Um Elefante Quase Incomoda Muita Gente

Um Elefante Quase Incomoda Muita Gente David Walliams




Resenhas - Um Elefante Quase Incomoda Muita Gente


2 encontrados | exibindo 1 a 2


Tayná Coelho 21/11/2014

Fofo!
Recebi esse livro da parceria com a Intrínseca e foi amor à primeira vista. De capa dura e com páginas tipo revista, a apresentação do livro impressiona logo de cara. Logo me animei de conhecer a história para lê-la pro meu filho.

Sam ouve a campainha de casa e pensa ser sua mãe, mas quando abre a porta, encontra um grande elefante. Assim começa Um Elefante Quase Incomoda Muita Gente, um livro infantil colorido e criativo, daqueles que a gente gosta de ler quando criança, onde as imagens contam a história tanto quanto o texto.

O livro é curto e divertido e as ilustrações de Tony Ross são lindas, o que torna um livro ideal para quem quer ler para crianças e até para primeiras leituras, de crianças alfabetizadas ou não. Linguagem simples e textos curtos facilitam a leitura para leitores iniciantes. Já os adultos, como eu, podem rir dessa história engraçada e diferente.

Brincando com o improvável, mais uma vez David Walliams me conquistou, em O menino de vestido ele já havia ganhado meu coração de leitora e agora me ganhou de vez.

Imagens e mais informações em:

site: http://olhandoporai.com/2014/11/22/resenha-um-elefante-quase-incomoda-muita-gente-david-walliams/
comentários(0)comente



Gabriela Amoroso 29/11/2014

O que você está esperando para ler, seu bobinho?
Sempre adorei livros infantis e gosto muito de histórias com elefantes. Sendo assim, quando vi Um elefante quase incomoda muita gente não pensei duas vezes e solicitei para resenha. Sei que na fanpage do blog (curte!!) tem bastante gente que curte livro infantil, então acho que a dica pode ser útil.

Sam nunca imaginou que ao assinar um formulário de “Adote um elefante”, ele iria realmente adotar um. Imagine a surpresa do menino quando a campainha toca e ele dá de cara com o referido elefante – usando boina e cachecol – e sua mala.

O elefante anuncia que veio morar com o garoto e já começa a fazer suas exigências: quer tomar banho, está cansado e com fome. Assustado, Sam pergunta o que um elefante come e a resposta não poderia ser mais óbvia: Comida, seu bobinho.

Pensa em um elefante folgado. Pensou? Agora multiplica e coloca umas pitadas de falta de educação. Além disso, nosso elefante azul é espaçoso e egoísta. O autor mostra de uma forma divertida como pode ser complicado cuidar de um animalzinho. Um cachorrinho não dá tanto trabalho como um elefante, mas geralmente a criança não pensa em todas as responsabilidades que acompanham a adoção. Sem contar que qualquer animalzinho, assim como o elefante, vai ser inconveniente e mexer nas suas coisas quando bem entender.

Vale ressaltar que a edição está incrível. É capa dura e tem detalhes em dourado. Sem contar as ilustrações que são lindas, detalhadas e divertidas. O que você está esperando para ler, seu bobinho?

site: http://www.pitadadecultura.com/
comentários(0)comente



2 encontrados | exibindo 1 a 2