Princess Vs Witch

Princess Vs Witch Lhaisa Andria




Resenhas - Princess Vs Witch


9 encontrados | exibindo 1 a 9


Gislene 03/11/2015

Uma história muito divertida
Uma hora é uma bruxa de cabelo roxo. Outra é uma princesa com olhos de chuva. E não se esqueçam também da fadinha prepotente, do vampiro indiferente, do príncipe que brilha como o sol... Com um desfile de personagens encantadores e em um ritmo alucinante de eventos Princess Vs Witch tem o sabor de férias.
Divertido, leve e recheado de reviravoltas que deixam o leitor um tanto zonzo em alguns momentos, mas sempre com aquele gostinho de quero mais.
Na história, uma bruxinha de nome impronunciável muito apegada às suas rotinas arquiteta um plano quase infalível para evitar que seu quintal particular, o adorável Reino da Chuva...
- Quem nunca caminhou feliz debaixo de um emocionante pé d’água contemplando um céu adoravelmente tingido da cor de chumbo?
- Er, Marjori, eu estou tentando fazer uma resenha aqui. Com licença?
- Como assim, você está escrevendo sobre mim sem a minha real aprovação?
- Ãh, Yuria, é apenas uma notinha para os outros conhecerem mais sobre a sua história tão romântica na Floresta dos Sem-Voltas...
- COMO ASSIM HISTÓRIA ROMÂNTICA?
- Calma Mah! Gente, vocês não estão colaborando.
- Eu acho que você não está organizando devidamente o seu texto. Acho que com minha mente privilegiada eu posso melhorar isso.
- Marjori! Volta já aqui com a minha resenha!
...
...
- Acho que ela foi pro outro lado. Já terminou? Ela pareceu estar bem brava.
- Não se preocupe Valen. Depois eu dou uns pirulitos e ela esquece. Mas aqui está a minha obra de arte!
“Em um adorável reino onde a chuva tornava as ruas brilhantes todos os dias existia uma fantástica bruxa com cabelos absolutamente maravilhosos desenvolveu o plano perfeito para livrar a todos do reino da presença do odioso sol...”
- Buááááá! Você está falando do meu irmão!
- Xiu Valen!
- Ah! Vocês estão aqui!
- AHHHHHHHH! CORRE!

Bem, aqui estou de volta. Nem sei mais o que estava escrevendo e infelizmente, ALGUÉM rabiscou tudo o que eu tinha feito. Mas fica a dica. Princess versus Witch. Um livro onde os personagens praticamente pulam para fora das páginas.


site: http://www.modoeditora.com.br/livros-ver/princess-vs-witch/147
comentários(0)comente



Renata 13/05/2016

Resenha - Princess Versus Witch
A Floresta dos Sem-Volta é o lar de várias criaturas sobrenaturais, muitas das quais foram banidas de suas casas ou expulsas de um dos reinos: o do Sol ou o da Chuva. Entre as árvores, bruxas, vampiros, fadas e outras espécies de seres místicos vivem em uma relativa harmonia, instituída, com muito esforço, por Burildamar, uma das bruxas mais sábias e poderosas de ambos os reinos. Porém, quando ela decide tirar uma folga, viajar e conhecer outras terras, e deixa sua aprendiz, Majori, como sendo a bruxa no comando, não faz ideia de que essa paz não durará por muito tempo.

Majori mora na Floresta dos Sem-Voltas desde bem pequena, junto com Burildamar e o corvo de estimação delas, Mui, na Mais-do-que-Velha-e-Gigante, uma árvore, como o próprio nome já diz, enorme. Apesar de nem sempre acertar no preparo de poções, ela sabe fazer pirulitos como ninguém, e adora manter o lugar onde vive sempre organizado. Majori seria como qualquer outra bruxa de 18 anos, se não tivesse sido amaldiçoada quando criança, ganhando, por consequência, uma marca de maldição: cabelos roxos.

Quando Burildamar sai em viagem, Majori aproveita para dar um passeio no Reino da Chuva, que fica perto da Floresta. Ela gosta de ir até a cidade para comprar novos ingredientes, tanto para suas poções quanto para receitas de doces, e ver a chuva, obviamente, que adora. A jovem bruxa, contudo, precisa dar suas escapadas escondida, já que a entrada de Sem-Voltas em qualquer um dos reinos é proibida. Isso não é um problema para Majori, que se esconde embaixo de seu manto e passa despercebida, por vezes, até escutando a conversa de outras pessoas. O que ela não esperava ouvir nesse dia, é que a princesa Yuria, do Reino da Chuva, estava prestes a se casar com o herdeiro do Reino do Sol.

O noivado da princesa não afetaria Majori, se ele fosse com qualquer outra pessoa que não o herdeiro do Reino do Sol. Mas o caso era exatamente esse, e ela correu de volta para casa, já pensando em como poderia evitar esse acontecimento. Porque nada seria pior para a bruxa aprendiz do que ter o sol brilhando no Reino da Chuva, exatamente o que aconteceria se o príncipe se casasse com Yuria e morasse lá, permanentemente. Majori, então, dá início a um plano: uma poção que a fará trocar de lugar com a princesa, e permitirá que ela arruíne o compromisso. Entretanto, essa estratégia trará consequências para si e seus amigos que ela nunca poderia ter imaginado.

Confira o resto em:
http://lucyintheskywithbooks.blogspot.com.br/2016/05/resenha-princess-versus-witch.html

site: http://lucyintheskywithbooks.blogspot.com.br/2016/05/resenha-princess-versus-witch.html
comentários(0)comente



Tifany 01/12/2015

Amei!
O livro conta a história de uma jovem bruxa chamada Majoristanilouvan, ou simplesmente Majori. Ela foi abandonada na Floresta dos Sem-Volta ainda pequena por possuir cabelo roxo, isso não é bem visto e ela sabe disso.
Majori é aprendiz da bruxa Burildamar e vive fazendo doces, é famosa por seus pirulitos, tem amigos na floresta.
Ela vive em um mundo separado em reinos. A luz do sol atrapalha sua visão, por isso, ela gosta tanto de viver próxima ao Reino da Chuva.
Porém, a princesa Yuria está prometida ao príncipe do Reino do Sol e os dias de chuva podem estar chegando ao fim.
Tentando impedir que isso aconteça, Majori bola um plano infalível a ser executado no dia da chegada do príncipe. É aí que tem início uma grande aventura, onde muitas surpresas podem acontecer.

Amei esse livro! Já conhecia a escrita das autoras e estava louca para ler o livro.
"Princess Vs Witch" é um livro super leve e envolvente. Capaz de te render risadas e suspiros. É um livro mais voltado para o público juvenil, uma fantasia super divertida. Li em uma sentada, não conseguia parar!
Nele, conhecemos todo tipo personagens que nos encantarão. Adorei os personagens! Temos vampiros, zumbis, bruxa, fadas, etc.
A personagem Majori é destemida. Yuria me pareceu bem mimada de início, mas passei a gostar dela.
Leônidas é encantador, me rendeu muito suspiros. A responsável pela fofura do livro, com certeza é Valentina, a princesinha. Que menina fofa!
A capa ficou super bonita e condiz com o que é proposto pelo livro. A diagramação está linda! Ela tem letras em bom tamanho e páginas amareladas.
A narrativa alterna entre os personagens. O que achei muito legal é que cada personagem tem um símbolo então, além do capítulo ter o nome daquele personagem tem a imagem que diz muito sobre ele.
O livro faz parte de uma série e estou ansiosa para ler os próximos!

site: http://osamantesdaleitura.blogspot.com.br/2015/11/princess-vs-witch-lhaisa-andria-e-paula.html
comentários(0)comente



Sâmmy 22/05/2016

Resenha exclusiva para o blog SammySacional

Quem já acompanha o blog há algum tempo certamente deve ter percebido que são poucos os livros do gênero sobrenatural apresentados por aqui, envolvendo vampiros, lobisomens, bruxas e afins. O livro que estarei apresentando hoje, porém, foge um pouco à essa regra uma vez que se caracteriza não como simplesmente sobrenatural, mas principalmente como uma fantasia pra lá de inusitada e divertida protagonizada por duas personagens que não poderiam ser mais distintas entre si, uma bruxa e uma princesa, através de uma alternância entre pontos de vista durante a narração, escrito a quatro mãos pelas autoras Lhaisa Andria e Paula Vendramini, permitindo ao leitor conhecer a fundo seus personagens e envolver-se com eles aos poucos no decorrer da leitura.

Dividido em duas partes, começamos na primeira com a narração de Majori, uma jovem aprendiz de bruxa cujo treinamento foi concluído, por mais que ela realmente não tenha muito sucesso com poções e feitiços em geral. Acostumada com a tranquilidade com que leva sua vida na floresta dos Sem-Volta, de repente vê essa calmaria sendo ameaçada pela chegada do príncipe do Reino do Sol, sob o pretexto de casar-se com Yuria, princesa do Reino da Chuva. Na tentativa de evitar que isso aconteça, ela planeja, através da única poção com a qual ela tivera sucesso na vida, trocar de lugar com a princesa e acabar com as chances do casamento ocorrer. Yuria, por sua vez, aceita prontamente participar do plano da jovem bruxa e enquanto ela se passa por ela no castelo real, a princesa tem a chance de viver uma vida de liberdade por entre os Sem-Volta, como sempre quis.

Mas esse plano acaba indo, aos poucos, por água abaixo à medida que Majori, no papel de Yuria, é forçada a aproximar-se do príncipe Leonidas e vai descobrindo, aos poucos, que ele não é quem ela imaginava ser de tão estraga-prazeres. Ao mesmo tempo, Yuria se vê apegando-se mais do que o esperado à vida na floresta, e quando o prazo da poção chega ao fim, o encontro inesperado entre esse trio de personagens acabará por gerar terríveis consequências com as quais todos do reino, dentro e fora dele, contavam já estar a salvos, e dos quais os próprios jovens desconheciam.

“Lembrava-me muito bem de como tinha sido a sensação de alívio dezesseis anos atrás, quando pensei que tudo chegara a um fim. Se eu soubesse que era apenas um respiro antes de uma tempestade maior... teria feito a mesma escolha?”

O livro que estreia a parceria de escrita entre duas das minhas escritoras favoritas, já por suas series célebres como Almakia e Devoy, é uma pedida mais do que recomendada para um bom leitor de fantasia e sobrenatural, com um tom mais divertido e infanto-juvenil que os demais, mas não menos bem construído e com personagens cujas personalidades são bem definidas e possuem harmonia entre si mesmo com tantas distinções. Desde Majori, com seu jeito meio irritadiço e ranzinza, toda certinha e organizada quanto às suas coisas e planos, até Yuria com seu jeito estabanado e tempestuoso de ser depois de tantos anos reclusa em um castelo, são duas protagonistas que, cada uma a seu modo, conquistam o leitor de uma forma única, mesmo por entre os momentos em que queremos, sim, gritar com elas por alguma atitude equivocada. Leonidas da mesma forma, com sua personalidade meiga e gentil, um tanto quanto típica de um príncipe, mas ainda com alguns bons acessos de coragem e ousadia que me fizeram gostar ainda mais dele.

E é com essa distinção de personalidades que, mesmo assim, os três conseguem se unir e, com um pouco mais de força, lutar contra a bruxa que libertaram por engano, reascendendo conflitos passados que todos pensavam terem sido resolvidos, mas com o único porém da inesperada união dos três que ninguém esperava que pudesse acontecer algum dia. É a partir daí que adentramos à segunda parte da narrativa, que se alterna tanto entre a narração da Majori e da Yuria, como de outros personagens com certo peso na história, como a bruxa que treinara Majori, a Buri, o próprio Leonidas, e eventuais intromissões de outros personagens mais diversos do enredo. Nesse ponto, talvez o único ponto negativo da história tenha sido apenas a lentidão com que a leitura transcorreu em alguns momentos justamente por mudar tanto os pontos de vistas e causar uma certa quebra no ritmo do que foi lido no capítulo anterior ao mudar para o seguinte, mas mesmo isso é compreensível e, na verdade, até necessário, pois realmente não vejo como existente qualquer possibilidade de o livro ser narrado em únicos dois pontos de vista e pronto, então mesmo com a vagareza com que seguiu boa parte da leitura, ainda assim foi muito boa.

Principalmente ao chegar aos últimos seis capítulos os quais eu devorei um atrás do outro sem conseguir pausar a leitura nem por um momento, de tão envolvida que estava e ansiosa para saber como seria o desfecho. Assim, foi quase como compensar a lentidão de outrora, ao assumir um tom ainda mais urgente de leitura, com uma fluidez tão boa que fiquei, por fim, visivelmente desolada ao chegar no último capítulo. O bônus do romance também está presente, ainda que sem tanto enfoque, começando de uma forma mais leve e visivelmente mais natural e coerente, de que muito gostei e com o qual muito me envolvi. Assim, a seu modo, Princess Vs. Witch é uma história que sabe ser autêntica, mas ainda preservar aquele toque gostoso e envolvente natural da fantasia, com uma pegada mais divertida e leve, ainda que por entre as tensões eventuais da trama, que promete mais livros por vir, e pelos quais já espero ansiosamente, portanto leitura mais do que recomendada!

site: http://sammysacional.blogspot.com.br/2016/04/Resenha-PrincessVsWitch.html
comentários(0)comente



Cami 23/12/2015

Resenha do Blog | Descafeinadas (Livro Cortesia)
Devo começar essa resenha falando da narração. Ela é dividida entre vários personagens e ao contrário de alguns livros fica MUITO BEM CLARO quando muda o foco da narração, mas não é isso que me fez começar a falar por ela e sim o fato de que as personagens são tão reais e bem construídas que é como se lêssemos um diário de cada um delas. A narrativa é simples, objetiva, muito divertida e original. São esses os motivos que me levaram a começar falando por ela, só pela narrativa o livro já te ganha.

A história é sobre Majori uma bruxa de cabelos roxos que mora na floresta dos Sem-Voltas, um lugar em que as crianças "amaldiçoadas" vão quando nascem, esse lugar fica no limite da cidade e é longe do Reino da Chuva. Existem dois reinos o da Chuva e do Sol, como o próprio nome diz em um deles tem só chuva e no outro só sol. Ela é o centro da história, tudo começa quando Majori (que tem um nome enorme de grande, como Majoristanilouvan) o príncipe do Reino do Sol ( o Sr. Brilhante ~literalmente) tem que ir casar com a Yuria (princesa do Reino da Chuva) e com a vinda dele vem o sol e a Majori odeia o sol.

Yuria é a princesa mais típica de todas embora tenha um espírito heroico é mandona e acha que o mundo é o centro de onde ela está mas no fundo ela tem um coração enorme e está pronta para ajudar. Leo é o príncipe também todo típico mas eu gostei dele, mas a irmã dele a Valentina me ganhou sem dúvida alguma. Na verdade todas as personagens são envolventes e nenhuma delas incomoda ao ponto de não conseguir ler.

Burildamar cuidou da Majori desde que ela foi abandonada na floresta (migos, a história dela é chocante, só lendo para entender) ela é uma bruxa mais evoluída e uma das minhas personagens prediletas ao longo do livro, mesmo que ela de certo modo apareça pouco.

O livro é uma típica fantasia com mapas, reinos, nomes estranhos e aventuras imensuráveis regadas a magia. É uma leitura despretensiosa e deliciosa, cada página é uma aventura nova. Sem dúvida é uma das melhores fantasias nacionais que eu li. Além de envolvente tem um enredo original e cheio de aventura, um livro muito bem construído e cheio de tudo que uma boa aventura deve ter. Eu super recomendo!

site: http://www.descafeinadas.com.br/2015/12/resenha-princess-vs-witch-de-paula.html
comentários(0)comente



Babi 26/03/2016

Resenha blog Myself Here
Nesse livro conhecemos a história de uma bruxa chamada Majoristanilouvan, ou melhor, Majori. Uma bruxa de cabelos roxos que mora na floresta dos Sem-Voltas, lá é um lugar onde as "más" crianças vão quando nascem. Existem dois tipos de reinos, o da Chuva e o do Sol. Tudo começa a se complicar quando Yuria (princesa do reino da chuva) tem que se casar com o príncipe do reino do Sol. Onde está o problema nisso? Pois bem, com o casamento dos dois, o Sol vem para o Reino da Chuva também, e a Majori odeia sol!!!

De personalidade forte e persistente que é, Majori arranja um plano para tentar impedir que isso aconteça. E é a partir daí que você começa realmente a ficar entretido na história.
Depois um pouco para ler esse livro, não sei dizer exatamente o porquê, talvez uma ressaca literária explique isso, porém desde que 2016 inciou-se minhas leituras deram uma despencada, porém quero que isso se resolva logo.

Super recomendo esse livro para vocês, principalmente para quem gosta de fantasia e de um mundo totalmente fictício. Indico também para quem não está acostumado com esse tipo de leitura (tipo eu), pois tem uma escrita super fácil, leve, e por mais que os capítulos se intercalem entre os personagens, você não fica perdido na história, como costuma acontecer.

site: http://blog-myselfhere.blogspot.com.br/2016/03/resenha-princess-vs-witch-lhaisa-andria.html
comentários(0)comente



Lígia Colares 29/01/2017

Resenha de Princess vs Witch
A bruxa Majori gostava da vida que levava. Vivia na floresta dos Sem-Voltas, já tinha se graduado como aprendiz de bruxa, tinha seu círculo de amigos, ou seja, tudo seguindo perfeitamente o plano. Porém, uma notícia arruinou sua felicidade: se a Princesa do Reino da Chuva se casar com o Príncipe do Reino do Sol, o que aconteceria com o agradável clima cinzento da floresta em que morava? Sem vontade nenhuma de descobrir, Majori decide acabar totalmente com esse plano estapafúrdio.

Ela achou que podia ser simples acabar com os planos de casamento, mas percebe que essa história tem muito mais poréns do que imagina. Assim ela conhece uma Princesa do Reino da Chuva intempestiva, um Príncipe do Reino do Sol radiante, e que até seus cabelos roxos podem estar envolvidos em toda essa situação!

Sou fã da Lhaisa e da Paula desde muito antes de virarmos amigas, e poder ler esse livro escrito a quatro mãos só me dá certeza da habilidade que elas possuem. Os personagens são encantadores e envolventes. A história se desenvolve em uma leitura rápida e constante, e o final, para variar, é surpreendente!

É um livro para um público de todas as idades: os mais novos vão se divertir com a inocência e as brincadeiras dos personagens, enquanto os mais velhos vão conseguir se transportar para um mundo repleto de criaturas fantásticas cheias de personalidade.

E como os livros de fantasia sempre serão minha casa, nada mais justo do que já sentir saudade da Floresta dos Sem-Voltas! O final me deixou aquela dúvida… Será que ainda teremos muito de Majori? A melhor forma de saber é lendo o livro e me contando o que acha, não??
comentários(0)comente



Gessica 16/12/2015

Fantástico!
Olá geeks, tudo bem com vocês?

Eu recebi o livro em parceria com o Selo Lumus da Editora Modo, infelizmente eu não vou poder ficar com o mesmo já que é um BookTour, mas no final irá ter um sorteio e estou aqui de dedos cruzados para poder ganhar!

Confesso que quando ganhei o livro eu não tinha muitas expectativas sobre ele, nunca li algo que realmente ficasse só na fantasia, eu leio mais livros de romances (quentes!) sobrenaturais. E novamente eu levei vários socos e rasteiras no decorrer do livro. Por quê? Porque é simplesmente fabuloso! Mais um livro que superou totalmente as minhas expectativas, outro que fez o mesmo foi Sussurro, podem ver a resenha aqui.

Mas vou começar desde o começo para que vocês não fiquem perdidos, e não se preocupem não há spoilers!

Tudo é possível se o seu pedido for sincero!

No começo do livro somos apresentados a Majoristanilouvan (ô nome comprido!), ou só Majori. Ela é uma bruxa aprendiz de uma fantástica bruxa chamada Burildamar, mas a mesma não mora mais com ela pois saiu em uma viajem pelo mundo.

Majori tem cabelos roxos devido à uma maldição, e ela é muito sensível a luz do sol. Ela foi abandonada por seus pais e vive na Floresta dos Sem-Voltas onde criaturas sem rumo, que não tem para onde ir ficam, mas lá há vários seres mágicos como gnomos, fadas e até vampiros!

Na história há dois reinos, o Reino do Sol, e o Reino da Chuva que é um pouco próximo da Floresta dos Sem-Voltas, mas não aceita os mesmos dentro dos limites do castelo. E porque os reinos tem esses nomes? Por causa de suas maldições. O Reino da Chuva tem o clima chuvoso, chove direto e está sempre nublado, e no Reino do Sol como vocês já devem imaginar é um sol de rachar.

Acontece que os reinos decidiram se juntar casando os seus herdeiros, o príncipe do Reino do Sol com a princesa do Reino da Chuva, Yuria.

Majori obviamente fica desesperada com esse casamento, afinal, se o Reino do Sol vier para o Reino da Chuva isso significa que o tempo não estará mais tão nublado e sim ensolarado e ela não poderá mais andar livremente por aí devido à sua sensibilidade com o sol.

Sendo assim, ela começou a pensar em como acabar com esse casamento. Majori acaba achando uma poção que faz uma pessoa trocar de aparência com a outra. Ela resolve ir até o castelo do Reino da Chuva, mas precisamente no quarto da princesa.

O que ela encontra lá é totalmente fora do que ela imaginava. O quarto estava todo destruído porque a princesa também não queria se casar, mas era obrigada. Majori conta para ela sobre a troca de aparência. Ela explica que Yuria, a princesa, ficará com a aparência dela, e ela com a da princesa. O acordo era que Majori tentaria acabar com o casamento enquanto Yuria pudesse ter três dias livres para ir no local que tanto desejava: A Floresta dos Sem-Voltas.

Só que Majori não esperava que fosse tão difícil assim a vida de uma princesa, ou pior, que no fim acabasse gostando de ter trocado com Yuria.

O livro é muito divertido, me peguei rindo em diversas partes. É muito interessante e engraçado! Sem falar que a cada capítulo você quer saber mais e mais do que irá acontecer e quando chega na metade do livro a história dá uma reviravolta que eu fiquei de boca aberta! Não esperava por nada daquilo que aconteceu e foi incrível!

Sobre a diagramação eu notei alguns erros um tanto quanto graves. Está faltando texto na página 178, e em uma outra no começo que me esqueci qual e não consegui achar novamente. Felizmente são trechos que não afetam o entendimento do que houve, mas que causa um grande incômodo na hora de ler.

Imagine eu lá lendo quando... Ué, cadê o resto?

Bom, estes foram os únicos erros que encontrei, mas são graves o suficiente para que eu tenha que comentar aqui com vocês.

A narração do livro é em primeira pessoa, mas ela pode alternar em alguns capítulos. Temos alguns narrados por Majori e outros por Yuria. A forma com que foi narrada dá um ar mais engraçado, mas acredito que talvez ficaria melhor se fosse narrada em terceira pessoa, pois no final há uma alternância muito grande de narradores tornando um pouco chato o ritmo, afinal, essas alternâncias foram feitas para fecharem alguns pontos.

Tirando esses pontos que me incomodaram a história realmente é incrível. Peguei-me querendo ler mais livros deste tipo! Super recomendo!

site: http://www.cantinhogeek.com/2015/12/resenha-princess-vs-witch-lhaisa-andria.html
comentários(0)comente



Rogério Leite 18/08/2017

Skoober, miga(o?), sua(eu?) loka(o?)! Eu li esse Princess Vs Witch.

É um livro que tem uma mocinha do reino da chuva...
... e que tem o rapazinho do reino do sol...
... e que tem uma fada-meio-bruxa...
... e que essa última tem uns amigos lá, bem lokos...
... e que a mocinha do reino da chuva e a fada-meio-bruxa, trocam de corpos, por uma motivo lá...
... e que depois acontecem um monte de coisas...

Eu sei de tudo que acontece. Pòrque EU li o livro. Mas não vou te contar, porque você AINDA não leu!
... e sou contra a prática de spoiler.

hihihihi.
cá, cá, cá, cá
huohuohuohuo

Leia e descubra! =D
E entenda a proposta do livro! Sabe quando dizem "leve e divertido"? Pois bem.
Não é um livro com respostas para suas Questões Existenciais!
A minha primeira avaliação foi baseada nisso... Tsc, tsc. ^^'
comentários(0)comente



9 encontrados | exibindo 1 a 9