Sonhei que amava você

Sonhei que amava você Tammy Luciano




Resenhas - Sonhei que amava você


55 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4


Lanny 14/07/2019

Sem noção
Cara, não me lembro de já ter lido que começasse coerente e no fim apresentasse tanta coisa ?viajando na maionese? igual a esse. Não vou entrar em detalhes do que seriam esses fatos para não dar spoiler.
comentários(0)comente



Thuanne Hannah 13/06/2019

Kira é uma jovem de 22 anos, muito carismática e determinada. Ela abriu uma loja com sua melhor amiga, Lelê, e estão indo muito bem neste novo negócio. Sua vida está se encaminhando de forma tranquila, porém tem uma coisa que às vezes a incomoda: ela nunca teve um namorado sério, nunca se apaixonou de verdade e sente que isso está longe de acontecer. Só que isso muda quando, em seus sonhos, um apaixonante rapaz aparece e trás um novo sentido para suas noites de sono. Depois de alguns desses sonhos, por uma grande coincidência, ela encontra o rapaz em um acidente. E passado alguns dias, ela se depara com o rapaz novamente e decide tentar entender o que está acontecendo, quer saber se o rapaz também tem os sonhos e se sente o mesmo que ela.

Para quem gosta de romance com uma pitada de sobrenatural, esse livro é uma boa pedida. Os sonhos lúcidos estão presentes durante toda a leitura, então a protagonista tem vários sonhos que consegue controlar tudo o que faz nele. Lá ela pode voar, ir para os mais diversos locais com o garoto misterioso e, quando acorda, consegue se lembrar de tudo.

O rapaz dos sonhos se chama Felipe e, tanto nos sonhos como na vida real, é encantador. O romance entre ele e Kira ocorre de forma gradual, e é tudo bem delicado. É impossível não torcer por eles, pois realmente parecem ter nascido um para o outro. Só achei que o romance deveria ser um pouco mais arrebatador, com mais paixão, mas foi bonito como a autora conduziu tudo.

O livro é todo narrado em primeira pessoa por Kira, com uma linguagem bem informal, o livro parece ser para um público jovem, ou para quem está iniciando agora no mundo da leitura. O começo é um pouco lento, pois os personagens ainda não se conhecem, mas depois o ritmo fica muito bom. Lá para a metade final do livro, a autora inseriu um mistério e saiu daquele romance, o que achei ótimo, pois deu um pouco de ação à trama e mostrou a versatilidade da autora.

As relações são bem abordadas, seja entre o casal principal, os familiares e os amigos. Kira tem uma ligação muito forte com a família e a autora fez questão de mostrar isso, pois em cada oportunidade ela abordava essa relação, então foi fácil sentir empatia por todos. A mãe de Kira tem um restaurante super badalado e é uma mãezona para todos. O pai é juiz e foi o que menos apareceu, mas ainda assim é possível ver como ele ama a família. Mas o destaque vai para os irmãos gêmeos Cafa e Cadu, que são umas figuras. Cafa é um conquistador, e Cadu é mais na dele, mas os dois tem um carinho enorme pela irmã e torcem muito por sua felicidade. A relação com Lelê também é maravilhosa. A garota é muito divertida e se mostrou ser uma amiga para todas as horas, além de alguns outros amigos que são grandes companheiros e deram um toque especial na leitura.

O livro não é inovador, mas é um bom passatempo. Trouxe um assunto diferente, que são esses sonhos lúcidos, e abordou as relações humanas em sua forma mais carinhosa. Além de ser de uma autora nacional, que merece todo o nosso carinho.

site: https://conjuntodaobra.blogspot.com/2018/10/sonhei-que-amava-voce-tammy-luciano.html
comentários(0)comente



Gesiane.Almeida 14/05/2019

Maravilhoso
Que livro maravilhoso aquele romance super fofo q você fica torcendo adorei..kira e felipe um amor que realmente saiu dos sonhos ...Um livro divertido no começo e envolvente mas no finalzinho fiquei um pouco assustada por causa da irmã da Jalma.
comentários(0)comente



Blog De Bem Com a Leitura 31/10/2018

Kira é uma bela jovem de 22 anos que em um bairro nobre do Rio de Janeiro, ela e a melhor amiga são donas de uma loja e fazem o que gostam, Kira tem dois irmãos gêmeos que são os mais gatos do pedaço e por conta disso várias meninas se aproximam dela com a intenção de fazer amizade para chegar a um dos gêmeos. Ela nunca teve um namorado, nem mesmo se apaixonou alguma vez, e se envergonha disso. Mas seu coraçãozinho logo estaria batendo mais forte por alguém, ela só não sabia que se apaixonaria por um sonho.

Um dia ela estava com a amiga Lelê em um shopping e se deparou com uma camisa na vitrine que a deixou com uma sensação estranha, parecia que havia uma ligação ali e ela não sabia de onde isso surgiu. Na mesma noite ela teve um sonho que a marcou bastante, sonhou com um lindo rapaz e que usava a camisa aquela camisa da vitrine.

Kira passaria a sonhar constantemente com aquele rapaz misterioso, ela não sabia nada sobre ele ou sobre o porquê desses sonhos, mas aproveitava cada momento... eram mágicos. Durante os sonhos eles visitam lugares diferentes pelo mundo e até mesmo podem voar! Com o passar dos dias (ou seria melhor dizer com o passar dos sonhos?) Kira sentia que estava se apaixonando por ele, mas ela sabia que isso era muito louco porque ele vivia apenas nos seus sonhos. #SQN (Só que não!).

Quando Kira menos esperava aconteceu algo ainda mais louco, o cara lindo dos seus sonhos existia na vida real! Em meio a um acidente no qual Kira e o irmão estavam ajudando, ela o viu. Na hora ficou sem reação, mas pelo menos sabia que ele existia, só não fazia ideia de como encontrá-lo novamente. Para resolver esse dilema, o destino daria uma mãozinha. Kira encontrou uma cachorrinha abandonada e a levou a uma clínica veterinária, chegando lá ela se surpreendeu ao encontrar com ele. Felipe era o seu nome!

Felipe é um jovem também de 22 anos, de família rica e que tem uma ex-namorada problemática, Jalma não larga do pé dele e começa a implicar com a Kira assim que se conhecem. Felipe é romântico e na vida real também começa a conquistar a Kira, mas por ele ainda estar envolvido com a ex ela prefere ir com calma. Felipe explica que não está namorando há tempos e que a ex ainda não entendeu isso, fica atrás dele pra cima e pra baixo. Mas Kira diz que enquanto a Jalma for um obstáculo ela não poderá se envolver com ele.

Jalma está passando por um problema familiar e por isso o Felipe ainda não se desvinculou completamente, a irmã dela sumiu e a família acredita que a garota fugiu, mas Kira acaba sonhando com a irmã desaparecida e descobre que ela foi sequestrada e está sendo mantida em cativeiro. Se o sonho está certo, ninguém sabe, mas há uma vida em jogo e é melhor não arriscar, então Felipe, Kira, Jalma, Lelê e os gêmeos partem em uma missão de resgate.

*Leia a resenha completa lá no blog e veja a minha impressão com a leitura > https://goo.gl/3PCSHM

site: http://vocedebemcomaleitura.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



mayara.marinheiromartinelli 01/07/2018

Péssimo
Esse livros fez 50 tons de cinza merecer um prêmio Nobel !!! Descrições infinitas , frases vergonhosas , protagonistas rasos , riquinhos da zona sul do Rio de Janeiro com vidas perfeitas , estilo White people problems , e os vilões ?? Claro os caseiros pobres q são mal agradecidos com os patrões bonzinhos !! E a rivalidade feminina ?? Uma protagonistas q passou o livro todo falando mal da ex namorada do rapaz q não fez nada pra ela só pelo motivo dela ser ex e ele não ter a decência de por um ponto final na história e ainda usa o desmerecimento da ex para elogiar a atual , fora q depois do sonho com a irmã desaparecida ao invés de todo mundo ir procurar a menina q estava em perigo iminente o casal foi fazer um encontro romântico!!! E os nomes ! Das pessoas, dos estabelecimentos comerciais?? De tudo!! As citações feitas só para encher linguiça!!! E por último a participação do programa da Fátima Bernardes !!! Não um belo não para esse livro !!! Não perca seu tempo!!
Daiane.Santos 09/07/2018minha estante
Disse tudo! Esse livro é uma "surra de nada" argh


Elda.Pimentel 28/07/2018minha estante
Concordo com cada palavra


Suelen 08/10/2018minha estante
Ai estou na página 80 e achei que em algum momento ia melhorar, não estou gostando


mayara.marinheiromartinelli 08/10/2018minha estante
Não vai melhorar , pelo contrário eu só li pq não abandono livro!!


Paula 13/12/2018minha estante
Concordo em tudo! Fui ouvir o áudio livro para dormir. Quem disse que eu dormia? Eu ficava com ódio! Era ridículo! Eu não aguentei ouvir tudo.


Elda.Pimentel 15/12/2018minha estante
Não desmerecendo a autora, mas eh muito fraco!!!




Rose 08/03/2018

Aos 22 anos, Kira é uma jovem satisfeita com sua vida. A caçula de três irmãos é muito amada pelo gêmeos Carlos Rafael (Cafa) e Carlos Eduardo (Cadu), além de seus pais, ela dona do restaurante Enxurrada Delícia e ele um juíz. Ao lado de sua fiel companheira e sócia, Leandra (Lelê) abriu o Canto da Casa, uma loja que mistura móveis antigos e restaurados com roupas personalizadas, que ia muito bem. Seu problema era a vida amorosa...
Kira nunca teve um namorado, ou mesmo uma paixão avassaladora que lhe arrancasse do chão, e ela sentia falta disso. Curiosamente, ela começou a sonhar com um rapaz, e sem perceber, estava se apaixonando pelo rapaz dos sonhos.
E qual não foi sua surpresa quando do nada e de forma totalmente inesperada, ela encontra este rapaz na rua? Em choque, não só pelo encontro, como também pela situação que estava a sua volta, ela não conseguiu saber nada sobre o rapaz dos seus sonhos. E ficou se perguntando como encontraria o garoto em uma cidade grande como o Rio de Janeiro?
Para Lelê, apesar de complicado, ela tinha certeza que uma hora Kira e o rapaz se encontrariam novamente. Só não sabia como. E não é que a maluquinha estava certa?
O rapaz dos seus sonhos era Felipe, dono de um grande petshop, filho único, lindo e muito gentil. A conexão entre os dois foi palpável, os dois eram como duas almas gêmeas, apesar de Felipe não lembrar dos sonhos com Kira, como ela lembrava.
Agora que já sabia onde e como encontrar Felipe, as coisas pareciam mais fáceis para Kira, mas não era. Felipe, apesar de solteiro, não conseguia se desligar de sua ex-namorada e perua ambulante Jalma. A moça que estava com sua irmã Jeloma desaparecida, era fútil, e gostava do status de ser namorada de Felipe, mesmo ele afirmando que ambos não eram mais nada.
Esta situação deixou Kira com um pé atrás, pois não queria se meter no meio de um relacionamento mal resolvido, apesar de Felipe lhe garanti que da parte dele, tudo estava resolvido.
Mal resolvido também era a situação de Lelê, que estava apaixonada por Cadu, o irmão mais sensato, mas este pensava que ela estava gostando era de Cafa, o irmão mais mulherengo. Seus pais também não estavam passando por um bom momento visto que por conta de suas profissões, o casamento foi ficando em segundo plano.
E em meio a estas incertezas amorosas, Kira acaba sonhando com Jeloma lhe pedindo ajuda. Kira não pensa duas vezes e conta tudo sobre os sonhos para Felipe. Agora, todos estavam envolvidos em uma caçada ao local em que Jeloma era mantida refém. Isso se os sonhos de Kira realmente se concretizassem...
Sem provas concretas dos fatos, e sabendo que não seriam levados a sério pela polícia, os seis, Kira, Felipe, Cadu, Lelê, Cafa e Jalma, vão em busca de Jeloma. Apesar de todos os cuidados tomados, eles estavam correndo vários riscos, e poderiam se ferir gravemente.
Pegos de surpresa, acabaram pagando pela imaturidade de não terem pedido ajuda a órgãos competentes. Uma nova busca era iniciada, e mais uma corrida contra o tempo começara. Kira estava com a vida em suspense, sem saber se desta vez sua história teria um final feliz.
O livro tem como base o amor, seja familiar, seja pelas amizades, seja pela relação homem-mulher. Kira e Felipe possuem um tipo de relação que parece vim de outras vidas. Apesar de ter gostado dos personagens em si, desta vez o enredo criado pela Tammy não me conquistou de fato. Não vou entrar nos detalhes dos sonhos que Kira tinha com Felipe, ou mesmo com Jeloma, mas apesar da leitura ter sido bem fluída, não houve uma conexão minha com o enredo.
Uma coisa que não gostei no livro, foi a parte em que todos vão procurar pelo cativeiro de Jeloma, ou mesmo na busca que ocorre após o resgate da moça. Não senti nos personagens a urgência que os acontecimentos mereciam. Ali me pareceu que estavam brincando de detetive. Digo isso, pois acho que na posição em que estavam, todos partiriam na hora para procurar quem quer que seja, e não ficariam na contagem dos dias para começarem a ir atrás. Achei esquisito isso, não encaixando na minha cabeça, mas tenho certeza que cada um sente isso de um jeito diferente.
Adorei o jeito descontraído e fiel de Lelê. O tipo de amiga que precisamos sempre ao nosso lado. Ela dá o colo e a bronca na mesma proporção. Os irmãos também caíram bem na trama. Só estranhei um pouco o desenrolar da história de Cafa. Tudo bem que desde o início ele foi apresentado como mulherengo, mas a passagem dele durante a procura por Jeloma me deixou com um ponto de interrogação. Apesar que bate na forma em que ele foi descrito, ou seja, cuidado da garota que se apaixonava por ele...
Enfim, como disse, desta vez não foi uma experiência tão positiva como já tive em outros livros da autora. Isso, no entanto, não significa que você não vá gostar, ou que eu mesma não vá ler outra obra dela, pois estaria mentido. Gosto da forma que a Tammy escreve, e independente da minha falta de conexão neste enredo, continuarei lendo suas obras.

site: http://fabricadosconvites.blogspot.com.br
comentários(0)comente



Clube do Livro 18/06/2017

Resenha do Blog Clube do Livro e Amigos (Ingrid M.S)
“Um pássaro invadiu a loja e fiquei olhando a sua tentativa desesperada de sair pela janela. Pensei em ajudar, mas, antes que eu movesse meu corpo, vi o bichinho inclinar levemente o peito, erguer a cabeça e reconquistar o ar livre. Corri até a janela e fiquei observando aquele bater de asas, o alívio do animalzinho e, depois da angústia da prisão por poucos segundos, a sensação de liberdade, de ganhar o mundo inteiro para viver. Eu também queria esse mundo para viver.”


No último ano, algumas mudanças e outros assuntos absolutamente congelados tinham transformado Kira por dentro. Junto com sua melhor amiga Leandra, a Lelê, ela finalmente tinha aberto uma loja com móveis antigos, decoração e moda, numa misturinha boa e um pouco diferente do comum.



A ideia surgiu através do enorme sonho da Lelê em trabalhar com decoração e da paixão de Kira por moda. Então, a mãe de Kira acabou entrando como quase sócia do empreendimento e o local se tornou um sucesso desde o início.


“Mesmo quando nada muda nos nossos dias, estamos sofrendo mudanças profundas. O tempo leva quem fomos e nos apresenta alguém que temos que conhecer na frente do espelho todos os dias.”


A loja estava completando um ano, era um sonho realizado, mas, fora ela, a vida amorosa de Kira permanecia pacata demais. Ela tinha sorte de ter uma família unida, amigos maravilhosos e, com apenas vinte e dois anos de idade acertou a parte profissional, no entanto, faltava algo. Ultimamente Kira andava com uma sensação íntima da chegada de grandes acontecimentos.



Kira morava com os pais e os irmãos gêmeos quatro anos mais velhos que ela, Carlos Eduardo, o Cadu, e Carlos Rafael, o Cafa. Eles eram lindos, idênticos e conhecidos como “os gatos do Recreio”, porque moravam no Recreio dos Bandeirantes, no Rio de Janeiro.

Cadu queria trabalhar com restaurante, assim como sua mãe, proprietária do Enxurrada Delícia. Cafa desejava ser médico, deixando o pai, Juiz, orgulhoso da escolha. Enquanto Cadu era mais tranquilo e sério, Cafa era o maior galinha.


“Fui caminhando e, de repente, parei na vitrine de uma loja masculina. Uma camisa cinza chamou minha atenção e congelei. Não sabia explicar bem o que estava acontecendo, me senti incomodada com aquela roupa. Sentimento estranho, coração acelerado e não tinha a menor ideia do que estava acontecendo.”


Depois de uma volta no Shopping Recreio, Kira voltou para casa encucada com a imagem da camisa cinza na vitrine. Não parecia fazer sentido, até ela sonhar com um rapaz usando exatamente a mesma camisa.



Desde então, ela passou a sonhar todas as noites com o misterioso rapaz, e mesmo sem saber sequer o nome dele, aos poucos apaixonou-se. Kira não conseguia entender o verdadeiro significado daqueles sonhos, afinal, nada fazia sentido.

Durante um confusão por causa de um acidente, Kira encontrou o mesmo rapaz na vida real, porém, ele pareceu não conhecê-la. Determinada a entender os acontecimentos ela começou uma jornada em busca de respostas.

Um romance envolvente, encantador e extremamente instigante da primeira até a última página. Narrado em primeira pessoa pela perspectiva da protagonista, Kira, proporciona ainda mais emoção.

Sou fã da escrita da autora que é sensível e cativante. Tammy desafia o leitor com uma história repleta de mistérios e personagens incríveis.

A capa é linda, romântica e harmoniosa. A diagramação é delicada, com elementos fofos. A revisão é ótima.


Dou cinco estrelas, favorito e recomendo!!!


site: http://clubedolivro15.blogspot.com.br/2017/06/meu-amigo-kindle-resenha-nacional.html
comentários(0)comente



Beca 19/02/2017

O livro que escolhi para esta semana (conturbadíssima, por sinal) foi Sonhei Que Amava Você da autora Tammy Luciano. A primeira coisinha positiva que encontrei no livro foi: é nacional!! De cada 10 livros que eu leio, apenas 3 é nacional, infelizmente; então, quando eu tenho em mãos um livro brasileiro, quero estar dentro dele, principalmente se for um romance tão legal quanto esse. Chega de rasgar seda, clica em “leia mais” e fica sabendo mais um pouco desse livro que me cativou. =}

***
Kira – eu amei esse nome – é uma carioca normal, bem-humorada e relativamente feliz com a vida que leva... Uma vida tranquila, sem grandes emoções mas que também não carrega tristezas. Logo no primeiro capítulo a gente conhece um pouco da personalidade de Lelê (Leandra), a melhor amiga de Kira; gostei dela de cara! Ela é carismática, extrovertida e super cabeça no lugar, sabendo reconhecer e respeitar os sentimentos das pessoas – o que faz toda a diferença nesse nosso mundo louco né?

Quer mais? Clica no link e leia a resenha completa no blog "Um Simples Leitor".

site: http://migre.me/w5Mwj
comentários(0)comente



Dayenne Machado 16/02/2017

Maravilhoso
E um romance nada clichê, com uma história linda que envolve, família, amigos,lealdade...amor verdadeiro. Kira personagem principal, tem um loja com sua melhor amiga, tem 2 irmãos gêmeos, uma família unida e incrível, amigos maravilhosos,vida profissional ótima...porém Kira passa a sonhar com um rapaz que nunca havia visto até que um dia se depara com o cara dos seus sonhos e sua vida vira se de cabeça para baixo.



Sonhei que Amava você é um livro de muitos sentimentos, tem uma escrita que faz com que o leitor sinta cada momento, cada sentimento... Ao final do livro não soube dizer o que era sonho e o que havia acontecido de fato. É um romance de tirar suspiros. A leitura me prendeu de uma forma que só pude parar quando cheguei na última página. Os personagens tem muita personalidade a autora está de parabéns tudo foi elaborado muito bem. Recomendo este livro a todas as pessoas.


site: https://palavrasseletas3.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Elda.Pimentel 03/11/2016

Fraco
Fraco, mas cada página que lia, esperava que melhorasse...e assim foi até a última página. Escrita fraca, diálogo muito forçado e artificial...
Bah 03/11/2016minha estante
Jura??? queria tanto ler




Maravilhosas Descobertas 13/10/2016

SONHEI QUE AMAVA VOCÊ, DE TAMMY LUCIANO
Kira, com 22 anos, tem uma vida praticamente completa. Ela e sua melhor amiga, Lelê, tem um negócio de sucesso e sua família é a sua base. Mesmo com tudo indo muito bem, sua vida amorosa não é nada de mais. Ela nunca teve um namorado, ninguém nunca passou por sua vida que ela pensasse: ele é o cara!

Então, Kira começa a sonhar de repente com um homem misterioso todas as noites. O mesmo rosto de um homem que, até então, ela não conhece! A vida da moça vai mudar completamente quando ela descobrir que esse mesmo homem, o homem dos seus sonhos, está vivo não apenas em seus sonhos, mas também em vida, e muito muito perto dela.

O livro é um misto de mistério com romance. É muito interessante como Tammy mostra o desenrolar dessa história, onde Kira precisa descobrir quem é esse homem. Porque ele aparece em seus sonhos? Os obstáculos surgem e nossa protagonista cada vez mais quer saber todos os mistérios não revelados para ela em sonhos.

Os personagens secundários são colocados de maneira simples e realmente significativa. É interessante ver como os pais de Kira são um exemplo de vida para ela, como os irmãos gêmeos sempre roubam a cena ou até mesmo como o cara misterioso logo se revela um personagem encantador.

Não sei se é a Tammy que me faz gostar tanto desse livro, por seu carisma que todo mundo que já passou por ela conhece, mas a história realmente mexeu comigo. Não é uma história nova, única.. eu já li muitos livros parecidos com ele pela minha vida, mas nesse eu fiquei pensando mais e mais a cada dia que se passava.

Um romance leve, bonito e misteriosamente encantador. Sonhei que Amava Você é um livro que vai fazer com que seus problemas desapareçam pelo menos por um momento e perceber que o amor vem de surpresa colocando o pé na porta.

site: http://www.maravilhosasdescobertas.com.br/2015/11/sonhei-que-eu-amava-voce-de-tammy.html
comentários(0)comente



Marcinha 18/09/2016

Sonhei que nos amaremos eternamente
Livro com um enredo bem interessante, envolvente, cativante! Personagens bem bacanas! Muito bem elaborado. Apaixonante. Amei!!!!!
comentários(0)comente



Carol Bellete 15/09/2016

Crie gatos, cachorros, pinguins, pôneis malditos e até um cavalo manco! Só não crie expectativas!
Nem é uma resenha e sim um desabafo.

Criei muitas expectativas lendo a sinopse, mas me decepcionei ao extremo com esse livro.

Joguei meu dinheiro no lixo comprando essa porcaria e me arrependo pra caramba!

Enredo chato, fraco, desconexo e clichê. Personagens típicos das novelas das 8 (ricos, felizes, lindos e perfeitos) e sem contar que a autora é maior paga pau da Rede Globo. Nunca vi tanta tietagem num livro só.

Um tema tão interessante e pessimamente explorado. É raro eu pular páginas, mas no caso desse livro não teve jeito. O final tosco foi a parte onde mais pulei, inclusive as músicas.

Levei dois meses empurrando essa leitura com a barriga.

Sei que cada um tem gostos e impressões diferentes, mas mesmo assim me espanta a quantidade de cinco estrelas que deram pra isso.

Não recomendo de jeito algum! Não gaste seu tempo e dinheiro.
Alexandre.Matte 15/09/2016minha estante
Da série "Como chegar ao ponto numa resenha sem dar spoiler nenhum!"

uhahuahua

Nunca tinha ouvido falar desse livro, inclusive só me despertou a curiosidade de ver agora depois de ler sua resenha. Mas tá anotada a dica, obrigado! =)




Fernanda 26/08/2016

Um livro mágico e apaixonante
Vou começar essa resenha com um pensamento de Kira, uma autentica garota carioca de 22 anos, protagonista desta estória: ...”Olhei para Felipe encostado na beira da piscina e pensei na maneira como nos conhecemos virando livro. Quem sabe alguém escreva? Quem sabe haja uma legião de fãs à espera de uma dessas invenções de escritor viajante? [...] Certamente renderia a trama de um best-seller”. Essa frase está no meio do texto e achei perfeita para descrever o livro. Durante a leitura eu me senti tendo uma conversa com a autora de tanta identidade dela que encontrei no texto. A forma de escrever, a descrição dos ambientes, o carinho com os personagens, o envolvimento do texto, a forma como um ponto puxa outro e uma cena que poderia ser o desfecho se tornando o pontapé de uma nova aventura.
Kira, ainda perdida nos seus planos para o futuro, começa a ter estranhos sonhos, realistas demais para o seu gosto, como Felipe. Ele, dono de um sorriso desconsertante, interage com ela em seus sonhos, mas quando a encontra no mundo real, não parece se lembrar de tudo que já viveram. Leandra, ou melhor Lelê, melhor amiga de Kira, é a força da amiga. Interessada por um dos irmãos gêmeos de Kira, Lelê é a primeira a perceber que, assim como ela, a amiga está completamente apaixonada!! Mas nada é assim tão fácil, nem mesmo os contos de fadas. Ligado a Jalma, sua ex namorada, por um assunto de família misterioso, Felipe sente-se atraído por Kira, mas não sabe como lidar com seus sentimentos. Cheio de amor e cercado por uma boa dose de um ponderado, e diga-se de passagem, bem medido misticismo Tammy Luciano traz uma estória delicada e ao mesmo tempo forte, capaz de te prender do início ao fim. Vale a pena também anotar e pesquisar as referências que a autora cita. Musicas pop, bons filmes, livros e lugares encantadores fazem parte desse pacote. Recomendo!

site: instagram.com/prateleirasdafe + facebook.com/prateleirasdafe
comentários(0)comente



Ingrid Micthell 18/06/2016

Kira é uma garota de 22 anos, decidida na vida, sua melhor amiga, Letícia, também é sua sócia em uma loja de móveis e roupas retrô. Sua família é tudo para ela, seus irmãos gêmeos podem ser considerados grandes amigos e seus pais são seu porto seguro. Ela pode ser considerada uma pessoa bem sucedida, mas tem algo que Kira sente falta em sua vida “perfeita”... Um grande amor! Ela nunca teve um relacionamento sério e duradouro e agora isso parece incomodá-la. Mas será que um sonho pode mudar tudo?

Kira não sabe o porquê de sonhar com aquele rapaz que ela nunca viu na vida, que a leva para os lugares mais exóticos do mundo, está sempre a salvando na hora certa, e que, mesmo acordada, a deixa desnorteada. Uma cena um tanto comum no nosso dia a dia, faz ela encontrá-lo.... SIM! O garoto do sonho existe, seu nome é Felipe, mas, para o azar de Kira, ele não parece se lembrar de sonhar com ela. A partir daí a vida deles dois se cruzará de uma forma a nos fazer acreditar que os sonhos podem sim tornar-se realidade!

“ Naquele dia, eu parecia estar mais segura ali, apesar de nunca sentir meus pés efetivamente no chão. ”

Comecei a ler o livro com as expectativas altíssimas, a jugar pelos comentários que já tinha escutado da autora achei que seria um livro esplendido, mas talvez eu tenha me decepcionado um pouquinho. A narração é feita em 1ª pessoa por Kira e é muito informal, o que me incomodou um pouco. Eu sei que é ótimo quando o personagem narra de uma forma que parece estar conversando com a gente, mas nesse caso achei um pouco exagerado, deixando o livro com um aspecto de “fanfic”, um tanto infantil.

O começo do livro me pareceu um pouco corrido, meio “vago”, senti que faltou uma profundidade maior e uma trama mais convincente. A personagem de Kira também não me conquistou, achei ela muito “sem personalidade” e irritante em alguns momentos. Apesar disso, os personagens secundários me conquistaram totalmente, Lelê (a melhor amiga), com todo seu carisma, nos proporciona muitas risadas durante a leitura e os gêmeos, Cafa (Carlos Rafael) e Cadu (Carlos Eduardo), são encantadores, me apaixonei fácil por eles

site: http://resenhaatual.blogspot.com.br/2016/05/resenha-sonhei-que-amava-voce.html
comentários(0)comente



55 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4