Um Dia de Cada Vez

Um Dia de Cada Vez Courtney C. Stevens




Resenhas - Um Dia de Cada Vez


54 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4


Jess 03/02/2021

Marcante!
É um livro que eu amei e que pretendo reler o quanto antes, foi marcante por que foi o livro que me tornou de fato uma leitora.
Eu gostei tanto do livro que sempre lia de novo e de novo, mas infelizmente alguém perdeu o livro da biblioteca...
Para os leitores e futuros leitores, deixem esse livro marcar vocês, o modo de enxergar a vida muda, e você muda. O livro Aborda algumas coisas das quais fugimos na realidade e nos mostra que nem sempre fugir faz bem.
comentários(0)comente



SteFranconere 21/01/2021

O primeiro do ano
Depois de muito trabalho nesse começo de ano, pude tirar um tempinho para me dedicar à leitura. Esse livro foi uma boa escolha para estrear 2021. Curti os personagens e a evolução que a protagonista tem. O plot também me deixou pasma, já que pensava ter decifrado o segredo desde o início da leitura.
Tratou de temas pesados de forma leve, delicada.. fiquei feliz em terminar a história com um sorriso no rosto.
comentários(0)comente



Ally 02/11/2020

Um dia de cada vez
Intenso e emocionante. Gostei, e apesar de tratar de um tema pesado, tem sim seu toque de leveza pra dar equilíbrio a todo caos.

É um livro curtinho, mas cheio de sentimentos e bastante reflexivo. Vale muito a leitura. Até mesmo a parte "aos leitores" e "agradecimentos" são importantes e merecem uma atenção especial. Super recomendo!
comentários(0)comente



Lana Wesley 13/10/2020

Um livro que possui uma premissa bacana, mais que não funcionou para mim...
Acredito que fui com muita sede ao pote, ou até mesmo com expectativas exageradas que não foram superadas ao decorrer da leitura.
A premissa do livro é incrível, falar sobre automutilação algo tão comum no nosso dia a dia e muito importante e a autora traz de uma forma bastante reflexiva, porém de uma forma muito vaga e clichê.
Enfim, a história tem uma narrativa bacana, entretanto a forma como a mesma foi conduzida não me fisgou, muito pelo contrário. Senti raiva da personagem e só queria que ela abrisse o bico, porque ela se colocava no lugar de todos, menos no dela mesmo.
comentários(0)comente



Shirlei 24/08/2020

História bem desenvolvida. Lex, a personagem principal, apesar do trauma do passado sabe que ñ está bem. O dilema é p quem e o que contar.
comentários(0)comente



Jess 25/07/2020

Você não tem culpa!
Ler esse livro foi como ler a alma de alguém que passou por um trauma completamente devastador. O livro é bem simples e ao mesmo tempo tão profundo nos sentimentos da personagem principal.
Eu achei bem desafiador ler essa história, mas ao mesmo tempo foi um prazer entender mais o que as pessoas sentem quando ocorre esse tipo de trauma.
comentários(0)comente



Leticia.Oliveira 19/07/2020

As pessoas nem sempre são o que imaginamos
Segunda vez que leio este livro e o sentimento continua o mesmo. Uma história forte, abordando diversos problemas nas relações familiares e social. Mas que encanta por seus personagens bem amáveis e muito bem construidos. Bodee Lenox com seu jeito tímido e responsável, consegue ajudar a Lex a vencer seus problemas, mesmo quando o mundo dele também está destruído. É uma história sobre adolescentes que juntos sobrevivem. Muito bem escrito, lindo e com certeza você vai querer terminar logo. Esse livro deve ser lido e quão bom seria que todos os que sofrem pudessem ter na escola um " Capitão letra da música" pra animar o dia.
comentários(0)comente



Leticia.Oliveira 19/07/2020

As pessoas nem sempre são o que imaginamos
Segunda vez que leio este livro e o sentimento continua o mesmo. Uma história forte, abordando diversos problemas nas relações familiares e social. Mas que encanta por seus personagens bem amáveis e muito bem construidos. Bodee Lenox com seu jeito tímido e responsável, consegue ajudar a Lex a vencer seus problemas, mesmo quando o mundo dele também está destruído. É uma história sobre adolescentes que juntos sobrevivem. Muito bem escrito, lindo e com certeza você vai querer terminar logo. Esse livro deve ser lido e quão bom seria que todos os que sofrem pudessem ter na escola um " Capitão letra da música" pra animar o dia.
comentários(0)comente



Bia 06/07/2020

"Isso me apavora, mas principalmente porque não é mais um segredo só meu. Não está mais sobre o meu controle. Minhas mãos vão para o pescoço, arranhando, rasgando e cortando, antes mesmo de eu perceber que elas não estão mais nos meus bolsos.
- Lex, para. Para.
Mas eu não paro.
A pele se rasga sobre as minhas unhas no primeiro arranhão ? partículas microscópicas e sangue -, e é tão fácil quanto passar as unhas pela areia. Vou para o segundo round e arranho mais pele, freneticamente. Estou rasgando e sangrando.?
comentários(0)comente



Gleydson @juristageek 05/04/2020

Uma história forte, que retrata problemas sérios vivenciados pela sociedade atual
A premissa do livro pode até parecer clichê, mas o rumo que a autora deu à história consegue emocionar e surpreender o leitor. É uma narrativa forte, que faz o leitor querer devorar as páginas o mais rápido possível. O propósito é mexer com os sentimentos de quem lê.

Os personagens foram muito bem construídos, até mesmo os secundários, cada um com suas devidas características. O que mais me surpreendeu, sem dúvidas, foi Bodee, que mostrou ser muito forte, apesar de estar passando por uma situação extremamente difícil.

Infelizmente, os problemas enfrentados pelos personagens são comuns na sociedade hodierna. As vítimas não devem sofrer sozinhas e precisam muito de ajuda. Eu só posso dizer que leiam o livro, pois mesmo que eu escreva milhares de palavras, eu não conseguirei explicar como essa história mexe com o leitor.

site: http://www.acampamentodaleitura.com/
comentários(0)comente



Janise Martins 09/01/2020

Um Dia de Cada Vez
Logo no início do livro li uma frase que fala uma verdade:
“O amor no lápis é mais seguro que o amor na vida”
É Alexi quem narra a história, e conforme ela vai narrando vamos descobrindo que ela esconde algo grave que aconteceu com ela, em paralelo ela de uma forma estranha se preocupa com Bodee, que parece ser um cara bem esquisito, e também mantém um contato com um cara através de letras de músicas na carteira da sala de aula, ela não sabe quem é. Bodee também está passando por uma barra pesada e acaba indo morar na casa de Alexi.
A princípio eu achei todos os personagens chatos e esquisitos. Mas a Alexi a medida que a história vai se desenrolando, ela vai se mostrando e de certa forma conquistando a gente, mas é bom lembrar que ela é só uma adolescente, com isso a gente entende as coisas burras que faz. Bodee não demonstra ser o que ele é de verdade. Essas coisas desperta na gente o interesse de saber mais, de conhecer melhor. Aí não tem jeito, grudamos na leitura.
E a história de Bodee é forte, dá vontade de abraçar e beijá-lo, quando ele conta. O que Liz, amiga de Alexi, diz a respeito dele é verdade:
“… O cara é uma ostra no deserto. Muita areia, mas nenhuma água”
Mas o segredo de Alexi é grave e justifica seu sofrimento e suas reações.
Bodee e Alexi entram um no outro o porto seguro, a força que eles precisam para encarar suas realidades.
É um livro lindo, com romance doce, superação de dor, família, amizade. Recomendo.
Bodee meu lindo e fofo, sentirei saudade da sua doçura.
Bjoo




site: http://janiselendo.blogspot.com.br/2016/04/um-dia-de-cada-vez.html
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Cris 22/02/2019

Tocante
?É engraçado como as coisas que você não gosta são as coisas das quais você sente falta quando somem.? Pág. 74

O livro conta a história de Alexi, uma menina de 16 anos que tenta sobreviver após um evento traumático. Ela se fechou em seu mundo, não se abre com ninguém, tem problemas para dormir, e começa a se cortar. Alexi começa a contar o tempo entre o antes e o depois do acontecimento.

Ela tem pais amorosos e uma irmã mais velha, que na verdade é uma grande egoísta. Alexi é um pouco tímida, mas é popular na escola. E ela começa a fazer amizade com Bodee.

Bodee também passou por traumas profundos. Depois de anos de abusos familiares, seu pai assassinou a sua mãe. E o garoto que era considerado esquisitão, acabou sendo visto apenas com pena por parte dos colegas de escola.

Alexi e Bodee: dois corações sofridos que acabam se aproximando e ajudando a curar um ao outro.

O livro traz uma temática muito pesada, e eu fiquei agoniada o livro todo por causa das atitudes da Alexi. A gente torce muito pra que ela consiga superar o trauma, falar e ser feliz. Pra quem leu ?Fale!?, o livro segue uma abordagem parecida, mas eu acabei gostando mais de ?Um dia de cada vez?, especialmente pela escrita delicada e envolvente da autora, e pelos personagens incríveis que ela criou.

O Bodee é muito precioso para este mundo, sério. Todo mundo merece um Bodee na vida. O livro tem alguns mistérios envolvidos, sobre quem foi a pessoa que causou todo o sofrimento para a Alexi, mas eu desconfiei logo de cara, mesmo assim no decorrer do livro eu fui pensando em outras opções..

Um ponto bem legal da história é que Alexi troca mensagens na carteira da sala de aula com um desconhecido. Um escreve uma letra de música e o outro completa. Isso me lembrou muito também do livro ?Três coisas sobre você?. E esse desconhecido é um mistério também, e eu fiquei ao longo do livro mudando de suspeitos.

Eu gostei muito, e pra mim só o final que deixou a desejar, eu gostaria muito que a solução para todo o problema tivesse sido diferente, mas recomendo muito a leitura, que sirva de alerta e que possa ajudar a muitas pessoas que passam por essa situação desoladora. Apesar disso, o livro aborda um tema muito difícil, portanto, aconselho a leitura, mas com ressalvas.

?Será que um dia eu vou ficar a salvo de mim mesma?? Pág. 96
comentários(0)comente



Larissa Guedes 15/11/2018

Simplesmente incrível.
Que história incrível. Lex: a garota que foi estuprada. Bodee : um garoto cujo o pai matou a mãe. A triste e linda historia de um garoto e uma garota que sobrevivem aos seus piores momentos e traumas.
comentários(0)comente



Silvestre 15/09/2018

Tocante
A maturidade dos personagens me surpreendeu. Apesar do sofrimento da Lex e seus problemas em lidar com o passado ela tem consciência que não está bem, só não sabe o que fazer a respeito. E Bodee que já passou por poucas e boas na vida aparece na vida da Lex tão destruído quanto ela. Mas juntos eles aprendem que dividir suas angústias pode fazee bem um para o outro.
A amizade que surge entre eles é linda, é incrível o carinho e como é humano o cuidado do Bodee com a Lex (e entendemos que isso em parte se deve ao que ele já viveu).
Livro pequeno, rápido e fácil de se ler.
Emocionante. Vale a pena! Se tornou um dos meus favoritos!
comentários(0)comente



54 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4