O garoto no convés

O garoto no convés John Boyne




Resenhas - O Garoto No Convés


171 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Max Cirne 14/01/2021

Uma novela sobre o motim em alto mar
"O garoto no convés" foi lançado no país logo após o sucesso de "O menino do pijama listrado", em 2009. Naquele mesmo ano, adquiri uma cópia e a mesma acabou parada por mais de uma década na estante. Ao finalmente resgatar o exemplar empoeirado, a leitura confirmou que o escritor irlandês possui um jeito fluído e envolvente com as palavras. Suas narrativas despertam curiosidade e tornam a leitura voraz.

O romance é baseado no episódio verídico de 1789: o motim do navio Bounty. Os fatos são apresentados pelo ajudante do capitão, a partir de um viés novelesco. São quase 500 páginas para um trama interessante, porém previsível e, por vezes, repetitiva - principalmente ao abordar o traumatizante passado do protagonista. De qualquer forma, o passatempo é garantido e, de quebra, sabe-se mais sobre um relato de sobrevivência que entrou para a História.

observação: bizarra a tradução do título para português, uma vez que, no original, é "O motim do Bounty" ("Mutiny on the Bounty"). "O garoto no convés" provavelmente foi escolhido pela Companhia das Letras a fim de pegar carona do livro mais famoso do escritor.

site: Mais sobre literatura, cinema, seriados e pensamentos diversos em www.cultpopmax.blogspot.com ;)
comentários(0)comente



Matheus 14/01/2021

Nss realmente muito bom
C vc quer um livro de aventura e com o final que não deixa nada a desejar esse eh o livro certo
A escrita é muito boa e o epílogo tão bom quanto
Gostei bastante e recomendo muito
comentários(0)comente



Karin.pgomes 13/01/2021

Ler e Chorar
Uma obra dramática e arrebatadora. Gosto de ler e reviver alguns momento da história por 1 ou 2 dias. Nesse livro fique 2 semanas relembrando....
comentários(0)comente



Talita.Chahine @cutucandoahistoria 12/01/2021

Decepcionante
Ainda bem que esse não foi o meu primeiro contato com o autor, se tivesse sido eu nunca mais leria nada dele.
Parece exagero, mas esse livro enrola tanto pra desenvolver a história que eu só gostei das primeiras e das últimas 50 páginas, se fosse um livro menor talvez eu tivesse gostado um pouco mais!
comentários(0)comente



Dri 31/12/2020

Surpreendente
John Jacob Turnstile me surpreendeu ao longo de todo o livro. Eu simplesmente não conseguia parar de ler a história dele, e quando não estava lendo, estava pensando no que viria a seguir nesta longa jornada de volta ao mundo pelos mares. A história vale super a pena e retrata a realidade de navios de séculos passados, quando a sociedade vivia de modo muito mais rústico do que conhecemos hoje em dia. Superação e resiliência são assuntos abordados ao longo da jornada do protagonista.
comentários(0)comente



Lena 28/12/2020

Lealdade.
'O garoto no convés' nos apresenta a John Jacob Turnstile (ou Tutu para os íntimos). Esse garoto de 14 já passou por situações muito difíceis em sua vida, onde o único 'abrigo' que ele tinha era um homem oportunista que o traumatizou para toda a vida. Apesar de todos os males que a vida trouxe pra John Jacob ele não perdeu seu senso de humor , e é isso que nos aproxima dele.

Em questão de 1 dia a vida do jovem Tutu muda completamente: de batedor de carteiras a criado do capitão do Rei.

Um livro ficcional de aventura nas navegações baseado em fatos reais, que ganhou um espaço no meu coração que eu não achava possível. Eu me senti naquele navio, passando pelas tempestades, pelas disputas entre os oficiais, nas brigas entre os marinheiros de convés e nos debates internos do Tutu. Eu ri, chorei, gargalhei, me emocionei e torci pelos personagens.

É um livro sobre amadurecimento, amizade, descobertas e mais ainda sobre lealdade. Sem dúvidas um dos melhores de 2020, e indico para qualquer um. John Jacob Turnstile se tornou um dos melhores personagens literários para mim.
comentários(0)comente



Madson 02/12/2020

Prato cheio pra quem gosta de aventuras em alto mar.
Muito bom, bastante dramático após o motim. Inclusive Já estou atrás de outros livros sobre esse ocorrido e outros livros com temática Náutica.
comentários(0)comente



Yara 21/10/2020

O garoto no convés
John Jacob Turnstile um adolescente de 14 anos, órfão que perambula pelas ruas cometendo furtus. Para escapar da prisão, embarca num navio da marinha inglesa na função de criado do capitão.
Muitas aventuras e confusão se inicia então.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Danilo.Cruz 22/09/2020

Excelente
Talvez um dos primeiros livros que li e pensei "uau que obra". A história prende do início ao fim e sabe dosar bem as emoções ao longo da história.
comentários(0)comente



Pedro Luiz Viegas 13/09/2020

Leitura recomendada
Baseado nos fatos reais ocorridos a bordo do HMS Bonty, comandado por William Bligh, O Garoto no Convés é um brilhante romance de formação, no qual o protagonista é levado, graças à atitude de um homem, de uma vida sem qualquer futuro a uma vida de valor. É um texto bem humorado, dinâmico, e que passa empatia para o leitor. Um livro que resgata a história e a transmite adiante em uma bela mensagem de otimismo.
Cinco estrelas. Leitura recomendada.
comentários(0)comente



Jojo Cristine 11/09/2020

Eu me apaixonei por esse livro. Confesso que o tenho a anos na estante e ainda não havia lido. Peguei pra ler depois de uma resenha de uma parceira e estou apaixonada por John Jacob Turnstile. Chorei, ri, torci para correr tudo certo.
Achei o final sensacional.
comentários(0)comente



Dayane Nunes 06/09/2020

Aventuras e mais aventuras
Não é difícil se envolver nas aventuras do jovem Tutu. Sentimos tudo à flor da pelo quando se trata de John Jacob Turnstile, suas emoções, dores, fraquezas, alegrias, humilhações e até o seu coração partido.

Mas a grandeza e a maestria da sua valentia sobressai quaisquer resquício infantil deixado por ele, assim que embarcou ao Bounty.

Sua superação diária e lealdade torna o leitor muito próximo dessa vida marinha relatada em 1787.

De antemão, uma leitura rápida e agradável, aos apaixonados pelo mar, como eu, recomendo de olhos fechados. Pois todo dia é um dia para aprender algo novo e evoluir junto ao jovem leal e corajoso, Tutu.
Leitura e . 06/09/2020minha estante
Oii... Boa noiteee...Tudo bem?... Desculpa por interromper sua leitura, mas gostaria de te convidar a me seguir no Instagram para acompanhar minhas leituras... tem sorteio rolando lá... te espero ...?
Obrigado.
@leituraeponto




Liandra 06/09/2020

Livro que deixa marcado
Li esse livro faz muito tempo, se não me engano em 2015, mas toda vez que lembro da leitura, lembro também da sensação que ela traz, um livro bonito, mas que deixa muita angústia da forma que termina, não esqueço da sensação que tive quando finalizei a leitura até hoje. Indico para qualquer pessoa! Um livro que com certeza quero reler.
comentários(0)comente



Nino 04/09/2020

Lembranças
Certamente, em outra vida, também navegava em misteriosas aventuras no imenso Mar.

Esse livro realmente fez com que pudesse viajar em devaneios a bordo do Navio Bounty. Sentir a briza do mar, a fúria do vento, o enlouquecer da fome, a tristeza da perda de um marujo.

Dias, noites, oceano, mar, fome, mar, dia, noite, sede, mar e mais mar. CAPITÃO.

Um garoto, Turnstile. Perdido em seus próprios pensamentos. Dezesseis anos, sem família, sem rumo, criado nas ruas, batedor de carteiras, acolhido por um interesse. Vendido!

Narrativa a qual descreve a História de um garoto em 1787, cujo sua vida miserável e cheia de aflições, se depara com uma alma generosa, com que o faz entrar em uma expedição em alto mar, que mudaria sua vida.

História fascinante, intrigante, muito gostosa de ler. História que te prende, te arrepia, te faz refletir..

Recomendo!
By Ivonir Oliveira
comentários(0)comente



171 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |