Perdida no Paraíso

Perdida no Paraíso Bhetys Oliveira




Resenhas - Perdida no Paraíso


19 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Cris 06/03/2016

Kristen Berkeley está enfrentando um dos piores momentos de sua vida, além de perder sua melhor amiga e irmã gêmea para a morte, convive com uma mãe rancorosa que a culpa a todo momento, e em meio a acusações e brigas sem fundamentos, a relação entre mãe e filha aos poucos se deteriora e mesmo não querendo, Kristen se vê obrigada a deixar sua casa para ir morar com um pai ausente que mal a conhece.

Os meses vão passando e sua adaptação em Nova York demora um pouco para acontecer, mas graças à sua prima Sarah, as coisas acabam tornando-se mais fáceis e maleáveis. A dor da perda ainda continua cravada em seu peito, mas Kristen decide deixar a tristeza de lado e dar uma chance à felicidade, quem sabe? E quando tudo parece entrar nos eixos, ela conhece Landon Parker, um bad-boy detestável e capitão do time de futebol, a química entre os dois é imediata e quando menos percebemos os dois já estão apaixonados.

Nem tudo é perfeito para Landon Parker, o queridinho da escola tem um segredo e luta diariamente para esquecê-lo e seguir em frente, mas, até quando ele continuará escondendo a verdade de Kristen? Não seria melhor abrir o jogo antes que alguém faça isso por ele?

(...) É estranho, quando pensamos que nada pode ficar pior, vem a merda do destino e nos mostra que tudo pode piorar a qualquer momento.

'Perdida no Paraíso' é um livro nacional e inicialmente era uma fanfic de 'Belo Desastre' e, embora haja similaridade entre as duas histórias, pude perceber que a autora trilhou outros caminhos a fim de desvencilhar suas semelhanças. A construção da trama está dentro daquilo que o gênero já nos oferece, traz consigo protagonistas traumatizados com uma trajetória de superação de vida a nos mostrar e convencer. O desenrolar dos acontecimentos é de fácil entendimento, porém seu desfecho impacta e causa ao leitor uma curiosidade aguçada. Isso é bom.

Sou apaixonada por leituras juvenis, já li muitos livros com esta temática, alguns bons e outros apenas legais se bem que fracos. O fato de eu amar esta roupagem pré-moldada me dá a segurança de julgar uma história e, embora 'Perdida no Paraíso' ofereça a quem está lendo momentos de mistério e drama por conta do passado de seus envolvidos, ele não nos presenteia com um enredo inovador, consistente. E por se tratar de uma série de quatro livros, o crescimento de seus protagonistas acontecerá de maneira ritmada e no mínimo esperada.

A narrativa da autora Bhetys Oliveira é fluida, sua escolha ao intercalar os pontos de vista entre Landon e Kristen deixa o leitor a par de tudo, com isso pude criar uma certa empatia pelo casal. Contudo, os erros de português presentes em todos os capítulos me incomodaram e muito. Infelizmente não consegui me envolver com o romance apresentado, sentia que o brilho da história era roubado minuciosamente. Acredito que o livro tenha tudo para ser interessante e até apaixonante, no entanto, para que isso aconteça será necessário uma nova revisão. Somente assim ele atingirá um número considerável de fãs.
comentários(0)comente



Clube do Livro 14/05/2015

Perdida no Paraíso conta a história de amor entre Kristen e Landon, e se diferencia de tantas outras por não ser apenas uma história de amor açucarada. Os personagens não são distantes de nossas realidades, perfeitinhos, onde tudo na vida dá certo e tudo sai como o esperado e com o tão conhecido final feliz.


Os personagens principais do livro, Landon e Kristen, são dois adolescentes que passaram por situações traumáticas em suas vidas. O pai de Landon havia abandonado a família quando ele tinha nove anos. A desestruturação da família fez com que Landon achasse que o amor era sinônimo de complicações, desencantos e dor. Isso, até conhecer Kristen.

Em seu círculo de amizades, Landon tinha fama de mulherengo e insensível, que não respeitava os
sentimentos das garotas que passavam por sua vida, e nem muito menos estava disposto a manter um relacionamento sério. Contentava-se em ser o mais disputado e o queridinho das garotas. Desde que conheceu Kristen, mesmo recusando-se a admitir, sentiu-se atraído por aquela menina tão diferente dos padrões das garotas que conhecia. Mas se ele podia ter qualquer garota que quisesse, então por que não conseguia parar de pensar em Kristen, que se mostrava tão indiferente a ele?

Kristen também não estava preparada para envolver-se com ninguém. Estava vindo de uma tragédia familiar, onde sua irmã gêmea, Kathy, sua maior amiga e confidente, morrera. Fora morar em outra cidade com seu pai, por decisão da mãe, que não suportava a sua presença, achando que ela era culpada pela morte da irmã. Ela precisava de um novo começo e apaixonar-se não estava nos seus planos. Apesar de considerar Landon um bad boy arrogante, não podia negar que ele era sexy e atraente. A cada encontro, sentia-se perdida e confusa em relação aos desejos que ele lhe despertava. Por medo de se ferir, lutava e recusava-se a ceder a tais desejos, até que, na noite da festa que Landon deu nos jardins de sua mansão, sai da festa desacompanhada, quase é estuprada e é salva por Landon.


As impressões que um nutria pelo outro vão se transformando, e o relacionamento vai ganhando força. Nenhum deles jamais será o mesmo. A partir deste acontecimento, a história torna-se completamente viciante. É impossível parar de ler, pois é grande a curiosidade em saber como e quando acontecerá o próximo encontro, o próximo beijo, a próxima briga, a próxima reconciliação, a primeira vez de Kristen, a próxima surpresa, o conteúdo da carta que Kathy deixou com seu pai dias antes de morrer para que fosse entregue a Kristen (sem querer estragar a surpresa, posso adiantar que a carta revela como e porque Kathy morreu), sem contar também com as cenas “hots” da história, narradas pela autora de maneira impecável: sem apelações e exageros, com delicadeza, romantismo e muita, muita sensualidade.


O livro é narrado pelos protagonistas alternadamente, o que a princípio me deixou um tanto apreensiva. Normalmente essas narrações tornam-se repetitivas e cansativas, mas a autora conseguiu tornar a leitura agradável onde os acontecimentos, apesar de serem narrados sob o ponto de vista de cada um, têm como finalidade única esclarecer o leitor sobre o pensamento de cada personagem em relação aos fatos e suas emoções, sem repetições entediantes e desnecessárias.

O final do livro não traz o tão esperado “felizes para sempre”, até porque o livro tem continuação, ficando a expectativa de que a continuação traga um Landon e uma Kristen mais amadurecidos, revelando todos os segredos e mentiras que possam por fim ao relacionamento amoroso dos dois, lutando para superarem orgulhos, medos, culpas e desconfianças, conscientes de que o futuro deste relacionamento dependerá exclusivamente de quão bem eles lidarão com passado e suas capacidades de superação.

Não posso deixar também de parabenizar a autora, Bhetys Oliveira, por seu talento e criatividade. Perdida no Paraíso não é só mais um romance. É uma história de dor, de mágoas, de ressentimentos, de perdas e danos, de surpresas, de vida e de morte, de recomeços e de superação, sem contudo deixar de ser uma linda história de amor. Apaixonei-me pelos diálogos, pela narração atual e direta, pela polêmica, e pelos personagens com suas falhas e acertos, pois é a imperfeição dos personagens que faz com que nos identifiquemos tanto com história, tornando-a tão crível e surpreendente.

Resenha Vanda Costa - Blog Clube do Livro

site: http://clubedolivro15.blogspot.com.br/2015/05/resenha-perdida-no-paraiso-bhetys.html
comentários(0)comente



Blog NR 25/08/2015

Resenha Perdida no Paraíso
Kristen é mandada para casa do pai depois que sua irmã gêmea falece, sua relação com a mãe nunca foi das melhores e nos últimos tempos só tem piorado. Cheia de remorso e decidida a mudar sua vida a garota se agarra a nova realidade como uma forma de recomeçar, sendo outra pessoa, deixando para trás tudo que um dia lhe foi importante.

Na nova cidade conta com a amizade e o carinho de sua prima Sarah, de seu namorado Scott e Ian - irmão de Scott - mas quem ganha mesmo sua atenção é Landon, um rapaz problema sem aparentante nenhuma preocupação na vida a não ser beber e farrear.

Landon adora bancar o desprendido, o bad boy que não esta nem ai para nada. Porém a verdade não é essa, o rapaz sofre um conflito familiar, um pai que se tornou ausente no início de sua adolescência e que depois de anos volta para sua vida como se nada tivesse acontecido e querendo impor suas vontades, se sentindo cada vez mais oprimido não vê escolha a não ser levar a vida no limite.

Apesar da resistência de ambos no começo, nossos jovens acabam se rendendo a uma paixão complicada e explosiva. Bhetys soube retratar muito bem como o amor pode ser um sentimento complicado, sobre tudo quando se é tão jovem. E nem sempre só amar uma pessoa pode ser suficiente para tê-la com você.

"Ela tinha o dom de me acalmar e me fazer esquecer de tudo, era por isso que eu a amava tanto, porque com ela eu não precisava ter medo eu poderia ser simplesmente eu."

Com os capítulos alternados entre nossos protagonistas podemos entender as duas partes, o que ajuda muito a compreender certas situações. O livro tem uma pegada meio New Adult mas pela idade dos personagens acho que está mais para YA de qualquer maneira não aconselho menores de 16 anos lerem a história. Creio que todos que gostem de romances jovens, com bad boys e afins irão gostar muito do livro. Mas não se enganem Perdida no Paraíso não se trata só disso, a estória fala sobre luto, em como é difícil lidar com a perda, fala sobre amizade, sobre conflitos familiares e claro sobre o amor, e o quanto ele pode ser avassalador e muitas vezes machucar.

Há muitas outras coisas que gostaria de falar para vocês sobre a história, mas não quero dar spoilers para ninguém kkk, acho que é melhor que descobram sozinhos ;)

Gostaria de agradecer muito a linda da Bhetys por ter me permitido ler o livro em primeira mão, essa mulher é sensacional gente;) ela sabe o quanto gosto dela, posso dizer com toda certeza que amizade virtual existe por que nós nem nos conhecemos pessoalmente ainda neh Bhetys rsrsr.

Nota: galera o livro foi mandado para revisão na semana passada então se tudo correr bem é provável que mês que vem já tenhamos o livro físico em mãos, apesar dessa capa ser linda, ela não será a definitiva então assim que sair a nova divulgarei para vocês ok. No próximo mês faremos um mega especial para o lançamento do livro, então se você gostou da história e deseja participar desse especial com agente é só me chamar lá no face que conversamos melhor tá link.

Skoob, Fanpage do Livro, Grupo da Autora, Wattpad.

"Eu não aguentaria por muito tempo... Tudo estava girando a minha volta, os acontecimentos dos últimos dias, deixando-me sem chão, nunca pensei que minha vida fosse voltar ao pondo zero... Nunca pensei que tudo iria voltar exatamente de onde eu tinha caído... Nunca pensei que eu tivesse que lutar tudo de novo para sobreviver a mais uma perda."

"É estranho, quando pensamos que nada pode ficar pior, vem a merda do destino e nos mostra que tudo pode piorar a qualquer momento."

Thais Maia

site: www.notinhasderodape.com.br
comentários(0)comente



Vivs 04/05/2016

Resenha feita pelo blog Corujas de Biblioteca
Perdida no Paraíso é um romance intoxicante, sedutor e viciante. A vida de Kristen Berkeley não fácil, depois da morte da sua irmã gêmea ela acaba indo morar com o pai em Nova York e quer fazer de tudo para esquecer o passado. Landon Parker é o perfeito bad boy mulherengo, mas que vê em Kristen algo de diferente.
Kristen é uma garota que sofreu muito, a morte de sua irmã gêmea fez com que ela fosse expulsa de casa pela mãe que a culpa pelo que aconteceu com a outra filha. Ela então é obrigada a ir morar com o pai, nova escola, novos amigos e é claro, Landon. Landon sempre teve tudo o que quis, o mulherengo, jogador de futebol do time da escola Mas instantaneamente parece atraído pela aluna nova.

É claro que no começo tudo que Kriten quer é distância de Landon, ele representa tudo que ela vem tentando fugir desde a morte da irmã. E ele também não admite o que sente quando percebe que Kristen o faz sentir o que há muito tempo não sentia.

Você é minha única certeza, minha linda.
O romance dos dois é cheio de idas e vindas, Landon tem um segredo e Kristen tem um passado, mas o amor deles é muito forte e ele fazem de tudo para continuar juntos. Eu gostei bastante do desenrolar da história, apesar de ter um ar clichê, Perdida no Paraíso trás mais do que a mocinha apaixonada pelo Badboy, um enredo divertido e com um desfecho surpreendente. Recomendo!

site: https://corujasdebiblioteca.com.br/2016/05/04/perdida-no-paraiso-bethys-oliveira/
comentários(0)comente



Voandoentrepaginas /livro_gram 03/06/2017

Lobo mau e Sua Linda Kristen !
Landon Parken e um tipico bad boy que tem fama de gostosão por onde passa mas por baixo dessa fachada de durão tem um menino de coração enorme , ele tem tudo e todos a sua disposição mas ao se depara com Kris sua vida se vira ao avesso e a capa de lobo mal cai . Já Kristen uma jovem sofredora que foi mandada por sua mae para morar com seu pai depois da morte de sua irmã gêmea , onde ela vivera ao lado de sua amiga prima Sara . Kristen fica balançada com a beleza de Landon mas não dara o braco a torce para esse bad boy tao fácil como ele estar acostumado. Depois de um certo acordo eles precisam se conhecer melhor para ter um relatório para aula que frequentam juntos. ( Agora vai começar a diversão) e agora o que sera desses dois em. O casal vive as mil maravilhas mas um segredo estar para abalar as estruturas do casal , o amor vai ser posto a prova . Mas o orgulho de ambos fazem que fiquem longe di outro, mas entre idas e vindas a Autora nos traz um final inesperado e que ficarei na expectativa do próximo livro. "Uma leitura envolvente , narrada pelos dois ângulos , eles são dos jovens se descobrindo com seus passados contubardos e orgulhosos . O que será desses casal no próximo livro ?
Bhety não nos deixe com o coração na mão nos apresentei com a continuação dessa eletrizante história de Landon e Kristen !!!!! Venha conhecer a historia de Bhety.
De muitos que li essa me mostrou que o orgulho nos faz , perder o que a vida tem a nós oferecer.
Vem conhecer Landon e sua Linda Kris... VC não sabe o que estar perdendo !!!!
comentários(0)comente



Vivi 21/03/2016

Resenha - Perdida no Paraiso / Blog O Amante de Livros
Resenha

O livro traz no cenário principal, Landon e Kristen, ambos jovens com passados traumáticos.

Landon: O pai de Landon, abandonou a família quando ele ainda era criança, por isso ele cresceu acreditando que o amor era algo doloroso, sinônimo de abandono e sofrimento. Por tanto sempre se manteve afastado de qualquer coisa semelhante ou relacionada ao amor.

Entre os que o conheciam, Landon tinha fama de bad boy. Ele gostava de ser o centro das atenções por onde passava, principalmente entre as garotas, todas o desejavam, ele era o cara mais cobiçado. Mas todas sabiam que era praticamente impossível alguém conquistar o coração de gelo do rapaz, e principalmente ultrapassar a barreira imposta por ele.

Mas isso muda quando ele conhece Kristen, uma garota completamente diferente das que estava habituado, algo nela chamava sua atenção, ela era única e isso o intrigava, ela virou praticamente um desafio, principalmente por não cair aos seus pés como as outras, mesmo negando que ela havia despertado algo nele, seus verdadeiros sentimentos não puderam passar desapercebidos.

Kristen: Seu passado é deixado para trás quando ela é obrigada a ir morar com seu pai em Nova York, devido a seu relacionamento complicado com sua mãe e também ao trágico acidente que matou sua irmã gêmea. Tudo é novo para ela, principalmente seu relacionamento com seu pai, ambos passam a construir uma relação e, aos poucos, Kristen começa uma nova vida, literalmente diferente da que tinha quando vivia com sua mãe. No novo ambiente, Kristen, descobre como é ter um relacionamento próximo com as pessoas e, como é ter um carinho afetivo, sentir-se acolhida e amada.

A relação de Landon e Kristen começa na escola, entre brigas e reconciliação. Após muitas idas e vindas a vida coloca novamente Kristen a prova, em uma festa oferecida por Ladon em sua casa, Kristen é quase estuprada ao sair do local sozinha e é salva por Landon. A partir desse ponto a relação de brigas entre os dois abre espaço para uma nova história, com mais proximidade.


Kristen e Landon, são um casal capaz de despertar no leitor um misto de sentimentos que varia do ódio a compaixão, com o passar da leitura podemos acompanhar a fragilidade na vida desses personagens, as feridas que vão cicatrizando e principalmente a maneira que eles encontram para reescrever sua história.


A trama é narrada sob a ótica de ambos protagonistas o que deixa a perspectiva de avaliação melhor ao leitor. O livro é indicado para maiores de 16 anos, pois contém algumas cenas mais quentes, nada explicito ou exagerado, apenas com doses sensuais nas cenas de amor de nossos protagonistas.

O fim da leitura deixa uma grande surpresa, já que a história tem continuação, e para o leitor fica o baque, já que o livro termina com aquele gostinho de quero mais.


O livro a princípio pode parecer aquela pegada clichê de bad boy versos mocinha complicada e sofredora, mas vai além, em Perdida no Paraíso a autora, Bhetys Oliveira, consegue criar um universo onde é possível reacender o laço de fraternidade, deixando uma mensagem de superação através do amor e da união.


site: www.oamantedelivros.com.br
comentários(0)comente



Ana Carolina 05/04/2016

Perdida querendo o segundo livro!

Perdida no paraíso foi literalmente uma surpresa. Primeiro que o livro chegou aqui por surpresa pela Editora Arwen. Tinha escolhido outro livro, como eles não tinham para enviar me enviaram esse. Segundo é que não tinha nenhuma expectativa com a leitura. Posso dizer que quebrei a cara, literalmente. Vou tentar contar nessa resenha como ele se tornou um dos meus queridinhos.

"Engraçado que momentos bons, quando acabam, deixam aquele vazio que parece que nunca iremos preencher novamente."

O livro conta a história do casal Kristen e Landon. Landon um jogador de futebol e Kristen a menina novata no colégio. Clichê não é? Mas como não ligo para clichês, e até amo ler esse tipo de livro, embarquei na leitura pensando que só seria mais um livro que passaria na minha vida. Mero engano, se tornou o livro que indico para todas as minhas amigas rsrs. Quem foi que disse que para ser clichê o livro tem que ser ruim, não é mesmo?

Kristen acabou de perder a sua irmã gêmea, por isso vai morar com seu pai. Sua mãe briga com ela e manda ela para a casa do pai. Chegando na casa do pai ela conhece novos amigos, entra em um colégio novo e lá conhece o bad boy Landon.

Landon é jogador de futebol, bad boy e tem todas as meninas aos seus pés. Ele só quer saber de festas e meninas, claro até conhecer Kristen. Tem um motivo por ele ser assim e ao decorrer da leitura descobrimos. Landon é o típico personagem que toda Maluca por Romances ama ler. Só de pensar aqui fico suspirando por Landon. Sério, estou completamente apaixonada por ele rsrs.

"Quando estou com ele, sinto como se eu pudesse respirar e esquecer todo o meu passado."

O livro não é só romance, rola todo um mistério de como a irmã de Kristen morreu e do porque o Landon ser tão fechado para o amor. Fiquei doida para desvendar o segredos dos dois, isso fez me prender a leitura e chamar a autora no chat Sim, fui cara de pal e adicionei a autora no chat para trocar figurinhas rsrs. Diversas vezes quis matar a autora, mas logo passou rsrs. Esse livro você ler e quer ter alguém lendo junto para comentar. São muitas partes que você vai querer parar para respirar, isso te garanto rsrs.

Resenha completa no blog Malucas por Romances http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/2016/03/resenha-perdida-no-paraiso-1.html
comentários(0)comente



Ju 12/02/2016

EU ME PERDI NO PARAÍSO (RESENHA: PERDIDA NO PARAÍSO)
SURPREENDENTE! Não poderia começar com outra palavra a descrição de “Perdida no Paraíso”. Uma história que te envolve do início ao fim, onde Kristen e Landon além de personagens se materializam em nossas imaginações tão profundamente que parece ser a história de alguém que conhecemos e, em outros casos, até mesmo as nossas próprias histórias, pois reconhecemos neles algo de peculiar. Diferente das histórias Clichês nas quais estamos acostumados “Perdida no Paraíso” traz algo diferente: Uma surpresa doce e maravilhosa após cada ponto que a narrativa possui. Eu queria, de fato, viver uma história como essa. Apesar dos altos e baixos que a história de amor dos personagens possui eu gostaria de vive-las, simplesmente, porque toda história de amor que se prese de verdade é assim: Uma montanha russa de sentimento que invade o peito, onde ao mesmo tempo que dói acalenta a alma, visto que é tão forte que como resultado o que se sente não pode ser guardado dentro de nós, não pode ser controlado, invadindo assim os olhos de todos aqueles que o presenciam. E o final? Que final é esse? Não posso dizer, mas tenha uma certeza: Com certeza deixa um delicioso gosto de quero mais. Eu indico.
Silvestarley 13/02/2016minha estante
Boa resenha!




Vanda 20/06/2015

Apaixonante
Perdida no Paraíso – Bhetys Oliveira

Perdida no Paraíso conta a história de amor entre Kristen e Landon, e se diferencia de tantas outras por não ser apenas uma história de amor açucarada. Os personagens não são distantes de nossas realidades, perfeitinhos, onde tudo na vida dá certo e tudo sai como o esperado e com o tão conhecido final feliz.
Os personagens principais do livro, Landon e Kristen, são dois adolescentes que passaram por situações traumáticas em suas vidas. O pai de Landon havia abandonado a família quando ele tinha nove anos. A desestruturação da família fez com que Landon achasse que o amor era sinônimo de complicações, desencantos e dor. Isso, até conhecer Kristen.
Em seu círculo de amizades, Landon tinha fama de mulherengo e insensível, que não respeitava os sentimentos das garotas que passavam por sua vida, e nem muito menos estava disposto a manter um relacionamento sério. Contentava-se em ser o mais disputado e o queridinho das garotas. Desde que conheceu Kristen, mesmo recusando-se a admitir, sentiu-se atraído por aquela menina tão diferente dos padrões das garotas que conhecia. Mas se ele podia ter qualquer garota que quisesse, então por que não conseguia parar de pensar em Kristen, que se mostrava tão indiferente a ele?
Kristen também não estava preparada para envolver-se com ninguém. Estava vindo de uma tragédia familiar, onde sua irmã gêmea, Kathy, sua maior amiga e confidente, morrera. Fora morar em outra cidade com seu pai, por decisão da mãe, que não suportava a sua presença, achando que ela era culpada pela morte da irmã. Ela precisava de um novo começo e apaixonar-se não estava nos seus planos. Apesar de considerar Landon um bad boy arrogante, não podia negar que ele era sexy e atraente. A cada encontro, sentia-se perdida e confusa em relação aos desejos que ele lhe despertava. Por medo de se ferir, lutava e recusava-se a ceder a tais desejos, até que, na noite da festa que Landon deu nos jardins de sua mansão, sai da festa desacompanhada, quase é estuprada e é salva por Landon. As impressões que um nutria pelo outro vão se transformando, e o relacionamento vai ganhando força. Nenhum deles jamais será o mesmo. A partir deste acontecimento, a história torna-se completamente viciante. É impossível parar de ler, pois é grande a curiosidade em saber como e quando acontecerá o próximo encontro, o próximo beijo, a próxima briga, a próxima reconciliação, a primeira vez de Kristen, a próxima surpresa, o conteúdo da carta que Kathy deixou com seu pai dias antes de morrer para que fosse entregue a Kristen (sem querer estragar a surpresa, posso adiantar que a carta revela como e porque Kathy morreu), sem contar também com as cenas “hots” da história, narradas pela autora de maneira impecável: sem apelações e exageros, com delicadeza, romantismo e muita, muita sensualidade.
O livro é narrado pelos protagonistas alternadamente, o que a princípio me deixou um tanto apreensiva. Normalmente essas narrações tornam-se repetitivas e cansativas, mas a autora conseguiu tornar a leitura agradável onde os acontecimentos, apesar de serem narrados sob o ponto de vista de cada um, têm como finalidade única esclarecer o leitor sobre o pensamento de cada personagem em relação aos fatos e suas emoções, sem repetições entediantes e desnecessárias.
O final do livro não traz o tão esperado “felizes para sempre”, até porque o livro tem continuação, ficando a expectativa de que a continuação traga um Landon e uma Kristen mais amadurecidos, revelando todos os segredos e mentiras que possam por fim ao relacionamento amoroso dos dois, lutando para superarem orgulhos, medos, culpas e desconfianças, conscientes de que o futuro deste relacionamento dependerá exclusivamente de quão bem eles lidarão com passado e suas capacidades de superação.
Não posso deixar também de parabenizar a autora, Bhetys Oliveira, por seu talento e criatividade. Perdida no Paraíso não é só mais um romance. É uma história de dor, de mágoas, de ressentimentos, de perdas e danos, de surpresas, de vida e de morte, de recomeços e de superação, sem contudo deixar de ser uma linda história de amor. Apaixonei-me pelos diálogos, pela narração atual e direta, pela polêmica, e pelos personagens com suas falhas e acertos, pois é a imperfeição dos personagens que faz com que nos identifiquemos tanto com a história, tornando-a tão crível e surpreendente.
Querido leitor, você não pode se privar desta leitura. Super recomendo!
Bhetys, aguardo ansiosa pela continuação.


site: http://clubedolivro15.blogspot.com.br/2015/05/resenha-perdida-no-paraiso-bhetys.html
comentários(0)comente



Luciana 16/06/2016

Super recomendo!
Perdida no Paraíso é o primeiro livro da Série Paraíso.

“É engraçado como momentos bons, quando acabam, deixam aquele vazio que parece que nunca iremos preencher novamente.” (p. 221)

Uma pausa para respirar... pronto!
Eu simplesmente devorei Perdida no Paraíso. Não conseguia parar de ler. Não podia imaginar nem a metade do que acontece na história!
Vamos começar...

Perdida no Paraíso conta a história de Kristen Berkeley e de Landon Parker.
Kristen é uma adolescente de dezessete anos que, após passar por uma tragédia na família envolvendo sua irmã gêmea, vai morar com seu pai em Nova York contra a sua vontade.
Ao se mudar, o que ela mais quer é reestruturar a sua vida e seguir em frente. E nessa nova caminhada, vai contar com a ajuda de sua prima Sarah, que a ajuda no processo de ajeitar a vida nova, e as duas se tornam melhores amigas.
Porém, no seu primeiro dia de aula ela conhece Landon Parker, um bad boy mulherengo que vai virar sua vida de cabeça para baixo.

“Éramos melhores amigas, não havia nem um segredo entre nós. Mas a vida tinha nos separado de forma trágica, e minha mãe me culpava por isso.” (p. 10)

“Uma espécie de calor percorre meu corpo quando ele sorri. Um sorriso terrivelmente sarcástico e sexy. À medida que ele se aproxima, noto que ao sorrir, covinhas se formam em cada lado de suas bochechas, o que lhe deixa ainda mais sedutor.” (p. 19)

Narrado em primeira pessoa, o livro se divide em capítulos alternados entre a visão de Kristen e a visão de Landon.

Kristen é uma típica adolescente de dezessete anos. Ela é loira, de cabelos ondulados e olhos acinzentados. Confusa, fragilizada e um pouco perdida, ela tenta encontrar seu lugar em meio ao caos que se tornou a sua vida.

“Dou um suspiro profundo, encolhendo-me na cama. Eu poderia ficar aqui para sempre, mas isso é impossível. Já fugi por tempo demais e agora está mais do que na hora de encarar os fatos. Eu tenho que seguir em frente." (p. 13)

Landon é um bad boy. Moreno, levemente bronzeado, de cabelos curtos e pretos, olhos castanhos escuros, e com covinhas nas bochechas, ele é o arrasador de corações do colégio. É estressado, marrento, explosivo e um pouco convencido.

“(...) Quase todas as garotas da escola já me amaram e me odiaram algum dia e isso nunca fez nenhuma diferença. Não é agora que vai começar a fazer." (p. 43)

E a mistura desses dois significa o que? Fortes emoções!

(+) Leia a resenha completa no blog.

site: http://literalizandosonhos.blogspot.com.br/2016/03/resenha-perdida-no-paraiso-bhetys.html
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Thays 17/04/2016

Uma noite pode definir e mudar o rumo de alguém definitivamente...
Uma noite pode definir e mudar o rumo de alguém definitivamente...

De uma hora para outra Kristen vê seu mundo ser abalado, e tudo que ela foi um dia, foi perdido no momento em que ela enterrou sua metade, a sua irmã gêmea.

Após a morte da sua irmã Kristen não sabe o que fazer, elas sempre vivam juntas, apesar das diferenças de personalidades elas viviam grudadas, e eram mais do que irmãs, eram amigas.



Agora tudo que Kristen precisa é de todo carinho da sua mãe e cuidado, no entanto o que ela recebe é o desprezo, sua mãe a culpa pelo que aconteceu naquela noite, e agora Kristen será enviada para casa do seu pai.

-Doí, não é? Saber que tudo isso poderia ter sido evitado se você tivesse me dito o que estava acontecendo.

Ela gosta muito do pai apesar de só vê-lo apenas algumas vezes no ano, sempre se perguntou como seria morar com ele. No início é difícil para ambos os lados.

Agora é hora de recomeçar, nova vida, novos amigos, nova escola. Kristen é do tipo de garota que não acredita no amor, nem em nenhuma bobagem de paixão, mas quando ela vê Landon, ela sente algo diferente, algo que nem ela sabe definir o que é.

Entretanto, não vou perder meu tempo admirando alguém que parece não ter nenhum escrúpulos. Ele é apenas um garoto metido que acha que pode flertar e conquistar qualquer garota com apenas um olhar.... Que por sinal, é de tirar o fôlego.

Landon, poderia ser um típico jogador de futebol, mas não é bem assim, apesar da pose de bad boy, e de se envolver com todas as meninas que pode, ele não ser considerado típico, até mesmo por que ele já se apaixonou uma vez, e o seu sonho não é ser um jogador de futebol, o seu maior desejo é cursar arquitetura como sua mãe. No entanto ele vive tentando atender as expectativas do seu pai, que é treinador do time.

Inicialmente eles não se dão tão bem assim, fica uma tensão do ar, e na, maioria das vezes eles vivem trocando farpas. No entanto algo acontece e tudo muda, Landon ajuda em um momento e no outro quando menos esperam estão mais envolvidos do que acham.

Landon não quer se envolver, ele nunca será bom para ela, e o mais incrível nisso tudo é que ele não a vê como uma garota qualquer para transar, ele a enxerga com olhar de amor, de proteção e cuidado.

Eu estava mentindo para mim mesmo e isso era patético, essa garota está me fazendo sentir coisas que há muito tempo não sentia, na verdade, as coisas que ela me faz sentir é diferente de tudo... É um sentimento puro e sem maldades, é claro que a desejo, mas não é apenas sexo. É algo a mais, algo que eu não consigo identificar ainda...

Kristen não acha que ele seja o homem certo para ela, afinal ele é um bad boy, mas ela não pode negar o que o seu coração sente, e agora eles estão mais envolvidos do que nunca.

Quando Kristen chegou ela era apenas uma garota que queria recomeçar, e ela encontrou esse recomeço com Landon, no entanto ele esconde um segredo que pode pôr tudo a perder.

- Lembre-se Parker, todos temos um segredo. diz Ian, agachando-se ao meu lado. Você acha que ela vai gostar de você quando souber da verdade? pergunta, ironicamente.

Perdida no paraíso é um livro que conquistará muitos leitores, quem é fã de new adult precisa ler esse livro.

A autora tem uma escrita tão fluida que faz o leitor querer devorar cada página, confesso que esse livro me fez chorar, a relação de Kristen com a sua irmã gêmea era tão linda, cada momento no qual ela lembrava da sua irmã fez o meu emocional ficar abalado.

Landon é o personagem que conquistará os corações dos leitores, apesar das burradas, ele é incrível, só pelo fato da forma como ele vê Kristen ganhou meu coração.

O livro é narrado em primeira pessoa pelo ponto de vista dos dois personagens, todo o mistério da trama, é maravilhoso, a autora soube conduzir muito bem a história.

O livro não é apenas um romance NA, é muito mais do que isso, é uma história sobre como lidar com as perdas, perdão, amor e acima de tudo segunda chance.


site: http://thaysmdelima.blogspot.com.br/2016/04/resenha-perdida-no-paraiso.html#more
comentários(0)comente



Syntia Tainan @pequeninaestante 10/08/2018

PERDIDA NO PARAÍSO
Foi um livro que gostei bastante, li muito rápido, ficava a cada capitulo muito curiosa para saber o que ia acontecer com o casal, traz uma reflexão bem importante sobre relações familiares, amorosa e de amizades.

Criei um a relação de amor e ódio com Landon Parker, pois ao mesmo tempo que ele é muito amorzinho, muito romântico com a Kristen, ele é muito ciumento, e briguento, ele morre de ciumes de Ian, mas não fala logo para ela o motivo disso, e fica brigando até se ela fala com ele.

Kristen tem uma relação muito difícil com sua mãe, e isso é um dos problemas a serem resolvidos no livro, que a autora resolve muito bem.

Livro encantador que vale muito a pena ser lido, e que tem um segundo livro para que possamos conhecer ainda mais sobre os personagens, e autora nos faz ficar com muita vontade de ler o segundo no final, nos deixa roendo as unhas.

site: https://pequeninaestante.wordpress.com/2018/08/08/resenha-perdida-no-paraiso/
comentários(0)comente



Jana Matos @whatjanareads 03/11/2017

Puro nocaute!
Kristen é praticamente expulsa de sua casa por sua própria mãe após a morte de sua irmã gêmea. Chegando em NY para morar com seu pai, inicia uma nova fase em sua vida com o apoio de sua prima Sarah, agora melhor amiga e que avisa para ficar longe de Landon - o perigo mais irresistível que poderia aparecer em seu caminho.
Os dois juntos são o paraíso e ao mesmo tempo um mundo de segredos e mentiras que podem mudar suas vidas para sempre em meio a muita paixão, autoconhecimento e superação... ou não.
.
.
Esse livro foi simplesmente um tsunami! Do início ao fim extraindo até a última gota das minhas emoções.

Fui toda nele achando que era um romance erótico pela capa totalmente sugestiva e que o enredo seria bem clichê do tipo: protagonista forte e incrível que muda o cara popular, pegador que nunca amou de verdade e cheio de reviravoltas.

‘’- Não se envolva com ele. Landon tem o dom de quebrar tudo o que toca.’’

Mas fui inteiramente surpreendida.

Tem muito suspense e mistério na estória. Os dramas e reviravoltas são colocados na medida certa com um pouco de mimimi em alguns momentos, mas que é convincente levando em consideração de que se trata de protagonistas em idade colegial e que nesse período estamos em processo de amadurecimento.

‘’ Kristen... se eu me afastei de você, se fiz o que fiz, foi porque não queria sentir tudo isso que sinto cada vez que você está por perto.’’

Me apaixonei por cada um dos personagens que foram muito bem construídos e a escrita da autora me colocou no lugar de cada um deles proporcionando a sensação de que eu sentia exatamente o que estavam sentindo.

‘’No entanto, o que estou sentindo agora é diferente. A dor é tão real que eu poderia tocá-la.’’

Não achei o triangulo amoroso tão forte nesse livro no quesito deixar em dúvida ‘’qual é o preferido’’, mas confesso que foi fundamental para dar uma apimentada.

A narrativa fluiu sem eu nem perceber com diálogos gostosos que ativava minha imaginação como se estivesse em um filme, mas em contrapartida eu tenho que mencionar que diagramação e revisão deixaram a desejar .
Geralmente não destaco essas coisas quando são eventuais, mas nesse caso ocorreu durante o livro todo e causou desconforto.

Porém, isso não tirou o brilho desse romance e não impediu que fosse favoritado, porque foi um livro que me fez querer reler na mesma hora, arrancou lagrimas e sorrisos. Além disso, é um enredo totalmente diferente com um final destruidor e apaixonante ao mesmo tempo.

Recomendo para quem ama um new adult para guardar no coração e que no final não terão palavras para expressar como foi incrível.
comentários(0)comente



Andrea 26/02/2018

Pouca estória para muito livro....vamos ver o que nos aguarda no próximo
comentários(0)comente



19 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2