Quando Um Homem Ama Uma Mulher (Kissing Under the Mistletoe)

Quando Um Homem Ama Uma Mulher (Kissing Under the Mistletoe) Bella Andre




Resenhas - Quando um homem ama uma mulher


32 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3


De 11/02/2015

emocionante
Sou um pouco suspeita ao falar dos livros de Bella Andre,amo o jeito que ela escreve,e me comovo com sua sensibilidade em transmitir exatamente aquilo que esperamos ler em um bom romance,a essência do amor verdadeiro.Nessa história,Bella conta a origem dos Sullivans e de toda a trajetória de vida de Mary e Jack,desde o primeiro encontro até o casamento.Fiquei aliviada em ver que Bella não abordou a morte de Jack,nos deixando a lembrança só das partes boas da união dos dois.Mas mesmo assim,não impediram de me emocionar e derramar boas lágrimas por Mary e Jack.Lindo e emocionante.RECOMENDO MUITO!!!
Lucy 09/03/2015minha estante
Em alguns momentos eu tive uma sensação de tristeza em saber que o Jack faleceu ainda tão jovem e o quanto a Mary deve ter sofrido com a ausência dele. Um livro maravilhoso! O Jack é sensacional e só poderia ter gerado aqueles filhos incríveis!




RUDY 22/02/2015

RESUMO SINÓPTICO:
Mary Sullivan está na cabana do Lago Tahoe aguardando a família que tanto amava para mais uma comemoração natalina. Já tinha acendido o fogo na lareira, porque a neve tomava conta do lugar e tinha baixado e muito à temperatura.

O Natal Sullivan desse ano será verdadeiramente especial porque seus oito filhos e as famílias deles chegariam ao anoitecer, enchendo sua vida de amor e alegria.Foi ao depósito pegar os enfeites para colocar na árvore e enfeitá-la, a cada enfeite ela lembrava de cada filho e por último, pegou os enfeites dela e de Jack...Volta ao passado relembrando como tudo começou...

Nos anos 70 em São Francisco, Mary Ferrer era uma supermodelo, famosa no mundo inteiro. Saiu de casa na Itália aos 19 anos e tornou-se determinada e independente. Agora com um pouco mais de 30 anos, não sabia o que fazer com o resto de sua vida.

Jack Sullivan era um engenheiro inteligente, bonito e gentil. Dedicou uma década de sua carreira na criação da agenda eletrônica. Agora tinha apenas 24h para conseguir convencer seu distribuidor de que seria um sucesso de vendas no Natal e para isso precisava de um campanha publicitária arrasadora.

Quando saiu da reunião com os amigos/sócios Larry e Howie, resolveu passar pela Union Square para assistir a gravação de um comercial e ver transformada fantasia em realidade. Eles se deparam com Mary fotografando e Jack sabe que ali está a solução para seus problemas... em todos os sentidos.




site: http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/2015/02/resenha-15-quando-um-homem-ama-uma.html
comentários(0)comente



Inspirada por Livros 21/04/2015

O legado dos Sullivans começa aqui
Realmente, a história que deu origem a série da Belle André que eu mais gosto, não poderia ser de outra forma. Com uma atração inexplicável e arrebatadora de Mary Ferrer e Jack Sullivan, o livro mostra porque todos do clã Sullivans são tão educados, protetores, cativantes e apaixonados. Como sempre, uma linda história de amor.
comentários(0)comente



Thá Cherilli 02/09/2020

Pra fechar com chave de ouro
Pra que amou os irmãos Sullivan, conhecer o começo de tudo é um presente.
Eu sou suspeita pra falar pois amei demais a série.
Mas conhecer Mary e Jack foi um quentinho no coração.
Ela um pouco cética no amor. Ele sem ter encontrado a pessoa certa.
E quando se encontram tudo muda.
Leiam!!!

Pág 96/97
"- Você fica bem barbudo.
- Agora que já sei sua opinião, nunca mais vou me barbear novamente.
Ela riu.
- Lembre-me de procurá-lo em dois anos para ver o tamanho da sua barba.
- Tudo o que você vai ter que fazer é rolar na cama e olhar pra mim."

*Suspiros*

Me diz se não é pra morrer de amor por essa história?!
comentários(0)comente



Vivi Martins 11/03/2015

Finalmente a história de amor de Jack Sullivan e Mary Ferrer e como eles se conheceram, se apaixonaram e deram origem aos maravilhosos irmãos Sullivans.
Mary me surpreendeu, eu tinha uma outra ideia dela quando conheceu o Jack e o Jack é simplesmente um homem maravilhoso.
comentários(0)comente



Apaixonadas por 03/04/2015

Enfim vamos conhecer como todo o amor dessa família começou, e não poderia ter sido de forma mais linda e arrebatadora, um homem e uma mulher que se encontram por acaso, mas veem o amor nascer independente de suas vontades.

Talvez, ela pensou quando Gerry terminou de usar o último rolo de filme e o belo estranho veio em sua direção,hoje não fosse um fim,mas sim o começo de algo novo e surpreendente.”


A capa volta a seguir o mesmo design das primeiras capas, preta com alguns detalhes e eu gostei muito dela. A narrativa é 3° pessoa e acompanhamos os sentimentos e dúvidas de todos os personagens nas 298 páginas.

Jack Sullivan está a um passo de realizar um projeto ao qual se dedicou por 10 anos, mas seu chefe não lhe dá muita credibilidade e ele pede que Jack arrume uma modelo que seja a “cara” do produto, e quando vai tomar um café ele a vê, Mary Ferrer, uma super modelo tirando fotos no meio da rua e no mesmo instante sabia que era ela que faria seu produto vender, e mais ainda ele a queria em sua vida.



Mas pensar em Mary era sua prioridade desde o momento em que olhou para ela pela primeira vez.”


Depois de convencê-la a fazer a propaganda do produto e da atração entre os dois se mostrar enorme, Mary diz a Jack que não envolve sua vida pessoal com trabalho e ele decide levar as coisas de forma leve e aguardar o fim da divulgação para investir em algo com ela, mas o desejo dos dois não consegue ser refreado e eles lutam contra o que sentem durante todo o processo de divulgação. Jack sabe o que quer e mesmo decidindo seguir as regras dela não vai deixá-la escapar tão fácil.

- Uma coisa é esperar dez anos para que chips, fios e placas- mães funcionem corretamente.Mas eu sabia dez segundos depois que nos encontramos pela primeira vez que queria beijar você,anjo.”


Mary Ferrer fez muito sucesso, mas pagou caro por isso, rompeu com sua família há anos atrás e nunca mais voltou, mesmo quando ia a Itália não tinha coragem de ir atrás de seus pais com medo da rejeição, esse sentimento que ela conhecia bem, primeiro com sua mãe e depois em relacionamentos fracassados, isso sem contar o último onde foi seduzida enquanto era garota propaganda de um grande magnata, até pegá-lo na cama com ou outra, ela queria sair desse negócio, viver em paz em uma casinha com muitos filhos e um homem que a amasse, mas sabia que isso não seria encontrado com facilidade, mas quando aquele estranho a olha no meio da sessão de fotos ela se sente atraída por ele na hora, seus olhos a prendem de uma maneira como ela nunca sentiu antes, mas como ela imaginava ele queria algo e por conta do seu charme ela acaba cedendo. Mesmo sem saber o que realmente Jack quer com ela, mesmo se sentindo terrivelmente atraída por ele, ela se segura, mas não sabe por quanto tempo conseguirá fazer ?



Ela podia lidar com “sexy”.”Gentil e inteligente” certamente aumentavam o risco e testavam seriamente sua determinação.Mas “adorável”?
Como ela conseguiria resistir a “adorável”?




O tão esperado livro que nos conta como tudo começou é tão clichê quanto os outros, mas também é mágico, nos envolve com a história desse nerd que se dedicou por 10 anos em um projeto, esquecendo-se de quase tudo, menos de sua família e dessa linda modelo que largou tudo, inclusive sua família para seguir seu sonho, sonho esse que já se tornou em pesadelo, e no meio disso eles se encontram,quando a carreira dele está preste a decolar e a dela está preste a se encerrar.

Os dois, como nos outros livros, se identificam no primeiro olhar, mas Mary tenta fazer jogo duro com esse lindo homem com olhos que parecem enxergar sua alma,quando eles se encontram as fagulhas são palpáveis,eles até cedem um pouco, mas as mágoas em seu coração são muitas e a última ferida ainda está recente demais, mas Jack vai pouco a pouco cedendo a ele, ao conhecer seus irmãos e seus sobrinhos e como eles são unidos e felizes, tudo o que ela queria para si.

O amor é inevitável, mas os dois vão enfrentar o medo e os medos do passado.



As coisas que aquele homem fazia com ela apenas com o um olhar e umas simples palavras… Ela formigava dos pés à cabeça,forçando-se a se afastar dele.”


Mais um lindo romance escrito perfeitamente por Bella Andre, ela começa o livro com Mary Sullivan na casa do lago da família relembrando todos esses anos e mais ainda de Jack que não está mais entre eles,mas sua presença é enorme ,por cada semelhança física e de caráter de cada um dos filhos e foi gostosos acompanhar essa recordação,foi como se eu tivesse em uma cadeira com uma xícara de chá escutando uma velha amiga relembrar seus erros e acertos do passado,de como sua linda família começou e me perdi na história,me envolvi em cada acontecimento como se estivesse mesmo ali com ela.

Nesse livro não só ficamos sabendo como tudo começou na família Sullivan, como também conhecemos mais os irmãos de Jack e seus sobrinhos ainda bem pequenos e fica melhor visualizar acontecimentos dos livros anteriores e toda a ligação entre essa enorme família.

Enfim, amei o livro, ele não vai decepcionar os fãs da série e como a própria autora escreve em uma nota no início do livro, escolher um Sullivan favorito é uma tarefa muito difícil, mas Jack nos faz escolher ele como favorito logo de cara, ele é o máximo e não desiste da mulher que ama nem quando tudo está contra ele, sim ele me conquistou verdadeiramente.



Mas como qualquer mulher no planeta poderia resistir a Jack Sullivan?”


site: http://www.apaixonadasporlivros.com.br/resenha-quando-um-homem-ama-uma-mulher-de-bella-andre/
comentários(0)comente



Portal JuLund 16/07/2015

Quando um Homem Ama uma Mulher, Resenha, @Novo_Conceito
Adoro os livros da Bella Andre, quando li as histórias de amor dos irmãos Sullivan, senti falta de conhecer como começou aquela família, eis que a autora sanou minha curiosidade e acredito que a de muitas outras pessoas.

Esse livro nos conta como Mary e Jack se conheceram, como eles se envolveram e formaram a família com aqueles oito filhos maravilhosos, porque as gêmeas, boazinha (Sophie) e mázinha (Lori), são maravilhosas também, se você não leu nenhum livro dos Sullivans este post pode conter Spoiler.

Mary Ferrer saiu de sua cidade natal, no interior da Itália, para viver seu sonho de conhecer o mundo sendo modelo. Isso custou sua relação com seus pais e a deixou arrasada mas ela não quis abandonar o seu grande sonho. Hoje treze anos depois ela cansou dessa vida e anunciou sua aposentadoria precoce.

Leia a resenha completa em nosso portal!

site: http://portal.julund.com.br/resenhas/quando-um-homem-ama-uma-mulher-resenha-novo_conceito
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Fernanda 13/02/2015

Resenha: Quando um homem ama uma mulher
CONFIRA A RESENHA NO SEGREDOS EM LIVROS:

site: http://www.segredosemlivros.com/2015/02/resenha-quando-um-homem-ama-uma-mulher.html
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Leilane 19/03/2015

Com este título, não tem como não pensar na música: When A Men Loves a Woman, he can’t keep his mind on nothing else…
Depois de ler tantas histórias lindíssimas de amor da família Sullivan de São Francisco, não tem como não ficar curiosa se a história dos pais deles foi tão linda quanto. E depois de ler o livro de Jack e Mary Sullivan posso dizer que superou!

Mary Sullivan está decorando sua árvore de Natal enquanto espera a chegada de seus filhos, genros, noras e netos. Cada enfeite é guardado com muito carinho por terem sido feitos por seus oito filhos, mas o último é o que lhe traz mais lembranças, pois representam o homem que lhe trouxe as maiores alegrias do mundo como amante, marido, pai e alma gêmea.

Antes de tudo, preciso comentar que estou achando bem curioso os títulos que a Novo Conceito tem escolhido para essa série ultimamente, da última vez, lembrava uma música sertaneja, agora com este, não consigo lê-lo sem começar a tocar na minha cabeça:

“When A Men Loves a Woman, he can’t keep his mind on nothing else…” (Quando Um Homem Ama Uma Mulher, ele não consegue pensar em mais nada…”) – When a men loves a woman de Michael Bolton

Só eles mesmo para associarem músicas românticas a livros de romance, mesmo que tenha sido sem intenção.

Quanto à história, achei interessante que a Bella criou uma base que condiz bem com quem os filhos se tornaram. Tanto Mary quanto Jack são pessoas independentes, inteligentes e firmes em suas decisões, mas o que mais se assemelha é que quando eles se apaixonam é imediato e não há mais como viver senão um ao lado do outro, o que resulta numa história de amor incrível, então saber qual é o futuro acaba não sendo uma coisa boa nesse caso. Sei que a morte de Jack é o que leva à catarse na maioria dos filhos depois que eles encontram suas respectivas almas gêmeas no futuro, mas é impossível não ficar bem irritada com a Bella depois de ler sua mais linda história de amor, afinal, ela deu muito pouco tempo para a Mary e o Jack serem felizes, mas até o para sempre teria sido pouco para esses dois.

Por uma decisão particular, decidi apenas ter os livros impressos dos Sullivans de São Francisco – para quem não sabe, ainda há os Sullivans de Seattle, Nova York e Maine, não são tão numerosos quanto à primeira família, mas ainda vai ter muito livro da série Sullivan. Um fator interessante de Quando Um Homem Ama Uma Mulher é que conhecemos os irmãos do Jack que originam as outras famílias: Max, William e Ethan. E confesso que fiquei bem curiosa pela história deles também, mais que estou pela de seus filhos, mas agora só leio essas outras histórias em e-book e minha estante me agradece muito por isso.

site: http://lerimaginar.com.br/blog/2015/03/18/quando-um-homem-ama-uma-mulher-bella-andre/
comentários(0)comente



Bianquinha 31/03/2015

Enfim vamos conhecer como todo o amor dessa família começou, e não poderia ter sido de forma mais linda e arrebatadora, um homem e uma mulher que se encontram por acaso, mas veem o amor nascer independente de suas vontades.

Talvez, ela pensou quando Gerry terminou de usar o último rolo de filme e o belo estranho veio em sua direção,hoje não fosse um fim,mas sim o começo de algo novo e surpreendente.”


A capa volta a seguir o mesmo design das primeiras capas, preta com alguns detalhes e eu gostei muito dela. A narrativa é 3° pessoa e acompanhamos os sentimentos e dúvidas de todos os personagens nas 298 páginas.

Jack Sullivan está a um passo de realizar um projeto ao qual se dedicou por 10 anos, mas seu chefe não lhe dá muita credibilidade e ele pede que Jack arrume uma modelo que seja a “cara” do produto, e quando vai tomar um café ele a vê, Mary Ferrer, uma super modelo tirando fotos no meio da rua e no mesmo instante sabia que era ela que faria seu produto vender, e mais ainda ele a queria em sua vida.



Mas pensar em Mary era sua prioridade desde o momento em que olhou para ela pela primeira vez.”


Depois de convencê-la a fazer a propaganda do produto e da atração entre os dois se mostrar enorme, Mary diz a Jack que não envolve sua vida pessoal com trabalho e ele decide levar as coisas de forma leve e aguardar o fim da divulgação para investir em algo com ela, mas o desejo dos dois não consegue ser refreado e eles lutam contra o que sentem durante todo o processo de divulgação. Jack sabe o que quer e mesmo decidindo seguir as regras dela não vai deixá-la escapar tão fácil.

- Uma coisa é esperar dez anos para que chips, fios e placas- mães funcionem corretamente.Mas eu sabia dez segundos depois que nos encontramos pela primeira vez que queria beijar você,anjo.”


Mary Ferrer fez muito sucesso, mas pagou caro por isso, rompeu com sua família há anos atrás e nunca mais voltou, mesmo quando ia a Itália não tinha coragem de ir atrás de seus pais com medo da rejeição, esse sentimento que ela conhecia bem, primeiro com sua mãe e depois em relacionamentos fracassados, isso sem contar o último onde foi seduzida enquanto era garota propaganda de um grande magnata, até pegá-lo na cama com ou outra, ela queria sair desse negócio, viver em paz em uma casinha com muitos filhos e um homem que a amasse, mas sabia que isso não seria encontrado com facilidade, mas quando aquele estranho a olha no meio da sessão de fotos ela se sente atraída por ele na hora, seus olhos a prendem de uma maneira como ela nunca sentiu antes, mas como ela imaginava ele queria algo e por conta do seu charme ela acaba cedendo. Mesmo sem saber o que realmente Jack quer com ela, mesmo se sentindo terrivelmente atraída por ele, ela se segura, mas não sabe por quanto tempo conseguirá fazer ?



Ela podia lidar com “sexy”.”Gentil e inteligente” certamente aumentavam o risco e testavam seriamente sua determinação.Mas “adorável”?
Como ela conseguiria resistir a “adorável”?




O tão esperado livro que nos conta como tudo começou é tão clichê quanto os outros, mas também é mágico, nos envolve com a história desse nerd que se dedicou por 10 anos em um projeto, esquecendo-se de quase tudo, menos de sua família e dessa linda modelo que largou tudo, inclusive sua família para seguir seu sonho, sonho esse que já se tornou em pesadelo, e no meio disso eles se encontram,quando a carreira dele está preste a decolar e a dela está preste a se encerrar.

Os dois, como nos outros livros, se identificam no primeiro olhar, mas Mary tenta fazer jogo duro com esse lindo homem com olhos que parecem enxergar sua alma,quando eles se encontram as fagulhas são palpáveis,eles até cedem um pouco, mas as mágoas em seu coração são muitas e a última ferida ainda está recente demais, mas Jack vai pouco a pouco cedendo a ele, ao conhecer seus irmãos e seus sobrinhos e como eles são unidos e felizes, tudo o que ela queria para si.

O amor é inevitável, mas os dois vão enfrentar o medo e os medos do passado.



As coisas que aquele homem fazia com ela apenas com o um olhar e umas simples palavras… Ela formigava dos pés à cabeça,forçando-se a se afastar dele.”


Mais um lindo romance escrito perfeitamente por Bella Andre, ela começa o livro com Mary Sullivan na casa do lago da família relembrando todos esses anos e mais ainda de Jack que não está mais entre eles,mas sua presença é enorme ,por cada semelhança física e de caráter de cada um dos filhos e foi gostosos acompanhar essa recordação,foi como se eu tivesse em uma cadeira com uma xícara de chá escutando uma velha amiga relembrar seus erros e acertos do passado,de como sua linda família começou e me perdi na história,me envolvi em cada acontecimento como se estivesse mesmo ali com ela.

Nesse livro não só ficamos sabendo como tudo começou na família Sullivan, como também conhecemos mais os irmãos de Jack e seus sobrinhos ainda bem pequenos e fica melhor visualizar acontecimentos dos livros anteriores e toda a ligação entre essa enorme família.

Enfim, amei o livro, ele não vai decepcionar os fãs da série e como a própria autora escreve em uma nota no início do livro, escolher um Sullivan favorito é uma tarefa muito difícil, mas Jack nos faz escolher ele como favorito logo de cara, ele é o máximo e não desiste da mulher que ama nem quando tudo está contra ele, sim ele me conquistou verdadeiramente.



Mas como qualquer mulher no planeta poderia resistir a Jack Sullivan?”

site: http://www.apaixonadasporlivros.com.br/resenha-quando-um-homem-ama-uma-mulher-de-bella-andre/
comentários(0)comente



Lay 23/06/2015

Eu confesso que sou suspeita para falar sobre Os Sullivans, pois eu adoro essa família criada pela Bella Andre. Aqui no blog já teve resenha dos oito livros da série, cada um tendo um dos filhos de Mary e Jack Sullivan como protagonistas, cada um encontrando seu "felizes para sempre". Também já teve a resenha da nova etapa da série, com os primos de Seattle, que foi iniciada com Rafe Sullivan. Mas faltava o casal principal, o casal que gerou os oito filhos, os oito personagens que nos conquistaram: Mary e Jack.

Selo-Parceiros-Novo-Conceito42222322Jack Sullivan está prestes a realizar seu objetivo: lançar sua primeira invenção. Logo que entrou no programa de doutorado em Engenharia Elétrica da Universidade de Stanford Jack teve a ideia de construir um aparelho eletrônico que ajudaria as pessoas a se manterem organizadas, era a Agenda Eletrônica de Bolso. De lá pra cá ele trabalhou arduamente e quando o curso foi concluído, seus amigos Larry e Howard se uniram a ele para a concretização desse projeto. Agora, seu produto já foi comprado por uma grande empresa, mas o problema é os varejistas investirem no seu trabalho, apostarem na compra do aparelho para as vendas de Natal. Jack e seus amigos precisam de um milagre para descobrirem a estratégia perfeita de abordagem aos varejistas em menos de 24 horas, caso contrário, seu produto terá de esperar outra chance para ser lançado.

Mary Ferrer é uma grande modelo internacional que decidiu se aposentar. Aos 32 anos o melhor mesmo era se aposentar enquanto estava por cima, sem falar que a vida de aventuras pelo mundo já cansaram, era hora de mudar de rumo, fixar residência, e nada melhor que a cidade de São Francisco para isso, um lugar que ela amava pela sua inconstância. É durante sua última sessão de fotos que Mary conhece Jack.
Talvez, ela pensou quando Gerry terminou de usar o último rolo de filme e o belo estranho veio em sua direção, hoje não fosse um fim, mas sim o começo de algo novo e surpreendente.
Pág. 36
Jack viu em Mary a chance de promover seu produto, mas a atração que sentiu por ela não dizia respeito apenas aos negócios, ele queria ainda mais com ela.
- Minha invenção não é a única razão pela qual eu quis convidá-la para a torta e o café.
- Não é?
- Você tem que entender, anjo, quando um homem como eu olha para uma mulher como você, é inevitável que vou estragar tudo.
(...)
- Você tem classe. Beleza. Inteligência. - Ele apontou para si mesmo. - E tudo o que eu tenho é um diploma que demorei muitos anos para conseguir e um sonho que estou rezando para que finalmente se torne realidade um dia.
Pág. 48-49
Porém, Mary deixa logo claro para Jack que não mistura negócios e prazer, sua carreira de mais de uma década como modelo mostrou de maneiras difíceis que isso nem sempre funciona, então a maneira de manter seu coração protegido era separar as duas coisas.

Trabalhando juntos intensamente para promover o produto, com sessões de fotos, gravações de vídeo e ações ao ar livre por São Francisco, Jack e Mary estão quase sempre juntos e percebemos como é extremamente difícil para os dois manterem a regra de não envolvimento pessoal. Claro que Jack faz isso por Mary, mesmo sem entender o porquê dessa reticência dela. Mary, por outro lado, se vê tentada a quebrar sua própria regra quando vai conhecendo mais e mais de Jack.
Ela podia lidar com "sexy". "Gentil e inteligente" certamente aumentavam o risco e testavam seriamente sua determinação. Mas "adorável"?
Como ela conseguiria resistir a "adorável"?
Pág. 70
Quanto mais conhecemos Mary, mais entendemos seus medos e os motivos que a levaram a levantar muros ao redor de si própria para proteção. Entretanto, Jack vem como um rolo compressor, derrubando todas as teorias dela e quando vemos que ela começa a baixar a guarda para ele, ela se torna muito mais forte. A união deles é simplesmente linda!!!

Ao conhecermos mais de Mary e Jack, vemos muito dos filhos deles. As características que formaram Marcus, Smith, Chase, Ryan, Zach, Gabe, Lori e Sophie e nos conquistaram. O livro é simplesmente lindo demais, uma verdadeira história de amor e ao conhecê-la também passamos a entender porque Mary queria tanto que seus filhos encontrassem o seu "felizes para sempre" também.
- Uma coisa é esperar dez anos para que chips, fios e placas-mães funcionem corretamente. Mas eu sabia dez segundos depois que nos encontramos pela primeira vez que eu queria beijar você, anjo.
Pág. 56
Agora é esperar mais um Sullivan para arrebatar nosso coração.
comentários(0)comente



Pandora 15/07/2015

Meu amor por Bella Andre e os seus Sullivans não foi algo imediato, demorou, mas é aquela coisa, sou curiosa e basta ler o vol. 1 de uma série "imensa de tão de grande" #PleonasmoVicioso para não resistir a tentação de ler todo o resto. E, nessa compulsão pelo fim da série acabei virando fã da Bella e de suas histórias de amor doces.

"Quando um homem ama uma mulher" não mostra novidade nenhuma ao reino dos romances açucarados. Como em todos os outros romances, fala de como duas pessoas se encontram bem naquele momento no qual não suportam mais a solidão e sentem que precisam da mudança que traz o amor retribuído. Nele, vamos descobrir como Jack Sullivan encontrou Mari e ambos se apaixonaram perdidamente.

A Bella não é uma autora com gosto por tabus ou coisa do gênero, então seu texto é leve e envolvente. O amor dos dois convence e cativa, quem já gosta dos Sullivans passa a gostar ainda mais da grande família, quem não gosta é melhor ficar longe.

Esse é o tipo de livro perfeito para quem quer se distrair um pouco e passar uma tarde gostosa lendo uma história de amor suave, linda e leve. Como sempre, a Bella supriu todas as expectativas que eu tinha com o texto dela, ela realmente conhece seu publico e compreende as expectativas dele com seus livros, aprendeu a dosar erotismo e romance na medida certa. Dou 4 Harrys, para quem gosta de romance, é boa pedida.

site: http://oquetemnanossaestante.blogspot.com.br/2015/07/livros-resenha-157-quando-um-homem-ama.html
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



32 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3