado, nos oferece cenas de um amor doce mas maduro.

Não tem nada que eu queira mais do que me sentir assim pra sempre. Permito-me mais dois beijos, antes de me afastar do seu toque. Se se tratasse apenas desse momento, eu me deixaria perder no abraço de Tomas. Se fôssemos apenas nós, esqueceria o que o amanhã pode trazer. Entretanto, quero um futuro que depende de nosso sucesso no que pretendemos fazer.

A história de surpreende a cada capítulo e confirma as minhas expectativas de que essa seria uma das melhores trilogias do ano! A minha expectativa crescia a cada página e o final foi surpreendente. A autora foi fantástica, fez tudo se encaixar e ainda trouxe elementos novos sem se perder, fazendo com que cada novo elemento, novo personagem tivesse uma razão de estar ali, contribuindo para algo melhor do que o esperado.

A Única está de parabéns!!! Não só pela bela capa, pela diagramação e revisão perfeitas mas, principalmente, pelo respeito aos seus leitores que não precisaram passar meses a fio esperando pala publicação dos três livros. Sou fã de vocês!!!!


Joelle deixa no ar a insinuação de que o mundo não se resume à Comunidade Unida. Será que isso é uma deixa para uma possível continuação???? Vamos aguardar.


site: http://www.minhavelhaestante.com.br/2014/11/leitura-da-drica-formatura-joelle.html
comentários(0)comente



vsferreira 15/09/2015

Conclusão perfeita
Uma boa história, cheia de ação e reviravoltas. Fiquei satisfeita com a conclusão da trilogia. No primeiro livro eu via muita semelhança com outras séries, mas ao longo do segundo e do terceiro livros a série cria uma identidade bem bacana.
comentários(0)comente



Marisol 10/09/2015

Recomendo a série, mas infelizmente o final deixou a desejar.
#Trilogia - O Teste JoelleCharbonneau
O Teste Estudo Independente #A Formatura

“As coisas nem sempre acontecem como a gente espera. Você só precisa se recompor e encontrar uma nova direção a seguir.”

Num futuro, guerras travadas com armas químicas e biológicas levaram à extinção/mutação de animais e vegetais. O Teste é elaborado para selecionar os melhores alunos para a reconstrução do mundo pós-guerra.
Malencia Vale (Cia) uma jovem inteligente com habilidades espetaculares, sonha em competir por uma vaga na universidade. Quando é selecionada para o Teste, fica muito feliz, mas não poderia imaginar o que estava por vir.
Seu pai que participou do Teste, se mostra preocupado e aconselha Cia para nunca confiar em ninguém.
Quando iniciou a seleção, percebeu que não era o que ela esperava. Era muito mais cruel! Ia contra tudo o que Cia acreditava e seu objetivo é destruí-lo.
O romance não é o foco dessa série, então não esperem muito. Foi difícil de acreditar no amor de Cia e Tomas, faltou um pouco de química entre eles.

Recomendo a série, mas infelizmente o final deixou a desejar.
comentários(0)comente



PorEssasPáginas 23/11/2014

Resenha: A Formatura - Por Essas Páginas
Quem já leu as resenhas anteriores dessa série sabe que eu sou completamente viciada nessa trilogia. Em O Teste, Joelle Charbonneau me conquistou com sua escrita vibrante e inteligente. Estudo Independente não foi tão desesperador quanto o primeiro volume; ainda assim, mesmo que mais político e denso, ele fez jus à série com uma ótima continuação. Quando A Formatura foi lançado, fiquei desesperada para colocar minhas mãos nesse volume (adorei a capa! Adoro essa cor). A Editora Única, sempre atenciosa com os parceiros, me enviou rapidinho o livro e eu comecei a ler assim que o recebi. Devorei em questão de dois ou três dias, mas só porque tinha outras coisas para fazer, como trabalhar e dormir (rs). Eletrizante e desesperador, A Formatura foi uma ótima conclusão para a série, mas poderia ter sido brilhante. Sim, faltou alguma coisa, apesar de ser um livro incrível.

Atenção! Essa resenha possui spoilers dos dois primeiros volumes da trilogia: O Teste (leia a resenha) e Estudo Independente (leia a resenha).

Em Estudo Independente fomos surpreendidos por acontecimentos terríveis que colocaram Cia em uma encruzilhada, uma situação que provou o que seu pai lhe disse: não confie em ninguém. Cia percebe que o líder dos rebeldes, Simon, é na realidade controlado pelo Doutor Barnes, um dos idealizadores do Teste e o que mais trabalha para mantê-lo ativo e aprimorá-lo, causando a morte de vários jovens e criando líderes muitas vezes impiedosos, na base de testes cruéis que forçam adolescentes a ser tornarem assassinos. É quando Cia percebe que a revolução na qual ela é acreditava é, na realidade, controlada pelos líderes do Teste e se tudo correr como planejado, haverá inúmeras mortes e o Teste continuará. Desesperada, Cia recorre à presidente Collindar, que sabe ser contrária a essa prática, mas a responsabilidade de acabar com o Teste acaba recaindo nas mãos da própria Cia, que agora precisa encontrar, além de estratégia e determinação, também o sangue frio necessário para terminar sua tarefa, chocando-se, inclusive, com seus próprios princípios. Agora começa seu verdadeiro Teste. Será que Cia é capaz de se tornar a líder que sua comunidade precisa?

O mote da história é todo sobre as estratégias de Cia, sua busca por aliados, seu conflito interno entre o que acredita ser correto e o que é o melhor para salvar seu país e as pessoas que ama. E isso tudo é ótimo, extremamente desenvolvido e com uma escrita que flui de maneira magnífica e faz o leitor ficar grudado na história até que chegue à última página. Todos esses fatores, somados, resultaram em um livro fantástico, mas que ainda não conseguiu superar o brilhantismo do primeiro volume da série, para mim, o melhor da trilogia. Algumas vezes eu me via esperando mais de A Formatura, algo que chocasse, que me dilacerasse, mas isso não aconteceu; as pessoas que eu confiava se mostraram realmente confiáveis, Cia acabou fazendo exatamente o que eu achava que ela iria fazer, a única grande surpresa do livro não me chocou tanto, afinal, o próprio livro pareceu preparar o leitor para isso. Faltou um pouco mais de revelações, até mesmo de explicações, já que alguns pontos ficaram sem resposta, talvez propositalmente, mas isso não me agradou. Depois de livros tão emocionantes, cruéis e inteligentes, achei que o final foi morno e pouco elaborado; esperava uma solução mais criativa, problemas mais difíceis, planos e resoluções mais instigantes. Talvez a autora tenha lotado o leitor de expectativas e depois se perdido um pouco, revelando um final bom, mas que não superou o início e as promessas da série.

“O título de líder só lhe confere autoridade se os oficiais e os cidadãos para quem você trabalha o seguirem.” Página 37

Sei que estou sendo exigente; A Formatura é um livro ótimo, que entretém, diverte, emociona, instiga, apaixona; mas entendam, é difícil não ser exigente quando Joelle Charbonneau brindou o leitor com tramas tão complexas, desesperadoras e brilhantes como fez nos outros livros, especialmente em O Teste. Senti falta dos quebra-cabeças complicados, das peças perfeitamente encaixadas, das resoluções extremamente inteligentes, da criatividade absurda da autora. A impressão que tive foi que ela esgotou suas ideias mais extraordinárias nos primeiros livros e finalizou a série com as que sobraram, e elas não foram tão sensacionais quanto as anteriores. Fiquei um pouco decepcionada sim, mas não o suficiente para desgostar do livro; ainda é uma obra excepcional, uma distopia inteligente, com personagens fortes, reais e cativantes, com uma escrita vibrante que envolve da primeira à última página. Vale a pena ler a Trilogia O Teste, editada com primor pela Editora Única.

site: http://poressaspaginas.com/resenha-a-formatura-o-teste-3
comentários(0)comente



77 encontrados | exibindo 31 a 46
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6