Sweet

Sweet Tammara Webber




Resenhas - Sweet


1 encontrados | exibindo 1 a 1


Lori 15/05/2015

Doce
Eu peguei este livro de forma despretensiosa e sem qualquer expectativa. Mas, apesar de não saber o que esperar dele, eu certamente não previa um enredo tão... doce - a despeito de seu título.

Sweet traz um romance que me conquistou aos poucos, sem pressa, e quando eu me dei por mim, já estava completamente envolvida com estes personagens que são simplesmente adoráveis.

Nossa estória começa com Boyce, de apenas sete anos de idade, salvando a pequena Pearl de um eminente afogamento. Por meio de tal acontecimento nasce uma improvável amizade que vai sendo cultivada ao longo dos anos e mantida... em segredo.

Boyce nunca teve uma vida fácil. Sua mãe o abandonou quando ele era apenas um garotinho, deixando-o com seu irmão mais velho e um pai alcoólatra e abusivo. Foi apenas com o falecimento de seu pai que ele finalmente soube o que fazer com a sua vida. Contudo, as coisas não eram bem como ele imagina.

Já Pearl está acostuma à uma vida de regalias. Mas, com os privilégios vem as demandas - que no caso dela significa ser obrigada a cursar uma faculdade de medicina. O problema é que Pearl não tem mais certeza de que é isto que ela realmente quer de sua vida.

Enquanto nossos heróis tentam encontrar a si mesmos e um rumo para suas vidas, eles também passam a explorar o que sentem um pelo outro. A estória se desenrola por meio de flashbacks do passado, onde vivenciamos os anos de amizade entre Boyce e Pearl enquanto os eventos do presente vão tomando forma.

Assim, assistimos à uma garota meiga e inteligente se apaixonar pelo bad boy da escola. Confesso que este enredo poderia ser mais um batido clichês de dois opostos que se completam... Certamente, ele tinha tudo para se tornar mais um YA entre muitos. Mas, a beleza deste conto não está em sua trama propriamente dita, mas na forma como ela é contada. É a estrutura da narrativa que carrega a sua originalidade. E enquanto não é nenhuma novidade encontramos enredos que se desenvolvem por meio da alternação entre o passado e o presente, eu devo confessar que tal dinâmica na voz de Pearl e Boyce soou diferente... Ou talvez o foco da estória tenha feito a diferença, eis que há uma grande enfâse na autodescoberta pessoal de seus personagens.

Sweet é uma estória sobre segundas chances, sobre duas pessoas que apesar de vários obstáculos em suas vidas conseguem se encontrar. Ele não é um livro que você devora, aqui você não encontrará uma paixão avassaladora, mas uma doce estória de amor, que ocupa o seu coração aos poucos e te deixa feliz.

Eu recomendo para todos aqueles que são fãs de romances que queimam de forma lenta, trazem uma escrita descritiva mas sem floreios desnecessários e contém personagens multidimensionais. Ele pode ser lido como standalone. E embora esteja levemente conectado à Easy e Breakable, não é necessário tê-los lido a fim de entender esta estória.
Jessica A. 15/05/2015minha estante
Aaiiii tenho certeza que vou amar esse livro! Já achava Boyce em Breakable adorável, nesse ai ele deve estar irresistível *-*


Jessica A. 15/05/2015minha estante
Ótima resenha Lori :DDD


Carla 18/05/2015minha estante
Ótima resenha, Lori. Parece aqueles livros pra se ler no meio daqueles meio tensos. Sem falar que gosto desses romances graduais... Adorei "Easy", se for parecido...


Lori 21/05/2015minha estante
Os personagens são adoráveis meninas! E eu achei mais leve que easy.




1 encontrados | exibindo 1 a 1