Rendição

Rendição Maya Banks




Resenhas - Rendição


35 encontrados | exibindo 31 a 35
1 | 2 | 3


estantedasuh 22/01/2015

Rendição - Blog Era Uma Vez o Livro
Josslyn é viúva há três anos. Carson seu falecido marido era o amor da sua vida, e ela não consegue mais viver sem ela. Só que no dia de morte do seu marido Joss resolve virar a página e decide que essa será a ultima vez que ela ira visitar o túmulo de seu marido. Ela não quer lembrar dele num cemitério e sim ter lembranças alegres.

Joss sempre teve uma fantasia, mas Carson nunca pode satisfazê-la nessa parte, pois quando criança sofreu um trauma e isso o fez um adulto muito reservado e com certas limitações. Só que como Joss não tem mais ele, ela decide realizar essa fantasia. E com o apoio de suas amigas Chessy e Kylie ela vai embarcar no mundo do BDSM.

Dash era o melhor amigo de Carson, além disso, eles eram sócios na empresa. Nesses três últimos anos ele apoiou Joss à viúva de seu melhor amigo. Mas o que ninguém sabia é que Dash guardava um segredo. Desde quando Joss era casada com Carson, ele a amava. Mas ele nunca falou com ela por respeito ao casal. Só que agora Carson está morto e agora ele vai lutar pela mulher que ele ama.

Joss decide ir a uma casa de BDSM chamada The House, ela é muito bem conceituada. Mas quando ela chega lá pra sua surpresa ela encontra Dash e ele fica furioso. E a leva embora do local. E aproveitando a ocasião ele de declara pra ela. Joss não acredita mais embarca na aventura de submissa e dominador. Será que isso vai dar certo?

Dash é um cara muito carinhoso, mas tem pulso firme. Sempre sofreu calado por Joss, só que agora não vai perde a chance de tê-la. Só que não é ele quem decide e sim Joss que vai aceitar ou não esse relacionamento. E ele aproveita a oportunidade da fantasia de Joss para pendê-la e tentar criar uma conexão emocional entre os dois. Dash ama muito Joss e eu adorei isso nele. Um cara fiel a sue amigo e de muito caráter. Quem que ama uma mulher em silencio só para num magoar o seu amigo? Hoje em dia está difícil.

Joss a princípio vê Dash como um amante. O cara que vai satisfazer as suas fantasias, mas ter um relacionamento sério está fora de cogitação. Mas será que ela vai conseguir ficar com ele sem criar sentimentos? Creio que é impossível.

O livro é cheio de reviravoltas. Vemos o relacionamento deles crescer. Mas as inseguranças também estão lá para atormentá-los e é isso poderá separar o casal, caso eles não trabalharem juntos.

Eu gostei muito da história, apesar de ser muito clichê e um pouco parecida com outras histórias do mesmo gênero. Só que eu gostei como Dash luta pela Joss e como eles vão descobrindo o amor. Tem cenas bem sensuais, mas nada vulgar. Pra que gosta do gênero é um bom livro, eu recomendo.

site: http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/2014/12/resenha-rendicao-trilogia-surrender.html
comentários(0)comente



Arca Literária 14/12/2014

leia a resenha no link: http://www.arcaliteraria.com.br/24611/
comentários(0)comente



Nikolle - Paradise Books 07/12/2014

Dash!!
O livro nos apresenta Josslyn que a 3 anos perdeu seu marido Carson, uma pessoa que ela amava incondicionalmente. As pessoas que permanecem em sua vida e tentam mantê-la enquanto ela não se permite ficar em pedaços, são Kylie, Chessy, Tate (marido de Chessy) e Dash.
Todos os anos, no aniversário da morte de Carson, ela ia ao cemitério, para se expressar e lembrar mais uma vez que o amor da sua vida não irá voltar mais. Nestas idas ao cemitério, quem a acompanhava era Dash que era melhor amigo do casal, e mesmo depois da tragédia continuou cuidando e estando ali por ela.
Mas neste terceiro ano ela se convenceu que tem que seguir em frente, e ir atrás de algo que Carson não podia lhe proporcionar. Devido a certos ocorridos na infância de seu falecido marido, Joss nunca teve o que realmente precisava, que era a Dominação, ceder o controle a alguém. Assim ela decide que já está na hora de deixar o passado e começar a viver.

...Meu Deus, eu o amei demais para querer que me desse algo impossível...Mas agora você se foi. Estou só, Carson. Sinto saudades de você e sua falta todos os dias. Você foi muito bom para mim, foi o amor da minha vida. Sei que nunca mais encontrarei isso...
...
Dash sempre foi apaixonado por Joss, mesmo quando seu melhor amigo se casou com ela, definindo então sua posse. Ele nunca deixou que soubessem, mas mesmo assim Carson conhecia seu amigo, e não ficou preocupado com fato. Após a morte dele, Dash encarou que já estava na hora de entrar em cena e mostrar a Josslyn que ela ainda podia ser feliz.
Mas ele não sabia que a mulher dos seus sonhos, acabava de se tornar mais perfeita ainda a partir do momento em que descobre que o que ela estava procurando era exatamente a natureza dele. Ser um dominador.

Carson sabia que seu melhor amigo amava sua esposa. Sabia e aceitava...
Só que Carson tinha entendido tudo e confiava em Dash,acreditava que ele jamais tentaria uma aproximação - chegou até arrancar de Dash a promessa de que, se algo acontecesse a ele, o amigo tomaria conta de Joss...
...
Depois do que eu descrevi já dá para perceber o que vai acontecer em seguida certo? Pois bem, não vai ser apenas flores o relacionamento que vai ocorrer, o fato de Carson ter feito parte da vida dos dois só traz mais inseguranças, tanto para Dash quanto para Joss. Ela apenas quer poder amar novamente, e ele quer saber se poderá ter Joss completamente inteira, que possa amar ele do mesmo modo que ele fez durante tanto tempo.


O livro tem narração em 3° pessoa, mas os capítulos são intercalados entre os pensamentos de Joss e os de Dash, que é uma das característica sempre presente nos livros de Maya Banks. Apesar de não gostar muito de BDSM, continuo lendo as histórias de Banks, acho interessante como ela coloca a ligação entre cada personagem, e também a personalidade dos dominadores e principalmente o conflito pessoal que ela coloca para não deixar a história sem foco. Estou ansiosa pela sequência, pois tem um capítulo no fim do livro que me deixou curiosa, a próxima história será de Kylie, que citei ali em cima, ela era irmã de Carson, e como comentei que ele teve uma infância difícil, ela também estava lá e passou pelas mesmas coisas. Quero saber mais!!!!

site: http://paradisebooksbr.blogspot.com.br/2014/10/resenha-rendicao-trilogia-surrender-1.html#more
comentários(0)comente



Clã 05/11/2014

Clã dos Livros - rendição
Josslyn perdeu o amor de sua vida. Carson foi um marido maravilhoso, apaixonado e carinhoso e ela sente muita a sua falta. Após 3 anos de luto, a moça decide que já está na hora de voltar a viver. Sabe que nunca mais encontrará o amor, pois ninguém pode ter a sorte que teve duas vezes, mas acredita que pode experimentar algo que sempre desejou, mas que era inconcebível para seu amado. A submissão. Ela sente em seu íntimo que é uma submissa e está decidida a experimentar. Deseja sentir-se cuidada, protegida, entregando-se completamente à alguém que assuma o controle.

No dia do aniversário da morte de Carson, como em todos os anos anteriores, Dash, sócio e amigo do casal busca Joss em casa para levá-la ao cemitério, porém ele percebe que ela está diferente.

Dash é um homem inteligente e decidido. Um amigo fiel e também um dominador sexual. Apaixonou-se pela esposa de seu amigo e guarda para si a adoração que sente por ela. Mesmo disposto a lutar por seu amor, agora que seu amigo morreu, espera que ela se liberte do luto para dar o primeiro passo. Mas ele se surpreende ao encontrá-la acompanhada por um dominador no clube de BDSM que frequenta. Ninguém vai tocar em sua mulher!

"- Esperei muito tempo por você, Joss. Pensei que você nunca seria minha e aceitei, porque você e Carson eram felizes. Mas, como você mesma disse, ele se foi e eu esperei uma eternidade pelo momento certo, até você estar pronta. Talvez tenha esperado demais, ou talvez o momento certo tenha chegado. Mas se acha que vou ficar de lado e permitir que outro homem coloque as mãos no que considero meu, você está enganada."

Ela nunca pensou em Dash dessa maneira e a princípio fica surpresa com as palavras e a paixão dele, mas rapidamente sente-se balançada por seu toque e sua dominação.

"- Primeiro preciso perguntar uma coisa, Joss. Você tem certeza? Preciso saber se é isso o que realmente quer e não é somente uma experiência, uma tentativa de preencher o vazio."

Os dois iniciam uma relação de dominação e submissão. Ela se mostra disposta a aprender tudo o que pode para agradá-lo. Os dois juntos são lindos e é tudo bem intenso. Mas será que conseguirão lidar com a sombra de Carson?

Dash se pergunta se ela poderá amá-lo, ou se sempre será apenas uma distração para a mulher a quem ama tão profundamente.

Joss entra na relação dos dois de cabeça e mesmo sentindo-se um pouco insegura à princípio, se entrega completamente. Porém alguns contratempos virão para surpreendê-la e sacudir a felicidade que conseguiu após tanto tempo de sofrimento e luto.

Rendição é uma história sobre entrega e confiança, com um enredo bem amarrado e sedutor que nos prende do início ao fim.

Neste livro encontramos um dominador TDB ;) ,cenas eróticas de perder o fôlego, drama e romance.

Amei e recomendo!

Também adorei saber quem serão os protagonistas dos próximos livros. Eles aparecem em Rendição e já conquistam nossa atenção.

site: http://cladoslivros.blogspot.com.br/2014/10/resenha-rendicao-livro-1-da-trilogia.html
comentários(0)comente



35 encontrados | exibindo 31 a 35
1 | 2 | 3