E Ela Acordou Casada...

E Ela Acordou Casada... Mira Lyn Kelly




Resenhas - E Ela Acordou Casada...


16 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Janise Martins 09/01/2020

E Ela Acordou Casada...
Narrado na terceira pessoa, com uma escrita que flui bem, com uma história leve e descontraída.
O livro começa despertando certa curiosidade, por tal “embaraço” que se encontram Megan e Connor. Só que a história logo retrocede para mostrar o que ocorreu para que eles se encontrassem em tal situação. Que situação? Eles estão casados e ela nem se lembra como aconteceu, pois é. Mas de boba ela não tem nada, pegou maior “peixão”!!
E essa história é “diferente”, mas ainda tem um quê de cliché, porque ele não se casaram por amor, como Connor mesmo afirma:
“...O que há entre nós não se baseia em amor”
Mas é lógico, claro, óbvio que não vai ficar nisso né? A coisa piora quando ele não quer o divórcio e quer tentar o casamento, e propõe 3 meses de experiência. Puxa, muito difícil isso: o cara rico, lindo, sarado, gostoso, protetor, prometendo dar o que ela desejar… muito difícil… afff! E a bestona até que aceita, mas diz: - sem sexo. Ahhh vai… vai tomar banho na soda! Vai querer me enganar? O cara beija que ela perde a direção! Isso não acontece comigo, droga!
Ela por algum mistério obscuro, tenta minar a relação, a desculpa dela é que ele faz tudo para dar certo (merece um tiro no pé a essa besta!). Pouco antes do prazo terminar eles se acertam (aleluia!). Aí começa aquela história de que tá dando certo porque não há amor envolvido, e os amigos dizem que eles estão apaixonados.
E com essa história de que o amor “não” faz parte da relação deles, lógico, claro, óbvio que a ex dele aparece. Aí, a “vaca vai pro brejo”! Ex sempre apimenta a relação hehehehe...
Mas sempre depois da tempestade vem a bonança. Connor se aperta, mas ajeita as coisas e nos dá o final que desejávamos.
Uma delícia de distração e diversão. Nada para esquentar a cabeça, só aquecer o coração.
É isso, gostei.
Bjoo



site: http://janiselendo.blogspot.com.br/2016/04/e-ela-acordou-casada.html
comentários(0)comente



Bekah Abreu 29/07/2016

"Marron meno...de menos menos menos"
Vamos lá para o livrinho patachó do momento. Ao ler a sinopse, eu pensei que me depararia com algo mais ou menos, mas fofo e romantico.

Nem estava com altas expectativas. No momento, eu queria algo clichê e fofinho para que o tempo passasse.
Só que basicamente temos um casal ‘iô-iô’, que por um lado temo um homem viril não quer amar e por outro temos uma mulher linda que não sabe como amar.

Eles se encontram de um jeito doido em Las Vegas (A terra das merdas noturnas)e resolvem, assim, do nada, casar.
É quase algo como: “Vamos pedir pizza?” “Não, vamos casar”.
É algo exatamente assim.


Daí, temos diálogos pobres e ‘mimimis’ sobre um coração fechado e feridas abertas.
Ai, em continuidade, temos cenas de sexo sem sentido.


Não consegui visualizar motivos para esse suposto ‘amor’ começar e nem motivos para tanto cú doce.
O fim, foi o esperado. Felizes e amorosos.


Quem quer começar suas leituras num mundo ‘hot’, esse livro é indicado. Mas alguém já vivido em leituras românticas ou pelo menos plausíveis, não é recomendado.
comentários(0)comente



Elaine 07/06/2016

Nada de mais...
Apesar de ter lido o livro todo e até gostado, não me atraiu. Várias vezes enquanto estava lendo, me peguei pulando partes que achei desnecessárias. Muitas cenas de sexo eu pulei pq pra quem já tinha lido uma, já sabia como as outras seriam, não tinha nada de mais. Como já disse, o livro é bom, mas não é nada de mais.
comentários(0)comente



Reader Writer 11/04/2016

Primeiro de 2016!
Depois de algumas decepções literárias desse ano, enfim um livro viciante e MA-RA-VI-LHO-SO de ler. Você não consegue largar a leitura em momento algum. O bom de ser pequeno é que consegui ler num dia. O ruim é que fica aquele gostinho de quero mais. Megan e Connor são um casal inicialmente atípico, mas que te conquista a cada página virada.

Recomendadíssimo!!!!!!!!!!
comentários(0)comente



Bla Bla Bla da Lis 23/12/2015

fofissimo
Um livro não exatamente curto mas de um tamanho médio e temos não muito fatores externos que atrapalham nosso lindo casal de pombinhos, na verdade não há nada para separar o casal há não ser eles mesmo. É um romance doce e apaixonantes mesmo que os mocinhos querem se livrar amor. Esta praticamente esculpido na cara do casal que eles estão se apaixonando mas eles não conseguem ver isso.
Mas é uma história doce e muito delicada que mostra que devemos confiar em nossos instintos porque no final das contas eles estão quase sempre certos. Adorei a história, leve e divertidíssima de se ler. Ainda temos a história do melhor amigo do mocinho em E ela acordou grávida que já esta na minha lista de leitura.

site: http://blablabladalis.blogspot.com.br/2015/12/resenha-e-ela-acordou-casada-mira-lyn.html
comentários(0)comente



Rachel 22/11/2015


foi uma leitura muito agradável. Pra ficar perfeito, só faltou um epílogo no final. Aliás, o livro implorava por um e foi só por isso que ele não levou as 5 estrelinhas. Mas mesmo assim, é uma história mais que recomendada!
comentários(0)comente



Rose 11/05/2015

Este foi o livro que escolhi para o mês de maio para finalizar mais uma etapa do meu desafio. Este mês o desafio deveria ser um livro cujo o tema fosse casamento, e pelo que vocês podem ver pelo título, casamento é a trama do livro, mesmo que este casamento não seja lembrado...

Como assim? Eu explico. Megan Scott foi a despedida de solteira de sua prima. Ela acaba acordando com uma ressaca daquelas e não se lembra de nada do ocorrido. Mas, mesmo sem lembrar, ela percebe que está casada com Connor Reed.

A bebedeira deve ter sido muito boa para ela dar um passo deste, justamente agora que havia decidido parar de sonhar com um príncipe encantado. Ela queria uma inseminação artificial para realizar o sonho de ser mãe, mas neste sonho não tinha espaço para maridos... Ou será que tinha?

Por incrível que pareça , Reed não estava querendo o divórcio, pelo contrário, ele tinha certeza que o casamento deles tinha tudo para dar certo, afinal ambos não estava envolvidos emocionalmente, ambos tinham sonhos parecidos de construir uma família, mas não queriam passar pelos problemas de uma paixão.

Megan tinha certeza que isso não daria certo, mas estava difícil dizer não aquele lindo marido que caiu em sua vida...

Jogando sua última cartada, Reed propõe um casamento de três meses de experiência, para que Megan o conheça e perceba que plano dele é o melhor para ambos. Eles formariam uma família, teriam filhos, e estes filhos seriam a prioridade de ambos. Sem amor, mas com uma incrível química e uma amizade que os uniriam e fortaleceriam.

Megan resolveu pagar para ver, mas acabou pagando alto demais, e agora seu coração estava comprometido. Ela não poderia seguir com aquele casamento de mentira. Ela queria mais. Será que Reed estava disposto a lhe dar mais?

Será que esta loucura de casamento, entre duas pessoas que se conheceram em um bar e resolveram se casar horas depois teria a chance de dar certo?

Uma leitura gostosa, mas sem grandes reviravoltas. Recomendo a leitura, mas não esperem fortes emoções, apenas leiam e relaxem.

site: http://fabricadosconvites.blogspot.com.br/
Clarice.Castanhola 12/05/2015minha estante
Awww, esse é definitivamente meu tipo de livro, rsrs, já li outro livro com uma trama bem parecida, mas com certeza vou querer ler esse tbm!




Cris Paiva 26/03/2015

Desisti da leitura.
O livro é muito chato! Não é ruim, é chato. Uma historia que não desenvolve, que fica andando em círculos, os diálogos não mudam e é sempre a mesma lenga-lenga. Nem o mocinho sendo fofo ajudou, porque a mocinha era a chata-mor da história. Chatonilda que só! Não tinha condições de ler nenhum trecho onde ela aparecia, a chatice imperava, tomava conta e impregnava tudo. Não deu pra continuar.
Domino 26/03/2015minha estante
já sei esse foi pra sacolinha do sebo!


Cris Paiva 26/03/2015minha estante
Nem merece ser lido. Poupe o seu tempo.


Silvana Barbosa 26/03/2015minha estante
Me lembro de ter ficado irritada porque a "mocinha" se fazia difícil para o tudão do mocinho e enchia o saco . Depois o "tudão" mostrou que não era esta coca-cola toda e a situação inverteu . Casal besta ! Pelo menos o final foi bonitim .


Cris Paiva 26/03/2015minha estante
Silvana, não cheguei nessa parte. A chatice sem fim me deu gastura e eu larguei pela metade.


Silvana Barbosa 26/03/2015minha estante
kkkk nem na leitura "dinâmica" aguentou chegar ao fim , Cris ?
Sua paciência tá menor que a minha rsrsrs


Lucila 26/03/2015minha estante
Uia... fui generosa. Dei 3....


Rosa.Shock 06/08/2015minha estante
Olá, amei esse livro. Bem leve e divertido, um livro para relaxar.

Consegui ele para baixar nesse endereço http://romancedebancadigital.blogspot.com.br/2015/08/e-ela-acordou-casada.html

Vale a pena a leitura.

Bjs




Suelen Mattos 23/12/2014

E ela acordou... com lapsos de memória, hehe!!!
Estava querendo ler esse livro desde que vira o lançamento dele ainda nos EUA, através do site da Harlequin Americana. Então podem imaginar minha alegria quando soube que nossa Harlequin lançaria o livro aqui no Brasil também. A história é muito boa de se ler. A mocinha sabe ser cativante e o mocinho se mostra o homem ideal. Eles realmente parecem ser perfeitos um pro outro. Mas nem tudo é o mar de rosas que parece. Tanto Megan quanto Connor tiveram uma infância muito complicada, que havia deixado marca nos dois. Ela não conseguia confiar em homem nenhum... e ele sabia que o amor destruía a vida das pessoas. Com um trauma desses é até difícil imaginar como um romance de verdade poderia dar certo entre eles. Quando achei que ia perder a paciência com a insistência da mocinha em tentar, mesmo que inconsciente, sabotar o próprio casamento com Connor, colocando dificuldades que não existiam, ela me surpreendeu ao reconhecer o que estivera fazendo e o que isso quase lhe custara. Aí a coisa ficou maravilhosa... até ser a vez de Connor começar a "surtar". Afinal, o que acontecia entre eles não poderia ser amor... ou será que poderia??? Então foi a vez de Connor começar a me deixar nervosa. Justo quando a mocinha estava disposta a confiar ele tinha que surtar? Bom, tinha né, senão não teríamos uma história, hehe! Mas a autora soube como conduzir a história e nem deu tempo de sentir raiva não. No final das contas, Connor e Megan eram mesmo perfeitos um para o outro. Só que não do jeito que eles imaginavam...

Destaque aqui para o melhor amigo de Connor, Jeff Norton. Ele é realmente o melhor amigo que Connor poderia desejar. Apoiando quando preciso e dando uns sacodes quando necessário. E não é que o homem tem o próprio livro (Waking Up Pregnant)??? No começo de "E Ela Acordou Casada…" ele conhece uma garçonete no mesmo lugar onde Connor conhece Megan e acaba saindo de lá com ela. Pelo resumo do livro dele, creio que ela seja a mocinha de Jeff. Alôôôu, Harlequin!!!! Já estou até imaginando o título: "E Ela Acordou Grávida…". Pooor favor, lancem esse livro também!!!

"E Ela Acordou Casada…" foi uma leitura muito agradável. Pra ficar perfeito, só faltou um epílogo no final. Aliás, o livro implorava por um e foi só por isso que ele não levou as 5 estrelinhas. Mas mesmo assim, é uma história mais que recomendada!



Quer ler a resenha completa? Então visite o blog ROMANTIC GIRL:

site: http://su-romanticgirl.blogspot.com.br/2014/12/mira-lyn-kelly-e-ela-acordou-casada.html
Silvana Barbosa 23/12/2014minha estante
Ô casal surtado...




spoiler visualizar
Cris Paiva 18/12/2014minha estante
To achando que a burrada foi da Megan, e não do Connor. Olha, ando muito decepcionada com os últimos lançamentos da serie. Estou profundamente arrependida de ter renovado a assinatura.


Silvana Barbosa 18/12/2014minha estante
O livro é legal , mas este "revezamento" de sabotagem ao casamento que o casal faz me deixou meio impaciente...


Monica 18/12/2014minha estante
A história é boa, mas apesar dos erros da Megan no início, detestei a atitude do Connor no final. Às vezes penso em assinar por causa da praticidade, mas tenho medo que aconteça comigo o que está acontecendo com você Cris.


Cris Paiva 18/12/2014minha estante
Quer saber, eu até gostava quando os livros chegavam com 3 meses de atraso na minha região, sempre dava pra ler as resenhas do povo antes e escolher o que realmente valia a pena ler. Agora, é tudo um tiro no escuro.




jhonatas_nilson 04/12/2014

Quando eu vi esse lançamento da Harlequin, fiquei um tanto quanto reticente porque a autora Mira Lyn Kelly é conhecida aqui no Brasil por publicar livros no Jéssica e, bem, as histórias dessa série não costumam me agradar muito... Mas no final “E ela acordou casada...” se mostrou uma história bem gostosa de ler e engraçada.

Antes de falar do livro, gostaria de pontuar a série em que ele foi publicado lá nos EUA, a KISS. É conhecida por ter protagonistas cativantes e histórias com um toque de humor, mas não são feitas para se encaixar no “Rainhas do Romance” daqui. Apesar de eu ter gostado bastante da história, me sinto enganado ao ver que a Harlequin está publicando livros simples e curtos e cobrando super caro por isso. Não sei se estou me fazendo entender, mas no “Rainhas do Romance” as histórias, ao meu ver, devem ser um pouco mais longas e bem construídas, com autoras de destaque e experiência e sinceramente não é isso o que está acontecendo nos últimos meses.

PS: EU ADORARIA TER OS LIVROS DA SÉRIE KISS PUBLICADOS AQUI NO BRASIL MAIS VEZES, MAS NUMA CATEGORIA PRÓPRIA PARA ELES. ESTARIA NA HORA DE ABRIR UMA NOVA LINHA? =)

Agora indo ao livro...

Megan vai para a noite de despedida de solteira da prima em Las Vegas e após uma noitada de bebidas, ela acorda com uma ressaca terrível e sem conseguir se lembrar de quase nada o que aconteceu. Para o seu horror, um homem estava em seu quarto e afirmava haver se casado com ela!

Carter - não, Connor Reed! – tenta mostrar para ela quais foram os motivos que a levaram a se casar com ele, procurando mostrar o quanto os dois combinam juntos. Os dois protagonistas são extremamente cativantes, assim como os da série KISS devem ser, e em muitos momentos dei altas risadas durante a leitura.

Gostei de ver a forma como o romance deles foi sendo desenvolvido e espero que a editora publique o segundo livro, que conta a história do melhor amigo do Connor. Recomento bastante!
Monica 05/12/2014minha estante
Esses dias estávamos comentando sobre isso. Como aparentemente a Harlequin perdeu as autoras top e já cansou de lançar e relançar vários livros, agora estão promovendo várias autoras para a série Rainhas do Romance.




Ju 04/12/2014

Para ser 5 estrelas só faltou um lindo epilogo
Suelen Mattos 23/12/2014minha estante
Só por isso que não dei as 5 estrelinhas tb, hehe!!!!




Atitude Literária 30/11/2014

Lindo...
Haaaaaaaaaaa... Eu amo romances fofos.

A história é linda, doce, com uma pitada de comédia. Eu diria que ele é todo na medida certa.

Super Recomendo
comentários(0)comente



Denise 25/11/2014

gostei do livro,acho que a autora poderia ter desenvolvido mais a história. E de leitura rápida, sem dramas.
comentários(0)comente



Caro 25/11/2014

Amei! Fofo, engraçado, apaixonante!
comentários(0)comente



16 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2