A Rainha do Castelo de Ar

A Rainha do Castelo de Ar Stieg Larsson




Resenhas - A Rainha Do Castelo De Ar


318 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Marjory Vargas 02/07/2020

Maravilhoso
A saga Millenium é fantástica. Quem rouba a cena é a advogada Annika, nas páginas finais. Sua performance no julgamento fecharam com chave de ouro a trilogia.
Jota 02/07/2020minha estante
Amei essa trilogia. Preciso ler a continuação


Marjory Vargas 02/07/2020minha estante
Tb, mas acredito que a continuação não vai ser tão boa. Uma que a escrita do Larsson é única. Outra que os livros seguintes têm beeem menos páginas que os primeiros. Mas, veremos....


Jota 07/07/2020minha estante
Eu li o primeiro da nova trilogia, a história é boa mas não é a mesma escrita do Larson da para notar




Ewerthon.Gomes 17/06/2020

Simplesmente sublime
Só tenho uma coisa a dizer. Leiam. Sem pena. Sem medo. Simplesmente leiam. Já estou com saudades de Lisbeth, Blomkvist, Anika, Erika e por aí vai. Nunca tinha lido uma estória tão bem escrita e encaixada. Sublime. Comi um livro de quase 700 páginas em 4 dias. Isso pq precisei trabalhar nesse meio tempo. Pq se não dois dias me eram suficiente.

Temas atuais como a Misoginia, tráfico de mulheres, corrupção são citados de uma forma incrível por Stieg. Pena que ele morreu. Sua escrita é incomparável. Valeu cada linha, cada página lida.

Lisbeth é simplesmente a personagem feminina mais incrível que já li e conheci em um livro.

Reviravoltas, tramas, amores, decepções, suspense, mistério, tudo consegue ser citado de uma forma incrível neste clássico da literatura.

Irei terminar está resenha como a comecei. Leiam. Simplesmente leiam.
comentários(0)comente



Karine Reibrich 07/06/2020

A parte três da série Millennium começa onde o Livro 2 termina, pois os personagens principais estão com alguns problemas reais. Embora alguns possam dizer que este é o "melhor de todos", arrisco-me a dizer que os Livros 1 e 3 estão em uma disputa acirrada por essa honra. Ele amarra algumas pontas soltas importantes, mas deixa algumas questões muito amplas em aberto para obter as respostas merecidas.
comentários(0)comente



Vinicius 28/05/2020

Ótima trilogia
Dizer que se trata de um desfecho esperado para a trilogia não tira o brilho dessa história com personagens cativantes, investigações, teorias da conspiração e o tema que serviu de inspiração para o autor, após o trauma de uma experiência pessoal: a misoginia.
comentários(0)comente



Igor.Souza 28/05/2020

Capitulo 1
testesteste
comentários(0)comente



Thaís 26/05/2020

O começo do livro me deixou um pouco apreensiva, pois até a página 100 mais ou menos eu estava bastante entediada pois o livro anterior terminou com um baita gancho e aí esse começa reintroduzindo uma trama.

Mas a partir do momento em que os primeiros indícios da trama foram lançados eu não consegui largar o livro!

Achei a trilogia maravilhosa e não sei a razão de ter demorado tanto para ler os livros sendo que comprei o box tem uns 10 anos!

Ainda não me decidi se vou tentar pelo menos ler os livros seguintes, decididamente não será a mesma coisa pois a escrita do autor é bem única.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Gi 10/05/2020

Sempre Lisbeth
Indico muito a trilogia Millennium!! Gosto demais! Sou fã e Lisbeth Salander é uma de minhas personagens favoritas!
\m/
comentários(0)comente



Djeison 05/05/2020

Fiz um comparativo questionável quanto ao livro anterior da trilogia, pelo menos do ponto de vista do culto público leitor, afirmando que se tratava de uma espécie de ?Guerra Infinita? da Lisbeth Salander, expondo toda sua origem. Não só reitero a afirmação, como também acrescento à analogia, porque se ?A Menina que Brincava com Fogo? funciona como uma biografia repleta de suspense e com um final catastrófico, ?A Rainha do Castelo de Ar? tem a obrigação de consertar todos os eventos do livro anterior, no melhor estilo Ultimato.
Deixando as comparações à cultura pop de lado (embora eu certamente planeje utiliza-las novamente em um vídeo-ensaio), estou totalmente satisfeito com a leitura da trilogia. Acredito que esta seja a obra máxima de romance policial. Não tão infantil quanto Conan Doyle e seus constantes deus ex machina, nem tão pastoso e interativo quanto Agatha Christie ou Sidney Sheldon, que pareciam escrever através de uma fórmula.
O que vemos é um emaranhado de tramas de caráter social e político, que servem como plano de fundo para o verdadeiro tema abordado: a misoginia. Somos conduzidos por esse labirinto de personalidades excêntricas que compõem a polícia, a imprensa, o serviço secreto e os bandidos de forma magistral por Stieg Larsson.
Esse autor inclusive merece uma menção honrosa. Seu estilo é totalmente alheio aos devaneios eruditos da literatura clássica, assemelhando-se muito mais à um enredo cinematográfico, o que não só deixa a leitura fluída em seus capítulos curtos e corriqueiros, como também instigante. Você lê 80 páginas sem perceber.
Deixo por fim uma saudação à Larsson, que infelizmente não conseguiu chegar nem perto de finalizar seu ambicioso projeto de 10 romances tendo o Mikael e Lisbeth como protagonistas, mas ainda assim nos presenteou com uma trilogia incrível.
Recomendo fortemente à qualquer tipo de leitor, especialmente aos que não gostam de ler. Eis um grande estímulo.
comentários(0)comente



Carolina 02/05/2020

A trilogia como um todo é excelente, mas nesse terceiro livro temos um romance de espionagem tão complexo e envolvente que as quase 700 páginas fluem rapidamente. Confesso que fiquei um pouco assustada com o tamanho do livro, e as primeiras 100 páginas tem um ritmo mais lento, porém depois disso é impossível parar até chegarmos ao desfecho dessa trilogia.
comentários(0)comente



Cíntia (@cintialovesbooks) 23/04/2020

A Rainha do Castelo de Ar é o terceiro livro da trilogia Millenium. Ele começa exatamente no momento em que o anterior (A Menina que Brincava com Fogo) termina e por isso não irei comentar nada muito específico sobre os acontecimentos, para não estragar a surpresa de quem ainda não leu.

Mas não posso deixar de ressaltar que amo romances policiais e investigativos e assim como os outros dois livros, esse eu também não consegui parar de ler. A evolução e amadurecimento da Lisbeth Salander só confirmou como ela é maravilhosa e o Mikael Blomkvist com sua amizade e lealdade me encantou ainda mais. Confesso que já estou com saudade desses dois.

Neste último livro da trilogia Millenium, o Stieg Larsson continua falando sobre as injustiças que as mulheres sofrem e nos presenteia mais uma vez com uma trama muito bem elaborada, cheia de reviravoltas, com um desfecho espetacular e que finaliza os livros com perfeição sem deixar nenhuma ponta solta.

Uma curiosidade importante: infelizmente o Stieg Larsson faleceu e o autor David Lagercrantz foi contratado para escrever uma sequência. Ele escreveu mais dois livros, que admito, não me animei em ler e não lerei, pois quero guardar a imagem perfeita que tenho da trilogia Millenium e seus personagens tal qual o autor original os criou (cá entre nós não tinha necessidade de continuações já que a história acaba bem fechadinha).

Mas enfim, recomendo muitíssimo essa trilogia que se tornou uma das minhas favoritas da vida. Apenas leiam!!!
comentários(0)comente



Cabral 09/04/2020

 O tamanho assusta, mas tudo é questão de ritmo e paciência. Stieg Larsson é descritivo e prolixo em certos pontos, o que não diminui a qualidade da história, apenas leva um tempo maior até que o ambiente e detalhes que compõe a narrativa sejam totalmente apresentados ao leitor. 
Passando isso, a história atinge um ritmo alucinante que me deixou com o coração a mil por hora. Em certo ponto não consegui parar de ler. Meu coração ficou acelerado durante toda a leitura
Ao longo dos 3 livros, foi possível perceber o crescimento de Lisbeth, ou melhor, seu amadurecimento.
Mikael também aprendeu muito ao longo da trama e imagino que, se o autor estivesse vivo (ele morreu em 2004), ele iria aprofundar sua história. 
comentários(0)comente



Rodrigo 09/04/2020

Decepcionante
Livro chato, previsível e enfadonho. Péssima leitura, só terminei por obrigação. Sem dúvidas o pior da trilogia - o primeiro é incrível, o segundo nem tanto.
Crissandreto 09/04/2020minha estante
Nossa, sério? Eu gostei tanto do final da série. Fiquei um bom tempo frustrada com todo livro que eu lia pq achava tudo ruim comparado com esse


Rodrigo 09/04/2020minha estante
Juro, Cris. Há anos não entrava aqui no Skoob pra nada, mas minha insatisfação foi tão grande que assim que terminei a leitura vim aqui escrever. Acho que gostei tanto do primeiro que criei demasiadas expectativas para os demais.




grasi 30/03/2020

Muito bom!!! Recomendo bastante a leitura
comentários(0)comente



Haruko 21/03/2020

Apesar de sempre trabalha com temas intensos é uma leitura muito cativante, daquela que você não consegue parar de lê.
Recomendo muito a leitura porque não tem como nao amar Lisbeth Salander e sua determinação
comentários(0)comente



318 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |