À Beira da Eternidade

À Beira da Eternidade Sherryl Woods




Resenhas - À Beira da Eternidade


6 encontrados | exibindo 1 a 6


Cris Paiva 14/01/2015

A mocinha é uma bibliotecária (eba!!!) que foge de uma vida turbulenta e vai morar em uma cidadezinha pequena, onde é atanazada por um garoto e seu pai bonitão e gostosão, que insiste em fazer centenas de consertos na casa dela, sem cobrar. Quer dizer, ele cobra em jantares, passeios e outras coisinhas... Por que eu não arrumo um faz tudo desses?
Mas claro que nem tudo é perfeito, e sempre tem gente zoiuda espiando por cima da cerca e querendo fazer inferno na vida dos outros...
È um daqueles livrinhos mais lights, sobre romances, relacionamentos... Perfeito pra ler na rede durante as férias!
comentários(0)comente



Monica 14/12/2014

A Sherryl Woods sempre nos apresenta histórias bem construídas e essa não seria diferente.

A Dana se muda para River Glen à procura de um recomeço e para esquecer o sofrimento do passado. Ela é bibliotecária (eba!) e logo no começo ela encanta e se encanta com o filho do Nick (Tony), pois apesar do amor do pai, dava pra notar claramente que ele estava carente da figura da mãe, que tinha falecido há algum tempo. O Tony e a Beth (uma frequentadora assídua da biblioteca) fazem uma campanha, sem muita sutileza, para juntar os dois.

O Nick, quando conhece a Dana, tenta de todas as maneiras vencer as barreiras que a Dana erguia para um relacionamento com ele, mas ele foi persistente e, por fim, consegue conquistá-la, mas a Dana tinha traumas profundos e um segredo que poderia impedir o envolvimento dos dois.

Pior que ela tem como inimiga a sogra do Nick, que fez de tudo para impedir o namoro dos dois, pois achava que a Dana seria uma má influência para o Tony.

Quando vemos o nome da cidade com tanto destaque já pensamos – Opa, mais uma série chegando, mas essa parece que não, pois andei pesquisando e não estava ligada a nenhum outro livro e a história é focada apenas no casal principal, não dando abertura para outros casais, mas de repente a autora use a cidade para uma futura história.
De 15/12/2014minha estante
Ainda bem que não é uma série,esperar por continuações dos livros de Sherril me dão uma certa gastura,pois até hoje,aguardo o final dos irmãos Devaney.


Cris Paiva 15/12/2014minha estante
Me identifico com as bibliotecárias!! Kkkkkk


Monica 15/12/2014minha estante
Falando nisso vc assistiu aquela série The Librarians? É tudo tão bizarro que acaba ficando engraçado


Monica 15/12/2014minha estante
Pois é e vamos esperar até quando né?


Cris Paiva 15/12/2014minha estante
Não assisti, na minha tv a cabo não pega a Universal. E baixar na internet acaba com a minha paciência.


Monica 15/12/2014minha estante
Não perdeu muita coisa... então não se preocupe kkk




sandra 02/02/2019

A beira da eteeeterni
Me surpreendi com a trama , achei que fosse um romance água com açúcar mas a aytaut soube trabalhar de forma eficaz um assunto complicado que é a violência doméstica.
O único ponto baixo é a mocinha que achei meio chata mas no desenvolver da história você vai entendendo o porquê.
Livro com história original e lançado anteriormente em 1988.
Recomendo.
comentários(0)comente



Milla Ribeiro 04/01/2015

Bom
Gostei, mas acho que no final a autora resolveu tudo muito rápido.
comentários(0)comente



Cheli 10/08/2017

Recomendo.
Recomeçar a vida após anos turbulentos, um romance magistral, simples assim. De forma cortês, Nick se mostra um homem difícil de não amar, indo passo a passo demovendo as muralhas que Dana se impõe. Acompanhar o nascimento deste sentimento é primoroso. Um ponto que amei foi a forma como a autora cuidou de seu enredo, dando à ele crescimento e evolução consistente, nada apelativo, apenas real. Senti a dor e o desespero de Dana, me senti assustada como ela e de certa forma queria abraçá-la e confortá-la, pois ela foi alguém que sofreu demais com tantas maldades.
comentários(0)comente



Hester 23/01/2015

Mocinha com problemas de sobra no casamento tenta recomecar a vida em uma cidadezinha pequena. Encontra viúvo com filho pequeno se aproximam e... fica numa enrolacao danada, depois parece que a autora cansou de enrolar e acabou tudo muito depressa. Interesante, nao?? Bah!!
comentários(0)comente



6 encontrados | exibindo 1 a 6